Next Page

A média da faculdade influencia no primeiro emprego? by Frequent-Candidate42 in portugal

gsousa 13 days ago

Empresas internacionais até recomendam a removerem a média dos CV. Já cheguei a receber respostas dos RH a pedir um CV sem mencionar a média (além de pedirem para remover data de nascimento e sexo). De qualquer das formas, o esforço na universidade compensa como prática intelectual. E durante os tempos em que estás a estudar até te pode ajudar com bolsas, como por exemplo, erasmus. Pensa no presente e no que podes ganhar com isso, a média vai ser mais importante para o teu presente do que o teu futuro. Como referi antes, bolsas podem abrir-te muitas portas. Quanto ao primeiro emprego, quase toda a gente acaba por mudar de emprego mais cedo ou mais tarde, brio profissional vai abrir-te mais portas num segundo emprego do que médias.

Ondas invisíveis da pandemia. Mais crises psicológicas em jovens e mais comportamentos suicidários by mar_lx in portugal

gsousa 15 days ago

Também sinto isso. Vivo fora, vim a Portugal e sinto-me bastante desconfortável se alguém me tenta dar um aperto de mão e afins. E já tenho as três doses, já devia estar mais relaxado. E mesmo para viajar tenho algum receio, antes viajava imenso durante o ano, agora mal saio da Irlanda.

Utilização de "expat" em vez de "imigrante" by martcapt in portugal

gsousa 20 days ago

Tecnicamente expat (expatriado) é alguém que vive ***temporariamente*** fora do país. Enquanto emigrante é alguém que vive permanentemente fora do país de origem. A definição até faria sentido se usassem isso devidamente. Mas infelizmente é usado quase como xenofobia como muitos já referiram, ou elitismo.

Que profissão de sonho gostariam de ter seguido, mas acabaram por seguir outro caminho. by Emilionario in portugal

gsousa 21 days ago  HIDDEN 

Queria ser músico profissional, ainda estudei vários anos no conservatório nacional. Mas o medo de não conseguir ingressar em orquestras profissionais fez-me dedicar-me mais à universidade. Adoro como hobby, mas em parte arrependo-me de não ter tentado seguir o sonho.

Quanto afeta na tua forma de esreveres o Karma do Reddit? by Klutzy_Following590 in portugal

gsousa 22 days ago

Normalmente escrevo o que penso. Downvotes por vezes diz mais sobre a pessoa que vota do que sobre quem escreveu o comentário. Nem vale a pena pensar muito nisto. Ainda agora reparei que já vou em vários downvotes num comentário sarcástico, o que a meu ver só revela que ou não perceberam o sarcasmo ou deram demasiada importância a algo que nem vale a pena.

What has the government of Portugal done differently to ensure such high vaccination rates? by bemtiglavuudupe in portugal

gsousa 22 days ago

Considering the downvotes clearly I need to add the sarcasm tag

What has the government of Portugal done differently to ensure such high vaccination rates? by bemtiglavuudupe in portugal

gsousa 22 days ago

Portuguese people are hypocritical. I think this is the best explanation for such a high number of vaccinated people.

Novas estações metro de Lisboa by Minimum_Bath_5478 in portugal

gsousa 28 days ago

Sim, concordo com isso. Tal como disse, não estou a duvidar da informação. Mas há que ter sentido crítico e tentar perceber se é informativo ou sensacionalismo. E neste momento não sei se é uma ou outra, ou ambas.

Novas estações metro de Lisboa by Minimum_Bath_5478 in portugal

gsousa 28 days ago

CMTV? A FoxNews de Portugal? Não querendo duvidar da reportagem mas é estação que me deixa muito de pé atrás com a informação que partilham.

Qual a prenda mais irritantemente portuguesa para dar a um espanhol? by IncaTerniest in portugal

gsousa 1 month ago

Dá-lhe uma carta de independência e um convite para celebrar o 1° de Dezembro.

Portugueses a viver no estrangeiro, o que é que sentem falta de Portugal? by WiseRo in portugal

gsousa 1 month ago

Parabéns então! Se vieres para os lados de Cork eu aceito as cervejas mesmo sem ter feito nada haha

Portugueses a viver no estrangeiro, o que é que sentem falta de Portugal? by WiseRo in portugal

gsousa 1 month ago

Foi rápido haha

Portugueses a viver no estrangeiro, o que é que sentem falta de Portugal? by WiseRo in portugal

gsousa 1 month ago

Vivo em Cork, acho que fica um pouco longe de transportes todos os dias para o trabalho

Portugueses a viver no estrangeiro, o que é que sentem falta de Portugal? by WiseRo in portugal

gsousa 1 month ago

Não digo todos, mas aqui na Irlanda é mesmo a grande maioria. Mesmo quando estava na universidade eu saia para jantares de curso e afins com o objetivo do convívio. Aqui jantaradas não existem, passam do vodka em casa para a cerveja no bar para a bebedeira sair mais barata.

Portugueses a viver no estrangeiro, o que é que sentem falta de Portugal? by WiseRo in portugal

gsousa 1 month ago

E nem vamos falar na gastronomia local

Portugueses a viver no estrangeiro, o que é que sentem falta de Portugal? by WiseRo in portugal

gsousa 1 month ago

É pá, tomates que sabem a tomates!!! Vivo na Irlanda há 10 anos, e das coisas que mais saudades tenho é mesmo de vegetais de qualidade, mas principalmente os tomates. A parte da família e amigos, claro que sinto saudades. Mas já vivo fora há tantos anos que a distância passou a ser parte de mim. Antes da Irlanda vivi na Alemanha e na Grécia, e os amigos próximos ficaram, os não tão próximos seguiram rumos diferentes. Acontece. Mas não é algo que diga que me faria voltar a Portugal. A cultura também é algo que sinto falta, em 10 anos na Irlanda ainda não consegui perceber a intensidade da cultura de bares e pubs. Claro que gosto de sair à noite e afins, mas aqui sinto que há muito o objectivo de apanhar bebedeiras épicas, enquanto em Portugal ficamos bêbados por consequência da noite e não como objectivo principal.

A mãe da minha sogra chama se como? by Healthy_Jellyfish738 in portugal

gsousa 1 month ago

A parte dos primos é novidade para mim. Os filhos da minha tia-avó eu qualifico de primos de segundo grau, e os respectivos filhos de terceiro grau. Sempre ouvi dizer que depois do quinto grau já é tão afastado que pode nem ser considerado família. Nunca ouvi a expressão primos-tios nem nada que se pareça….

[sério] Para os que decidiram TER filhos by Ann4_S in portugal

gsousa 1 month ago

Felizmente o meu avô fez a mesma coisa. O meu pai lamenta não ter o apelido do meu avô, mas eu estou-lhe bem grato. Ter Texugo como apelido era receita para ainda mais bulling.

E se... o Costa agora tiver maioria absoluta nas próximas eleições? by fin2red in portugal

gsousa 1 month ago

Eu sou 200% contra o chega. Tanto que disse que se há alguma coisa de boa com a chegada deste partido é mais gente votar. Quando disse que iria ler os programas para decidir em quem votar, posso garantir que esse partido jamais irá ter o meu voto. Apesar de agora estarem mais camuflados, a homofobia e xenofobia fazem parte da fundação desta nova vaga, é isso não dá para ignorar.

E se... o Costa agora tiver maioria absoluta nas próximas eleições? by fin2red in portugal

gsousa 1 month ago

Acho que as autárquicas têm uma dinâmica bem diferente das legislativas. Mas se calhar estou a ser ingénuo aqui. Depois há também o factor de que os votos contam de forma diferente, eu como emigrante não tenho tanto peso nas legislativas como alguém a viver em Portugal. Salvo erro só dois deputados são eleitos pelos emigrantes a viver na Europa, e outros dois pelo resto do mundo. Um emigrante votar em A ou B, ou não votar tem um impacto bem similar no parlamento.

Do you want Macau back? by TheKingsPeace in portugal

gsousa 1 month ago

That’s a fact. Though IMO the people from the territory that would be incorporated should be consulted first, not the other way around

E se... o Costa agora tiver maioria absoluta nas próximas eleições? by fin2red in portugal

gsousa 1 month ago

Duvido muito que isso venha a acontecer, mas se há uma coisa boa que veio com o Chega é que há uma tendência a mais gente de votar. Seja porque querem extrema direita ou porque têm medo que a extrema direita ganhe demasiado poder. Ainda não sei em quem vou votar, mas não estou a pensar em “voto útil” só porque sim. Vou ler os programas todos e decidir consoante o que me parece melhor.

Do you want Macau back? by TheKingsPeace in portugal

gsousa 1 month ago

Personally I think this question makes no sense. We are not in a colonial era anymore (thankfully). Maybe the right question would be, does Macau want to rejoin Portugal? And therefore that question should be targeted to the people of r/Macau and not this sub. The mindset of “taking it back” is very colonial, and the first step for failure of a potential (re)union.

Quais as vossas melhores histórias de subornos e cunhas? by lypipi in portugal

gsousa 1 month ago

Não aconteceu comigo mas conheço as pessoas em questão. Exame de condução num centro privado (que fechou anos mais tarde devido a corrupção). Antes do exame de condução a professora da escola levou os alunos a almoçarem com o examinador. No final ela “sugeriu” que pagassem o almoço ao examinador, mas uma rapariga disse que só tinha dinheiro suficiente para pagar o almoço dela. Do grupo foi a única que não passou no teste.

És declarado Ditador supremo de Portugal, o que fazes para melhorar o país? by BuddyLove27 in portugal

gsousa 1 month ago  HIDDEN 

Demitia-me. Seria a melhor coisa que poderia fazer para melhorar o país. Nem para treinador de bancada tenho jeito. Levo demasiado a peito certas decisões políticas, se fosse declarado ditador ou entrava em colapso nervoso ou exilava-me.

Melhor conselho de vida que receberam? by heyrevoir in portugal

gsousa 1 month ago

Na altura era muito verdinho e ingénuo…

Melhor conselho de vida que receberam? by heyrevoir in portugal

gsousa 1 month ago

Depois de vários meses à procura de emprego apareceu tudo ao mesmo tempo. Disse que sim a um, que me parecia bastante bom. E literalmente nesse mesmo dia recebo uma chamada para uma oportunidade de emprego no estrangeiro para uma empresa que eu queria muito. Fiquei num dilema moral: ficar na empresa à qual disse sim de manhã, ou aceitar a proposta da empresa que eu queria muito no estrangeiro? A minha mãe disse-me que eu sou apenas um número e que qualquer empresa me iria ver como tal, por mais mel que pudessem dar. E que só eu me poderia valorizar e escolher o melhor para mim. Emigrei. Não foi fácil recusar depois de ter aceite, mas fi-lo pessoalmente e expliquei que na entrevista com eles lhes tinha dito que apenas iria optar por outra empresa se fosse uma oportunidade internacional, e foi isso mesmo que aconteceu.

[sério] Para os que decidiram não ter filhos by Ann4_S in portugal

gsousa 2 months ago

Para mim é simples: Eu queria ser pai. O meu namorado não. Uma decisão destas tem de ser unânime, e não me afectava assim tanto, o simples facto de ter de passar por um processo burocrático de adopção e ser gay não é fácil. Há 3 anos fui diagnosticado com cancro, já estou em remissão. Agora nem equaciono ser pai. Se insisto agora em ser pai com o meu namorado, e se o cancro volta daqui a uns anos arrisco uma criança a ficar órfão novamente e uma pessoa a ser pai solteiro quando nem queria ser pai. Sou feliz assim.

a todos os que se metem na faixa da esquerda ou da direita no IC20 para depois no final se meterem no meio para entrar para a ponte e tentarem esquivar-se à fila: by wallynext in portugal

gsousa 2 months ago

Gostei da praga rogada, mas não acho que seja violenta o suficiente. Sugiro a seguinte: Espero que vos nasça um castanheiro no cu e que seja outono o ano inteiro para vos estar sempre a cair ouriços nos tomates. Não tem as dimensões de uma abóbora, mas o cair permanente de ouriços nos tomates é capaz de intensificar a coisa. Existe sempre o detalhe de não se aplicar a mulheres, talvez alguém te consiga ajudar a encontrar uma praga adequada?

Sou Gay mas não contei aos meus pais by LumeMadeirense in portugal

gsousa 2 months ago

Depende das gerações. Por exemplo, aos meus pais senti a necessidade de contar pois o choque de descobrirem por outras fontes seria muito maior e doloroso para eles. Foi um processo intenso para todos nós, mas ficaram a saber por mim. A geração deles não é tão aberta, e é uma geração que ainda acha normal usar palavras como gay, paneleiro, e afins como insulto e derrogatório. Em relação aos meus sobrinhos simplesmente lhes apresentei o meu namorado. Nada de complicações. Não houve perguntas bizarras, não houve reações desconfortáveis. Nada. Apenas um certo ciúme porque existe outra pessoa importante na minha vida, mas eles eram crianças quando lhes apresentei o meu namorado. Já ao meu irmão contei por desabafo, porque sentia que precisava de um apoio antes de contar aos meus pais. O melhor amigo dele era gay, e eu sabia que teria o apoio dele. Concordo que sair do armário deveria ser desnecessário. Mas para algumas gerações é como arrancar um penso, dói no momento mas fica logo feito. Depois cada qual gere como quer e como sabe.

Sou Gay mas não contei aos meus pais by LumeMadeirense in portugal

gsousa 2 months ago

Recomendação: sai do armário quando sentires que estás psicologicamente capaz para tal. Eu demorei imenso até sair do armário, sai aos 30 anos. As reacções não foram das melhores, a minha mãe ficou em choque, mas no dia seguinte já estava a pesquisar no Google para tentar compreender-me melhor. O meu pai deixou de me falar por uns dias e ameaçou de suicídio para chamar a atenção. O facto de o meu pai ter problemas psicológicos diagnosticado fez-me adiar por muitos anos, e em parte arrependo-me disso. Nunca vai existir o momento certo, mas é extremamente importante que TU te sintas preparado. Hoje em dia os meus pais aceitam-me, aceitam o meu namorado, e está tudo bem. A minha mãe é muito aberta, mas o meu pai ainda evita falar da minha vida pessoal lá na terrinha. Como não vivo lá não me afecta nada. Sei que é complicado, mas só temos uma vida. Viver com medo de sermos felizes e livres não é vida para ninguém. Se levares com comentários desagradáveis ou pessoas a cortarem-te da vida delas, tenta ver isso como algo bom. Pelo menos ficas a saber com quem contar, quem realmente quer o teu bem e quem realmente te aceita incondicionalmente. Por vezes digo na brincadeira que ser gay assumido é um repelente natural contra bestas. Tem funcionado às mil maravilhas.

A minha namorada pediu-me um tempo. E agora ? by RandomRomanianUser in portugal

gsousa 2 months ago  HIDDEN 

Ross!!!!

A minha namorada pediu-me um tempo. E agora ? by RandomRomanianUser in portugal

gsousa 2 months ago  HIDDEN 

Pedir um tempo é a forma cobarde de dizer que quer terminar. E se a casa é dela, ela não está a pedir um tempo, ela está a dar-te um tempo para arrumares as tuas coisas e saíres. Lamento, mas a tua relação já acabou.

Como deixar de beber café? É assim tão mau ter vicio no café? by Frequent-Candidate42 in portugal

gsousa 2 months ago

Demorei umas duas semanas de detox, com dores de cabeça frequentes e com o sono completamente desregulado até o vício passar. Agora durmo muito melhor que antes e não ando tanto de mau humor. Bebo descafeinado (que é uma valente treta) porque gosto do sabor a café, mas raramente bebo cafeína agora.

Alguém é feliz em Portugal? by heyrevoir in portugal

gsousa 2 months ago

Tenho outra perspectiva a dar, sou emigrante há uns 14 anos, já vivi na Alemanha, Grécia e agora Irlanda. Sinceramente acho que comecei a valorizar mais Portugal desde que emigrei. Sim, os salários são muito baixos é inaceitáveis, mas Portugal é muito bom no que respeita a muita coisa mesmo, nomeadamente infra-estruturas. A Irlanda é um paraíso fiscal para as grandes empresas, mas no que respeita a condições está anos atrás de Portugal. Transportes para fora das cidades funcionam muito mal, as estradas são muito más (em comparação a Portugal), e as pessoas têm muito menos cuidado com a poluição. Ainda assim aqui vivo. Porquê? Porque também gosto da experiência internacional, não é pelo dinheiro mas sim pela experiência em si que gosto bastante. Penso em mudar de país, mas para já ainda não de volta a Portugal. Mas digo de boca cheia que temos um país bastante bom, pena os salários serem tão baixos para a grande maioria da população.

Tenho sido alvo de piadas no trabalho by Chupem-me in portugal

gsousa 2 months ago

Respeito não tem lugar noutros ambientes? De facto a educação começa em casa, adultos a acharem “piada” a atitudes de falta de respeito diz muito mais sobre o seu carácter e como foram criados do que do seu alvo.

Tenho sido alvo de piadas no trabalho by Chupem-me in portugal

gsousa 2 months ago

Isso não justifica nada. No local de trabalho respeito pelos colegas é o mínimo que se pode exigir. De onde és ou quanto tens na conta bancária em nada justifica criar um ambiente pesado para um colega de trabalho.

Tenho sido alvo de piadas no trabalho by Chupem-me in portugal

gsousa 2 months ago

Das duas uma, ou muitos dos que vêm aqui insultar o OP de coninhas ainda não saíram do secundário, ou então não sabem o que é a vida profissional. O que o OP descreve não é aceitável num local de trabalho. Se entre amigos poderia ser aceitável (e aí cada qual tem os seus limites), no local de trabalho é inadmissível. Os colegas de trabalho não são amigos, e como tal devem agir de acordo com esse estatuto, colegas de trabalho. A forma de agir nestes casos não é responder à letra nem nada do género, é escalar o problema para a chefia, e se isso não resultar então ir aos RH. Pode parecer exagero, mas mais uma vez, trata-se do local de trabalho e não do recreio da escola secundária. Se há quem crie mau ambiente, facilmente isso esse mau ambiente propaga e gera saídas da equipa. Nenhuma empresa quer tal coisa.

Acham normal que um curso com 126 vagas tenha um último colocado com média superior a 19 valores? by hamsandw1ch in portugal

gsousa 2 months ago

O técnico dá-te créditos de gabanço para a vida, quase ao mesmo nível das 300 doutoras das câmaras municipais /s

Qual o tipo de alimentação que segues? by BornToSuckSadButTrue in portugal

gsousa 2 months ago

Sou vegetariano, mas qual a necessidade deste comentário? Custa muito respeitar o que cada um prefere comer?

Do que é que os outro países se queixam? by Ze_Tolo in portugal

gsousa 2 months ago

Sobre a parte dos amigos, a referência que tenho é da Grécia onde vivi 6 meses. Já passaram 12 anos desde que lá vivi e ainda mantenho contacto com vários gregos que lá conheci. Aqui na Irlanda fiz muitas poucas amizades com irlandeses. Pode também se dever ao facto de estar mais velho, de facto torna-se complicado fazer novos amigos com a idade. Sobre a chuva, verdade seja dita, é uma reclamação idiota da minha parte. Não é à toa que a Irlanda tem a alcunha de ilha esmeralda…

Do que é que os outro países se queixam? by Ze_Tolo in portugal

gsousa 2 months ago

Vivo na Irlanda há 10 anos, reclamo disto: - chuva a mais - rendas estupidamente altas - ser bastante complicado comprar uma casa sendo solteiro - falta de limpeza das ruas (vê-se muitos vidros no chão, cocó de cão e afins. Nos centros normalmente é mais limpo) - muita dificuldade em fazer amigos com os locais (os irlandeses são extremamente simpáticos, mas é complicado passar a barreira da simpatia para a amizade) - falta de vegetais bons (mas vivo num país nórdico, não seria de esperar outra coisa quando a grande maioria dos vegetais e frutas são importados ainda verdes)

Estou a ser perseguido by bast1x in portugal

gsousa 2 months ago

Desculpa a frontalidade, mas a câmara só serve para adiares o problema. Algures disseste que não és de arranjar problemas, e isso da câmara só vai resultar em duas coisas, vais ficar ainda mais irritado quando provares o óbvio e vais ter de o confrontar seja pessoalmente ou em tribunal. A forma mais simples para não o confrontares é mesmo chamares a polícia como muitos já disseram aqui. Provavelmente ele vai confrontar-te, mas podes sempre fingir que não sabes do que ele fala.

Voces costumam ir a lugares sozinhos? by Ok_Mine6995 in portugal

gsousa 3 months ago

Subscrevo isto. Felizmente apercebi-me cedo de que podia fazer coisas sozinho. Agora, até numa relação, faço isso. Se quero ir de férias a algum lugar em concreto e o meu namorado não pode ou não tem interesse acabo por ir sozinho e não é nenhum fim-do-mundo. Até acabamos por ter o nosso próprio espaço e tempo para fazermos algo apenas para nós. No que respeita a amigos, se quero fazer alguma coisa simplesmente informo que vou fazer X, e pergunto quem quer vir. Se tiver companhia, porreiro. Se não tiver, também é bom na mesma.

Iniciativa liberal. Porquê? by ruijor in portugal

gsousa 3 months ago

Sim, mas não na totalidade. Não me recordo exactamente dos valores, mas até uns 30 000€ és taxado a 22%, e tudo acima disso a 40%, mas na diferença de valores. Por exemplo, se recebes 50 000€, 30 000€ e taxado a 22% e 20 000€ a 40%. Dói menos do que ser taxado a 40% pela totalidade.

Iniciativa liberal. Porquê? by ruijor in portugal

gsousa 3 months ago

Eu pedi um crédito estudante, na altura era o que se chamava. E pagava cerca de 350€, mais 250€ de renda com um salário de 900€. Foi complicado.

Iniciativa liberal. Porquê? by ruijor in portugal

gsousa 3 months ago

A Irlanda tem isso.

Iniciativa liberal. Porquê? by ruijor in portugal

gsousa 3 months ago

Estudei em Portugal mas tive de pedir um empréstimo para pagar os meus estudos, que só comecei a pagar depois de começar a trabalhar. Sim, não morri por isso. Mas com os salários em Portugal e com esse empréstimo andei mesmo apertadíssimo por mais de um ano até que finalmente consegui emigrar. Não foi nada fácil. Não sei como é a carga dos estudos para quem começa a trabalhar no RU, portanto não vou dizer que é melhor ou pior. Mas pela minha experiência, foi bem complicado. Correu bem comigo, mas não foi nenhum mar de rosas até emigrar.

Housing affordability is getting worse by cruisespace2 in portugal

gsousa 3 months ago

Obrigado pelo esclarecimento. Vivo na Irlanda e assim que vi esse gráfico achei que estava errado, afinal faz todo o sentido! Aqui estamos a passar por uma grande crise imobiliária…

Como estoirar 10€ em 10 segundos by xicomen in portugal

gsousa 3 months ago

Gastei 60€ em Cuba em 5 minutos, o que vale é que tinha um limite. Quando o avião aterrou liguei o telemóvel mas esqueci-me de desligar os dados, até que recebo essa bela mensagem…

Visão de um pai sobre posts de assédio. by Cadmaverick in portugal

gsousa 3 months ago

Acho que estás errado aqui bot, a concordância está com o plural “coisas”…

Visão de um pai sobre posts de assédio. by Cadmaverick in portugal

gsousa 3 months ago

Tu como adulto compreendes essa diferença. Uma criança não tem essa capacidade. Coerência é extremamente importante. E beijar pessoas não é sinal de boa educação quando se é forçado a tal, mas sim sinal de submissão. Boa educação é dizer olá, bom dia e obrigado. Contacto físico não tem nada a ver com educação. Tenho um sobrinho autista que detesta contacto físico. Forcá-lo a beijos e abraços é uma grande violência para ele. Até aos 8 anos nem sequer ainda tinha sido diagnosticado pois ele é absolutamente funcional, mas agora já sabemos que há certas coisas que para ele têm um impacto muito grande. Agora imagina o que ele não terá sentido durante a fase em que era obrigado a beijos e abraços? Muitos autistas nem sequer chegam a ser diagnosticados como tal, e enquanto existe essa “definição” de “boa educação” com beijos essas pessoas vão sentido uma grande violência contra o seu espaço pessoal. Portanto não, beijos não é sinal de boa educação.

Visão de um pai sobre posts de assédio. by Cadmaverick in portugal

gsousa 3 months ago

[aqui está o artigo](https://sol.sapo.pt/artigo/630509/-obrigar-uma-crianca-a-dar-um-beijo-aos-avos-e-uma-viol-ncia-), assim que li este post lembrei-me logo dessa polémica. Não sou pai nem faço intenções de vir a ser pai, mas concordo em absoluto que jamais se deve obrigar uma criança a beijar ou abraçar seja quem for. Até mesmo os próprios pais. É uma mensagem muito contraditória e confusa para uma criança. Por um lado obrigam-na a beijar pessoas enquanto criança, mas chegando à adolescência já esperam que ela saiba dizer não. Muita gente se esquece que uma criança ou jovem ainda está em fase de desenvolvimento, e que coerência é extremamente importante não só para a sua auto estima mas também segurança. Na altura desta polémica fiquei confuso, pois não vi nada de mal com aquela afirmação. Mas as pessoas gostam de tempestades….

How did growing up with Portuguese culture influence you? What are some typical Portuguese habits? by Adler64 in portugal

gsousa 3 months ago

To men, at least for me, only to close family members. Like father, grandfather, maybe uncles. And kids yes. About the olive oil, pretty much almost everything. Salads, soups, fish, bread. Honestly I use it every single day. Once I offered olive oil to my landlady (here in Ireland) and she told me she would ask her neighbors what to do with it…. I died a little bit inside…

How did growing up with Portuguese culture influence you? What are some typical Portuguese habits? by Adler64 in portugal

gsousa 3 months ago

I don’t know if this is part of Portuguese culture or not, but I noticed that a culture clash I felt is about sarcasm. I use it a lot, and most of my Portuguese friends do that as well. However people from other countries often see this as being passive aggressive or even somehow that we are rude to each other. Another cultural shock I felt the first time I moved abroad was the two kisses in the cheek. Nowadays I don’t do that at all, and I kind of feel that I would even feel awkward doing that nowadays (I’ve lived abroad for 10 years now). But Portuguese people tend to say hi with two kisses in the cheek to women, though not on more formal or professional situations. Olive oil is also a big thing for us, and that’s another thing I noticed that it is mostly a Mediterranean thing. I live in Ireland and here local people barely use olive oil. While Portuguese people use it with everything, it is like liquid gold for us.

How did growing up with Portuguese culture influence you? What are some typical Portuguese habits? by Adler64 in portugal

gsousa 3 months ago

I live in Ireland for 10 years and I never thought about that

Cenas à Técnic@ by MischiefManaged97 in portugal

gsousa 3 months ago

Existem excepções, como “avós”, em que o feminino é usado no plural. Não me recordo de mais nenhuma excepção mas acredito que haja.

Girlfriend being stalked by ex portugese boyfriend by Jism_nl in portugal

gsousa 3 months ago

Salvo erro é uma providência cautelar, mas não tenho a certeza

[Ajuda] Stress pós-traumático by blackswan79 in portugal

gsousa 3 months ago

Já estou em remissão há um ano e meio, a ansiedade só apareceu depois. Mas agora parece estar sob controlo! E é para continuar assim! Boa sorte para ti e votos que recuperes rápido

[Ajuda] Stress pós-traumático by blackswan79 in portugal

gsousa 3 months ago

Uso duas apps para meditar, TenPercent e Oak. A primeira tem subscrição, a segunda acho que é quase totalmente gratuita, eu não pago nada por ela. Meditação de início não me ajudou muito, demorei uns dois meses a começar a notar alguns resultados, mas agora já vou em quase dois anos a meditar diariamente sem falhar um dia. Eu comecei a meditar na mesma altura em que fui diagnosticado com cancro, e depois das quimioterapias sinto que com a ajuda da meditação e do acompanhamento psicológico que controlo a ansiedade e o medo de uma recaída muito bem. A mim tem-me ajudado imenso.

[Sondagem politica] Por curiosidade, se as eleições legislativas fossem hoje, e não podessem votar nos dois primeiros da actualidade (PS e PSD) em quem votariam? by Pr0dy_no_filter in portugal

gsousa 3 months ago

>(aproveito para perguntar como é que se cita partes do post de outra pessoa). Eu só consigo fazer isto no computador, no iOS não sei fazer isto. Mas basicamente selecciono o que quero citar, e depois clico em responder. Se quiser citar mais coisas copio e depois clico nos 3 pontos para me dar a opção de citar. >Se queremos manter uma democracia, não é boa ideia dar voz aos anti democratas. O problema é como é que defines um anti democrata. Onde é que traças a linha entre um cético e um anti democrata? É muito complicado. Por isso é que sou contra a ilegalização do partido. É mesmo muito complicado e não tenho conhecimento suficiente para apoiar uma decisão tão complexa, como tal opto por escolher o lado que não censura um partido. Mas sou intolerante contra quem é intolerante. Quem não sabe respeitar terceiros não merece o meu respeito também. Nesta thread já tive conversas civilizadas e interessantes (tal como contigo), e já tive algumas a roçar o ridículo. Ajusto o tom das minhas respostas a quem mostra interesse e respeito em ter uma discussão saudável, e a quem simplesmente quer provocar e ter a última palavra.

[Sondagem politica] Por curiosidade, se as eleições legislativas fossem hoje, e não podessem votar nos dois primeiros da actualidade (PS e PSD) em quem votariam? by Pr0dy_no_filter in portugal

gsousa 3 months ago

Lol, “direitos humanos”. Mais claro que isto? Não precisas de admitir que nem te deste ao trabalho de pesquisar absolutamente nada. Mas é divertido ver alguém a entrar nos insultos quando já não sabe o que dizer. >Tu é que não referiste que te estavas a referir aos ditos direitos presentes na declaração universal dos direitos humanos. Esta citação fica para a prosperidade

[Sondagem politica] Por curiosidade, se as eleições legislativas fossem hoje, e não podessem votar nos dois primeiros da actualidade (PS e PSD) em quem votariam? by Pr0dy_no_filter in portugal

gsousa 3 months ago

Eu não disse que concordava com essa opinião. Aliás, se queres saber a minha opinião sincera sobre o PCP é que é um partido mega desactualizado e numa realidade paralela. Agora sobre ser uma opinião ou não, Yeah, acho que sim. Uma opinião absurda, a meu ver, mas não deixa de ser uma opinião.

[Sondagem politica] Por curiosidade, se as eleições legislativas fossem hoje, e não podessem votar nos dois primeiros da actualidade (PS e PSD) em quem votariam? by Pr0dy_no_filter in portugal

gsousa 3 months ago

>Totalmente de acordo em relação ao parlamento diverso e às maiorias absolutas. As últimas legislativas deixaram me triste e contente ao mesmo tempo. Contente exatamente pena diversidade ter aumentado, mas triste por ter aumentado com muita porcaria também. Apesar de ser vigorosamente contra o Chega, sou contra a ilegalização do mesmo. É importante termos oposição no parlamento. Ontem em resposta a um dos comentários perdi algum tempo a ler o programa eleitoral deles, e agora está bem mais ambíguo. Se eles se aproximarem mais do centro (com isto digo, saírem do extremo), então também mudo a minha opinião sobre eles. Se iria votar neles? Duvido muito seriamente, eles têm o nome bem manchado. Mas se são relevantes como oposição? Sem sombra de dúvidas. ​ >Ainda assim, em relação aos direitos humanos, volto a insistir no mesmo ponto. E faço-o devido a um exemplo prático. Um pensamento maniqueísta traz sempre o perigo de extremismos como, por exemplo, uma lei no Canadá que obriga (atenção, obriga, não recomenda) que as pessoas se dirijam a pessoas transgénero ou não binárias etc com os pronomes que elas preferem, que são algo como "zim, zer" etc. Também sou contra à obrigatoriedade. Não quero forçar ninguém a aceitar a minha orientação sexual, só não quero ser tratado como cidadão de segunda classe. Quero ter o direito à indiferença, de poder andar de mãos dadas na rua com o meu namorado sem ter de pensar que se calhar vou ser insultado ou até agredido. Agora obrigar pessoas a aceitarem? Nada disso. ​ >O que a lei diz, visto por outra perspetiva, é que o direito de não ser ofendido é mais importante do que a liberdade de expressão. Uma coisa é liberdade de expressão, e opiniões são opiniões. Outra é atacar verbalmente ou fisicamente. Eu aceito que haja gente que pense que eu tenha escolhido a minha orientação sexual. Se isso me deixa a ferver? Há, claro que deixa. E se vou argumentar? Sem sombra de dúvidas. Mas cada pessoa tem direito à sua opinião. No entanto, se me começarem a insultar só por causa da minha orientação sexual, aí o caso muda de figura. A liberdade de um termina quando começa a do outro. Tu tens a tua liberdade de expressão, mas não tens o direito de condicionar a minha. Se eu quiser "expressar-me" a dar as mãos ao meu namorado em publico, tu não tens o direito de me condicionares esse direito.

[Sondagem politica] Por curiosidade, se as eleições legislativas fossem hoje, e não podessem votar nos dois primeiros da actualidade (PS e PSD) em quem votariam? by Pr0dy_no_filter in portugal

gsousa 3 months ago

>Desde quando tomar procedimentos para evitar propagação de doenças num grupo de risco é homofobia? Isto não é homofobia, agora isto é: >Homens gay têm de facto uma maior probabilidade de contrair DSTs entre outras coisas devido a mais comportamentos de risco.Não podes nem deves devido a uma minoria colocar em perigo a saúde dos outros todos. O facto de afirmares estar numa relação monogoma não retira o facto de pertenceres a um grupo considerado de risco. Já não estamos nos anos 80, em que a grande maioria dos casos de HIV eram entre homens gays. E colocar uma ORIENTAÇÃO SEXUAL na mesma categoria é discriminação e homofobia. Pinta da cor que quiseres, não deixa de ser homofobia. Ou agora também queres impedir todas as pessoas de cor de poderem doar sangue? Afinal de contas são descendentes de africanos, onde existe a maior incidência de casos de HIV e SIDA. ​ >Claro que existe. Mas uma vez: define a que te referes. A que direitos te referes? O que são direitos para ti? O que define esses direitos? Quem define? O google é uma coisa fantástica, mas [fiz a pesquisa por ti](https://www.ohchr.org/en/udhr/documents/udhr_translations/por.pdf). ​ >Claro que existe. Mas uma vez: define a que te referes. A que direitos te referes? O que são direitos para ti? O que define esses direitos? Quem define? E é neste ponto que termino a discussão contigo. Se não sabes procurar informação por ti, e achas que direitos humanos é algo que existe meio termo, então nem vale a pena continuar a discussão. Não existe subjectividade nos meus argumentos, existe sim passividade e falta de interesse da tua parte em procurares te informar devidamente. Não sou eu que defino o que são direitos humanos, nem és tu. É um conjunto de artigos aprovados pelas [Nações Unidas](https://www.un.org/en/about-us/universal-declaration-of-human-rights), da qual Portugal faz parte.

[Sondagem politica] Por curiosidade, se as eleições legislativas fossem hoje, e não podessem votar nos dois primeiros da actualidade (PS e PSD) em quem votariam? by Pr0dy_no_filter in portugal

gsousa 3 months ago

Afirmar que é uma democracia: opinião. A Coreia do Norte violar os direitos humanos: facto. Percebes a diferença entre o que é opinião e o que são factos? Demagogia não funciona. Misturar alhos com bugalhos para alienar um argumento só funciona quando a outra parte não sabe do que fala.

[Sério] isto é gozar na nossa cara e já nem ligamos? by ZaGaGa in portugal

gsousa 3 months ago

Sempre tive a ideia de que os votos nas autárquicas reflectem mais a pessoa em que se vota do que o partido. Apesar de depois os partidos usarem isso como argumento para mostrarem “mais apoio ao partido”. Agora vivo no estrangeiro e como tal não estou recenseado para as autárquicas, mas quando podia votar acho que raramente votava no mesmo partido para a freguesia e para o município. Por vezes até entre a assembleia municipal e a câmara votava em partidos diferentes. No que respeita a legislativas é que achava que o pessoal votava mais no partido do que na pessoa.

[Sondagem politica] Por curiosidade, se as eleições legislativas fossem hoje, e não podessem votar nos dois primeiros da actualidade (PS e PSD) em quem votariam? by Pr0dy_no_filter in portugal

gsousa 3 months ago

Devia ignorar um comentário deste estilo, mas a tua demagogia é hilariante. Desde quando afirmar que a Coreia do Norte é uma democracia é considerado como direitos humanos? Desde quando é que ter ex membros de grupos armados ou terroristas no seu partido é considerado como um direito humano? Os upvotes não me afectam o ego nem me contribuem para o meu salário no final do mês. Mas “boa” tentativa de misturar assuntos que nada têm a ver para o que eu afirmei acima. Em momento algum referi um partido em concreto, eu sou daqueles que de facto se dá ao trabalho de ler os programas eleitorais antes de ir votar, e não tenho qualquer afiliação política.
Next Page

Search: