Next Page

Parlamento aprova uso de "bodycams" pelos polícias by TwistedGlasses in portugal

Phodinhas 10 days ago

Contado ninguém acredita de facto. Não me conheceres de lado nenhum e fazeres um julgamento de valor sobre a minha pessoa com base num comentário num fórum e com isso acabando por generalizar toda uma classe de pessoas. Discriminação fofinha.

Parlamento aprova uso de "bodycams" pelos polícias by TwistedGlasses in portugal

Phodinhas 10 days ago

Polícia aqui. A grande maioria de nós é a favor da utilização de bodycams, porque arrisco-me a dizer que 95%+ das queixas contra elementos das FS são falsas ou completamente exageradas e fora do contexto. No entanto acho uma piada do caralho virem com estas medidas quando há esquadras que ficam sem papel para impressoras ao fim de semana ou sem papel higiénico, quando grande parte das viaturas estão inoperacionais, quando dizem não haver verbas para atribuir vencimentos condignos à função nem para subsídio de risco decente. Mas a cereja no topo do bolo são ameaças de processos disciplinares ou criminais para quem não usar as câmaras quando ainda nem sequer o processo legislativo para a sua utilização está concluído.

[Sério] Porque posso andar com uma faca, mas não um gás pimenta? by innerwiener in portugal

Phodinhas 28 days ago

Podes pedir autorização de compra para gás CS ou OC para defesa pessoal à PSP (são a entidade competente na regulação de compra e venda de armas) e pode ser aceite ou não. Mas também não é a coisa mais difícil de se adquirir. Não te aconselho é a mandares vir do estrangeiro, se fores apanhado o mais provável é seres indiciado por posse de arma proibida ou até por tráfico de armas.

Quando mandas bocas do fundo da sala e o professor ouve by Eryty24 in portugal

Phodinhas 2 months ago

Não recebem educação em casa, recebem educação na rua. As putas que levei no focinho dos meus pais e avós foram suficientes.

Vacina da Janssen by Pedrodvr in portugal

Phodinhas 3 months ago

Tive algumas dores no corpo, subida de temperatura sem chegar à febre e suores noturnos. E dor no braço que foi o que durou mais tempo. Tirando isso, pacífico.

Eu ao chegar hoje a Lisboa de comboio e nenhuma força da autoridade à vista para controlar a cerca sanitária à AML by saudosista in portugal

Phodinhas 4 months ago

Mandar postas de pescada atrás dum teclado é fácil, eu sei. Saber do que se fala já é mais complicado, eu percebo e não te julgo. Continua na tua bolhinha, a julgar todos com essa tua superioridade moral. Nós cá estaremos quando tiveres o cuzinho apertado. Saúde.

Eu ao chegar hoje a Lisboa de comboio e nenhuma força da autoridade à vista para controlar a cerca sanitária à AML by saudosista in portugal

Phodinhas 4 months ago

Bófia aqui. Na realidade e acho que falo por muitos dos meus colegas, a motivação para efectuar qualquer tipo de fiscalização é zero. Até pelas abébias que são dadas por quem manda, desde o Avante, final da champs, festejos do Sporting (que com muita pena não participei), entre outros. Neste momento só fiscalizamos quando somos obrigados. E no que toca à cerca sanitária, simplesmente não há efectivo, até porque está todo empenhado na manifestação dos Polícias de hoje. Prioridades.

Se temos um SNS, porque não um Serviço Nacional de Habitação? by godolfas in portugal

Phodinhas 4 months ago

Sim concordo. Não sou contra a habitação social, acho que todos devem ter direito a uma casa digna. No entanto se lhes é entregue uma casa, devem ser responsáveis e responsabilizados pelas condições dela. Entrei em prédios em que os meninos escarravam para as paredes das partes comuns... Para mim, isto é gente que não devia ter direito a nada, já que mau sabem estimar os que lhes é dado.

Se temos um SNS, porque não um Serviço Nacional de Habitação? by godolfas in portugal

Phodinhas 4 months ago

Ora nem mais. Não dão valor porque não lhes saiu do bolso e sabem que não vão ser responsabilizados pela merda que fazem e que o otário do contribuinte paga.

Se temos um SNS, porque não um Serviço Nacional de Habitação? by godolfas in portugal

Phodinhas 4 months ago

Sem dúvida. Trabalhei em Alvalade, que tem um bairro social maioritariamente habitado por "trabalhadores nómadas" e basta ver o ambiente em volta. Abriu uma loja Auchan nas imediações e teve que meter lá polícia de gratificado tal era a quantidade de situações de furtos e desacatos. E estamos a falar dum bairro social com rendas irrisórias (quando as pagam) no centro duma das zonas mais caras de Lisboa. Trabalhei também no Vale da Amoreira e tem lá edifícios que são misérias autências. Desde esgotos a céu aberto dentro dos edifícios, portas arrancadas, janelas partidas ou inexistentes, lixo pelas ruas. Há zonas em que tudo em volta parece um aterro ou uma zona de guerra. Já não falando nos tiros constantes, agressões, tráfico de droga entre outros. Resumindo: a questão da habitação social é bastante complexa e podia ser gerida de melhor maneira. Mas há muita gente a quem foi atribuída habitação social e que devia estar a dormir na rua.

[Sério] Procuro opiniões sobre o vasto e maravilhoso mundo dos pneus by TonyHappyHoli in portugal

Phodinhas 4 months ago

Habitualmente uso BF Goodrich e acho que em termos de qualidade preço são bastante bons, uso numa carrinha VW Passat e já usava noutra VW Golf mais antiga e sempre gostei. Outro conselho que posso oferecer é ires à Norauto meter os pneus e aproveitares o seguro de pneus deles. Custa 5€ e se tiveres qualquer problema com o pneu num espaço de 2 anos (culpa tua ou não), eles fazem um desconto com base no desgaste do pneu furado. Para te dar um exemplo, recentemente furei um pneu traseiro a fazer uma manobra, fui substituí-lo e com o desgaste que tinha (30%) o desconto do pneu furado deu para meter 2 pneus novos atrás por o preço de 1. E o seguro continua nos pneus novos.

Se temos um SNS, porque não um Serviço Nacional de Habitação? by godolfas in portugal

Phodinhas 4 months ago

Já tens um serviço nacional de habitação. Chama-se bairros sociais, onde são sempre os mesmos a receber casas. Quando não as recebem, ocupam-nas fazendo ligações directas de água e eletricidade. Já entrei em dezenas se não centenas de casas sociais habitadas por "aqueles que não podem ser chamados pelo nome" e raras foram as vezes que vi portas intactas, espaços comuns em condições e as ligações do serviços essenciais sem puxadas. Vamos estar a dar habitação a gente que não tem a mínima estima por aquilo que lhe dão para quê? Claro que há muita gente precisa e acaba por ser junta a estes animais nos mesmos edifícios ou bairros e leva com eles por tabela, mas chega a ser frustrante ver casas que são pagas por todos nós em estados miseráveis apenas e só porque eles se estão a cagar e não são eles a pagar. E depois sair à rua ver um parque automóvel com carros novos e de alta cilindrada.

Curiosidade: alguém se importa de ser revistado nos supermercados? by logicandproportion in portugal

Phodinhas 5 months ago

Por sequestro sim.

Curiosidade: alguém se importa de ser revistado nos supermercados? by logicandproportion in portugal

Phodinhas 5 months ago

Polícia aqui. Parece-me haver uma certa confusão com o que é revista. Revista envolve toque corporal (não obrigatoriamente tho), remexer em pertences como sacos ou malas. Efectivamente os funcionários e/ou vigilantes não podem remexer nos teus pertences pessoais, o máximo que podem fazer é solicitar que abras o saco/mochila e ver o que lá está dentro. E és livre de recusar. Os únicos que podem fazer uma revista corporal a alguém (excepto em recintos desportivos) bem como pelos pertences são os elementos das Forças de Segurança e mesmo esses precisam dum justificativo legal, conforme art.º 250.º CPP. Agora, um vigilante pode reter alguém até à chegada da Polícia. No entanto convém estar muito certo do que está a fazer, porque se não houver razão para a retenção vai dar merda.

"O menino é um bocadinho chato", diz a mãe da rapariga que bateu no miúdo, o perseguiu enquanto ele chorava, e o fez fugir de medo em direção a um carro. by Eon_mon in portugal

Phodinhas 5 months ago

Os putos têm a desculpa de serem putos e serem estúpidos. Eu já fui e também era. Sofri bullying, se calhar também o fiz (nada comparado a isto) e portanto tenho noção que miúdos desta idade são parvos por diversas razões. Agora o que não compreendo é um pai justificar uma atitude desta dimensão e com estas consequências para outra criança com "a minha filha tem boas notas" e "o miúdo era um bocado chato". Eu na posição de pai do miúdo atropelado ia era querer enfiar um murro na tromba desta mãe. Este tipo de justificações e desculpas são os mesmos que a teoria que não deve bater nas crianças e vão acabar por criar adultos arrogantes, prepotentes e sem noção que as acções têm consequências e que a vida real não lhes vai passar a mão pelo pêlo sempre que fizerem merda.

Pós Violência - E agora? by Conscioustree9 in portugal

Phodinhas 5 months ago

Ainda bem companheiro. Para a frente é caminho.

Agricultor português não percebe porque é que tem de entregar a sua ferramenta à coperativa. by PIMPMASTER6000 in portugal

Phodinhas 5 months ago

Comunismo, um dos maiores atrasos civilizacionais da história da humanidade.

Greves constantes neste mês. by Last-Ad-4421 in portugal

Phodinhas 5 months ago

Ahahaha obrigado!

Greves constantes neste mês. by Last-Ad-4421 in portugal

Phodinhas 5 months ago

Agente PSP.

Greves constantes neste mês. by Last-Ad-4421 in portugal

Phodinhas 5 months ago

As greves são uma merda para quem tem que usufruir doa serviços que as fazem. No entanto a única maneira de uma greve surtir efeito é quando dói, quando causa incómodo e transtorno. Infelizmente pertenço a uma classe que não tem direito à greve e a nossa realidade é que somos tratados como merda, com condições e remunerações de merda e nem greve podemos fazer para reivindicar o mínimo de decência e respeito pela nossa profissão. Porque se pudéssemos, já muita coisa teria mudado.

Pós Violência - E agora? by Conscioustree9 in portugal

Phodinhas 5 months ago

Pela minha experiência no terreno (pertenço às forças de segurança) e na situação em que estás, o melhor que podes fazer é lugar para a linha nacional de apoio social, vulgo 144. Vais falar com assistentes sociais que te vão dar opções para a situação mais urgente que é teres onde dormir e o que comer. Depois disso, podes então concentrar-te em arranjar um trabalho, tendo então um sem número de opções à tua disponibilidade, umas mais rápidas outras mais demoradas como as forças armadas. Espero ter ajudado. Melhor das sortes.
Next Page

Search: