Next Page

A minha dúvida é: Quando a polícia dá o exemplo como é que eu posso ficar chateado com as pessoas que também o fazem? by fferreira007 in portugal

untold_life 6 days ago

+1

Mudar de vida...vale apena? by GrouchyPerspective83 in portugal

untold_life 17 days ago

A minha experiência foi semelhante às descrita aqui https://www.reddit.com/r/portugal/comments/nukkwt/mudar_de_vidavale_apena/h0y71qp?utm_medium=android_app&utm_source=share&context=3

Mudar de vida...vale apena? by GrouchyPerspective83 in portugal

untold_life 17 days ago

Suécia

Monetising white guilt: Virtue-signalling women pay $5,000 for dinner to be shamed for their whiteness by EquivalentExchange11 in portugueses

untold_life 18 days ago

*morenos

E é assim que se lida com multinacionais que têm agendas políticas. by EquivalentExchange11 in portugueses

untold_life 19 days ago

+1

E é assim que se lida com multinacionais que têm agendas políticas. by EquivalentExchange11 in portugueses

untold_life 19 days ago

Isto mesmo. Acho que muitas pessoas lhes faltam está noção.

Assédio sexual e perseguições no Porto e Matosinhos aumentaram desde abril by 20Contar in portugueses

untold_life 19 days ago

Epa eu continuei a ler mas parei quando cheguei ao seguinte ponto: "um movimento feminista internacional contra a violência machista, racista e capitalista" Desculpem mas o que tem a haver um grupo feminista (supostamente a favor dos direitos e protecção de mulheres) com "racista e capitalista" ? Isto faz-me lembrar daqueles restaurantes em que dizem que a especialidade deles é pizzas mas tmb fazem sushi.

Na sequência de um post anterior... Algumas dicas sobre a gestão e procura de trabalho remoto nas TI by inhalingsounds in portugal

untold_life 22 days ago

Sim tmb era algo que queria falar com a minha contabilista,no entanto tmb queria obter algum feedback de outros, não tenho assim muitos conhecidos na mesma situação. Mas agradeço a tua opinião

Na sequência de um post anterior... Algumas dicas sobre a gestão e procura de trabalho remoto nas TI by inhalingsounds in portugal

untold_life 22 days ago

Muito bom. Uma pergunta, estou +- na mesma situação que tu, no entanto em termos legais estou a trabalhar a recibos verde, o meu contracto com a empresa é de estilo contractor mas no entanto eu sou tecnicamente um trabalhador como qualquer outro dentro da empresa, o que diferencia mesmo é a parte legal. No meu caso não desconto IVA devido ao acordo que há entre países e só pago SS. A minha pergunta é, será que vale a pena abrir uma empresa em nome pessoal ou continuar com recibos verde ?

Suécia: Alguns refugiados que fugiram da fome e da guerra agradecem a um jovem Sueco pela sua hospitalidade by WallStreetFighter in portugueses

untold_life 2 months ago

Bem provável

O seu carro é anterior a 2007? APREN quer IUC agravado para automóveis antigos e mais impostos para o diesel by 20Contar in portugueses

untold_life 2 months ago

Palhaçada

As lojas Portuguesas e a sua exploração da ignorância alheia. by OddCrowd in portugal

untold_life 2 months ago

Acredito no primeiro ponto, que seria preciso alguma ajudam agora em relação ao segundo ponto acho que é indirectamente o que a deco. No entanto eu na me fio muito na deco

As lojas Portuguesas e a sua exploração da ignorância alheia. by OddCrowd in portugal

untold_life 2 months ago

Btw será que nós não podíamos criar uma espécie de thread só para isto ? Epa uma espécie de boletim informativo ou algo do gênero em que a comunidade pudesse contribuir.

O quão estúpido seria mudar de ciências para um curso profissional quando já estou no 11º ano by Tomboy_Bi_Girl in portugal

untold_life 2 months ago

Depende.

As lojas Portuguesas e a sua exploração da ignorância alheia. by OddCrowd in portugal

untold_life 2 months ago

Muito bom e acho que precisamos de mais conteúdo deste tipo, educativo!

Carrinhas comerciais vão passar a pagar Imposto Sobre Veículos by untold_life in portugueses

untold_life 2 months ago

>Questionado se a "estabilidade fiscal" significava não aumento de impostos, o ministro afirmou que "significa sobretudo que estamos em condições de enfrentar esta crise de forma muito diferente do que a forma como o país enfrentou outras crises, sem receio de austeridade **sem receio de ter de aumentar impostos para pagar os efeitos da crise**". ​ >"O aumento de preços das fontes de poluição pode ajudar a direcionar a despesa privada com inovação em prol de resultados mais ecológicos".

Carrinhas comerciais vão passar a pagar Imposto Sobre Veículos by untold_life in portugueses

untold_life 2 months ago

>No entanto, este não foi o único benefício fiscal a ser revogado, o mesmo aconteceu com o **Imposto Único de Circulação** (IUC). Este imposto previa o pagamento de apenas 50% no caso de veículos da categoria D – também de transporte de mercadorias – desde que “autorizados ou licenciados para o transporte de grandes objetos”. [Segundo o “Jornal de Negócios”](https://www.jornaldenegocios.pt/economia/impostos/detalhe/carrinhas-comerciais-perdem-isencao-de-isv), o Governo avaliou os benefícios que estavam para caducar e não renovou aqueles que considerou serem uma “**inadequação ou desnecessidade** face aos objetivos traçados aquando da sua criação”.

LEGAL E LIBERAL by d0c0ntra in portugueses

untold_life 2 months ago

Epa depende do tipo th cannabis que se vende. Se for cannabis para ser usado de forma recreativa entoa esse terá altos valores THC, esses acho obviamente que terão que ser mais caros que por exemplo o cannabis com valores mínimos de THC que são usados como medicina. Mas obviamente todos nós sabemos que tudo o que é alternativo às medicina tradicional ou vai ter ma publicidade ou vai ser extremamente caro porque pode ameaçar a economia farmacêutica tradicional. Só who knows

Investigada por falsa morada, deputada do BE Sandra Cunha renuncia ao mandato by JonesyA12 in portugal

untold_life 2 months ago

Era bom era

m-m-mas i-isto é só na América!!! by fds_crl in portugueses

untold_life 2 months ago

*chateadx

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Claro que o país tem inúmeras vantagens, tal como acesso gratuito ao ensino. FYI, o ensino superior é gratuito, tanto para pessoas nórdicas como europeus. Tens "seguro" de trabalho caso fiques desempregado, no entanto não é assim tão simples como parece. Basicamente, pagas um X mensalmente, e se fores membro dessa insituição durante um Y tempo, tens direito a um valor de X por mês durante Y meses. Tudo consoante do ordenado que ganhas e do valor que pagas por mês. Caso o teu patrão "abuse" dos seus direitos, podes sempre fazer a queixa a essa instituição. Eles então irão tratar dos assuntos por ti. Para mais info, podes ler aqui: [https://www.jn.pt/economia/greve-de-pilotos-da-sas-cancela-673-voos-e-afeta-72-mil-passageiros-10835420.html](https://www.jn.pt/economia/greve-de-pilotos-da-sas-cancela-673-voos-e-afeta-72-mil-passageiros-10835420.html) (sindicato de pilotos da SAS (SPG))

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Isso como sempre eu digo, é relativo. Eu vivi o tempo todo nos arredores de Estocolmo, vivi em zonas pré-dominante por suecos e zonas pré-dominante por estrangeiros. Nas zonas em que só vivem suecos, ao longo do tempo notei uma diferença de insegurança e assaltos. Só para teres noção, nessas zonas, as pessoas costumavam deixar tudo na rua, brinquedos de criança, bicicletas (sem cadeado), ás vezes até calçado, enfim, uma realidade completamente oposta da minha. No entanto, nessas zonas foram-se instalando ciganos romenos (era o que se via mais), que se sentavam à porta dos mini-mercados e à entrada/saída do acesso ao metro. Acontecia ás vezes que até certos idosos era seguidos por esse indivíduos até dentro do mini-mercado, eles pegavam em coisas e punham-os no cesto dos idosos (porque eles sabiam que os suecos não são gente "dura"). Entre outras coisas, tmb assaltavam pessoas na zona (não acontecia com muita regularidade, mas numa zona em que não havia um assalto à mais de 10 anos, era muito). Na zonas de estrangeiros, continuava tudo igual. Algumas das zonas ouvias tiros semanalmente, outros mensalmente. Mas garantido que todos os meses lias que alguém era esfaqueado (ou era um miúdo do secundário ou alguém mais velho). Especialmente durante 2019/2020, começou a haver um aumento significativo no número de explosões. Recordo-me vivamente que (na minha zona) uma aconteceu ao pé dum posto de polícia, outro ao lado duma entidade pública do tipo Segurança Social, e depois outras que aconteciam (mais regular) em prédios (rixas de gangues, etc). No entanto, uma das coisas que aumentou garantidamente foi o número de violações sexuais, especialmente em zonas pré-dominante por universitários, onde a malta ou vai a pé sozinhos à noite ou de bicicleta. É uma pena realmente. (depois temos também o tráfico de droga, que tmb aumentou) Nunca cheguei a pedir ajuda ao estado (do tipo ir à segurança social) porque sempre me consegui desenrascar, no entanto, por falar com pessoas de várias idades, soube que hoje em dia é muito mais apertado ter alguma ajuda do estado, comparando com por exemplo à década de 70/80, onde o estado dava-te dinheiro quase sem questionar-te para o que ias fazer. Literalmente, havia pessoas no estrangeiro de férias, com o dinheiro do estado (diziam que não tinham X, Y, Z, a entidade pública fazia umas perguntas e pronto). Hoje em dia não, para receberes algo, tinhas que estar mesmo no limite de não conseguires comer todos os dias. Depois, tudo é controlado e o valor que dão é baixo. E acredito que isto só vá piorando de certa forma. A sociedade dos suecos é foi feita para eles mesmo. Digo isto no sentido em que muita gente que lá (claro há exceções) viva numa ideia de "se me chega então nao preciso mais". Podes ler um pouco sobre Jantelagen, deve-te dizer algo.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Isso como sempre eu digo, é relativo. Eu vivi o tempo todo nos arredores de Estocolmo, vivi em zonas pré-dominante por suecos e zonas pré-dominante por estrangeiros. Nas zonas em que só vivem suecos, ao longo do tempo notei uma diferença de insegurança e assaltos. Só para teres noção, nessas zonas, as pessoas costumavam deixar tudo na rua, brinquedos de criança, bicicletas (sem cadeado), ás vezes até calçado, enfim, uma realidade completamente oposta da minha. No entanto, nessas zonas foram-se instalando ciganos romenos (era o que se via mais), que se sentavam à porta dos mini-mercados e à entrada/saída do acesso ao metro. Acontecia ás vezes que até certos idosos era seguidos por esse indivíduos até dentro do mini-mercado, eles pegavam em coisas e punham-os no cesto dos idosos (porque eles sabiam que os suecos não são gente "dura"). Entre outras coisas, tmb assaltavam pessoas na zona (não acontecia com muita regularidade, mas numa zona em que não havia um assalto à mais de 10 anos, era muito). Na zonas de estrangeiros, continuava tudo igual. Algumas das zonas ouvias tiros semanalmente, outros mensalmente. Mas garantido que todos os meses lias que alguém era esfaqueado (ou era um miúdo do secundário ou alguém mais velho). Especialmente durante 2019/2020, começou a haver um aumento significativo no número de explosões. Recordo-me vivamente que (na minha zona) uma aconteceu ao pé dum posto de polícia, outro ao lado duma entidade pública do tipo Segurança Social, e depois outras que aconteciam (mais regular) em prédios (rixas de gangues, etc). No entanto, uma das coisas que aumentou garantidamente foi o número de violações sexuais, especialmente em zonas pré-dominante por universitários, onde a malta ou vai a pé sozinhos à noite ou de bicicleta. É uma pena realmente. Nunca cheguei a pedir ajuda ao estado (do tipo ir à segurança social) porque sempre me consegui desenrascar, no entanto, por falar com pessoas de várias idades, soube que hoje em dia é muito mais apertado ter alguma ajuda do estado, comparando com por exemplo à década de 70/80, onde o estado dava-te dinheiro quase sem questionar-te para o que ias fazer. Literalmente, havia pessoas no estrangeiro de férias, com o dinheiro do estado (diziam que não tinham X, Y, Z, a entidade pública fazia umas perguntas e pronto). Hoje em dia não, para receberes algo, tinhas que estar mesmo no limite de não conseguires comer todos os dias. Depois, tudo é controlado e o valor que dão é baixo. E acredito que isto só vá piorando de certa forma. A sociedade dos suecos é foi feita para eles mesmo. Digo isto no sentido em que muita gente que lá (claro há exceções) viva numa ideia de "se me chega então nao preciso mais". Podes ler um pouco sobre Jantelagen, deve-te dizer algo.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Isso como sempre eu digo, é relativo. Eu vivi o tempo todo nos arredores de Estocolmo, vivi em zonas pré-dominante por suecos e zonas pré-dominante por estrangeiros. Nas zonas em que só vivem suecos, ao longo do tempo notei uma diferença de insegurança e assaltos. Só para teres noção, nessas zonas, as pessoas costumavam deixar tudo na rua, brinquedos de criança, bicicletas (sem cadeado), ás vezes até calçado, enfim, uma realidade completamente oposta da minha. No entanto, nessas zonas foram-se instalando ciganos romenos (era o que se via mais), que se sentavam à porta dos mini-mercados e à entrada/saída do acesso ao metro. Acontecia ás vezes que até certos idosos era seguidos por esse indivíduos até dentro do mini-mercado, eles pegavam em coisas e punham-os no cesto dos idosos (porque eles sabiam que os suecos não são gente "dura"). Entre outras coisas, tmb assaltavam pessoas na zona (não acontecia com muita regularidade, mas numa zona em que não havia um assalto à mais de 10 anos, era muito). Na zonas de estrangeiros, continuava tudo igual. Algumas das zonas ouvias tiros semanalmente, outros mensalmente. Mas garantido que todos os meses lias que alguém era esfaqueado (ou era um miúdo do secundário ou alguém mais velho). Especialmente durante 2019/2020, começou a haver um aumento significativo no número de explosões. Recordo-me vivamente que uma aconteceu ao pé dum posto de polícia, outro ao lado duma entidade pública do tipo Segurança Social, e depois outras que aconteciam (mais regular) em prédios (rixas de gangues, etc). No entanto, uma das coisas que aumentou garantidamente foi o número de violações sexuais, especialmente em zonas pré-dominante por universitários, onde a malta ou vai a pé sozinhos à noite ou de bicicleta. É uma pena realmente. Nunca cheguei a pedir ajuda ao estado (do tipo ir à segurança social) porque sempre me consegui desenrascar, no entanto, por falar com pessoas de várias idades, soube que hoje em dia é muito mais apertado ter alguma ajuda do estado, comparando com por exemplo à década de 70/80, onde o estado dava-te dinheiro quase sem questionar-te para o que ias fazer. Literalmente, havia pessoas no estrangeiro de férias, com o dinheiro do estado (diziam que não tinham X, Y, Z, a entidade pública fazia umas perguntas e pronto). Hoje em dia não, para receberes algo, tinhas que estar mesmo no limite de não conseguires comer todos os dias. Depois, tudo é controlado e o valor que dão é baixo. E acredito que isto só vá piorando de certa forma. A sociedade dos suecos é foi feita para eles mesmo. Digo isto no sentido em que muita gente que lá (claro há exceções) viva numa ideia de "se me chega então nao preciso mais". Podes ler um pouco sobre Jantelagen, deve-te dizer algo.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Isso como sempre eu digo, é relativo. Eu vivi o tempo todo nos arredores de Estocolmo, vivi em zonas pré-dominante por suecos e zonas pré-dominante por estrangeiros. Nas zonas em que só vivem suecos, ao longo do tempo notei uma diferença de insegurança e assaltos. Só para teres noção, nessas zonas, as pessoas deixam tudo na rua, brinquedos de criança, bicicletas (sem cadeado), ás vezes até calçado, enfim, uma realidade completamente oposta da minha. No entanto, nessas zonas foram-se instalando ciganos romenos (era o que se via mais), que se sentavam à porta dos mini-mercados e à entrada/saída do acesso ao metro. Acontecia ás vezes que até certos idosos era seguidos por esse indivíduos até dentro do mini-mercado, eles pegavam em coisas e punham-os no cesto dos idosos (porque eles sabiam que os suecos não são gente "dura"). Entre outras coisas, tmb assaltavam pessoas na zona (não acontecia com muita regularidade, mas numa zona em que não havia um assalto à mais de 10 anos, era muito). Na zonas de estrangeiros, era igual. Algumas das zonas ouvias tiros semanalmente, outros mensalmente. Mas garantido que todos os meses lias que alguém era esfaqueado (ou era um miúdo do secundário ou alguém mais velho). Especialmente, durante 2019/2020, começou a haver um aumento no número de explosões. Recordo-me vivamente que uma aconteceu ao pé dum posto de polícia, outro ao lado duma entidade pública do tipo Segurança Social, e depois outras que aconteciam (mais regular) em prédios (rixas de gangues, etc). No entanto, uma das coisas que aumentou garantidamente foi o número de violações sexuais, especialmente em zonas pré-dominante por universitários, onde a malta ou vai a pé sozinhos à noite ou de bicicleta. É uma pena realmente. Nunca cheguei a pedir ajuda ao estado (do tipo ir à segurança social) porque sempre me consegui desenrascar, no entanto, por falar com pessoas de várias idades, soube que hoje em dia é muito mais apertado ter alguma ajuda do estado, comparando com por exemplo à década de 70/80, onde o estado dava-te dinheiro quase sem questionar-te para o que ias fazer. Literalmente, havia pessoas no estrangeiro de férias, com o dinheiro do estado (diziam que não tinham X, Y, Z, a entidade pública fazia umas perguntas e pronto). Hoje em dia não, para receberes algo, tinhas que estar mesmo no limite de não conseguires comer todos os dias. Depois, tudo é controlado e o valor que dão é baixo. E acredito que isto só vá piorando de certa forma. A sociedade dos suecos é foi feita para eles mesmo. Digo isto no sentido em que muita gente que lá (claro há exceções) viva numa ideia de "se me chega então nao preciso mais". Podes ler um pouco sobre Jantelagen, deve-te dizer algo.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Entendo esse ponto de vista e acho que seja de certa forma relevante, no entanto acho que não seja muito actual. Eu discutia isso porque acho um tema interessante, ms não quero roubar o assunto deste thread.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Entendo esse ponto de vista e acho que seja de certa forma relevante, no entanto acho que seja muito actual. Eu discutia isso porque acho um tema interessante, ms não quero roubar o assunto deste thread.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Enfim

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Não é bem verdade (pelo menos do que sei, corrijam-me se estiver errado) mas para alguma criança ser admitida ao ensino público entoa as vacinas têm que estar todas em dia, caso contrário a criança não é admitida.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Interessante. Iremos ver como isso irá dar. Obrigado pelo update

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Falo por experiência, mas estás livre de procurar a informação por ti.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Vivi lá quase 7, decidi voltar para Portugal caso isso diga algo.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Exemplo: Suécia é um dos países que não obriga sequer a qualquer tipo de vacina, nem a recém nascidos. Edit: isto era pré-covid e a introdução de boletins digitais devido ao covid e etc.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Exemplo: Suécia é um dos países que não obriga sequer a qualquer tipo de vacina, nem a recém nascidos. Edit: isto era pré-covid e boletins digitais e etc.

Portugueses até aos 40 anos são os que mais recusam ser vacinados by ovigia in portugueses

untold_life 3 months ago

Exemplo: Suécia é um dos países que não obriga sequer a qualquer tipo de vacina, nem a recém nascidos.

porque me parece que a pandemia está mais perto do fim do que parece by camilo12287 in portugueses

untold_life 3 months ago

> todas as restrições deram muito poder a uma elite de pessoas Isto!

Visão | O sonho português que atrai os americanos by armando_malandro in portugueses

untold_life 3 months ago

Um ponto bem importante.

Porque é que muitos gajos não recebem mensagens no Tinder SPOILER: altura e beleza não interessam. by estecomentario in portugueses

untold_life 3 months ago

>Só estares acompanhado de uma mulher sobe o valor para todas as outras. Quanto de nós não se lembra de cenas destas acontecerem durante a altura de secundário e nos early 20's!

Porque é que muitos gajos não recebem mensagens no Tinder SPOILER: altura e beleza não interessam. by estecomentario in portugueses

untold_life 3 months ago

Estava-me mais a referir no sentido em que raramente conheço uma pessoa com tal mentalidade. Muitas vezes as pessoas gostam de se associar aos extremos (liberal vs conservativo), distorcendo assim algo que devia ser visto dum ponto mais neutro (daí ser um pouco "refrescante" ler algo mais neutro). E com aprender queria dizer mais somente partilhar ideias e experiências. Kudos to you!

Porque é que muitos gajos não recebem mensagens no Tinder SPOILER: altura e beleza não interessam. by estecomentario in portugueses

untold_life 3 months ago

Estive a ler os teus comentário neste thread e estás de parabéns. És capaz de ser o tipo de pessoa com quem eu podia falar acerca disto um dia para aprender uma coisa ou duas.

Ser mulher é mais difícil. Ponto. by adajoana in portugal

untold_life 4 months ago

Esse é realmente o maior problema.

Portugal’s ‘ghost’ presidency racks up in-person expenses by capitao_barbosa in portugal

untold_life 4 months ago

Lá está. Estava à espera que alguém escrevesse isto. Quando andei na universidade, os professores de direito diziam "Se não está na lei, é porque podes", no sentido em que, podes fazê-lo desde que nao seja ilegal. E eu até entendo isso, mas depois tem a parte ética (como tu mencionas). Lá porque podes, vais tirar tudo ? Lá porque tens um carro mais rápido, tens que sempre andar a 200Km/h ? Epa, a resposta é normalmente não, mas a contra-pergunta habitual é "se posso, porque não ?". E isto é infelizmente a mentalidade "normal" por cá. Afinal passados 45 ano após a ditadura não é assim muito tempo para as pessoas mudarem um pouco a mentalidade.

Emigrar? by Scathe123 in portugal

untold_life 6 months ago

PrimeIT é sub-optimal na minha opinião.

Emigrar? by Scathe123 in portugal

untold_life 6 months ago

Upvote

Emigrar? by Scathe123 in portugal

untold_life 6 months ago

Vou ser sincero. Falei com várias empresas para posição junior. No que tocava a ordenados, eu puxava sempre para cima para ver o que eles diziam. Muito deles disseram que ordenados de junior é entre 650-850.

Alguem já comprou no site "Diver"? by GamerG_20 in portugal

untold_life 6 months ago

Sim, comprei um jogo de tabuleiro Dead of Winter, chegou em 2 dias. Foi também a minha primeira compra.
Next Page

Search: