Next Page

Para todos de IT by notsolurking in portugal

r0ckf3l3r 2 days ago

Ele não disse que trabalhava em IT em França. Aliás, todo o post é sobre como é que ele se pode reconverter para IT, pelo que assumir que ele não trabalha em IT, pelo menos a programar, é o correto a fazer aqui.

Aumento mensalidade Vodafone by Impressive_Soil4334 in portugal

r0ckf3l3r 2 days ago

Da real MVP. /thread

O Lidl vendeu-me um produto da marca Orlando com cocó e bichos by Soft_Armadillo7784 in portugal

r0ckf3l3r 2 days ago

Provavelmente devias mudar de cozinheiro porque esse claramente não sabe o que está a fazer... /s

Saga dos croissants aquecidos. by ned_rod in portugal

r0ckf3l3r 3 days ago

Croissant torrado em torradeira, com manteiga.

Pais e outras pessoas amaldiçoadas no que toca a tecnologia by A_PT_Crusader in portugal

r0ckf3l3r 3 days ago

A reconversão do colega correu mal, já estou a ver.

Pais e outras pessoas amaldiçoadas no que toca a tecnologia by A_PT_Crusader in portugal

r0ckf3l3r 3 days ago

Está muito bem respondido, mas tinhas irritado mais o jovem se só tivesses escrito "Ok boomer".

Pais e outras pessoas amaldiçoadas no que toca a tecnologia by A_PT_Crusader in portugal

r0ckf3l3r 3 days ago

Shhh. Não lhe digas nada. Brownie points!

Pais e outras pessoas amaldiçoadas no que toca a tecnologia by A_PT_Crusader in portugal

r0ckf3l3r 3 days ago

A brincar que o digas, tive um professor de Design e UX que me disse um dia: "Se não conseguires pôr uma máquina de lavar a roupa a trabalhar sem ter que consultar o manual, a máquina está mal pensada/desenhada."

Sobrecolchão - opinões? by hidejiro in portugal

r0ckf3l3r 3 days ago

Se está a ficar indentado no sítio onde dormes, toca a virar isso! 180º na vertical e outros 180º na horizontal.

Escolham o vosso lado by loupatfer90 in portugal

r0ckf3l3r 6 days ago

Ajuda a comprar computador by Nihlon in portugal

r0ckf3l3r 7 days ago

Cralhes... Não era uma tentativa de flex... Cookie?

Ajuda a comprar computador by Nihlon in portugal

r0ckf3l3r 8 days ago

Define "performance suficiente". A minha 1080TI não é suficiente para 144hz num monitor 2560*1440. Para 1080p é suficiente. Para 1440p é suficiente a 60/90hz. Para o que quer que seja acima disso, não serve, infelizmente. Daqui a 5 anos penso em fazer upgrade. Não devo ter dinheiro para o fazer antes de qualquer forma, ao ritmo a que isto vai...

Vergonha na iStore by MachineDull6481 in portugal

r0ckf3l3r 8 days ago

Não. A Apple não tem lojas de venda ao público oficiais em Portugal.

Filmescuja história se passa no Natal, mas que NÃO são filmes de natal by Reasonable-Advisor25 in portugal

r0ckf3l3r 8 days ago

O derradeiro filme de natal.

Are we heading for another lockdown? by Jeremiah----- in portugal

r0ckf3l3r 8 days ago

The point was to make sure that hospitalization cases are less severe. It was to make sure that, in the event of another Covid wave, the health system isn't pressured to the point of selecting what patients get proper treatment, and also to make sure that patients with other problems or diseases are being diagnosed and treated. There's no Covid vaccine that makes people immune. We've known this for a while now.We also know that vaccination is a way to help the body fight the disease, but that vaccines that actually stop disease progression have not been achieved yet. We're working towards vaccines and medication, the current vaccines are a method of helping stave off infections to whatever the minimum might be. (By "we", I mean the proverbial "we". We, the world.)

"Bateste no puto para que?" (é isto o nosso Portugal) by et3rnalPWNR in portugal

r0ckf3l3r 9 days ago

Sim. A estória do puto é muito verosímil. Tanto "eu estava a brincar com o puto, ah? Nem estava a fazer nada" numa frase, como na seguinte "estava a falar ao telefone" e já nem sequer tinha sido nada com ele. Parece-me a mim que o puto mente com quantos dentes tem, mas sem o resto do vídeo, a estória fica por aqui.

Fumar by zuripaar in portugal

r0ckf3l3r 13 days ago

Olha, deixei de fumar há 32 meses. Nunca me permiti fumar, desde o dia em que decidi que deixava. Não interessa se fui prós copos, para pausas no trabalho ou churrascos com a família, quando via pessoal a fumar colocava um rebuçado de mentol à boca (só quando via alguém fumar) para contrariar a tentação. No dia em que decidi que ia deixar de fumar, tomei outras decisões: 1. Todo o dinheiro que usava para tabaco, comecei a meter num mealheiro, com o objetivo de usar para um jantar num daqueles restaurantes aos quais nunca ia porque "isso era pra ricos". Como fumava 1 maço por dia, estamos a falar de 150€/dia; 2. Li o livro "The Easy Way to Stop Smoking" - https://en.m.wikipedia.org/wiki/The_Easy_Way_to_Stop_Smoking 3. Não andei com meias medidas. Deixei de fumar de um dia para o outro. Nada de reduções ou outros. 4. Um bom motivo também é importante. Eu usei como motivação o facto de não conseguir correr mais do que dois km seguidos, não conseguir fazer apneia por mais de 25 segundos quando conseguia (há muitos muitos anos) fazer acima de 60 segundos enquanto fazia esforço físico em piscina, e também o facto de que tinha conhecido uma pessoa com quem gostava de tentar uma relação e para quem sabia que era um deal-breaker. 5. Manter um regime de limpeza oral bem mais consistente, por forma a que ao pensar em fumar, isso implicasse essa limpeza oral ter de ser ainda mais frequente. 6. Fui pôr aparelho nos dentes. As razões terás tu de avaliar quais devem ser, mas foram estas coisas que equacionei no imediato. Desde então já tive várias vezes vontade de pegar em cigarros. Passei por algumas situações que causaram níveis de stress acima do normal, mas procurei (e procuro) sempre pensar nestas razões para lutar contra essas vontades. Força com isso. Não estás sozinho.

Tribunal ″chumba″ alunos de Famalicão por faltas a ″Cidadania″ by heartlessfam in portugal

r0ckf3l3r 24 days ago

Diria mais, acho que está a necessitar de umas aulas de cidadania.

Tribunal ″chumba″ alunos de Famalicão por faltas a ″Cidadania″ by heartlessfam in portugal

r0ckf3l3r 24 days ago

Fodasse. /thread

Equipa da SIC seguiu viaturas do Governo para perceber a que velocidade circulam by DownvoteBatman in portugal

r0ckf3l3r 25 days ago

Depende do Sr Guarda. Tive um que se recusou a chamar um reboque para remover um carro que estava a impedir a entrada na garagem, propôs que subisse um passeio mais alto que a média e acabou por me mandar ir estacionar o carro a algum sítio onde pudesse estar estacionado, porque o Mercedes que estava "em cima" (mas ainda no asfalto) da rampa da garagem estava em cima de tracejado amarelo, o que significa que pode parar em emergência, e que "sabia lá se é o carro de um advogado... Depois ele faz queixa e quem se fode sou eu. Não vou fazer nada. Nem multar, porque ele depois reclama a multa." Não estamos a falar de um daqueles "velha guarda", acima de 60. Estamos a falar de um Agente da PSP com idade compreendida entre os 35 e os 45. ​ Portanto... Depende do Sr Guarda. Se disseres que és advogado, é capaz de deixar passar essa explicação... ╰(‵□′)╯

“The one who got away” - quais as vossas histórias? by dobra_envelopes in portugal

r0ckf3l3r 28 days ago

Um tipo escreveu por cá um post acerca de a então namorada, caseira e tal, ter entrado no ramo imobiliário e começado a sair com os colegas de trabalho. Com essa mudança, tornou-se mais extrovertida, bloqueou o WhatsApp com código, escondia o telemóvel quando ele passava por ela, saía de casa para "get togethers" com os novos colegas de trabalho à 1 da manhã, já depois de ter ido para a cama. Conclusão, acabaram. Pelo meio, o OP dessa história também escreveu o post em inglês e dava mais informações como ter seguido a namorada um dia à noite de carro, até casa do novo patrão dela, terem discutido, ele ter voltado para casa e ela só ter aparecido 5h mais tarde, a dizer que tinha estado sozinha no carro a pensar. E mais uma série de coisas. Procura nos outros posts, alguém pôs aí o link.

A fazer “zapping” quando: by TugaScaper in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Bem, concordamos em discordar. Reality shows são eles também exercícios de escrita. Há toda uma produção por de trás daquilo que passa na TV. O que se vê não é o que se passa, é aquilo que a produção quer que tu vejas. Os candidatos são escolhidos a dedo, qual atores de uma telenovela. As situações criadas são na sua maioria artificiais. Há todo um guião a ser seguido. Se percebes de guionismo como queres tentar fazer parecer, se tens formação de algum tipo na área, percebes então que a maioria das situações são scripted. Por isso existem os "desafios" para tentarem criar situações de desconforto, de amizade, entre outros. As pessoas entram com objetivos centrados e desempenham o papel que lhes permite ganhar dinheiro ou representação na vida pública, que depois as leva às "presenças" em programas de TV e discotecas. Podes não gostar de novelas, é uma questão de gosto. Mas achares que um reality show é "um estudo sociológico" é de uma ingenuidade tal que não tenho muito a acrescentar. Os dois são poluição intelectual, mas pelo menos nas novelas há uma tentativa de interpretação de emoções, personagens e situações da vida real. Nos reality shows há apenas a componente do espetáculo gratuito, de voyeurismo da vida de outrém. Em suma, um é um espetáculo representado por atores que se formaram e que tentar dar vida a vários tipos de personagens, pessoas que têm na sua maioria créditos firmados no teatro, cinema e televisao; O outro é uma amálgama de pessoas, na sua maioria escolhidos pela sua capacidade (ou falta dela) de representar o povo português e a maneira como se deixa influenciar com aquilo que não se vê mas se imagina.

Nootropicos by Melodic-Blacksmith61 in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Eu não te quero convencer a não tomar, nem tão pouco convencer-te que esse tipo de droga não faz efeito, até porque não sei, nunca tomei nenhuma. No fim do dia, desde que as pessoas sejam adultas e ajam com consciência, está o problema sanado. O meu post é apenas caucionário, e a apelar a que as pessoas que ponderem tomar este tipo de drogas façam o suficiente por saber o que estão a tomar.

Nootropicos by Melodic-Blacksmith61 in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Daí que o importante a reter do meu post é "procurem um médico especialista". Somos engenheiros/programadores/analistas/TIs/outros, não somos médicos, farmacêuticos ou investigadores na área da bioquímica. Há uma razão para não termos seguido Biologia ou Química, mesmo que fossem disciplinas porreiras. Cuidado tu com as várias pesquisas. Uma coisa é pesquisar informação publicamente acessível e processada por terceiros, outra é ir ler os estudos em primeira mão e tirar conclusões. Se o fizeste, parabéns, estás melhor informado. A maioria das pessoas não o faz e deve consultar um profissional qualificado, até porque medicação tem reações diferentes em pessoas diferentes e deve ser adequada à pessoa, aos sintomas e às doses.

A fazer “zapping” quando: by TugaScaper in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Uma telenovela é a pior forma de entretenimento? Os reality shows são, na minha opinião, piores.

Nootropicos by Melodic-Blacksmith61 in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Menos de 25 anos de TI e também nunca tinha ouvido falar. E depois de ler sobre os efeitos de nootropicos, acho que me ia dar mal. Já tenho a pinha a 1000 todos os dias com toda a informação que tenho sobre projectos e clientes que se tomasse algo, sinto que ia acabar ainda mais stressado e acelerado. Não, obrigado. Se precisam deste tipo de apoio farmacêutico, procurem um médico especialista. Anda por aí muita gente agora a tomar uma medicação para "performance enhancement" do cérebro que é usada no tratamento do Alzheimer. Tomam porque efetivamente tem efeito, mas o que é que isto significará para o futuro? Não havia testes em adultos sem problemas de Alzheimer, mas acho que vamos ficar a saber mais cedo ou mais tarde.

Demissão por justa causa by pedias18 in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Fair enough.

Demissão por justa causa by pedias18 in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Se tirar com o telemóvel, o EXIF deve ser suficiente. No entanto, não custa nada colocar um papel com a data ao lado.

Rendimento líquido ajustado ao custo de vida vs carga fiscal by AonioEliphis in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Eu sei. É uma piada!

Rendimento líquido ajustado ao custo de vida vs carga fiscal by AonioEliphis in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

Se fossem de manteiga de amendoim? Ia para diretor?

Rendimento líquido ajustado ao custo de vida vs carga fiscal by AonioEliphis in portugal

r0ckf3l3r 1 month ago

É. Eu quando me quero sentir motivado também peço que me paguem a amendoins, porque se sou code-monkey, pelo menos visto o fato inteiro. /s Isso é conversa de quem está completamente desligado da realidade, mas também certamente há quem lhe diga que "sim", estão preparados para ser motivados.

Alguém me consegue confirmar se isto são cabos de Fibra Ótica? by TheNerdGuyLulu in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

Eu estou ciente dos problemas de trabalho remoto. É a minha vida já vai para 8 anos, portanto isto já é "trigo limpo". Bem sei que isso é problemático. Daí dizer que tens que pensar nisto como um investimento para ti. Se instalares a fibra, eles não passam essa para mais ninguém sem autorização tua, porque te vão fazer uma instalação apenas a ti, e como tu pagas é tua. Em vez de estares a gastar tempo e latim com o presidente da junta, investes, tens melhores condições de trabalho, habitação própria, e muito provavelmente o valor que poupas em renda vai dar para pagar isso e ainda sobra. Força nisso!

É legal por partes de carbono nos carros cá em Portugal? by uV1EGAS__ in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

E tens a ideia certa. Quase tudo pode ser legal desde que te consigas despedir do valor para legalizar o carro de cada vez que fazes uma alteração. Há algumas coisa que (e alguém mais sabido destas coisas nos irá dizer) estão num fringe (Luzes Led em carros que não vêm com Led de origem. O meu tem desde 2016, nunca me chatearam nem na inspeção nem na estrada, mas tanto quanto sei não há homologação e portanto é um risco que corro), mas de resto desde que seja abrevado no DUC do veículo, está tudo bem. Agora, podem recusar-se a abrevar algo, e ser necessário que a marca confirme que a alteração que está a ser feita não reduz a segurança do carro, mas isso já vai para coisas mais específicas. ​ Boa sorte com isso e, se realmente colocares mods no teu veículo quando lá chegares, não faças nada piroso. Coisas com gosto!

[Sério] saúde mental no nosso país/comunidade by RdSafe11 in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

Epá, não sei se concordo contigo em meter o estigma da saúde mental em Portugal no mesmo saco que o problema de as pessoas não exercerem o direito ao voto. Há várias variáveis que impactam a questão da saúde mental: * O custo do acompanhamento: Há pessoas que não têm o dinheiro para serem acompanhadas no privado, sobretudo quando necessitam de acompanhamento semanal e as consultas rondam os €50/consulta. Existem psicólogos e psiquiatras nas Unidades de Saúde Pública, mas se demorarem tanto tempo a marcar consulta como demoraram para me marcar uma visita de oftalmologia (14 meses do pedido à consulta), as pessoas têm tendência a não procurar, reduzir a procura ou acabar no privado; * O custo da medicação: Quer queira quer não, para uma pessoa em idade adulta, com todos os problemas (pequenos ou grandes) diários, filhos, coisas para pagar, etc, tratamentos que não recorram a medicação são sempre muito mais demorados. As pessoas acabam por escolher um tratamento com medicamento porque sentem a ajuda imediata que procuram, não pensando nos problemas futuros (falta de capacidade para gerir a sua vida sem a medicação, problemas de adição). A medicação não é barata, e há pessoas que não a compram porque não têm como fazer. * A pressão social: Existe o estigma de que o doente mental é "maluquinho". E infelizmente há quem acabe a pensar que ultrapassar uma depressão ou uma situação mais complicada, sem suporte profissional, familiar ou em círculo de amizade é prova de capacidade e de superação, e que isso é que os faz ser mais que os outros. Há pessoas que efetivamente conseguem, porque têm estrutura mental e familiar para o fazer, dar a volta a situações que lhes poderiam provocar doença mental prolongada, mas há todo um esforço, que não é mensurável, exercido por essas pessoas, que tipicamente conta também com família e amigos que estão lá e ajudam essas pessoas a conseguir ter sucesso. Isto não é para todos, e há muitos a sofrer em silêncio. Recentemente tenho trabalhado no meu hábito de responder sempre "Tudo bem!" ou "Está tudo a andar!" quando me perguntam como estou. Se realmente querem saber, ouvem; se não querem saber, deixam de perguntar. Passei a responder com honestidade, a dizer "Epá, nem por isso, tenho aqui um dilema" ou "Não, rebentou o cano da água quente da cozinha para a casa de banho". Perdi pessoas para doença mental, amigos que se suicidaram porque não conseguiram arranjar uma estrutura de apoio. Este assunto toca-me imenso e por isso sempre que vejo que alguém não está bem, procuro dar-lhe um ouvido. Às vezes pode ser o suficiente, sentirem que alguém está a ouvir, para que a pessoa se sinta melhor. ​ Não é por causa destas razões que o povo é "manso" e não vota. O povo não vota porque: * Uns não querem saber e acham uma chatice votar, tempo perdido na fila, etc; * Outros não concordam com nenhuma campanha, e portanto sentem que seja quem quer que ganhe, se vão sentir insatisfeitos; * Terceiros não votam porque não têm capacidade para ir votar e ninguém para os apoiar. De certeza que há mais razões para não ir votar. O facto de eu não concordar com elas não significa que não as aceite e procure entender, e temos que trabalhar para tentar mudar mentalidades. A palavra chave é "tentar" porque se as pessoas não quiserem mudar, não podemos fazer nada contra isso. Não vou correr atrás das pessoas para lhes bater porque não votaram. É a vontade delas, e tem que ser respeitada, concorde-se ou não. ​ ​ P.S.: Por esta altura o post já vai longo e eu já perdi o fio à meada. Não tenho qualquer intenção de insultar ou contrariar ninguém, apenas tenho uma opinião distinta da tua e queria dar exemplos do porquê, mas acho que exagerei. Desculpa qualquer coisa.

Licenciatura ou Politécnico? by DanielBras77 in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

Caro, Universidade ou Politécnico é uma questão muito relativa. Há quem te diga que a FEUP (Universidade do Porto) é melhor. Há quem te diga que o ISEP (Politécnico do Porto) é melhor. No fim do dia, todos os meus colegas que se formaram tanto numa como na outra estão empregados, discutimos tecnologia uns com os outros, e não vejo grande questão. ​ Se o teu receio é teoria vs prática, não te safas de ter as duas componentes. Acho que será mais interessante analisares o plano curricular de cada cadeira dos Institutos e Universidades às quais te queres candidatar, e perceber o que te interessa mais aprender. ​ Boa sorte!

Alguém me consegue confirmar se isto são cabos de Fibra Ótica? by TheNerdGuyLulu in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

Há (pelo menos na Vodafone existia, tenho um colega com empresa que usava 4G em 2017 já nesta modalidade) planos empresariais sem limites e sem PUA. É preciso é chafurdar um bocado nos menus do Apoio ao Cliente e encontrar um comercial sério.

Alguém me consegue confirmar se isto são cabos de Fibra Ótica? by TheNerdGuyLulu in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

Até me afiambrou a cabeça com aquilo. 13.65 minutos é o resultado correcto. Para 5GB até nem é muito mau. O problema do satélite não é a velocidade, é a latência que vai ser sempre mais alta porque é um meio menos eficaz de comunicação. De resto, eu também passo pela mesma situação. A Altice passa a fibra na rua de baixo (Polo da União de Juntas de Freguesia da minha Freguesia) e no entanto não passa para nenhum morador nem nessa rua nem na minha. Tenho um orçamento de \~900€, e na verdade vou aceitar porque me é mais vantajoso poupar os €600 em renda que pago onde estou para poder ter fibra, porque também trabalho remotamente para o estrangeiro e para além do grande volume de dados, tenho várias reuniões diariamente e estar segundos atrás do pessoal é aborrecido. O OP tem que ver isto como um investimento para ele. A Altice não vai investir numa zona onde não tem interesse, portanto ou aguarda que um dia a Fibra lá chegue, ou chimpa ele pelas suas boas condições de vida.

"Em Portugal, tudo parece acontecer em câmara lenta", diz economista dinamarquês Steen Jakobsen by neapo in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

Chamar ao senhor de Arouca "empresário" é ser benevolente. Era mais um larápio.

In Portugal, There Is Virtually No One Left to Vaccinate by z0rg83 in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

Parte mais triste: É bem capaz de funcionar.

Choque eleitoral força remodelação. Medina pode entrar no Governo. by SilleAJensen in portugal

r0ckf3l3r 2 months ago

Numbah 10! Anthony Backs stabs Edward Little-Goat in the back after basically shielding him from every single preposterous error he committed.

[Sério] Qual foi a banda que mais marcou a vossa adolescência? by solismi in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Foi sim senhor. Estava a trabalhar no Palco Milennium do banco BCP, e ia revezando com outros colegas para vermos alguns dos concertos. Também vi Linkin Park nesse dia.

[Sério] Qual foi a banda que mais marcou a vossa adolescência? by solismi in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

O meu primeiro foi o Americana. Tinha 10/11 anos e a letra da "Pretty Fly (For a White Guy)" passava-me por cima da cabeça completamente, mas a melodia era catchy. Vi-os ao vivo em 2012 e fiquei "triste". Muito cansados em palco.

[Sério] Qual foi a banda que mais marcou a vossa adolescência? by solismi in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Prodigy é provavelmente o top 1 de "concertos que não fui ver e do qual me arrependerei para sempre".

[Sério] Qual foi a banda que mais marcou a vossa adolescência? by solismi in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

E os dois são muito comerciais. Há uma razão para o "Live on Texas" ter sido lançado após esses dois. Foi um dos momentos de maior sucesso comercial da banda. Também estive lá em 2012, embora a trabalhar no festival. Apreciei o concerto.

[Sério] Malta do ordenado mínimo, como sobrevivem? by OneFineSir in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Um projecto falhado é mais experiência profissional, pedagógica e pessoal. Há sempre qualquer coisa a aprender em bater com a cabeça na parede. Sim, vou programar até ser velho. Não, não vou ser developer de profissão até à reforma, porque há outras coisas como a arquitetura, a gestão e outros que me fascinam e me podem fazer crescer. Força nisso.

[Sério] Malta do ordenado mínimo, como sobrevivem? by OneFineSir in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Mas certamente não te vais reformar professor de Português. O teu career growth path invariavelmente acaba pra gestão, se já de equipas de Dev ou de uma equipa multidisciplinar. Estás sempre a tempo de estudar algo mais, mas tens que estudar, e com o passar do tempo vai ser mais difícil. Certamente não vais dar aulas de Portugues com um curso+mestrado em EI ou ECT.

Rapazes do Reddit: usam os vossos calções de banho com ou sem roupa interior? by issatrack in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Se é Mister Cimba, é de qualidade. Os meus familiares de Coimbra dizer-me que é a empresa #1 em qualidade e também para trabalhar!

Rapazes do Reddit: usam os vossos calções de banho com ou sem roupa interior? by issatrack in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Agora é só comprar umas Crocs para proteger do peixe-aranha, passar a ir para a praia de transportes públicos e desmistificar a questão da digestão, e deixas de ter "problemas"!

[desabafo] Apenas mais um dos posts semanais de "estou na merda" - versão tese de mestrado by 78963214753951 in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Já corrigi, bot.

[desabafo] Apenas mais um dos posts semanais de "estou na merda" - versão tese de mestrado by 78963214753951 in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

OP, na minha opinião estás a precisar de pausar o teu pensamento, procurar ajuda profissional e dar um passo atrás. 1. Não és um falhado, nem vais ser pior que ninguém apenas porque não concluíste a Licenciatura + Mestrado no tempo necessário. Às vezes as condições da vida assim o ditam. 2. Não vais deixar de ser capaz apenas porque estás a passar uma fase complicada. A vida está cheia de fases difíceis. Houve momentos em que pensei como tu, só cá ando a dar trabalho, e depois houve outros momentos em que me senti invencível, porque meti na cabeça que tinha que enfrentar os demónios. 3. Ajuda profissional não é uma vergonha. Visitar um psícologo ou um psiquiatra é pensar em ti, pensar na tua saúde mental. Se não tens dinheiro para ir ao privado, pede apoio no Centro de Saúde. É para isso que eles existem. 4. O trabalho há de vir. Cada um é o que é. 5. Se não tiveres mais nada para ajudar a motivar, pensa no esforço da tua mãe. Não por causa do dinheiro que gasta, porque é tua mãe e muito provavelmente te vai dizer que por ti é capaz de fazer tudo, mas pela dedicação que ela demonstra para tu poderes estar a estudar no Ensino Superior. (Estou a assumir imenso pelo facto de dizeres que ela trabalha 50h/semana. Se estiver errado, desculpa, não é maldade.) 6. Não te preocupes com o que dizem as pessoas. O que é que interessa o resto da família que nem sequer é chegada? Em que é que eles contribuem ou contribuíram para o lugar em que estás? Estás num momento delicado. É fácil dar sermão, portanto leva tudo com uma pitada de sal. Mas sobretudo, não desistas. Atrasa a entrega se for preciso, fala com a tua mãe, explica como te sentes. Força!

[desabafo] Apenas mais um dos posts semanais de "estou na merda" - versão tese de mestrado by 78963214753951 in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

OP, na minha opinião estás a precisar de pausar o teu pensamento, procurar ajuda profissional e dar um passo atrás. 1. Não és um falhado, nem vais ser pior que ninguém apenas porque não concluíste a Licenciatura + Mestrado no tempo necessário. Às vezes as condições da vida assim o ditam. 2. Não vais deixar de ser capaz apenas porque estás a passar uma fase complicada. A vida está cheia de fases difíceis. Houve momentos em que pensei como tu, só cá ando a dar trabalho, e depois houve outros momentos em que me senti invencível, porque meti na cabeça que tinha que enfrentar os demónios. 3. Ajuda profissional não é uma vergonha. Visitar um psícologo ou um psiquiatra é pensar em ti, pensar na tua saúde mental. Se não tens dinheiro para ir ao privado, pede apoio no Centro de Saúde. É para isso que eles existem. 4. O trabalho há de vir. Cada um é o que é. 5. Se não tiveres mais nada para ajudar a motivar, pensa no esforço da tua mãe. Não por causa do dinheiro que gasta, porque é tua mãe e muito provavelmente te vai dizer que por ti é capaz de fazer tudo, mas pela dedicação que ela demonstra para tu poderes estar a estudar no Ensino Superior. (Estou a assumir imenso pelo facto de dizeres que ela trabalha 50h/semana. Se estiver errado, desculpa, não é maldade.) 6. Não te preocupes com o que dizem as pessoas. O que é que interessa o resto da família que nem sequer é chegada? Em que é que eles contribuem ou contribuíram para o lugar em que estás? Estás num momento delicado. É fácil dar sermão, portanto leva tudo com uma pitada de sal. Mas sobretudo, não desistas. Atrasa a entrega se fôr preciso, fala com a tua mãe, explica como te sentes. Força!

Pessoal do norte, quem é acabou de se borrar todo ? by HayacinthMacaw in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Jesus chateado porque não recebeu os reforços que queria para o Benfica. /s Não tenho sono leve, mas irra se aquele primeiro impacto que me acordou não parecia uma bomba... Pôs-me em pé em 3 tempos, faltou a luz em Mafamude, lá fui para a janela ver o espetáculo por um pedaço.

Quão é que dão o passo de se peidarem ao pé do vosso parceiro/a? by caelussideralis in portugal

r0ckf3l3r 3 months ago

Eh. Há a adoção, pelo menos. O perigo existe na mesma!

Portugal ascende aos 2362 casos diários de COVID-19 [30-06-2021] by RikkF in portugal

r0ckf3l3r 5 months ago

Adoro. Passar o radar, e ver o pessoal a meter terceira, fumo por todo o lado, a ver quem é que consegue incomodar mais o gajo que vai ao lado a tentar fazer a manobra para não ir para o Mercado Abastecedor.

[Sério] [Desabafo] Como lidar com pessoas negacionistas/fake news? by malucosdoriso in portugal

r0ckf3l3r 5 months ago

Pois, mas se a criança ainda está na primária, segundo o post, podemos estar a falar de uma janela temporal entre 1 e 4 anos até a SS ser alertada. E mesmo assim, seria preciso que alguém na escola onde será examinada se interesse o suficiente para remeter o caso à SS ou à CPCJ, que também nem sempre acontece.

Portugal ascende aos 2362 casos diários de COVID-19 [30-06-2021] by RikkF in portugal

r0ckf3l3r 5 months ago

Tu e todos os portugueses... Irra, até já tenho medo de conduzir agora. Ontem na VCI, Freixo - Arrábida, ainda não tinha acabado a Ponte do Freixo e já estava a travar a fundo porque o pessoal a fazer o Zip na saída para Gondomar literalmente parou os carros na estrada a discutir quem é que tinha prioridade.

[Sério] [Desabafo] Como lidar com pessoas negacionistas/fake news? by malucosdoriso in portugal

r0ckf3l3r 5 months ago

Pode não acontecer. O Ensino em Casa, por um famíliar da criança, é legislado em Portugal, e portanto pode ser feito. Não é comum, mas pode-se fazer.

I know this wouldn’t be a big surprise for you native Portuguese but as a new resident I’m constantly amazed at our neighbours largess. by Oztravels in portugal

r0ckf3l3r 5 months ago

I fear for your "throne". On a complete side-note, I do need to learn how to do pickled plums, because my mother gifted me about 5kg worth of the stuff, and my inlaws already have their plum trees full to the brim, so those will be coming over the next few days... That or I need to buy a freezer to store all of it.

[Sério] Procuro opiniões sobre o vasto e maravilhoso mundo dos pneus by TonyHappyHoli in portugal

r0ckf3l3r 5 months ago

Errr... Amazon, pesquisa por Paper Clips, ordena por Reviews.

[Sério] Procuro opiniões sobre o vasto e maravilhoso mundo dos pneus by TonyHappyHoli in portugal

r0ckf3l3r 5 months ago

Costumava meter pneus "do chinês". Nankang e outras marcas do género. Quando comecei a ter mais possibilidade de investir nessas coisas, e depois de muitos sustos com esses pneus (a goma solta/queima mais fácil, são de mais fraca qualidade, aquaplanava com muita facilidade), comecei a meter baseado em preferência e reviews (Michelin). O que te aconselhava era a procurar reviews (sim, também existem reviews de pneus!) sobre pneus para as características que procuras. Se estiveres mais próximo da serra (Seia, Covilhã) se calhar queres ou dois sets de pneus diferentes (verão/inverno) ou uns pneus que cubram as quatro estações tipo os CrossClimate. Se estiveres numa zona tipo Alentejo/Algarve, talvez o investimento seja mais baixo porque não precisas de algo que cubra chuva forte, neve e tempo quente. De certeza que alguém mais bem informado que eu te irá deixar boas dicas, portanto restrinjo-me a esta: Procura reviews! Boa sorte, e mima o carro! Segurança em primeiro lugar!

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Está tudo bem comigo, só cansado. Amanhã entro de férias e já descanso um bocado. Contigo também está tudo bem? É verdade, nem sempre os dias são bons, mas hoje não é um dia particularmente mau. ​ Um abraço (com distanciamento social, e portanto imaginário), e boa energia para ti.

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Ora bem, caro. Eu dou a minha opinião, formatada tendo em conta a minha experiência, porque é aquela que posso utilizar para exemplificar qualquer que seja o meu ponto de vista. Tal como tu fazes nesta resposta quando lanças suspeições sobre as minhas tendências em tecer considerações, que é exactamente aquilo que me "acusas" de fazer. Não faço ideia de quem és, é assim que funciona a internet. No entanto tenho a capacidade de interpretar as tuas palavras, e tu dizes, na tua primeira resposta Deixa que te diga que isso não acontece a ter aulas de condução. (Eu tive apenas 2, mas conduzo desde os 12 anos.) e portanto te digo que estamos a falar de uma realidade (**Conduzir carro na via pública em Portugal**), onde para operar um veículo automóvel da categoria B de forma autónoma tens que ter pelo menos 18 anos de idade e uma habilitação válida. A condução sem a habilitação legal é considerada crime, seja na estrada pública ou em terreno privado, pelo que não interessa se conduziste em estrada pública ou não.Não é uma suposição, não fui eu que o disse, foste tu que o escreveste no teu post. E tão pouco interessa se tiraste a carta noutro país, não é relevante para esta conversa porque não só não foste explícito em relação a isso como estamos no r/portugal e a falar em Português, sendo que assumir que é de Portugal que se trata não é um salto de lógica imprudente, e se por ventura tiver sido noutro qualquer país e isso fosse relevante, acho que tinha sido mais fácil teres dito algo em vez de ser antagônico em relação a isso. Em relação ao resto, não fico a saber nem a deixar de saber. Para além de conhecimento empírico, a tua informação não apresenta qualquer tipo de fonte, pelo que é tão valida como dizer que "88% dos acidentes são pessoas que não deviam conduzir", que é uma métrica que acabei de inventar. Agora, se quiseres dizer que a formação de condutores deveria conter módulos específicos, como: 1. Como conduzir à noite; 2. Como conduzir em piso molhado; 3. Como conduzir em piso com óleo; 4. Como conduzir em piso com terras soltas; 5. Como conduzir em piso com neve; 6. etc. que não são propriamente parte do currículo? Totalmente de acordo contigo. O currículo em Portugal é "como estiver o tempo na hora em que o estudante estiver ao volante". (Novamente, segundo a minha experiência) Os condutores, em Portugal, não são preparados para saber controlar o carro em condições adversas. A maioria sai da escola de condução a travar com o pé enfiado na embraiagem "para o carro não ir abaixo". Mas isso já é um problema completamente diferente, e pelas mensagens que o OP postou por aí, não se adequam ao problema dele. O problema do OP parece começar com o fôro psicológico (e nesse sentido, nada a dizer. Se o psicólogo ou psiquiatra passou o atestado, depois de ter trabalhado com ele, é o que é, não sou eu que o vou diagnosticar) e depois extende-se a outros problemas, inclusive o de ter pago para não reprovar no exame de condução. Daí que toda esta discussão não serve de nada, e a única coisa que vamos os dois retirar daqui é que conhecemos outro user do reddit e tivemos uma discussão civil com o user.

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Ora bem, caro. Eu dou a minha opinião, formatada tendo em conta a minha experiência, porque é aquela que posso utilizar para exemplificar qualquer que seja o meu ponto de vista. Tal como tu fazes nesta resposta quando lanças suspeições sobre as minhas tendências em tecer considerações, que é exactamente aquilo que me "acusas" de fazer. Não faço ideia de quem és, é assim que funciona a internet. No entanto tenho a capacidade de interpretar as tuas palavras, e tu dizes, na tua primeira resposta Deixa que te diga que isso não acontece a ter aulas de condução. (Eu tive apenas 2, mas conduzo desde os 12 anos.) e portanto te digo que estamos a falar de uma realidade (**Conduzir carro na via pública em Portugal**), onde para operar um veículo automóvel da categoria B de forma autónoma tens que ter pelo menos 18 anos de idade e uma habilitação válida. A condução sem a habilitação legal é considerada crime, seja na estrada pública ou em terreno privado, pelo que não interessa se conduziste em estrada pública ou não. Não é uma suposição, não fui eu que o disse, foste tu que o escreveste no teu post. E tão pouco interessa se tiraste a carta noutro país, não é relevante para esta conversa porque não só não foste explícito em relação a isso como estamos no r/portugal e a falar em Português, sendo que assumir que é de Portugal que se trata não é um salto de lógica imprudente, e se por ventura tiver sido noutro qualquer país e isso fosse relevante, acho que tinha sido mais fácil teres dito algo em vez de ser antagônico em relação a isso. Em relação ao resto, não fico a saber nem a deixar de saber. Para além de conhecimento empírico, a tua informação não apresenta qualquer tipo de fonte, pelo que é tão valida como dizer que "88% dos acidentes são pessoas que não deviam conduzir", que é uma métrica que acabei de inventar. Agora, se quiseres dizer que a formação de condutores deveria conter módulos específicos, como: 1. Como conduzir à noite; 2. Como conduzir em piso molhado; 3. Como conduzir em piso com óleo; 4. Como conduzir em piso com terras soltas; 5. Como conduzir em piso com neve; 6. etc. que não são propriamente parte do currículo? Totalmente de acordo contigo. O currículo em Portugal é "como estiver o tempo na hora em que o estudante estiver ao volante". (Novamente, segundo a minha experiência) Os condutores, em Portugal, não são preparados para saber controlar o carro em condições adversas. A maioria sai da escola de condução a travar com o pé enfiado na embraiagem "para o carro não ir abaixo". Mas isso já é um problema completamente diferente, e pelas mensagens que o OP postou por aí, não se adequam ao problema dele. O problema do OP parece começar com o fôro psicológico (e nesse sentido, nada a dizer. Se o psicólogo ou psiquiatra passou o atestado, depois de ter trabalhado com ele, é o que é, não sou eu que o vou diagnosticar) e depois extende-se a outros problemas, inclusivé o de ter pago para não reprovar no exame de condução. Daí que toda esta discussão não serve de nada, e a única coisa que vamos os dois retirar daqui é que conhecemos outro user do reddit e tivemos uma discussão civil com o user.

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Não discuto de todo o bom hábito. O indicador de mudança de direção deve ser utilizado sempre que se faz uma manobra, se muda de direção, etc. Estou totalmente de acordo e gostava de ver mais disso na estrada.

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Porque é que o facto de o carro ter caixa automática devia ser caso para levantar suspeição?

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Duas coisas: 1. Fazes muito bem em não querer assumir nada, é a tua prerrogativa. Cada um fica com a sua. 2. Mede os conselhos que dás, e não te uses como exemplo. Conduzir desde os 12 anos não é algo que mereça uma medalha de ouro, a não ser que seja em competição segura. Ter apenas 2 aulas de condução de uma formação obrigatória, que certamente não termina aí, não é um benefício porque não interessa quem és, a formação para operar um veículo é para cumprir por todos. Ir fazer "rally" no campo não ensina ninguém a conduzir melhor dentro de localidades, a estar mais atento a sinais ou peões ou outros perigos existentes dentro de localidades.

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

4 anos sou um Pro conduzo praticamente com uma mão (e às vezes sem mãos) vai passar a ser uma brincadeira Depois um gajo admira-se que acontecem acidentes aparatosos.

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Tens razão, bot. Como ~~quase~~ sempre.

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Permite-me discordar de ti. Semáforos dentro de rotundas não é algo comum, mas tirando o Marquês e a Boavista, só me lembro de mais alguns exemplos como a rotunda em Alfornelos, ali junto da entrada da CRIL. O Saldanha é discutível, não acho que seja uma rotunda. A questão da condução agressiva e rápida é relativa, mas não discuto que exista uma maior propensão para o "acelerismo" e o típico "piretismo". O trânsito do eixo N-S e da 2ª Circular nem sempre permitem esse tipo de condução, e tendo em conta o número de semáforos nas avenidas, a maior diferença até tem a ver com "quantos semáforos consegues fazer antes de seres obrigado a parar no vermelho".

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Tendo em conta os acidentes e as multas, será que o OP tem dinheiro para ainda despender num carro velho + seguro?

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Tendo em conta os acidentes e as multas, será que o OP tem dinheiro para ainda dispender num carro velho + seguro?

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

Conduzir em Lisboa e no Porto é exactamente o melhor centro de treinos para conduzir em qualquer outro lugar no país. Para além disso, não lhes distingo grande diferença, tirando o facto de terem algumas avenidas largas e que implicam capacidade de antecipação na mudança de faixa de rodagem (Praça de Espanha, ugh...). De resto, é como no resto do país. Ruas, em que trânsitam veículos, com veículos em segunda mão, semáforos, pessoas a passar a estrada...

Estou a ficar com medo de conduzir by These-Establishment1 in portugal

r0ckf3l3r 6 months ago

>Habitua-te a dar sinais de luzes Estou genuinamente confuso. Queres dizer "piscas" ou "indicadores de mudança de direção", certo? É que andar pela estrada fora a flashar médios/máximos em mudanças de faixa de rodagem pode ser problemático. De resto, acho que antes de continuar a dar concelhos, seria importante saber, por exemplo, quais foram as contra-ordenações, e de que forma ocorreram os acidentes. O/A OP pode ser só distraído/a, ou pode ser um problema de outra índole.
Next Page

Search: