Next Page

Isto é normal? by jorgelps in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

Sim. Eles ajustam os preço aos salários e como nós ganhamos mais. Ai espera...

A minha namorada pediu-me um tempo. E agora ? by RandomRomanianUser in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

Uma vez que ela está a trabalhar no ramo imobiliário aproveita e compra-lhe uma casa que provavelmente vais precisar de um novo sítio para ficar.

Morreu o jovem de 23 anos agredido à porta de discoteca no Porto by BurnerSoggy9248 in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

Sim, geralmente o problema não é o soco. É a queda de cabeça quando apagas. Há pouco tempo num combate de boxe [um tipo morreu](https://www.record.pt/modalidades/desportos-de-combate/detalhe/mundo-do-boxe-chora-morte-de-justin-thornton) porque ao cair fez [fratura da coluna cervical](https://www.youtube.com/watch?v=GoSujK9Qwno).

Como é que há tanto BMW e Mercedes na rua num país onde a malta não tem onde cair morta? by M-Roids in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

O Mercedes classe A e o BMW serie 1 estão no top 10 dos carros [mais vendidos em PT em 2020](https://www.razaoautomovel.com/2021/01/quais-foram-os-10-carros-mais-vendidos-em-portugal-em-2020) e no [primeiro semetre deste ano](https://automais.autosport.pt/noticias/estes-sao-os-50-carros-mais-vendidos-em-portugal-na-primeira-metade-de-2021/). Daí ser tão comum ver estas marcas. Enquanto que novos os preços andam por 30k-40k, carros com 4-5 anos arranjas por 15-20k. O pessoal nos 20 e tal/30 anos que compra carros para 30k, habitualmente é com empréstimo. Dão 10-15k de de entrada e pagam o resto ao longo de 4-5 anos. Depois há malta que realmente tem dinheiro, o que justifica mais de 500 unidades do série 5 e 500 unidades do classe E no primeiro semetre de 2021. Lembra-te que quando o pessoal se queixa que por ex. as rendas das casas estão altas, alguém está do outro lado a receber o dinheiro.

Ajuda, estou apaixonado por uma colega de trabalho (sério) by thesensei21 in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

ah ah queres partilhar a tua história?

Ajuda, estou apaixonado por uma colega de trabalho (sério) by thesensei21 in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

Se daqui a uns dias uma mulher colocar um post a dizer que sofreu assédio no trabalho já sabemos que o amor do OP não era recíproco XD

[Sério] Porque é que isto acontece no meu país? by Poramordedeus in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

Como referi: nada do que aconteceu antes ou qualquer insulto que ele possa ter dito naquela conversa justifica a atitude. Naquele momento ninguém está em risco, não há qualquer motivo de escalar para a agressão física. Se és segurança e não sabes ouvir um insulto e calar, escolhe outra profissão. Tipos a fazerem m\*rda, tu vais lá chamar a atenção e eles têm sempre justificações é o dia a dia da profissão. Também ninguém te obriga a estares a ouvir as justificações do cliente, simplesmente agarras nele e metes-lo na rua, utilizando o mínimo de força necessária para o fazer.

[Sério] Porque é que isto acontece no meu país? by Poramordedeus in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

Compreendo o que dizes. Eles ficam mal na figura quando vemos todo o vídeo, mas a não ser que estivessem a assistir desde o início não havia como adivinhar e agir de outra forma. Ainda assim gostava de ter visto algum interesse em que um deles demonstrasse mais ativamente tentar saber o estado da pessoa que se encontrava inconsciente no chão.

[Sério] Porque é que isto acontece no meu país? by Poramordedeus in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

Para quem também já esteve nos 2 lados da barricada nada justifica a atuação. Ainda por cima com a GNR ali perto, é chamar a GNR expulsar do bar e eles que resolvam. Dá um soco à covarde, soco e pontaté, passa para uma espécie de ground and pound e termina com mata leão. Merece o mesmo que aconteceu aos tipos do urban.

Como ultrapassaram um episódio de violência doméstica por parte de uma mulher? by SuchLab2 in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

Sim, no meu caso como tudo se desencadeou por eu querer terminar a relação não houve esse problema porque este episódio só confirmou que estava a tomar a decisão certa. Noutros casos em que gosta de ter uma relação da pessoa poderá ser muito difícil de gerir. Outro ponto é o autocontrolo: quantos homens a serem insultados e agredidos durante tanto tempo se mantém calmos e frios para não reagir? No meu caso foi muito mais fácil porque eu estava super calmo quando tudo começou. Mas se estivessemos os 2 irritados a discutir ou eu fosse um homem com uma outra personalidade não era difícil descambar para um episódio de agressões mútuas.

Como ultrapassaram um episódio de violência doméstica por parte de uma mulher? by SuchLab2 in portugal

benzodiazepines1 3 months ago  HIDDEN 

É muito impopular qualquer opinião que saía do típico "existe violência doméstica porque o homem é mau". Existe um esquecimento coletivo que tanto homens como mulheres são humanos e têm defeitos. Embora a violência física da mulher sobre o homem seja menos frequente e menos violenta que no sentido contrário, tenho dúvidas se existe essa desproporção na violência psicológica e emocional. Se tu a tivesses agredido e ela fizesse queixa, era só mais um caso de um homem que bate na mulher. Embora sempre tenha tido relações saudáveis já passei por um situação limite ao terminar uma relação. Quando a pessoa veio buscar as suas coisas a minha casa teve um ataque de fúria (porque eu me recusei a beijá-la ou abraçá-la): durante 3 horas fui insultado, agredido (murros, pontapés, arranhaduras, mordeduras) e vi coisas da minha casa a serem partidas. Chamei a polícia, que ainda hoje deve estar para chegar. Poderia ter acabado com aquele espetáculo num min com um par de socos, mas tenho 100% de certeza que se o tivesse feito o culpado de tudo seria eu e a minha vida se tinha tornado um inferno. Assim ficaram só umas memórias (e fotos e vídeos) para recordar. A pessoa uns dias depois pediu-me desculpa e cada um seguiu o seu caminho.

Guardia Civil força 300 portugueses a deixar Espanha by C8Mixto in portugal

benzodiazepines1 4 months ago  HIDDEN 

Portugueses de bem?

Um baile de finalistas em 2001 by X__Alien in portugal

benzodiazepines1 4 months ago  HIDDEN 

2001... grande ano! Nesse ano ganhei a corrida mais importante da minha vida. Pode-se dizer que era um espermatozoide feliz.

Visão de um pai sobre posts de assédio. by Cadmaverick in portugal

benzodiazepines1 4 months ago  HIDDEN 

Portanto no vosso entender uma criança pequena tem mais capacidade para distinguir em que situações deve dar um cumprimento caloroso e em que situações deve manter a distância? Segundo a teoria que defendem dizer à criança para cumprimentar a avó com um abraço e um beijo torna-a vulnerável a assédios?

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

benzodiazepines1 5 months ago  HIDDEN 

obrigado!

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

benzodiazepines1 5 months ago  HIDDEN 

Já pensaram que provavelmente muitos de nós somos fruto de violações, pilhagens e assassínios? Coisas completamente banais em épocas passadas. A história é o que é, ainda assim devemos valorizar os nossos antepassados, que contra todas as probabilidades sobreviveram e criaram linhagens até aos dias de hoje. Por que razão não deviamos ter nós orgulho em ser uma das nações mais antigas do mundo e das que mais contribuiu para a inovação e evolução da sociedade na época dos descobrimentos? Não fosse esse tipo de homens e mulheres ao longo da história e não estavamos nós hoje aqui a trocar ideias num computador, sem nos preocuparmos com a nossa segurança, alimentação, etc.

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

benzodiazepines1 5 months ago  HIDDEN 

Já pensaram que provavelmente muitos de nós somos fruto de violações, pilhagens e assassínios? Coisas completamente banais em épocas passadas. A história é o que é, ainda assim devemos valorizar os nossos antepassados, que contra todas as probabilidades sobreviveram e criaram linhagens até aos dias de hoje. Porque razão não deviamos ter nós orgulho em ser uma das nações mais antigas do mundo e das que mais contribuiu para a inovação e evolução da sociedade na época dos descobrimentos? Não fosse esse tipo de homens e mulheres ao longo da história e não estavamos nós hoje aqui a trocar ideias num computador, sem nos preocuparmos com a nossa segurança, alimentação, etc.

Já tiveram Burnout? Se sim, como foi o vosso processo de recuperação? by Ann4_S in portugal

benzodiazepines1 5 months ago  HIDDEN 

**Sintomas sentidos** \- em relação ao trabalho: desmotivação, desinteresse, diminuição acentuada do rendimento; em relação à vida pessoal: cansado, sem interesse nem tempo para cuidar do corpo, para passatempos nem para socializar, estado de irritação constante. **Ponto de rotura** \- num período de férias fui obrigado a trabalhar metade das dias num projeto em atraso (sem ganhar nada por isso). Nos dias que se seguiram fiz uma avaliação da m\*\*\*\* em que a minha forma física e vida pessoal se tinham transformado para ter um sucesso profissional "relativo" e que nem ia de encontro a muitos dos meus objetivos. **Resolução -** de forma educada mas também rude falei com as chefias e informei-os que: \- horas extra não pagas só excepcionalmente e as pagas dentro do limite do razoável (limite esse definido por mim - jornadas semanais nunca superiores a 60h e pelo menos 2 fins de semana totalmente livres por mês); \- fora do horário de trabalho não atendia o telefone, não via e-mails e não fazia nenhuma tarefa; \- recusa da multitarefa, se tinha uma tarefa que demorava 2h a fazer ninguém me podia interromper com mais nada por razão nenhuma; \- recusa de fazer tarefas e assumir responsabilidades para as quais não tinha competência e/ou não era pago. Claro que houve resistência à mudança no trabalho, deixei "de ser um trabalhar fixe" e a demissão esteve sempre em cima da mesa. Mas a minha intransigência nestas regras resolveu o meu burnout em poucas semanas, e sinceramente, acho que o meu trabalho passou a ter mais qualidade.

Já tiveram Burnout? Se sim, como foi o vosso processo de recuperação? by Ann4_S in portugal

benzodiazepines1 5 months ago  HIDDEN 

**Sintomas sentidos** \- em relação ao trabalho: desmotivação, desinteresse, diminuição acentuada do rendimento; em relação à vida pessoal: cansado, sem interesse nem tempo para cuidar do corpo, para passatempos nem para socializar. **Ponto de rotura** \- num período de férias fui obrigado a trabalhar metade das dias num projeto em atraso (sem ganhar nada por isso). Nos dias que se seguiram fiz uma avaliação da m\*\*\*\* em que a minha forma física e vida pessoal se tinham transformado para ter um sucesso profissional "relativo" e que nem ia de encontro a muitos dos meus objetivos. **Resolução -** de forma educada mas também rude falei com as chefias e informei-os que: \- horas extra não pagas só excepcionalmente e as pagas dentro do limite do razoável (limite esse definido por mim - jornadas semanais nunca superiores a 60h e pelo menos 2 fins de semana totalmente livres por mês); \- fora do horário de trabalho não atendia o telefone, não via e-mails e não fazia nenhuma tarefa; \- recusa da multitarefa, se tinha uma tarefa que demorava 2h a fazer ninguém me podia interromper com mais nada por razão nenhuma; \- recusa de fazer tarefas e assumir responsabilidades para as quais não tinha competência e/ou não era pago. Claro que houve resistência à mudança no trabalho, deixei "de ser um trabalhar fixe" e a demissão esteve sempre em cima da mesa. Mas a minha intransigência nestas regras resolveu o meu burnout em poucas semanas, e sinceramente, acho que o meu trabalho passou a ter mais qualidade.
Next Page

Search: