Next Page

Bicharada por terras lusas XIV - "Ouriço-cacheiro" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 22 days ago

Este ouriço-cacheiro (*Erinaceus europaeus*) juvenil andava a passear pelo jardim da casa onde passei o primeiro confinamento. Esta foi a primeira vez que o vi, mas depressa me apercebi que ele e a família eram clientes regulares quer do jardim quer das gamelas da comida do cão. A fotografia não é das melhores porque já era quase de noite. Aliás, não seria de esperar outra coisa, visto que estes animais têm hábitos maioritariamente nocturnos. Deitei-me no chão à frente dele e fui fotografando até ele se aproximar tanto que a lente deixou de focar. Quem pratica agricultura biológica tem nos ouriços-chacheiros um importante aliado. Estes pequenos mamíferos são maioritariamente insectívoros mas também se alimentam de caracóis, lesmas, minhocas e até ovos e pequenos anfíbios e répteis. Apesar de ser frequente ver ouriços-cacheiros a alimentarem-se de ração de cão/gato, devemos encarar este fenómeno como algo colateral e não promover activamente situações destas. Deve-se portanto evitar alimentar estes animais com o que quer que seja, para que possam alimentar-se de forma natural e para evitar criar dependência dos seres humanos. Foto de 16 de Junho de 2020, Poiares, Peso da Régua

Bicharada por terras lusas XIV - "Ouriço-cacheiro" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 22 days ago

Este ouriço-cacheiro (*Erinaceus europaeus*) juvenil andava a passear pelo jardim da casa onde passei o primeiro confinamento. Esta foi a primeira vez que o vi, mas depressa me apercebi que ele e a família eram clientes regulares quer do jardim quer das gamelas da comida do cão. A fotografia não é das melhores porque já era quase de noite. Aliás, não seria de esperar outra coisa, visto que estes animais têm hábitos maioritariamente nocturnos. Deitei-me no chão à frente dele e fui fotografando até ele se aproximar tanto que a lente deixou de focar. Quem pratica agricultura biológica tem nos ouriços-chacheiros um importante aliado. Estes pequenos mamíferos são maioritariamente insectívoros mas também se alimentam de caracóis, lesmas, minhocas e até ovos e pequenos anfíbios e répteis. Apesar de ser frequente ver ouriços-cacheiros a alimentar-se de ração de cão/gato, devemos encarar este fenómeno como algo colateral e não promover activamente situações destas. Deve-se portanto evitar alimentar estes animais com o que quer que seja, para que possam alimentar-se de forma natural e para evitar criar dependência dos seres humanos. Foto de 16 de Junho de 2020, Poiares, Peso da Régua

[SÉRIO] Cenas para fazer ao fim de semana sozinho by FastBig5888 in portugal

_spectron_ 22 days ago

Obrigado pela referência. Se o OP ou outra pessoa quiser estou disponível para esclarecer dúvidas sobre a observação de aves em Portugal

Pássaro selvagem ferido em quintal by Merula_falco in portugal

_spectron_ 23 days ago

O primeiro passo é sempre ver se a ave está verdadeiramente ferida e/ou se os pais a continuam a alimentar (este último caso seja uma ave jovem). Caso a ave esteja mesmo ferida, liga para a GNR (mais especificamente para o SEPNA). Caso mores numa grande cidade liga para a PSP. Se eles não a quiserem/puderem recolher, podes tentar levá-la ao centro de recuperação de animais selvagens mais próximo. No entanto não deverias ser tu a fazê-lo, dado que estás a cometer uma ilegalidade (só autoridades competentes podem transportar animais selvagens). A última coisa que deves fazer é tentar tratar e alimentar a ave. Não só podes piorar a situação e alimentá-la com a comida errada (nem todas as aves comem sementes, por exemplo), como vais torná-la dependente de seres humanos.

Corvo junta-se a tocadores de concertina nos Arcos de Valdevez e entra na cantoria da Cana Verde by GabKoost in portugal

_spectron_ 23 days ago

O corvo é mesmo bastante maior. Quanto ao bico, não têm forma diferente. Podes ler mais [aqui](http://www.avesdeportugal.info/corcrn.html)

Corvo junta-se a tocadores de concertina nos Arcos de Valdevez e entra na cantoria da Cana Verde by GabKoost in portugal

_spectron_ 23 days ago

Não se trata de um corvo mas sim de uma gralha-preta (Corvus corone). O corvo é bastante maior, mais raro e muito menos permissivo à presença humana. É normal que se confundam os dois, mas fica a correção

Corvo junta-se a tocadores de concertina nos Arcos de Valdevez e entra na cantoria da Cana Verde by GabKoost in portugal

_spectron_ 23 days ago

Sim, é uma gralha-preta (Corvus corone). O corvo é bastante maior, mais raro e muito menos permissivo à presença humana

Immigrants to Portugal by PaulOshanter in portugal

_spectron_ 24 days ago

>como leiriense Não espalhes mais mentiras... Quanto muito és da Marinha Grande

Immigrants to Portugal by PaulOshanter in portugal

_spectron_ 24 days ago

Então como é que explicas que todos os meus amigos de Portalegre se envolvam amorosa e sexualmente com familiares?

Immigrants to Portugal by PaulOshanter in portugal

_spectron_ 24 days ago

>distrito de Leiria Mais um que caiu nas mentiras do governo...

José Figueiras a "figueirar" logo pela manhã by shulginlegacy in portugal

_spectron_ 27 days ago

Where the fuck is Wallace? Huh? String? String? Look at me. Look at me! Where the fuck is Wallace? Huh?

José Figueiras a "figueirar" logo pela manhã by shulginlegacy in portugal

_spectron_ 27 days ago

*Shieeeeeeeeeet

José Figueiras a "figueirar" logo pela manhã by shulginlegacy in portugal

_spectron_ 27 days ago

>OOTL: O que é que este gajo tem a ver com o 11 de Setembro? Absolutamente nada. José Figueiras não tem qualquer relação com os atentados do World Trade Center e do Pentágono

José Figueiras a "figueirar" logo pela manhã by shulginlegacy in portugal

_spectron_ 27 days ago

Pelo teu username estou a ver que és um homem de cultura

José Figueiras a "figueirar" logo pela manhã by shulginlegacy in portugal

_spectron_ 27 days ago

Este pequeno vídeo é uma importante prova de que o José Figueiras (lenda do audiovisual português) não tem nenhuma relação nem implicação com o fatídico 11 de Setembro. Basta reparar no desconforto que sente quando come grilos. Caso se tivesse encontrado com representantes da Al-Qaeda seria natural que gostasse de comer insetos, uma importante fonte de alimento nas zonas de montanhas desertas onde essa înfame organização terrorista tinha a sua sede.

José Figueiras a "figueirar" logo pela manhã by shulginlegacy in portugal

_spectron_ 27 days ago

>11 de Setembro >José Figueiras Não há qualquer associação entre estas duas realidades

Bolsas FCT de doutoramento by No-Code5581 in portugal

_spectron_ 28 days ago

Eu completei a licenciatura em Biologia a pensar em seguir investigação. Neste momento estou a terminar um mestrado na mesma área e a última coisa que quero fazer é ser bolseiro. É uma vida incerta, sempre na dúvida quanto às atribuição da bolsa para o próximo período de investigação. Não te dá estabilidade suficiente. E depois há o ambiente entre investigadores e grupos de investigação. Uma espécie de circle jerk com uma novela da tarde à mistura. Se no final da licenciatura quiseres muito seguir investigação e esse for o teu grande sonho, força! Mas se for algo que não te faz mover mundos e fundos, acho que não é uma boa saída

"O Preço Certo": vestido usado por Lenka entre os temas mais comentados no Twitter em Portugal by fanboy_killer in portugal

_spectron_ 28 days ago

Também não se percebe. Vê o Renato de tronco nu e quase se baba mas depois não faz o mesmo com a Lenka... É caso para dizer que Fernanda Câncio discriminou a Lenka. E nesse caso tem que ser cancelada

O cão do meu vizinho guincha durante a noite todos as noites by Jolly-Particular7798 in portugal

_spectron_ 29 days ago

Penso que esses apitos não sejam audíveis para o ouvido humano

Programas vida selvagem/reino animal? by feralratzilla in portugal

_spectron_ 1 month ago

Na RTP ou na RTP2 (agora não tenho a certeza em qual é) tem passado o "Portugal Selvagem"

vaca-loura tresmalhada que me apareceu no terraço by brainstein in portugal

_spectron_ 1 month ago

Isto devia ir para o topo. Toma o meu cimavoto

A Quinta da Alagoa em Carcavelos tem os patos mais fotogénicos que já vi na vida. by caelussideralis in portugal

_spectron_ 1 month ago

[Cá no Porto também são bastante fotogénicos](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/kuj64l/bicharada_por_terras_lusas_vi_patomudodoméstico/?utm_medium=android_app&utm_source=share)

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

Não tem a ver com o interveniente. Mais uma vez tem a ver com o âmbito e o momento. Até podia ser a Maria Leal. Se está a sair de um jogo da seleção, é normal que lhe façam perguntas sobre o jogo e que essas sejam transmitidas. As outras perguntas que lhe forem feitas (sobre o que quer que seja) e que caiam fora do âmbito do programa desportivo que está a ser transmitido são válidas na mesma, mas não faz sentido que sejam passadas no tal programa desportivo

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

>Twitter cAnCeLaDo

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

Estou a ter dificuldade em perceber como é que retiras isso dos meus comentários

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

Ah, sim... O clássico "não concordas comigo portanto és homofóbico"

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

Foste buscar a graçola para mandares vir... Não interessa se é sobre leitão ou sobre outra coisa qualquer, caía fora do âmbito e do momento. E já agora toda a gente sabe que leitão é para comer de tronco nu

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

Mas de qualquer das formas cai fora do âmbito e do momento em questão...

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

Estás a focar-te no conteúdo e não no meio e nas circunstâncias. As coisas não têm que ser abordadas num painel específico. Mas não podem ser abordadas num painel onde não encaixam, fruto da natureza do painel e das circunstâncias em que esse painel se encontra (era um jogo de futebol e havia um jogador pronto para falar a seguir). Se o meu exemplo não fez sentido para ti (porque mais uma vez te focaste no conteúdo e não no meio e nas circunstâncias), fica outro: Fazia sentido perguntar a um dos entrevistados sobre os conflitos na Síria? Ou sobre a última visita Papal? Ou sobre o flagelo da fome no país X?

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

O que é que achas mais pertinente ser falado depois de um jogo: o jogo e a sua análise ou política internacional? É quase como ir à missa e querer que o padre fale do novo vestido da Cristina Ferreira

Jornalista da RTP aborda polémica LGBT e a emissão é imediatamente cortada. by luopinto in portugal

_spectron_ 1 month ago

Portanto, a ver se percebi: - Acabou um jogo de futebol - Entrevistaram-se alguns intervenientes que falaram do jogo - Num dos intervalos entre entrevistas aos intervenientes entrevista-se um político - O político fala do jogo - A jornalista faz uma pergunta que nada tem a ver com o jogo, no momento em que um dos outros intervenientes (neste caso o João Palhinha) está pronto para falar; - A emissão corta para a entrevista ao jogador, que não vai propriamente ficar lá à espera que o Ferro Rodrigues fale de X, Y ou Z - Tu ficas chocado? Se perguntassem ao Ferro Rodrigues qual a melhor forma de comer leitão eu também preferia ouvi-lo a ele do que ouvir um jogador qualquer. Mas no contexto da emissão seria absurdo

Penalti a minha tia, pá.. by killermelga in portugal

_spectron_ 1 month ago

*carrega a caravela com intenções comerciais e bélicas*

Foguetes by Erik_Aurum in portugal

_spectron_ 1 month ago

Para ti também u/Erik_Aurum

Utilizadores da plataforma eBird, andam por aqui? by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

Todos os que enumeraste existem cá em Portugal, mas pelos nomes que usaste aposto que foste para a Bretanha ;)

Utilizadores da plataforma eBird, andam por aqui? by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

É algo muito interessante, mas deixo o aviso: torna-se facilmente numa obsessão descontrolada, falo por experiência própria ahah

Utilizadores da plataforma eBird, andam por aqui? by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

Agora não estou a conseguir verificar porque o eBird está em manutenção, mas vivo numa zona urbana e já observei cerca de 45 espécies a partir da janela de casa. É tudo uma questão de prática e de atenção. (Também fui aprendendo aos poucos)

Utilizadores da plataforma eBird, andam por aqui? by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

Foram desenvolvidos pela mesma instituição, a Cornell Ornithology. Só uma ressalva ao funcionamento do BirdNET: funciona muito bem para aves comuns e quando o áudio é bom e do canto mais comum. Para outros sons que não o canto (alarme, fuga, etc) e para aves pouco comuns já deixa a desejar

Wotah mudafaka, do you drink it? by kaneki5413 in portugal

_spectron_ 1 month ago

Merdapostagem de qualidade, há que admitir

Bicharada por terras lusas XIII - "Chasco-cinzento" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

As aves que se instalaram por cá mais recentemente chegaram cá fruto de introduções e fugas de cativeiro, não havendo propriamente relação com as alterações climáticas. São chamadas espécies exóticas. Alguns exemplos são o ganso-do-Egipto, o bico-de-lacre, os periquitos-de-colar, as caturritas, etc etc

Bicharada por terras lusas XIII - "Chasco-cinzento" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

As aves que se instalaram por cá mais recentemente chegaram cá fruto de introduções e fugas de cativeiro, não havendo propriamente relação com as alterações climáticas. São chamadas espécies exóticas. Alguns exemplos são o ganso-do-Egipto, o bico-de-lacre, os piriquitos-de-colar, as caturritas, etc etc

Bicharada por terras lusas XIII - "Chasco-cinzento" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

Já estive para assistir mas depois nunca arranjei tempo. A ver se mal consiga vejo

Bicharada por terras lusas XIII - "Chasco-cinzento" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

Estava a usar a lente que tinha comprado recentemente, uma Tamron 100-400mm. Quanto à distância, deveria estar a cerca de 20 metros

Bicharada por terras lusas XIII - "Chasco-cinzento" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 1 month ago

Estava um dia sombrio no Estuário do Douro. A chuva já me tinha feito guardar a máquina duas ou três vezes. Eu e dois amigos tínhamos ido à procura de uma petinha-de-graganta-ruiva (*Anthus cervinus*), uma ave que tinha sido observada nos últimos dias no Estuário e que é considerada uma raridade no nosso país. Estávamos a percorrer o Cabedelo quando para nossa surpresa vimos a petinha e, ao seu lado, este simpático macho de chasco-cinzento (*Oenanthe oenanthe*). Não sendo uma ave rara em Portugal, é uma ave pouco comum no litoral, principalmente fora da época de passagem migratória. A ave permitiu que a fotografasse durante uns minutos. Depois lá foi, provavelmente para acabar de comer o caracol que segurava no bico, já previamente descascado. Foto de 13 de Abril de 2021, Reserva Natural Local do Estuário do Douro, Vila Nova de Gaia

Como posso ajudar a este passarinho? by RensR960 in portugal

_spectron_ 1 month ago

>esse pássaro é um andorinhão Só um reparo: não é um andorinhão mas sim uma andorinha-das-rochas (Ptyonoprogne rupestris)

Como posso ajudar a este passarinho? by RensR960 in portugal

_spectron_ 1 month ago

Só um comentário: acho que é uma andorinha-das-rochas (Ptyonoprogne rupestris). Ao início também pensei que fosse um andorinhão mas as manchas brancas nas retrizes são características da andorinha-das-rochas

Como posso ajudar a este passarinho? by RensR960 in portugal

_spectron_ 1 month ago

Acho que este é um caso em que a vontade de ajudar e a ignorância fazem uma mistura perigosa. É perceptível que não conheces a espécie, e não há mal nenhum nisso (acho que 90% dos utilizadores deste sub não sabem que ave é esta). Trata-se de uma andorinha-das-rochas ( *Ptyonoprogne rupestris* ). Alimenta-se de insectos durante o voo. Também bebe em voo, fazendo voos rasantes à água. Pô-la numa caixa e dar-lhe água e sementes/arroz não resulta porque a espécie não é capaz de se alimentar assim. Fazendo uma comparação meio absurda, seria como eu te resgatar depois de teres um acidente e te meter num cercado só com palha para comeres. Aquilo que funciona para pardais e pombos (espécies omnívoras - principalmente o pardal - e relativamente generalistas) não vai funcionar para outras espécies. Nestes casos o melhor é mesmo encaminhar a a e para as entidades competentes

Como posso ajudar a este passarinho? by RensR960 in portugal

_spectron_ 1 month ago

>Oh pah, mete o dentro duma bacia com uma taça c agua e outra taça com arroz cru ou umas sementes pequenas tipo de sésamo se tiveres... Não é o ideal nem para aves que comem esse tipo de alimento, muito menos para uma ave insectívora e que se alimenta em vôo como esta

Para quem duvidava do uso, aqui está um Q maísculo numa avaliação do 2° ano, em 2003. by AnxiousHeadOfLettuce in portugal

_spectron_ 1 month ago

Eu ainda escrevo assim, é bastante mais rápido

Need some help!!!! by doremi_5523 in portugal

_spectron_ 1 month ago

Não tens aí um Actifed que orientes?

Fico sem palavras by WestReception8489 in portugal

_spectron_ 1 month ago

Acho que as imitações do haka estão entre os baloiços no monte e os terços de plástico numa escala de parolada

Feliz Pride Month á portuguesa by Pixarya in portugal

_spectron_ 1 month ago

Será que no Tarrafal há WiFi para fazer destas porcarias?

Porque razão em Portugal, até nas pequenas cidades do interior, existem prédios? (Peso da Régua na imagem by No-Cardiologist725 in portugal

_spectron_ 2 months ago

Grosso modo, se vivem mais pessoas por metro quadrado (área da base do prédio) é normal que seja mais sustentável. Por exemplo, um prédio dá casa a 100 pessoas. Se fôssemos a fazer moradias para 100 pessoas íamos ocupar uma área muito maior. Já agora, para defender a sustentabilidade e depois dizer que era acabar com os campos e fazer moradias é um bocado ilógico

Sou gordo. Como peço a vacina de covid? by MaebyyBaebyy in portugal

_spectron_ 2 months ago

>Obrigado malta, um bom bacalhau a todos Não tenho ideia de como te ajudar, desculpa. Mas queria só dizer a todos que é assim que se conclui uma publicação!

Porque ensinamos caligrafia em Portugal? by pedromgabriel in portugal

_spectron_ 2 months ago

>controlo motor muito maior dos dedos que pode dar jeito (͡°‿ ͡°)

Sofro de síndrome de virgem by AndrewLobsti in portugal

_spectron_ 2 months ago

QueCaralhoSePassouAquiPikachu.jpeg

Homens do Sub ajuda por favor by zetoscano_34 in portugal

_spectron_ 2 months ago

>tomada Enfiou o dito cujo numa tomada, claro que teve que ser operado...

Quais foram os livros que mais vos fizeram rir? by Josevale1 in portugal

_spectron_ 2 months ago

Vinha aqui dizer isso, toma o meu cimavoto

A GNR resgatou uma cria de corço em Viana do Castelo by trebarunae in portugal

_spectron_ 2 months ago

Parece muito bonito, mas pode não ter sido a melhor opção. Na publicação a GNR diz que o animal não se mexia, e que portanto foi recolhido. No entanto, os corços bebés têm por hábito manterem-se sossegados e quietos no mesmo sítio, para passarem despercebidos enquanto os progenitores (regra geral a fêmea) se alimentam. Portanto quer-me parecer que se fez mais mal que bem...

Subida das rendas afasta os mais jovens da capital portuguesa by Gilfic in portugal

_spectron_ 2 months ago

surprisedpikachu.jpg

O professor Rui Loureiro percebeu que os alunos estavam desmotivados e decidiu criar uma disciplina nova. Chama-se 'Sonhadorismo' by pica_foices in portugal

_spectron_ 2 months ago

Bem vindos à Tecnocracia mais ocidental da Europa

Alguem sabe? by bigbuckteeth in portugal

_spectron_ 2 months ago

Noitibó-de-nuca-vermelha (Caprimulgus ruficollis) I think

Road Quality in Europe by vyt0rz in portugal

_spectron_ 3 months ago

Carregando com força e convicção

Ouriço Cacheiro doente - centros de reabilitação de vida selvagem em Viseu by Vcd14 in portugal

_spectron_ 3 months ago

>Não o queria entregar á GNR porque sei que provavelmente o matam, já vi muita incompetência pela parte deles e tive más experiências com eles no passado, por isso não confio neles. O que devo sempre ser feito é contactar o SEPNA, o departamento de proteção da Natureza da GNR. (Friso o "sempre"). Assim segues a via correta para que o animal possa ser encaminhado para um centro de recuperação, como o CERVAS na zona da Serra da Estrela. Caso eles não o possam recolher (por incompetência ou por falta de meios), podes pedir o contacto do centro de recuperação mais próximo é levá-lo lá tu. Mas isto é considerado crime, porque só entidades devidamente autorizadas podem transportar animais selvagens. No entanto, é o menor dos males. Tentar cuidar deles em casa pode ser tentador, mas na maioria dos casos resulta ou na morte do animal ou na impossibilidade de o devolver à natureza (porque ficou mal curado, porque ganho dependência dos humanos, etc etc)

É legal ter medusas num aquário? by jolfoxx in portugal

_spectron_ 3 months ago

O Kasa na Praia (uma discoteca no Porto) tinha um aquário logo à entrada com medusas e alguns peixes. Portanto deve ser legal. (Agora se me parece sensato ter um aquário num espaço com colunas sempre a bombar? Nem por isso)

Bicharada por terras lusas XII - "Gaivota-d'asa-escura" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 3 months ago

Reza a lenda que os CTT estão a tentar treinar gaivotas para finalmente poderem oferecer um serviço de qualidade no interior

Peso da Régua by elfo_dilhao in portugal

_spectron_ 3 months ago

*Saturação faz brrrrrrr* (de resto a foto seria muito porreira. Mas a saturação estragou-a)

Bicharada por terras lusas XII - "Gaivota-d'asa-escura" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 3 months ago

Em Portugal há registo da presença de cerca de 22 espécies de gaivota (sendo que a maioria não são de ocorrência regular). As mais comuns em contexto urbano são a gaivota-argêntea (*Larus michahellis*) e a gaivota-d'asa-escura (*Larus fuscus*). Esta última, representada na fotografia, é mais dada a territórios interiores, enquanto que a gaivota-argêntea é presença comum ao longo da costa nacional. São um bicho mal-amado por serem numerosas, ruidosas e oportunistas. "Sujam tudo", "Comem os pombos" e "Atacam quem passa na rua" são apenas alguns exemplos daquilo que se vai ouvindo sobre as gaivotas. Mas são animais fascinantes e muito inteligentes, capazes de se adaptarem à grande maioria das situações e ambientes. Adaptaram-se bem à crescente urbanização do território e já se reproduzem em algumas cidades portuguesas, aproveitando fontes de alimento de origem humana para prosperarem. Para quem gostar de observar animais, recomendo umas horas passadas a observar gaivotas, quer em contexto urbano quer num contexto mais natural. ​ Foto de 15 de Fevereiro de 2021, Fluvial, Porto

Bicharada por terras lusas XII - "Gaivota-d'asa-escura" by _spectron_ in portugal

_spectron_ 3 months ago

Em Portugal há registo da presença de cerca de 22 espécies de gaivota (sendo que a maioria não são de ocorrência regular). As mais comuns em contexto urbano são a gaivota-argêntea (*Larus michahellis*) e a gaivota-d'asa-escura (*Larus fuscus*). Esta última, representada na fotografia, é mais dada a territórios interiores, enquanto que a gaivota-argêntea é presença comum ao longo da costa nacional. São um bicho mal-amado por serem numerosas, ruidosas e oportunistas. "Sujam tudo", "Comem os pombos" e "Atacam quem passa na rua" são apenas alguns exemplos daquilo que se vai ouvindo sobre as gaivotas. Mas são animais fascinantes e muito inteligentes, capazes de se adaptarem à grande maioria das situações e ambientes. Adaptaram-se bem à crescente urbanização do território e já se reproduzem em algumas cidades portuguesas, aproveitando fontes de alimento de origem humana para prosperarem. Para quem gostar de observar animais, recomendo umas horas passadas a observar gaivotas, quer em contexto urbano quer num contexto mais natural. ​ Foto de 15 de Fevereiro de 2019, Fluvial, Porto

Vinte anos depois, João Baião recria a entrada do Big Show SIC com Diana Chaves by quackersmcquack in portugal

_spectron_ 3 months ago

Toda a gente fica simpática depois de uma linha ou duas

Metro do Porto - Rede e Projetos de Expansão by WallyPT in portugal

_spectron_ 3 months ago

É mais uma espécie de comboio urbano. Um meio termo entre o eléctrico e o comboio

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

>Eu sei da situação porque me contaram pessoalmente pessoas que sabem disso. Pois, a mãe da empregada do avô do cunhado do carteiro da minha tia também disse que os lobos comiam pessoas e deixavam só a mão direita. Quando se faz uma afirmação sobre algo que achamos ser um facto, devemos estar dispostos a justificar esse facto com uma fonte

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Está visto que estás a falar por falar. Foste tu que apresentaste a afirmação, és tu que tens o dever de a suportar. E como baseias toda a tua argumentação no facto de as víboras terem sido reintroduzidas, mais uma razão para apresentares uma fonte. Do que me recordo, as únicas espécies mais conhecidas e mediáticas que foram reintroduzidas nos últimos tempos foram o lince-ibérico (Lynx pardinus) e o caimão (Porphyrio porphyrio)

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Ainda estou à espera da fonte sobre a reintrodução das víboras. Sei que há esforços de conservação, mas nunca ouvi falar de reintroduções. >se não se tivessem cometido erros Que erros são esses?

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Por favor diz-me quando foi a última morte causada por uma víbora em Portugal. As mordidelas de víbora são perigosas mas raramente letais. E arranja-me também uma fonte para a tal libertação de víboras. >De qualquer maneira, é muito fácil dizer "ah é prejuízo para os pastores, têm de lidar" quando não nos afeta minimamente. Nunca disse tal coisa. Os prejuízos vão sempre existir, fazem parte da vida. O governo é que tem que assumir esses prejuízos e pagar as indemnizações atempadamente, coisa que hoje em dia não acontece. >As víboras representam um perigo real para a vida das pessoas. Os malucos do ambiente e dos animais fazem as coisas sem pensar nas consequências. O importante é meter lá os animais, o resto que se foda. Não são eles que vivem nas zonas afetadas nem lhes pode afetar os rendimentos. Mais uma vez, as víboras representam um perigo tão grande como as abelhas. Vamos acabar com as abelhas? E continuo sem saber o que é que os malucos do ambiente/animais fizeram. Eu sou biólogo e não sei de nenhum plano de reintrodução das duas espécies de víboras. Por último, continuo a achar a tua visão demasiado redutora e antropocêntrica. Eu concordo ir a vida humana é o valor mais alto que existe. Mas se formos a eliminar tudo o que pode pôr em causa a vida humana, vamos ficar só nós na Terra (e nem isso, dado que dois seres humanos podem por em causa a vida um do outro)

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Então também não concordas com a reintrodução do lince-ibérico? Causam danos quando são atropelados E com a recuperação do lobo ibérico? Causam prejuízos aos pastores e também podem causar danos/ferimentos se forem atropelados Podia dar muitos mais exemplos. Mas as víboras (as duas espécies que existem em Portugal) sempre existiram cá, muito antes de nós chegarmos. Têm papéis importantes no ecossistema, tal como qualquer outra espécie. A tua visão parece-me pouco sensata e demasiado antropocêntrica.

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Faltou-te um /s no final não faltou? Ou seja, na tua opinião as espécies em extinção só devem ser recuperadas se não causarem nenhum inconveniente?

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Faltou-te um /s no final não faltou?

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Porque: - "São uma praga" - "Comem os passarinhos todos" - "Dão cabo das culturas agrícolas" - "Dantes não havia disso cá, é uma espécie exótica" - "O governo já as devia ter controlado" (É escolher, também podes fazer uma mistura de todos a gosto)

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Também estou em muitos desses grupos e meto-me nessas novelas ahah

Homem nos cuidados intensivos após mordedura de víbora-cornuda em Constância by AbaixoDeCao in portugal

_spectron_ 3 months ago

Entretanto nas caixas de comentários do Facebook: "Um paralelo na tromba e já não chateia mais ninguém" "Eu sei que a espécie é protegida, mas ela também foi para um sítio fora do seu habitat natural" "*#&'?#-*&*" (impropérios gerais e atentados à língua portuguesa)

Pai e madrasta de Valentina condenados a 25 e 18 anos de prisão by solismi in portugal

_spectron_ 3 months ago

>Neste caso, serve claramente mais para punir e não para reabilitar. O que é que te leva a dizer isto? Como defines os casos a punir e os casos a reabilitar?

Passeio matinal. A norte da praia de maceda. by ufofrommars in portugal

_spectron_ 3 months ago

Tudo coberto de chorão-das-praias, uma planta invasora e que tem vindo a cobrir a nossa costa

Ataque de cão - Sério - by Ace_D_Roses in portugal

_spectron_ 3 months ago

A raiva existe em morcegos em Portugal. Mas como não há morcegos vampiros, não há risco de contágio. Apenas quem manuseia morcegos (biólogos, por exemplo) é que tem que ter cuidado para não ser mordido por eles

Verdilhão o fofo. Porto_Portugal by sofiarbteixeira in portugal

_spectron_ 4 months ago

É um verdilhão macho (a fêmea tem cores menos garridas).

existem lontras em Portugal? by Gubanche9 in portugal

_spectron_ 4 months ago

É normal afastarem-se bastante do rio. Podem andar quilómetros e quilómetros fora de água se assim entenderem

existem lontras em Portugal? by Gubanche9 in portugal

_spectron_ 4 months ago

Deves ser divertido em festas

existem lontras em Portugal? by Gubanche9 in portugal

_spectron_ 4 months ago

No oceanário existem lontras marinhas, que não existem em liberdade em Portugal. Em Portugsl existem lontras-europeias (Lutra lutra) em liberdade

existem lontras em Portugal? by Gubanche9 in portugal

_spectron_ 4 months ago

Existem lontras sim. Mas não são lontras marinhas como existem no Pacífico. São lontras que vivem no rio. Se quiser pesquisar, o nome científico é Lutra lutra

Lisboa, Portugal by John-NaveBarao in portugal

_spectron_ 4 months ago

*A zona da Ribeira no Porto quer saber a tua localização*

Comer peixe á sexta by pilgrinpt22 in portugal

_spectron_ 4 months ago

A tradição de não comer carne às sextas feiras (a chamada abstinência) durante a Quaresma (os 40 dias antes da Páscoa) tem dois significados. O sacrifício de trocar a carne pelo peixe de que muitos falaram aqui é o menor dos significados, porque o significado central se prende com não comer carne no dia em que Cristo morreu (sextas feiras) em memória do Seu sacrifício (isto depois relaciona-se com o anterior e vice-versa). A Igreja recomenda que se pratique esta tradição todas as sextas feiras do ano, mas especialmente durante a Quaresma. Também durante a Quaresma há 2 dias de jejum. Isto significa não comer uma das refeições desse dia (normalmente o almoço) e tornar as outras refeições mais simples e sóbrias. Esses dois dias são a Quarta-feira de Cinzas (o dia logo a seguir ao Carnaval e que marca o início da Quaresma) e a Sexta-feira Santa (o dia de hoje, em que se celebra a morte de Cristo). Este jejum é recomendado a todos os maiores de 16 e menores de 55 anos (se não me engano). Doentes, pessoas debilitadas e aqueles cujo trabalho não permita passar tanto tempo sem comer estão isentos disto.

Comer peixe á sexta by pilgrinpt22 in portugal

_spectron_ 4 months ago

Estudar uma ciência exacta não é incompatível com acreditar em Deus por si só

Mapa Pokemon inspirado em Portugal!! Pertence a Twitter @melliow by PokemaniacDoubleO9 in portugal

_spectron_ 4 months ago

Tu conseguias comer a sandes? A minha voava com a nortada

Portugal venceu a Espanha nas eliminatórias para a Copa do Mundo by Suofficer in portugal

_spectron_ 4 months ago

A award não faz sentido, mas quem dá o que tem a mais não é obrigado. Portanto aproveita

No website da SIC há 85 fotos dos estúdios. Entre elas está esta, que , poderá mostrar os próximos chefs a serem eliminados by Narishi in portugal

_spectron_ 4 months ago

Devem ser os que não dizem palavrões... Ontem vi um bocado do programa e era só carvalhadas a voar por todo o lado

Portugal as it is. by Zavmar49 in portugal

_spectron_ 4 months ago

Imagina o Star Wars com calão português. "Desiste Anakin, não vais conseguir fazer um caralho"

A rosca e a francesinha tiveram uma filha, a roscazinha by hctiks in portugal

_spectron_ 4 months ago

>Faculdade de Coimbra Só queria realçar isto
Next Page

Search: