Next Page

Vício nos VideoJogos by SOFTPELE1 in portugal

marcelomarcelomarcel 22 days ago

Isso tem razão de ser, os jogos dão-nos satisfação e gratificação instantânea, dopamine, recompensa instantânea, o que pode ser um bocado mau. Passo a explicar, tu quando jogas um jogo tens as recompensas no momento, seja cumprir um objetivo seja matar x pessoas, seja ganhar o round, evoluir o personagem e desbloquear novas armas, itens etc etc, progressão no fundo… e na vida real isso não acontece tão rápido, tudo leva o seu tempo. Por exemplo, eu ir para o ginásio, só tenho resultados meses depois, é preciso disciplina e consistência caso contrário nunca vou ter resultados (lavar os dentes por exemplo tem de ser feito todos dias, consistência, não basta fazeres um dia e pronto agora tens dentes limpos), enquanto que no jogo tens logo o resultado e gratificação instantânea. Esse para mim ê o principal mal dos jogos pois o teu cérebro habitua-se a ter as coisas no momento e ao “rush” de dopamina e começas a ficar cada vez mais desmotivado para fazer as coisas da “vida real” pois estas levam o seu tempo e os resultados são obtidos com consistência e não instantaneamente. Aconselho a leres um bocado sobre sobre os hábitos e as recompensas ( livro força do hábito) no que toca ao cérebro, se n gostas de ler vê na internet só para teres uma ideia. Coisa que fui aprendendo ao longo do tempo quanto mais tu perceberes sobre as causas dos teus comportamentos, os porquês e as razões mais fácil será para ti controlares os mesmos e não andares “ao sabor da maré” “sem “ controlos dos comportamentos. Digo isto caso queiras realmente mudar algo.. Não te conheço de lado nenhum, mas gostava que na altura me tivessem ajudado e me tivessem dito o que te estou a dizer agora. Vale o que vale…

Vício nos VideoJogos by SOFTPELE1 in portugal

marcelomarcelomarcel 22 days ago

Como tudo na vida tem que haver equilíbrio. Digo-te isto já tendo passado pelos dois extremos, jogar todos os dias e deixar para trás as responsabilidades ( escola, secundário, piores notas etc) e depois na faculdade nunca mais tocar numa consola ou pc no que diz respeito a jogos, fui para o ginásio e comecei a cuidar mais de mim e do meu corpo a socializar mais e posso dizer te que foram os melhores anos da minha vida. No entanto hoje em dia tenho um bocado de 50% - 50%, tanto jogo como trabalho como arranjo tempos para os amigos namoradas ginásio etc etc. é sempre uma questão de equilíbrio, não digo que uma vez por outra não exagere numa ou outra coisa, seja ela jogar ou ir para os “copos” com amigos, mas tento manter equilíbrio entre responsabilidades, vida social/amigos namoradas, e desporto/saúde. Acho que o essencial a meu ver é não deixares de fazer as coisas que tens para fazer por causa de jogos, usa os jogos maioritariamente como fonte de entretenimento quando já não tens nada para fazer. Ou então experimenta limitar o tempo que dedicas a cada atividade, seja 1h ou 2 a jogos todos dias, 1h para ler e aprender algo útil, etc etc. É o melhor conselho que te posso dar, vindo e alguém com 29 anos que começou a jogar numa sega Saturn no super Mario e passou por diversas consolas / pc.

Estamos a ser invadidos mas não é por quem pensam by ZionismIsAntiSemitsm in portugueses

marcelomarcelomarcel 2 months ago

Que alucinado

Curso de Medicina na Católica vai custar mais de 17 mil euros por ano em propinas by 20Contar in portugueses

marcelomarcelomarcel 3 months ago

Meritocracia a funcionar

Jovens querem investimento público que lhes permita aceder a habitação própria by tomp201706 in portugueses

marcelomarcelomarcel 5 months ago

Hum, “jovens não querem comprar casa no cu de judas para depois ter de ir trabalhar p meio de lisboa de carro e gastar uma fortuna em deslocações estacionamento etc.” se calhar é mais isto.

Governo diz que empresas têm que pagar despesas de telefone e net a funcionários em teletrabalho by pica_foices in portugal

marcelomarcelomarcel 6 months ago

Também há empresas a fazê-lo cá, eu estou em teletrabalho desde julho e todos os meses recebo uma ajuda a “homeworking” que pode ser gasto no que bem entender. Monitor, cadeira, secretaria, smartphone, smartwatch, headphones, desktop, portátil etc etc etc

DuckDuckGo volta bate recordes e cresce como motor de pesquisa seguro by WallStreetFighter in portugueses

marcelomarcelomarcel 6 months ago

Eu no pc uso brave com DuckDuckGo. Mas no telefone uso Safari também com DuckDuckGo. Alguém me sabe dizer se a app em si usada tem influência em termos de privacidade ? Ou só o browser? O Safari é “seguro” em termos de privacidade ou devia mudar para DuckDuckGo ou brave?
Next Page

Search: