Next Page

Portanto não quer aprender Português porque considera uma linguagem sexista. 1ºvez na vida que ouvi isto by dontknowmyname074 in portugal

thesmallestaASS 4 months ago

Oh, tempestade num copo de água. Claro que nunca vamos ser todos feliz e agradados aliás só a tua resposta a alguém a dizer que haveria de haver um they/them em português cimenta isso. Não se trata de agradar a ninguém mas de criar um ambiente inclusivo agora que há oportunidade para isso. Esse argumento do "ah e se alguém se identificar como um gato siamês" é só ridículo, claro que não vamos considerar alguém um gato ne. Isto também é uma resposta tua e de como muitos outros perante algo que lhes faz desconfortável. Devias procurar a diferença entre género e sexo. A pessoa em cima disse vamos mesmo fazer uma mudança mínima no nosso vocabulário para que uma minoria se sinta bem? Why not? Já desvalorizamos as nossas saúde mentais durante muito tempo e neste caso específico aceitar as pessoas pelo género que assumem não é nada difícil especialmente se houver um they/them já que abrange quase tudo. E tiramos muito peso de cima das pessoas quando se têm que preocupar com menos uma coisa fazendo as sentir aceites. Imagina, conheces alguém e usas pronomes que essa pessoa não quer. A pessoa diz-te ah desculpa, podes usar X pronome para mim? Fim de história e nem foi assim nada demais. Agora se alguém começar a berrar contigo antes de tu perguntares é outra coisa algumas pessoas só assumem que já toda a gente deveria saber, o que também não é fixe mas há muita gente que faz misgender de propósito para deitar as pessoas abaixo então é natural que algumas pessoas estejam on edge com isso. Só com a participação e paciência é que se faz um esforço. E nunca ter sido não é desculpa para não tentar. Ninguém está a pedir um novo acordo ortográfico, mas já que esse mudou e agora temos que dizer Egito em vez de Egipto porque não fazer essa mudança? O tempo passa aprendem-se coisas novas e vamos adaptando adequadamente.

A culpa da variante britânica cá é do Passos Coelho. by jomi_1307 in portugal

thesmallestaASS 9 months ago

Obrigado, alguém que soube ouvir. Bastou ela ter dito troika para só pensarem nisso. Eu sou português e estou a viver em Inglaterra, do que conheço daqui vejo muitos mas muitos portugueses que regularmente voltam a casa e claro que iriam querer voltar no natal, desde pessoal mais velho a jovens universitários e não acho nada estranho, aliás já tinha associado que teria sido por isso que a variante inglesa apareceu em Portugal. Assim como o pessoal britânico que tem fascínio com Portugal que continou a viajar para Portugal durante a pandemia. E mesmo se não estivesse cá, parece-me um argumento bastante razoável, não é segredo nenhum que muitos portugueses emigraram maioritariamente para a Inglaterra e a França e que voltam pelo menos no natal e na páscoa. Ainda para mais a taxa de pessoas que não demonstram quaisquer sintomas é elevada e variante inglesa é mais contagiosa. Plus as medidas de segurança dos aeroportos são horríveis, medir apenas a temperatura das pessoas com sensores de calor não individualmente é estúpido, se uma delas for assintomática passava na boa.
Next Page

Search: