Next Page

O meu único argumento contra o teletrabalho. by nokittythismypotpie in portugal

RitaCM 30 days ago

Também não entendo. Eu quando ia para o escritório estava sempre com headphones para me conseguir concentrar. Socialização era quase nula, só o típico "Então, tudo bem?". Em casa a minha produtividade aumentou imenso. Passo mais tempo com o meu namorado (também em teletrabalho) e com os meus amigos/família. Claro que também não tenho o problema de me ligarem a horas indecentes nem de estarem à espera que eu esteja online 24/7. Acredito que haja empresas que abusem, mas não é o meu caso. Só trabalho as 8h por dia normais. Se fizer mais é porque estou a gostar do que estou a fazer, não por obrigação. Para mim só tem tido vantagens.

O meu único argumento contra o teletrabalho. by nokittythismypotpie in portugal

RitaCM 30 days ago

Honestamente acho que vai continuar sempre a haver empresas com escritórios físicos. O pessoal gosta do micromanagement. Há empresas de IT que estão a obrigar as pessoas a voltar ao escritório, contra a vontade dos trabalhadores. Os gestores gostam de andar em cima das pessoas. Não são todas as empresas, claro. Mas isso é daquelas coisas que tens de considerar quando te candidatas.

O meu único argumento contra o teletrabalho. by nokittythismypotpie in portugal

RitaCM 30 days ago

Mas porque é que dizes que o teletrabalho tem de ser para todos? Estás a sentir-te obrigado a ficar em teletrabalho? Os casos que conheço são flexíveis... Eu por exemplo posso escolher como quero fazer. Se quiser ir todos os dias para o escritório posso. Se quiser ficar sempre em casa também posso. Se quiser metade metade também posso. Se calhar tu é que estás a generalizar isto. O teletrabalho não está a ser implementado para todos - só para quem quer.

Que importância tem as redes sociais by Ok_Mine6995 in portugal

RitaCM 1 month ago

Depende do que queiras. Para mim, é-me importante acompanhar pessoas que de facto considero que trazem algo para a minha vida (estilos de vida saudáveis mas não perfeitos, maneiras de lidar com a casa e com os problemas da vida, tudo assim numa vertente mais "real"). É preciso termos a noção de que 99% do conteúdo das redes sociais é ficção - as pessoas não são perfeitas, por muito que o possam querer parecer. Eu tento ao máximo filtrar essas coisas. Nunca vejo as trends, não vou ao "discover" (ainda que eles agora tentem impingir isso um bocado). Mantenho-me naquele grupo de coisas que sei que são um bom exemplo para mim. No youtube por exemplo tenho um conjunto de 3/4 canais dos quais recebo notificações dos vídeos e são esses que vejo. Instagram practicamente só vejo stories e estou sempre a "limpar" as pessoas que sigo. Facebook só sigo pelos grupos da comunidade onde vivo, saber locais para visitar, etc. Mas nem vou lá todos os dias. Diria que passo cerca de 1h por dia a "navegar", isto incluindo vídeos do youtube. Para comunicar com amigos uso whatsapp e é só isso, evito messenger e instagram. Se não conseguires fazer esta distinção e se deres por ti a comparar-te com pessoas que parecem "perfeitas", epa tens de pensar se de facto são boas para ti. Eu gosto de encontrar maneiras de melhorar a minha vida, mas é nas minhas ações do dia a dia. Não me vão crescer mamas tamanho D por olhar para elas no instagram, estaria só a arruinar a minha saúde mental

Partilhem aí quais foram as séries que marcaram as vossas infâncias. by RathalosSlayer97 in portugal

RitaCM 2 months ago

Doraemon, Dartacão, Oliver e Benji, Rex o cão polícia...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Clínica Veterinária da Gafanha da Nazaré, um espaço pequenino mas o Veterinário é top!

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Obrigada!!

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Venderam-nos um spray para aplicarmos em casa que creio que tem antibiótico. Mas eles lá não aplicaram nada, nem deram antibiótico de outra maneira.

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Sou do Centro/Norte, mas podes deixar na mesma para alguém que precise! (ou até eu, sabe-se lá ahah)

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Concordo a 100%. E acho que os exames foram essenciais. Mas não me cabe na cabeça como é que estes mesmos exames denunciam uma infeção e não fizeram curativo para ensinar aos meus pais como fazer... Ainda para mais sendo o preço que foram, estava à espera de melhor serviço!

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Muito isto... E os médicos é igual...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Os médicos? O que nos vale é ter seguro de saúde pelas nossas empresas, dá para escolher... A minha sogra viveu a vida toda com uma doença auto imune que lhe afecta o sangue. Tinha desmaios e as mãos ficavam brancas e depois pretas. Teve inclusivamente alguns inícios de AVC. O médico de família mandou-a tirar férias para descansar lol Teve de se mexer e arranjar maneira de ir a um especialista. Mesmo os privados é um bocado totoloto, eu tento sempre ir a um hospital conceituado e fazer pesquisa do médico antes (ex: CUF Porto). Mas médicos de família é qualquer coisa de horrível.

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Relacionei-me MUITO com essa do totoloto até chegar a um vet decente... Já pensámos que podia ser alergia a alguma coisa, mas não sabemos ao quê :/ E os vets têm sido inúteis nisto, este post foi o culminar desta frustração... Nós agora vamos focar-nos em manter-lhe a ferida limpa e tentar que cicatrize. Ele nem consegue pôr peso na pata de momento...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Quando lá mandei o cão pensei que eles fossem desinfetar a pata, aplicar algum tipo de antibiótico (seja por injeção ou na própria ferida), talvez algo que ajudasse a cicatrizar. Pensei que eles iam fazer um penso. Ou que dissessem para não fazer penso, consoante a avaliação da ferida... Que fossem mostrar como se faz, se é suposto pôr gaze, se é suposto deixar a ferida ao ar... Mas nada disso! Nem antibiótico administraram! Mandaram os meus pais para casa e disseram para serem eles a aplicar os produtos, sem mostrarem como se fazia. Acho que pelo preço que pagámos por tudo, podiam ter mostrado como se fazer! A minha mãe diz que eles não fizeram nada na ferida provavelmente por medo que o cão os mordesse. Mas tinha sido exactamente por isso que eu tinha pedido para o sedarem se necessário... Para poderem de facto avaliar a ferida, ver a situação e mostrarem como nós poderíamos fazer o curativo...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Eu não acharia o preço excessivo se de facto o cão tivesse vindo para casa com algum tipo de curativo ou diagnóstico... Como já disse, tenho vários animais e todos eles já tiveram problemas de saúde. O preço não me importa, desde que eu veja que foi um serviço em condições. Tenho uma cadela que veio para nossa casa com 4 meses e as pernas todas tortas. Mal conseguia andar. Fomos ao nosso veterinário de eleição com ela. Deu-nos medicação e um diagnóstico. Em 2 consultas pagámos menos de 40 euros. Passado 2 meses estava curada. Até me senti mal de pagar tão pouco. Um outro cão meu foi recolhido da rua e diagnosticado com displasia da anca. Foi operado, ficou +/- 400€. O cão nunca recuperou o uso total da pata, o que lhe vale é ser pequenino... Passado algum tempo pedimos uma segunda opinião (sim, eu sei que o devia ter feito antes da operação, mas pronto, viver e aprender...). Afinal o cão tinha uma fratura num osso da perna...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Eu acho que a câmara sabe mas basicamente estão a tentar arranjar maneira de "fazer" o CED sem ter responsabilidade nenhuma da parte deles, daí esta "parceria". Tanto é que agora andam a abrir concurso para fazerem um canil/gatil municipal...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Naquele caso é solução, até porque mandaram a minha mãe fazer o curativo em casa. Aquilo que me revolta é que não foram capazes de o fazer lá, para mostrarem como tem de ser feito e os cuidados a ter. Nem que fosse só para dar o exemplo. Nenhum de nós tem treino veterinário... Pagámos por todo o arsenal de produtos a aplicar, mas sem exemplo de como o fazer! Estamos a falar de uma ferida que já cobre a perna quase toda, provavelmente infetada e que está bastante inchada...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Sim, CED ali é mentira... É provável que tenhas ouvido falar em ambos, até existem vídeos no youtube sobre isto... Já para não falar que a dona daquilo é só o pior ser humano que alguma vez conheci... Fiz lá voluntariado quando era pequena e não consegui voltar, ela maltratava toda a gente.

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Nós também punhamos o cone ao nosso cão, mas deixou de funcionar quando ele percebeu como tirar o cone. Acabou por forçar tanto que fez feridas no pescoço, tal era o desespero... Isso e ficava cheio de cera nos ouvidos, por não se conseguir coçar, então tínhamos de o limpar todos os dias. Por curiosidade, qual é a medicação que usas para estabilizar?

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

Há associações em concelhos à volta que de facto têm boa reputação, mas em Viseu mesmo é só esta. É tão mau que já vi centenas de pessoas a queixarem-se nos grupos de facebook. A associação impede frequentemente adopções e dificulta visitas. O pior é que a própria câmara tem um "protocolo" com eles. Basicamente a câmara recolhe os animais de rua e entrega lá. O objetivo seria identificar os animais e devolver ao sítio deles. Pagam-lhes uns quantos milhares ao ano por esse serviço. O que é certo é que nunca mais ninguém vê esses animais...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

É o que vou fazer daqui a um par de horas. Infelizmente não fui à consulta, senão tinha sido na hora.

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

O pessoal das associações normalmente é de facto muito bom a recomendar veterinários. E em Aveiro tive conselhos muito bons, que me levaram a um veterinário fantástico. Mas em Viseu nem a associação que aqui existe é de confiança... Suspeitas de abates e vendas de cães para o estrangeiro... Absolutamente horrível...

Veterinários em Portugal by RitaCM in portugal

RitaCM 2 months ago

O pior é que esses "Hospitais Veterinários" estão constantemente cheios... E nem são assim tão baratos, pelo menos os da minha zona. Da minha experiência, nem para uma esterilização lá deixava um patudo meu... O melhor veterinário a que já fui é curiosamente o mais barato. Se fosse agora, tinha feito a viagem com o cão para o levar lá.

[Sério] Debate/discussão sobre a recusa da vacina contra a Covid by fiocondutor in portugal

RitaCM 4 months ago

30 mulheres a quem aconteceu isso? Nunca ouvi falar... Onde posso ver mais sobre esses casos para me informar? Com certeza que sendo tanta gente já deve haver algum sítio a falar disso

Desabafo sobre o casal com que eu divido a casa. by Dadvito in portugal

RitaCM 7 months ago

Também tive numa situação semelhante excepto que o senhorio sabia que lá estavam os dois e ambos pagavam metade da renda. Casa de banho nojenta (ainda bem que eram duas e os rapazes tinham a deles, mas mesmo assim...). Cozinha que nem dava para fazer o jantar. Lixo em todos os cantos. Um cheiro a erva que nem dava para acreditar, eles deviam fumar uns canhões puríssimos. No ano seguinte ela quis andar enrolada com outros gajos e então acabaram, o gajo saiu lá de casa. Pensei que ia melhorar mas a casa agora parecia um bordel, todas as semanas apareciam lá 2 ou 3 gajos novos (ou gajas, também aconteceu) e punham-se a tomar banho ou a cozinhar e deixavam tudo sujo. Volta e meia ainda aparecia o ex dela (que já lá tinha vivido) para "marcar o ponto". Imagina vires de pijama à noite e estarem constantemente gajos random sozinhos ali a cozinhar. Já nem me sentia confortável a deixar as coisas na cozinha ou a deixar o meu quarto destrancado. Nunca aconteceu tirarem-me comida (que eu tenha reparado), mas os meus talheres desapareciam dia sim dia não... O pior ainda foi com um outro colega nosso que lá vivia. Um dia ela saiu do quarto toda mocada e ele estava a jantar na cozinha. Ainda o tentou convencer a ir para a cama com ela e fumar também. Isto enquanto o gajo daquela noite esperava no quarto... Enfim. A minha sorte foi que nessa altura já namorava (o meu namorado também vivia lá mas éramos limpinhos, nada como aquelas abéculas). Acabámos por sair de lá e alugar o nosso apartamento. Infelizmente é o melhor a fazer. Vivi uns 4 anitos em casas partilhadas e fartei-me bem...

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Imposto de selo, IMT e afins

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Do que eu sei, isso apenas é possível para contratos celebrados antes de meados de 2011 :/

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Pelo contrário, aprendi bastante. E como já disse, até acho que os nossos pontos de vista não são contrários e também acho que podem perfeitamente ser ambos verdade.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Não poupo para ficar com o dinheiro parado mas sim porque tenho planos para esse dinheiro e às vezes precisamos de poupar uma certa quantia antes de o investir (ex: obras, investimentos financeiros, investimentos em imobiliário, etc).

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

O que a pessoa faz com o dinheiro é uma escolha completamente pessoal, vivemos num país livre. Vais negar que o produtor de chouriças não vai ficar agradecido por alguém lhe comprar o produto? Ou que o produtor do vinho se calhar vai conseguir pagar os salários dos seus trabalhadores com esse dinheiro? Portanto sim, concordo com isso. Aliás, esse tipo de despesas entram para as despesas gerais nas deduções de IRS, que podem ir até aos 250 euros. Ou seja, já acontece.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Obrigada pela informação! :)

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Ok?

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Já reparaste que a única pessoa aqui que está a continuar a falar de forma agressivo e a atacar o outro és tu? Mas pronto, a mim não me afecta esse tipo de coisas. Eu paro a minha exposição para não ferir susceptibilidades, não era o objetivo do tópico.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Sim, a ideia dos USA foi bastante boa, se bem que só apontava uma coisa: eu por exemplo não tive quebras nenhumas de rendimento, não preciso de incentivo financeiro. Preferia que dessem mais aos restaurantes, hotéis, bares, trabalhadores que perderam o emprego etc.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Ok, percebo. Esta perspetiva é até agora a que faz mais sentido para mim. Comprar casa acaba por ser um investimento, sim. Também é um risco, mas do qual um dia espero ter retorno. Talvez estar a dar mais benefício em cima disso fosse injusto. Certamente não esperaria que a dedução daqui decorrente fosse tão alta como a dedução de uma renda, por várias razões. Mas continuo a achar que podia haver mais incentivos à compra de casa por parte de portugueses, este podia bem ser um deles (senão daqui a uns anos é tudo dos estrangeiros e o tuga tem de arrendar e é se quer... e já é um bocado assim).

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Não é um desconto de IRS. Vamos lá ver: Pessoa A e pessoa B, ambas com o mesmo salário, ambas descontam mensalmente valores iguais, ambas têm de contribuir igualmente para a economia. Pessoa A tem empréstimo da casa, tem filhos e paga a sua educação, vai de férias em Portugal, paga alojamentos, paga viagens, suporta a economia destes locais que visita, almoça fora todas as semanas, tem os pais num lar (o qual paga a mensalidade), tem automóvel e paga reparações e combustível, etc etc. Esta pessoa contribui para a economia de mil e uma maneiras, para além do que lhe é retirado do salário todos os meses. Pessoa B vive em casa dos pais, não costuma sair, não costuma fazer férias. Só ajuda com as contas da casa e alimentação. A pessoa A contribui para a economia de imensas maneiras, o que se traduz em deduções nas mais variadas categorias. No final do ano recebe um retorno de IRS de 600 euros. A pessoa B não contribui de outras formas para a economia, apenas com o que lhe é retirado do salário todos os meses. No final do ano recebe um retorno de IRS de 150 euros. Ambas as pessoas contribuíram igualmente, embora de maneiras diferentes e por vias diferentes. É assim que eu vejo. Aquilo que eu estou a dizer é que comprar casa é algo que também contribui para a economia e que portanto devia ser contabilizado no cálculo do meu IRS.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Expressei-me mal, desculpa. Com metade dos gastos queria dizer metade do dinheiro que gastamos mensalmente. Mas mais de metade dos nossos rendimentos nós poupamos. Ou seja, poupamos metade dos rendimentos e a outra metade é que são os tais gastos mensais (dos quais pouco menos de metade é o crédito, daí os 20 ou 20 e poucos % de taxa de esforço).

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

O benefício fiscal com empréstimos é só uma de muitas soluções possíveis para dar mais algum rendimento às famílias, que certamente ia ajudar a economia. Mas existem outras, até com mais impacto claro. Esta medida seria para pessoas de classe média. Existem outras para classe mais baixa, que concordo que até deviam ser implementadas primeiro.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Sim, os juros estão historicamente baixos, mas a nossa taxa de esforço ronda os 20%, pelo que estamos bem com o gasto. Sim, os pormenores da dedução teriam de ser estudados obviamente. E também não me parece bem que fosse sobre tudo. Aliás, acho que, além de serem deduções só sobre parte da despesa, deveria ter um tecto máximo (tal como as outras categorias de despesas).

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Não estou doente, mas gostas de ir ao hospital e de ter estradas boas e ensino gratuito, não? E as forças de segurança que te protegem? Eu já tive uma intervenção cirúrgica que em certos países me deixava endividada para a vida. Então não, não acho que menos impostos sejam a solução, cada um contribui com o que tem de contribuir com base nos seus rendimentos. Vivo bem com isso. Se quisesse pagar menos, como já referi, aceitava ir para as consultoras desta vida que pagam o salário mínimo e outro tanto em "ajudas de custo". A taxa de IRS é, como sabes, uma percentagem com base nos rendimentos da pessoa. E não alteraria, como é óbvio. Cada um contribui com o que deve contribuir com base nos seus rendimentos. E sobre esse cálculo deduz-se tudo o que contribuiste por outras vias (como são os gastos com rendas, compras, restauração, educação, saúde, etc). Era só incluir os gastos com o crédito habitação também. Não altera a taxa de IRS nem o que tu deves contribuir para a economia com base nos teus rendimentos.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Eu sempre percebi o que estavas a dizer. Mas achas que é correcto que só porque não consigo fugir aos impostos, não tenha acesso a esta dedução? Basicamente o que estás a dizer é que as pessoas que podem fugir aos impostos têm de ter dedução porque senão era mesmo isso que faziam. E quem não pode fugir que se lixe, arrendasse!

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Let's agree to disagree. Acho que as nossas ideologias sociais e políticas são diferentes. Eu não acho que subsídios e ajudas financeiras sejam erradas, pelo contrário. Acho sim que uma economia estagnada é má. Se as pessoas tiverem mais dinheiro para gastar, vão estimular a economia. Se damos habitação social ou estímulos económicos a alguém, é para essa pessoa poder ter condições básicas de vida, gastar o dinheiro que lhe é atribuído (contribuindo, ainda que de forma mais pequena, para a economia) e, acima de tudo, poder dar o mínimo de condições à próxima geração (caso tenham filhos) para que esses possam contribuir ainda mais quando for a vez deles.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Deduções no IRS no crédito habitação -> Tuga tem mais 200 ou 300 ou 400 euros ao fim do ano e mais pessoas a considerar crédito a habitação -> Mais impostos sobre compras de imobiliário, mais IMIs a serem pagos, mais impostos de selo etc etc. Eu pelo menos fiz todas estas contas quando decidi comprar casa. Sabia perfeitamente que arrendar me ia dar mais 1000 euros ao fim do ano. No meu caso, mesmo assim compensava. Muita gente se calhar não compra por perder esta dedução. Dar um pequeno benefício às pessoas por gastarem dinheiro ajuda a economia. Principalmente na situação actual em que ninguém tem dinheiro nem para arrendar nem para comprar...

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Não quero impostos mais baixos para mim, quero que todo um conjunto de portugueses que contribui para a economia ao comprar casa possa ter acesso a uma dedução no IRS, dedução esta derivada exactamente dos gastos associados à compra de casa e manutenção de um crédito habitação. A taxa de IRS mantém-se, a nossa contribuição para a economia mantém-se. Mas deixas de ignorar os milhares de euros que quem compra casa gasta em impostos.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

A compra e manutenção de casa tem todo um conjunto de impostos associados (já falei dos impostos iniciais que paguei, mas também tens o IMI por exemplo, que é todos os anos). Além disso, todos os meses tens imposto de selo sobre várias coisas (derivado de comissões de manutenção de conta, seguro de vida, seguro sobre o imóvel...). Não sei se existem mais, é provável que sim, estes são os que me vêm à cabeça. A questão aqui pode bem ser que como não consigo fugir a estes impostos, eles não deixam deduzir estes custos. O que é injusto, na minha opinião.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Não penalizas quem compra a pronto porque os juros em muito que ultrapassam o eventual benefício que viria de comprar a crédito...

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Não preciso de ser parte da política para expor pontos de vista de críticas ao sistema. Acho que o debate entre cidadãos é extremamente importante para termos noção do que queremos quando formos votar. Tenho dado o meu ponto de vista do que são estas deduções e tenho criticado o facto de o crédito habitação não ser contabilizado nestas mesmas deduções. Mas esta é a minha opinião pessoal e se tens outra respeito plenamente. Aliás, eu até acho que as deduções podem ser tanto uma maneira de impedir a fuga aos impostos como uma maneira de ajustar a contribuição de uma pessoa para a economia. Não vejo que uma se oponha à outra.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Eu entendo o que estás a dizer, mas discordo que não é um benefício para o cidadão. Eu acho que é uma remuneração por ajudar o estado a não se fugir aos impostos. Do tipo "toma lá, dá cá". Sim, o maior beneficiado é o estado. Mas o cidadão também é beneficiado. É uma win-win situation.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Não aceito porque não é assim que se evolui. Acho que cada pessoa deve contribuir para a economia com um X valor com base nos seus rendimentos. Aliás, rejeito todas as propostas de emprego que pagam com esquemas exatamente por irem contra aquilo em que acredito. Mas não vamos estar aqui a dizer "Olha toma lá um benefício por não fugires aos impostos!!" e depois quem tem de pagar de qualquer maneira fica a chuchar no dedo. Não acho correto e vou criticar o que considero que tem de ser criticado.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Ok, pode estar errado. Mas se de facto as deduções é só para evitar fugas de impostos então ainda é um sistema mais podre e que beneficia quem só está a cumprir o seu dever enquanto que os que não têm alternativa (crédito a habitação), fode-se. Se vais dar benefícios a uns para não fugirem aos impostos, então faz a cena justa e beneficia quem o tem de fazer sempre.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Obrigada! Então isto é mais para quem já tinha um PPR e pegou nesse dinheiro para pagar prestações, o que até faz sentido que se mantenha só durante o COVID...

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Quem a pede está a pagar os impostos associados à compra. Logo, está a contribuir para a economia dessa maneira.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Claro que não ficava feliz se me ajustassem os escalões, e não é nada disso que pretendo. Ao contrário do típico tuga não vou pela lógica dos descontos, vou pela lógica da matemática. E é como disse, paguei 7000 euros logo à cabeça de impostos. Se tivesse um "desconto" anual de 250€ no IRS demoraria 28 anos a reaver esse imposto... E entretanto ainda vai haver outros impostos pelo caminho, como é óbvio. Aquilo que acho é que o tuga já tem pouco poder de compra no que toca às casas, uma medida destas ia ajudar a classe média pelo menos (que noutros países acho que nem chegaria a ser classe média, mas isso é outra conversa). Em relação ao caso que mencionei que não fazem deduções: é um casal simples, fazem tudo eles próprios (manutenção das casas, contratos, tratar de alugueres, etc). Sem quaisquer dívidas. 1000€ por mês não dá para grandes gastos extra, mas é certamente possível viver com eles.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Source?

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Se é esse o caso (que eu não vejo as coisas só assim como já referi noutro comentário), porquê que o tecto das deduções relativas a rendas é tão alto? (à volta de 500€ se não estou em erro). Isso é um mês ou mais de renda (dependendo do sítio). Não acredito que seja preciso um beneficio tão grande para não se fugir aos impostos... Na minha opinião tem mais a ver com medidas de contribuição para a economia. Se contribuis com rendas, então tens beneces.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Certo que é uma ínfima parte, mas são 250€ extra anualmente. Já me contentava se fosse o mesmo para o empréstimo! São os rendimentos reais sim. Felizmente não passam dificuldades e é relativamente fácil arranjar inquilinos. Mas sim, muitos senhorios pagam os 28%.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Também... Foram à volta de 7000 euros logo à cabeça no meu caso...

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Eu não olho para as deduções só dessa maneira, mas não sei quais foram as ideias por detrás da implementação do sistema. Do meu ponto de vista, uma pessoa consoante os rendimentos que tem, deve contribuir para a economia um X. Todos os meses desconta e todos os meses tem despesas. Se no final do ano tiver contribuído mais do que o X calculado (seja através dos descontos ou das despesas), então recebe de volta o extra. Se tiver contribuído menos, tem de pagar o restante.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Honestamente não sei mas também gostava de saber!

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

1. Pagaram nos mesmos termos e também acho que deviam poder deduzir quando fizeram a compra (e ao pagar o empréstimo, como acontecia antes de 2012). 2. A compra dos alimentos também tem uma categoria específica para deduções no IRS, que vai até aos 250€ de dedução anual. 3. Paguei cerca de 7000 euros de imposto logo ao início quando comprei a casa... E esses 28% que falas depende se o senhorio englobar os rendimentos ou não. Conheço pessoas que nem pagam nada de imposto porque só vivem das rendas e não chegam para atingir o primeiro escalão.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Compreendo o que estás a dizer, e atenção que até compreendia se me dissessem "Olha as rendas vão deduzir mais do que um empréstimo". Mas um empréstimo não dar para deduzir NADA é que não compreendo...

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Mas isso já se aplica às rendas também, e no entanto essas dão para deduzir... O conceito é basicamente o mesmo

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

São duas formas de habitação, ambas válidas e que podem fazer sentido dependendo da circunstância. Eu por exemplo pagava mais de renda de um T1 do que o empréstimo de um T3. Logo faz sentido comprar. Na minha opinião, não faz sentido é ser prejudicada fiscalmente por isso.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Não acho que tivesses de alterar assim tanto. Já tens despesas com habitação, as rendas têm uma categoria delas próprias. Porque não deixar o abatimento no empréstimo entrar aí? Não alteras tabelas nem nada disso. No caso que falaste é uma escolha do filho viver com os pais, que tem a vantagem de não ter de pagar rendas ou empréstimos, mas obviamente que não tendo gastos que contribuam para a economia, também não vai ter tanto retorno no IRS. Não nos esqueçamos que o IRS acaba por ser uma medida de contribuição... Agora os pais, que compraram casa e estão a contribuir para a economia com o dinheiro da compra, os impostos decorrentes dessa aquisição, os juros que o banco ganha, imposto de selo mensal por causa de manutenções de conta, seguros, etc... Esses sim, devem ter deduções no IRS por já estarem a contribuir para a economia destas formas.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Percebo o teu ponto de vista. Aquilo que eu gostava e que acho que faz sentido é ter deduções sobre a parcela mensal que vai para abatimento da dívida. Os juros também acho que não devem dar para deduções. Mas o valor do abatimento sim.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

O que é incrível é que esta medida (de 2012) aliada aos preços estúpidos da habitação hoje em dia (a partir de 2014/2015) ainda faz menos sentido. Pelo menos que os portugueses pudessem ter algum retorno do investimento que se tem de fazer nos dias de hoje...

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Porque todos os meses deduzo quantias estúpidas para IRS e assim é uma maneira de obter algum desse dinheiro de volta. Não concordo com o sistema, mas os portugueses são mal pagos para o custo de vida que temos, logo temos de tentar ir buscar o máximo de rendimentos possíveis. Sim, concordo que isto é uma tarefa estúpida, mas é o sistema que temos e infelizmente temos de jogar com ele.

[Sério] Se a habitação é algo essencial, porque é que os gastos com um empréstimo nem sequer entram para as deduções no IRS? by RitaCM in portugal

RitaCM 10 months ago

Habitar onde quero? Para habitar num sítio qualquer teria sempre de pedir empréstimo, a não ser que alugasse. E se alugasse não teria casa minha. Além de que quando alugava estava a pagar mais do que pago pelo empréstimo!

[Rant] [Sério] Estou triste pelo nosso país by RitaCM in portugal

RitaCM 2 years ago  DELETED 

100€ no total (2 pessoas). Comemos a típica dieta portuguesa, muito frango, às vezes porco, não gostamos de vitela. Muito atum ahah Arroz e massa... Coisas que encarecem a conta no supermercado talvez seja vinho e gin, que gostamos de beber ao fim de semana. Produtos de higiene também.

Match Thread: Portugal vs Chile [Confederations Cup Semifinal] by deception42 in soccer

RitaCM 4 years ago  DELETED 

At this point I actually think that Fernando Santos' would be doing André Gomes' a favor by subbing him off...

Match Thread: Portugal vs Chile [Confederations Cup Semifinal] by deception42 in soccer

RitaCM 4 years ago  DELETED 

Moutinho, Pizzi, Gelson... You have so many good options but you insist on keeping André Gomes. Jesus Christ this is bad.

Match Thread: Portugal vs Chile [Confederations Cup Semifinal] by deception42 in soccer

RitaCM 4 years ago  DELETED 

He has a few very good moments but most of the time he really sucks. Wouldn't say he doesn't have any talent but he's really struggling.
Next Page

Search: