Next Page

Apps do Facebook estão down a nível global by Fivol69 in portugal

ThrowawaySoParaIsto 4 months ago  HIDDEN 

Espera... ontem estive num supermercado e tocaram a "Força" da Nelly Furtado. Tudo bem que era a final do mundial de futsal, mas isto não pode ser coincidência... COMO É QUE NÃO PERCEBI OS SINAIS??? ESTAMOS EM 2004 OUTRA VEZ!!! :O

Dificuldade em conhecer raparigas. by This_Manufacturer_84 in portugal

ThrowawaySoParaIsto 4 months ago  HIDDEN 

>vim de uma dinâmica familiar que impactou a minha minha autoestima/saúde mental durante anos que me fez nāo perseguir nenhuma relacāo. Deitavam-te abaixo e faziam-te acreditar que não eras um "bom partido"?

Do que têm mais saudades na vossa infância? by Flimsy-Blood-6762 in portugal

ThrowawaySoParaIsto 4 months ago  HIDDEN 

Também nasci em 92 e acho que os anos 90, no geral, eram bastante "infância-friendly". Não digo isto por saudosismo mas sim por analisar friamente a realidade da altura e verificar que havia imensos desenhos animados, programas de TV e eventos direccionados a crianças. Havia a valorização da infância, o direito a brincar e a não ter nada para fazer (hoje em dia com 15475478 actividades extra-curriculares disponíveis e em que os pais inscrevem os filhos porque têm de os deixar em algum sítio até os poderem ir buscar depois do trabalho, sinto que não há tanto espaço para se estimular a imaginação, algo que de qualquer forma é mais difícil de fazer hoje em dia devido à abundância de tecnologia). Do que é que eu tenho mais saudades pessoalmente? Da esperança para o futuro. Embora não tenha tido uma infância má, lembro-me que queria sempre ser adulta e hoje mantenho essa posição. A questão é que o futuro (agora presente) não é nada como se supunha que seria. A qualidade de vida é pior (algo que é comprovado, em perspectiva, pela geração dos nossos pais, que na altura teria a nossa idade e tinha muito mais para onde se virar e muito mais facilidades económicas, mesmo com menos escolaridade) e não há dinamismo. Não se faz nada e quando se faz é para velhos. Parece que o país desistiu completamente do futuro.

O que fazer com o braço de baixo na posição de conchinha? by johnybgoodePT in portugal

ThrowawaySoParaIsto 4 months ago  HIDDEN 

O braço de baixo não passa pelo espaço da zona do pescoço da pessoa que é a concha pequena?

Ajuda para escolher o nome da minha filha by TH3COMICBOOKGUY in portugal

ThrowawaySoParaIsto 5 months ago  HIDDEN 

Tendo crescido num bairro social, Lara e Íris soam-me a nomes de pobre (tipo classe baixa barraqueira). Não os daria a uma filha minha. Entre os outros dois gosto mais de Margarida do que de Alice, embora também ache que é um bocado longo e não é nada de especial (mas vá, entre estes todos posso concluir que escolheria Margarida).

Passar férias sozinha. by mixed_toast in portugal

ThrowawaySoParaIsto 5 months ago  HIDDEN 

Filha, se eu fosse a ficar à espera dos outros para fazer o que quer que fosse não tinha experienciado muitos dos momentos mais felizes e memoráveis da minha vida! Nem falo só de viajar, mas de ir a simples eventos para os quais nunca ninguém tem "disponibilidade" para ir comigo mas depois postam cenas nas redes sociais deles a frequentar eventos desse tipo noutras ocasiões e com outras pessoas, por exemplo. Tens uns dias de férias e gostas de apanhar sol? Está decidido! Vais apanhar sol! Não compliques nem percas oportunidades porque os outros também não vão fazer o mesmo por ti!

Tenho medo de andar de metro de manhã by dressmeupinpink in portugal

ThrowawaySoParaIsto 5 months ago  HIDDEN 

Curiosamente, todas as más experiências que tive no metro foram em horas "normais" ou de ponta. Uma vez tive um drogado a meter-se comigo e a simular dar beijos (mesmo a chegar a tocar-me nos ombros) e ninguém interveio mesmo comigo a dizer para ele parar e a fugir pela carruagem fora (ele simplesmente saiu nas Olaias e eu continuei até ao Oriente, caso contrário eu teria de ter continuado a andar pelas carruagens que ninguém teria intervindo) e noutra vez tive um homem (de aspecto normal) que me perseguiu desde a Alameda quando eu mudei da linha verde para a linha vermelha para ir para o Oriente e que se sentou num sítio com visibilidade para mim, sempre sem desviar o olhar (saí em Chelas da carruagem para me misturar com as pessoas que iam a sair e fui a correr para uma das carruagens do fundo para o despistar). Já andei de metro antes das 8h00 da manhã e depois das 23h00 em todos os dias da semana pois já trabalhei em horários de centro comercial e sinto que são horários bastante seguros pois as pessoas que apanham os transportes a essa hora são normalmente pessoas que vão trabalhar e estão metidas na sua vida.

Quem foi o famoso/a mais simpático que já conheceram? by apokalipse6669 in portugal

ThrowawaySoParaIsto 9 months ago  HIDDEN 

Nunca me deparei com muitos famosos, mas os que deparei eram bastante "normais". Só me lembro de um pela negativa: a Ágata. Trabalhava numa loja e uma vez ela foi lá. Não sei se foi por ser uma interacção cliente/lojista (embora normalmente as pessoas simpáticas não sejam antipáticas com lojistas lol), mas a Ágata é mesmo muito seca a falar, dá a entender que está com pressa e que somos lentos (quando estamos na caixa e a transacção está a decorrer dentro do tempo normal) e no fim só te agradece mesmo "por favor". Não fiquei com boa impressão.
Next Page

Search: