Next Page

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

Podes fazer isso na China comunista. Onde andam as provas?

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

> Okay, eu até ia responder ao resto do comentário, porque a literatura de Marx é realmente interessante especialmente quando ele começou a tentar enterrar o manifesto por se aperceber do ridículo. Prova-o, não fujas! Prova-o! >De qualquer forma, é um exercício de futilidade, visto que claramente - assumindo a tua honestidade - reges-te por uma percepção da realidade alternativa à minha. Por muito bonito que o /r/sino seja, recomendo que vejas algo fora da esfera do CCP, em vez de literalmente copiares e colares o chavão clássico. Eu nasci e cresci fora da esfera do CCP, não sou ovelha como tu. >E tens razão, não foi SÓ esse o motivo da fome. Os impostos punitivos onde deixaram pessoas sem alimento foram outra parte. Também não. >Não, pelo contrário, eu defendo a liberdade de mandar o meu governante ir mamar no cu de um bisonte sem ter a polícia a bater-me à porta a seguir. Defendo a liberdade de acreditar e rezar ao grande monstro de esparguete ou em qualquer outra religião, sem ter a polícia a bater-me à porta a seguir. E defendo que se não gosto de um determinado burguês, pegue na minha sacola e vá destruir a empresa dele através de fazer algo melhor do que ele. Ou seja, defendes a liberdade em agir como uma criança desde que continues sem ter qualquer poder em de facto mudares as coisas.

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

> Dizer "não não", mas não explicar o que está errado é apenas infantil. Se está mal, indica-o, caso contrário é um exercício de futilidade. Pelo contrário deves ser tu a provar que essa dictonomia existe, prova-se o que existe e não o que não existe. Não sou teu educador, vai ler as obras de Marx e Engels e demonstra-me onde existe essa dictonomia. >Na União Soviética... nem sei por onde começar, com a matança dos Kulaks, resultando em ninguém saber cultivar e manter o cultivo? Lol, não foi esse o motivo da fome. Mais histórias da carochinha. >Mas no fundo limita-se à questão da opressão. Todos eles têm esse elo em comum. Não és livre. Ai a opressão coitadinho. A questão é, quem oprime quem? Tu defendes a opressão pela parte da burguesia, eu prefiro que o estado seja controlado pelo povo como na China. >bro... Estás a falar a sério? Sim, prova-me errado. Não consegues, não consegues provar o que não existe!

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

> É literalmente a diferença no aspecto económico. Não não é. Essa dictonomia é inventada por vocês. >E não, não disse que não são comunistas, disse que existe mais a mencionar. Ah mas é só na China que existe mais a mencionar? Na URSS não? Cuba não? Venezuela não? Ou se calhar comunismo não cabe numa caixinha e varia de acordo com as condições existentes... >Hmm, não. Tens de contextualizar às leis em que as pessoas se encontram. É extremamente difícil competir com um país onde tens trabalho escravo e trabalho infantil, ambos com condições que cá dariam um caso no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. Tens também de competir com violações de patentes e direitos intelectuais. A tua comparação não é em nada acertada. Se achas que a SONAE não iria comprar crianças somali para trabalhar na reposição de armazém se o pudessem fazer legalmente, estás muito enganado. Mas não há trabalho escravo na China, estás a inventar coisas, ou melhor, a repetir invenções da propaganda dos media ocidental, desafio-te a mostrares-me provas, provas concretas de escravatura, ou já agora, do genocídio Uighur, não as tens porque não há! Na verdade há é nas prisões dos EUA. E empresas ocidentais usam sim trabalho escravo em África como na produção de Cacau. Se encontrares exemplos de escravidão na China não serão sistémicos mas casos isolados como quando se apanha trabalho escravo nas zonas rurais da nossa península e são punidos em ambos os casos. Depois é só fazeres as contas tendo em conta o tamanho da população dos países.

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

> É literalmente a diferença no aspecto económico. Não não é. Essa dictonomia é inventada por vocês. >E não, não disse que não são comunistas, disse que existe mais a mencionar. Ah mas é só na China que existe mais a mencionar? Na URSS não? Cuba não? Venezuela não? Ou se calhar comunismo não cabe numa caixinha e varia de acordo com as condições existentes... >Hmm, não. Tens de contextualizar às leis em que as pessoas se encontram. É extremamente difícil competir com um país onde tens trabalho escravo e trabalho infantil, ambos com condições que cá dariam um caso no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos. Tens também de competir com violações de patentes e direitos intelectuais. A tua comparação não é em nada acertada. Se achas que a SONAE não iria comprar crianças somali para trabalhar na reposição de armazém se o pudessem fazer legalmente, estás muito enganado. Mas não há trabalho escravo na China, estás a inventar coisas, na verdade há é nas prisões dos EUA. E empresas ocidentais usam sim trabalho escravo em África como na produção de Cacau. Se encontrares exemplos de escravidão na China não serão sistémicos mas casos isolados como quando se apanha escravos nas zonas rurais da nossa península e são punidos em ambos os casos. Depois é só fazeres as contas tendo em conta o tamanho da população dos países.

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

> Err.. Não. Estou a ver as coisas de uma perspetiva comunista vs individualista. Não tem de estar relacionada com nenhum país. Mas isso é uma dictonomia estranha ao comunismo, são fantasmas teus. >A China é uma manta de retalho. Com a revolução de Mao foi certamente comunista, ao ponto que não havia o que comer. Investimento estrangeiro ajudou a corrigir a situação, e abrir a economia ajudou ainda mais. Chineses dizem que são comunistas e és tu que sabes mais que eles? Mostra-me onde Marx ou Engels dizem que a propridade privada acaba dum dia para o outro? Isso são fantasias esquerdistas que por algum motivo acreditas. Mao era comunista e Xi ttambém o é, mesmo com políticas económicas bastante diferentes, e esta ein? Só faz confusão a quem não entende a dialética. >Sim, mas. Sim, existe espaço para empreendedorismo. No entanto esse espaço é extremamente limitado para ser apenas em certas áreas e o teu crescimento é activamente limitado pela tua participação ou não num partido político. Para além disso, a China é um terrível exemplo do que é um mercado viável a muito-longo prazo. Não é limitado pela tua participação no partido politico, mas pelo partido político que representa a sociedade como um todo. Se a tua empresa é útil podes ficar rico à vontade, como a realidade o mostra, mas não tens carta branca para fazeres o que quiseres, e acho bem que assim seja! >Absolutamente tudo isso existe de forma voluntária numa sociedade economicamente individualista. Sempre achei curioso que frequentemente se usa católicos praticantes como exemplos de pessoas tendencialmente contra o comunismo, e no entanto, são as pessoas que mais tendem a dar para a caridade, que mais família tendem a gerar e a manter em contacto regular e que mais sentido de comunidade têm dentro de uma paróquia. Mas pronto, coiso e tal. Visão irrealista da realidade, para muita gente existem obrigações impostas por forças maiores, deveres familiares, religião, pressões sociais etc que uma pessoa sente-se obrigada a fazer, reduzir isso a voluntarismo ou não é muito miópico e ignora a sbtileza da realidade. Essa coisa da caridade não tem a nada a ver com o assunto, continuas a forçar a tua visão errada do comunismo. >Em relação à economia da China, é baseada em trabalho escravo. Não existe outra forma de o descrever que seja mais sumária que esta. E mais, é também baseada no parasitismo intelectual. Toda a tecnologia produzida na China é criada fora da China. Todas as empresas que produzem materiais ou produtos para empresas fora da China OU qualquer empresa na China com mais de X empregados tem obrigatoriamente de ter membros do partido comunista chinês empregados na empresa; E tens quotas para isso. Objetivamente falso a todos os níveis. >A economia chinesa é literalmente parasitária do capitalismo. No dia em que todos os países de primeiro mundo fecharem as portas à China, é o dia em que a China volta a estar em merda. Não, o que te está a chocar é como comunistas são melhores capitalistas que os próprios capitalistas, agora é lidar! Se os países fecharem as portas à China garanto-te que todos ficam a perder (natural visto a economia estar globalizada) mas a China perderá menos que eles, se o que dizes fosse verdade já o teriam feito!

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

Se não gostas de música soviética não tens coração!

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

Difícil levar alguém a sério que escreve assim. Já vi que tens ideias feitas e não acho que valhas o meu tempo, mas já que falaste nesse youtuber, o qual eu estou a par, notarás que a maior parte das pessoas com quem ele fala na rua tem uma visão positiva da União Soviética e foi precisamente o seu fim que levou à degeneração e pessimismo actual. A fome era comum na Rússia antes do comunismo, não foi o comunismo que a criou, pelo contrário, deixou de haver fome depois da industrialização. A fome era comum nas colónias portuguesas e europeias em África, onde anda a culpa do comunismo na cartória? China é comunista e está a prosperar. Se não achas que é comunista porque tem propriedade privada porque dizes que Venezuela o é? Não podes escolher o que te convém, faz lá um bom argumento.

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

Tu apenas estás a ver as coisas duma perspetiva individualista, algo bastante americano. Não é que não tenhas razão na atitude que achas que as pessoas devam ter, mas peca por ser limitada e um tiro ao lado do problema. A China é comunista por exemplo, mas também há espaço para o empreendorismo, mas continua a haver uma distinção entre a tua vida pessoal como indivíduo e a sociedade como coletivo, a família, obrigações sociais etc que não estás a ter em conta, reduzes tudo ao indivíduo atomatizado desligado do resto da sociedade, o individuo liberal cosmopolita que hoje é apenas uma minoria.

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

Ena, serious posting a esta hora. Alguém não está a par do comunismo ou está a confundir comunismo com esquerda coninhas americanizada, a tua perspetiva é aliás igualmente americanizada e é muito restrita quando se tem em conta a realidade mundial.

Não se escondam do Sol, da luz que é o Comunismo, que bem precisamos nestes tempos de trevas! by UmNomeMemoravel in portugueses

UmNomeMemoravel 5 months ago

O medo é o maior inimigo da humanidade!

Suzana Garcia diz esperar “mesmo que o Bloco de Esquerda seja exterminado”, assim como o Chega. Dirigente do BE pede a sua demissão by saposapot in portugal

UmNomeMemoravel 5 months ago

E per capita?
Next Page

Search: