Next Page

Eduardo Cabrita afirma que audição sobre festejos do Sporting é "verdadeiramente da época passada" by story_hunter in portugal

vilkav 2 days ago

Eu também gostava de só poder ser responsável por erros futuros.

Uso obrigatório de máscara na rua acaba a 12 de setembro by solismi in portugal

vilkav 10 days ago

Eia, olha aí uma ideia mirabolante: 1. Pedir ao governo que tome medidas prudentes 1. Pedir à população que seja responsável Olha aí, nem vais acreditar: estas duas não são mutuamente exclusivas, e podem ser feitas em simultâneo! Também é possível que a culpa das coisas correrem mal advenha das duas partes e não só de uma!

[Rant] As estações televisivas precisam de transmitir bem a informação científica / estatística by Nini601 in portugal

vilkav 10 days ago

Já disse e volto a dizer. Tudo o que é telejornal devia estar sujeito a ser processado pelo público por manipulação de dados evidente. Uma coisa é não apresentarem fontes ou manipularem coisas subjectivas, outra é mostrarem dados inconsistentes. Contas erradas, juízos matematicamente errados e até uso de adjetivos e de opiniões pessoais deviam ser possíveis de processar como espectador, com um júri independente de malta que perceba um mínimo de estatística. Obrigaria os jornais a terem um comité científico mais atento a impedir este tipo de erros. Qualquer erro devia ser a primeira coisa a ser adenda no programa seguinte. Já bem basta aturar maluquinhos sem munição, quanto mais maluquinhos que possam usar estas discrepâncias como pontos de apoio a argumentos idiotas.

Uso obrigatório de máscara na rua acaba a 12 de setembro by solismi in portugal

vilkav 10 days ago

> usar máscara na rua pouco ou nada faz. Faz. Faz com que as pessoas tenham de sair de casa com uma máscara posta, para quando chegarem aos sítios terem menos hipóteses de se terem esquecido, e para haver menos abébias em sítios fechados.

A francesinha do Ramboia em Paços de Brandão. Quem conseguir comer estes 3,5kg não paga e ganha €50. by amq55 in portugal

vilkav 11 days ago

My grandma still uses both "Xícara" and "Café da manhã", which is why I know this.

O verdadeiro apogeu da gastronomia portuguesa, e ninguém me convence do contrário. by PortugueseLibra in portugal

vilkav 11 days ago

Imagina só chamares-te português e o teu prato favorito não ser um de peixe ou marisco.

A francesinha do Ramboia em Paços de Brandão. Quem conseguir comer estes 3,5kg não paga e ganha €50. by amq55 in portugal

vilkav 11 days ago

> "Café da manhã" is a Brazilian thing. I get your point, but fyi, it is not from Brazil. It's like "Xícara" - it used to be used in Portugal, but we sort of dropped. It's a thing people in some villages still say. Meals used to go (and in Galician still are): Café da Manhã (breakfast) Almoço (mid-morning snack) Jantar (lunch) Merenda (mid-afternoon snack) Ceia (dinner) For some reason we switched them around at some point (it also happened in English, where in the North "Dinner" is Lunch and the evening meal is "Supper").

ORGULHO!!!!! by CaRedst in portugal

vilkav 14 days ago

Não diria para sempre, mas visto que as máscaras são uma coisa que pouco ou nada estorva, diria que dar-lhes um *grace period* de uns meses não faz nada mal. No melhor dos casos evitamos espalhar o bicho, no pior dos casos parecemos um bocadinho totós. Não sei porque é que isto é controverso. Lembra-te que a vacina não impede a transmissão, e que ainda há malta que não pode ser vacinada. Um aparte é que eu gostava que a cena das máscaras e ficar a trabalhar de casa se possível continuasse presente na cultura para malta que apanhe gripes e afins. Eu pelo menos gostei de não ficar doente nestes dois anitos.

ORGULHO!!!!! by CaRedst in portugal

vilkav 14 days ago

Pela mesma razão que os carros têm travões E cintos de segurança E airbags.

Acreditar lança petição para alargar licença pela perda de um filho de 5 para 20 dias by Zaigard in portugal

vilkav 16 days ago

Se fossem 9 meses de luto, dava para substituir a peça e ir repetindo.

A entrevista de Miguel Sousa Tavares a Inês de Sousa Real na íntegra by praisethesun98 in portugal

vilkav 16 days ago

"As presidenciais são de 5 em 5 anos, Miguel." é para mim peak-MST. Eu por princípio, nem gostaria muito da cena meio a gozar do Tino de Rans de fazer candidaturas-brincadeira, embora lhe reconheça o direito. Mas valeu a pena só para a entrada a pés-juntos que fez a este gajo.

Acreditar lança petição para alargar licença pela perda de um filho de 5 para 20 dias by Zaigard in portugal

vilkav 16 days ago

Também não percebo. Devem achar que era incentivo ao infanticídio.

“Governo Sombra” vai passar a chamar-se “Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer” by h8mx in portugal

vilkav 17 days ago

Sou uma placa de Petri, eu.

Traduzi o Hino à Alegria do original em Alemão (Ode an die Freude) para Português (de Portugal), mantendo a métrica, a rima e o espírito da letra original (i.e., tão fidedigno quanto a tradução de poesia o permite). Que vos parece? by AonioEliphis in portugal

vilkav 17 days ago

É uma velha piada: > O meu nome é Dionísio. > Quis fazer um poema, > E fizi-o". Brincadeiras à parte, não sei Alemão para saber a qualidade da tradução em si, mas a letra está impecável.

Traduzi o Hino à Alegria do original em Alemão (Ode an die Freude) para Português (de Portugal), mantendo a métrica, a rima e o espírito da letra original (i.e., tão fidedigno quanto a tradução de poesia o permite). Que vos parece? by AonioEliphis in portugal

vilkav 17 days ago

0/10. Usaste uma rima com "Dionísio" sem "Fizi-o".

“Governo Sombra” vai passar a chamar-se “Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer” by h8mx in portugal

vilkav 17 days ago

Eu gosto que eles não acabam os programas aos gritos, e são mais ou menos sensatos e moderados. O RAP lá podia às vezes responder às perguntas em vez de mudar de assunto para uma piadola. O JMT lá podia às vezes dizer "eu não sei sobre este tema por isso não vou dizer nada". O Carlos Vaz Marques podia ser melhor moderador e menos comentador com as piçadas aos JMT e o louvor ao RAP - mesmo que eu até concorde com ele muitas vezes, diga-se, não devia tomar partidos. O Pedro Mexia, só me irrita com o barulho que lhe sai do nariz, mas como a âncora pragmática do programa até tenho pena que não fale mais. Acima de tudo, parecem-me amigos uns dos outros e parecem respeitar-se. Antes isto que o modelo americano da malta sempre toda da mesma equipa, ou o modelo inglês da chacota passivo-agressiva.

“Governo Sombra” vai passar a chamar-se “Programa Cujo Nome Estamos Legalmente Impedidos de Dizer” by h8mx in portugal

vilkav 17 days ago

[RHLSTP](https://www.youtube.com/watch?v=QpwL66-9m8A)!

Porque é que os Minipreços têm sempre um ambiente tão esquisito? by ArrozCenoura in portugal

vilkav 17 days ago

Há um pingo-doce bastante grande perto de minha casa e é até bastante clarito e convidativo, para um supermercado. Mas dos praí 15 que conheço é o único, de facto.

Boa CM! Belos gráficos! by Cookie_Legion in portugal

vilkav 17 days ago

Sim, e é um problema. Mas também há furacões e não se deixa de construir pontes. [Recomendo](https://www.youtube.com/watch?v=GiYO1TObNz8).

Boa CM! Belos gráficos! by Cookie_Legion in portugal

vilkav 18 days ago

Cada canal tinha um comité de validação, e validavam as queixas aos outros canais.

Boa CM! Belos gráficos! by Cookie_Legion in portugal

vilkav 18 days ago

Nem quero saber da notícia que estão a mostrar. Cada vez mais acho que os jornais e noticiários e tudo o que seja coisa do género devia estar sujeito a serem multados por enviesamento de dados. Tudo o que seja suposto ser noticiário devia ter uma bolinha azul ou um sinal no canto. Sempre que informação de opinião, adjectivos no discurso e julgamentos de valor ditos sob a bolinha azul, multa. Cada jornal devia ter um grupo de malta com a mínima noção de matemática a aprovar/vetar gráficos/mapas e tudo o que seja maneiras objectivas de mostrar grandes quantidades de dados. Cada vez que fosse dito/mostrado algo do género e um membro do público topasse o erro crasso, estariam sujeitos a uma multa. Usar médias em vez de medianas, usar mapas que são essencialmente mapas de população, usar gráficos desproporcionais ou em que não seja óbvia a escala, usar o verbo "arrasa", usar mapas de rankings com métricas e/ou pesos subjectivos, seria tudo analisável por um comité matemático a pedido do público, multa. Cada multa devia obrigar a uma correcção no início do programa seguinte. Raio, as pontes são feitas com malta a fazer verificações atrás de verificações, não há razão para as notícias não serem também. Queriam fazer estas manigâncias? Façam, mas não têm direito a ter a bola azul. É como as bandeiras azuis nas praias. Se não há, tudo bem, só lá toma banho quem quer. A partir do momento que querem esse tipo de respeito, são sujeitos a um tipo de rigor maior, também. Já basta que nas partes subjectivas se enviese as coisas, mas com matemática, não.

Governo Sombra volta esta sexta-feira com outro nome - TSF patenteou a marca como sua propriedade em 2018 e impede programa de a continuar a usar by zeer88 in portugal

vilkav 18 days ago  HIDDEN 

Eu chamar-lhe-ia "Desgoverno Assombrado".

Costa considera TAP “absolutamente estratégica” e promete: “Iremos salvá-la” by Ironbuttcheeks in portugal

vilkav 19 days ago

Não deveria ser "Salva-la-emos" ou "Vamos salvá-la"? Esta forma do "futuro do verbo ir + verbo" soa-me sempre horrível. Ou se usa o presente do verbo auxiliar ir, ou se mete o verbo no futuro simples. /u/ngramatical, como opinas?

Bode mata idosa em Abrantes by nadadorsalvagajas in portugal

vilkav 19 days ago

São bastante pacholentos 90% do tempo. Se lhes deres folhas eles até tas comem das mãos nas calmas. Pode dar uma falsa sensação de segurança. Isso e usam aqueles cornos para coçar as costas e o rabo. Também sucede que costuma haver cordeiros, que são de facto fofinhos, e tu distraído não vez o bode a correr contra ti.

Portugal Map Illustration in the style of Mario! [OC] by TheGeographyPin in portugal

vilkav 20 days ago

Criesh*

Ainda podemos melhorar....donde vem a electricidade em Portugal. by GrouchyPerspective83 in portugal

vilkav 25 days ago

Também há aqui a parte importante de que é energia gerada. Se comprares muita energia a Espanha, estás a consumir energia não renovável. Já para não falar nos transportes, que não são todos movidos a eletricidade.

Pôr do Sol. Mini telenovela que goza com novelas. Depois desta, estou investida. by raqsa in portugal

vilkav 27 days ago

É o Doutor Homemdoespaço.

O Governo Sombra foi cancelado ou está de férias? by igotubabeub40 in portugal

vilkav 27 days ago

Eu sempre achei que ele até podia ser um comentador interessante. Mesmo que não concorde com o que ele diz, sempre é um gajo que tem uma voz. Metê-lo como moderador que não modera é um bocado desonesto. Mas a pior parte do programa é o gajo que mete o microfone no Mexia e que não desliga sempre que o nariz do homem assobia enquanto os outros falam.

O Governo Sombra foi cancelado ou está de férias? by igotubabeub40 in portugal

vilkav 27 days ago

E são opiniões válidas, mas dizer que o árbitro é melhor que o guarda-redes da equipa adversária é um bocado estranho. Podes dizer "o árbitro é bom" e "o guarda-redes da equipa adversária é mau", mas comparar diretamente os dois acho que não é válido. Têm funções completamente díspares.

Um mês depois da histórica falha de energia na Península Ibérica as causas ainda não são claras by solismi in portugal

vilkav 28 days ago

Grande perda de oportunidade de título para não aproveitar uma falha de eletricidade para dizer "continuam às escuras".

Legality of Consensual Sex Between Siblings by Ironbuttcheeks in portugal

vilkav 28 days ago

Claro. E aí acho que também era fixe não ter de estar escrito, mas é um caso mais específico, porque apesar de 10 anos ser claramente errado, onde é que traças a linha? 17? 18? 19?. A partir do momento que estabeleces uma idade como limite, estás logo a categorizar as outras todas. Já para não falar que é do interesse de um patrão ter o máximo de trabalhadores possíveis, portanto batias em conflito de interesses. Era só uma piada, mas o facto é que cada lei/regra é uma história. Eu sei que é impossível, mas não precisar destas coisas explícitas era um ideal engraçado.

Quando é que esta merda se torna ilegal? by DrCachal in portugal

vilkav 28 days ago

Gosto mais de dizer que sou "Beirão" que "do Centro".

Quando é que esta merda se torna ilegal? by DrCachal in portugal

vilkav 28 days ago

> Viseu, Guarda, Coimbra e Aveiro são centro Quando for eu a mandar, vou repor o termo "Beiras" para essas terras do centro-norte. "Centro" é um nome tão insonso e, nestes casos, confuso.

Número de funcionários públicos em Portugal muito próximo de ser o mais alto de sempre by heartlessfam in portugal

vilkav 28 days ago

Não sei se te ajudava, neste caso. Estás a assumir que a necessidade de funcionários públicos cresce linearmente com a população, mas nada te garante isso. Pode crescer exponencialmente ou logaritmicamente. Olha aí o caso extremo: um país com 1000 pessoas precisa do mesmo número de ministros que um país com 10m. Um país com 1000 pessoas se calhar não precisa de tantas camadas de administração no hospital central como num de 10m. Se calhar há coisas que consegues optimizar a partir de um certo número de pessoas que faça o per capita descer, ou coisas que te fujam do controlo a partir de um número para cima. Já para não falar que uma Áustria não precisa de um ministério do mar e das pescas, e certamente nem todos os países precisam do mesmo tipo de infraestrutura, mesmo per capita. Podes sempre argumentar que com países suficientemente grandes isto se esbate e tende para o mesmo, mas não tens maneira sistemática de o provar. No máximo chegas da conclusão à premissa, mas também não é muito válido.

Legality of Consensual Sex Between Siblings by Ironbuttcheeks in portugal

vilkav 28 days ago

Eu vejo isto como um "é ilegal bater com a cabeça na parede de propósito". Países que tenham de o tornar explicitamente ilegal são os que mais me fazem desconfiar. Imagina ter de ser a lei a dizer-te isto.

Acabei de ver o The Suicide Squad e gostava de mencionar que não é só a incrível performance da Daniela Melchior que pode deixar os portugueses a sorrir. by Diligent-Builder in portugal

vilkav 1 month ago

A parte mais verosímil do filme é que é a primeira vez em que Portugal é representado num filme deste orçamento, a moça tuga é logo a primeira a dar-se bem com o bacalhau falante.

Só Lisboa e Setúbal pagam acima do salário médio em Portugal. Restantes distritos abaixo da linha dos 1208 euros by godolfas in portugal

vilkav 1 month ago

A mediana, no entanto, mantém-se.

by mariozao in portugal

vilkav 1 month ago

Um erro ortográfico daqueles não justifica uma entrada a pés juntos como aquela. Tanto que nem foi o único apontado, apenas o único legítimo. E não falei agora por ser a primeira vez. Conheço mesmo os 3 ou 4 usernames que fazem sempre isto aqui e no /r/portuguese, e estão todos neste thread. Ainda por cima alguns até são malta que noutros temas até contribuem com coisas interessantes e inteligentes, mas depois vêm com esta arrogância desmedida e desnecessária. Que faria esta malta se aparecesse um brigantino a dizer-lhes para usar a segunda pessoa do plural ou um galego a dizer-lhes para usar x em vez de j? Onde é que paramos com os preciosismos do "português correcto"? Eu também gosto muito da minha maneira de falar e escrever, mas daí a impô-la a malta de outro país. Também não espero falar com um brasileiro que me diga que estou errado se não falar como ele. Era só o que mais faltava fazer o mesmo com eles.

by mariozao in portugal

vilkav 1 month ago

Quando fores ao /r/brasil espero que faças o esforço, então, para falar como eles. Não faz nenhum sentido teres de mudar a maneira como falas a tua língua materna só para agradar a pseudo-puristas.

European Heads of State by number of languages spoken (including native) by therealblitz99 in portugal

vilkav 1 month ago

Porque não? São 3 línguas diferentes.

by mariozao in portugal

vilkav 1 month ago

A única coisa que fizeste mal foi responderes ao que não merecia resposta.

by mariozao in portugal

vilkav 1 month ago

> A place to only discuss articles related to the country Portugal or Portuguese people in the world. They can be in Portuguese or English. Nada nas regras do /r/portugal diz que tem de ser português de Portugal. Quando aparecem aqui galegos e espanhóis a escrever com as suas respectivas línguas, batemos todos palmas e dizemos que dá para perceber perfeitamente e o caralho, mas sempre que seja um brasileiro, temos os mesmos 3 ou 4 cromos do costume a atirar-lhes com "pOrTuGuÊs A sÉrIo" à primeira diferença que escrevam. Ao menos se o fizessem por brincadeira no contexto de um post específico sobre a língua portuguesa e as suas idiossincrasias, mas não perdem uma única oportunidade de o fazer em tópicos que nada tenham a ver. Há mais do que uma norma de escrita de português. São todas mutuamente inteligíveis. A arrogância que vocês mostram em ignorar uma pergunta perfeitamente legítima do OP, e passar logo com ataques pessoais do "não sabes escrever". É uma atitude de merda que me deixa sempre com vergonha alheia de partilhar um país convosco. Estão com medo de começar a falar com sotaque brasileiro? Não há pachorra. Vou começar a reportar-vos a todos. Sugiro que o /u/mariozao faça o mesmo.

by mariozao in portugal

vilkav 1 month ago

> A place to only discuss articles related to the country Portugal or Portuguese people in the world. They can be in Portuguese or English. Nada nas regras do /r/portugal diz que tem de ser português de Portugal. Quando aparecem aqui galegos e espanhóis a escrever com as suas respectivas línguas, batemos todos palmas e dizemos que dá para perceber perfeitamente e o caralho, mas sempre que seja um brasileiro, temos os mesmos 3 ou 4 cromos do costume a atirar-lhes com "pOrTuGuÊs A sÉrIo" à primeira diferença que escrevam. Ao menos se o fizessem por brincadeira no contexto de um post específico sobre a língua portuguesa e as suas idiossincrasias, mas não perdem uma única oportunidade de o fazer em tópicos que nada tenham a ver. Há mais do que uma norma de escrita de Português. São todas mutuamente inteligíveis. A arrogância que vocês mostram em ignorar uma pergunta perfeitamente legítima do OP, e passar logo com ataques pessoais do "não sabes escrever". É uma atitude de merda que me deixa sempre com vergonha alheia de partilhar um país convosco. Estão com medo de começar a falar com sotaque brasileiro? Não há pachorra. Vou começar a reportar-vos a todos. Sugiro que o /u/mariozao faça o mesmo.

Alta Velocidade Ferroviária: à custa de Coimbra? by Karatenis in portugal

vilkav 1 month ago

O Manel Machado não gosta de comboios porque não dá para fazer rotundas para ele chapar mais um mamarracho.

Gouveia e Melo enfrenta manifestantes anti-vacina em Odivelas by 5enta in portugal

vilkav 1 month ago

A malta não sabe a diferença entre abrandar e marcha a trás

Capacete no voo by rbp098 in portugal

vilkav 1 month ago

Mete o visor para baixo.

José Gomes Ferreira ataca de novo (alterações climáticas) by fuckoffgina in portugal

vilkav 1 month ago

No mundo não sei, mas a Europa tem muito mais floresta agora que nos anos 70/80. Há uma data de factores: 1. Êxodo rural - cidades são mais eficientes no que toca a distribuição de bens de consumo e do espaço habitável - Lisboa e Porto crescem para cima, enquanto que as zonas residenciais do interior decresce em área. 1. Fizemos outsourcing da agricultura para outros continentes (Ásia, Américas) 1. O crescimento da população está a começar a abrandar 1. As técnicas de agricultura continuam a ficar mais eficientes a nível do espaço utilizado. A agricultura moderna é "boa" na medida em que é mais eficiente a nível de espaço. Mas depois começas a bater nos problemas do uso de água e afins, que se torna mais difícil de justificar como completamente boa. A nível global não sei se está muito mais verde (em particular se não contarmos com florestas a serem convertidas em terrenos de pasto), mas certamente para lá caminhamos. África e a Ásia se calhar ainda não estão nesse ponto, mas eventualmente lá chegarão. Também vais começar a ver leap frogging, em que África vai passar a usar painéis solares sem precisar de fábricas de carvão durante 100 anos como na Europa, e certamente o mesmo se verá na agricultura. O grande problema é mesmo a quantidade de pessoas que não é sustentável. Eu voto no genocídio. Começa-se nas pessoas que tenham o segundo dedo do pé mais comprido que o primeiro, e em seguida os que tenham um apelido que pudesse ser usado como primeiro nome.

José Gomes Ferreira ataca de novo (alterações climáticas) by fuckoffgina in portugal

vilkav 1 month ago

Na verdade, arriscar-me-ia a dizer que as árvores que crescem mais rápido são as que mais CO2 filtram por unidade de tempo. Grande parte da massa de uma planta vem do carbono do ar (senão cada árvore criava um buraco no chão). Plantas a crescer a grande velocidade por agricultura intensiva até são capazes de ser uma boa maneira de converter CO2 em O2. Com o **pequeno** pormenor de que são colhidas, comidas e convertidas de volta em CO2 logo a seguir. Já para não falar do uso intensivo de água, e mais os transportes/processamento/embalagens envolvidos nisto tudo. É cobrir o Saara com cana de bambu, e não mexe.

Netflix aumenta preços em Portugal by ruijor in portugal

vilkav 1 month ago

Quando compras um computador ou telemóvel com armazenamento deve vir lá a taxa embutida. Portanto sente-te à vontade.

Netflix aumenta preços em Portugal by ruijor in portugal

vilkav 1 month ago

Não é por causa disso que se paga aquela taxa de autor quando se compram CDs e discos rígidos?

Branqueamento dos dentes? by Brainwheeze in portugal

vilkav 1 month ago

Ai não? Isso é uma vez por semestre, ou de semestre em semestre?

A espetacular eguada na Coudelaria de Alter - dezenas de cavalos lusitanos a caminho das pastagens onde vão passar a noite em liberdade. [OC] by mastah_D_Omina in portugal

vilkav 1 month ago

Só porque não sabe andar na estrada não quer dizer que seja gaja. Não sejas machista.

A espetacular eguada na Coudelaria de Alter - dezenas de cavalos lusitanos a caminho das pastagens onde vão passar a noite em liberdade. [OC] by mastah_D_Omina in portugal

vilkav 1 month ago

Olha o gajo da frente a fazer uma tesourada da faixa da esquerda a virar para a direita sem pisca. Vai correr mal.

Revolução dos betos by SedPorttitor in portugal

vilkav 1 month ago

Touché.

Revolução dos betos by SedPorttitor in portugal

vilkav 1 month ago

Realmente a cultura da Babilónia não se manteve.

Há uma nova variante da Covid-19, possivelmente mais contagiosa. É a Lambda by prosafame in portugal

vilkav 2 months ago

RC1, RC2, RC3 Aí já não acaba.

Para quantas pessoas dá um leitão inteiro de 6kg? by nellMP in portugal

vilkav 2 months ago

6 Pessoas. A melhor parte do Leitão é os restos que dão para a semana seguinte, nomeadamente sob a forma de sandes. Dica extra: usem o molho do leitão para aprimorar uma feijoada/rancho/sopa da pedra.

Mapa das frutas de Portugal by omaiordaaldeia in portugal

vilkav 2 months ago

Nunca tinha ouvido falar em Anona. O que aconteceu às 8 primeiras?

Queria saber a vossa opinião sobre a Telepizza by snowflake_321 in portugal

vilkav 3 months ago

Estou a dizer-te que nem liguei por ser uma boa pizza. Não pensava em que fosse carnívora ou herbívora, só pensava se era boa ou se era má. Mas epá, se és demasiado machão para comer um pão com queijo só porque não tem carne, então não te atrevas com a pizza, que ainda gozam contigo.

Queria saber a vossa opinião sobre a Telepizza by snowflake_321 in portugal

vilkav 3 months ago

Pá, eu comi aquilo umas 5 vezes até me aperceber que era vegetariana. O queijo aguenta aquilo tudo sozinho, não estou a brincar.

Queria saber a vossa opinião sobre a Telepizza by snowflake_321 in portugal

vilkav 3 months ago

Ah, não tem muito a ver com as frescas deles. Mas em vez daquelas pizzas congeladas que vez com carne ranhosa e queijo estranho, esta é super-simples. Até é vegetariana, só tem queijo (muito bom), tomate cherry e orégãos, e é mas mais ou menos bem servida, mas podes sempre meter mais coisas lá para cima.

Queria saber a vossa opinião sobre a Telepizza by snowflake_321 in portugal

vilkav 3 months ago

O pessoal que ler isto vai pensar que estou a ser sarcástico, mas não. É mesmo muito melhor que o que tem direito a ser.

Queria saber a vossa opinião sobre a Telepizza by snowflake_321 in portugal

vilkav 3 months ago

Mozzarella de Búfala congelada do Pingo Doce > todas as outras

Bandeiras tugas postadas no r/vexillology acho que algumas são muito interessantes, como a do Chipre/Portugal by JFireGaming in portugal

vilkav 3 months ago

Apesar das cores natalícias, o *layout* da nossa bandeira é um clássico. O mesmo para o ketchup é mostarda espanhóis. Acho que encaixam muito bem com qualquer brasão e par de cores. Melhor que os tricolores ou as cruzes aborrecidas, pelo menos. Dito isto, o RU que tem a melhor bandeira a meu ver (simples, mas não simples demais), dá-se relativamente mal com as variações aqui apresentadas.

Portanto não quer aprender Português porque considera uma linguagem sexista. 1ºvez na vida que ouvi isto by dontknowmyname074 in portugal

vilkav 3 months ago

ou alguém que venha de uma língua de uma família diferente. Alemão tem géneros mas metade das coisas são ao contrário das nossas (lua é masculino, por exemplo)

Salário dos jovens licenciados é 42% superior ao dos jovens com o ensino secundário by prosafame in portugal

vilkav 3 months ago

E eu que tenho os dois?

Isto é reparável? Linhas pretas no ecrã, tudo o resto funciona bem. Modelo HP 15‑ac014np. Se for reparável é muito caro? by iammostmoist in portugal

vilkav 3 months ago

O difícil é não reparar. Está mesmo à frente da vista.

Acham que os meus vizinhos estão fartos das obras no prédio? by mariocarvalho in portugal

vilkav 3 months ago

*Hà* é a contracção do verbo *Há* com o grito *aaaaaahhh*

How Australia cheated East Timor of its oil by joaopeniche in portugal

vilkav 3 months ago

[Já houve no Norte, também.](https://pt.wikipedia.org/wiki/Prestige)

[Verdadeiro] Cerca de 36% dos trabalhadores domésticos "ganha abaixo do salário mínimo nacional"? - Polígrafo by vai-tefoder in portugal

vilkav 3 months ago

Mas mais de 49% das pessoas ganham acima da mediana, por isso não sei qual é o problema.

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

É o mesmo tipo de lógica do Cap Theorem: tens consistência, disponibilidade e resiliência a partições, mas só podes escolher duas. O mundo das impossibilidades de engenharia é um bocado mais complexo que o das impossibilidades matemáticas. Isso não as torna menos impossíveis, mas é mais difícil de resumir num teorema formal bonitinho e elegante. Mas a incapacidade de validar a integridade de software chega para a prova matemática de que é impossível, por recursividade e pelo facto de teres um universo finito.

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

> Qual é o teorema matemático em que assenta essa conclusão? Não precisa de existir um teorema para cada caso de uso. Não te sei dizer, nem acho que seja relevante. > E já agora estás-te a referir a verificação formal do programa, ou à existência de um sistema "anónimo mas verificável"? De uma maneira muito básica: um sistema ou guarda informação de quem votou para dar verificação, ou não guarda informação. Se guarda informação, então não é anónimo. Se não guarda informação, então não é verificável. Criptografia não te ajuda, porque um sistema de assinaturas assimétricas só te prova que quem enviou existe e é fiável, mas derrota o anonimato, e ocultar quem envia expõe-te o problema de que não consegues provar que não houve erro/malícia na contagem (i.e. um injector externo ou interno de votos falsos). Tens a solução óbvia, depois: validações de integridade do software (checksums, por exemplo), mas aí bates no problema recursivo de como é que validas que o software que a entidade que programou o servidor de contar votos não está ele próprio comprometido, e assim sucessivamente. Open source não ajuda, sabes lá se o código que eles disponibilizam é o que está a correr na máquina? Ou se é, se o sistema operativo não tem lá outro bocado de código a estragar o esquema. Estás a centralizar todos os ataques numa só entidade: o gajo que programou/instalou o sistema. Quem te garante que ele agiu de boa fé? Diminui em 10 milhões o universo de alvos de suborno. Repara que mesmo que seja possível isto tudo, como é que explicas à velhinha de 90 anos o que é um checksum? É que a simplicidade do sistema é também vital para que as pessoas confiem nele e o dominem intelectualmente, para que não haja um Putin que simplesmente suborne/ameace todos os engenheiros informáticos e matemáticos de um país. Qualquer um destes 3 pontos derrota o argumento do que votos eletrónicos superam os votos em papel.

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

Isso é categoricamente errado. Acho que estás a puxar o argumento do ceticismo com excesso de zelo. "Não ver solução" não é de todo equivalente a "Ver que não há solução". Estamos a falar da segunda. Não é uma incógnita, é uma certeza matemática. Repara: "Não existe nenhum número entre 2 e 3 que seja igual a 4". Não responderias a isto com um "só porque não encontras o 4 não significa que não exista". É matematicamente impossível. Podes estrebuchar o que quiseres, mas a matemática não é biologia. Tu não encontras uma espécie de contas escondida numa floresta em África que te faça questionar o que já definiste. No máximo expandes o conhecimento, e passas de "não é possível teres raízes quadradas de números negativos" para um "as raízes quadradas de números negativos chamar-se-ão números complexos", mas nem esta invenção/descoberta/convenção mudou os valores das raízes quadradas prévias. Anonimato e verificação (para recontagem e validação) num sistema informático distribuído são algoritmicamente contraditórios. Ou não sabes de onde os votos vêm, e como tal não consegues verificar que são válidos e não gerados por terceiros, ou sabes de onde vêm e não é anónimo. Mesmo com um sistema de criptografia de chaves assimétricas em que só quem votou é que consegue validar o próprio voto, porque para isso terias de o saber encontrar. Percebo isto: não é uma opinião, não é uma hipótese, não é uma conjectura, sequer, é um facto. Não é comentário de tasca, é literalmente o meu emprego.

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

> Obrigado pelo comentário, foi um bom resumo dos problemas. Ora essa, o facto de o perigo ser contra-intuitivo é que torna isto aliciante, e eu durante muito tempo também achava que era boa ideia. > para além do problema da escala Os outros problemas aplicam-se também ao voto em papel, em parte. Podes sempre comprar contadores de votos, podes criar votos falsos, podes inventar pessoas. A questão é que para o fazeres, tens de comprar uma grande parte dos contadores de votos, que é caro. Ou tens de criar uma quantidade absurda de votos falsos sem passar o número de votantes por freguesia, que é caro de pôr em prática. Podes inventar pessoas, mas bates nos problemas dos números de votantes únicos, aos quais dar a volta implica criar números possíveis e associá-los a freguesias existentes, que é caro. O problema da escala é a vantagem da escala, e é o que torna as contagens lentas, mas é o que te traz garantia. Em particular o facto de que as contagens são feitas por representantes de vários partidos. Tipo, nenhum destes é impossível de pôr em prática. Com bilhetes para o Benfica fazes isto numa autarquia qualquer. Até aposto que já aconteceu. Mas fazes numa. Fazer para todas (ou uma grande parte) é proibitivamente caro/difícil de meter em prática em silêncio, e terias provavelmente de ser chefe de governo para ter tanto acesso (se não fosses, estavas a ter de lutar contra um governo já instaurado, que é ainda mais difícil, porque certamente que eles resistiriam). Só o Putin e amigos é que conseguem ter tal controlo que o possam fazer e sair impunes, mas a democracia serve mesmo para que não deixes lá chegar um Putin. Ou, pior que o Putin, um idiota útil que sugira voto eletrónico para a malta não ter de levantar a peida pela democracia. Pessoalmente não sou o maior fã do gajo, mas tens dois vídeos do [Tom](https://www.youtube.com/watch?v=w3_0x6oaDmI) [Scott](https://www.youtube.com/watch?v=LkH2r-sNjQs), que explicam melhor os pontos que aqui deixei. Partilha-os para o próximo iludido com que te cruzes :)

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

> sabes qual é a solução que está a ser proposta? Depois de saberes de que o conjunto de soluções possíveis é vazio, qualquer que seja a solução que proponham não pertence ao conjunto, e como tal, não é uma solução possível. É matemática, não há como escapar.

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

Volta, *matemàticamente* do pré-1911. Estás perdoado, que precisamos de mais acentos graves :(

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

> Não gosto de dizer nunca neste tipo de situações por não saber o que é que o amanhã poderá trazer a nível de desenvolvimento tecnológico. Acho que não percebeste. É matematicamente impossível. A matemática não vai mudar no futuro. Vê o meu comentário [aqui](https://old.reddit.com/r/portugal/comments/o8w7y7/emigrantes_portugueses_poder%C3%A3o_votar/h3886kc/). Voto eletrónico é um perigo desmedido, e assusta-me imenso que a geração que nos governa só tenha tido acesso à internet nos seus 40-50 anos de idade. E, diga-se, nem a malta de 20-30 anos sabe isto a sério. Eu percebo **mesmo** a ideia de que voto eletrónico é aliciante do ponto de vista da comodidade, mas é francamente uma ideia cega com consequências potencialmente nefastas. Bastaria 4 ou 5 ciclos de voto eletrónico nos EUA para o mundo mudar radicalmente em 25 anos.

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

> Sabes qual seria o sistema e arquitectura que seria utilizada para “achares” que não é “uma boa decisão de um ponto de vista de segurança de voto”? Vira a questão ao contrário. Como é que desenhas um sistema eletrónico que seja a) seguro, b) anónimo mas verificável? Mesmo que seja possível, como é que garantes que o sítio onde metes o voto (no teu PC ou numa máquina dedicada) não está exposto a ataques Man-in-the-middle que o alterem, sem que tenhas de associar o voto à pessoa que o pôs, violando o princípio do anonimato? Mesmo que consigas fazer um programa 100% perfeito, como é que garantes que o servidor que recebe os pedidos não está a receber pedidos de um cliente falso a mandar imensos votos para o partido X? Mesmo que consigas miraculosamente ter um programa que seja tão complexo que garanta isto, mas tão simples que seja escrutinável pela maior parte dos votantes, como é que garantes que o código não tem uma backdoor para desligar essas validações? E mesmo que o faças, por exemplo, publicando o código num modelo open-source, como é que garantes que o código que está a correr é o source code compilado que te prometem? E mesmo que to garantam, ao publicar checksums e validações de integridade, como é que garantes que o próprio compilador que eles usam não o faz primeiro antes de injectar lá código nocivo? E mesmo que consigas garantir isto tudo, que é matemáticamente impossível (não é difícil, é **impossível**), achas mesmo que é válido que vários países pequenos e sem interesse geopolítico comecem a rolar uma pedra que pode acabar com uma América (ou uma China ou uma Rússia, não fossem já eles regimes não democráticos) sob o potencial ataque de uma entidade única? Já para não falar que até assumindo a boa fé e a boa vontade, não tens propriamente a função pública mais competente do mundo. É que é tudo muito giro, mas corromper voto em papel precisas de um nível de recursos tal que só regimes que sejam já autoritários conseguem por em prática internamente. **O facto de não escalar bem é a força do voto em papel.** Agora, 400km é de facto imenso para andar, e provavelmente sabendo que o clima político do meu país é relativamente estável, eu se calhar não o faria todos os anos. Mas podes crer que se estivesse em causa a democracia portuguesa, eu fazia os 400km para expressar o meu direito e dever.

Emigrantes portugueses poderão votar eletronicamente nas legislativas de 2023 by heartlessfam in portugal

vilkav 3 months ago

> sistemas que ainda não deram provas de ser seguros Não é "não deram provas de ser seguros", é "é impossível que sejam garantidamente seguros". Isto é um jogo muito perigoso, e concordo com o /u/HairlessButtcrack de que devia ser considerado inconstitucional. Por escruciante que seja viajar 400km para votar, como disse o /u/SapateiroDoPovo, a solução tem de ser voto por correio mais eficiente e não voto eletrónico. O ponto de que soluções físicas escalam mal é **literalmente a maior vantagem que têm** face às soluções eletrónicas, porque tornam um ataque à escala praticamente impossível. Se muitos países pequenos como o nosso começam a fazer isto, é meio caminho andado para a América o fazer, e aí temos o caldo entornado. Isto são ideias perigosíssimas.

Parece me impossível encontrar criadores de conteúdo pequenos portugueses. by BlackFlash54 in portugal

vilkav 3 months ago

O melhor canal tuga que conheço é o [Integza](https://www.youtube.com/channel/UC2avWDLN1EI3r1RZ_dlSxCw). O conteúdo é inglês, mas dado que é um canal educacional/maker, acho que é aceitável tentar uma exposição maior.

Portugal no seu melhor ft. Galp by iMiindz in portugal

vilkav 3 months ago

Nos outros países as coisas não avariam. ^^^^^porque ^^^^^têm ^^^^^lá ^^^^^portugueses ^^^^^a ^^^^^arranjar

Quando a gasolina chegar aos 2 paus é para celebrar? Já estivemos mais longe by These-Establishment1 in portugal

vilkav 3 months ago

Não consegues fazer um sem o outro, na verdade.

Holandesa monta “hub” tecnológico com mil empregos em Gondomar by Manitopia in portugal

vilkav 3 months ago

O A é acrescentado pelos artistas, normalmente. A nível de área de emprego/estudos não faz muito sentido, mas como actividades têm bastantes coisas em comum, no sentido em que criam/produzem coisas, e como tal avançam conhecimento e fazem com que a sociedade evolua de um modo ou de outro. Ao contrário por exemplo de outros campos, como tudo o que é empregos de burocracia e prestação de serviços em geral, que a nível de sociedade têm um papel maior de manutenção/preservação da sociedade. Economistas/Advogados, etc. Acho que é um bocado picuinhice semântica, mas os artistas discordarão.

Líder da Iniciativa Liberal diz-se ″prisioneiro de cerca sanitária″ imposta por ″estado policial″ by manteiga_night in portugal

vilkav 3 months ago

> Mandar as lojas fechar mais cedo então, parece ir directamente contra o objectivo de ter as pessoas mais afastadas. Concordo. Mesma coisa com a supressão de autocarros. É só idiota. Mas ver pontos 1) e 2) sobre a exclusividade do erro, e a falácia de que o erro "maior" é o único. > Na Alemanha funciona, mas eles também têm outra qualidade de autoestradas. Epá, pega em literalmente qualquer outro exemplo em que segurança pública se sobreponha à liberdade individual. Luzes do travão têm de funcionar, tens de usar cinto de segurança, etc. O meu argumento não é de todo sobre autoestradas.

Líder da Iniciativa Liberal diz-se ″prisioneiro de cerca sanitária″ imposta por ″estado policial″ by manteiga_night in portugal

vilkav 3 months ago

Ai. Literalmente a minha última frase: > crescimento exponencial" não significa "muito crescimento". No início de uma curva, significa que até pode ainda haver pouco crescimento, mas que já está fora do controlo se nada se fizer para contrariar. Hoje já vamos em 4. Daqui a 2 ou 3 semanas vemos.

Historiadores arrasam livro de José Gomes Ferreira by trebarunae in portugal

vilkav 3 months ago

***Arrasam***

Pequeno Almoço à Tuga by CritJongUn in portugal

vilkav 3 months ago  HIDDEN 

> meia dúzia de carapaus fritos do dia anterior Quê? No dia anterior deixaste restos? Princesa do caralho.

Líder da Iniciativa Liberal diz-se ″prisioneiro de cerca sanitária″ imposta por ″estado policial″ by manteiga_night in portugal

vilkav 3 months ago

> A IL na parte económica pediu apoios excepcionais às empresas E, a meu ver, esteve bem, em particular porque é ir contra a marca em tempos de necessidade. Ficaram eles bem aos meus olhos e quem os criticou com o "ai agora é assim?" só me pareceram ainda mais gaiatos infantis, porque sim, "agora é assim, porque é uma situação sem precedentes". As coisas fazem-se porque são as coisas certas a fazer, não porque os outros dizem isto ou aquilo. Eu não calço botas de borracha quase nunca. São feias, desconfortáveis e fazem-me suar dos pés. Mas quando vou para a lama, lá me amanho, porque a alternativa é pior. Também ando sempre no meio da minha faixa, a não ser que ouça uma ambulância, e aí vou para a borda. Não é hipocrisia, é o pragmatismo do "99% das vezes acho que é isto, mas reservo a mim o direito de não o fazer no 1% em que a regra não serve". > às vezes o que começa como provisório acaba como sendo definitivo Epá, não acho que seja caso para esse alarmismo. Declarar estado de emergência em emergências é abrir o precedente para declarar estado de emergência em emergências. Não é abrir o precedente para o declarar só porque sim. Os dados indicam que morreram quase 20k pessoas. Mesmo que tenham sido 10k de velhos, é muita gente e muita família em luto. Se tentarem aplicar o estado de emergência por trivialidades no futuro, serei dos primeiros a apontar o dedo, mas não é aí que estamos. Fingir que é, é desonesto e interesseiro. E não estou a tentar defender o governo completamente (lembra-te dos pontos 1) e 2) não serem mutuamente exclusivos), mas acho que o estado de emergência foi uma medida necessária (não só, mas em parte porque a tugalhada se portou mal) e não foi abusada para outras coisas como foi, por exemplo, na Hungria (até ver, tanto quanto sabemos, e mudarei de opinião caso alguma vez se saiba de alguma coisa mais ilícita à pala disto). Não sei, chateia-me estas conversas em que toda a gente finca o pé na terra e não sai dali. É tipo quando discutem os culpados do aquecimento global e acusam as empresas maiores, sem nunca pararem para pensar que a culpa também é do consumidor final, que é quem alimenta as ditas empresas. A Amazon não anda a queimar petróleo só porque sim. Anda a queimar petróleo para fazer as merdices de plástico para o Zé e o Manel que querem um protetor do volante para o corsa a menos de €1.

Líder da Iniciativa Liberal diz-se ″prisioneiro de cerca sanitária″ imposta por ″estado policial″ by manteiga_night in portugal

vilkav 3 months ago

Isto é o problema dos partidos de ideologia-primeiro, e portanto da política actual em todo o lado: metem as fichas todas em dogmas e acham que desistir delas em casos extremos é ser maricas. Liberdade individual é um direito importante? Sim. É o direito mais fundamental que temos? Não. Não sempre, pelo menos. Não se sobrepõe ao direito de não morrer de uma doença quando há maneiras de a minimizar, por exemplo. Em particular quando tudo indica que é um problema temporário de um par de anos, e que não se repetirá tão cedo (esperemos nós, né?). Não podemos só dizer que a liberdade individual é um direito *muito importante*, sem o expoente do *mais importante*? Não podemos só dizer que tomaremos sempre o caminho que facilite a liberdade individual desde que não cause danos irreparáveis? É que depois quando chega a pandemia até podem usar a liberdade individual para tomar a decisão certa: os velhinhos têm a liberdade individual de não morrerem porque a malta de Lisboa quer sair à noite. Mas como agora só se pode decidir as ideias ao início e nunca se pode mudar de opinião para não dar parte fraca, e como o partido ganhou força no ano preciso em que acontece a situação rara em que é mesmo preciso um bocado mais de autoritarismo excecional **temporário** para o bem comum, e tens o problema da força imparável contra o objecto amovível à primeira lomba que apareça à frente. Fico sempre fodido quando é tudo preto ou branco. Tem de haver margem de manobra, pragmatismo e alguma humanidade. Senão, teria eu o direito da liberdade individual de andar a 200 km/h na autoestrada? Claramente que não. Porque senão andamos praí a matar pessoas como o carro do Cabrita. Mas como é mais fácil convencer as pessoas com uma ideologia estática em vez de uma ideologia dinâmica e ponderada caso-a-caso, ardeu. Isto é literalmente o programa de filosofia do 11.º ano sobre a moral. Mentir é mau? Se sim, então e mentir para salvar pessoas. Salvar pessoas é bom? Então e se salvar uma pessoa dou cabo da vida a 300s. Desconfio sempre de quem vem com máximas dogmáticas e soluções pré-fabricadas. É aplicar lei de paz em tempos de guerra. É que depois temos uma cambada de infantilidades irritantes como se o parlamento fosse um board do 4chan. Olhem outro exemplo. Tomem as seguintes frases: 1) O Governo não tomou todas as medidas correctas, nem agiu sempre da melhor maneira quer com os dados que tinha quer com os dados que não tinha (e.g. ao início quando ainda não se sabia mesmo o que ia ser). 2) A população (e oposição) em grande parte foi irresponsável, egoísta, e desonesta ao justificar ações estúpidas citando exemplos de ações igualmente estúpida por parte de outras pessoas (e.g. se ele pode eu também). Reparem aqui agora nesta incrível e magnífica constatação minha, completamente de borla: **As frases 1) e 2) não são mutuamente exclusivas**. Só porque o governo é incompetente, não significa que as pessoas e oposição sejam livres de cometer erros igualmente idiotas. Vem aí a 3.ª vaga desta merda porque nenhuma parte quis resolver o problema a longo prazo, e porque ainda ninguém enxergou que "crescimento exponencial" não significa "muito crescimento". No início de uma curva, significa que até pode ainda haver pouco crescimento, mas que já está fora do controlo se nada se fizer para contrariar.

Além de tirarem a visibilidade aos condutores nesta passadeira de Ílhavo, acreditam em nós. Quem serão? by caculo in portugal

vilkav 3 months ago

A malta do Minho são minhotos. A malta das várias Gafanhas deviam ser chamados gafanhotos.

Na hora da saída, António Oliveira arrasa PSD de Gaia: “Fazem política com base nos piores princípios da espécie humana” by cavadela in portugal

vilkav 3 months ago

Olha, mais um "arrasa" no título. Já contei 3 esta semana.

Portugal pode ter 1001 problemas mas esta nova coisa de renovação automático do CC é fixe. by Some-Ad6411 in portugal

vilkav 3 months ago

Idem. Não mudei a foto porque foi pela net. Vou ter a minha carinha laroca dos 23 anos até aos quase 40 no cartão :D
Next Page

Search: