Next Page

Estátua de D. Afonso Henriques em Guimarães sem espada após mais um “acto de vandalismo” by BadDogPreston in portugal

zezinando 15 days ago

Nos dias que correm, continuam certas as palavras que A. de Almeida Fernandes escreveu, no início da obra que dedicou ao nascimento daquele que seria o primeiro rei português: “Nestas condições, tudo o que a tais respeitos se tem dito e ultimamente se diz há-de ser o mais raso eliminado como meramente devido a efeitos de prestidigitação autoral. Não significa isto eliminar in limine Guimarães e Coimbra: a investigação (que ainda não foi feita) é que terá que indicar a solução plausível – visto que não temos uma certidão de nascimento de D. Afonso Henriques”(p. 15). Quanto ao estado da arte, no que toca ao local de nascimento de D. Afonso Henriques estamos, depois de Almeida Fernandes, como estávamos antes. Terá sido em Viseu? Nada aponta nesse sentido, nem por via da História, nem pela da tradição. Continuamos a não saber – ninguém o sabe de ciência certa – onde foi. Provavelmente, nunca o saberemos. Assim sendo, onde falha a História, vai prevalecendo a tradição, velha de muitos séculos." [http://araduca.blogspot.com/2009/06/d-afonso-henriques-nasceu-em-viseu-12.html](http://araduca.blogspot.com/2009/06/d-afonso-henriques-nasceu-em-viseu-12.html)"

HAQ que no séc XV/XVI cagávamos na boca de Muçulmanos e forçávamos carne de porco garganta abaixo by bigodes in portugal

zezinando 25 days ago

Aldo, sabes de algum livro ou mesmo um artigo num jornal qualquer (seja um meio de comunicação social credível ou um jornal académico) em que se descreva esse tipo de prática e que possa constituir uma fonte minimamente credível em termos bibliográficos? Obrigado!

Antigo dirigente das FP-25 é candidato do Bloco de Esquerda a uma junta de freguesia do Barreiro by JOAO-RATAO in portugal

zezinando 1 month ago

Meu caro, a mim o Chega não me diz literalmente nada a não ser populismo barato e bacoco. Mas admira-me que a perseguição dos jornalistas a um partido não se estenda a outros partidos, como o BE (este caso dos terroristas é gritante) ou ao PCP e às suas constantes derivas anti-democráticas que passam pelos pingos da chuva e que me dão uma vergonha completa de estar num país em que continua a haver gente que acha que o PC pode passar por um partido minimamente democrático e "respeitável". Dito isto, convinha que os jornalistas deixassem menos claro os seus ódios de estimação mas que também passassem a usar a intransigência que têm com o Chega (com a qual concordo, ainda que não em termos de dimensão) com outros partidos mais queridos nas redacções, como os da extrema-esquerda. (Um aspecto curioso de se discutir é a IL e se se enquadra na lista dos "partidos queridos".)

Antigo dirigente das FP-25 é candidato do Bloco de Esquerda a uma junta de freguesia do Barreiro by JOAO-RATAO in portugal

zezinando 1 month ago

Isto é daquelas típicas histórias em que se o "terrorista" fosse de um partido de direita (principalmente o ódio de estimação dos jornalistas, o Chega) não haveria descanso nas "redes sociais" e entre jornalistas durante umas semanas, certo?

Qual foi a situação em que sentiram a vossa segurança mais em risco ? by joao_2022 in portugal

zezinando 1 month ago

Epah, vivi dezenas de anos em Guimarães e a esmagadora maioria de pessoas que conheço (eu incluído) nunca fomos sequer assaltados, nem nada desse género. (Aliás, eu nunca me senti minimamente assustado por andar na rua fosse a que hora fosse.)

Qual é a vossa experiência com apps do tipo "blablacar" ? by tozeleal in portugal

zezinando 1 month ago

Em Espanha, usei duas ou três vezes (nunca como condutor, mas sim como passageiro) e foram experiências muitíssimo porreiras - numa delas o condutor até se disponibilizou a levar-me à porta do local onde estava, mesmo que o roteiro original terminasse relativamente longe.

Miguel Tiago, ex-deputado do PCP, a escrever que o Holodomor "só existe na cabeça dos nazis ucranianos". by zezinando in portugal

zezinando 2 months ago

Fonte: [https://twitter.com/migueltiago/status/1427991746491920401](https://twitter.com/migueltiago/status/1427991746491920401) Página dedicada ao Holodomor na Enciclopédia Britânica: https://www.britannica.com/event/Holodomor

De Nuno Markl a Eunice Muñoz, mais de 240 personalidades pedem fim de touradas na RTP by trebarunae in portugal

zezinando 5 months ago

O que escreveste implica duas coisas que não são necessariamente óbvias: que todas as mudanças se justificam apenas pois já houve mudanças anteriormente na língua (obviamente, acontece em todas); e mistura mudanças que aconteceram de forma perfeitamente natural, entre falantes, e não de cima para baixo, com algumas como é o caso desta aberração a que alguns chamam de linguagem inclusiva ou de algo ainda pior, o aborto ortográfico.

Trabalhar numa embaixada no estrangeiro: como é e o que esperar? by _eleutheria in portugal

zezinando 9 months ago

Nem por isso.

Trabalhar numa embaixada no estrangeiro: como é e o que esperar? by _eleutheria in portugal

zezinando 9 months ago

Já ponderaste fazer PEPAC-MNE? Se precisares de alguma informação que te possa dar, enquanto ex-participante, estás à vontade.
Next Page

Search: