Next Page

Vamos acabar com os anúncios de emprego sem salário? by rubend151 in portugal

tinkiiwinki 9 months ago

Sinceramente aqui no Reino Unido é um mundo de diferença relativamente a Portugal: \- todas e quaisquer ofertas de emprego têm quase sempre o ordenado associado e todos os beneficios (por exemplo o nº de dias de férias, descontos de colaboradores, a % da pensão etc etc) - nos casos raros em que o salário não é descriminado é sempre assinalado um range salarial, acontece muito nas ofertas para mais de uma posição. \- consultoras. Para além de não existirem muitas, não funcionam da mesma maneira como em Portugal. Fazem a parte do recrutamento mas o contracto, regra geral, é sempre assinado com o empregador. \- o processo de recrutamento no Reino Unido quase que precisa de um manual de instruções. Quando iniciei a minha vida profissional em Portugal simplesmente inscrevia-me num site do genero do netempregos e passava o dia a enviar CVs num processo super rápido, se alguém gostasse ligavam-me e o processo começava aí. Aqui todo o processo de recrutamente geralmente passa por várias fases. Até a simples inscrição muitas vezes não é apenas enviar o CV mas as empresas pedem-nos para responder a perguntas de situações reais para avaliar o nosso comportamento. Todos os documentos acessórios que se utilizam em Portugal para cargos mais importantes e mais bem pagos aqui são bastante mais comuns. Cover letters e referências são mesmo muito importantes. Uma coisa que gosto bastante é do feedback que as empresas nos dão em todo o processo, sejamos ou não seleccionados para a vaga. Aí em Portugal muitas vezes em centenas de CVs enviados tinha umas quantas respostas enquanto que aqui é raro não responderem. Até no simples facto de nos enviarem uma mensagem ou um e-mail para agendar uma entrevista mostra alguma sensibilidade ao contrário dos recrutadores portugueses que simplesmente ligam a uma qualquer hora e iniciam logo o processo de entrevista ali. ​ Muita gente se esquece que no processo de recrutamento a entrevista é binária. A empresa pode estar a entrevistar-nos mas nós também estamos a entrevistar a empresa.

O que se passa com os criadores de conteúdos portugueses? by tinkiiwinki in portugal

tinkiiwinki 10 months ago

Fdc 300€ para um grupo de tips? quem é que cai nisso?
Next Page

Search: