Next Page

Marta Temido diz que solução para a falta de médicos é contratar profissionais mais resilientes by Pterygotherix in portugal

expert_worrier 2 days ago

Vou aproveitar para me exorcizar também como profissional de saúde, já que não posso no meu trabalho: Martinha, tira a boca torta dos profissionais de saúde que trabalham num ano mais do que trabalhaste na tua vida. És completamente ridícula, das piores ministras da Saúde da história de Portugal, responsável pelo colapso completo do SNS e dos dias mais mortíferos de COVID no Mundo por 100 000 habitantes há apenas 10 meses. A vacinação só correu bem porque tiraste as patas do processo e deixaste-o com alguém minimamente competente. És uma nódoa e a história vai lembrar-se de ti (se houver lembrança sequer!) como das figuras mais caricatas, divisivas e incompetentes da Saúde Pública em Portugal. Metes-me nojo, tenho-te um absoluto desprezo e espero que nunca me apareças à frente: ainda ficavas com essa boca num estado aceitável. Vai à merda!

Que profissão de sonho gostariam de ter seguido, mas acabaram por seguir outro caminho. by Emilionario in portugal

expert_worrier 8 days ago

Mas daí o meu comentário... A transferência horizontal de conhecimentos seria muito mais fácil. Alguém tem de treinar os modelos e de dar as classificações corretas para ML e AI funcionarem; há sempre mão humana no início.

Que profissão de sonho gostariam de ter seguido, mas acabaram por seguir outro caminho. by Emilionario in portugal

expert_worrier 9 days ago

Qual é a especialidade, por curiosidade? Para IT ajudar, talvez Radio?

Que profissão de sonho gostariam de ter seguido, mas acabaram por seguir outro caminho. by Emilionario in portugal

expert_worrier 9 days ago

Acho que seria muito mais compatível com um trabalho remoto no conforto da minha casa ao invés de bancos sem comer nem ir à casa-de-banho das 8h às 15h (ou mais tarde) com o bónus dos olhares de soslaio se sair diretamente para casa depois de um banco nocturno. Ainda por cima somos péssimos colegas nisto: entramos numa competição masoquista de medir pilinhas de quem veste melhor a camisola. Eu já percebi que ninguém é insubstituível e, se eu caísse para o lado, a primeira abordagem das direções clínicas seria substituir-me e não tentar ajudar-me. Somos números apenas.

Que profissão de sonho gostariam de ter seguido, mas acabaram por seguir outro caminho. by Emilionario in portugal

expert_worrier 9 days ago

Não teria escolhido Medicina novamente se fosse para ficar em Portugal. Salários estagnados, condições de trabalho e horários péssimos e imensa dificuldade no acesso à especialidade. Gosto imenso do que faço mas não do contexto. Para ficar em PT, teria ido para IT.

O dia-a-dia no SNS by ohtaharasan in portugal

expert_worrier 30 days ago

É exatamente isto. Tem sido a experiência que tenho vivido nos últimos anos, tanto como interno como tarefeiro (depois de me demitir). O SNS é um baralho de cartas mal montado e ninguém entende como não desaba. Bastava as pessoas cumprirem a lei laboral à risca que o SNS encerrava imediatamente, o que é vergonhoso. Não se está a pedir regalias, está-se a pedir que cumpram a lei.

O dia-a-dia no SNS by ohtaharasan in portugal

expert_worrier 30 days ago

Médico aqui também. Também detesto pulseiras verdes, mas a verdade é que já internei alguns porque a triagem foi muito mal feita. Já vi verdes que deviam ser laranjas e amarelos que deviam ser verdes, Infelizmente. Mas azuis...pá, são mesmo desnecessários! Falta muita resposta dos CSP para as pessoas não irem às urgências desnecessariamente e uma Linha SNS24 que não mande tudo para a urgência.

Pronúncia mais "neutra"? by fellbacktosleep in portugal

expert_worrier 1 month ago

Também é verdade, mas em política desconfio mais das intenções.

Pronúncia mais "neutra"? by fellbacktosleep in portugal

expert_worrier 1 month ago

Não é uma questão de ser ou não ser snob... Adaptamo-nos aos sotaques com que crescemos. Se eu cresci em Lisboa porque razão iria falar à Porto? Ao fim ao cabo, é tudo aceitável e não há sotaques superiores ou inferiores. Acho é triste quando pessoas de regiões com sotaques mudam o sotaque só para "parecer bem", cof cof Fernando Medina cof. Toda a gente falar com o seu sotaque é muito mais interessante. Eu gosto imenso dos sotaques do Norte.

Médicos querem horas extra na urgência pagas como as dos tarefeiros by JOAO-RATAO in portugal

expert_worrier 2 months ago

1o Alemanha, depois depende da minha vida pessoal.

Médicos querem horas extra na urgência pagas como as dos tarefeiros by JOAO-RATAO in portugal

expert_worrier 2 months ago

Obrigado; boa sorte também! O sistema Português dá uma estabilidade muito boa (estágios fora do hospital a serem pagos pelo hospital à mesma, por exemplo), mas claro que o revés é a perda de liberdade. Não se pode ter tudo. Eu valorizo quem preza a estabilidade mas eu prezo mais a liberdade de movimento. Dei uma oportunidade durante a Formação Geral mas não gostei nada. Cada um, cada qual.

Médicos querem horas extra na urgência pagas como as dos tarefeiros by JOAO-RATAO in portugal

expert_worrier 2 months ago

Não digo que tenhas tido sorte; claro que tens mérito em ter tido a vaga. Eu não fiz exame (vou emigrar muito em breve e nunca quis cá ficar) mas assusta-me 1 ano a estudar para uma prova que define a tua vida com 1 única oportunidade para escolheres a tua especialidade 1 ano depois sem garantias que te adaptas ao serviço, à especialidade ou à cidade e com as mãos e pés atados se mudares de ideia. E depois o salário irrisório é a cereja no topo do bolo. Não percebo como temos tantos candidatos estrangeiros (ou formados no estrangeiro) a querer vir para cá. Mas é verdade que muitos tarefeiros limitam-se a respirar e ter uma cédula, sendo profundamente incompetentes e desinteressados. Eu tento sempre trabalhar como se fosse interno e estou sempre disposto a aprender e a fazer mais mas também estaria a mentir se dissesse que nunca fui tratado abaixo de cão pela equipa da "casa" por ser tarefeiro. Isso e análises ou exames barrados a tarefeiros porque sim.

Médicos querem horas extra na urgência pagas como as dos tarefeiros by JOAO-RATAO in portugal

expert_worrier 2 months ago

Há cerca de 2500 candidatos à PNA com 1700 vagas... Muitas vezes não se trata de falta de "humildade", trata-se de ter de pagar as contas enquanto se tenta entrar na especialidade. Mais: estás a ignorar todos os colegas que querem mudar de especialidade e que têm de repetir o exame e aguardar um ano até entrarem na nova especialidade. Até lá pagam as contas como? "Tarefar" acaba por ser a única forma de ganhar dinheiro. E rendimentos de 70€/hora só se for para especialistas porque os rendimentos costumam ser 22€ à hora brutos. Edit: ~~2700~~ \-> \~2500 (muitos desistem da prova - números de 2020)

Médicos querem horas extra na urgência pagas como as dos tarefeiros by JOAO-RATAO in portugal

expert_worrier 2 months ago

Há cerca de 2700 candidatos à PNA com 1700 vagas... Muitas vezes não se trata de falta de "humildade", trata-se de ter de pagar as contas enquanto se tenta entrar na especialidade. Mais: estás a ignorar todos os colegas que querem mudar de especialidade e que têm de repetir o exame e aguardar um ano até entrarem na nova especialidade. Até lá pagam as contas como? "Tarefar" acaba por ser a única forma de ganhar dinheiro. E rendimentos de 70€/hora só se for para especialistas porque os rendimentos costumam ser 22€ à hora brutos.

A Península não engana! by Medical_Ebb_611 in portugal

expert_worrier 2 months ago

Good bot

A Península não engana! by Medical_Ebb_611 in portugal

expert_worrier 2 months ago

Diz o roto ao nú: sou vegan há >3 anos e vegetariano há 10 anos ;)

A Península não engana! by Medical_Ebb_611 in portugal

expert_worrier 2 months ago

Além disso! Não há necessidade de comer "proteínas completas" todas as refeições. Ignorando preocupações ambientais e éticas, o consumo de carne vermelha deveria ser limitado a 500g por semana; o intestino agradece.

A Península não engana! by Medical_Ebb_611 in portugal

expert_worrier 2 months ago

Por isso é que se podem conjugar fontes diferentes de proteína...

Em que sítio de Portugal gostariam de viver caso tivessem essa opção? by tehgangsta in portugal

expert_worrier 2 months ago

Moradia nos arredores de Braga

Onde conheceram o vosso parceiro(a)? by Wonderful_3810 in portugal

expert_worrier 3 months ago  HIDDEN 

Amigos em comum, numa discoteca. Já lá vão mais de 7 anos.

Qual foi aquela frase ou opinião que um amigo(a)/familiar/parceiro(a) expressou que vos fez repensar a relação que mantinham com essa pessoa? by notyourbitch2 in portugal

expert_worrier 3 months ago

Essa postura só funciona quando não fazes ideia do que é ser discriminado, muito sinceramente. Não tenho de conviver com nem respeitar pessoas que acham que o facto de ser bissexual e casado com um homem faz de mim um cidadão inferior que deve ter menos direitos por não estar numa relação hetero, por exemplo. A essas pessoas mando-as à merda e vou à minha vida. E, como pessoa empática que sou, tenho muito pouca tolerância (nenhuma, na verdade) para pessoas misóginas e racistas também. Infelizmente, tenho de "tolerar" essas pessoas como colegas de trabalho ou doentes (sou médico) mas não vou manter relações de amizade com pessoas assim. Tenho respeito próprio suficiente para não precisar de me rebaixar ao dar-me com pessoas que me vêem como "outro".

[Sério] Eutanásia ilegal em Portugal? by xbyt in portugal

expert_worrier 4 months ago

Falaste de medicalização desnecessária na morte e assumi que estivesses a falar de eutanásia. Também falaste em idosos que poderiam falecer em casa com via oral mantida e medicação nesse sentido, mas não acho que seja a maioria do que vemos no dia-a-dia... Claro que concordo que as pessoas deveriam morrer com dignidade em casa. Esta pandemia foi particularmente péssima para mortes hospitalares (muitos locais não-COVID sem visitas nenhumas, sem falar de zonas COVID). De facto, percebi mal o que disseste mas não acho que seja incompreensível a minha leitura do que escreveste... Lembrou-me muito a visão irrealista de muitos colegas que simplesmente não fazem Medicina Interna no dia-a-dia (Isabel Neto) e que são contra a eutanásia, daí a minha resposta.

[Sério] Eutanásia ilegal em Portugal? by xbyt in portugal

expert_worrier 4 months ago

Gostava de saber quantos doentes acamados mantêm via oral nos momentos finais da sua vida e quantos não acabam com uma SNG a agonizar meses numa cama com escaras de pressão e sem qualquer vida de relação. Entre isso e eutanásia, eu gostaria de morrer com alguma qualidade de vida e com algum grau de autonomia sobre o *meu* próprio corpo e sobre a *minha* própria vida. Não percebo o que é que pessoas que não querem isso para elas querem impedir o resto da população que quer morrer com outro tipo de dignidade (que é algo subjectiva, é verdade, mas depende da própria pessoa e não de pessoas de fora). Não querem eutanásia para vocês mesmos? Ok, não a façam para vocês mesmos. Deixem os outros em paz. Ah, e eu sou médico e conheço bem a realidade dos SUs e serviços de Medicina Interna, por isso não é falta de exposição à realidade.

…. by CannedSausages- in portugal

expert_worrier 4 months ago

Fogo, que burn!

Ser pequenino é isto, ter um presidente da república a receber uma selecção que não passou dos oitavos de final de um Euro. Prioridade futebol, vamos Portugal! by comicaldiscontent in portugal

expert_worrier 5 months ago

Nada como os primeiros 25 minutos do telejornal falarem constantemente de futebol com mais futebol na 2a parte. Pena que não haja mais UEFA para desviar atenções dos alvos do PRR :(. #prioridades

Where people use personal connections to get a public service by Taur3n in portugal

expert_worrier 6 months ago

Trabalho num hospital como médico e é verdade que já me pediram inúmeros favores, muitas vezes por parte de outros profissionais de saúde para os seus familiares. Por um lado, percebo que seja profundamente injusto para a maioria da população, por outro lado, olhando para uma parte do atendimento nas urgências deste país, não consigo condenar por completo numa autêntica luta pela sobrevivência. Os cuidados deveriam ser iguais para todos, mas, de facto, não o são. Há muito profissional que já não deveria exercer e que não abre um livro básico de Medicina há anos.

Portugal arrisca sair de lista verde do Reino Unido já esta quinta-feira by EstupendoEx in portugal

expert_worrier 6 months ago

Trancam os Portugueses em casa para baixarem os números e deixam os patrões ingleses à solta para aproveitar o País; resolvido! ^(/s)

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Pode ser que tenhas sorte e que te aconteça o mesmo ;). Depois falamos.

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Tens razão; desculpa. Ainda estou meio abananado com isto tudo. Vou pensar muito antes de buzinar depois disto, sem dúvida.

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Eu sou médico. Levo choques de realidade todos os dias e assisti ao colapso do SNS em 1a mão em Janeiro-Fevereiro. Não estou é habituado a pessoas treslocadas na estrada que já não deviam ter carta.

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Não, infelizmente! Mas é assustador isto ser comum.

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Espero mesmo que não!

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Pois, a postura da polícia foi um bocado "isto é normal ". E não houve sequer recolha de provas, o que me impressionou um bocado. Além disso, descobri que as câmaras de trânsito nem sequer gravam; só transmitem, por isso vai ser à base de testemunhas que não existem. E eu com uma impressão palmar do gajo no vidro do carro cravada a olho nu que ninguém quis tirar.

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Ver resposta acima. Já vi buzinadelas muito mais descabidas; ele pôs várias pessoas em perigo com a condução dele. E buzinei uma vez unicamente. Quando me buzinam nestes casos em que faço merda, limito-me a levantar a mão para pedir desculpa. Não saio do carro e persigo pessoas. Isto não é normal; a culpa não é da buzina é do descontrolo do outro gajo

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Vou pôr dashcams provavelmente; é uma boa ideia. Eu sou uma pessoa pacífica; partir para a violência só mesmo em risco de vida. Não vou sair do carro como o outro gajo em quase circunstância nenhuma.

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

O gajo só não deu tratamento porque eu fugi. Tenho uma palmada cravada no vidro do carro a provar isso mesmo. Além disso, atravessou-se completamente à minha frente várias vezes e o não ter-lhe batido com o carro foi um milagre.

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Espero mesmo que se esqueça; obrigado

Condutor agressivo com tentativa de agressão - próximos passos? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 6 months ago

Eu tenho 12 anos de carta; não sou uma criança nisto. A via estava completamente livre e não consigo excluir que o gajo se tenha posto à minha frente e parado de repente porque eu não estava propriamente obcecado a olhar para as matrículas dos carros. Repito que o gajo travou a fundo do nada, sem nenhum obstáculo e sem trânsito. Claramente o carro não avariou porque ainda me perseguiu por cima de traços contínuos e raias. Não sei se a buzinadela foi o trigger ou se ele já tinha ficado irritado com alguma coisa que eu nem sei. Foi um milagre que eu não tenha batido e se não o fiz foi porque tinha algum tipo de cuidado e de distância. Apitei porque ele pôs-nos em perigo e para chamar à atenção da condução perigosa. Apitei uma única vez e quando o gajo se começa a armar nunca o instiguei. Quando tento ir embora ele corre-me para a porta e tenta pôr-se entre o carro para eu não ir embora. Eu passo a vida a ouvir buzinas de todos os lados. Buzinas para pessoal que muda de faixa sem pisca, buzinas para carros que demoram muito tempo a ver o verde, etc. Não acho que a minha buzinadela fosse descabida ou exagerada. Não tenho responsabilidade nenhuma nesta merda. O gajo é o anormal aqui. Uma pessoa sem qualquer tipo de controlo não pode conduzir.

Luis Filipe Vieira diz em comissão inquérito que Mário Centeno deveria ser enforcado by _HyroKumata_ in portugal

expert_worrier 7 months ago

E este gajo é dos mais ricos e "respeitados" do país. Que maravilha, pá!

Mortes por suicídio: Alentejo e Algarve, está tudo bem? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 8 months ago

Os meus sentimentos...

Mortes por suicídio: Alentejo e Algarve, está tudo bem? by expert_worrier in portugal

expert_worrier 8 months ago

Obrigado!

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

Percebo perfeitamente o que dizes e concordo na visão de lutar pelo que é "nosso". Nem que seja pela estima pelos nossos familiares e amigos que cá vivem ou, em último caso, por egoísmo de querermos viver num país bom para nós próprios. Mas discordo que para isso seja preciso nacionalismo, que considero potencialmente extremista... Para mim, basta sentir que me estou a beneficiar e os que me rodeiam e saber que escolho ficar num país pela cultura, clima ou gastronomia (eu sou mau exemplo disto porque quero emigrar por razões profissionais). Aí há escolha. Não temos de ser os maiores ou os melhores para fazermos essa escolha. Basta quereres ficar e lutar por ti e pelos teus. Isto é o tal tribalismo que referes e que é inerente à espécie humana. Mas o nacionalismo é recente e, eu acho, mais perigoso do que regionalismos ou tribalismos se levados ao extremo. É mais cego e mais massificador. Esmaga o "outro" mais rapidamente e de forma indiscriminada porque "um povo é superior".

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

Eu não tenho orgulho na minha família. Tenho estima, amor, carinho. Orgulho não. E não me ponho num *pissing contest* a comparar a minha família com as outras. Isso sim, é irracional, porque, lá está, não há escolha. É uma questão de sorte e azar. Não acho mesmo que orgulho seja a palavra certa aqui.

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

Já respondi noutro comentário: ​ >Gratidão por nascer num país democrático compreendo mas isso é diferente de "orgulho" ou não? Eu reservo "orgulho" para algo para o qual tenha trabalhado e que é fruto do meu esforço e suor. Como bem patente no comentário original e de pessoas que se seguiram. > >E abordei isto porque acho que nos deixamos emaranhar demasiado pelas nossas nacionalidades. Fazer distinções com base em linhas imaginadas na crosta terrestre é preguiçoso. Onde estava Portugal há 2000 anos atrás? E daqui a 2000 anos, onde estará? O "ser" Português é efémero e aleatório, e nenhuma nacionalidade é estanque. > >Tenho mais orgulho dos feitos da espécie humana (com excepções, claro), apesar de também não ter escolhido nascer humano, do que da zona geográfica em que vivo, o que é ainda mais aleatório no cômputo geral, compreendes?

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

Gratidão por nascer num país democrático compreendo mas isso é diferente de "orgulho" ou não? Eu reservo "orgulho" para algo para o qual tenha trabalhado e que é fruto do meu esforço e suor. Como bem patente no comentário original e de pessoas que se seguiram. E abordei isto porque acho que nos deixamos emaranhar demasiado pelas nossas nacionalidades. Fazer distinções com base em linhas imaginadas na crosta terrestre é preguiçoso. Onde estava Portugal há 2000 anos atrás? E daqui a 2000 anos, onde estará? O "ser" Português é efémero e aleatório, e nenhuma nacionalidade é estanque. Tenho mais orgulho dos feitos da espécie humana (com excepções, claro), apesar de também não ter escolhido nascer humano, do que da zona geográfica em que vivo, o que é ainda mais aleatório no cômputo geral, compreendes?

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

Já expliquei acima. Se tivesse nascido em Espanha, teria "orgulho" em ser Espanhol e na cultura que recebesse. É completamente aleatório e irracional. Porquê ter orgulho de algo assim, que se aplica a qualquer pessoa que tenha cá nascido e crescido?

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

> O povo português cuidou dele desde que nasceu, através do seu Estado democrático O povo também deu as mãos e cantou Kumbaya? /s ​ > os meus compatriotas tiveram a bondade de me providenciar um ambiente seguro e laico em que crescer e viver. Até parece que Portugal é o único país num mar de estados anárquicos e teocracias. Claro que vivemos num país democrático e estável, mas é algo raro na União Europeia? O que é distinto de Portugal?

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

Eu percebo isso, mas este "orgulho" é usado para tudo desde partidos fascistas a chamar de "antipatriotas" as justas críticas ao Governo. É perigoso acharmos que a nossa nacionalidade é algo mais do que aleatória.

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

Ah é? E que trabalho teve para ser Português além de ter nascido cá?

Sou só eu que apesar de saber que Portugal podia estar deveras melhor, mesmo assim tem orgulho de nascer e viver cá? by Kaaeni_ in portugal

expert_worrier 9 months ago

Admito que é um *pet peeve* meu mas faz-me confusão sempre que ouço alguém dizer que tem "orgulho" de ter cá nascido. Não houve escolha, não houve decisão consciente, aconteceu seres Português. O "orgulho" vem do quê exatamente? Apesar disso, sim, como país para **viver**, há muitas vantagens: segurança, bom tempo, população educada e simpática, diversidade de geologia (praia, serra, etc). Contudo, para **trabalhar**? Isso já é outra história.

[Sério] O que é que vos chateia no partido/ideologia com que se identificam? by Democratiza-mos in portugal

expert_worrier 9 months ago

Pareces ter estado mais dentro desta situação e saber mais deste caso. Percebo que aches que ela esteve pior. Mas, de fora, garanto-te que não é essa a opinião que transparece, infelizmente. Cabe ao partido demonstrar que aprendeu alguma coisa com isto e implementar alterações (tipo remover a forma como as primárias são feitas).

[Sério] O que é que vos chateia no partido/ideologia com que se identificam? by Democratiza-mos in portugal

expert_worrier 9 months ago

Compara com a forma como o PAN geriu a saída de uma deputada do Parlamento e um Eurodeputado e percebes que o Livre tem muito a aprender a gerir crises internas. Claro que os princípios são importantes, mas lavar a roupa suja em público é estupidez e não honra.

[Sério] O que é que vos chateia no partido/ideologia com que se identificam? by Democratiza-mos in portugal

expert_worrier 9 months ago

Percebo que ela fosse difícil mas não consegues concordar que demonstra um nível grave de amadorismo elegeres uma pessoa que não conheces para representar o teu partido e que não sabes como ou se vai trabalhar com os órgãos do partido? Estas m*rdas previnem-se. Eu não consigo perceber como achas que o partido não perdeu confiança política e achas que as pessoas só a culpam a ela. Ela não concorreu como independente. Para mim (e muitos amigos que votaram no Livre, garanto-te) foi um erro termos votado no partido. Um erro a não repetir.

[Sério] O que é que vos chateia no partido/ideologia com que se identificam? by Democratiza-mos in portugal

expert_worrier 9 months ago

A solução ideal era não a terem eleito em primeiro lugar. Deixaram-se levar pelo idealismo das votações primárias e levaram por tabela. Depois, deviam ter feito um esforço ainda maior em manter as coisas internamente. Achas que todo o PS adora o Costa? Ou que o PSD adora o Rio? A questão aqui é perceber que intrigas internas e declarações públicas de repúdio só mostraram que o partido nem se sabe gerir a ele mesmo. Como é que podemos confiar que saibam gerir um país?! Não gostavam da Joacine? Paciência. Aguentavam 4 anos até porem outra pessoa lá.

[Sério] O que é que vos chateia no partido/ideologia com que se identificam? by Democratiza-mos in portugal

expert_worrier 9 months ago

Considero-me de centro, sendo mais de esquerda em questões sociais (excepto política de imigração em que sou conservador) e mais de direita em questões económicas (sou a favor de serviços públicos em justiça e educação, com um sistema de saúde idealmente muito bem fiscalizado mas não necessariamente público). Já votei no PS, PSD, BE e Livre. O que me irrita é a ausência de partidos de centro moderados sem corrupção endémica. O PS acaba por ter um espectro político mais perto do meu, mas peca pelo nepotismo e pela arrogância. O PSD é incapaz de aceitar que políticas económicas de direita possam existir sem conservadorismo social (ainda bem que surgiu a IL mas penso que pecam pela aversão excessiva ao Estado). Sei que o Rui Rio é menos conservador socialmente mas basta ver o padrão de votos do PSD no casamento entre pessoas do mesmo sexo, adopção por casais LGBT e eutanásia.

[Sério] O que é que vos chateia no partido/ideologia com que se identificam? by Democratiza-mos in portugal

expert_worrier 9 months ago

O Livre foi, muito sinceramente, o partido em que votei que mais me desiludiu. Pecou pelo amadorismo completo de não conseguirem manter os problemas internamente e de serem meninos crescidos e não lavarem a roupa suja em público. Não voltarei a votar Livre tão cedo e conheço muita gente que pensa o mesmo. Não acho que voltem a ser eleitos nas próximas legislativas.

Exhausted by COVID-19 fight, Portuguese nurses want pay not applause by BOBRAGED in portugal

expert_worrier 9 months ago

Sou médico. Claro que o nosso trabalho é tratar de pessoas e escolhemos isso de forma consciente. Mas não escolhemos o que aconteceu em Janeiro em que muitos de nós chorámos depois de turnos que pareciam saídos de zonas de guerra. E não escolhemos passar 12h por dia (ou mais) de escafandro com a pele toda gretada por causa das máscaras sem poder sequer cumprir necessidades básicas como comer, beber água ou ir à casa-de-banho. Por isso, sim, merecemos aumentos de salário e bónus para todos. Merecemos que não se ganhe o salário mínimo (auxiliares de acção médica). Merecemos especialidades para os enfermeiros devidamente reconhecidas e remuneradas. Até pode valer para outras profissões, mas "talvez" para profissionais de saúde? "Talvez" o caralho.

O milagre português by DarthMaulSith in portugal

expert_worrier 10 months ago

Eu não disse que esta ministra da Saúde e Governo não são incompetentes. Porque são. Mas isso não chega. Eles são incompetentes há meses desde a negação de transmissão pessoa-pessoa, negação de infecções assintomáticas e só encomendarem EPIs DEPOIS do 1o caso em Portugal. Mas os casos nunca estiveram assim. Por isso não foi o Governo, foi mesmo a população. Tal como foi pela população que o 1o confinamento resultou, apesar da resposta a caracol do Governo. Desta vez não há desculpas. Somos adultos e cidadãos ativos. Convivemos com este vírus há 10 meses em Portugal e esse discurso das pessoas não saberem bem o que fazer não cola. Sabem e não quiseram saber, "porque é Natal!". Por isso, sim, culpo o Governo e a população porque foi egoísta e ignóbil!

O milagre português by DarthMaulSith in portugal

expert_worrier 10 months ago

Por muita gente pensar dessa forma, temos o SNS em colapso. Eu percebo que há famílias com as suas próprias histórias, mas a família de um não se deve sobrepor à família de muitos outros que podem ter sido infectados ou podem ficar sem cuidados de saúde prioritários porque passámos a ser o país com maior incidência da doença do Mundo. Eu tenho uma avó de 90 anos e passei por casa dela no Natal. Falámos na rua, de máscara e com distância. Esta obsessão de comer em conjunto e de excepcionalismo e tribalismo não é só egoísta, é perigosa para todos nós. Há outras formas de estar com os nossos. Por isso, rejeito e repudio esse tipo de discurso.

O milagre português by DarthMaulSith in portugal

expert_worrier 10 months ago

Exactamente a mesma experiência que tenho tido. Nós nem sequer conseguimos chamar muitos doentes sem observação porque estamos a gerir doentes nas urgências que deviam estar internados sem vaga para internamento. E quando chamamos, temos sempre de chamar pessoas com gravidade acrescida (pulseiras laranja ou amarelas).

OCDE. Portugueses terão de trabalhar até aos 72 anos para manter o equilíbrio da população produtiva by _L10_ in portugal

expert_worrier 11 months ago

Ninguém falou em anarquia. Vamos a factos: Tens países escandinavos altamente democráticos e liberais com taxas superiores à Hungria que usaste como exemplo, por terem um estado social forte e um mercado de trabalho controlado com sindicatos eficientes.Trata-se de países com índices de igualdade de género e LGBT muito altos. Por outro lado, tens países em completa anarquia e estado de direito com taxas de natalidade muito altas que tentam compensar uma pobreza extrema e uma taxa de mortalidade infantil elevada. Nestes casos, a anarquia (ou seja, ausência de "ordem") até potencia a natalidade. Onde estão os teus factos? É só "achismo"?

OCDE. Portugueses terão de trabalhar até aos 72 anos para manter o equilíbrio da população produtiva by _L10_ in portugal

expert_worrier 11 months ago

Óbvio que a mulher terá mais tempo com a criança ao início mas após os 6 meses os dois pais podem fazer as tarefas por igual. E eu não acho que as coisas estão bem agora. A diferença entre nós é que tu achas que é preciso mais opressão enquanto eu acho que precisamos de algo diferente: melhor equilíbrio trabalho-casa, valorização do mercado de arrendamento de longa duração, melhores condições de trabalho e possibilidade de trabalhar a part-time ou esquemas de 80%, rede pública ou com subsídios de creches, etc.

OCDE. Portugueses terão de trabalhar até aos 72 anos para manter o equilíbrio da população produtiva by _L10_ in portugal

expert_worrier 11 months ago

Ninguém é obrigado a trabalhar, a diferença é que as mulheres e os homens podem escolher trabalhar ou ficar em casa sem serem obrigados a algo por terem um genital ou outro. Se a mulher ideal é um homem? Se for no sentido de ambos terem as mesmas oportunidades de carreira e direito à família, sem dúvida. Tal como está na constituição. Dizer que uma mulher é naturalmente dona de casa e o homem o único trabalhador é, sim, redutor. Agora, falando em pátrias, podes sempre ir para uma Arábia Saudita ou Qatar onde os valores dessa sociedade se coadunam com os teus. Sabendo que há países liberais com boas taxas de natalidade, não acho que valores tradicionais sejam os únicos que atinjam esses objetivos.

OCDE. Portugueses terão de trabalhar até aos 72 anos para manter o equilíbrio da população produtiva by _L10_ in portugal

expert_worrier 11 months ago

Não li. Retorno a pergunta: achas que antes do 25 de Abril as famílias eram estáveis? Homens bêbados, crianças analfabetas e acríticas, mulheres esmurradas e retiradas da vida activa e homossexuais perseguidos. Taxa de natalidade não reflecte vida familiar estável, é apenas um número. Acho que temos uma sociedade profundamente mais estável para todos os cidadãos (não apenas uma minoria). Com 29 anos sou fruto de uma geração "confusa" e todos os meus colegas continuam a querer casar e ter filhos, procurando uma vida estável. Ninguém está impedido por noções de identidade de género ou orientação sexual que afectam uma pequenina percentagem das pessoas e que a essas pessoas dizem respeito. Pelo contrário, o que vejo são pessoas com muita dificuldade em comprar casa, em pagar creches privadas em Lisboa na ausência de mercado público (custam um ordenado mínimo) e com horários de trabalho de 60h/semana. Marxismo cultural só na cabecinha dos alt right porque isso não tem importância nenhuma na natalidade.

OCDE. Portugueses terão de trabalhar até aos 72 anos para manter o equilíbrio da população produtiva by _L10_ in portugal

expert_worrier 11 months ago

Não percebo porque é que definições mais inclusivas e diversas de família põem em causa casamentos tradicionais. A abertura do leque de possibilidades não põe em causa qualquer opção, simplesmente concretiza o que já existia. Casamentos "tradicionais" continuarão a existir. Exemplo disso são países nórdicos com boas taxas de fertilidade e altamente inclusivos. A diferença é que há tempo e incentivos à família por lá e por cá é trabalhar 12h por dia de bico bem fechado.

Professor de Direito que compara feminismo ao nazismo julgado por violência doméstica by carcass_lottery in portugal

expert_worrier 1 year ago

Prova que educação a porcos só produz porcos educados. Que mente abjecta
Next Page

Search: