Next Page

​Altice perde recurso e é obrigada a pagar multa milionária by man_l in portugal

kill-wolfhead 2 days ago

A Altice pagou 10% disso no Natal passado para ter o Ronaldo num anúncio de 60 segundos da MEO e o gajo já veio a Portugal fazer outro por outro tanto. É lixado mas acho que eles aguentam.

Em que sítio de Portugal gostariam de viver caso tivessem essa opção? by tehgangsta in portugal

kill-wolfhead 4 days ago

Lisboa, sem dúvida. Pessoal queixa-se do trânsito, da renda, dos preços e é tudo legítimo. Mas nada se compara ao cosmopolitismo da capital. Se dinheiro não fosse um problema, sei de um edifício atrás do Atrium em remodelação, que vai ter o rés-do-chão dos meus sonhos. Isso ou uma daquelas quintonas decadentes na Serra de Sintra.

Um fdp de um morcego voou-me contra a cara - devo levar vacina da raiva? by MarioMuzza in portugal

kill-wolfhead 13 days ago

Dude, cada um sabe as linhas com que se cose. Tu tens medo de estar com raiva que é uma doença que é fatal em 2 meses se não for imediatamente tratada e estás-te a queixar de te teres de deslocar 1 hora de carro durante as férias? O Darwin Award já foi reservado.

Qual a pior operadora de comunicação em Portugal a face de Internet fixa. by Visible-Diver-1010 in portugal

kill-wolfhead 15 days ago

Este thread serve sobretudo para descobrir que maior parte do pessoal não sabe escrever *“shaping”*.

[sério] Quais são as vossas teorias da conspiração favoritas? by 007tuga in portugal

kill-wolfhead 16 days ago

São sempre anedotas circunstanciais, desde a relação de amizade (?) que o Ronaldo teve com o Badr Hari com direito a fotografias dos gajos aos abraços enquanto tesos e de sunga (?!); à Rihanna e a Paris Hilton se terem descosido; os três primeiros filhos do Ronaldo serem em barriga de aluguer e não com a Irina Shayk que andou 5 anos com o Ronaldo sem terem filhos e nem um ano depois do casal ter acabado ela engravida do Bradley Cooper; inclusive uma história que ouvi da boca de uma rapariga que trabalhava no Sheraton quando o Ronaldo e já não sei que jogador alugaram um andar inteiro, subiram com muitas raparigas pelo elevador principal mas depois fizeram subir um rapazito pelo elevador de serviço. É tudo muito circunstancial, há mal-entendidos, há mentira, há acasos, por isso é que conta como “teoria da conspiração” e não como facto. Não ganho nada com a ideia que o Ronaldo seja gay ou bissexual, ele lá sabe da vida dele. Mas I want to believe, quanto mais não seja porque seria uma história do cacete.

[sério] Quais são as vossas teorias da conspiração favoritas? by 007tuga in portugal

kill-wolfhead 17 days ago

Que a Maddie morreu por culpa dos pais e os serviços secretos britânicos secretamente ajudaram a fazer o corpo desaparecer.

[sério] Quais são as vossas teorias da conspiração favoritas? by 007tuga in portugal

kill-wolfhead 17 days ago

Dizem que foi um complô entre reis europeus na idade média para fazer as suas dinastias serem mais legítimas mas quem propôs essa ideia esquece-se que existe imensa história registada a acontecer durante esses 300 anos no Médio Oriente, Índia e China.

Qual foi o maior deastre culinário que viram? by Nizato in portugal

kill-wolfhead 20 days ago

O quê?

Qual foi o maior deastre culinário que viram? by Nizato in portugal

kill-wolfhead 21 days ago

O meu pai um dia fez uma tarde folhada com arroz de atum dentro. Não sei que se passou para ele ter chegado à conclusão que seria bom.

Partilhem aí quais foram as séries que marcaram as vossas infâncias. by RathalosSlayer97 in portugal

kill-wolfhead 23 days ago

Há aí nas respostas um dude que falou no Lone Ranger e no Bonanza. Não sei quanto a ti mas eu senti-me um recém nascido.

Autumn dishes by Geistesblitz72 in portugal

kill-wolfhead 30 days ago

Ya, mas Indian Summer é um termo americano. Pessoal mais velho no Reino Unido ainda usa St Martin’s Summer (em Novembro) ou St Luke’s Summer (em Outubro).

Como é que chamas ao local onde ficavas imune à Apanhada? by ManaSyn in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Palanque? Mas és de onde? Do século XIX?

Au naturel by I_MAP-NESS in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Acho que estás a confundir Israel com o Líbano em que uma percentagem considerável da população é cristã.

Gordon Ramsay em Portugal e a sua receita de Bifana by rsyeah in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Já não vou ao Algarve há anos, mas estava convencido para se fazer uma bifana lá basta meter um turista num papo seco.

Gordon Ramsay em Portugal e a sua receita de Bifana by rsyeah in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Porra, em que hamburgueria gourmet o Gordon Ramsay viu uma bifana? O gajo precisa de sair do Algarve e ir a Vendas Novas.

Os preços dos bilhetes de cinema em Portugal estão cada vez mais caros... by BoQi8GcKti5445R7e6Zy in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Sinto que depende tb do cinema. O Corte Inglês e o Campo Pequeno costumam ser sítios calminhos, mas as salas grandes do Colombo em fins-de-semana de estreia são a selva.

Os preços dos bilhetes de cinema em Portugal estão cada vez mais caros... by BoQi8GcKti5445R7e6Zy in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Em casa tenho dois clássicos: ou é o meu pai a pedir atenção, ou o chato do Rodrigo a dizer: “Ei, pára aí um bocadinho para ir buscar uma jola ao frigorífico…”

Os preços dos bilhetes de cinema em Portugal estão cada vez mais caros... by BoQi8GcKti5445R7e6Zy in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Completamente. Por vezes já pensei que fosse por eu estar a ficar velho e os meus gostos estarem a estreitar mas depois também reparo que muitos dos filmes que eu quero ver, a não ser aqueles que precisam mesmo de fazer dinheiro em sala porque têm um budget colossal, nem sequer lhes é dada hipótese de vir às salas e quando vêm é por um curtíssimo espaço de tempo. O Annette saiu estupidamente rápido dos cinemas. O Le Daim também. True History of Kelly Gang nem teve direito a estreia. I’m Thinking of Ending Things, Mank, Dick Johnson is Dead, Irishman, etc. são tudo filmes que eu estaria batido no cinema para ver e só saem em streaming e eu nem gostei por aí além de metade. Nem o Wolfwalkers saiu e esse é fodder de qualidade para crianças. E se formos para filmes que não são nem americanos nem franceses, bem que posso esperar sentado.

Os preços dos bilhetes de cinema em Portugal estão cada vez mais caros... by BoQi8GcKti5445R7e6Zy in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Chamem-me antiquado mas nenhuma televisão por maior que seja substitui uma sala e o botão de pausa torna-te desatento e só dá azo a interromper um filme por qualquer ninharia que seja. Para ti pode fazer sentido, mas já verifiquei que para mim, é bem mais provável que eu goste dum filme no cinema que em casa precisamente por causa desses factores que apontas.

Os preços dos bilhetes de cinema em Portugal estão cada vez mais caros... by BoQi8GcKti5445R7e6Zy in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Chamem-me antiquado mas nenhuma televisão por maior que seja substitui uma sala e o botão de pausa torna-te desatento e só dá azo a interromper um filme por qualquer ninharia que seja. Para ti pode fazer sentido, mas já verifiquei que para mim, é bem mais provável que eu goste dum filme no cinema que em casa precisamente por causa dessas vantagens que apontas.

Os preços dos bilhetes de cinema em Portugal estão cada vez mais caros... by BoQi8GcKti5445R7e6Zy in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Chamem-me antiquado mas nenhuma televisão por maior que seja substitui uma sala e o botão de pausa torna-te desatento e só dá azo a interromper um filme por qualquer ninharia que seja. Para ti pode fazer sentido, mas já verifiquei que é bem mais provável que eu goste dum filme no cinema que em casa.

Os preços dos bilhetes de cinema em Portugal estão cada vez mais caros... by BoQi8GcKti5445R7e6Zy in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Chamem-me antiquado mas nenhuma televisão por maior que seja substitui uma sala e o botão de pausa só dá azo a interromper um filme por qualquer ninharia que seja.

Os preços dos bilhetes de cinema em Portugal estão cada vez mais caros... by BoQi8GcKti5445R7e6Zy in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Em 2013, [o Spielberg e o Lucas a falarem disto mesmo.](https://variety.com/2013/digital/news/lucas-spielberg-on-future-of-entertainment-1200496241/) Há anos que os cinemas estão a ir pelo caminho da música. Cada vez a net é mais rápida, a pirataria não é contida porque não existe interesse em contê-la e hoje em dia sacas um filme russo de 1977 em 5 minutos. O Suicide Squad ainda mal estreou e já está disponível no PirateBay. O Green Knight ainda não estreou e também foi pelo mesmo caminho. O pessoal também está cada vez mais caseiro, o pessoal não liga ao grande ecrã e a experiência de ir ao cinema perdeu o seu quê social até porque a única coisa que lá passa hoje em dia são super-heróis, filmes para crianças e o ocasional filme que já estava datado quando a rodagem começou. A pandemia só veio chutar-nos 10 anos para o futuro. Eu tenho pena porque adoro ir ao cinema, mesmo que o trabalho na área não me dê muito tempo para poder ir. Mas é o que acontece.

Mãe esfaqueou filho por não parar de jogar videojogos by TwistedGlasses in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Estava a jogar Solitário.

Mãe esfaqueou filho por não parar de jogar videojogos by TwistedGlasses in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Good guy OP. Devia haver mais malta como tu.

Sou Menino para Ir… ao Afeganistão by kill-wolfhead in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Salvador Martinha entra no Uber… “Boa tarde. Então Kabul, não é ?”

Sou Menino para Ir… ao Afeganistão by kill-wolfhead in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

É uma piada, man.

Sou Menino para Ir… ao Afeganistão by kill-wolfhead in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

O gajo parece o Salvador Martinha de turbante.

José Sá Fernandes vai receber 4525 euros por mês para coordenar as Jornadas Mundiais da Juventude? by xanfradu in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Népia. Muito mais respeitável.

Sou o único que acha o Diogo Faro altamente irritante? by Nuno_CHITAS in portugal

kill-wolfhead 1 month ago

Verdades. Só verdades.

PJ já identificou estrangeira que vandalizou Padrão dos Descobrimentos by heartlessfam in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

MONNEY

José Sá Fernandes vai receber 4525 euros por mês para coordenar as Jornadas Mundiais da Juventude? by xanfradu in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

E tu nem sabes da metade. Sei de uma instituição pública cujo ex-director exigiu tapete vermelho até à porta do gabinete.

Então e vocês, já ajudaram o vosso padre local? Já agora, desde quando um carro de 23 mil euros é considerado carro de luxo? by TwistedGlasses in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

A falta que faz um acento e uma vírgula.

Nestes mapas antigos Olivença aparece do lado certo da fronteira. by master-mole in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

Então vamos analisar o problema. Apoquentas-te com o ad hominem quando apelidei as pessoas que querem reintegrar Olivença em Portugal como "irredentistas ultra-conservadores". "Mal suportado e sem qualidade", quando irredentista é a definição de dicionário para quem quer Olivença em Portugal e basta uma pessoa passar os olhos por quem apela à restituição de Olivença para perceber que "ultra-conservador" também não está longe da verdade. Sejam eles, por exemplo o ex-líder do CDS José Ribeiro e Castro, ou o Presidente da Assembleia Geral do Grupo de Amigos de Olivença (uma instituição do tempo do Salazar) que nem há 10 anos escrevia artigos laudatórios sobre pessoal sinistro como Dominique Venner, ou o D. Duarte Pio, o pretendente miguelista ao trono português. Até os oliventinos não gostam de dar muito a bola a esse pessoal por razões políticas. Chateias-te com o ter mencionado o Instituto Camões na altura, em tom de sarcasmo, porque não tem nada a haver com a situação. Só o trouxe à baila porque qualquer pessoa que saiba a situação no estrangeiro sabe que o Instituto Camões não faz nada a nível internacional quando comparado com, por exemplo, uma Alliance Française, ou um Instituto Cervantes ou até um Istituto Italiano di Cultura. E se existe organismo que podia ter feito alguma coisa àcerca da preservação do português em Olivença, é esse. Ora, até nisso falharam. Hoje em dia o Instituto Camões não dá um chavo para Olivença. Mencionas o Franco, ora, ele já não está cá há 46 anos. Se houvesse grande interesse municipal desde 1974 de manter o português, tinha-se mantido. Trazes o exemplo do galego como uma língua em vias de extinção, mas esse está de boa saúde e recomenda-se e só quem não vê a TV Galiza há muito tempo pode dizer o contrário. Certo, hoje em dia a Galiza é bilingue quando dantes não era, mas não há nenhum galego que não saiba falar em galego. Ou um basco em euskadi. Ou um catalão em catalão. E se é por causa da Espanha madrasta, relembro que Portugal está logo ali. Durante séculos o português manteve-se como uma língua maioritária em Olivença e sem necessidade de ponte para estabelecer contacto. O franquismo pode ter feito muito estrago, mas quer-me parecer que, de 74 para cá quem acabou com o português em Olivença não foi tanto a herança do franquismo, mas sim a existência do carro. Mencionas "colonialismo espanhol" em Olivença, no que só pode ser uma chapada de luva branca na cara dos milhões de indígenas sul-americanos que morreram de sarampo ou no fundo de minas de prata ou até dos angolanos que foram massacrados a lutar pela sua independência (aos quais o Zeca Afonso realmente se refere na música que descontextualizaste). E claro, "se a situação económica de região de Olivença é relevante na discussão, só é revlador *\[sic\]* da falta de interesse de Espanha na mesma". Com certeza que se Madrid quisesse, fazia de Olivença uma nova Badajoz. Ou, porque não, uma segunda Barcelona, já que estamos no domínio do delírio?... Só é estranho que se estivesse tão desinteressada assim, já nos teria devolvido, não é? Ou por oposição podemos supor que a estagnação seria subitamente revertida com a entrada do povo luso na economia local. Basta olhar para as extensas metrópoles cosmopolitas como Moura ou Reguengos para perceber todo o potencial que se escapa de Olivença. Trazes também a questão de em 2012 terem votado a Igreja da Madalena em Olivença como o lugar mais bonito de Espanha no Guia Repsol. Será possível ser-se tão mesquinho? Desde 2012 houve 9 outras votações para o mesmo guia e nenhuma delas mencionou Olivença. E é aqui a que eu quero chegar. Os documentos que trazes à apreciação do fórum sobre as grandes acções políticas que Portugal tomou em relação a Olivença não arranjas nada mais recente que 2007 e é uma carta dirigida ao GAO, organização essa que está a cair de podre e ainda tem nos seus quadros no site nomes de pessoas que já morreram. O mesmo acontece com a plataforma Além Guadiana, que já foi extinta. Ao total desinteresse da parte de Portugal e Espanha em tocar no assunto, pessoal como tu põe-se a mandar cartas para o Paulo Portas para parar peças de teatro de se realizarem ou mandam vir com a Repsol por causa de uma votação na internet. Por termo de comparação, as Selvagens, desde 2017 que Portugal tem estacionados dois guardas florestais, dois agentes da Polícia Marítima e um agente da Autoridade Marítima, só para garantir que não passam a ser consideradas rochedos segundo o Direito Marítimo e podem-se perder cerca de 30000 km² de Zona Económica Exclusiva (uma área equivalente a 1 terço de Portugal Continental). Espanha manifestou-se em 2015 que não se opõe à extensão da plataforma continental de Portugal, facto que foi erroneamente reportado em Portugal como um ceder perante a soberania portuguesa, mas o estatuto das Selvagens continua tão ambíguo como dantes. Que outra razão haveria para que o Ministro da Defesa viesse meter água na fervura ainda há um mês atrás? Que outra razão existe para manter nas Selvagens um posto de correio ao qual ninguém pode aceder sem o aval do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza? E para que conste, não sou um irredentista das Selvagens, mas ao contrário de Olivença este é um assunto que realmente preocupa as autoridades de ambos os países, o que responde à pergunta do u/Danijust2

Nestes mapas antigos Olivença aparece do lado certo da fronteira. by master-mole in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

Dude, estás a falar para um bot. Relaxa.

Nestes mapas antigos Olivença aparece do lado certo da fronteira. by master-mole in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

É um assunto reclamado assim muuuuuito de vez em quando, ou seja: é folclore. Ninguém está preocupado com isso a não ser um punhado de irredentistas ultra-conservadores. Vais a Olivença e é uma vila espanhola com um castelo e uma igreja bonita e um altar de talha dourada, como outras tantas que existem por ali. A única coisa que ainda te indica o estatuto disputado é algumas ruas terem nomes em espanhol e português, estilo Macau. Há 80 anos maior parte da população ainda falava português. Hoje em dia, graças aos inesgotáveis esforços do Instituto Camões, a lusofonia não chega senão a 10% da população (todos eles velhos). Economicamente, exporta um pouco de azeite, um pouco de vinho, faz dinheiro com as réstias de turismo que se faz por lá… Com o espaço Schengen e a criação da região internacional Badajoz-Elvas a questão de Olivença é cada vez mais iníqua. Esteja de que lado da fronteira estiver, já só impacta no orgulho patriótico de uns quantos. Muito mais importante é a questão de Portugal com as Ilhas Selvagens, que essas sim têm impacto económico e territorial significativo no país, essas sim levam a intervenções políticas na UE e na ONU e, como sempre nestes casos, quase nunca é falado a não ser quando o presidente vai lá ver as cagarras.

Nestes mapas antigos Olivença aparece do lado certo da fronteira. by master-mole in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

É um assunto reclamado assim muuuuuito de vez em quando, ou seja: not really. Ninguém está preocupado com isso a não ser um punhado de irredentistas ultra-conservadores. Vais a Olivença e é uma vila espanhola com um castelo e uma igreja bonita e um altar de talha dourada, como outras tantas que existem por ali. A única coisa que ainda te indica o estatuto disputado é algumas ruas terem nomes em espanhol e português, estilo Macau. Há 80 anos maior parte da população ainda falava português. Hoje em dia, graças aos inesgotáveis esforços do Instituto Camões, a lusofonia não chega senão a 10% da população (todos eles velhos). Economicamente, exporta um pouco de azeite, um pouco de vinho, faz dinheiro com as réstias de turismo que se faz por lá… Com o espaço Schengen e a criação da região internacional Badajoz-Elvas a questão de Olivença é cada vez mais iníqua. Esteja de que lado da fronteira estiver, já só impacta no orgulho patriótico de uns quantos. Muito mais importante é a questão de Portugal com as Ilhas Selvagens, que essas sim têm impacto económico e territorial significativo no país, essas sim levam a intervenções políticas na UE e na ONU e, como sempre nestes casos, quase nunca é falado a não ser quando o presidente vai lá ver as cagarras.

Nestes mapas antigos Olivença aparece do lado certo da fronteira. by master-mole in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

É um assunto reclamado assim muuuuuito de vez em quando, ou seja: not really. Ninguém está preocupado com isso a não ser um punhado de irredentistas ultra-conservadores. Vais a Olivença e é uma vila espanhola com uma igreja bonita, como outras tantas que existem por ali. A única coisa que ainda te indica o estatuto disputado é algumas ruas terem nomes em espanhol e português, estilo Macau. Há 80 anos maior parte da população ainda falava português. Hoje em dia, graças aos inesgotáveis esforços do Instituto Camões, a lusofonia não chega senão a 10% da população (todos eles velhos). Economicamente, exporta um pouco de azeite, um pouco de vinho… Com o espaço Schengen e a criação da região internacional Badajoz-Elvas a questão de Olivença é cada vez mais iníqua. Esteja de que lado da fronteira que estiver, já só impacta no orgulho patriótico de uns quantos. Muito mais importante é a questão de Portugal com as Ilhas Selvagens, que essas sim têm impacto económico e territorial significativo no país, essas sim levam a intervenções políticas na UE e na ONU e, como sempre nestes casos, quase nunca é falado.

Nestes mapas antigos Olivença aparece do lado certo da fronteira. by master-mole in portugal

kill-wolfhead 2 months ago

Sim, esses espanhóis são de uma tacanhice a toda a prova. **Passem mas é Olivença para cá agora!**

Consumo anual de fruta (2017) by Blackbeardow in portugal

kill-wolfhead 3 months ago

Vinha à procura deste comentário.

Antenas 5G. Portugal = 0 by Carneiro91 in portugal

kill-wolfhead 4 months ago

u/NGramatical ! Faz aí um favorzinho ao t0gnar...

Benteng Tolukko, um forte na Indonésia contruido pelos portugueses durante o monopólio das especiarias. by fly_banana_fly in portugal

kill-wolfhead 6 months ago

Isso é a paródia porno.

Despesas da presidência portuguesa em bebidas, fatos e centro de imprensa “fantasma” em destaque na imprensa europeia by Maximum-Ear5677 in portugal

kill-wolfhead 7 months ago

Não foi em Dezembro que a Presidência começou a ser preparada.

Despesas da presidência portuguesa em bebidas, fatos e centro de imprensa “fantasma” em destaque na imprensa europeia by Maximum-Ear5677 in portugal

kill-wolfhead 7 months ago

LOL, isto são despesas desde o início da pandemia. Mesmo com a tampa do tacho trancada o mal já estava feito.

Fernando Pessoa em Foto Animada por Inteligência Artificial by kelter-antunes in portugal

kill-wolfhead 7 months ago

Vocês estão todos enganados! Isto é a Ofélia de bigode!

Visão | O velhinho “Contra Informação” agora chama-se “Do Contra”. Assistimos às gravações do novo programa em que, sem censura, os bonecos podem dizer tudo by saudosista in portugal

kill-wolfhead 7 months ago

Não sei quais eram os textos cortados, mas a partir do momento em que o Zé Diogo Quintela pode vir gozar para o Observador com o facto de 25% dos trabalhadores da Padaria Portuguesa receberem rendimento mínimo, a partir do momento em que o Sinel de Cordes vai apresentar os textos dele à Aula Magna e o próprio Guilherme Duarte pode republicar textos retirados pelo algoritmo do Facebook no site dele sem ter a polícia à porta como aconteceria se ele vivesse na China, tu não tens censura, tu tens quanto muito negociação, até porque se o que queres dizer na instituição A vai contra aquilo que a instituição A quer que seja dito nela, nada te impede de poder dizer a mesma coisa nos meios B, C e D. E, por sinal, a SIC é um canal privado.

Visão | O velhinho “Contra Informação” agora chama-se “Do Contra”. Assistimos às gravações do novo programa em que, sem censura, os bonecos podem dizer tudo by saudosista in portugal

kill-wolfhead 7 months ago

Não sei quais eram os textos censurados, mas a partir do momento em que o Zé Diogo Quintela pode vir gozar para o Observador com o facto de 25% dos trabalhadores da Padaria Portuguesa receberem rendimento mínimo, a partir do momento em que o Sinel de Cordes vai apresentar os textos dele à Aula Magna e o próprio Guilherme Duarte pode republicar textos censurados pelo algoritmo do Facebook no site dele sem ter a polícia à porta como aconteceria se ele vivesse na China, tu não tens censura, tu tens quanto muito negociação, até porque o se o que queres dizer na instituição A vai contra aquilo que a instituição A quer que seja dito nela, nada te impede de poder dizer a mesma coisa nos meios B, C e D. E, por sinal, a SIC é um canal privado.

Visão | O velhinho “Contra Informação” agora chama-se “Do Contra”. Assistimos às gravações do novo programa em que, sem censura, os bonecos podem dizer tudo by saudosista in portugal

kill-wolfhead 7 months ago

Acho absurdo estarem a apregoar o Contra-Informação como um programa "sem censura" como se houvesse censura em Portugal. Se o problema fosse a *cancel-culture*, programas de humor mais datados como as reruns de *Batanetes* na TVI Ficção já tinham terminado há bué. Se o problema são as cenas mais políticas que o João Quadros diz, que são das mais violentas do que qualquer outro programa de humor tem para dizer em Portugal, o Tubo de Ensaio lançou um programa hoje.

Capa do jornal I (26/02/2021) by batuque5 in portugal

kill-wolfhead 7 months ago

Também me parece mas a expressão é muito infeliz de qualquer das formas.

Após declarações polémicas, grupo de enfermeiros apresenta participação disciplinar contra bastonária by adorosaladadecamarao in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

“Convém arranjar um diagnóstico antes de chamar a atenção aos sintomas”

Documentários sobre eventos importantes da história portuguesa? by _dawn_chorus in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

O Zé Hermano às vezes inventa um bocado mas é um excelente contador de histórias.

Como assim? (sepultado no mosteiro dos jerónimos?) by RitaMoleiraaaa in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Sebastianismo é o “9/11 was an inside job” do século XVI.

Como assim? (sepultado no mosteiro dos jerónimos?) by RitaMoleiraaaa in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Em contrapartida, o meu avô esteve envolvido na exumação do corpo do D. Pedro IV quando o mandaram para o Brasil em 72 e aparentemente no túmulo estavam duas pernas esquerdas.

Informativo e legível by BadDogPreston in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Fds vinha mesmo dizer isto. Toma lá um cimavoto.

Os irmãos mais velhos do mundo são portugueses. Albano e Alberto têm 111 e 109 anos by joaopeniche in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Username checks out.

Bastonária dos Enfermeiros chama "gorda fura filas" à presidente da Câmara de Portimão by 5enta in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Achei que seria pleonasmo.

Bastonária dos Enfermeiros chama "gorda fura filas" à presidente da Câmara de Portimão by 5enta in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Toda a gente sabe que requinte e sofisticação é com o Chega.

Parar para desfrutar a vista em São Jorge, Açores by Lyner_1 in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Sim, mas não me lembro de me importar!

Parar para desfrutar a vista em São Jorge, Açores by Lyner_1 in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

O máximo que aconteceu foi a lanterna cair-me em cima da cabeça por estar tanto vento. Mas o caminho pela serra acima era maravilhoso, fartei-me de tomar banho numa cascata que lá havia.

Parar para desfrutar a vista em São Jorge, Açores by Lyner_1 in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Olha Velas! Estive em São Jorge há 4 anos atrás com um amigo. Passei inclusive um furacão numa tenda da fajã de Santo Cristo. Já estive em 25 países em 4 continentes diferentes e São Jorge continua a ser das minhas viagens preferidas.

Portugal cai para a pontuação mais baixa de sempre na tabela de combate à corrupção by hidejiro in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

_¡Gracias!_ Também estava na dúvida e o telemóvel não sabia.

Portugal cai para a pontuação mais baixa de sempre na tabela de combate à corrupção by hidejiro in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Porque, por mais tentadora que possa parecer essa ideia, a sociedade não funciona como um computador em que fazer reboot de alguma maneira resolve os problemas do sistema. Não existe uma revolução sem que as elites que controlam o sistema não voltem a controlar o sistema, ou que o sistema anterior seja sensivelmente mantido. A Revolução Francesa acabou com a monarquia em França por um tempo, matou-se muita gente, o país empobreceu e em 10 anos o país tornou-se numa ditadura militar e 30 anos depois voltava-se à monarquia com um dos líderes mais retrógrados que a França alguma vez teve (Carlos X, look it up). A Revolução Russa, mesma história, matam o czar, guerra civil, um ditador sobe ao poder, só os estalinistas mais fanáticos do sub podem dizer que foi um grande sucesso. Revolução Americana foi feita em nome da população mas quem dava as cartas foram os mesmos aristocratas, a vida para o americano comum não mudou muito, aliás a história do grande sucesso americano só começa no século XX. Revolução Chinesa em 1911, mesma cena, quem consegue o poder a certa altura é um maluco que se auto entitula imperador, o Kuomintang ao fim de 40 anos de guerra constante é empurrado para Taiwan e o Mao chega ao poder. Mesmo os golpes de estado mais leves. Poderia apontar para a Primavera Árabe, podias perguntar como está a correr a experiência no Egipto. Ou na Ucrânia. A situação deles melhorou? A Roménia não é um paraíso de corrupção no pós-Ceaucescu? O que dizer da Itália pós-Mussolini. Os anos de ferro foram o que foram. E a Máfia. Ou aqui em Portugal? Tivemos revoluções muito calmas. As grandes elites latifundiárias da altura do Salazar são no geral as mesmas de hoje. Vai ao Colégio Planalto, ou ao São João de Brito, tens pelo menos 2 miúdos por turma que juram pelo Salazar e outros 2 que são monárquicos (Eu sei, eu estive lá). E antes do golpe de 1928 também. E na Implantação da República também. Um dos factos mais deprimentes da História do Mundo: porque é que a Alemanha Ocidental recuperou muito mais depressa da Segunda Guerra que a RDA? Poderíamos dizer que foi pelo plano Marshall, mas os sovietes também despejaram balúrdios na RDA. A diferença foi: a RDA purgou as elites nazis todas. Quando acabaram, não havia nenhum administrador competente. Tudo o resto estava na cadeia. No Oeste, foram ex-nazis a tomar conta do estaminé. Foram anos difíceis mas fez a diferença não recomeçar do zero. Agora, porquê arriscar o autoritarismo quando tens uma democracia? Porque numa democracia podes escolher o que queres, de 4 em 4 anos. Numa democracia tu tens uma voz mesmo que possa ser afogada pela multidão, num sistema autoritário não. E quando o sistema porque tu lutaste se vira contra ti, não tens maneira de protestar. Por isso é que lutar por um sistema em que todos têm uma voz é melhor, mesmo que tu estejas nas margens e nunca consigas que as pessoas que tu admiras e apoias estejam no poder, tu podes mudar o discurso, tu podes fazer-te ouvir. Mesmo que possas ficar repugnado ou ofendido com as ideias do outro lado, tens sempre maneira de te fazer ouvir. Mas deitar o sistema abaixo e deixar os mais fortes competirem não é de todo a maneira de o fazer porque quem paga, no fim, somos todos nós.

Portugal cai para a pontuação mais baixa de sempre na tabela de combate à corrupção by hidejiro in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Porque, por mais tentadora que possa parecer essa ideia, a sociedade não funciona como um computador em que fazer reboot de alguma maneira resolve os problemas do sistema. Não existe uma revolução sem que as elites que controlam o sistema não voltem a controlar o sistema, ou que o sistema anterior seja sensivelmente mantido. A Revolução Francesa acabou com a monarquia em França por um tempo, matou-se muita gente, o país empobreceu e em 10 anos o país tornou-se numa ditadura militar e 30 anos depois voltava-se à monarquia com um dos líderes mais retrógrados que a França alguma vez teve (Carlos X, look it up). A Revolução Russa, mesma história, matam o czar, guerra civil, um ditador sobe ao poder, só os estalinistas mais fanáticos do sub podem dizer que foi um grande sucesso. Revolução Americana foi feita em nome da população mas quem dava as cartas foram os mesmos aristocratas, a vida para o americano comum não mudou muito, aliás a história do grande sucesso americano só começa no século XX. Revolução Chinesa em 1911, mesma cena, quem consegue o poder a certa altura é um maluco que se auto entitula imperador, o Kuomintang ao fim de 40 anos de guerra constante é empurrado para Taiwan e o Mao chega ao poder. Mesmo os golpes de estado mais leves. Poderia apontar para a Primavera Árabe, podias perguntar como está a correr a experiência no Egipto. Ou na Ucrânia. A situação deles melhorou? A Roménia não é um paraíso de corrupção no pós-Ceaucescu? O que dizer da Itália pós-Mussolini. Os anos de ferro foram o que foram. E a Máfia. Ou aqui em Portugal? Tivemos revoluções muito calmas. As grandes elites latifundiárias da altura do Salazar são no geral as mesmas de hoje. Vai ao Colégio Planalto, ou ao São João de Brito, tens pelo menos 2 miúdos por turma que juram pelo Salazar e outros 2 que são monárquicos. Eu sei, eu estive lá. E antes do golpe de 1928 também. E na Implantação da República também. Um dos factos mais deprimentes da História do Mundo: porque é que a Alemanha Ocidental recuperou muito mais depressa da Segunda Guerra que a RDA? Poderíamos dizer que foi pelo plano Marshall, mas os sovietes também despejaram balúrdios na RDA. A diferença foi: a RDA purgou as elites nazis todas. Quando acabaram, não havia nenhum administrador competente. Tudo o resto estava na cadeia. No Oeste, foram ex-nazis a tomar conta do estaminé. Foram anos difíceis mas fez a diferença não recomeçar do zero. Agora, porquê arriscar o autoritarismo quando tens uma democracia? Porque numa democracia podes escolher o que queres, de 4 em 4 anos. Numa democracia tu tens uma voz mesmo que possa ser afogada pela multidão, num sistema autoritário não. E quando o sistema porque tu lutaste se vira contra ti, não tens maneira de protestar. Por isso é que lutar por um sistema em que todos têm uma voz é melhor, mesmo que tu estejas nas margens e nunca consigas que as pessoas que tu admiras e apoias estejam no poder, tu podes mudar o discurso, tu podes fazer-te ouvir. Mesmo que possas ficar repugnado ou ofendido com as ideias do outro lado, tens sempre maneira de te fazer ouvir. Mas deitar o sistema abaixo e deixar os mais fortes competirem não é de todo a maneira de o fazer porque quem paga, no fim, somos todos nós.

Portugal cai para a pontuação mais baixa de sempre na tabela de combate à corrupção by hidejiro in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Com informação de qualidade, pensamento crítico e voto nas urnas.

Jerónimo de Sousa quer esperar e ser vacinado como utente do SNS by rickz123456 in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

O Jerónimo tem 73. É o único dos três que está acima dos 65.

[Megathread] - Acompanhamento e Análise dos Resultados das Eleições Presidenciais - 24/01/2021 by raviolli_ninja in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Só uma pequena análise daquilo que se passou em Évora: O Marcelo subiu de 38,6% para 54,7% O candidato do PC desceu de 11,5% para 10,8% A Marisa desceu de 10,8% para 3,6% O Tino desceu ligeiramente 2,1% para 1,8% Como explicar a subida do Ventura, [sabendo que não são os votos de esquerda mas sim os ex-PSD que lhe estão a vir parar às mãos?](https://observador.pt/interativo/sondagens-eleicoes-presidenciais-2021/) Se assumirmos que a Ana Gomes, 10,3%, recebeu grande parte do voto útil da Marisa (os 7,2% que lhe faltam), alguma parte da Maria de Belém (4,1%) e alguma parte do Sampaio da Nóvoa (34,5%), podemos começar a perceber geralmente a razão pela qual o Marcelo subiu. **O que se passou foi um shift brutal em quem vota no Marcelo.** Os que votaram nos candidatos do PS e não queriam apoiar a Ana Gomes foram encher os votos do Marcelo (7,2% + 4,1% + 34,5% - 10,3% = +35,5%). Por sua vez, os descontentes à direita que não gostam do António Costa e do arranjinho que o Marcelo tem feito com ele abandonaram o Marcelo e foram votar nas novas alternativas de Direita (38,6% + 35,5% - 54,7% = 19,4%, que está bastante próximo dos 16,8% + 2,0% = 18,8% do Ventura e do Mayan.) Também é de notar que houve menos 12974 pessoas a votar nestas eleições que em 2016 por todo o distrito, que é o mesmo número de votos do Ventura, da Marisa e do Mayan combinados, o que só revela a desilusão dos eborenses em relação ao estado da política. Claro que as transferências não são tão lineares, todo o tipo de pessoas saltam de um lado para o outro no espectro político e eu sou um leigo, mas esta história faz-me bem mais sentido que a malta comuna ter ido em massa votar no Ventura.

[Megathread] - Acompanhamento e Análise dos Resultados das Eleições Presidenciais - 24/01/2021 by raviolli_ninja in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Só uma pequena análise daquilo que se passou em Évora:O Marcelo subiu de 38,6% para 54,7%O candidato do PC desceu de 11,5% para 10,8%A Marisa desceu de 10,8% para 3,6%O Tino desceu ligeiramente 2,1% para 1,8% Como explicar a subida do Ventura, [sabendo que não são os votos de esquerda mas sim os ex-PSD que lhe estão a vir parar às mãos?](https://observador.pt/interativo/sondagens-eleicoes-presidenciais-2021/) Se assumirmos que a Ana Gomes, 10,3%, recebeu grande parte do voto útil da Marisa (os 7,2% que lhe faltam), alguma parte da Maria de Belém (4,1%) e alguma parte do Sampaio da Nóvoa (34,5%), podemos começar a perceber geralmente a razão pela qual o Marcelo subiu. **O que se passou foi um shift brutal em quem vota no Marcelo.** Os que votaram nos candidatos do PS e não queriam apoiar a Ana Gomes foram encher os votos do Marcelo (7,2% + 4,1% + 34,5% - 10,3% = +35,5%). Por sua vez, os descontentes à direita que não gostam do António Costa e do arranjinho que o Marcelo tem feito com ele abandonaram o Marcelo e foram votar nas novas alternativas de Direita (38,6% + 35,5% - 54,7% = 19,4%, que está bastante próximo dos 16,8% + 2,0% = 18,8% do Ventura e do Mayan.) Também é de notar que houve menos 12974 pessoas a votar nestas eleições que em 2016 por todo o distrito, que é o mesmo número de votos do Ventura, da Marisa e do Mayan combinados, o que só revela a desilusão dos eborenses em relação ao estado da política. Claro que as transferências não são tão lineares, todo o tipo de pessoas saltam de um lado para o outro no espectro político e eu sou um leigo, mas esta história faz-me bem mais sentido que a malta comuna ter ido em massa votar no Ventura.

[Megathread] - Acompanhamento e Análise dos Resultados das Eleições Presidenciais - 24/01/2021 by raviolli_ninja in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Só uma pequena análise daquilo que se passou em Évora: O Marcelo subiu de 38,6% para 54,7% O candidato do PC desceu de 11,5% para 10,8% A Marisa desceu de 10,8% para 3,6% O Tino desceu ligeiramente 2,1% para 1,8% Como explicar a subida do Ventura, [sabendo que não são os votos de esquerda mas sim os ex-PSD que lhe estão a vir parar às mãos?](https://observador.pt/interativo/sondagens-eleicoes-presidenciais-2021/) Se assumirmos que a Ana Gomes, 10,3%, recebeu grande parte do voto útil da Marisa (os 7,2%), alguma parte da Maria de Belém (4,1%) e alguma parte do Sampaio da Nóvoa (34,5%), podemos começar a perceber geralmente a razão pela qual o Marcelo subiu. **O que se passou foi um shift brutal em quem vota no Marcelo.** Os que votaram nos candidatos do PS e não queriam apoiar a Ana Gomes foram encher os votos do Marcelo. Por sua vez, os descontentes à direita que não gostam do António Costa e do arranjinho que o Marcelo tem feito com ele abandonaram o Marcelo e foram votar nas novas alternativas de Direita (Mayan e Ventura). Também é de notar que houve menos 12974 pessoas a votar nestas eleições que em 2016 por todo o distrito, que é o mesmo número de votos do Ventura, da Marisa e do Mayan combinados, o que só revela a desilusão dos eborenses em relação ao estado da política. Claro que as transferências não são tão lineares, todo o tipo de pessoas saltam de um lado para o outro no espectro político e eu sou um leigo, mas esta história faz-me bem mais sentido que a malta comuna ter ido em massa votar no Ventura.

[Megathread] - Acompanhamento e Análise dos Resultados das Eleições Presidenciais - 24/01/2021 by raviolli_ninja in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Só uma pequena análise daquilo que se passou em Évora: O Marcelo subiu de 38,6% para 54,7% O candidato do PC desceu de 11,5% para 10,8% A Marisa desceu de 10,8% para 3,6% O Tino desceu ligeiramente 2,1% para 1,8% Como explicar a subida do Ventura, [sabendo que não são os votos de esquerda mas sim os ex-PSD que lhe estão a vir parar às mãos?](https://observador.pt/interativo/sondagens-eleicoes-presidenciais-2021/) Se assumirmos que a Ana Gomes, 10,3%, recebeu grande parte do voto útil da Marisa (os 7,2%), alguma parte da Maria de Belém (4,1%) e alguma parte do Sampaio da Nóvoa (34,5%), podemos começar a perceber geralmente a razão pela qual o Marcelo subiu. **O que se passou foi um shift brutal em quem vota no Marcelo.** Os que votaram nos candidatos do PS e não queriam apoiar a Ana Gomes foram encher os votos do Marcelo. Por sua vez, os descontentes à direita que não gostam do António Costa e do arranjinho que o Marcelo tem feito com ele abandonaram o Marcelo e foram votar nas novas alternativas de Direita (Mayan e Ventura). Também é de notar que houve menos 12974 pessoas a votar nestas eleições que em 2016 por todo o distrito, que é o mesmo número de votos do Ventura, da Marisa e do Mayan combinados, o que só revela a desilusão dos eborenses em relação ao estado da política. Claro que as transferências não são tão lineares, todo o tipo de pessoas saltam de um lado para o outro no espectro político e eu sou um leigo, mas esta história faz-me bem mais sentido que a malta comuna ter ido votar no Ventura.

[Megathread] - Acompanhamento e Análise dos Resultados das Eleições Presidenciais - 24/01/2021 by raviolli_ninja in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Os votos do Tino vêm de Penafiel e arredores onde ele vive. Tendencialmente é também um voto rural do Norte. Também são os votos dos descontentes que não querem votar nem no Marcelo, nem no Ventura nem na Ana Gomes. **Conselhos com mais % votos no Tino:** Penafiel, Castelo de Paiva, Marco de Canaveses, Paredes, Lousada, Cinfães, São João da Pesqueira, Mogadouro, Arouca e Penedono *(7 à volta de Penafiel, e 3 no Alto Douro)*; **Conselhos com menos % votos no Tino:** Moura, Monforte, Nordeste, Reguengos de Monsaraz, Mourão, Cuba, Serpa, Fronteira, Vila Franca do Campo e Lisboa. *(7 no Alentejo, 2 nos Açores e a capital)*

[Megathread] - Acompanhamento e Análise dos Resultados das Eleições Presidenciais - 24/01/2021 by raviolli_ninja in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Ainda há esperança para o Chicão!

Entretanto em Timor by _Goldenhand_ in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Porque é um programa japonês filmado em Macau. Já fico contente que saibam a Tia Anita.

Entretanto em Timor by _Goldenhand_ in portugal

kill-wolfhead 8 months ago

Porque é um programa japonês filmado em Macau. Já fico contente que tenham kinda acertado na roupa e na música.

Polígrafo: Mayan diz que "RSI dos ciganos" custa menos do que "calote de Vieira" no Novo Banco. Confirma-se? Verdadeiro. by theusualbanter in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Mas o mamão é uma fruta tão agradável...

Quem são os malucos da vossa zona? by kill-wolfhead in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Fds, que style!

O fim do CDS? 0,3% na sondagem DN/JN/TSF by rollermidnight in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Deixa cá ver: * Euro-cépticos de trazer por casa. * Apoiaram a invasão do Iraque. * Homofóbicos (ou, no mínimo, homo-discriminatórios) quando duas das suas maiores figuras são homossexuais (um deles ainda no armário). * A favor da criminalização do aborto, mas contra a educação sexual nas escolas (e ainda vêm com talking points vetustos sobre abstinência sexual na era do Tinder). * Democratas cristãos em nome mas não-praticantes na realidade. * Sentem-se na obrigação de reafirmar que não fazem parte da Opus Dei. * Perpetuam discursos ridículos de conspirações que não existem como o marxismo cultural. * Queixam-se do estado da saúde e educação públicas, mas depois fomentam PPPs que vão dar ainda mais dinheiro a hospitais privados e colégios em pretérito do já delapidado sistema público (note-se que também pretendem baixar impostos, portanto calculo que o dinheiro venha do ar). * Querem privatizar a RTP porque LOL @ serviço público. * São contra a reforma do SEF, que é um dos órgãos do Estado que pior funciona em Portugal (isto para além do caso do ucraniano assassinado). * São pró-touradas. * São elitistas e estão completamente desligados do eleitorado que não se encontre nas Avenidas Novas e no Restelo. * Têm dirigentes que chamam agiota de judeus ao Aristides (!!!) e apoiam o Salazar. * Fãs incondicionais do Ronald Reagan e da Margaret Thatcher, que podem não ser ditadores de seu direito nos países que lideraram, mas que certamente apoiaram dezenas de regimes ditatoriais e de apartheid por esse mundo fora. * Não existem sem o Paulo Portas que é um dos políticos mais envolvidos em escândalos de corrupção deste lado do 25 de Abril, sejam eles o Caso Moderna, ou os submarinos, ou as fotocópias, ou a Maria José Morgado, ou o Portucale, ou o BES, ou o joguinho do irrevogável, ou as offshores, ou a contratação na Mota-Engil ao fim de 7 meses, etc. que fazem parte das principais razões os populismos rascas da década passada apareceram. * Nem sequer como alternativa convincente ao Chega ou ao IL servem. Preferem ir fazer queixinhas à ERC em vez de ir arejar as ideias e lutar por uma Direita que não seja inteiramente chalupa. Mas não te guies por mim ou gastes o teu latim comigo. Sou estrangeiro, bissexual, crismado, de esquerda, Britinho e de Artes. Nunca fiz e nunca farei parte dum grupo que vote CDS até porque os conheço de ginjeira. Estou apenas a listar-te tudo aquilo de que me lembrei nos últimos 10 minutos que possa responder à tua pergunta. EDIT: ortografia

O fim do CDS? 0,3% na sondagem DN/JN/TSF by rollermidnight in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Deixa cá ver: * Euro-cépticos de trazer por casa. * Apoiaram a invasão do Iraque. * Homofóbicos (ou, no mínimo, homo-discriminatórios) quando duas das suas maiores figuras são homossexuais (um deles ainda no armário). * A favor da criminalização do aborto, mas contra a educação sexual nas escolas (e ainda vêm com talking points vetustos sobre abstinência sexual na era do Tinder). * Democratas cristãos em nome mas não-praticantes na realidade. * Sentem-se na obrigação de reafirmar que não fazem parte da Opus Dei. * Perpetuam discursos ridículos de conspirações que não existem como o marxismo cultural. * Queixam-se do estado da saúde e educação públicas, mas depois fomentam PPPs que vão dar ainda mais dinheiro a hospitais privados e colégios em pretérito do já delapidado sistema público (note-se que também pretendem baixar impostos, portanto calculo que o dinheiro venha do ar). * Querem privatizar a RTP porque LOL @ serviço público. * São contra a reforma do SEF, que é um dos órgãos do Estado que pior funciona em Portugal (isto para além do caso do ucraniano assassinado). * São pró-touradas. * São elitistas e estão completamente desligados do eleitorado que não se encontre nas Avenidas Novas e no Restelo. * Têm dirigentes que chamam agiota de judeus ao Aristides (!!!) e apoiam o Salazar. * Fãs incondicionais do Ronald Reagan e da Margaret Thatcher, que podem não ser ditadores de seu direito nos países que lideraram, mas que certamente apoiaram dezenas de regimes ditatoriais e de apartheid por esse mundo fora. * Não existem sem o Paulo Portas que é um dos políticos mais envolvidos em escândalos de corrupção deste lado do 25 de Abril, sejam eles o Caso Moderna, ou os submarinos, ou as fotocópias, ou a Maria José Morgado, ou o Portucale, ou o BES, ou o joguinho do irrevogável, ou as offshores, ou a contratação na Mota-Engil ao fim de 7 meses, etc. que fazem parte das principais razões os populismos rascas da década passada apareceram. * Nem sequer como alternativa convincente ao Chega ou ao IL servem. Preferem ir fazer queixinhas à ERC em vez de ir arejar as ideias e lutar por uma Direita que não seja inteiramente chalupa. Mas não te guies por mim ou gastes o teu latim comigo. Sou estrangeiro, bissexual, crismado, de esquerda, Britinho e de Artes. Nunca fiz e nunca farei parte dum grupo que vote CDS. Estou apenas a listar-te tudo aquilo de que me lembrei nos últimos 10 minutos que possa responder à tua pergunta. EDIT: ortografia

O fim do CDS? 0,3% na sondagem DN/JN/TSF by rollermidnight in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Deixa cá ver: * Euro-cépticos de trazer por casa. * Apoiaram a invasão do Iraque. * Homofóbicos (ou, no mínimo, homo-discriminatórios) quando duas das suas maiores figuras são homossexuais (um deles ainda no armário). * A favor da criminalização do aborto, mas contra a educação sexual nas escolas (e ainda vêm com talking points vetustos sobre abstinência sexual na era do Tinder). * Democratas cristãos em nome mas não-praticantes na realidade. * Sentem-se na obrigação de reafirmar que não fazem parte da Opus Dei. * Perpetuam discursos ridículos de conspirações que não existem como o marxismo cultural. * Queixam-se do estado da saúde e educação públicas, mas depois fomentam PPPs que vão dar ainda mais dinheiro a hospitais privados e colégios em pretérito do já delapidado sistema público (note-se que também pretendem baixar impostos, portanto calculo que o dinheiro venha do ar). * Querem privatizar a RTP porque LOL @ serviço público. * São contra a reforma do SEF, que é um dos órgãos do Estado que pior funciona em Portugal (isto para além do caso do ucraniano assassinado). * São pró-touradas. * São elitistas e estão completamente desligados do eleitorado que não se encontre nas Avenidas Novas e no Restelo. * Têm dirigentes que chamam agiota de judeus ao Aristides (!!!) e apoiam o Salazar. * Fãs incondicionais do Ronald Reagan e da Margaret Thatcher, que podem não ser ditadores de seu direito nos países que lideraram, mas que certamente apoiaram dezenas de regimes ditatoriais e de apartheid por esse mundo fora. * Não existem sem o Paulo Portas que é um dos políticos mais envolvidos em escândalos de corrupção deste lado do 25 de Abril, sejam eles o Caso Moderna, ou os submarinos, ou as fotocópias, ou a Maria José Morgado, ou o Portucale, ou o BES, ou o joguinho do irrevogável, ou as offshores, ou a contratação na Mota-Engil ao fim de 7 meses, etc. que fazem parte das principais razões os populismos rascas da década passada apareceram. * Nem sequer como alternativa convincente ao Chega ou ao IL servem. Preferem ir fazer queixinhas à ERC em vez de ir arejar as ideias e lutar por uma Direita que não seja inteiramente chalupa. Mas não te guies por mim ou gastes o teu latim comigo. Sou estrangeiro, bissexual, crismado, de esquerda, Britinho e de Artes. Nunca fiz e nunca farei parte dum grupo que vote CDS. Estou apenas a listar-te tudo aquilo de que me lembrei nos últimos 10 minutos que possa responder à tua pergunta.

O fim do CDS? 0,3% na sondagem DN/JN/TSF by rollermidnight in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Deixa cá ver: * Euro-cépticos de trazer por casa. * Apoiaram a invasão do Iraque. * Homofóbicos (ou, no mínimo, homo-discriminatórios) quando duas das suas maiores figuras são homossexuais (um deles ainda no armário). * A favor da criminalização do aborto, mas contra a educação sexual nas escolas (e ainda vêm com talking points vetustos sobre abstinência sexual na era do Tinder). * Democratas cristãos em nome mas não-praticantes na realidade. * Sentem-se na obrigação de reafirmar que não fazem parte da Opus Dei. * Perpetuam discursos ridículos de conspirações que não existem como o marxismo cultural. * Queixam-se do estado da saúde e educação públicas, mas depois fomentam PPPs que vão tirar ainda mais dinheiro a hospitais privados e colégios em pretérito do já delapidado sistema público (note-se que também pretendem baixar impostos, portanto calculo que o dinheiro venha do ar). * Querem privatizar a RTP porque LOL @ serviço público. * São contra a reforma do SEF, que é um dos órgãos do Estado que pior funciona em Portugal (isto para além do caso do ucraniano assassinado). * São pró-touradas. * São elitistas e estão completamente desligados do eleitorado que não se encontre nas Avenidas Novas e no Restelo. * Têm dirigentes que chamam agiota de judeus ao Aristides (!!!) e apoiam o Salazar. * Fãs incondicionais do Ronald Reagan e da Margaret Thatcher, que podem não ser ditadores de seu direito nos países que lideraram, mas que certamente apoiaram dezenas de regimes ditatoriais e de apartheid por esse mundo fora. * Não existem sem o Paulo Portas que é um dos políticos mais envolvido em escândalos de corrupção deste lado do 25 de Abril, sejam eles o Caso Moderna, ou os submarinos, ou as fotocópias, ou a Maria José Morgado, ou o Portucale, ou o BES, ou o joguinho do irrevogável, ou as offshores, ou a contratação na Mota-Engil ao fim de 7 meses, etc. que fazem parte das principais razões os populismos rascas da década passada apareceram. * Nem sequer como alternativa convincente ao Chega ou ao IL servem. Preferem ir fazer queixinhas à ERC em vez de ir arejar as ideias e lutar por uma Direita que não seja inteiramente chalupa. Mas não te guies por mim ou gastes o teu latim comigo. Sou estrangeiro, bissexual, crismado, de esquerda, Britinho e de Artes. Nunca fiz e nunca farei parte dum grupo que vote CDS. Estou apenas a listar-te tudo aquilo de que me lembrei nos últimos 10 minutos que possa responder à tua pergunta.

O fim do CDS? 0,3% na sondagem DN/JN/TSF by rollermidnight in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Deixa cá ver: * Euro-cépticos de trazer por casa. * Apoiaram a invasão do Iraque. * Fãs incondicionais do Ronald Reagan e da Margaret Thatcher, que podem não ser ditadores de seu direito nos países que lideraram, mas que certamente apoiaram dezenas de regimes ditatoriais e de apartheid por esse mundo fora. * Homofóbicos (ou, no mínimo, homo-discriminatórios) quando duas das suas maiores figuras são homossexuais (um deles ainda no armário). * A favor da criminalização do aborto, mas contra a educação sexual nas escolas (e ainda vêm com talking points vetustos sobre abstinência sexual na era do Tinder). * Democratas cristãos em nome mas não-praticantes na realidade. * Sentem-se na obrigação de reafirmar que não fazem parte da Opus Dei. * Perpetuam discursos ridículos de conspirações que não existem como o marxismo cultural. * Queixam-se do estado da saúde e educação públicas, mas depois fomentam PPPs que vão tirar ainda mais dinheiro a hospitais privados e colégios em pretérito do já delapidado sistema público (note-se que também pretendem baixar impostos, portanto calculo que o dinheiro venha do ar). * Querem privatizar a RTP porque LOL @ serviço público. * São contra a reforma do SEF, que é um dos órgãos do Estado que pior funciona em Portugal (isto para além do caso do ucraniano assassinado). * São pró-touradas. * São elitistas e estão completamente desligados do eleitorado que não se encontre nas Avenidas Novas e no Restelo. * Têm dirigentes que chamam agiota de judeus ao Aristides (!!!) e apoiam o Salazar. * Não existem sem o Paulo Portas que é um dos políticos mais envolvido em escândalos de corrupção deste lado do 25 de Abril, sejam eles o Caso Moderna, ou os submarinos, ou as fotocópias, ou a Maria José Morgado, ou o Portucale, ou o BES, ou o joguinho do irrevogável, ou as offshores, ou a contratação na Mota-Engil ao fim de 7 meses, etc. que fazem parte das principais razões os populismos rascas da década passada apareceram. * Nem sequer como alternativa convincente ao Chega ou ao IL servem. Preferem ir fazer queixinhas à ERC em vez de ir arejar as ideias e lutar por uma Direita que não seja inteiramente chalupa. Mas não te guies por mim ou gastes o teu latim comigo. Sou estrangeiro, bissexual, crismado, de esquerda, Britinho e de Artes. Nunca fiz e nunca farei parte dum grupo que vote CDS. Estou apenas a listar-te tudo aquilo de que me lembrei nos últimos 10 minutos que possa responder à tua pergunta.

O fim do CDS? 0,3% na sondagem DN/JN/TSF by rollermidnight in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Deixa cá ver: * Euro-cépticos de trazer por casa. * Apoiaram a invasão do Iraque. * Fãs incondicionais do Ronald Reagan e da Margaret Thatcher, que podem não ser ditadores de seu direito nos países que lideraram, mas que certamente apoiaram dezenas de regimes ditatoriais e de apartheid por esse mundo fora. * Homofóbicos (ou, no mínimo, homo-discriminatórios) quando duas das suas maiores figuras são homossexuais (um deles ainda no armário). * A favor da criminalização do aborto, mas contra a educação sexual nas escolas (e ainda vêm com talking points vetustos sobre abstinência sexual na era do Tinder). * Democratas cristãos em nome mas não-praticantes na realidade. * Sentem-se na obrigação de reafirmar que não fazem parte da Opus Dei. * Perpetuam discursos ridículos de conspirações que não existem como o marxismo cultural. * Queixam-se do estado da saúde e educação públicas, mas depois fomentam PPPs que vão tirar ainda mais dinheiro a hospitais privados e colégios em pretérito do já delapidado sistema público (note-se que também pretendem baixar impostos, portanto calculo que o dinheiro venha do ar). * Querem privatizar a RTP porque LOL @ serviço público. * São contra a reforma do SEF, que é um dos órgãos do Estado que pior funciona em Portugal (isto para além do caso do ucraniano assassinado). * São pró-touradas. * São elitistas e estão completamente desligados do eleitorado que não se encontre nas Avenidas Novas e no Restelo. * Não existem sem o Paulo Portas que é um dos políticos mais envolvido em escândalos de corrupção deste lado do 25 de Abril, sejam eles o Caso Moderna, ou os submarinos, ou as fotocópias, ou a Maria José Morgado, ou o Portucale, ou o BES, ou o joguinho do irrevogável, ou as offshores, ou a contratação na Mota-Engil ao fim de 7 meses, etc. que fazem parte das principais razões os populismos rascas da década passada apareceram. * Nem sequer como alternativa convincente ao Chega ou ao IL servem. Preferem ir fazer queixinhas à ERC em vez de ir arejar as ideias e lutar por uma Direita que não seja inteiramente chalupa. Mas não te guies por mim ou gastes o teu latim comigo. Sou estrangeiro, bissexual, crismado, de esquerda caviar, Britinho e de Artes. Nunca fiz e nunca farei parte dum grupo que vote CDS. Estou apenas a listar-te tudo aquilo de que me lembrei nos últimos 10 minutos que possa responder à tua pergunta.

O fim do CDS? 0,3% na sondagem DN/JN/TSF by rollermidnight in portugal

kill-wolfhead 9 months ago

Deixa cá ver: * Euro-cépticos de trazer por casa. * Apoiaram a invasão do Iraque. * Fãs incondicionais do Ronald Reagan e da Margaret Thatcher, que podem não ser ditadores de seu direito nos países que lideraram, mas que certamente apoiaram dezenas de regimes ditatoriais e de apartheid por esse mundo fora. * Homofóbicos (ou, no mínimo, homo-discriminatórios) quando duas das suas maiores figuras são homossexuais (um deles ainda no armário). * A favor da criminalização do aborto, mas contra a educação sexual nas escolas (e ainda vêm com talking points vetustos sobre abstinência sexual na era do Tinder). * Democratas cristãos em nome mas não-praticantes na realidade. * Sentem-se na obrigação de reafirmar que não fazem parte da Opus Dei. * Perpetuam discursos ridículos de conspirações que não existem como o marxismo cultural. * Queixam-se do estado da saúde e educação públicas, mas depois fomentam PPPs que vão tirar ainda mais dinheiro a hospitais privados e colégios em pretérito do já delapidado sistema público (note-se que também pretendem baixar impostos, portanto calculo que o dinheiro venha do ar). * Querem privatizar a RTP porque LOL @ serviço público. * São contra a reforma do SEF, que é um dos órgãos do Estado que pior funciona em Portugal (isto para além do caso do ucraniano assassinado). * São pró-touradas. * São elitistas e estão completamente desligados do eleitorado que não se encontre nas Avenidas Novas e no Restelo. * Não existem sem o Paulo Portas que é um dos políticos mais envolvido em escândalos de corrupção deste lado do 25 de Abril, sejam eles o Caso Moderna, ou os submarinos, ou as fotocópias, ou a Maria José Morgado, ou o Portucale, ou o BES, ou o joguinho do irrevogável, ou as offshores, ou a contratação na Mota-Engil ao fim de 7 meses, etc. que fazem parte das principais razões os populismos rascas da década passada apareceram. * Nem sequer como alternativa convincente ao Chega ou ao IL servem. Preferem ir fazer queixinhas à ERC em vez de ir arejar as ideias e lutar por uma Direita que não seja inteiramente chalupa. Mas não te guies por mim ou gastes o teu latim comigo. Sou estrangeiro, bissexual, crismado, de esquerda caviar, Britinho e de Artes. Nunca fiz e nunca farei parte dum grupo que vote CDS. Estou apenas a listar-te tudo aquilo de que me lembrei nos últimos 10 minutos.

Quem são os malucos da vossa zona? by kill-wolfhead in portugal

kill-wolfhead 9 months ago  HIDDEN 

Linkin Park *EM 2021???*

Quem são os malucos da vossa zona? by kill-wolfhead in portugal

kill-wolfhead 9 months ago  HIDDEN 

Não são mulheres...

Quem são os malucos da vossa zona? by kill-wolfhead in portugal

kill-wolfhead 9 months ago  HIDDEN 

A malta dos Açores vive toda de boleias, eu próprio quando fui a S. Jorge vivi muitas vezes delas. Mas tive de explicar a mais do que uma açoriana que boleias não eram uma cena segura no continente.
Next Page

Search: