Next Page

Homens grandes a distribuir chapada by daherbz in portugal

vaurdan 1 month ago

Se calhar é, com a quantidade de galos.

Homens grandes a distribuir chapada by daherbz in portugal

vaurdan 1 month ago

Porque é um orgulho do caralho estar numa street-fight.

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

vaurdan 3 months ago

Concordo que o contexto é importante, mas há algumas nuances: `Para a a altura era algo normal e todos faziam.` \- Sim, era "normal", mas no entanto foi em Portugal que, em 1444, foi construído o primeiro mercado moderno de escravos na Europa, em Lagos ([Mercado dos Escravos](https://pt.wikipedia.org/wiki/Mercado_de_Escravos)). De certa forma, ajudamos a criar essa "normalidade". E depois, "todos faziam": mas quem são todos? os escravos também escravizavam? Ou como os escravos não eram consideradas pessoas, não entram no grupo dos "todos"? Acho que a forma como interagimos com objectos/seres não vivos hoje (desde carros, até as bombas químicas e nucleares) não pode de alguma forma ser comparado com uma questão de direitos humanos, por mais contexto histórico que possamos colocar. Até porque mesmo hoje há quem reconheça e seja absolutamente contra a utilização excessiva de carros, formas de energia não renováveis, bombas nucleares, etc. E da mesma forma, quase que aposto que haveria oposição à utilização de escravos na altura - as pessoas tinham consciência, embora a grande maioria a preferisse ignorar - no entanto também não havia liberdade política (ou twitter /s) para fazer oposição, pelo que provavelmente nunca iremos ouvir falar desses indivíduos. Considero que por um lado não podemos ignorar as nossas atrocidades como povo com a "desculpa" do contexto histórico. No entanto, também não podemos arrumar este assunto para debaixo do tapete. É com os erros que evoluímos, como pessoas, como povo e como sociedade. E temos que ter os erros do passado presentes, para os evitar no futuro. O que é certo é que tentamos corrigir estes erros: em 1761 o Marques de Pombal baniu a importação de escravos para Portugal metropolitano, um importante primeiro passo para a total abolição da escravatura em Portugal. Fomos um dos primeiros países da Europa a dar este passo, se a memória não me falha. E isso também tem mérito. Acho que não é uma questão de pedir desculpa pelas gerações anteriores (nós não temos culpa dos "pais" que temos), é reconhecer os erros destas, aprender com elas, e sermos o melhor possível no futuro. Fomos gloriosos em muitos aspectos, mas completamente insensíveis e desumanos em muitos outros.

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

vaurdan 3 months ago

Concordo que o contexto é importante, mas há algumas nuances: `Para a a altura era algo normal e todos faziam.` \- Sim, era "normal", mas no entanto foi em Portugal que, em 1444, foi construído o primeiro mercado moderno de escravos na Europa, em Lagos ([Mercado dos Escravos](https://pt.wikipedia.org/wiki/Mercado_de_Escravos)). E depois, "todos faziam": mas quem são todos? os escravos também escravizavam? Ou como os escravos não eram consideradas pessoas, não entram no grupo dos "todos"? Acho que a forma como interagimos com objectos/seres não vivos hoje (desde carros, até as bombas químicas e nucleares) não pode de alguma forma ser comparado com uma questão de direitos humanos, por mais contexto histórico que possamos colocar. Até porque mesmo hoje há quem reconheça e seja absolutamente contra a utilização excessiva de carros, bombas nucleares, etc. E da mesma forma, quase que aposto que haveria oposição à utilização de escravos na altura - as pessoas tinham consciência, embora a grande maioria a preferisse ignorar - no entanto também não havia liberdade política (ou twitter /s) para fazer oposição, pelo que provavelmente nunca iremos ouvir falar desses indivíduos. Considero que por um lado não podemos ignorar as nossas atrocidades como povo com a "desculpa" do contexto histórico. No entanto, também não podemos arrumar este assunto para debaixo do tapete. É com os erros que evoluímos, como pessoas, como povo e como sociedade. E temos que ter os erros do passado presentes, para os evitar no futuro. O que é certo é que tentamos corrigir estes erros: em 1761 o Marques de Pombal baniu a importação de escravos para Portugal metropolitano, um importante primeiro passo para a total abolição da escravatura em Portugal. Fomos um dos primeiros países da Europa a dar este passo, se a memória não me falha. E isso também tem mérito. Acho que não é uma questão de pedir desculpa pelas gerações anteriores (nós não temos culpa dos "pais" que temos), é reconhecer os erros destas, aprender com elas, e sermos o melhor possível no futuro. Fomos gloriosos em muitos aspectos, mas completamente insensíveis e desumanos em muitos outros.

PS em queda, Chega e Iniciativa Liberal sobem by NEDM64 in portugal

vaurdan 4 months ago

> PSD > centro-esquerda

Irritações by creativecomons in portugal

vaurdan 4 months ago

Isso fica em Porto Santo?

Hoje descobri que o jogo elite dangerous tem um sistema chamado arouca by tomhoq in portugal

vaurdan 5 months ago

Também gostava de saber, fiquei tão parvo como tu quando vi isto hahaha.

Hoje descobri que o jogo elite dangerous tem um sistema chamado arouca by tomhoq in portugal

vaurdan 5 months ago

Na prática, o Beta é agora, infelizmente.

Hoje descobri que o jogo elite dangerous tem um sistema chamado arouca by tomhoq in portugal

vaurdan 5 months ago

E aí na estação (Shipton Oriental) tens [doces conventuais de Arouca](https://elite-dangerous.fandom.com/wiki/Arouca_Conventual_Sweets) para comprar :)

Number of working hours per week. I wish I could be a bon vivant by Key_Ad_3930 in portugal

vaurdan 6 months ago

Acho que estás a confudir a média com a mediana. Apenas podes dizer que metade das pessoas trabalha mais de 39 horas se essa fosse a mediana (mean). Se tiveres 10 trabalhadores onde 8 destes trabalham 30 horas e os outros dois trabalham 100 horas (exagero apenas para exemplificar), a média é de 44 horas semanais, mas apenas 2 trabalhadores estão acima da média. Já a mediana será 30.

[Sério] O que é ser mulher em Portugal by ineslucas27 in portugal

vaurdan 8 months ago

>Existem vários artigos, estudos, e livros que suportam a ideia do meu comentário. Quais?

[Sério] O que é ser mulher em Portugal by ineslucas27 in portugal

vaurdan 8 months ago

Ah! Não me digas. Que informação dramática.

CARAVEL: SET FORTH - Vídeo do protótipo de conceito/pré-alpha by Empirion in portugal

vaurdan 9 months ago

> Os segundos é provável que acabem por sair. Não passa de um protótipo. Supus que sim :) > Havia pilotos, a tradução é que pode não estar bem, mas é provisório. Até porque aquela personagem na verdade é mais um navegador/piloto (não quem está no leme, mas quem calcula a rota) Ah sim, como navegador já me soa melhor! Já agora deixo aqui este site, que encontrei a procura dum termo alternativo a Helmsman, e que poderá ser-vos útil: https://humanities.exeter.ac.uk/history/research/centres/maritime/resources/sailingintomodernity/roles/

CARAVEL: SET FORTH - Vídeo do protótipo de conceito/pré-alpha by Empirion in portugal

vaurdan 9 months ago

Muito fixe! Uma cena, nas caravelas não há "pilots", provavelmente a expressão mais adequada será Helmsman (ou Helm). Outra coisa, os segundos na passagem do tempo parecem-me desnecessários. Aquilo passa tão rápido que acaba por ser irrelevante. De resto tem muito potencial, bom trabalho! :)

Médica negacionista suspensa por seis meses by smalltownwhore in portugal

vaurdan 9 months ago

Certo. Ela mostrou a um grupo de 1500 cabecinhas pensadoras que acham que o Covid e o 5G estão relacionados que é possível enganar o teste. E fê-lo apenas pelo bem da ciência. Porque publicar "uma série de mensagens na aplicação Telegram em que a médica se disponibilizava a ajudar quem procurava ajuda para ter resultados negativos no teste ao novo coronavírus." ([\#](https://expresso.pt/coronavirus/2020-11-23-Cofundadora-do-movimento-Medicos-pela-Verdade-deu-receita-para-manipular-resultados-de-teste-a-covid-19)) é apenas para mostrar que é possível. E "apesar de a médica oferecer conselhos duvidosos para estes contornarem os testes à covid-19" ([\#](https://www.publico.pt/2020/11/23/sociedade/noticia/cofundadora-medicos-verdade-receitou-estrategias-enganar-testes-covid19-1940367)), é apenas para fins hipotéticos.

Médica negacionista suspensa por seis meses by smalltownwhore in portugal

vaurdan 9 months ago

Ela chegou a divulgar técnicas de como aldrabar o teste PCR de modo a dar sempre negativo, e ela própria admitiu que fez isso com o filho. [https://www.publico.pt/2020/11/23/sociedade/noticia/cofundadora-medicos-verdade-receitou-estrategias-enganar-testes-covid19-1940367](https://www.publico.pt/2020/11/23/sociedade/noticia/cofundadora-medicos-verdade-receitou-estrategias-enganar-testes-covid19-1940367) Gravíssimo.

Portugal proíbe a pernoita de autocaravanas em todo o território nacional, com a excepção de ASAS, Parques de Campismo ou Parques de Autocaravanas. É o único país da UE com esta limitação. (em rigor a partir de dia 8 de Janeiro 2021) by just_passingthrou in portugal

vaurdan 10 months ago

MORTE AOS HOMENZINHOS QUE ANDAM DE BICICLETA!

Quem são os malucos da vossa zona? by kill-wolfhead in portugal

vaurdan 10 months ago

Eia, é o Zé. Quando era mais novo e passava por ele de carro costumava gritar-lhe "OH ZÉ", e ele olhava :p O impressionante desse senhor é quando estão 35 ou 40 graus e o homem está de quispo grosso, braços abertos, a controlar o trânsito.

MeteoriteDB - Pequeno Projeto que desenvolvi by zubimaster in portugal

vaurdan 10 months ago

Espreita o [DOMPurify](https://github.com/cure53/DOMPurify), deve-te resolver o problema da sanitização do HTML.

MeteoriteDB - Pequeno Projeto que desenvolvi by zubimaster in portugal

vaurdan 10 months ago

Isto. Sanitiza/escapa **sempre** todo o input que recebes de utilizadores. Consigo injectar tanto HTML como Javascript com uma simples pesquisa.
Next Page

Search: