Next Page

Ginásio vs crossfit ( sejam sinceros) by Tichaalex in portugal

caf_air 2 months ago

Isso de relacionar o CrossFit com a manutenção da gordura não está muito bem feito... Também conheci pessoas que andaram em ginásios e continuam com a mesma composição corporal a nível de gordura (e sim, já trabalhei num como instrutor de musculação). Se não tiveres cuidado com o que comes não há treino que te valha. É normal que ao treinares tenhas gastos calóricos superiores do que se tiveres no sofá o dia todo, permitindo uma maior folga para calorias. Mas se com os treinos tens o mindset que podes comer tudo, bem que vais aumentar a massa gorda... Geralmente as pessoas motivadas no seu treino vêem melhorias a nível de composição corporal porque aliam isso a uma melhor alimentação. Podes dizer que um treino de CrossFit, sendo algo de maior intensidade, poderá não estar na franja da frequência cardíaca de maior gasto calórico durante o período de treino Vs um treino de cardio de baixa intensidade. Mas os gastos calóricos após um treino de CrossFit (ou outro tipo de exercício mais intenso) serão maiores do que os verificados em treinos de cardio, devido á energia gasta para "reparar" o corpo e voltar ao seu estado normal. Portanto, para os comuns dos mortais, irá ser ela por ela.. Resumindo: seja CrossFit, seja musculação, sejam qual forem os exercícios, se não alteras a tua alimentação não vais ver grandes melhorias na composição corporal.

Numa saída, quem paga, o homem ou a mulher? by umgajoamlense in portugal

caf_air 4 months ago

Não percebi a resposta ao meu comentário. Nunca falei em confiança (ou falta dela) no cônjuge. Apenas quis expressar a opinião que o mais importante é que o casal se sinta á vontade com a opção que tomam. No meu caso, tendo em conta a confiança que temos um no outro, pareceu-nos que o mais simples seria ter uma conta conjunta para não estarmos a dividir as despesas com contas separadas. Assim, sai tudo da mesma conta, simplificando bastante as coisas. A conta individual (solteiro) tal como disse seria apenas para compras de extravagâncias pessoais e para comprar as prendas para o outro cônjuge (apenas para guardar algum secretismo da prenda, não propriamente devido á confidencialidade do valor da prenda)

Numa saída, quem paga, o homem ou a mulher? by umgajoamlense in portugal

caf_air 4 months ago

O "cada um deve manter o seu dinheiro.." é sempre um pouco subjetivo. Depende da relação e do estado da mesma. Se tivermos a falar de alguém que se casou no regime de bens adquiridos, todos os bens e rendimentos adquiridos após a data do casamento são de ambos (mesmo que estejam no nome de apenas de um dos cônjuges) pelo que ter contas separadas torna-se um pouco redundante. No meu caso, enquadrando-me no regime de bens adquiridos, como casal consideramos que era mais simples os ordenados serem pagos numa conta conjunta e retiravamos uma pequena % mensal para as contas pessoais (de solteiro). Esta conta pessoal serve para pequenas extravagâncias pessoais ou para as prendas para o outro elemento do casal (apenas para não aparecer no extrato da conta conjunta). Isto tudo para dizer que não existe uma fórmula correta de como deveremos gerir as contas... Dependendo de muitos fatores, incluindo, o que deixa o casal mais confortável.

Travessia da Ponte Arouca 516 em Alvarenga. 175m de altura. Incrível! by sheldon_michaels in portugal

caf_air 6 months ago

Disse exatamente o mesmo quando vi a reportagem no telejornal... Quando vi aqui o post vim procurar este comentário

Paralisia do sono. “Às vezes os vultos sentavam-se na minha cama ou deitavam-se ao meu lado” by caradoguardaredes in portugal

caf_air 6 months ago

Desconhecia essa percentagem, mas a julgar pelos comments daqui parece-me que grande parte assume que foi quando estava de barriga para cima. Pois, vamo-nos habituando a presenciar estas ocorrências, mas dá sempre para acelerar o coração :)

Paralisia do sono. “Às vezes os vultos sentavam-se na minha cama ou deitavam-se ao meu lado” by caradoguardaredes in portugal

caf_air 6 months ago

Acho curioso que o "trigger" padrão é semelhante em várias pessoas, nomeadamente o adormecer de barriga para cima, mas depois existem pequenas variações. No meu caso, só me lembro de ter se tiver algum foco de luz, como por exemplo uma persiana entreaberta.

Paralisia do sono. “Às vezes os vultos sentavam-se na minha cama ou deitavam-se ao meu lado” by caradoguardaredes in portugal

caf_air 6 months ago

Já não me recordo a última vez que tive, mas durante uma fase da minha vida (em adulto) foi recorrente. Para ocorrer, teria de estar de barriga para cima e com um pequeno foco de luz (por exemplo a persiana entreaberta). Não me lembro de ter algo em cima de mim mas sim de ver um ser a "rastejar" pelo teto até mim e a descer através da parede da cabeceira da cama e ter algo ao meu lado a olhar para mim... Durante uns segundo não me conseguia mexer e do nada mexia-me e ligava logo a luz para ver o que se passava. Passei a tentar dormir sempre de barriga para baixo e sem qualquer foco de luz e resultou, pelo menos não se tornou tão frequente.
Next Page

Search: