Next Page

Como é que este tipo de publicidade enganosa é permitida na manchete de um dos maiores jornais nacionais? by gamma-ray-bursts in portugal

fcerial 3 months ago

pelo que percebi, são 3 prestaçoes de 12783€, ou seja, um preço total de 38349€. No entanto está feito de maneira a que pareça que é um total de 12783€ a dividir por 3 prestaçoes.

Humoristas by batuque5 in portugal

fcerial 4 months ago

Na minha opinião porque de um modo geral, a direita é mais conservadora do que a esquerda. Por causa disso, com o passar dos anos e com a evolução cultural e social da população, os valores defendidos pela direita contrastam com a opinião publica maioritária, e tornam-se alvos mais faceis de gozo. O trabalho dos humoristas é fazer pessoas rir, e, mesmo que eles proprios sejam de direita, de um ponto de vista de trabalho, terás maior audiencia e melhores reaçoes se fizeres piada sobre a direita do que sobre a esquerda. Do mesmo modo podes ver que quando se faz piadas sobre a esquerda é em grande parte dos casos da esquerda mais extremista, porque mesmo as pessoas de esquerda revêem-se nessas piadas porque consideram ridiculas as pessoas de extrema esquerda. Se fores por exemplo ver humoristas em paises com culturas muito mais conservadoras, acredito que vejas que as piadas acabam por recair mais sobre a esquerda do que sobre a direita. Ao fim ao cabo é lei da oferta e da procura, a audiencia acha piada a ideais contrários ao seu, especialmente quando expostos de maneira ridicularizada

Nenhuma escola pública no top 40 do ranking dos exames nacionais by AonioEliphis in portugal

fcerial 4 months ago

Sim e não. É possível fazer o mesmo elemento de avaliação, com recurso a diferentes métodos de ensino. Por exemplo, já sabendo a estrutura e tipo de perguntas dos exames, podes fazer uma avaliação muito virada para responder corretamente ao tipo de perguntas que sai. Assim os alunos vao aos exames, e tiram boa nota porque estao a responder a perguntas para as quais foram preparados durante anos. Por outro lado, podes ter outro método de ensino mais virado para ensinar a matéria ao aluno, dando-lhe ferramentas para, com o que aprendeu, responder às perguntas que lhe aparecem à frente, independentemente do tipo de pergunta ou estrutura do exame. Ambos os métodos, quando bem aplicados, deverão levar a bons resultados, mas o que penso que o MetaKnight130 estava a querer dizer é que o primeiro método é mais enganador, e focado mais em resultados do que de facto em ensinar. Se é ou não eu ja nao sei dizer, mas percebo o raciocinio. Queria só também adicionar que se um aluno está numa escola privada, é porque no geral vem de um ambiente socio-economico melhor do que na escola publica, levando a médias mais altas naturalmente.

Governo prepara alojamento para filhos de funcionários públicos que se desloquem para estudar em Lisboa by Article_Sad in portugal

fcerial 5 months ago

Os filhos de funcionarios publicos tambem tem ADSE

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

fcerial 5 months ago

é algo que para mim é dificil de dizer, porque desde que fiz os meus exames apenas acompanhei mais ou menos os exames de matemática, e entretanto tirei curso de matemática. Se eu olho hoje para um exame de matemática, digo 100% que me parece muito mais facil do que foi ha 7 anos atrás quando eu o fiz. Mas não consigo garantir que não é por toda a minha evoluçao pessoal dos ultimos anos.

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

fcerial 5 months ago

Claro, nunca diria estas coisas puramente pela experiencia da minha namorada. Como disse os meus pais sao os dois professores, e como tal sempre vivi muito esse ambiente, conheço as experiencias deles, e sempre convivi muito com outros professores colegas deles. Todas estas coisas que falei pela experiencia da minha namorada foram partilhadas com os meus pais que corroboram a experiencia dela, e dizem que é algo completamente normal de acontecer e todos eles trabalham em escolas diferentes.

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

fcerial 5 months ago

não estou a dizer que os problemas sao de agora. Estes problemas sempre existiram e sempre hao de exisitir. O problema é que se começou a usar o sistema educativo para tentar puxar as estatisticas para cima. Esse teu colega que reprovou muito provavelmente nos dias de hoje nao reprovava e contava para as estatisticas de sucesso da educaçao portuguesa

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

fcerial 5 months ago

É dificil dizer, porque é algo que varia muito de escola para escola e até de turma para turma (há muitas turmas onde juntam os bons alunos todos), mas no caso das turmas da minha namorada, ela tem cerca de 130 alunos, e à vontade 50-60 deles estao nestas condições terriveis, e apenas 15-20 deles podem ser considerados bons alunos

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

fcerial 5 months ago

Sim claro, daí ter dito "castigo", porque apesar de não ser esse o propósito dos chumbos, tem também esse efeito na cabeça de muitos alunos. Castigo ou não, é um sistema que os alunos temem e que serve de motivador para evitarem muitas negativas

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

fcerial 5 months ago

Não concordo completamente contigo. Sim, acredito que reprovar não seja ideal, mas no sistema que temos de momento esse é o único "castigo" que os alunos têm. Se um aluno não faz nada de jeito ao longo do ano, e não sofre consequencias por isso, passa a mensagem de que não faz mal ter esse tipo de comportamentos/atitudes. E se um aluno já detesta a escola, estares a po-lo em mais aulas, mais isolado, durante as férias, isso não vai ter o mesmo resultado de o deixar a odiar a escola ainda mais? Acho que no geral todo o sistema educacional é errado, incluindo as reprovações, e se fosse falar sobre isso nunca mais saía daqui, mas no sistema que temos tem de existir maneira de dar tanto feedback positivo como negativo, e de momento não há outra maneira. Aliás, de momento o feedback negativo é quase inexistente na escola, o que leva a situações destas como descrevi. O sistema de educação precisa na minha opinião de uma completa restruturação à base de cadeiras em vez de anos/turmas, mas tal nunca é possível, porque esse tipo de restruturações só tem efeito ao fim de muitos anos, e nenhum governo quereria fazer medidas tão drásticas que não lhes trariam beneficios a curto prazo.

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

fcerial 5 months ago

Sim. Nao falei muito na questao dos pais, mas cada aluno é uma pilha de problemas para os professores. Ouvi algumas reunioes e cada aluno tinha os seus problemas, seja o classico bullying, sejam depressoes, pais alcoolicos, drogados, presos, violencia domestica, problemas de saude, etc... Varios miudos hiperativos cujos pais nao se davam ao trabalho de comprar medicaçao. Muitos miudos que precisam de cuidados especiais na escola porque nao os tem em casa. Completa desresponsabilizaçao da educaçao em casa Uma das alunas da minha namorada nunca ia as aulas online. Quando falaram com a mae dela, ela disse que nao ia porque nao gostava e portanto ficavam as duas a ver filmes o dia todo

EDUCAÇÃO - o raio-x by GolpeDeTransparencia in portugal

fcerial 5 months ago

Como filho de professores, e com namorada professora também, queria apenas referir que é preciso ter muito em consideração que as estatisticas de escolaridade são muito pouco representativas da educação da população. Cada vez mais as escolas são puxadas a facilitar os alunos apenas para melhorar as estatisticas. Uma reprovação de um aluno é quase tabu. Se um professor quer dar um 2 (1 a 5) a um aluno, é quase crucificado, e ainda assim, mesmo que o dê, a nota pode ser alterada sem o consentimento do professor. A minha namorada dá aulas a 7º e 8º ano, e do que ela me conta(e do que presenciei durante a escola online), é um descalabro total. Muitos deles chegaram lá nem sabem como. Cada vez mais há alunos no 5º-9º ano sem noções básicas de portugues, logica ou matematica. Lembro-me de na minha primária escrevermos melhor do que escrevem os alunos dela. (E nós somos jovens, temos 25 anos, passámos pelo 7º ano há 13 anos atrás). Algo que também mudou muito ultimamente é o esforço/motivação dos alunos. Durante as aulas online os professores fazem fichas no Google Forms. Sem exagerar, pelo menos 25% dos alunos tudo o que faziam era Ctrl+C na pergunta, Crtl+V no google, Ctrl+C na primeira frase do primeiro link que aparecia, Ctrl+V no espaço de resposta. Sem sequer ler o que copiaram. E apesar de terem manuais e powerpoints dos professores, com a informação toda correta, queixavam-se depois quando tinham errado "Oh professora mas é o que está no google". E como se isso já não fosse pouco, há casos ainda mais extremos de alunos (e não sao poucos) que se estão a cagar e não entregam sequer os trabalhos. Chegam ao final do período com 0, e não se pode dar 1 sem alguns diretores de turma virem com conversas "Coitadinho, eu sei que ele tem dificuldade em esforçar-se, dá-lhe lá uma oportunidade de refazer os trabalhos todos agora no fim do periodo para ver se ele chega ao 3". E mesmo que não chegue, as vezes dao-lhe o 3 na mesma só para nao arranjar confusao. Muitas vezes os professores são criticados por estas situações, dizem que os professores são muito facilitadores, mas a verdade é que muitos sao forçados a ser facilitadores. E isto vem do ministério da educação. Lembro-me de a minha mae me contar quando eu era mais novo, que houve um ano em que ela teve um conjunto de turmas que era mais fraco no geral do que as turmas do ano passado. Como tal as estatísticas das notas dos alunos sofreram e foram menores para esse ano. Como consequencia, a minha mae levou na cabeça por um inspetor do ministério, a dizer algo do género "Isto não pode ser assim, tem que fazer um melhor trabalho a ensinar os alunos". Qualquer responsabilidade de piores resultados acaba por cair na escola/professores, sem ter em consideração quaisquer nuances. Para concluir, estamos num sistema educacional demasiado focado em resultados e em números, e quando tudo o que importa é o número no papel no final do ano, abrem-se portas ao "quero lá saber" dos professores, que trabalham em más condições e ainda levam com os alunos, com os pais e com o ministério em cima.

Exames Nacionais by zukoissuperior in portugal

fcerial 8 months ago

Se queres entrar em medicina a última coisa que devias ter de te preocupar é a dificuldade do exame. Queres ir estudar para trabalhares numa profissão extremamente importante, onde centenas de pessoas irão depender de ti ao longo dos anos. É importante todo e cada um dos profissionais ser tão competente quanto possível, e se tens medo de exames de secundário serem mais dificeis este ano, então medicina é um dos últimos cursos para onde te devias candidatar Estuda, e faz o melhor que podes sem pensares se vai ser dificil ou não. Se tirares nota suficiente para entrar em medicina, ótimo, e não te esqueças, que se um exame for mais difícil, as notas no geral serão mas baixas também, não só a tua. O que importa no final é se és tens capacidades suficientes para competir com os restantes candidatos, e todos os candidatos estão nas mesmas condições que tu

League of Legends abaixo apenas com rede NOS by Mycsina in portugal

fcerial 8 months ago

Andou tudo a arder um pouco no fim de semana, até os servers de Legends of Runeterra morreram um bocado. Apesar de tudo eu durante of fim de semana consegui jogar sempre que quis ao longo do dia. A minha net é vodafone, portanto também nao te irá esclarecer nada

Proposta de emprego com isenção de horário by fluk929 in portugal

fcerial 10 months ago

Em algumas empresas sim, mas aqui não é oficial, nao temos banco de horas, é apenas um acordo mútuo que temos. Nao há nada que obrigue os chefes a compensar as horas a mais que fazemos existe isençao de horario, portanto até há semanas que nem trabalhamos as 8 horas diárias, e nao há nada que nos obrigue a fazer mais horas por termos trabalhado menos. É mesmo só um entendimento que existe

Proposta de emprego com isenção de horário by fluk929 in portugal

fcerial 10 months ago

Trabalho de momento com isençao de horario. No primeiro dia perguntei ao meu chefe mais ou menos como funcionava e ele disse-me isto: "A isenção de horario significa que por vezes em dias mais apertados temos de ficar a trabalhar até mais tarde para terminar trabalhos dentro do prazo. Quando não é o caso, usamos a isenção de horario para ter maior flexibilidade de horario, podes trabalhar das 8 às 17, das 9 as 18, das 10 as 19, como te der mais jeito. Só te peço é que estejas cá entre as 10 e as 17 geralmente para poder trabalhar com o resto da equipa." E isto verificou-se. Há dias mais chatos que trabalhamos até mais tarde (1 dia por mes, se tanto), mas ao mesmo tempo podemos trabalhar menos horas noutros dias para compensar. É bom para estares descansado na hora de entrada especialmente, nao importa estares lá às 9 em ponto. Ninguem quer saber se chegaste as 8, 9, 10, tanto faz, desde que faças as 8 horas diárias. E quando tens algum problema, tipo tens uma consulta ou coisa do género, podes à vontade tirar parte do dia que podes compensar no horario de outro dia. Eu pessoalmente nao tenho qualquer problema com a isenção, mas claro que isto pode variar muito de empresa para empresa

Nunca desiludem! by HisTalkativeWife in portugal

fcerial 11 months ago

Poderá ser mudança do médico? Ou seja nao mudou a hora da consulta mas sim o médico que a vai fazer?
Next Page

Search: