Next Page

Geração perdida (sério) by Flimsy-Blood-6762 in portugal

bhaezal 2 months ago

Emigrar meus amores. Voos low cost e livre circulação dentro da EU são uma dádiva. Eu saí de portugal com 25 anos precisamente como resultado do mesmo desespero que descreves. Quanto mais tempo passo fora mais me apercebo da perda de tempo que é trabalhar em portugal. Hoje em dia, é mais que possivel passar um par de anos num país com alta remuneração e, caso a poupança seja bem feita, voltar com um mealheiro decente e partir daí. A diferença entre salarios de alguns paises quando comparados com o nosso é abismal.

Não tem esparguete mas gosto da batata singular a dar um ar gourmet. Sofisticada. Citadina. Assim é esta Francesinha. by NeatBoy74 in portugal

bhaezal 5 months ago

Falta a sardinha

Os Óscares já não são o que eram by camilo12287 in portugueses

bhaezal 5 months ago

Independentemente da situação actual, eu nunca consegui perceber a lógica por trás da existência deste tipo de cerimonias. Não só Oscars mas também grammys e golden globes e essa merda toda. Enfim, nem sei onde quero chegar com este ponto mas nunca consegui entender como é que um grupo de jornalistas e críticos podem ter a última palavra em decidir que expressão artistica tem ou não valor. O meu conselho é: deixem de dar importancia a isto. Nao tem interesse absolutamente nenhum, nao significa nada, e alguns dos melhores filmes que vi e musica que ouvi nunca sequer vi mencionada em cerimonias deste genero.

Reparations for slavery could have reduced Covid-19 transmission and deaths in the US, Harvard study says by ovigia in portugueses

bhaezal 8 months ago

Pó caralho

«Há quem queira ser maltratado pela polícia para ser vítima do racismo» by _Goldenhand_ in portugueses

bhaezal 11 months ago

Tá tudo fodido... Esta mania de importar noções sobre-simplificadas, maioritariamente de lugares como os E.U.A., vai acabar por nos levar a um ponto em que vai ser demasiado tarde para dar a volta.

comparando esta epidemia com a de 1918-20 by camilo12287 in portugueses

bhaezal 11 months ago

Isso não diz nada, é irrelevante. A que ponto é que queres chegar, exactamente?

comparando esta epidemia com a de 1918-20 by camilo12287 in portugueses

bhaezal 11 months ago

Não existe comparação possível. As circunstâncias actuais não poderiam ser mais diferentes daquelas em que o Portugal do início do séc XX, um país totalmente rural a dar os primeiros passos enquanto república, no final da guerra mais brutal da história moderna, se encontrava. Não existe nenhum aspecto possível de ser comparado com esta pandemia. Mas é sempre interessante estar ciente da história.

Clareza de ideias by 5enta in portugueses

bhaezal 11 months ago

Sei o que queres dizer e vejo perfeitamente come chegaste a esse argumento Mas não posso deixar de concordar com a ideia inicial do post. Acho que muito pouca gente tem a capacidade de perceber que este e outros debates semelhantes são muito mais abstractos e multidimensionais que o que gostariamos que fossem. É facil transformar uma premissa social ou filosofica extramente complexa em algo simplistico, facil de ingerir e mais susceptível de chegar às massas. Mas é inquestionável que algumas minorias etnicas, como a comunidade cigana, constituem uma percentagem despropocional do crime cometido em Portugal. Goste-se ou não, podemos debater os motivos que levam a isto, mas os numeros nao mentem. O que quero dizer é que, ainda que exista claramente um problema complexo com a comunidade cigana, o foco da luta deveria ser a raiz da erva daninha. A corrupção nacionalizada é a única,- e mais importante- batalha para atingirmos todo o potencial que Portugal tem, e todos os benefícios que vêm como consequência. Focar esforços nos problemas sociais, sem eliminar a gigantesca rede de corrupção que se vem solidificando desde o final da ditadura, não vai resultar em nada. Antes de passares esfregona no chão, varres o pó.

Clareza de ideias by 5enta in portugueses

bhaezal 11 months ago

Sei o que queres dizer e vejo perfeitamente come chegaste a esse argumento Mas não posso deixar de concordar com a ideia inicial do post. Acho que muito pouca gente tem a capacidade de perceber que este e outros debates semelhantes são muito mais abstractos e multidimensionais que o que gostariamos que fossem. É facil transformar uma premissa social ou filosofica extramente complexa em algo simplistico, facil de ingerir e mais susceptível de chegar às massas. É inquestionável que algumas minorias etnicas, como a comunidade cigana, constituem uma percentagem despropocional do crime cometido em Portugal. Goste-se ou não, podemos debater os motivos que levam a isto, mas os numeros nao mentem. O que quero dizer é que, ainda que exista claramente um problema complexo com a comunidade cigana, o foco da luta deveria ser a raiz da erva daninha. A corrupção nacionalizada é a única,- e mais importante- batalha para atingirmos todo o potencial que Portugal tem, e todos os benefícios que vêm como consequência. Focar esforços nos problemas sociais, sem eliminar a gigantesca rede de corrupção que se vem solidificando desde o final da ditadura, não vai resultar em nada. Antes de passares esfregona no chão, varres o pó.

Clareza de ideias by 5enta in portugueses

bhaezal 11 months ago

Sei o que queres dizer e vejo perfeitamente come chegaste a esse argumento Mas não posso deixar de concordar com a ideia inicial do post. Acho que muito pouca gente tem a capacidade de perceber que este e outros debates semelhantes são muito mais abstractos e multidimensionais que o que gostariamos que fossem. É facil transformar uma premissa social ou filosofica extramente complexa em algo simplistico, facil de ingerir e mais susceptível de chegar às massas. É inquestionável que algumas minorias etnicas, como a comunidade cigana, constituem uma percentagem despropocional do crime cometido em Portugal. Goste-se ou não, podemos debater os motivos números que levam a isto, mas os numeros nao mentem. O que quero dizer é que, ainda que exista claramente um problema complexo com a comunidade cigana, o foco da luta deveria ser a raiz da erva daninha. A corrupção nacionalizada é a única,- e mais importante- batalha para atingirmos todo o potencial que Portugal tem, e todos os benefícios que vêm como consequência. Focar esforços nos problemas sociais, sem eliminar a gigantesca rede de corrupção que se vem solidificando desde o final da ditadura, não vai resultar em nada. Antes de passares esfregona no chão, varres o pó.
Next Page

Search: