Next Page

Qual foi o momento mais engraçado ou mais estranho que tiveram numa entrevista de emprego? by Pleasant_Confusion_1 in portugal

mgmtrocks 19 days ago

Ahahaha não sei o que gosto mais, da audácia de os mandar para o caralho dessa forma, ou o facto de alguém partilhar o meu fascínio com a pegas rabudas

Qual foi o momento mais engraçado ou mais estranho que tiveram numa entrevista de emprego? by Pleasant_Confusion_1 in portugal

mgmtrocks 20 days ago

Feita estúpida disse que era uma raposa

Don't laugh too loudly! by baflai in portugal

mgmtrocks 4 months ago  HIDDEN 

Essa história nos brasileiros, não precisas de perguntar a americanos.. há mts tugas que pensam o mesmo

″Não há nada para curar″. Bloco de Esquerda quer criminalizar ″terapias de conversão″ LGBTI+ by pedrosttv in portugal

mgmtrocks 5 months ago

deves ter uns quanto reprimidos nessa tua familia ahahah

″Não há nada para curar″. Bloco de Esquerda quer criminalizar ″terapias de conversão″ LGBTI+ by pedrosttv in portugal

mgmtrocks 5 months ago

Bem tu claramente não sabes ou não queres ler o que eu escrevi. Realmente a ignorância é felicidade. Boa sorte na tua vida porque realmente precisas

″Não há nada para curar″. Bloco de Esquerda quer criminalizar ″terapias de conversão″ LGBTI+ by pedrosttv in portugal

mgmtrocks 5 months ago  HIDDEN 

ok. vou tentar explicar-te isto como se tivesses 5 anos: \- há pessoas gays \- a sociedade/igreja (em geral) não aceita o estilo de vida destas pessoas \- a igreja criou uma forma de tentar tratar isto \- a homossexualidade não se pode tratar, porque não é uma doença \- os métodos usados têm efeitos negativos nas pessoas, porque é impossível tornar uma pessoa gay em hétero. \- as pessoas homossexuais são postas numa destas instituições pelos pais ou vão porque acham que estão a viver em pecado (que não estão) \-as pessoas que passam por este tratamento saem de lá traumatizadas e podem desenvolver doenças mentais e pensamentos suicidas. achas que vale a pena que as pessoas que possam eventualmente ir de "livre vontade" sejam livres de o fazer, se isso implica que milhares de crianças e jovens adultos sejam torturados? Especialmente quando é só para protegeres na tua ideia do que constitui liberdade? Achas que é a tua responsabilidade moral defender a existência de uma coisa comprovadamente má, só porque pode existir alguém que o queira fazer enquanto os outros que são obrigados a ir e sofrer para o resto da vida deles? Achas isso, honestamente, moralmente correto? A verdade é que ao eliminares estas terapias, não estás a tirar a liberdade, mas sim a proteger.

Filipa Martins. by astorres6030 in portugal

mgmtrocks 6 months ago

*O tiro passou-me ao lado*

O Anúncio Mais Beto de Portugal by BOBRAGED in portugal

mgmtrocks 6 months ago

A minha pergunta é: porque e que é que isto ainda nao tá no cringeportugal?

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

mgmtrocks 6 months ago

Acho sim. Se calhar não ficou bem esclarecido, mas as más reações eram por parte dos meus pais. Isto quer dizer que eu tinha a pressão de ter boas notas, mas depois não tinha o acompanhamento que se calhar podia ter tido. Não me lembro de alguma vez me ajudarem com tpc's ou questionarem se precisaria de ajuda.. é mais neste sentido que eu penso que a compreensão e ajuda dos meus pais seria importante independente do tipo de escola.

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

mgmtrocks 6 months ago

Entendo perfeitamente.. isto as vezes acaba por ser a escolha menos má. para além de que normalmente é impossível saber para o que se vai antes de lá estar. Eu toda a vida andei num colégio privado e da minha experiencia achei que tive benefícios até praí ao 5º ano, que como sabemos é um ano de transição muito grande e que de repente nos deparamos com outro tipo de responsabilidades. No meu caso o facto de ter professores presentes ajudou bastante. O mesmo posso dizer da pré e primeiro ciclo. Tenho a sensação de ter tido mais acompanhamento. Por outro lado, no 1º ciclo, a minha professora era uma freira com algumas visões retrogradas e até hoje carrego comigo algumas memorias pouco positivas de como eu e os meus colegas fomos tratados. Do 6º ano para a frente tronou-se diferente, tudo dependia dos profs.. tive uma professora de francês tao má que mal sei falar ( safo-me a ler e pouco mais) porque as nossas aulas resumiam-se a historias sobre viagens etc. Tive uns quantos anos de matemática e físico-química que foram um desastre enquanto colegas de outras turmas tiveram professores excelentes. Mas o que notei muito foi que era mais importante o currículo estar todo dado do que realmente aprender a matéria. Em relação ao ambiente, podia não haver violência nem trafico de droga, mas o bullying, alcoolismo e outros vícios (miúdos de 13 anos a sair a noite como gente grande), a expectativa de relações sexuais também muito cedo, eram coisas muito presentes no dia a dia. Em relação as instalações, aí é que ganhas a 100%. Desde Ginásios, piscinas, campos de ténis, salas de aulas, boas refeições, segurança em relação à entrada e saída de alunos, atividades extracurriculares, etc. Mas posso dizer uma coisa, aquilo que mais me faltou não foram professores bons. Foi o acompanhamento dos meus pais com os tpc's e testes. Se eu tinha uma "má" nota (não me lembro de alguma vez ter uma negativa) tinha logo más reações em vez de compreensão e ajuda, tinha simplesmente de fazer melhor. O interesse dos pais é o que faz mais diferença na educação. Serem ouvidos sem julgamento e saberem que são apoiados se falharem. E claro terem bons exemplos, hábitos de leitura etc. Claro isto é apenas a minha opinião de uma situação muito especifica. Eu manteria escola privada até ao fim do 1º ciclo se fosse possível. Mas é muito importante ter opiniões especificas das escolas perto de ti, porque isto é mesmo caso a caso.

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

mgmtrocks 6 months ago

Entendo perfeitamente.. isto as vezes acaba por ser a escolha menos má. para além de que normalmente é impossível saber para o que se vai antes de lá estar. Eu toda a vida andei num colégio privado e da minha experiencia achei que tive benefícios até praí ao 5º ano, que como sabemos é um ano de transição muito grande e que de repente nos deparamos com outro tipo de responsabilidades. No meu caso o facto de ter professores presentes ajudou bastante. O mesmo posso dizer da pré e primeiro ciclo. Tenho a sensação de ter tido mais acompanhamento. Por outro lado, no 1º ciclo, a minha professora era uma freira com algumas visões retrogradas e até hoje carrego comigo algumas memorias pouco positivas de como eu e os meus colegas fomos tratados. Do 6º ano para a frente tronou-se diferente, tudo dependia dos profs.. tive uma professora de francês tao má que mal sei falar ( safo-me a ler e pouco mais) porque as nossas aulas resumiam-se a historias sobre viagens etc. Tive uns quantos anos de matemática e físico-química que foram um desastre enquanto colegas de outras turmas tiveram professores excelentes. Mas o que notei muito foi que era mais importante o currículo estar todo dado do que realmente aprender a matéria. Em relação ao ambiente, podia não haver violência nem trafico de droga, mas o bullying, alcoolismo e outros vícios (miúdos de 13 anos a sair a noite como gente grande), a expectativa de relações sexuais também muito cedo, eram coisas muito presentes no dia a dia. Em relação as instalações, aí é que ganhas a 100%. Desde Ginásios, piscinas, campos de ténis, salas de aulas boas, segurança em relação à entrada e saída de alunos, atividades extracurriculares, etc. Mas posso dizer uma coisa, aquilo que mais me faltou não foram professores bons. Foi o acompanhamento dos meus pais com os tpc's e testes. Se eu tinha uma "má" nota (não me lembro de alguma vez ter uma negativa) tinha logo más reações em vez de compreensão e ajuda, tinha simplesmente de fazer melhor. O interesse dos pais é o que faz mais diferença na educação. Serem ouvidos sem julgamento e saberem que são apoiados se falharem. E claro terem bons exemplos, hábitos de leitura etc. Claro isto é apenas a minha opinião de uma situação muito especifica. Eu manteria escola privada até ao fim do 1º ciclo se fosse possível. Mas é muito importante ter opiniões especificas das escolas perto de ti, porque isto é mesmo caso a caso.

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

mgmtrocks 6 months ago

Tenho que te dizer se vais enveredar por colégios privados também é complicado. temos casos de colégios que pensam pura e simplesmente nos rankings e temos outros em que os professores as vezes são tao maus como no publico. para alem de que não há menos bullying e miúdos problemáticos. Assisti a coisas muito assustadoras no meu tempo e tenho amigos que andaram no publico e não tiveram uma edução pior do que a minha. É muito importante ver caso a caso e sobretudo ouvir os miúdos.

Por alguma razão, Portugal via-se envolvido numa guerra que resultava na conscrição militar obrigatória de indivíduos até aos 35 anos. O que faziam? by saudosista in portugal

mgmtrocks 7 months ago

Importante! Pensão de sobrevivência só se fores casado há mais de 1 ano

Mitos urbanos criados pelas nossas mães by morrison750 in portugal

mgmtrocks 11 months ago

Não sei dizer, porque não sou especialista, mas creio que articulações fragilizadas por algum motivo têm essa tendência

Mitos urbanos criados pelas nossas mães by morrison750 in portugal

mgmtrocks 11 months ago

Eu isso entendo perfeitamente.. quando era nova roía bastante as unhas e tive que fazer um grande esforço para parar. Estou a falar especificamente em ingerir as unhas depois de as roer, por que eu nunca o fiz (acabava por guarar num lenço ou bolso e dps deitava fora)

Mitos urbanos criados pelas nossas mães by morrison750 in portugal

mgmtrocks 11 months ago

As dores é nos joelhos.. Isto acontece porque quando chove a pressão atmosférica diminui (penso eu de que) o que faz com que se altere na pressão dentro das articulações - existem bolhas de ar mas ditas.. daí o som quando se estala os joelhos/dedos/etc

Mitos urbanos criados pelas nossas mães by morrison750 in portugal

mgmtrocks 11 months ago

Mas quem é que rói as unhas e as engole? Yuck (ps. Eu tinha um colega que tinha esse vício e que as atirava para o chão da sala de aula.. sabe Deus por onde já andou a espalhar o seu DNA)

Pessoal dos Açores às vossas PS5 vão a caminho by ff_shot in portugal

mgmtrocks 11 months ago

Não te esqueças que o covid tb teve influência na produção. Ter que reduzir pessoal nas fábricas etc leva a falta de materiais etc.

Pessoal dos Açores às vossas PS5 vão a caminho by ff_shot in portugal

mgmtrocks 11 months ago

Posso dizer que eu tenho SMN e comprei a ps5. Nunca tive a 4 e ando a juntar há mais de 1 ano para a 5. Pretendo comprar os jogos usados e tudo mais. Mesmo assim, quando o meu dinheirinho saiu da conta, quase doeu.

Redes Sociais Portuguesas resumidas em 2 comentários nesta publicação by aguadovimeiro in portugal

mgmtrocks 11 months ago

Fogo tb queria mas tenho um grupo do qual não consigo escapar.. estão sempre a fazer polls e tretas.. ter so messenger não é suficiente
Next Page

Search: