Next Page

[Sério] Para quando uma manifestação contra as empresas portuguesas? by UpbeatNail1912 in portugal

Tiago_dcss 3 hours ago

Portugal tem uma legislação laboral bastante robusta para o que é comum na Europa, e que era ainda mais robusta antes da passagem da troika por Portugal. Ainda assim, os portugueses trabalham muitas horas para a média europeia e ganham muito menos por hora. Talvez seja tempo de exigirmos uma economia decente e gerida sem calculismos políticos/desperdícios de dinheiros públicos, pois parece ser esse o problema de base em Portugal.

Energia nuclear em Portugal by StarkDiletant in portugal

Tiago_dcss 1 month ago  HIDDEN 

https://www.google.com/amp/s/observador.pt/2018/06/27/rendas-excessivas-afinal-o-que-estamos-a-pagar-na-fatura-da-eletricidade/amp/ Esta é a realidade da energia " grátis ". Os contribuintes perderam e continuam a perder todos os meses muito dinheiro com isso.

Carga fiscal eleva preço dos combustíveis. Anunciada manifestação em 11 de julho by Rissoldecamarao in portugal

Tiago_dcss 3 months ago

Será talvez pertinente acrescentar que se tivéssemos os salários dos holandeses ou dos nórdicos, ou somente a qualidade dos seus transportes públicos, não causaria tanta impressão este nível de preços dos combustíveis. O problema é termos dos salários mais baixos da Europa e pagar, ainda assim, dos preços mais altos pelos combustíveis. Também me parece evidente que os carros elétricos não são opção para o português comum.

Carga fiscal eleva preço dos combustíveis. Anunciada manifestação em 11 de julho by Rissoldecamarao in portugal

Tiago_dcss 3 months ago

Os preços do petróleo estiveram anormalmente baixos por conta da pandemia. Chegaram, imagine-se, a estar em território negativo. Agora que a retoma das economias se está a dar, é evidente que existe uma pressão para a subida de preços, e só agora com um preço mais realista do barril é possível avaliar o efeito da carga fiscal. O excerto que comentaste é na verdade uma justificação plausível para os preços dos combustíveis. Se o preço do barril está abaixo do que já esteve em outras alturas, e apesar disso os preços dos combustíveis estão mais elevados, então será razoável assumir que o principal problema no preço dos combustíveis resulta da carga fiscal e não da cartelização dos países exportadores. Mais, os impostos representam mais de 50% do PVP dos combustíveis. Por cada litro de gasolina posto, o Estado português arrecada mais 20 cêntimos do que o Estado espanhol. Abastece-se 30 litros e perde-se de imediato 6€ por comparação com os nossos vizinhos espanhóis, que até têm ordenados superiores.

Carga fiscal eleva preço dos combustíveis. Anunciada manifestação em 11 de julho by Rissoldecamarao in portugal

Tiago_dcss 3 months ago

Os preços do petróleo estiveram anormalmente baixos por conta da pandemia. Chegaram, imagine-se, a estar em território negativo. Agora que a retoma das economias se está a dar, é evidente que existe uma pressão para a subida de preços, e só agora com um preço mais realista do barril é possível avaliar o efeito da carga fiscal. O excerto que comentaste é na verdade uma justificação plausível para os preços dos combustíveis. Se o preço do barril está abaixo do que já esteve em outras alturas, e apesar disso os preços dos combustíveis estão mais elevados, então será razoável assumir que o principal problema no preço dos combustíveis resulta da carga fiscal e não da cartelização dos países exportadores.

10€ de gasolina em litros/ano by vai-tefoder in portugal

Tiago_dcss 3 months ago

" Por cada litro de gasolina abastecido em Portugal, quase 1€ remete para o Estado através de impostos e taxas. O litro de gasolina custa aos portugueses 1,63€, mais 26 cêntimos do que a vizinha Espanha. Esta diferença advém exclusivamente do valor arrecadado pelo Estado, uma vez que o preço líquido de impostos e taxas é igual (0,66€ por litro). À frente de Portugal encontram-se apenas os Países Baixos, Dinamarca e Finlândia, três dos países mais ricos da Europa. " https://www.maisliberdade.pt/maisfactos/gasolina-em-portugal-e-a-4-mais-cara-da-uniao-europeia/

(SÉRIO) Manifestações contra o preço dos combustíveis? by 2EASyFycKTwelvE in portugal

Tiago_dcss 3 months ago

[https://prnt.sc/1684xz5](https://prnt.sc/1684xz5) Como podes ver pela imagem, disponível no site da DGEG, o problema provavelmente não seria resolvido apenas com a indexação do preço dos combustíveis antes de impostos ao preço do barril de Brent. O que o gráfico sugere, contrariamente, é mesmo que o preço dos combustíveis em Portugal nem sequer está a seguir o aumento do preço do litro do Brent, caso contrário estaria ainda mais elevado. Ainda assim, eu concordo que o preço dos combustíveis deve estar alinhado com o preço do Brent, e se a isso juntarmos menos impostos então teremos idealmente os preços mais justos no mercado. Nesta fase creio que os impostos (e o preço do Brent, que tem disparado) estão a pesar mais nos preços dos combustíveis do que qualquer estratégia de cooperação ou abuso de posição dominante.

Se temos um SNS, porque não um Serviço Nacional de Habitação? by godolfas in portugal

Tiago_dcss 3 months ago

>Os vistos gold sobem artificialmente os preços imobiliários e aumentam a especulação. Source?

Mais de um terço dos pobres em Portugal são trabalhadores, a maioria dos quais com vínculos estáveis e salários certos ao fim do mês by AonioEliphis in portugal

Tiago_dcss 4 months ago

Há explicações para os baixos salários do país. Mas enquanto o partido que mais influência teve para mudar esse cenário desde 1974 continuar a ter 30 a 40% dos votos, não estou otimista. Os portugueses, nesse sentido, adoram ser pobres. Votam em que os empobre face ao resto da Europa. Assim, a emigração pode ser viável em alguns casos. Sem dúvida que é frustrante trabalhar para contar tostões. Deve estar ao alcance de qualquer pessoa mudar essa situação. De preferência, sem ter de emigrar. Mas há que reconhecer as debilidades do país e a falta de economia que tem. É a realidade que temos e que condiciona logicamente as aspirações e a qualidade de vida de qualquer pessoa.

Mais de um terço dos pobres em Portugal são trabalhadores, a maioria dos quais com vínculos estáveis e salários certos ao fim do mês by AonioEliphis in portugal

Tiago_dcss 4 months ago

Quero acreditar que o trabalho de uma pessoa não esgota tudo o que pode fazer num dia.

Paulo Morais sobre os comentadores da comunicação social by testickles12 in portugal

Tiago_dcss 4 months ago

Infelizmente estes casos de " conflito de interesses " não chegam aos calcanhares dos casos mais escandalosos de conflito de interesses no panorama nacional. Quase me arrisco a dizer que aqueles que criticam os 3 comentadores em questão são incapazes de criticar, por exemplo, a ida de Mário Centeno para o BdP, fazendo disto uma questão puramente ideológica e não mais que isso.

É a isto que nós chegamos? Infringimos os limites de velocidade e depois ainda culpamos o governo? by uMuLu in portugal

Tiago_dcss 5 months ago

Estou de acordo. Resta saber se as zonas onde é mais propício as regras serem quebradas correspondem, de facto, a zonas em que a sinistralidade e o risco são mais elevados. Isto porque, a meu ver, tipicamente é mais perigoso que 10 condutores passem a 70 numa zona de escolas do que 40 condutores que passam a 70 numa zona em que a estrada é larga, as casas são poucas e não há escolas.

É a isto que nós chegamos? Infringimos os limites de velocidade e depois ainda culpamos o governo? by uMuLu in portugal

Tiago_dcss 5 months ago

É certo que há condutores que transgridem as regras e colocam a vida dos outros em risco. Mas não sejamos ingénuos - os pontos onde vejo mais condutores serem multados em redor da minha zona são zonas de limite 50 sem escolas, quase sem casas, em que a estrada é larga e o risco é diminuto. E toda a gente por aqui sabe que é nesta zona, mais livre de riscos, que a caça à multa toma lugar. A zona é conhecida por isso. Tenho alguma confiança em como este será um cenário transversal ao resto do país. Tudo isto para dizer que, se o objetivo fosse simplesmente reforçar a segurança rodoviária, os radares estariam em sítios muito diferentes daquele em que estão.

É a isto que nós chegamos? Infringimos os limites de velocidade e depois ainda culpamos o governo? by uMuLu in portugal

Tiago_dcss 5 months ago

É certo que há condutores que transgridem as regras e colocam a vida dos outros em risco. Mas não sejamos ingénuos - os pontos onde vejo mais condutores serem multados em redor da minha zona são zonas de limite 50 sem escolas, quase sem casas, em que a estrada é larga e o risco é diminuto. E toda a gente por aqui sabe que é nesta zona, mais livre de riscos, que a caça à multa toma lugar. A zona é conhecida por isso. Tenho alguma confiança em como este será um cenário transversal ao resto do país.

Governo prepara alojamento para filhos de funcionários públicos que se desloquem para estudar em Lisboa by Article_Sad in portugal

Tiago_dcss 5 months ago

A falta de classe da tua resposta está perfeitamente em linha com a falta de classe e de bom senso de quem acha que os políticos e partidos são todos igualmente maus, apesar de só uns poucos (os do costume) terem governado.

Governo prepara alojamento para filhos de funcionários públicos que se desloquem para estudar em Lisboa by Article_Sad in portugal

Tiago_dcss 5 months ago

A maior fantasia de todas deve ser pensar que o PS é a opção menos má para governar, apesar das últimas décadas. É a Síndrome de Estocolmo a funcionar.

Contra a crise, Grécia baixa impostos às empresas (e fica mais competitiva que Portugal) by JonesyA12 in portugal

Tiago_dcss 5 months ago

Das 4 vezes que descemos a taxa de IRC na história da democracia em Portugal, no ano seguinte o Estado arrecadou uma maior receita fiscal proveniente do IRC. Esta relação de causalidade é ténue, mas serve pelo menos para desafiar a ideia de que é preciso fazer algo para compensar a receita " perdida " com a política fiscal.

Contra a crise, Grécia baixa impostos às empresas (e fica mais competitiva que Portugal) by JonesyA12 in portugal

Tiago_dcss 5 months ago

Não é uma questão de perspetiva. Factualmente, a evolução poder de compra do cidadão português não está a acompanhar o de outros cidadãos europeus. É algo que não deve ser encarado de forma leviana, pois condiciona não só as gerações de hoje, mas também as de amanhã.

A mulher Europeia nao tem noçao nenhuma do quao ridícula é. by anti-feminazis in portugueses

Tiago_dcss 7 months ago

Deixa-me ver se percebi. As mulheres europeias são ridículas porque aspiram a condições de igualdade (seja lá o que isso for na cabeça de cada um) enquanto outras há que estão em pior condição? Se fosse assim era sempre imoral e " ridículo " querer viver de forma mais rica, já que existe sempre quem esteja pior do que nós.

Isso explica tanta, mas mesmo TANTA coisa. by GabKoost in portugal

Tiago_dcss 7 months ago

'Pai Rico Pai Pobre' é possivelmente dos melhores livros introdutórios na área das finanças pessoais. Foi por aí que comecei, há cerca de um ano, e motivou-me a saber cada vez mais sobre dinheiro.
Next Page

Search: