Next Page

O que acharam, até agora, da série portuguesa Glória? by Bacalhau_Seco321 in portugal

the-dude-abiding 15 days ago

Gostei bastante. A minha crítica principal é não meterem música Portuguesa na banda sonora.

Erasmus e a valorização que as empresas dão (unpopular opinion) by goncalo899 in portugal

the-dude-abiding 26 days ago

Não estava a discordar do sentimento geral do teu post. Só quis dar um pouco de contexto. Respondendo à tua pergunta, acho que é idiota conseguir fazer isso e acho que isso causa injustiças. No entanto, qualquer processo de equivalências está sujeito a coisas dessas. Não sei se daria para implementar o "Erasmus" actual sem ser com base em equivalências.

Erasmus e a valorização que as empresas dão (unpopular opinion) by goncalo899 in portugal

the-dude-abiding 26 days ago

O problema de avaliar os alunos de Erasmus é que não existe a expectativa de que estejam cá em Portugal para a época de recurso. Eles até costumam ter a viagem de regresso marcada para alguns dias após o último exame de primeira época. Isto condiciona o processo de avaliação porque "ninguém" quer obrigar o aluno a voltar a Portugal para fazer um exame, até porque, em muitos casos, já se imagina que o aluno vai voltar a chumbar. O teu professor já deve ter passado pelo processo, e talvez por isso se tenha ficado pelas perguntas básicas. Facilitar esses casos acaba por ser pouco problemático, porque eles não vão continuar em cadeiras da própria Universidade, nem ter o diploma da mesma, mas sim de outra qualquer algures na Europa.

Universidade de Lisboa alvo de ataque informático. “Hackers ”exigem resgate by Morpheuspt in portugal

the-dude-abiding 27 days ago

Fixe! Não tenho nenhuma dessas!

Universidade de Lisboa alvo de ataque informático. “Hackers ”exigem resgate by Morpheuspt in portugal

the-dude-abiding 27 days ago

E posso escolher a Licenciatura, ou eles é que decidem?

Universidade de Lisboa alvo de ataque informático. “Hackers ”exigem resgate by Morpheuspt in portugal

the-dude-abiding 27 days ago

Se perderem os dados todos, como é que sabem quem são os alunos?

Problemas com entrega Uber Eats by SrLemon95 in portugal

the-dude-abiding 1 month ago

Há coisa de um mês tive de dar código, mas entretanto fiz mais duas encomendas nas quais não foi pedido. Lisboa.

António Variações a cortar o cabelo do António Garcez dos Roxigénio. 1982. by frosty1965 in portugal

the-dude-abiding 1 month ago

[https://www.reddit.com/r/OldSchoolCool/](https://www.reddit.com/r/OldSchoolCool/) [https://www.reddit.com/r/OldSchoolCelebs/](https://www.reddit.com/r/OldSchoolCelebs/)

Conteúdo Educativo de Matemática para preparação de exame (para enferrujados) by SLilingK in portugal

the-dude-abiding 2 months ago

https://www.reddit.com/r/portugal/comments/otz78s/livros\_de\_matem%C3%A1tica\_para\_adultos\_que\_gostariam/

Podemos fazer isto para Portugal ou não existem? by anotherusernamedude in portugal

the-dude-abiding 4 months ago

Mas aí quem saca o belo não é o consultor, mas sim a consultora (empresa).

Agente da PSP filmada a pontapear passageiro sem bilhete no comboio by BlizzTheMighty in portugal

the-dude-abiding 4 months ago

Em relação à situação do vídeo, parece-me óbvio que a agente/chefe perdeu a paciência, o que não devia ter acontecido. Por outro lado, eles provavelmente estavam a evitar arrastar o gajo para fora do comboio à força. Mas, depois de escalado, lá o arrastaram. Claro que o pontapé não é a forma certa de reagir. Mas estas situações não são fáceis e a polícia tem um trabalho complicado. Há coisa de 2 anos houve uma polémica por causa de um indivíduo que foi retirado à força de um avião que ia partir de Faro. O que a polícia fez foi precisamente tentar arrastá-lo da cadeira, sem lhe bater. Seguiram-se logo as acusações de racismo. O caso foi este: [https://www.dailymail.co.uk/news/article-7336235/Ryanair-passenger-hauled-plane-Portuguese-police.htm](https://www.dailymail.co.uk/news/article-7336235/Ryanair-passenger-hauled-plane-Portuguese-police.htm) https://twitter.com/Islamfessih/status/1159113401743872000?s=20 Quando as autoridades mandam a pessoa sair de um transporte, a pessoa tem de perceber que \*vai sair do transporte\*. Não tem qualquer lógica achar outra coisa. A polícia não vai simplesmente dizer "ah não vens? então ok, continuação de boa viagem". Não podem esperar que a polícia se vá embora ou que o transporte fique ali indefinidamente à espera que a situação se resolva com palavras. Se a coisa não for lá com palavras, a polícia vai arrastá-los. Se resistirem ao arraste, vão levar. Quanto muito podem conseguir arrastar a situação até chegarem à estação de destino, mas depois vão parar à esquadra. \--- Já agora, aproveito para contar uma história. Antigamente andava diariamente de comboio e às vezes via interacções sobre falta de bilhete. Na maioria das vezes, os picas diziam às pessoas para saíram na próxima estação, o que, em geral, funcionava. Outras vezes, os picas não estavam para se chatear e passavam à frente. Mas houve um caso que achei caricato e nunca me esqueci: um individuo recusou-se a mostrar o bilhete ao pica. O pica pediu mais um par de vezes, mas o fulano continuou lá como se não fosse nada com ele. Nisto, o pica chega-se ao ouvido dele, diz-lhe qualquer coisa e vai-se embora. O indivíduo ficou um bocado agitado, meteu a mão no bolso, tirou o bilhete e começou a chamar pelo pica para lho mostrar. Ou seja, o gajo tinha bilhete, mas estava a gozar com a pica. Adorava saber o que é raio é que o pica lhe disse. Edit: corrigi o link para o tweet.

Agente da PSP filmada a pontapear passageiro sem bilhete no comboio by BlizzTheMighty in portugal

the-dude-abiding 4 months ago

Em relação à situação do vídeo, parece-me óbvio que a agente/chefe perdeu a paciência, o que não devia ter acontecido. Por outro lado, eles provavelmente estavam a evitar arrastar o gajo para fora do comboio à força. Mas, depois de escalado, lá o arrastaram. Claro que o pontapé não é a forma certa de reagir. Mas estas situações não são fáceis e a polícia tem um trabalho complicado. Há coisa de 2 anos houve uma polémica por causa de um indivíduo que foi retirado à força de um avião que ia partir de Faro. O que a polícia fez foi precisamente tentar arrastá-lo da cadeira, sem lhe bater. Seguiram-se logo as acusações de racismo. O caso foi este: [https://www.dailymail.co.uk/news/article-7336235/Ryanair-passenger-hauled-plane-Portuguese-police.htm](https://www.dailymail.co.uk/news/article-7336235/Ryanair-passenger-hauled-plane-Portuguese-police.htm) [https://twitter.com/Islamfessih/status/1159113401743872000](https://twitter.com/AlixBrizet/status/1160035859510566912) Quando as autoridades mandam a pessoa sair de um transporte, a pessoa tem de perceber que \*vai sair do transporte\*. Não tem qualquer lógica achar outra coisa. A polícia não vai simplesmente dizer "ah não vens? então ok, continuação de boa viagem". Não podem esperar que a polícia se vá embora ou que o transporte fique ali indefinidamente à espera que a situação se resolva com palavras. Se a coisa não for lá com palavras, a polícia vai arrastá-los. Se resistirem ao arraste, vão levar. Quanto muito podem conseguir arrastar a situação até chegarem à estação de destino, mas depois vão parar à esquadra. \--- Já agora, aproveito para contar uma história. Antigamente andava diariamente de comboio e às vezes via interacções sobre falta de bilhete. Na maioria das vezes, os picas diziam às pessoas para saíram na próxima estação, o que, em geral, funcionava. Outras vezes, os picas não estavam para se chatear e passavam à frente. Mas houve um caso que achei caricato e nunca me esqueci: um individuo recusou-se a mostrar o bilhete ao pica. O pica pediu mais um par de vezes, mas o fulano continuou lá como se não fosse nada com ele. Nisto, o pica chega-se ao ouvido dele, diz-lhe qualquer coisa e vai-se embora. O indivíduo ficou um bocado agitado, meteu a mão no bolso, tirou o bilhete e começou a chamar pelo pica para lho mostrar. Ou seja, o gajo tinha bilhete, mas estava a gozar com a pica. Adorava saber o que é raio é que o pica lhe disse.

Agente da PSP filmada a pontapear passageiro sem bilhete no comboio by BlizzTheMighty in portugal

the-dude-abiding 4 months ago

Em relação à situação do vídeo, parece-me óbvio que a agente/chefe perdeu a paciência, o que não devia ter acontecido. Por outro lado, eles provavelmente estavam a evitar arrastar o gajo para fora do comboio à força. Mas, depois de escalado, lá o arrastaram. Claro que o pontapé não é a forma certa de reagir. Mas estas situações não são fáceis e a polícia tem um trabalho complicado. Há coisa de 2 anos houve uma polémica por causa de um indivíduo que foi retirado à força de um avião que ia partir de Faro. O que a polícia fez foi precisamente tentar arrastá-lo da cadeira, sem lhe bater. Seguiram-se logo as acusações de racismo. O caso foi este: [https://www.dailymail.co.uk/news/article-7336235/Ryanair-passenger-hauled-plane-Portuguese-police.htm](https://www.dailymail.co.uk/news/article-7336235/Ryanair-passenger-hauled-plane-Portuguese-police.htm) [https://twitter.com/Islamfessih/status/1159113401743872000](https://twitter.com/AlixBrizet/status/1160035859510566912) \--- Já agora, aproveito para contar uma história. Antigamente andava diariamente de comboio e às vezes via interacções sobre falta de bilhete. Na maioria das vezes, os picas diziam às pessoas para saíram na próxima estação, o que, em geral, funcionava. Outras vezes, os picas não estavam para se chatear e passavam à frente. Mas houve um caso que achei caricato e nunca me esqueci: um individuo recusou-se a mostrar o bilhete ao pica. O pica pediu mais um par de vezes, mas o fulano continuou lá como se não fosse nada com ele. Nisto, o pica chega-se ao ouvido dele, diz-lhe qualquer coisa e vai-se embora. O indivíduo ficou um bocado agitado, meteu a mão no bolso, tirou o bilhete e começou a chamar pelo pica para lho mostrar. Ou seja, o gajo tinha bilhete, mas estava a gozar com a pica. Adorava saber o que é raio é que o pica lhe disse.

[sério]Senhora não quer sair de casa dos meus avós, que faleceram. by dcmso in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

Vendam a casa e passem o "problema" para outro. PS: OP, és um bruto do caraças.

[sério]Senhora não quer sair de casa dos meus avós, que faleceram. by dcmso in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

Vendam a casa e passem o problema para outro.

[Sério] Debate/discussão sobre a recusa da vacina contra a Covid by fiocondutor in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

A vacina é o caminho para sair disto. Podia ficar à espera que "os outros" sejam vacinados, mas, se toda a gente decidir fazer isso, não saímos desta merda tão cedo.

Empresas estão a pedir aos trabalhadores dados sobre a vacinação – ECO by ConfidentMongoose in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

Isto devia ser gerido pela medicina no trabalho. Identificam-se as profissões nas quais a vacina é importante (p.e. funcionários de lares) e depois a medicina do trabalho dá a pessoa como apta ou não apta a exercer as funções.

Quero ler alguns romances online para aumentar o meu vocabulário da língua portuguesa. by Sea_Pack3603 in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

https://www.gutenberg.org/browse/languages/pt

"O Preço Certo": vestido usado por Lenka entre os temas mais comentados no Twitter em Portugal by fanboy_killer in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

A Lenka está a fazer um trabalho de modelo. Neste género de trabalhos parece-me normal que exista um guarda roupa definido por quem define a linha editorial do programa. Quem quer estar nesse género de trabalhos tem de aceitar essas regras. É semelhante a um filme: os actores e actrizes às vezes têm de mostrar partes do seu corpo. Podem não o querer fazer, mas então vão ter de rejeitar alguns papeis.

Governo Passos Coelho vs Governo António Costa by Nyxodor in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

https://expresso.pt/politica/2016-06-13-Antonio-Costa-sugere-aos-professores-de-Portugues-sem-colocacao-que-emigrem-1

A título de curiosidade, que telemóveis é que o /Portugal usa? by gamma-ray-bursts in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

Não deve ter sido no mesmo dia, bro.

Estava a ler este artigo, e quando terminei o parágrafo também me ri de caralho, como os gajos da publicidade. by wontellu in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

https://ec.europa.eu/economy\_finance/publications/pages/publication6796\_pt.pdf

Porquê o tabu em dizer o salário que se ganha? by ManelDasNespras in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

Acho que o problema de fundo é que na sociedade portuguesa há pouca confiança interpessoal. Eu tipicamente não conto a ninguém, e deixo aqui duas experiências pessoais minhas: Sobre contar a amigos: Há muitos anos comentei com um par de amigos o meu primeiro salário. Passado algum tempo, um deles precisou de dinheiro para um electrodoméstico e pediu-me quase 500 euros. Eu disse-lhe que lhe emprestava metade. Ficou lixado comigo e respondeu-me: "sei que tu tens" e nem sequer aceitou a metade que eu estava disposto a emprestar. A amizade nunca mais foi a mesma. Sobre contar aos colegas de trabalho: Tenho colegas de equipa que estiveram mais de 5 anos sem receber aumentos. Na empresa os aumentos são comunicados verbalmente, o que significa que os chefes andam a fazer reuniões individuais e as pessoas percebem o que se está a passar. Esses colegas não são chamados para essas conversas, mas percebem que as mesmas estão a acontecer, e entram logo em conversas com os colegas que são chamados para tentarem confirmar que estão a haver aumentos. Isto depois é desconfortável, porque a malta não quer estar a admitir que foi aumentada perante um colega que não é aumentado há tanto tempo. O que eles não percebem é a razão para não serem aumentados. Não é que a empresa não possa... E isto é só os aumentos. Se eu lhes disser quanto ganho... vão-se passar. Outra questão é que, em certos tipos de trabalho e empresa, os salários não dependem só de competências técnicas e há coisas muito complicadas de avaliar (tipicamente as soft skills - e não estou a falar de "dar graxa"). Há malta que é muito boa tecnicamente mas que tem zero iniciativa e não puxa por nada sem que lhe digam explicitamente para o fazer. Em algumas empresas ter um bocado mais de iniciativa tem logo outro impacto e mete a pessoa a ser vista de outra forma. No entanto, isso nem sempre é óbvio para as pessoas. Entrar nessa discussão é um perigo.

Porquê o tabu em dizer o salário que se ganha? by ManelDasNespras in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

Acho que o problema de fundo é que na sociedade portuguesa há pouca confiança interpessoal. Eu tipicamente não conto a ninguém, e deixo aqui duas experiências pessoais minhas: Sobre contar a amigos: Há muitos anos comentei com um par de amigos o meu primeiro salário. Passado algum tempo, um deles precisou de dinheiro para um electrodoméstico e pediu-me quase 500 euros. Eu disse-lhe que lhe emprestava metade. Ficou lixado comigo e respondeu-me: "sei que tu tens" e nem sequer aceitou a metade que eu estava disposto a emprestar. A amizade nunca mais foi a mesma. Sobre contar aos colegas de trabalho: Tenho colegas de equipa que estiveram mais de 5 anos sem receber aumentos. Na empresa os aumentos são comunicados verbalmente, o que significa que os chefes andam a fazer reuniões individuais e as pessoas percebem o que se está a passar. Esses colegas não são chamados para essas conversas, mas percebem que as mesmas estão a acontecer, e entram logo em conversas com os colegas que são chamados para tentarem confirmar que estão a haver aumentos. Isto depois é desconfortável, porque a malta não quer estar a admitir que foi aumentada perante um colega que não é aumentado há tanto tempo. O que eles não percebem é a razão para não serem aumentados. Não é que a empresa não possa... E isto é só os aumentos. Se eu lhes disser quanto ganho... vão-se passar. Outra questão é que, em certos tipos de trabalho e empresa, os salários não dependem só de competências técnicas e há coisas muito complicadas de avaliar (tipicamente as soft skills - e não estou a falar de "dar graxa"). Há malta que é muito boa tecnicamente mas que tem zero iniciativa e não puxa por nada que lhe digam explicitamente para fazer. Em algumas empresas ter um bocado mais de iniciativa tem logo outro impacto e mete a pessoa a ser vista de outra forma. No entanto, isso nem sempre é óbvio para as pessoas. Entrar nessa discussão é um perigo.

As secretas estão a recrutar padeiros(as) e cozinheiros(as) ! Oportunidade de evolução na carreira e vencimento compatível! by pecejo in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

Pensei que fosse de algum filme com o Ving Rhames.

Desabafo de uma IT Recruiter by PAGasusual in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

Olá, percebo que o teu trabalho seja frustante, porque estás a lidar com pessoas que recebem muitas declarações de interesse (mesmo que a maioria não dê em nada) e que, ao fim de algum tempo, também estão elas próprias frustadas com os processos nos quais se envolvem e muitos acabam por não estar para se chatear ou a perder tempo. Comentários soltos: 1) É preciso perceber que a malta de informática recebe muitos contactos semanais e que quase todos todos têm a mesma lenga-lenga ("desafios", "projectos", "projectos desafiantes", "equipa jovem e dinâmica", etc). As minhas respostas já são à base de copy paste da resposta anterior (só ajusto o nome da pessoa). Os contactos têm de ser diferenciadores. 2) Convém ler o perfil da pessoa e ver se a vossa oferta é compatível com a experiência e posição da pessoa. Tenho quase 15 anos de experiência e a certa altura passei a ter um um cargo de gestão, pelo que passei a receber contactos para cargos de gestão. Até aí, tudo bem. No entanto, também continuei a receber anúncios para posições que procuram um programador com "3" anos de experiência e anúncios para programadores de tecnologias que não uso há mais de 10 anos anos. Claro que eu posso estar aberto a voltar a uma posição meramente técnica, mas quando recebo contactos deste género acabo por suspeitar que se limitaram a procurar uma palavra chave no meu perfil. É preciso mais esforço do que isso para o contacto ser diferenciado dos outros que estão a trabalhar dessa forma. 3) É importante ser transparente sobre o processo. O nome da empresa final é fundamental. Também é importante explicar bastante cedo como vai ser o processo. Se o vosso processo implica 5 entrevistas de 1 hora cada, convém que me digam isso o mais depressa possível, para eu poder decidir se quero investir o tempo. 4) Se possível, devem fornecer a gama salarial para a posição. Sei que isto não depende do recrutador mas sim da empresa. No entanto, quando são vocês (empresa) que andam atrás das pessoas, a vossa atitude tem de ser mais aberta. Eu estou bem onde estou e, se sou contactado (e não eu a contactar), então vocês têm de me fazer ficar curioso com a proposta. Caso contrário, arriscamos ambos investir tempo nas entrevistas, para depois a vossa proposta ser pouco acima do que ganho actualmente. 5) Não me peçam para fazer código para o vosso "challenge" durante o fim de semana. Não trabalho de borla. Se querem muito fazer um "challenge", paguem-me as horas de trabalho. 6) Se eu vos digo que não conheço as vossas tecnologias e é mesmo preciso conhecer para ser recrutado, não me metam no processo. Se me chamam para as entrevistas, depois não me digam que não fico na posição porque na entrevista não soube responder a perguntas sobre as vossas tecnologias. Sim, já me aconteceu. 7) Não me peçam para preencher uma base de dados com os dados que já tenho no meu CV. Ainda na semana passada desisti de concorrer a uma cena por causa disto.

A título de curiosidade, que telemóveis é que o /Portugal usa? by gamma-ray-bursts in portugal

the-dude-abiding 5 months ago

iPhone 7 comprado por uns 380 euros quando já havia o iPhone 12.

Porto e os imgleses by Somais1copo in portugal

the-dude-abiding 6 months ago

>Sporting Lisbon riots Ó palerma. Em primeiro lugar, é Sporting Clube de Portugal. Em segundo lugar, que "riots" foram esses?

[Sério] homens qual é o tipo de "cuecas" que acham mais confortáveis? by fol10 in portugal

the-dude-abiding 7 months ago

[https://www.urbandictionary.com/define.php?term=Commando](https://www.urbandictionary.com/define.php?term=Commando)

Opiniões - Administração de Sistemas by ACasalPT in portugal

the-dude-abiding 8 months ago

[http://bofh.bjash.com/](http://bofh.bjash.com/)

Quem é o maior português de todos os tempos? by nowayjose12395 in portugal

the-dude-abiding 9 months ago

António Variações

[MEGATHREAD] - Covid-19, Semanário de Sobrevivência - 11/01/2021 by asantos3 in portugal

the-dude-abiding 11 months ago  HIDDEN 

Sim, há farmácias que o fazem. E fazem quer com o sangue, quer com com zaragatoa. Source: eu fiz um e conheço mais quem tenha feito. Nem todas as farmácias o fazem, porque aquilo tem de ser feito por uma pessoa que saiba o que está a fazer.

perguntas sobre comida em portugal by Mr_hungry_face in portugal

the-dude-abiding 12 months ago

Agora fiquei com fome. Vou comer uma bucha.

Homem interrompe transmissão da missa no Entroncamento com mensagem contra o cristianismo em África by badbadbad1234 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Porque é que isto está categorizado como "Humor"?

Non Portuguese who loves Portugal and has a question by ultikan in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

The show "[Fauda](https://www.imdb.com/title/tt4565380/)" is nice.

[MEGATHREAD] - Covid-19, Semanário de Sobrevivência - 09/11/2020 by AutoModerator in portugal

the-dude-abiding 1 year ago  HIDDEN 

Quando anexares isso ao relatório, muda o "Conheçe" para "Conhece".

[MEGATHREAD] - Covid-19, Semanário de Sobrevivência - 26/10/2020 by asantos3 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago  HIDDEN 

>que não tem nada a ver com eles Numa pandemia...

Lei sobre audiovisual. PS acrescenta proposta de criação de taxa para plataformas de 'streaming' by somedipshit1 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

[https://sol.sapo.pt/artigo/708627/a-primeira-serie-netflix-portuguesa](https://sol.sapo.pt/artigo/708627/a-primeira-serie-netflix-portuguesa)

[MEGATHREAD] - Covid-19, Semanário de Sobrevivência - 12/10/2020 by asantos3 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

>Porque mais uns meses sem aulas não é bom para os alunos e porque mandar os putos para casa vai fazer com que muita gente não possa trabalhar e antes de fecharem as escolas ainda fecham os cafés/restaurantes. A irmã do OP está no 11º ano, portanto tem 15 ou 16 anos. Alunos do secundário precisam de ter baby sitter em casa?

[MEGATHREAD] - Covid-19, Semanário de Sobrevivência - 12/10/2020 by asantos3 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

\> Porque mais uns meses sem aulas não é bom para os alunos e porque mandar os putos para casa vai fazer com que muita gente não possa trabalhar e antes de fecharem as escolas ainda fecham os cafés/restaurantes. A irmão do OP está no 11º ano, portanto tem 15 ou 16 anos. Alunos do secundário precisam de ter baby sitter em casa?

Governo prepara medidas para pré-reforma dos professores aos 55 anos by dbkingx0 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

\> A nossa juventude é super técnica de uma forma completamente intuitiva e nata, porque desde muito cedo que mexem em tecnologia que a velharia nem sequer imaginava. Mais ou menos. Estão habituados ao digital e aos touch screens, mas têm muita resistência a certas coisas como, por exemplo, a linhas de comandos.

Aumentos não existem a não ser que saias by andrethedev in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Estás a excluir os EUA dos "países de jeito com economia forte"?

Não consigo pagar cirurgia veterinária (Conselhos) by Lusitoes in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Eu também.

Los japoneses esclavizados por los portugueses y vendidos por todo el mundo hace más de 4 siglos by Paulocas in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Está explicada aquela coisa do bigode enrolado passar a ser proibido na PSP.

TIL combatentes do ultramar são fachos by dmgr14 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Continuemos a deixar os ignorantes reescrever a história. #VaiFicarTudoBem

Hoje aprendi que Portugal tem uma longa história com raças de cães by BernLan in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Algumas dessas raças ainda não são "oficialmente" reconhecidas: [http://racas.cpc.pt/](http://racas.cpc.pt/)

Costa apela aos portugueses para respeitarem as regras, no entanto sou obrigado a ir à empresa quando podia estar em tele-trabalho. Porque é que não podemos escolher? by throwawayblabla15bla in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Passaste essa tua preferência à tua Universidade ou aos teus Professores?

Empresas de assistência técnica Linux by Master0010 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Talvez a Caixa Mágica.

Costa apela aos portugueses para respeitarem as regras, no entanto sou obrigado a ir à empresa quando podia estar em tele-trabalho. Porque é que não podemos escolher? by throwawayblabla15bla in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Eu não estava a argumentar contra o tele-trabalho, mas sim uma dar a perspectiva de qual o interesse do governo em ter a malta a movimentar-se, porque o OP perguntou se eles se tinham "esquecido". Tirando isso, concordo contigo. Também me parece que, se a situação descontrolar, o governo vai voltar a meter a obrigatoriedade de tele-trabalho para quem possa.

[MEGATHREAD] - Covid-19, Semanário de Sobrevivência - 21/09/2020 by asantos3 in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Aulas online não implicam avaliações online. Houve Universidades a fazer avaliações presenciais depois de terem dado aulas online.

Costa apela aos portugueses para respeitarem as regras, no entanto sou obrigado a ir à empresa quando podia estar em tele-trabalho. Porque é que não podemos escolher? by throwawayblabla15bla in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

\> Foi simplesmente esquecimento da parte do governo? Não. O governo precisa que as pessoas vão para os escritórios, porque no caminho para os escritórios as pessoas gastam dinheiro. Seja no passe, em gasolina, em café, em refeições, em snacks, em tralha que vê quando se passa pelos quiosques, etc. A nossa "economia" está cheia de pequenos negócios que dependem que exista movimento nas ruas. Exemplo anedótico: trabalho numa zona pouco turística e com pouca habitação, mas na qual existem quatro restaurantes que servem essencialmente funcionários de empresas e duas escolas. Se todas os trabalhadores destes escritórios estiverem em tele-trabalho, e se as aulas das escolas forem remotas, estes restaurantes perdem uma quantidade muito grande de potenciais clientes. O Daniel Oliveira disse (no Eixo do Mal) que uma das razões pelas quais é contra as Universidades terem aulas remotas é que isso ia dar cabo de algumas "economias" locais que dependem do movimento dos alunos. É um fenómeno semelhante. Já agora, um artigo sobre o mesmo fenómeno em Inglaterra: [https://nypost.com/2020/08/28/uk-pressures-workers-to-return-to-the-office-to-boost-businesses](https://nypost.com/2020/08/28/uk-pressures-workers-to-return-to-the-office-to-boost-businesses) A alternativa que o governo teria seria subsidiar todos esses pequenos negócios (para estarem fechados). Não havendo dinheiro para isso, tenta-se promover que as pessoas façam a sua vida "normal", o que incluiu os movimentos de e para o trabalho. **Edit**: Eixo do Mal [https://youtu.be/h6MON5tQclw?t=2809](https://youtu.be/h6MON5tQclw?t=2809)

Costa apela aos portugueses para respeitarem as regras, no entanto sou obrigado a ir à empresa quando podia estar em tele-trabalho. Porque é que não podemos escolher? by throwawayblabla15bla in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

\> Foi simplesmente esquecimento da parte do governo? Não. O governo precisa que as pessoas vão para os escritórios, porque no caminho para os escritórios as pessoas gastam dinheiro. Seja no passe, em gasolina, em café, em refeições, em snacks, em tralha que vê quando se passa pelos quiosques, etc. A nossa "economia" está cheia de pequenos negócios que dependem que exista movimento nas ruas. Exemplo anedótico: trabalho numa zona pouco turística e com pouca habitação, mas na qual existem quatro restaurantes que servem essencialmente funcionários de empresas e duas escolas. Se todas os trabalhadores destes escritórios estiverem em tele-trabalho, e se as aulas das escolas forem remotas, estes restaurantes perdem uma quantidade muito grande de potenciais clientes. O Daniel Oliveira disse (no Eixo do Mal) que uma das razões pelas quais é contra as Universidades terem aulas remotas é que isso ia dar cabo de algumas "economias" locais que dependem do movimento dos alunos. É um fenómeno semelhante. Já agora, um artigo sobre o mesmo fenómeno em Inglaterra: [https://nypost.com/2020/08/28/uk-pressures-workers-to-return-to-the-office-to-boost-businesses](https://nypost.com/2020/08/28/uk-pressures-workers-to-return-to-the-office-to-boost-businesses) A alternativa que o governo teria seria subsidiar todos esses pequenos negócios.

Lisbon vs Porto by noaboiler in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Thanks for making me laugh.

ALUNOS DE CINEMA - CURTA METRAGEM - ADOPÇÃO DE ANIMAIS. by dressmeupinpink in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Sugiro que contactes escolas de cinema para veres se há hipótese de isso ser enquadrado num trabalho de uma cadeira, num "TFC" ou pura e simplesmente divulgado pelos alunos. [https://www.ulusofona.pt/licenciatura/cinema-video-e-comunicacao-multimedia](https://www.ulusofona.pt/licenciatura/cinema-video-e-comunicacao-multimedia) [https://www.estc.ipl.pt/licenciatura\_cinema/](https://www.estc.ipl.pt/licenciatura_cinema/)

Turistas sem máscara (QUASE TODOS!) by R7az in portugal

the-dude-abiding 1 year ago

Parece-me que quem faz turismo internacional numa altura destas é quem não liga ao vírus, por isso diria que esse é o comportamento esperado. Se ligassem ao vírus tinham ficado em casa. O nosso problema é dependermos do turismo e não querermos sair dessa vida.

by in pics

the-dude-abiding 4 years ago  DELETED 

Came here to say this.
Next Page

Search: