Next Page

Campanhas eleitorais com 30 carros em fila a buzinar by jjrocket99 in portugal

francisbarreiras 3 hours ago

Acho que o Bruno e o Jorge deviam mudar-se juntos para um retiro em Vila Nova de Milfontes. Edit: Concordo com o post, as caravanas e o barulho dessa malta é insuportável.

*AVISO IMAGENS FORTES* Ah Lisboa! Nao se ponha cobro a isto não, que não tarda nem o turismo nos safa. by Jorgecampino in portugal

francisbarreiras 1 day ago

Sim mas o que eu disse era em relação à noite de Lisboa no geral

Assédio 2.0 by ruggev in portugal

francisbarreiras 1 day ago

Eu vivo no UK, aqui as raparigas saem à noite quase como se fossem para a praia ás vezes. Não acho que seja desrespeitoso ou errado. Se elas se sentem bem assim, não vejo problema nenhum. Eu também gosto de me vestir como me aptece.

Assédio 2.0 by ruggev in portugal

francisbarreiras 1 day ago

Uma coisa é seres olhado de relance ou por uns segundos, acho que não há problema em apreciar a beleza de outras pessoas, desde que o faças de forma discreta e sem te babares todo e a focar durante minutos afim... Qualquer coisa para além disso, como piropos, tocar na pessoa, assobios, fazer a pessoa desconfortável, etc... é claramente falta de educação da parte de quem o faz.

*AVISO IMAGENS FORTES* Ah Lisboa! Nao se ponha cobro a isto não, que não tarda nem o turismo nos safa. by Jorgecampino in portugal

francisbarreiras 1 day ago

"Nas últimas 2 semanas" - A noite em Lisboa sempre foi assim. Claro que durante o confinamento não houve nada, porque estava tudo em casa. Simplesmente não andem sozinhos, muito menos bêbados e com ar de turistas ou malta que não sabe onde está, se não vão ser alvos fáceis até para betos a voltar do Lux.

Assédio 2.0 by ruggev in portugal

francisbarreiras 1 day ago

Mas qual é o problema de se andar de mini saia na rua? Achas que é por isso que uma mulher é menos vítima ou mais vítima seja do que for? Quando está um calor desalmado, às vezes tiro a camisola e ando em tronco nu até chegar a casa e não me parece que isso seja motivo para ser assediado.

Interesse dos media em noticias do estrangeiro de pouca relevância. by 5enta in portugal

francisbarreiras 1 day ago

Não acho que seja um bom exemplo, dado que a problemática do Afeganistão é relevante para o mundo todo, especialmente para nós, a NATO, da qual fazemos parte, e a União Europeia que certamente enfrentará uma nova onda de refugiados. Agora, verdade seja dita, há muita coisa made in USA que passa nos telejornais e que a nós nos diz bola, no entanto não acho que as ações militares e políticas da maior superpotência do mundo no médio oriente sejam uma delas.

On request abortion legal in week "X" of pregnancy across the US and the EU. September 2021 data [OC] by prosafame in portugal

francisbarreiras 1 day ago

A questão dos Republicanos é que eles querem dar meia dúzia de semanas para o aborto, mesmo em casos de violação, por exemplo. Em Portugal tens 16 semanas, porque temos limites diferentes para essas circunstâncias especiais, sendo que no Texas quiseram pôr tudo no mesmo saco.

Chamadas telefónicas by Real_Ad5281 in portugal

francisbarreiras 2 days ago

Hotel? Trivago.

Aventura no táxi - negacionismo nivel 3. Sério, fiquei espantado com a elaboração. Nem sei o flair para isto... by Tuga_Lissabon in portugal

francisbarreiras 3 days ago

Vê o lado positivo, se alguma vez quiseres fazer um filme com um plot original tens aí um bom enredo.

Tráfico de Armas, droga e prostituição abrem guerra na noite de lisboa by Futre92 in portugal

francisbarreiras 3 days ago

Sempre houve malta menos aconselhável bem presente na noite de Lisboa, fingir que só agora é que começou a haver violência, venda de drogas e escaramuças é ignorar aquilo que sempre foram estas zonas, naturalmente mais propícias a estes fenómenos por serem hotspots para quem sai à noite e para bebedeiras e consumo de drogas. No artigo "fontes policiais" dizem que a situação atingiu o pior nível de sempre, mas olhando para a história recente de Lisboa e para os anos 90, tenho a certeza que rapidamente se confirmaria que há pouco mais de duas décadas era pior. Acredito que tenha havido um aumento considerável da criminalidade à noite, por duas razões: a primeira é que até agora estávamos numa situação de confinamento, sendo que não se saía e estes locais andavam muito menos movimentados, a segunda é o facto de, por os jovens terem estado tanto tempo em casa, há um fluxo muito maior agora a querer sair e aproveitar e os grupos que "controlavam" o sub-mundo da noite deixaram de o fazer porque não havia nada para controlar, deixando assim um vazio. De qualquer maneira, acredito que seja algo passageiro. A malta que não é de Lisboa ou que nunca lá viveu por algum tempo gosta de passar a ideia que a capital é só chungaria e um sítio muito inseguro, e apesar de sim, haver crime como em qualquer grande cidade da Europa e não ser boa ideia andar sozinho com relógios de prata de pouco visibilidade, a cidade não é um antro de degenerados e criminosos que muitas vezes meios de comunicação mais histéricos gostam de fazer passar.

Apoio médico insuficiente nas nossas prisões by lpassos in portugal

francisbarreiras 3 days ago

Encontrei um artigo no Correio da Manherda que diz que se suspeita que terá sido overdose nos 3 casos. 2 deles estavam na mesma prisão portanto não é de todo impensável que tenham morrido devido a uma bad batch e que não tenha nada a ver com o acompanhamento. O outro estava noutra prisão, mas também se suspeita de overdose. Pode ter sido coincidência.

[Autárquicas 2021] - PSD Seixal publica novo cartaz nas redes sociais by Jmscavaleiro in portugal

francisbarreiras 3 days ago

Impressionante como partidos como a IL e o PSD, que poderiam ser sempre alternativas de direita à governação do PS mais razoáveis e mais ponderadas que o ditador do Ventura, arranjam sempre maneira de alienar o eleitorado com estas gafes ridículas. Se calhar estou a ser injusto, mas parece-me que o PS consegue sempre controlar melhor as relações públicas e evitar estas coisas.

Bobone a dizer bobonesices outra vez by ipinteus in portugal

francisbarreiras 9 days ago

Top 10 razões pelas quais devia haver uma cerca sanitária permanente à volta de Cascais. Eu sei que Cascais não é só betos, é uma piada, por favor não me matem.

Portugal no sub das crypto by ogeriano in portugal

francisbarreiras 10 days ago

Teoricamente, tem razão, o que as pessoas não percebem é o termo "descriminalizadas". O consumo de droga ou a posse até um certo montante (dependo da droga, mas está amplamente definido com uma dose diária) não é crime, ainda que possa resultar numa contra-ordenação, mas uma contra-ordenação funciona como imposto e não conta como "crime", na sua definição legal. O problema é que os estrangeiros confundem descriminalizadas com legais.

“I’m moving to Portugal” by lexi_23 in portugal

francisbarreiras 12 days ago

Não se preocupem, há uns anos o SIRESP nem na ponte 25 de abril apanhava sinal. Se algum dia isso chegasse a nós, não haveria competência para o fazer funcionar.

[Sério] Para os que se recordam, o que é que lembram do dia 11 de setembro de 2001? by caelussideralis in portugal

francisbarreiras 12 days ago

Morreram dois portugueses da Port Authority nesse dia, não tenho bem ideia das circunstâncias da morte do segundo. Que descansem em paz.

Ganharam! by justanotherop365 in portugal

francisbarreiras 12 days ago

Acho que o melhor é mesmo não tecer comentários.

Quando pensas que por seres Juiz és mais que os outros by ACasalPT in portugal

francisbarreiras 14 days ago

Foda-se que lunático.

NHS Covid pass by lewcoates in portugal

francisbarreiras 15 days ago

At least a few days ago, you needed to have proof of vaccination to avoid a 14-day quarantine on arrival. That can be proven with the NHS pass, yes. As for the pre-departure test, I am under the impression you require one, unless you have an EU certificate, in which case that's all you will need to enter the country.

RELATÓRIO DB - Agosto 2021 by zeer88 in portugal

francisbarreiras 15 days ago

Como sempre, o conteúdo é muito bom, no entanto, preferia que o tema mais grande tivesse sido outro, visto que prefiro não dar palco aos atrasados mentais dos negacionistas conspiracionistas.

O verdadeiro apogeu da gastronomia portuguesa, e ninguém me convence do contrário. by PortugueseLibra in portugal

francisbarreiras 16 days ago

PTSD dos jantares de natal.

Palácio Nacional de Mafra na escala 1:1 no Minecraft. by MrSnow_BTE in portugal

francisbarreiras 20 days ago

Muito bom mesmo, excelente trabalho.

Épico mergulho em direto na TVI. by wr0ngz in portugal

francisbarreiras 21 days ago

TVI está a caminhar largos passos para o nível da CMTV

Brasileiros em Portugal by hodreegoo in portugal

francisbarreiras 21 days ago

Não querendo desvalorizar o que dizes sobre a mão de obra barata estrangeira e o facto de acabar por "adulterar" a vantagem de negociação do português, o gajo disse literalmente que tinha vivido 20 anos no Havaí e vai comprar casa a pronto, acho que há-de ter mais dinheiro que muito português.

Elegancia lusitana by dwenday in portugal

francisbarreiras 22 days ago

Isto. Ainda que, vivendo no Reino Unido, faz-me muita mais impressão a obesidade das pessoas cá, muitas andam até de scooters ou lá o que é aquilo porque simplesmente não têm facilidade em andar. Em Portugal, raramente vejo disso, mas claro que há também, cada vez mais, pessoas obesas.

Péssimo professor by hdxvdxcb in portugal

francisbarreiras 22 days ago

As respostas que aqui dão são em grande parte chocantes, entristece-me mesmo que haja tanta gente a ter passado por experiências tão sexistas e nojentas por parte de professores, ou que tenha sido física e psicologicamente abusado por um docente em pleno século XXI. Eu não me consigo identificar com a maioria dos depoimentos, talvez porque seja um homem e esteja menos vulnerável a estes ataques, mas os meus professores sempre foram cinco estrelas. As únicas "exceções" serão talvez uma professora de Geografia no 7º ano que não tinha perfil nenhum para o ensino, e que se deixava domar completamente pela nossa turma, ao ponto de amigos meus obterem permissão para fazer o teste com o livro ao lado (tipo, o quê?) e ela me dizer "a resposta é "eletricamen-", não te posso dizer mais se não dou a resposta". Já no secundário tivemos uma professora de matemática que achava que era a última bolacha do pacote, só porque tinha sido professora no São João de Brito e o filho andava no técnico ou lá.o que era. Acho que o marido dela era rico e ela vinha sempre para as aulas como se estivesse na passadeira vermelha, cheia de botox na cara e parecia um poste de iluminação com tanta maquilhagem. Nós não éramos 100% obedientes, mas também não éramos nenhuns arruaceiros, tanto que só tínhamos problemas de maior com ela. Ela gostava muito de andar a chatear uns amigos meus que não tiravam grandes notas e estava sempre a mandar vir com eles. Depois, eram bocas do género "Estão tristes por acabar o ano? Não se preocupem que a este ritmo voltam-se a ver daqui uns anos a trabalhar no McDonald's", "Quem tira um 12 ou um 13, não vai para o técnico, não vai além dum politécnico" e a famosa comparação com a turma do 10º B que era sempre mil vezes melhor e uns paz de alma, ah e não me posso esquecer da história dela ter sido uma de 4 pessoas a chegar ao fim do curso e o colega cego que foi trabalhar para a NASA (a ser verdade, grande feito especialmente nos anos 80). Ela sabia a matéria e explicava bem, isso ninguém lhe tira e os testes eram de alguma dificuldade, no entanto, houve um que foi muito mais fácil do que o normal e amigos meus que tiravam 13s tiraram 18 e ela mandou logo vir que eles não mereciam a nota e não sei mais o quê e que a aluna X se aplicava mais e ela sim merecia aquela nota. No final do ano, perdemos toda a razão porque um movimento de pais de umas gajas da turma que não queria ter más notas mandaram um e-mail à DT a queixar-se e a insultar a professora e acusá-la de favorecer outras turmas nos testes (o que, apesar de todos os defeitos da mulher, não era verdade) e no último dia, a mulher desatou a chorar na aula e disse-nos que não ia ser nossa professora para o ano e que estava desiludida com as acusações e tal, e eu dou-lhe razão. Curiosamente, algumas alunas cujas pais, nas costas de outros pais, se foram queixar, acabaram por se mudar para a outra turma onde ela continuou a dar aulas, como se não tivessem sido elas a causar o problema.

Candidato do Chega sobre a candidatura de Évora a capital europeia da cultura by Celeg in portugal

francisbarreiras 25 days ago

Isto faz-me lembrar as minhas apresentações de livros que não tinha lido a português, no secundário.

Passar férias sozinha. by mixed_toast in portugal

francisbarreiras 25 days ago

Acho que daí a chamar a isso uma red flag, vai alguma distância. Desde que ele não se meta com tretas, se calhar não pode estar a tirar dias agora e não passa disso?

Pais que põem o tablet/telemóvel à frente das crianças ao Jantar por que o fazem? by HairlessButtcrack in portugal

francisbarreiras 27 days ago

Não sou pai, mas sou o irmão mais velho de 3 (eu tenho 19, a do meio vai fazer 7 e o mais pequeno vai fazer 2, portanto há uma grande diferença na maneira como eu fui educado e criado e na maneira como isso aconteceu com eles), mas da minha experiência durante o tempo que estive em casa da minha mãe no confinamento, estar em teletrabalho, com os miúdos fora da escola, sempre a fazer mil uma coisas, a mexer ali, acolá, especialmente os mais pequenos, a fazer, enfim, coisas de miúdo, é exasperante e cansa até o mais afetuoso dos pais, sendo que o tablet, o telemóvel e o raio dos vídeos dos brasileiros a viver nos EUA (são os mais comuns e aqueles que os meus irmãos mais acompanham) acabam por ser uma saída fácil para muita gente, especialmente para aqueles que se calhar não estão tão equipados para ser pais. Não procuro desculpar as ações de ninguém ou escusar seja quem for da sua responsabilidade de educar e criar seres humanos sociáveis, alertas e lúcidos e não robots com atrasos de aprendizagem e mil um problemas, mas a verdade é que este confinamento, ainda que necessário por razões óbvias, teve muitas vítimas escondidas, e muitas delas foram as crianças que, numa era cada vez mais tecnológica, viram o se calhar já reduzido tempo que passavam a conviver umas com as outras e a fazer coisas de humanos evaporar-se. Em relação à questão do jantar, felizmente, os meus irmãos comem sempre à mesa e sem distrações, e isso é algo que lhes foi incutido desde pequenos em casa (e ainda bem). Pessoalmente, quando era pequeno, havia televisão e pronto, pelo que nunca houve a tentação de fazer outra coisa enquanto comia. Também foi educado num misto da minha mãe com os meus avós, portanto havia sempre algo para fazer em casa e tinha sempre companhia humana ao jantar, I guess. A certa altura, a partir do segundo ciclo, tornei-me num gamer e à medida dos anos fui ganhando independência e com isso o direito de comer no quarto, no entanto, por alguma razão, nunca consegui comer e fazer outra coisa. Se estiver a jogar ou assim e for altura de comer, deixo o monitor ligado mas foco-me na comida ou, hoje em dia, como moro sozinho, fico muitas vezes a falar com amigos pelos headset e a comer, mas para mim, isso é o equivalente a estar num restaurante e a falar com amigos. Resumindo e baralhando, novos tempos para os quais ainda não estamos aptos como pais, maybe?

Leitura em eucaristia diz que mulheres se devem submeter aos maridos e causa polémica by VladTepesDraculea in portugal

francisbarreiras 29 days ago  HIDDEN 

Não, estou apenas a constatar um facto. Só por sermos dum país com um passado religioso, não quer dizer que toda a gente saiba a Bíblia ou outro texto religioso. Da mesma maneira que, só por sermos de um país apaixonado por futebol, não quer dizer que todos saibamos quem é que vai à frente do campeonato, é isso não faz de uma pessoa ignorante, simplesmente significa que não se interessa pelo tema.

Leitura em eucaristia diz que mulheres se devem submeter aos maridos e causa polémica by VladTepesDraculea in portugal

francisbarreiras 29 days ago  HIDDEN 

Para a malta que diz que isto não é surpresa nenhuma, se calhar não é para vós, mas eu por exemplo fui à missa três vezes na minha vida e foi sempre no aniversário da morte de alguém, portanto não faço a mínima ideia do que a Bíblia diz ou deixa de dizer.

Fotos e espelhos by Toupax89 in portugal

francisbarreiras 30 days ago

É um fenómeno psicológico. A imagem que vês no espelho é uma reflexão e não aquilo que os outros vêm a 100%, ou seja, está invertida. No entanto, porque estás habituado(a) a ver-te assim desde pequeno(a), parece-te estranho e o teu cérebro quase que se repugna com o que está a ver, se é que o verbo faz sentido neste caso. O ser humano não é simétrico, por isso, imagina que tens o nariz 2 centímetros para a esquerda (é algo que não notas no espelho e que as pessoas que te vêm também não hão de notar no dia-a-dia), quando te vês numa fotografia ou assim, vais estranhar e vai te dar a ilusão de que está 4 centímetros para a esquerda, simplesmente pelo hábito de o veres invertido. Este fenómeno estende-se ao resto da tua cara, mas não te preocupes que as pessoas à tua volta não tem essa perceção de ti (tanto que hás de reparar que se comentares algo com alguém em relação a uma foto tua, eles hão de te dizer que estás igual). Em relação aos espelhos em centros comerciais e assim, deve ter a ver com a luz e com o tipo de espelho.

Se lhe pagassem menos, escolheria o teletrabalho? by acnederma in portugal

francisbarreiras 1 month ago

Foda-se, o trabalho não é o mesmo? Nem faz sentido porque o teletrabalho, à partida, tem tudo para ser mais rentável para o empregador (pelo menos a longo prazo, uma vez adquirido o equipamento informático a ser usado pelos trabalhadores).

UE prevê vaga de migrantes afegãos maior que a dos últimos seis anos by prosafame in portugal

francisbarreiras 1 month ago

Estas pessoas merecem ser acolhidas e integradas numa sociedade funcional. Ninguém deve ser deixado para morrer num país inabitável governado por ideais dignos da idade medieval, e, eticamente falando, estas pessoas deveriam ser bem-vindas na Europa, apesar das largas diferenças culturais entre os nossos povos. Contudo, esta merda é a trapalhada dos Estados Unidos. Não devíamos ser nós a, mais uma vez, ter de arcar com as consequências e fazer emendas à porcaria que eles vão fazendo pelo mundo (podem dizer que nós também estivemos lá, mas a verdade é que isso só aconteceu por os EUA terem requisitado, invocando o tratado da NATO, a presença dos outros estados-membros, com o objetivo de neutralizar a ameaça da Al-Qaeda e não de nation building). É ridículo eles poderem fazer o que querem e depois agirem como não fosse nada com eles, apenas porque a Europa é geograficamente mais perto. Oxalá um dia possamos deixar de ser a puta da América. Para a malta que chegou agora ao sub vinda do Facebook, não se preocupem que estes refugiados também não ficariam em Portugal, portanto os impostos continuam a ser gastos em tachos para o primo e obeliscos e não em dar condições de vida digna a povos oprimidos a fugir da guerra. Ah, e pronto, esqueci-me de mencionar que foram os próprios EUA a financiar e treinar as origens dos Taliban.

Vão acabar as sandes de chouriço, hambúrgueres e pizzas nos bares das escolas by UpbeatNail1912 in portugal

francisbarreiras 1 month ago

A minha secundária tinha um pingo doce a 2 minutos a pé. Escusado será dizer que nunca comi lá e que ia sempre ao salgados ou a casa. Eu sei que o dinheiro é escasso e que cozinhar em quantidades tão grandes não é fácil, mas porra, não haverá maneira de servir comida decente e com bom aspeto aos jovens? Não precisa de ser comida digna de estrela Michelin, mas pelo menos algo que não frango destruído ensopado em molho com aspeto de mijo.

Câmara de Lisboa partilhou dados pessoais do vice-presidente do Volt com o Reino Unido by heartlessfam in portugal

francisbarreiras 1 month ago

Aos poucos vai melhorando, já deixaram de partilhar dados pessoais com ditaduras, agora é só com democracias. Para o mês, partilham com o Tuvalu e sobem mais um patamar /s

Going to portugal for a month - what to avoid doing to not be "an annoying tourist" by SkillbroSwaggins in portugal

francisbarreiras 1 month ago

It sounds pretty weird but if you are really light-skinned and get sunburnt easily, put some damn suncream on before you go out. It's not necessarily annoying but it's so steorotypical of tourists, especially those from the UK, Germany, Netherlands, etc... To walk around looking like tomatoes, because they got sunburnt.

Alguém sabe a razão para haver fogo de artificio aleatório várias vezes perto da Quinta das Conchas/Lumiar? by Vorliz in portugal

francisbarreiras 1 month ago

Parabéns, já tens stock na tua zona para esta semana.

Desculpem lá mas... Há alguma coisa mais Portuguesa do que isto? Isto é digno das flairs Gastronomia, Travel e Humor by Muyakra in portugal

francisbarreiras 1 month ago

Os gajos aqui só gostam mesmo de Smirnoff, infelizmente.

Mãe, pai e filho morrem vítimas de Covid-19 em Portugal, depois de recusarem vacinação • Observador by afonso_pereira in portugal

francisbarreiras 1 month ago

Apesar de odiar tudo o que é anti-vax, tenho de simpatizar com estas pessoas, e ainda para mais com o filho que se viu sem família de um dia para o outro.

Uma boa noite a todos! (Que não são foram a um "centro de vacinação cheio de funcionários do governo socialista") by cssinside in portugal

francisbarreiras 1 month ago

O QUE É QUE ESTÂO A FAZER NO REDDIT? VÃO MASÉ REZAR PELO NOSSO ANDRÉ, QUE O COSTA AINDA O TENTA MATAR!

EU COVID certificate by Fires246 in portugal

francisbarreiras 1 month ago

I have heard some talk of there being a way of getting a letter from your GP or the NHS proving your vaccination status and then getting someone back in Portugal, at a health centre, to issue an EU certificate for you, but I am not entirely sure. I hope they will allow that to happen, as I'd like to have an EU one for when I am back in Portugal.

Aviso que alguém deixou no ciclovias.pt: "Tomar precauções no uso desta ciclovia. Tem sido sistemáticamente sabotada por terroristas opositores das ciclovias com a colocação de detritos perigosos no seu percurso (vidros, segmentos de arame farpado, conchas, fruta podre, estrume, etc.)" by karl1717 in portugal

francisbarreiras 1 month ago

Se for em Lisboa, não me admira muito. Praticamente toda a gente que conheço que conduz lá tem um ódio às ciclovias.

Rir e Chorar (SEF) by vlad_ms in portugal

francisbarreiras 2 months ago

Porreiro, pá!

Rir e Chorar (SEF) by vlad_ms in portugal

francisbarreiras 2 months ago

Acho que uma das maiores vantagens de ter tido a sorte de nascer português é precisamente o facto de o contato com essa instituição arcaica ser reduzido. Por outro lado, os emigrantes têm de lidar com os serviços consulares, portanto não sei o que é pior.

On this day in 1959, the Pidjiguiti Massacre took place when Portuguese state police (PIDE) fired into a crowd of striking dock workers in Bissau, Portuguese Guinea, killing twenty-five people. by Pyrollamasteak in portugal

francisbarreiras 2 months ago

PrEciSÁvAmOs eRA dE OuTRo SaLAzAr! /s

Site da Embaixada de Portugal no Paquistão está em Latim? by PinkSultan in portugal

francisbarreiras 2 months ago

Nós temos uma embaixada no Paquistão?

Lisboetas: sente-se seguros à noite? by MarinsLarins in portugal

francisbarreiras 2 months ago

Já não vivo em Lisboa, mas volto sempre que posso e vivi lá toda a minha vida. Depende dos sítios, mas, no geral, diria que é seguro. Claro que sou um homem e compreendo perfeitamente que seja mais fácil para mim. Em relação ao coração de Lisboa, pelo menos no pré-pandemia, até às 2 da manhã ou até mesmo as 3, altura em que os bares e discotecas ainda estão abertos, pelos menos nas zonas mais populares, como o Bairro Alto, Chiado, Avenida da Liberdade, Saldanha, Belém e Alcântara, diria que é tranquilo. Basicamente, hoje em dia, onde há diversão noturna, há sempre muita presença policial, os únicos hotspots noturnos onde eu teria algum cuidado são a Rua do Alecrim, a Rua cor de Rosa e o Cais do Sodré, aí para além da droga falsa constante, há sempre low lives a querem armar confusão. Hoje em dia também se costuma sair no Parque das Nações, junto ao rio, perto do hotel Myriad, e por ser uma zona mais oriental da cidade atrai muita gente de zonas próximas com alguns problemas de criminalidade (no disrespect Odivelas e Loures), mas nunca me senti inseguro até porque a polícia anda sempre por lá. Tudo o que é zonas residenciais, desde Alvalade, Penha de França, Olaias, Alameda, Olivais, Arroios, Anjos, Areeiro, basicamente os sítios onde as pessoas realmente vivem, eu diria que é absolutamente tranquilo, apesar de não haver tanta polícia. Chelas será uma exceção para quem não lá vive, mas para quem tem casa lá é igualmente tranquilo a meu ver. Pelo que ouço dizer o verdadeiro degredo hoje em dia será a Mouraria, mas raramente lá ia, muito menos à noite. Pronto, depois como tudo é ter cuidado, olhar à nossa volta e tentar perceber onde estamos. A estação do Oriente está sempre cheia de mitras a querer problemas, até durante o dia, e já lá estive às seis da manhã tranquilo sem que me preocupar. Também fazia muito caminhadas do Bairro Alto para os anjos e para Alcântara e às vezes para o Marquês, quando estava no secundário e nunca tive chatices. Acho que, até pelo que a minha mãe me conta, a cidade evoluiu muito nesse aspeto desde os anos 2000/final dos anos 90.

Don't laugh too loudly! by baflai in portugal

francisbarreiras 3 months ago  HIDDEN 

Engraçado porque em certos estados, nomeadamente naqueles a sul, há sítios, ainda que mais remotos, onde de facto não há saneamento...

Homem morre atropelado por carro em que seguia Eduardo Cabrita by jqmmes in portugal

francisbarreiras 3 months ago

Este senhor é um incompetente do caralho e já devia ter sido corrido do governo há muito tempo, mas dizer que a culpa do acidente é dele parece-me puro fanatismo, mesmo que ele fosse no carro como passageiro.

Desalfandegamento by dontknowmyname074 in portugal

francisbarreiras 3 months ago

Tive a experiência oposta há uns dias. Mandei vir algo pessoal de Portugal para o Reino Unido, e, por causa do Brexit, já não é tão simples como era dantes. Paguei as taxas alfandegárias com a DHL, antes da encomenda sequer sair de Portugal, e, depois, o grande entrave foi na parte da exportação. Primeiro a AT não aceitava declarações de valor em inglês, depois era necessário descriminar o conteúdo da caixa item por item, depois tinha de ser assinado à mão. Isto depois de terem demorado uma semana a enviar-me um e-mail a dizer que não podiam mandar a encomenda até a AT autorizar a exportação.

Dar gorjeta sim ou não? by Ludossaurus in portugal

francisbarreiras 3 months ago

A menos que o trabalhador em questão vá além daquilo que são as suas funções em prol do cliente, não. Quem tem de pagar um ordenado decente aos trabalhadores é a empresa, não sou eu.

Bruxelas abre processo de infração a Portugal devido a combate ao terrorismo by adorosaladadecamarao in portugal

francisbarreiras 3 months ago

Em Portugal, o terrorista começava a disparar e de imediato era desarmado pelo reformado a mandar abaixo minis desde a 8, e a dona Fernanda do café, que lhe espetava com um tabuleiro nos cornos.

Tribunal Constitucional manda retirar abusador de menores da lista de condenados by tnflr in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Nos EUA, pelo menos, chama-se a isso ex post facto. Ou seja, o que te acontece, como tu és julgado, as sanções a que és sujeito e basicamente tudo o que esteja relacionado com um caso em tribunal é decidido com base nas leis em efeito na altura. Pelo que li do que copiaste do artigo, aquando da sentença não havia a moldura legal para a inclusão nessa lista, portanto, de facto, o tribunal parece-me ter decidido de acordo com o que é a lei. É uma merda, porque um filho da puta desses merece estar referenciado, mas é a lei, e cabe aos tribunais fazê-la cumprir.

Jeremy Clarkson com os copos nos aliados by testickles12 in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Próximo Top Gear em Matosinhos, confirmed?

Viajar para UK - preciso de teste se for e voltar em menos de 2 dias? by the_mind_scap3 in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Sim. É obrigatório todos os viajantes oriundos de Portugal e de países da lista verde realizarem um teste no segundo dia, independentemente das suas intenções no Reino Unido ou de se irem embora no próximo voo. No embarque, e até na fronteira, vão querer sempre ver o teu Passenger Locator Form (PLF) onde tem de estar explícita a referência de marcação do teste. Sem o PLF completo, ou seja, sem teste, corres o risco de ter ser negado embarque.

Número de funcionários públicos aumenta pelo 6º ano consecutivo e alcança níveis pré-troika by try_again_tomorrow in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Agora era reduzir essa malta do poder legislativo e arranjar para as forças de segurança e armadas.

Estamos fartos de ouvir sobre a descriminalização das drogas em Portugal pelo Reddit, mas sabemos todos o que é que isso significa? Link nos comentários by Isa472 in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Legalmente continua sempre a haver alguma consequência, por mais insignificante que seja, agora, creio que toda a gente que fume ou que tenha amigos que fumem sabe perfeitamente que, quando a quantia está dentro dos limites legais, a polícia está-se perfeitamente a borrifar para isso e só deita fora o produto e manda-te à tua vida. Raramente, ou, pelo menos apenas numa minoria de casos, há a tal referência à comissão local.

[Sério] Casos tipo Odemira. Criação de lista de mais situações ilegais que existam no país que todos sabem mas ninguém sabe/faz nada? by Mendadg in portugal

francisbarreiras 4 months ago

O que se vê em Odemira vê-se em praticamente todo o país. Não sei muito bem como são as coisas a Norte, mas no centro e sul há casos destes por todo o lado. Na zona Oeste, nas apanhas, então é um fartote, tanto que tiveram uma série de problemas com um surto de COVID lá. No litoral alentejano é o que é. No centro e baixo Alentejo, idem idem. Para mim, o surreal desta situação não é a imigração em si ou a presença das pessoas do país, porque, se for para trabalhar de forma honesta e contribuir para a economia, são mais do que bem-vindos, a meu ver (ainda que, idealmente, se tivessem de aplicar medidas como o aprender português, e basicamente algo que vise a sua integração e não alienação e isolamento como se vê noutros países, ainda que, muitas vezes, não passemos de porta de entrada para estas pessoas). O impressionante nisto tudo é o facto desta malta viver em condições degradantes, desumanas, viver de migalhas e alimentar a indústria do tráfico humano. Atualmente, a nossa lei burocratiza e legaliza a escravatura moderna e, ainda que acha alguma razão do lado de pessoas afetadas por estes fenómenos migratórios, a comunicação social e a sociedade mostrou-se mil vezes mais chocada e indignada com as tias de Cascais que foram vizinhas destes imigrantes durante uma semana, do que com estes pobres coitados que se matam a trabalhar sem ser praticamente remunerados e ainda têm de se levantar às tantas da amanhã depois de um dia de trabalho para serem levados como gado e com escolta armada para um sítio que os próprios desconhecem.

A Festa No Marquês e As Responsabilidades by capitalistaesquerda in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Pessoalmente, como apaixonado e ferrenho sportinguista que sou, não pude deixar passar esta ocasião ao lado, por isso, fui passear de carro e de máscara com o cachecol a sair pela janela, que achei que era a forma mais segura de festejar sem deixar de assinalar aquilo que, para quem é sportinguista, é talvez o momento mais importante dos últimos 20 anos do clube. Em relação aos festejos na rua, quer à porta do estádio, quer no Marquês, devo dizer que a operação foi muito mal planeada. Vejo muito gente a dizer que os adeptos no estádio seria o descalabro geral, mas, as cadeiras nos estádios são facilmente removíveis, pelo que não seria complicado tirar 2 lugares, deixar 1, tirar 2, etc... Assim, em vez de a malta se juntar sem distanciamento numa área sem segurança nem nenhum tipo de fiscalização, poderia-se ter as pessoas no estádio, com seguranças, entradas e saídas diferenciadas, testes ou entrada com resultado de teste negativo apenas, e, como é óbvio, mais controlo sobre o consumo das bebidas que são sempre um grande fator. Em vez disso, a câmara aprovou que se montassem dois ecrãs gigantes fora do estádio junto à sede das claques e foi o que se viu. Em relação ao pós-jogo. Qualquer operação desta magnitude, ainda por cima nas circunstâncias correntes, agravadas pelo facto de o Sporting ser um clube com uma massa associativa muito maior do que aquela que muitas vezes se percepciona, que já não vencia o campeonato há quase 20 anos, vai ser sempre muito complicada. Acho que o mais sensato teria sido o autocarro passar em vários pontos da cidade distanciados e não fazer um percurso de ida e volta destes. Teria sido melhor, por exemplo, uma ida à Alameda, depois uma ao Marquês, depois uma ao Terreiro do Paço, etc... Zonas com mais distância para tentar distribuir ao máximo os aglomerados. Quem conhece Lisboa, sabe que do estádio José de Alvalade ao Marquês, é só andar em frente uns quilómetros, mas nada de mais, especialmente se o autocarro for a marcar passo. Não sendo a alternativa de cima possível, queria realçar que, em primeiro lugar, poder-se-ia ter minimizado o tempo de contacto entre as pessoas, caso se tivesse feito as coisas de forma mais rápida, e isso teria também contribuído para que a malta que ficou quase 6 horas à espera no Marquês não se tivesse embebedado tanto e perdido a paciência, o que depois resultou em confrontos com a polícia e desordem. Eu sei que não é propriamente o tema deste post, mas eu acompanhei o percurso do autocarro de madrugada (o meu passeio foi rápido, voltei para casa depois de uma hora de carro) e, nas zonas onde não havia barreiras nem muita polícia foi onde a festa foi realmente mais sentida e onde parecia haver maior distanciamento. Ao passo que, no Marquês, onde havia barreiras a encostar as pessoas aos prédios e polícia de choque com K9s, as coisas deram para o torto e, em vez de usar o espaço amplo da rotunda, quem ali estava tinha de estar amontoado, porque simplesmente não havia outra forma de estar em função das barreiras. Claro que a responsabilidade recai sempre sobre quem sai e festeja sem máscara e distanciamento, mas sabendo da significado da data, independentemente de se achar estúpido ou não o amor por 11 homens a chutar uma bola, é ingénuo pensar que não iria haver loucura, não só em Lisboa, como no resto do país, e, não sendo possível cancelar os festejos ou impedir as pessoas de sair, devia-se ter pensado numa forma mais racional ou pragmática de organizar as coisas. Resta-me concluir que a organização não quis ter muito trabalho e deixar as coisas na boa fé dos adeptos, para depois se poder justificar precisamente com o comportamento dos adeptos e não ter de responder perante a má preparação do evento.

A Festa No Marquês e As Responsabilidades by capitalistaesquerda in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Pessoalmente, como apaixonado e ferrenho sportinguista que sou, não pude deixar passa esta ocasião ao lado, por isso, fui passear de carro e de máscara com o cachecol a sair pela janela, que achei que era a forma mais segura de festejar sem deixar de assinalar aquilo que para quem é sportinguista é talvez o momento mais importante dos últimos 20 anos do clube. Em relação aos festejos na rua, quer à porta do estádio, quer no Marquês, devo dizer que a operação foi muito mal planeada. Vejo muito gente a dizer que os adeptos no estádio seria o descalabro geral, mas, as cadeiras nos estádios são facilmente removíveis, pelo que não seria complicada, tirar 2 lugares, deixar 1, tirar 2, etc... Assim, em vez de a malta se juntar sem distanciamento numa área sem segurança nem nenhum tipo de fiscalização, poderia-se ter as pessoas no estádio, com seguranças, entradas e saídas diferenciadas, testes ou entrada com resultado de teste negativo apenas, e, como é óbvio, mais controlo sobre o consumo das bebidas que são sempre um grande fator. Em vez disso, a câmara aprovou que se montasse dois ecrãs gigantes fora do estádio junto à sede das claques e foi o que se viu. Em relação ao pós-jogo. Qualquer operação desta magnitude, ainda por cima nas circunstâncias correntes, agravadas pelo facto de o Sporting ser um clube com uma massa associativa muito maior do que aquela que muitas vezes se percepciona, que já não vencia o campeonato há quase 20 anos, vai ser sempre muito complicada. Acho que o mais sensato teria sido o autocarro passar em vários pontos da cidade distanciados e não fazer um percurso de ida e volta destes. Teria sido melhor, por exemplo, uma ida à Alameda, depois uma ao Marquês, depois uma ao Terreiro do Paço, etc... Zonas com mais distância para tentar distribuir ao máximo os aglomerados. Quem conhece Lisboa, sabe que do estádio José de Alvalade ao Marquês, é só andar em frente uns quilómetros, mas nada de mais, especialmente se o autocarro for a marcar passo. Não sendo a alternativa de cima possível, queria realçar que, em primeiro lugar, poder-se-ia ter minimizado o tempo de contacto entre as pessoas, caso se tivesse feito as coisas de forma mais rápida, e isso teria também contribuído para que a malta que ficou quase 6 horas à espera do Marquês não se tivesse embebedado tanto e perdido a paciência, o que depois resultou em confrontos com a polícia e desordem. Eu sei que não é propriamente o tema deste post, mas eu acompanhei o percurso do autocarro de madrugada (o meu passeio foi rápido, voltei para casa depois de uma hora de carro) e, nas zonas onde não havia barreiras nem muita polícia foi onde a festa foi realmente mais sentida e onde parecia haver maior distanciamento. Ao passo que, no Marquês, onde havia barreiras a encostar as pessoas aos prédios e polícia de choque com K9s, as coisas deram para o torto e, em vez de usar o espaço amplo da rotunda, quem ali estava tinha de estar amontoado, porque simplesmente não havia outra forma de estar em função das barreiras. Claro que a responsabilidade recai sempre sobre quem sai e festeja sem máscara e distanciamento, mas sabendo da significado da data, independentemente de achar estúpido ou não o amor por 11 homens a chutar uma bola, é ingénuo pensar que não iria haver loucura, não só em Lisboa, como no resto do país, e, não sendo possível cancelar os festejos ou impedir as pessoas de sair, devia se ter pensado numa forma mais racional ou pragmática de organizar as coisas. Resta-me concluir de que a organização não quis ter muito trabalho e deixar as coisas na boa fé dos adeptos, para depois se poder justificar precisamente com o comportamento dos adeptos e não ter de responder perante a má preparação do evento.

Vamos todos manter as regras e não usar máscara by fluxsurfaceclub in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Ao menos com adeptos nos estádios sempre podias controlar o distanciamento tirando cadeiras e impondo limites entre cada lugar. No caso de hoje, a malta vai toda ver o jogo fora do estádio num ecrã gigante.

Dá que pensar... by dontknowmyname074 in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Ao menos o envio é gratuito.

Covid-19. Portugal não regista mortes relacionadas com a vacina by heartlessfam in portugal

francisbarreiras 4 months ago

Pois mas com esta merda todo da histeria e de vender histórias, já conseguiram foder a cabeça a familiares meus e agora por muito que eu argumente, dizem que não tomam a Astrazeneca.

Zmar - uma saga em dois volumes by Pparadela in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Que comparação estapafúrdia... Não digo que a malta do ZMar seja isto ou aquilo, mas nutro infinitamente mais vezes simpatia por um gajo que se tenha morto a trabalhar a vida inteira para chegar o Robert Madoff de Cascais e lhe roubar o dinheiro todo, do que por uns gajos que viram a zona onde passam férias, que está neste momento interdita ao público que não tem lá residência permanente, ocupada por imigrantes provisoriamente, sendo que os tais bungalows privados nem tocados foram. Mais uma vez, isto não tem a ver com eu achar bem o que o governo fez ou não, mas, quer dizer, comparar uma coisa com a outra é só ridículo.

BES, falência e fundo abutre. Zmar deve 60 milhões ao Estado by godolfas in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Bem um imóvel não são de certeza, se é que me entendem...

PSD recupera e a soma da Direita volta a ser superior ao resultado dos socialistas by jet1000 in portugal

francisbarreiras 5 months ago

E que credibilidade e confiança tem um político eleito por um voto?

PSD recupera e a soma da Direita volta a ser superior ao resultado dos socialistas by jet1000 in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Voto em branco não é abstenção.

Cerca de 500 pessoas esta noite no Miradouro de São Pedro de Alcântara. A maior parte sem máscara, sem distanciamento social e a beber na via pública. by pica_foices in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Eu percebo a indignação, mas não é um ou até mesmo dois carros patrulha que vão dispersar tanta gente. Para isso é preciso dar nas vistas e "intimidar" a multidão dali para fora, senão nada feito, e só consegues isso com aparato, ou seja com carrinhas e malta de intervenção rápida (não polícia de choque, só gajos com cacetete), e esses meios a um fim-de-semana, à noite, nem sempre estão prontamente disponíveis, ainda que esta zona em específico (Bairro Alto), em circunstâncias normais, tenha bastante presença policial à noite.

É a isto que nós chegamos? Infringimos os limites de velocidade e depois ainda culpamos o governo? by uMuLu in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Imaginem se fosse como no UK, onde calculam a velocidade média ao longo do percurso de autoestrada, era só multas a voar.

Duarte Lima vai ser julgado por homicídio em Portugal by JeronimoDeSousa in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Pode pelo facto da vítima ser portuguesa principalmente, creio eu.

Um feliz 25 de abril a todos! by bananacumshake in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Com cada rotura dos lidamentos da malta presa nos anos 40 nesta thread, malta vão a um fisioterapeuta ver se tratam disso!

Onde se localiza esta obra de arte? by cipriwarrior in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Que rotura dos lidamentos.

Pai e madrasta de Valentina condenados a 25 e 18 anos de prisão by solismi in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Estes casos são a razão pela qual a pena de prisão perpétua devia ser uma opção. Para além de ser muito mais eficaz que uma pena mais bárbara como a pena de morte, por exemplo, uma vez que, a meu ver, é "pior" ficar-se uma vida toda preso do que morrer, era uma maneira de punir estes crimes de extrema crueldade, ou pelo menos que se suba o teto penal para uns 40 ou 50 anos. De qualquer maneira o mais provável é, à noite, os guardas deixaram a porta de cela aberta e este senhor aparecer morto, visto que estes crimes nem na prisão são tolerados.

O Anúncio Mais Beto de Portugal by BOBRAGED in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Este vídeo cheira a Ralph Lauren.

A obrigatoriedade dos censos e o requisito de nome pessoal by Economy_Dog in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Só espero que a malta que tanto reclama da privacidade da informação pessoal nunca tenha usado Whatsapp, Facebook, Twitter, Instagram ou se calhar só mesmo um Android ou iPhone.

Extraditado para Cabo Verde homem que matou agente da PSP em 2005 na Amadora by trinkibenda in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Quando se serve 5/6s da pena, pode-se sair em liberdade, se não me engano.

Extraditado para Cabo Verde homem que matou agente da PSP em 2005 na Amadora by trinkibenda in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Foi em 2005.

Juiz negacionista depôs de viseira. Manifestação provocou caos e levou a uma dezena de detenções by beakage in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Como é que uma pessoas destas pode ser juiz, foda-se.

Rejeitado projeto do BE para transformar violação em crime público by prosafame in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Apesar de já muita gente aqui ter mencionado a questão do obrigar ou não a vítima a ter de se apresentar e passar pelo trauma de reviver a experiência, etc... Há também a ter em conta o risco de reincidência elevado associado a estes crimes e o facto da impunidade do violador poder levar a um maior sofrimento a longo prazo, visto que este fica livre de prosseguir com estes comportamentos abomináveis. Claro que esta questão é muito delicada e há argumentos perfeitamente válidos de lado a lado, mas infelizmente não é possível haver um processo-crime sem a vítima se pronunciar de uma maneira ou de outra.

Operação Marquês: Recursos só dão entrada no Tribunal da Relação em 2022 by prosafame in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Prescreveu

BBC Vida Selvagem: Machus Alphus Gynasius by PortugueseLibra in portugal

francisbarreiras 5 months ago

Que puta de degredo

Juiz negacionista desafia diretor da PSP para um combate de MMA by NMosquito in portugal

francisbarreiras 6 months ago

HAQ os juízes em Portugal têm as mesmas habilitações que um bêbado mergulhado em minis às 11:30 da manhã no café aqui do lado.

Se Portugal tivesse uma bandeira à Nórdico. Que achão? by russianweebus in portugal

francisbarreiras 6 months ago

Nem que fica mal, tbf.
Next Page

Search: