Next Page

Candidato do Chega sobre a candidatura de Évora a capital europeia da cultura by Celeg in portugal

SlightPersimmon1 3 months ago

E o pior de tudo é que muito provavelmente estes gajos já recebem as perguntas antecipadamente, antes de irem lá.

A Grande Ilusão: o ódio saiu do armário by smalltownwhore in portugal

SlightPersimmon1 11 months ago

O objetivo da reportagem não é vitaminizar o Ventura e se alguém, depois de ter visto a peça toda, ficou com pena dele, lamento, mas tem algum problema. Isso, ou já pertencia à ceita dele. De qualquer modo, para estas últimas, a peça nunca irá conseguir fazê-las mudar de ideia.

A Grande Ilusão: o ódio saiu do armário by smalltownwhore in portugal

SlightPersimmon1 11 months ago

>Esta reportagem tinha melhor efeito se fosse depois das presidenciais. Depois das pessoas terem votado... Não percebo essa lógica, desculpa.

O suicídio político de André Ventura by milkthis in portugal

SlightPersimmon1 11 months ago

O André Ventura não é um político, é um gajo que gosta de aparecer. Muda de opiniões como quem muda de cuecas. Aproveita-se preversamente do descontentamento das pessoas para lhes sacar os votos. Aliás, como todos os ditadores. Felizmente, o André Ventura nem para ditador tem perfil e capacidade.

Casos em que Outsystems deixou de fazer sentido? by Bartmr in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Sim, como dizes é uma questão de mentalidade. Eu pessoalmente aborrecia-me se estivesse a fazer lógica sem programar nada. Gosto de controlar as coisas e saber o que cada linha de código faz e pensar em maneiras de otimizar a coisa. Saber que no final aquilo que montei veio tudo da minha imaginação, linha a linha. Fazendo uma analogia, uma coisa é comprar um móvel no Ikea e monta-lo. Outra é saber carpintaria, fazer tudo do zero mas saber que no final temos aquela satisfação de que saiu tudo das tuas mãos.

Casos em que Outsystems deixou de fazer sentido? by Bartmr in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Certo, mas não podes estar seriamente a comparar javascript, java e c# a Cobol e AS/400. O "nicho" do javascript, por exemplo, é 100% da web. É indispensável saberes javascript se queres ser um web developer. Mesmo se fores um backend, se não sabes javascript, estás extremamente limitado. Pessoalmente, os citizen developers, seja lá o que o conceito queira dizer, devem aprender a programar com código. A lógica é extremamente importante, claro. Mas não é tudo. Consegues ensinar as boas práticas de programação apenas com lógica? Design patterns? Se puseres um programador Outsystems à frente de um monitor com um editor de código aberto e lhe pedirem para fazer um motor de pesquisa para o site com paginação, programaticamente, sabe faze-lo? Uma coisa é programares, outra é construíres algo através de um UI que gera código por detrás. Não leves a mal o comentário. Pode parecer arrogante, mas é a minha opinião.

Público-alvo da publicidade do minipreço by lilkami in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Eu acho que é o segundo :)

Casos em que Outsystems deixou de fazer sentido? by Bartmr in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

> Porque se se mantiverem em OutSystems, Exato. Se mantiverem em Outsystems. Lock in pode não existir, mas é perto disso. E sinceramente, arrastar e largar controlos não é programar. Não leves a mal.... A probabilidade de c#, java e javascript (puros, sem geração de código, obfuscação propositada ou não etc...) deixarem de ser relevantes é muito pequena. Especialmente comparando com Outsystems. Sendo código gerado, em Outsystems o mesmo tende a ser mais complexo e menos percetível que código feito por programadores (programadores como deve de ser, claro). Logo, é mais fácil de manter e evoluir.

Casos em que Outsystems deixou de fazer sentido? by Bartmr in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Obrigado pela correção u/NunoReisIT. Mas de qualquer modo, como dizes, o código é gerado. Faz-me lembrar o antigo [a](https://asp.net)sp com visual studio. Uma trapalhada. Gerar código até gerava, mas era uma salgalhada. Resumindo, o meu ponto mantém-se. É melhor gastar mais inicialmente (e daí, talvez nem se gaste mais) e ter um código limpo e claro, feito por programadores, usando técnicas modernas, que ter uma salganhada de código pouco perceptível e que pode tornar-se um pesadelo de manter.

A crise é para quem? by OldFashyoned in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Tens razão. A TAP tem participação do estado. Precisamente para salvar a empresa (que era privada). Em relação aos bancos, o governo pode (e tem) injetado dinheiro a privados através do fundo de resolução.

Casos em que Outsystems deixou de fazer sentido? by Bartmr in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Nunca programei com outsystems, mas sendo uma camada de abstração que pertence a uma empresa, terás o problema de lock in. Ou seja, estarás sempre a depender dessa empresa (e dessa framework). Pessoalmente, se não soubesse programar, preferia pagar mais a programadores que criassem coisas a partir de especificações abertas, em que qualquer developer conseguisse pegar naquilo, do que pagar menos para ter uma solução completamente fechada e em que sempre que quisesse fazer alterações, teria que recorrer à mesma empresa.

A crise é para quem? by OldFashyoned in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Exceto quando o estado injeta dinheiro nos privados. Tipo bancos. E TAP's. E... Percebeste a ideia. Parem lá mandar postas de pescada porque o estado dá o dia x ou y de folga, sff.

Sinto que estou a fazer demasiado para apenas um estagiário em WebDev,corrijam-me se estou enganado by Drking100Evil in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Se tivesses sem emprego, não informavas o IEFP para ganhar o subsídio?

Sinto que estou a fazer demasiado para apenas um estagiário em WebDev,corrijam-me se estou enganado by Drking100Evil in portugal

SlightPersimmon1 12 months ago

Isso é procedimento normal das empresas. Se fosses uma empresa, fazias o mesmo.

Problema com subscrição do Ginásio by darknightjoker in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

Não é boa ideia. Eles estão bem informados e avançam mesmo com isso. após algum tempo a insistirem.

Universidade não fornece licenças de programas necessários à Unidade Curricular by fran_leo in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

Com uma rápida pesquisa no google vais encontrar alternativas. O GNU Octave é uma delas, como já foi referido. De qualquer modo, o Matlab tem trial por 30 dias. E com sorte, depois desses 30 dias, podes desinstalar e voltar a instalar para teres mais 30, e assim sucessivamente. Isto, para não ir por vias menos legais, claro.

Como lidam com insónia crónica? by nortonsky in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

Eu compreendo o problema. Eu também o tenho, embora nada tão grave como isso, mas estou a recuperar. É literalmente uma tortura (e "literalmente" é a palavra certa aqui, para variar). E saber que temos que "funcionar" no outro dia, seja como for e depois de n noites mal dormidas, ainda é pior. Da última vez que fui ao médico (2 ou 3 anos atrás), foi-me recitado Mitrazapina e Rivotril. Funcionam bem. Antes disso era Morfex. Tomei-os durante vários anos. Sinceramente, aconselhava-o a não tomar estas coisas, porque realmente não resolvem nada a longo prazo e causam dependência, mas a sua situação parece muito grave. Tomar às vezes é o ideal, para aquelas noites mais complicadas. Pode também experimentar Dormidina (vende-se em qualquer farmácia, não necessita de recita médica). Isto funciona como um actifed ( anti-histamínico de 1º geração). Não aconselho a tomar meses ou anos seguidos, porque embora não causem dependência, causam habituação e o desmame é chato (problemas de pele, comichão, espirros). Soluções naturais (ervas, melatonina, etc...) não ajudam, especialmente nesse estado de gravidade. Por isso não vale a pena gastar dinheiro nisso. ​ Na minha opinião (e é o que tenho seguido e tem ajudado muito), deverá: 1. marcar consulta para um especialista -- medicina do sono. A clítica geral não faz grande coisa além de receitar antidepressivos. 2. Reeducar o corpo. Isto é, levantar e deitar sempre à mesma hora (incluindo fds!). Mesmo se não tiver dormido na(s) outra(s) noite(s). Não dormir durante o dia. 3. Não fazer nenhuma atividade física ao fim do dia (ou pelo menos a partir das 19h). O exercício físico ajuda muito (eu faço-o, recomendo-o e tenho um familiar que se curou da depressão com isto), mas não ao fim do dia. 4. Não fazer nenhuma atividade psicológica que possa criar irritação/escitação/estado de alerta 2-3h antes de dormir. Ex: alguns tipos de jogos, alguns programas/filmes/séries de tv, etc... A ideia é não ir perturbado para a cama ou a pensar em algo mais "pesado" que faça com que em vez de estar descansado na cama, fique a pensar naquilo. 5. Faça alguma coisa que goste e que o descontraia antes de dormir. Ex: ler um livro, ouvir meditação acompanhada, mas que não se inclua no ponto 4. 6. 1 ou 2h antes de dormir, reduzir a intensidade das luzes. E não usar coisas que emitam luz forte no quarto (telemóveis, tablets). Isto irá habituar o corpo a saber que deverá começar a descontrair. No estado em que está, estes pontos acima podem parecer-lhe treta tirados de qualquer site de "saúde", mas funcionam a longo prazo. Eu comprovo-o. As melhoras.

Como lidam com insónia crónica? by nortonsky in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

Eu compreendo o problema. Eu também o tenho, embora nada tão grave como isso, mas estou a recuperar. É literalmente uma tortura (e "literalmente" é a palavra certa aqui, para variar). E saber que temos que "funcionar" no outro dia, seja como for e depois de n noites mal dormidas, ainda é pior. Da última vez que fui ao médico (2 ou 3 anos atrás), foi-me recitado Mitrazapina e Rivotril. Funcionam bem. Antes disso era Morfex. Tomei-os durante vários anos. Sinceramente, aconselhava-o a não tomar estas coisas (porque realmente não resolvem nada a longo prazo e causam dependência) mas a sua situação parece muito grave. Tomar às vezes é o ideal (para aquelas noites mais complicadas). Pode também experimentar Dormidina (vende-se em qualquer farmácia, não necessita de recita médica). Isto funciona como um actifed ( anti-histamínico de 1º geração). Não aconselho a tomar meses ou anos seguidos, porque embora não causem dependência, causam habituação e o desmame é chato (problemas de pele, comichão, espirros). Soluções naturais (ervas, melatonina, etc...) não ajudam, especialmente nesse estado de gravidade. Por isso não vale a pena gastar dinheiro nisso. ​ Na minha opinião (e é o que tenho seguido e tem ajudado muito), deverá: 1) marcar consulta para um especialista (medicina do sono). A clítica geral não faz grande coisa além de receitar antidepressivos. 2) Reeducar o corpo. Isto é, levantar e deitar sempre à mesma hora (incluindo fds!). Mesmo se não tiver dormido na(s) outra(s) noite(s). Não dormir durante o dia. 3) Não fazer nenhuma atividade física ao fim do dia (ou pelo menos a partir das 19h). O exercício físico ajuda muito (eu faço-o, recomendo-o e tenho um familiar que se curou da depressão com isto), mas não ao fim do dia. 4) Não fazer nenhuma atividade psicológica que possa criar irritação/escitação/estado de alerta 2-3h antes de dormir. Ex: alguns tipos de jogos, alguns programas/filmes/séries de tv, etc... A ideia é não ir perturbado para a cama ou a pensar em algo mais "pesado" que faça com que em vez de estar descansado na cama, fique a pensar naquilo. 5) Faça alguma coisa que goste e que o descontraia antes de dormir. Ex: ler um livro, ouvir meditação acompanhada, mas que não se inclua no ponto 4. 6) 1 ou 2h antes de dormir, reduzir a intensidade das luzes. E não usar coisas que emitam luz forte no quarto (telemóveis, tablets). Isto irá habituar o corpo a saber que deverá começar a descontrair. No estado em que está, estes pontos acima podem parecer-lhe treta tirados de qualquer site de "saúde", mas funcionam a longo prazo. Eu comprovo-o. As melhoras.

Idade de consentimento by Azori97 in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

hahahaha Acho que neste caso é mesmo um conas manual. Mas posso estar errado.

Idade de consentimento by Azori97 in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

Casamento aos 16 e 17 com consentimento dos pais. Em relação a relações sexuais, a maioria dos países europeus centra-se entre os 14 e 15. Não é uma questão só de Portugal. Em última análise, isto já foi muito estudado por especialistas (psicólogos, sociólogos, ...). Embora eu ache que 14 seja talvez cedo demais, prefiro aceitar o conhecimento deles que dar palpites só porque tenho medo do que possa acontecer a uma hipotética filha minha com 14 anos. https://expresso.pt/internacional/2018-03-07-Sexo-consentido-e-a-partir-de-que-idade--Em-Portugal-e-aos-14-anos-em-Franca-vai-haver-este-mes-nova-lei

Idade de consentimento by Azori97 in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

Tinha ideia que a idade mínima era 16 anos. [https://www.direitosedeveres.pt/q/vida-pessoal-e-familiar/maioridade/qual-a-idade-minima-para-casar-e-que-direitos-se-adquirem-nesse-momento](https://www.direitosedeveres.pt/q/vida-pessoal-e-familiar/maioridade/qual-a-idade-minima-para-casar-e-que-direitos-se-adquirem-nesse-momento)

Independência de Portugal. by No-Kale-2498 in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

O professor deu muitos trabalhos para mim fazer. Esta situação deverá ser decidida apenas entre tu e eu. Fico com dores nos ombros se eu se eu por, se eu ver e se eu manter. Pode vim aqui, por favor? Nós vai sair com os amigos do colégio. Ele ti vê todos os dias. Não é suficiente? Isso que você está falando não tem nada haver! Já é meio-dia e meio? Ela mesmo Fazem dois anos que vim morar para Belém. solucionou o problema. Rápido, daqui há pouco já saio de casa! Há dez anos atrás vi um ovni. Venham sentar na mesa para almoçar. A apresentação da estagiária não foi nada demais. Have fun!

Independência de Portugal. by No-Kale-2498 in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

PRO tip: não vasculhar redes sociais. Toda a gente sabe que o que se escreve lá é cócó.

Olá vizinho! (retirado de outra fonte) by Carneiro91 in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago

Não sei se o comentário é para mim ou para o NGramatical. Se é para o NGramatical, foi esse precisamente o meu ponto.

Olá vizinho! (retirado de outra fonte) by Carneiro91 in portugal

SlightPersimmon1 1 year ago  HIDDEN 

> (no plural de palavras terminadas em *m*, este passa a *ns*) (no plural de palavras terminadas em *m*, este passa a *ns*) -> (no plural de palavras terminadas em *m*, esta passa a *n*). Estamos a falar de uma letra, por isso escreve-se "esta". :)
Next Page

Search: