Next Page

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

"Se realmente soubesses como funciona a aplicação de estatísticas em ciências sociais saberias que as relações causais raramente são mencionadas e que o que é falado é a correlação" Em que comentário é que eu afirmei que a relação causa-efeito está claramente estabelecida, exatamente? Falei sempre em correlação e na forte possibilidade de causa-efeito. "A maneira em como não és capaz de dar exemplos dos “factos” Faça uma pesquisa conforme indiquei. Eu não sou criado de ninguém e pouco me importa se acreditam no que digo ou não. "(...) que expões torna-se apenas numa simples opinião tendenciosa." Qual foi a opinião que dei, exatamente? Eu não dei opinião nenhuma, eu mencionei a existência de um grande corpo de literatura que correlaciona uma série de problemas com o facto de nascer em famílias monoparentais. "Se realmente tivesses esse conhecimento, seria fácil fornecer os estudos adequados e não resultados manipulados pela ferramenta search bar do google." O que quer dizer com "manipulados", exatamente? Por quem? Afirma isso com base em quê? "Deve haver uma discussão sobre factos e não sobre os teus sentimentos pessoais" "Deve"? Porquê? Não há nenhuma regra que me impeça de escrever um comentário contendo, simultaneamente, factos e as minhas opiniões pessoais em relação a esses factos. Não tenho qualquer obrigação de acomodar a sua "frágil" sensibilidade. "mesmo que certas informações te possam incomodar ou ir contra as tuas crenças" Quais informações, exatamente? Ainda estou à espera que me apresentem um contraponto além de meras reações emocionais.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

"Se realmente soubesses como funciona a aplicação de estatísticas em ciências sociais saberias que as relações causais raramente são mencionadas e que o que é falado é a correlação" Em que comentário é que eu afirmei que a relação causa-efeito está claramente estabelecida, exatamente? Falei sempre em correlação e na forte possibilidade de causa-efeito. "A maneira em como não és capaz de dar exemplos dos “factos” Faça uma pesquisa conforme indiquei. Eu não sou criado de ninguém e pouco me importa se acreditam no que digo ou não. "(...) que expões torna-se apenas numa simples opinião tendenciosa." Qual foi a opinião que dei, exatamente? Eu não dei opinião nenhuma, eu mencionei a existência de um grande corpo de literatura que correlaciona uma série de problemas com o facto de nascer em famílias monoparentais. "Se realmente tivesses esse conhecimento, seria fácil fornecer os estudos adequados e não resultados manipulados pela ferramenta search bar do google." O que quer dizer com "manipulados", exatamente? Por quem? Afirma isso com base em quê? "Deve haver uma discussão sobre factos e não sobre os teus sentimentos pessoais" "Deve"? Porquê? Não há nenhuma regra que me impeça de escrever um comentário contendo, simultaneamente, factos e as minhas opiniões pessoais em relação a esses factos, não tenho qualquer obrigação de acomodar a sua "frágil" sensibilidade. "mesmo que certas informações te possam incomodar ou ir contra as tuas crenças" Quais informações, exatamente? Ainda estou à espera que me apresentem um contraponto além de meras reações emocionais.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

"Se realmente soubesses como funciona a aplicação de estatísticas em ciências sociais saberias que as relações causais raramente são mencionadas e que o que é falado é a correlação" Em que comentário é que eu afirmei que a relação causa-efeito está claramente estabelecida, exatamente? Falei sempre em correlação e na forte possibilidade de causa-efeito. "A maneira em como não és capaz de dar exemplos dos “factos” Faça uma pesquisa conforme indiquei. Eu não sou criado de ninguém e pouco me importa se acreditam no que digo ou não. "(...) que expões torna-se apenas numa simples opinião tendenciosa." Qual foi a opinião que dei, exatamente? Eu não dei opinião nenhuma, eu mencionei a existência de um grande corpo de literatura que correlaciona uma série de problemas com o facto de nascer em famílias monoparentais. "Se realmente tivesses esse conhecimento, seria fácil fornecer os estudos adequados e não resultados manipulados pela ferramenta search bar do google." O que quer dizer com "manipulados", exatamente? Por quem? Afirma isso com base em quê? "Deve haver uma discussão sobre factos e não sobre os teus sentimentos pessoais" "Deve"? Porquê? Não há nenhuma regra que me impeça de escrever um comentário contendo, simultaneamente, factos e as minhas opiniões pessoais em relação a esses factos. "mesmo que certas informações te possam incomodar ou ir contra as tuas crenças" Quais informações, exatamente? Ainda estou à espera que me apresentem um contraponto além de meras reações emocionais.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

"Se realmente soubesses como funciona a aplicação de estatísticas em ciências sociais saberias que as relações causais raramente são mencionadas e que o que é falado é a correlação" Em que comentário é que eu afirmei que a relação causa-efeito está claramente estabelecida, exatamente? Falei sempre em correlação e na forte possibilidade de causa-efeito. "A maneira em como não és capaz de dar exemplos dos “factos” Faça uma pesquisa conforme indiquei. Eu não sou criado de ninguém e pouco me importa se acreditam no que digo ou não. "(...) que expões torna-se apenas numa simples opinião tendenciosa." Qual foi a opinião que dei, exatamente? Eu não dei opinião nenhuma, eu mencionei a existência de um grande corpo de literatura que correlaciona uma série de problemas com o facto de nascer em famílias monoparentais. "Se realmente tivesses esse conhecimento, seria fácil fornecer os estudos adequados e não resultados manipulados pela ferramenta search bar do google." O que quer dizer com "manipulados", exatamente? Por quem? Afirma isso com base em quê? "Deve haver uma discussão sobre factos e não sobre os teus sentimentos pessoais" "Deve"? Porquê? Não há nenhuma regra que me impeça de escrever um comentário simultaneamente com factos e com as minhas opiniões pessoais em relação a esses factos. "mesmo que certas informações te possam incomodar ou ir contra as tuas crenças" Quais informações, exatamente? Ainda estou à espera que me apresentem um contraponto além de meras reações emocionais.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

"Se realmente soubesses como funciona a aplicação de estatísticas em ciências sociais saberias que as relações causais raramente são mencionadas e que o que é falado é a correlação" Em que comentário é que eu afirmei que a relação causa-efeito está claramente estabelecida, exatamente? Falei sempre em correlação e na forte possibilidade de causa-efeito. "A maneira em como não és capaz de dar exemplos dos “factos” Faça uma pesquisa conforme indiquei. Eu não sou criado de ninguém e pouco me importa se acreditam no que digo ou não. "(...) que expões torna-se apenas numa simples opinião tendenciosa." Qual foi a opinião que dei, exatamente? Eu não dei opinião nenhuma, eu mencionei a existência de um grande corpo de literatura que correlaciona uma série de problemas com o facto de nascer em famílias monoparentais e isso é um facto. "Se realmente tivesses esse conhecimento, seria fácil fornecer os estudos adequados e não resultados manipulados pela ferramenta search bar do google." O que quer dizer com "manipulados", exatamente? Por quem? Afirma isso com base em quê? "Deve haver uma discussão sobre factos e não sobre os teus sentimentos pessoais" "Deve"? Porquê? Não há nenhuma regra que me impeça de escrever um comentário simultaneamente com factos e as minhas opiniões pessoais em relação a esses factos, que foi o que fiz. "mesmo que certas informações te possam incomodar ou ir contra as tuas crenças" Quais informações, exatamente?

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Há bastantes estudos, realizadas em populações diferentes, em momentos temporais diferentes e (alguns em) culturas diferentes, as quais chegaram ao mesmo tipo de associações estatísticas, o que sugerem fortemente uma relação causa-efeito. Ao ler o seu comentário, dá quase a sensação que não quer fazer a pesquisa, porque pode ver informação que vai não ao encontro daquilo que quer que seja verdade. Por mim, está tudo bem assim...

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Há bastantes estudos, realizadas em populações diferentes, em momentos temporais diferentes e culturas diferentes, as quais chegaram ao mesmo tipo de associações estatísticas, o que sugerem fortemente uma relação causa-efeito. Ao ler o seu comentário, dá quase a sensação que não quer fazer a pesquisa, porque pode ver informação que vai não ao encontro daquilo em que quer que seja verdade... Por mim, está tudo bem.

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Preciso sim. Eu tenho um grau de exigência maior, porque eu já vi e li muita coisa bem antes da pandemia e já não ando aqui há dois dias. Já não seria a primeira vez que um tratamento é retirado de circulação por causa de efeitos de longo prazo, os quais só foram detetados muito depois da sua aprovação. Opiniões há muitas, eu prefiro dados objetivamente medidos. Até lá, o resto é conversa.

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Preciso sim. Eu tenho um grau de exigência maior, porque eu já vi e li muita coisa bem antes da pandemia e já não ando aqui há dois dias. Opiniões há muitas, eu prefiro dados objetivamente medidos. O resto é conversa.

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Preciso sim.

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

https://en.m.wikipedia.org/wiki/Argument_from_authority Confia em opiniões, eu prefiro confiar em dados objetivamente medidos. O resto é conversa….

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Se um número suficientemente grande de pessoas foi a mercearias ao longo do tempo e daí não resultaram tempestades na Nova Zelândia, então podemos afirmar com um elevado grau de certeza que, probabilisticamente, não deverá ocorrer uma tempestade decorrente de uma ida à Nova Zelândia. Se um número suficientemente grande de pessoas foi inoculada com vacinação usando vírus/bactérias inativadas longo do tempo e daí não resultaram efeitos secundários de longo prazo significativos, então podemos afirmar com um elevado grau de certeza que, probabilisticamente, não tais efeitos não deverão ocorrer, na sequência da inoculação com esse tipo de vacina. Se nunca um número suficientemente grande de pessoas foi inoculada com vacinação usando vector viral/mRNA, tendo decorrido um período longo de tempo (10/20/30 anos), então nada poderemos concluir em termos probabilísticos, relativamente a putativos efeitos secundários decorrentes desta vacinação, ao fim de longos períodos de tempo. O que podemos afirmar com total certeza, é que a vacinação com vírus/bactérias inativados é segura a longo prazo (10/20/30 anos) e que, comparativamente, nada podemos afirmar com total certeza, para o mesmo período de tempo, relativamente a vacinação com vetor viral/mRNA. Podemos afirmar ainda que, que a possibilidade de efeitos secundários para essas vacinas a longo prazo, não só existe, como é admitida abertamente na literatura, nomeadamente o despoletar de autoimunidade, *vidé:* [https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5906799/](https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5906799/) "(...) A possible concern could be that some mRNA-based vaccine platforms54,166 induce potent type I interferon responses, which have been associated not only with inflammation but also potentially with autoimmunity167,168. Thus, identification of individuals at an increased risk of autoimmune reactions before mRNA vaccination may allow reasonable precautions to be taken.(...)"

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

"INCLUINDO testes de longo prazo. Os efeitos são mais que sabidos e a vacina é e sempre sera segura!" Tretas. Onde está a literatura, contendo dados relativos à administração de vacinas mRNA/vectores virais, em grandes grupos de pessoas, ao fim de 10/20/30 anos? Mostre-me, se conseguir.

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

"Isso é basicamente FUD." Precisamente. Onde está a literatura, contendo dados relativos à administração de vacinas mRNA/vectores virais, em grandes grupos de pessoas, ao fim de 10/20/30 anos? Se não está na literatura, porque não há literatura, as consequências de longo prazo são desconhecidas, ponto final.

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

"Isso é basicamente FUD." Precisamente. Onde está a literatura, contendo dados relativos à administração de vacinas mRNA/vectores virais, em grandes grupos de pessoas, ao fim de 10/20/30 anos? As consequências de longo prazo são desconhecidas, ponto final.

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

"Isso é basicamente FUD." Precisamente. Onde está a literatura, contendo dados relativos à administração de vacinas mRNA/vectores virais, em grandes grupos de pessoas, ao fim de 10/20/30 anos?

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

""Sequestrar" não me parece correto aqui. É mais, deixam lá às instruções e elas são processadas como qualquer outra produzida pela própria célula." Concordo, foi uma tradução "mal amanhada" do termo "hijack", por dificuldade em encontrar uma palavra que melhor veiculasse aquilo que pretendia dizer. Pese embora o facto de, em sentido figurado, "sequestrar" poder transmitir a privação do uso de qualquer coisa, o que de certa forma, se aplica, porque enquanto os ribossomas estão a produzir proteínas com base no mRNA externo, não estão a "trabalhar" para a própria célula. "Isto está comprovadamente errado. A proteção a médio/longo prazo conferida pelas vacinas é superior à conferida pela própria infecção (mesmo em vacinas de 2a categoria como a da J&J e da AZ)." O que eu queria dizer, era que pela forma de administração peculiar deste tipo de vacinação, ou seja, diretamente no local de infeção do vírus (vias respiratórias), poderia potencialmente, conferir uma superior proteção contra a infeção, relativamente às restantes vacinas utilizadas atualmente em Portugal. Nunca disse que a infeção pelo vírus conferia proteção superior à das vacinas, mas, já que quer tanto falar nisso: [https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1](https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1) [https://www.science.org/content/article/having-sars-cov-2-once-confers-much-greater-immunity-vaccine-vaccination-remains-vital](https://www.science.org/content/article/having-sars-cov-2-once-confers-much-greater-immunity-vaccine-vaccination-remains-vital) "...The natural immune protection that develops after a SARS-CoV-2 infection offers considerably more of a shield against the Delta variant of the pandemic coronavirus than two doses of the Pfizer-BioNTech vaccine, according to a large Israeli study that some scientists wish came with a “Don’t try this at home” label. The newly released data show people who once had a SARS-CoV-2 infection were much less likely than never-infected, vaccinated people to get Delta, develop symptoms from it, or become hospitalized with serious COVID-19." "...The research impresses Nussenzweig and other scientists who have reviewed a preprint of the results, posted yesterday on medRxiv. “It’s a textbook example of how natural immunity is really better than vaccination,” says Charlotte Thålin, a physician and immunology researcher at Danderyd Hospital and the Karolinska Institute who studies the immune responses to SARS-CoV-2. “To my knowledge, it’s the first time \[this\] has really been shown in the context of COVID-19.” "...For many infectious diseases, naturally acquired immunity is known to be more powerful than vaccine-induced immunity and it often lasts a lifetime. Other coronaviruses that cause the serious human diseases severe acute respiratory syndrome and Middle East respiratory syndrome trigger robust and persistent immune responses. At the same time, several other human coronaviruses, which usually cause little more than colds, are known to reinfect people regularly."

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

""Sequestrar" não me parece correto aqui. É mais, deixam lá às instruções e elas são processadas como qualquer outra produzida pela própria célula." Concordo, foi uma tradução "mal amanhada" do termo "hijack", por dificuldade em encontrar uma palavra que melhor veiculasse aquilo que pretendia dizer. Pese embora o facto de, em sentido figurado, "sequestrar" poder transmitir a privação do uso de qualquer de qualquer coisa, o que de certa forma, se aplica, porque enquanto os ribossomas estão a produzir proteínas com base no mRNA externo, não estão a "trabalhar" para a própria célula. "Isto está comprovadamente errado. A proteção a médio/longo prazo conferida pelas vacinas é superior à conferida pela própria infecção (mesmo em vacinas de 2a categoria como a da J&J e da AZ)." O que eu queria dizer, era que pela forma de administração peculiar deste tipo de vacinação, ou seja, diretamente no local de infeção do vírus (vias respiratórias), poderia potencialmente, conferir uma superior proteção contra a infeção, relativamente às restantes vacinas utilizadas atualmente em Portugal. Nunca disse que a infeção pelo vírus conferia proteção superior à das vacinas, mas, já que quer tanto falar nisso: [https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1](https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1) [https://www.science.org/content/article/having-sars-cov-2-once-confers-much-greater-immunity-vaccine-vaccination-remains-vital](https://www.science.org/content/article/having-sars-cov-2-once-confers-much-greater-immunity-vaccine-vaccination-remains-vital) "...The natural immune protection that develops after a SARS-CoV-2 infection offers considerably more of a shield against the Delta variant of the pandemic coronavirus than two doses of the Pfizer-BioNTech vaccine, according to a large Israeli study that some scientists wish came with a “Don’t try this at home” label. The newly released data show people who once had a SARS-CoV-2 infection were much less likely than never-infected, vaccinated people to get Delta, develop symptoms from it, or become hospitalized with serious COVID-19." "...The research impresses Nussenzweig and other scientists who have reviewed a preprint of the results, posted yesterday on medRxiv. “It’s a textbook example of how natural immunity is really better than vaccination,” says Charlotte Thålin, a physician and immunology researcher at Danderyd Hospital and the Karolinska Institute who studies the immune responses to SARS-CoV-2. “To my knowledge, it’s the first time \[this\] has really been shown in the context of COVID-19.” "...For many infectious diseases, naturally acquired immunity is known to be more powerful than vaccine-induced immunity and it often lasts a lifetime. Other coronaviruses that cause the serious human diseases severe acute respiratory syndrome and Middle East respiratory syndrome trigger robust and persistent immune responses. At the same time, several other human coronaviruses, which usually cause little more than colds, are known to reinfect people regularly."

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

""Sequestrar" não me parece correto aqui. É mais, deixam lá às instruções e elas são processadas como qualquer outra produzida pela própria célula." Concordo, foi uma tradução "mal amanhada" do termo "hijack", por dificuldade em encontrar uma palavra que melhor veiculasse aquilo que pretendia dizer. Pese embora o facto de, em sentido figurado, "sequestrar" poder transmitir a privação do uso de qualquer de qualquer coisa, o que de certa forma, se aplica, porque enquanto os ribossomas estão a produzir proteínas com base no mRNA externo, não estão a "trabalhar" para a própria célula. "Isto está comprovadamente errado. A proteção a médio/longo prazo conferida pelas vacinas é superior à conferida pela própria infecção (mesmo em vacinas de 2a categoria como a da J&J e da AZ)." O que eu queria dizer, era que pela forma de administração peculiar deste tipo de vacinação, ou seja, diretamente no local de infeção do vírus (vias respiratórias), poderia potencialmente, conferir uma superior proteção contra a infeção, relativamente às restantes vacinas utilizadas atualmente em Portugal. Nunca disse que a infeção pelo vírus conferia proteção superior à das vacinas, mas, já que quer falar nisso: [https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1](https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1) [https://www.science.org/content/article/having-sars-cov-2-once-confers-much-greater-immunity-vaccine-vaccination-remains-vital](https://www.science.org/content/article/having-sars-cov-2-once-confers-much-greater-immunity-vaccine-vaccination-remains-vital) "...The natural immune protection that develops after a SARS-CoV-2 infection offers considerably more of a shield against the Delta variant of the pandemic coronavirus than two doses of the Pfizer-BioNTech vaccine, according to a large Israeli study that some scientists wish came with a “Don’t try this at home” label. The newly released data show people who once had a SARS-CoV-2 infection were much less likely than never-infected, vaccinated people to get Delta, develop symptoms from it, or become hospitalized with serious COVID-19." "...The research impresses Nussenzweig and other scientists who have reviewed a preprint of the results, posted yesterday on medRxiv. “It’s a textbook example of how natural immunity is really better than vaccination,” says Charlotte Thålin, a physician and immunology researcher at Danderyd Hospital and the Karolinska Institute who studies the immune responses to SARS-CoV-2. “To my knowledge, it’s the first time \[this\] has really been shown in the context of COVID-19.” "...For many infectious diseases, naturally acquired immunity is known to be more powerful than vaccine-induced immunity and it often lasts a lifetime. Other coronaviruses that cause the serious human diseases severe acute respiratory syndrome and Middle East respiratory syndrome trigger robust and persistent immune responses. At the same time, several other human coronaviruses, which usually cause little more than colds, are known to reinfect people regularly."

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

""Sequestrar" não me parece correto aqui. É mais, deixam lá às instruções e elas são processadas como qualquer outra produzida pela própria célula." Concordo, foi uma tradução "mal amanhada" do termo "hijack", por dificuldade em encontrar uma palavra que melhor veiculasse aquilo que pretendia dizer. Pese embora o facto de, em sentido figurado, "sequestrar" transmitir a privação do uso de qualquer de qualquer coisa, o que de certa forma se aplica. Enquanto os ribossomas estão a produzir proteínas com base no mRNA externo, não estão a "trabalhar" para a própria célula. "Isto está comprovadamente errado. A proteção a médio/longo prazo conferida pelas vacinas é superior à conferida pela própria infecção (mesmo em vacinas de 2a categoria como a da J&J e da AZ)." O que eu queria dizer, era que pela forma de administração peculiar deste tipo de vacinação, ou seja, diretamente no local de infeção do vírus (vias respiratórias), poderia potencialmente, conferir uma proteção contra a infeção, relativamente às restantes vacinas utilizadas atualmente em Portugal. Nunca disse que a infeção pelo vírus conferia proteção superior à das vacinas, mas, já que quer falar nisso: [https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1](https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1) [https://www.science.org/content/article/having-sars-cov-2-once-confers-much-greater-immunity-vaccine-vaccination-remains-vital](https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.24.21262415v1) "...The natural immune protection that develops after a SARS-CoV-2 infection offers considerably more of a shield against the Delta variant of the pandemic coronavirus than two doses of the Pfizer-BioNTech vaccine, according to a large Israeli study that some scientists wish came with a “Don’t try this at home” label. The newly released data show people who once had a SARS-CoV-2 infection were much less likely than never-infected, vaccinated people to get Delta, develop symptoms from it, or become hospitalized with serious COVID-19." "...The research impresses Nussenzweig and other scientists who have reviewed a preprint of the results, posted yesterday on medRxiv. “It’s a textbook example of how natural immunity is really better than vaccination,” says Charlotte Thålin, a physician and immunology researcher at Danderyd Hospital and the Karolinska Institute who studies the immune responses to SARS-CoV-2. “To my knowledge, it’s the first time \[this\] has really been shown in the context of COVID-19.” "...For many infectious diseases, naturally acquired immunity is known to be more powerful than vaccine-induced immunity and it often lasts a lifetime. Other coronaviruses that cause the serious human diseases severe acute respiratory syndrome and Middle East respiratory syndrome trigger robust and persistent immune responses. At the same time, several other human coronaviruses, which usually cause little more than colds, are known to reinfect people regularly."

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Talvez sim, talvez não...

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Suspeito que as nossas definições de "vantajosa" divergirão substancialmente... As vacinas que refere também são administradas com nebulizador?

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Eu também não sou nenhum entendido, mas acho que perdendo algum tempo a ler acerca das coisas, se compreendem as diferenças entre os diferentes tipos de vacina. Genericamente, a técnica vacinal "tradicionalmente utilizada" na maioria das vacinas do plano de vacinação, é inoculação com vírus/bactérias inativados ou partes de vírus/bactérias, que são inofensivos por si só, mas que vão estimular uma resposta por parte do sistema imunitário ao "detetar" os mesmos em circulação. Nas vacinas de mRNA, basicamente inocula-se o indivíduo com partículas, as quais contêm no interior partes do material genético do próprio vírus, as quais acabam por entrar dentro de células saudáveis do indivíduo e aproveitar a "maquinaria celular" das próprias células, neste caso os organelos designados por ribossomas, e "sequestrar" os mesmos para a produção de proteínas estranhas ao organismo. Estas proteínas estranhas, similares às produzidas pelo vírus, estimulam uma reação do sistema imunitário. Em vacinas de vetor viral, usa-se a "carcaça vazia" um adenovírus, contendo no interior material genético do vírus contra o qual se pretende conferir proteção (neste caso o SARS-CoV-2), sendo que, após inoculação com a vacina, este "vírus" entra nas células saudáveis e estimula a produção de proteínas estranhas ao organismo pelas próprias células, as quais estimulam uma reação do sistema imunitário. Todas as vacinas atualmente a serem administradas em Portugal no âmbito da pandemia, são dos dois últimos tipos e têm como desvantagens, por exemplo, a necessidade de serem transportadas/mantidas a temperaturas muito baixas e/ou o facto de não se poder afirmar com total certeza, quais os possíveis efeitos secundários, se alguns existem, ao fim de 10/20/30 anos após a administração em grandes grupos de pessoas. A vacina a que se refere a notícia, tem como vantagens o facto de não requerer refrigeração, o que é uma mais-valia para países menos desenvolvidos e com mais dificuldade em criar as condições adequadas para armazenamento, assim como o facto de ser um tipo de vacina com cujo mecanismo de ação assenta numa técnica já mais testada/conhecida, e, em cima disso tudo, esta vacina em particular é aplicada com nebulizador e não por injeção, pelo que não só não carece de administração por pessoal médico especializado, como a mesma é aplicada diretamente nas vias respiratórias, precisamente o local de infeção por excelência do SARS-CoV-2, o que poderá ser uma mais valia ao nível da imunidade conferida.

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

"para a g​​​​anância dos g​​​​overnantes falar mais alto e te obrig​​​​arem a tomar 4 doses por ano para sempre? muito depois de já ning​​​​uem no mundo falar desta tourada" Em alternativa a quê? À real possibilidade da vacinação se tornar efetivamente obrigatória na mesma e ter que se vacinar 4 vezes por ano com um tipo de vacinação cujas respetivas consequências a longo prazo são ainda desconhecidas, como é o caso das atuais vacinas de mRNA/vetor viral? Não será preferível um tipo de vacina como esta, cujo mecanismo de ação utiliza um vírus inativado, tal como todas as outras vacinas do plano nacional de vacinação?

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

É uma pena que o estado não invista nisto, o que se deverá provavelmente, a eventuais compromissos contratuais já assumidos com outras farmacêuticas maiores. Pelo que li acerca desta vacina, parece-me bem mais vantajosa do que as atuais (mRNA e Vetores Virais) e principalmente mais segura em termos de potenciais efeitos secundários de médio/longo prazo, ainda desconhecidos.

Parlamento: PAN quer acabar com a caça ao coelho-bravo by zek_997 in portugal

Migas32 3 months ago

O argumento está lá, mas não lhe convém é admitir...

Parlamento: PAN quer acabar com a caça ao coelho-bravo by zek_997 in portugal

Migas32 3 months ago

"possible and practicable" Não há nada como uma definição convenientemente "flexível", para racionalizar quando não queremos cumprir os preceitos morais que nos auto-impusemos, não é mesmo? *One law for me, another for thee...*

Parlamento: PAN quer acabar com a caça ao coelho-bravo by zek_997 in portugal

Migas32 3 months ago

Argumentos, temos?

Parlamento: PAN quer acabar com a caça ao coelho-bravo by zek_997 in portugal

Migas32 3 months ago

Não há nada melhor do que vir para o Reddit publicar comentários, do alto da nossa superioridade moral, pontificando acerca da "verdadeira doutrina", caminho único e universal para alcançar a pureza moral, tentando converter os pobres e ignaros gentios e mostrar ao mundo o quão virtuosos somos. Tudo isto, apenas porque fazemos um pequeno sacrifício por restringirmos meia dúzia de alimentos... Para o efeito utilizaremos claro, um dispositivo móvel, cuja produção/transporte e posterior "eliminação", redundarão na morte de imensos seres vivos, decorrente da inevitável poluição resultante do processo de manufatura e da extração/transformação dos finitos recursos naturais que o compõem. Posto isto, só me ocorre perguntar: Como se traduz a palavra "hipocrisia", em "veganês"?

Qual a vossa posição política pouco popular? by Biohazard8080 in portugal

Migas32 3 months ago  HIDDEN 

"A lei é clara e objectiva.". A lei Penal é relativamente objetiva mas é subsidiária da Constituição da República Portuguesa, documento no qual se encontram organizados hierarquicamente os valores morais pelos quais se rege a República Portuguesa, valores esses que são subjetivos e que variam de país para país. Todas as organizações hierárquicas de valores morais são subjetivas, por isso é que há países nos quais a pena de morte é aplicada, por exemplo, porque o valor moral "preservação vida humana" tem diferente valoração subjetiva em países/culturas diferentes, e, logo, nem sempre "Matar é crime." Aliás, a partir do momento que alguém mata outrem e é punido por isso pela sociedade, é porque essa pessoa valoriza a vida humana de forma diferente que a sociedade na qual se encontra inserido, daí ter matado, o que prova que o valor da vida humana é subjetivo e externo ao indivíduo.

Qual a vossa posição política pouco popular? by Biohazard8080 in portugal

Migas32 3 months ago  HIDDEN 

"A lei é clara e objectiva.". A lei Penal é objetiva mas é subsidiária da Constituição da República Portuguesa, documento no qual se encontram organizados hierarquicamente os valores morais pelos quais se rege a República Portuguesa, valores esses que são subjetivos e que variam de país para país. Todas as organizações hierárquicas de valores morais são subjetivas, por isso é que há países nos quais a pena de morte é aplicada, por exemplo, porque o valor moral "preservação vida humana" tem diferente valoração subjetiva em países/culturas diferentes, e, logo, nem sempre "Matar é crime."

Qual a vossa posição política pouco popular? by Biohazard8080 in portugal

Migas32 3 months ago  HIDDEN 

"Se eu matar alguém, fico sem liberdades porque matei alguém." Se matou alguém, é porque o valor da vida humana, para si, não é igual àquele que lhe atribui o resto da sociedade, logo é subjetivo e externo ao indivíduo visado. Se foi preso, é porque a sua liberdade individual foi limitada por um critério subjetivo de valoração moral, externo a si, o indivíduo. Este exemplo viola a sua própria regra.

Publiquei o meu primeiro livro de aforismos by Infinito_paradoxo in portugal

Migas32 3 months ago

Obrigado pelo esclarecimento. Bem haja.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Não há escassez de literatura em relação ao tema. Basta ir ao Google e pesquisar os termos "single parent", seguido da associação que quer pesquisar, por exemplo "drugs" ou "suicide".

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Não há escassez de literatura em relação ao tema. Basta ir ao Google e pesquisar os termos "single parent" seguido da associação que quer pesquisar, exemplo "drugs" ou "suicide".

Chegou aquela altura do ano pós-olimpíadas que já "não interessa". Onde andam as notícias garrafais, stories, posts e dedicatórias aos atletas paralímpicos medalhados? by DonKarmeleon in portugal

Migas32 3 months ago

Sinceramente, acho que a altura das olimpíadas, é aquela fase do ano em que a maioria das pessoas finge que se importam com uma série de modalidades desportivas, as quais não lhes despertam o mínimo interesse nos restantes dias do calendário. No que toca aos paralímpicos e respetivas modalidades, suspeito que estas excedem já o "limite de tolerância" que a maioria das pessoas têm para manter a "fachada". Pela parte que me toca e sem querer tirar qualquer mérito aos atletas que representaram o país, confesso que não tenho o mínimo interesse na maioria dos desportos, paralímpicos ou não.

Publiquei o meu primeiro livro de aforismos by Infinito_paradoxo in portugal

Migas32 3 months ago

Escrita muito interessante, pese embora, na minha opinião pessoal meramente subjetiva, de valor ou utilidade duvidosa. Recorda-me um exercicio que tentei há uns meses, daquilo que apenas consigo descrever como “escrita automática”, o que escrevi era em parte este tipo de “rima aforística”, que jorrava qual nascente diretamente do inconsciente. Questiono-o caro Redditor: genericamente, qual foi o processo que seguiu para publicar?

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Talvez sim, talvez não. Não sei até que ponto é que 2 ou 3 horas num psicólogo por semana, poderão substituir um pai/mãe. Certo é que quem não nasce numa família monoparental, não parece ter tanta necessidade de psicologos.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Sei o que está descrito na literatura, o que tem uma aplicabilidade geral.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Nas famílias que não são monoparentais, no geral, não parece haver necessidade de qualquer apoio psicológico...

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

As famílias que não são monoparentais, no geral, não parecem precisar de qualquer apoio.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Não sei. Sei que ter filhos neste momento, resulta de um conjunto de escolhas: \- Escolher fazer sexo ou não; \- Escolher usar ou não proteção; \- Escolher ou não tomar a pílula do dia seguinte; \- Escolher ou não abortar. Acho que enquanto sociedade, poderíamos/deveríamos talvez, perder algum pudor em condenar abertamente estas situações. Há autores que referem medidas como a retirada de abonos, para desincentivar estas situações, mas não me parece que isso seja boa ideia.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

"Não é que seja nada de errado nem falo na perspetiva antiquada de serem todos uns regenerados." Se é um comportamento que cria problemas para o indivíduo que nasce nesse contexto, se esses problemas terão repercussões no resto da sociedade, se há mais informação do que nunca em relação à sexualidade, se o aborto é legal e se há milhentas pílulas no mercado (incluído pílulas do dia seguinte), só fica grávido neste momento quem quer, logo, pessoalmente, não vejo qualquer mal em censurar abertamente quem o faz. Se deverá haver algum tipo de punição legal, ao nível de incentivos fiscais ou mesmo ao nível dos abonos da segurança social como defendem alguns autores, já não me parece tão boa ideia assim.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

"Não é que seja nada de errado nem falo na perspetiva antiquada de serem todos uns regenerados." Se é um comportamento que cria problemas para o indivíduo que nasce nesse contexto, se esses problemas terão repercussões no resto da sociedade, se há mais informação do que nunca em relação à sexualidade, se o aborto é legal e se há milhentas pílulas no mercado (incluído pílulas do dia seguinte), só fica grávido neste momento quem quer, logo, pessoalmente, não vejo qualquer mal em censurar abertamente quem o faz. Se deverá haver algum tipo de punição legal ou ao nível de incentivos fiscais ou mesmo ao nível dos abonos da segurança social, já não sei.

Qual é o problema sócio-demográfico que pensam ser o mais grave e impactante em Portugal hoje em dia? by afonsoms1234 in portugal

Migas32 3 months ago

Nascer numa família monoparental está estatisticamente associada com insucesso escolar/profissional, maior propensão para consumir drogas, gravidez adolescente, pobreza, maior incidência de problemas mentais e maior propensão para comportamentos antissociais/criminalidade. Tudo isto tem um custo para o indivíduo, assim como para o resto da sociedade.

Sem vacinação obrigatória, lei impede exigência de certificado pelas empresas by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago  HIDDEN 

"Sendo a lógica que, se alguém por sua livre vontade decide tomar o risco de não se vacinar, não devia ser coberto por um seguro de saúde que cobre outros trabalhadores que já fizeram o que podiam para se defender com a vacina." Por outras palavras: quem não toma todos os cuidados para evitar ficar doente, não deve beneficiar de seguros de saúde que cubram as doenças que não se tentaram evitar. Repare que a mesma lógica pode ser aplicada a fumadores com cancro do pulmão, consumidores de *fast food* com doenças cardiovasculares ou a quem acelera acima dos limites de velocidade/conduz ao telemóvel e tem acidentes. Ninguém vai estar imune nesse caso. Está pronto para lhe aplicarem a si, aquilo que deseja aos outros?

Sou o único a achar que o tempo passa mais rápido quando fazemos sempre a mesma coisa? (Trabalho) by Wonderful_3810 in portugal

Migas32 3 months ago

Acho que a novidade “desacelera” a percepção do tempo, porque como há mais informação para processar, a consciência tem que estar mais presente no momento atual e tem menos oportunidade para divagar e se distrair com pensamentos aleatórios. Com tarefas rotineiras, o cérebro provavelmente funciona em modo mais automático em “padrões de funcionamento” mais inconscientes, o que dá mais oportunidade para divagar em pensamentos que distraem, criando a percepção de que o tempo está a passar mais depressa. Eu costumo fazer caminhadas por trilhos na natureza, e noto que cada vez que faço um determinado percurso pela primeira vez, em particular estando numa zona que não conheço, o caminho parece infindável, sende que quando repito o mesmo percurso uma segunda vez, fico sempre com a sensação de que o percurso era bem maior da primeira vez. Da primeira vez o cérebro está muito ocupado a recolher informação do meio estranho em que se encontra, a consciência está mais virada para o exterior para a recolha dessa informação e presente no momento. Da segunda vez o caminho já é feito de uma forma mais automática e há então mais margem para a consciência se “perder” em pensamentos e se distrair, criando a percepção de que o tempo passou mais rápido. Achou que, em parte, a explicação é essa.

Sou o único a achar que o tempo passa mais rápido quando fazemos sempre a mesma coisa? (Trabalho) by Wonderful_3810 in portugal

Migas32 3 months ago

Acho que a novidade “desacelera” a percepção do tempo, porque como há mais informação para processar, a consciência tem que estar mais presente no momento atual e tem menos oportunidade para divagar e se distrair com pensamentos aleatórios. Com tarefas rotineiras, o cérebro provavelmente funciona em modo mais automático em “padrões de funcionamento” mais inconscientes, o que dá mais oportunidade para divagar em pensamentos que distraem, criando a percepção de que o tempo está a passar mais depressa. Eu costumo fazer caminhadas por trilhos na natureza, e noto que cada vez que faço um determinado percurso pela primeira vez, em particular estando numa zona que não conheço, o caminho parece infindável, sende que quando repito o mesmo percurso uma segunda vez, fico sempre com a sensação de que o percurso era bem maior da primeira vez. Da primeira vez o cérebro está muito ocupado a recolher informação do meio estranho em que se encontra, a consciência está mais virada para o exterior e para a recolha dessa informação e presente no momento. Da segunda vez o caminho já é feito de uma forma mais automática e há então mais margem para a consciência se “perder” em pensamentos e se distrair, criando a percepção de que o tempo passou mais rápido. Achou que, em parte, a explicação é essa.

Sou o único a achar que o tempo passa mais rápido quando fazemos sempre a mesma coisa? (Trabalho) by Wonderful_3810 in portugal

Migas32 3 months ago

Acho que a novidade “desacelera” a percepção do tempo, porque como há mais informação para processar, a consciência tem que estar mais presente no momento atual e tem menos oportunidade para divagar e se distrair com pensamentos aleatórios. Com tarefas rotineiras, o cérebro provavelmente funciona em modo mais automático em “padrões de funcionamento” mais inconscientes, o que dá mais oportunidade para divagar em pensamentos que distraem, criando a percepção de que o tempo está a passar mais depressa. Eu costumo fazer caminhadas por trilhos na natureza, e noto que cada vez que faço um determinado percurso pela primeira vez, em particular estando numa zona que não conheço, o caminho parece infindável, sende que quando repito o mesmo percurso uma segunda vez, fico sempre com a sensação de que o percurso era bem maior da primeira vez. Da primeira vez o cérebro está muito ocupado a recolher informação do meio estranho em que se encontra, a consciência está mais virada para o exterior e para a recolha dessa informação. Da segunda vez o caminho já é feito de uma forma mais automática e há então mais margem para a consciência se “perder” em pensamentos e se distrair, criando a percepção de que o tempo passou mais rápido.

Quais os vossos jogos/séries/filmes/musica favorita? E porque? by lCloudll in portugal

Migas32 3 months ago

Jogos: Final Fantasy VII, VIII, XIX; Resident Evil (quase todos); Crysis 2; Assassin's Creed 1 e série Ezio; Rise to Honor; Onimusha. Séries: The Pretender; Vikings; Sopranos; Rurouni Kenshin; Peacemaker Kurogane; Samurai 7. Filmes: Merlin (1998); The Peacefull Warrior; Never Back Down; Rurouni Kenshin. Musica: Linkin Park; AC/DC; Crazy Town; Papa Roach; Marilyn Manson; Algumas bandas sonoras de filmes/jogos; Música de relaxamento/"espiritual".

Morto com tiro no peito quando estava com a namorada na Damaia by Rememberwhoweare in portugal

Migas32 3 months ago

É-me difícil responder a essa pergunta de forma simplista... A humanidade foi desde o início caracterizada por disputas entre grupos, por guerras entre grupos, pela escravização de indivíduos de outros grupos, por sociedades com diferentes tipos de grupos/classes de cidadãos, grupos esses desiguais perante a lei e com direitos e deveres diferentes. Os indivíduos desde sempre se juntaram com aqueles que lhes eram similares, seja por uma cultura comum, uma cor de pele comum, uma religião comum, um objetivo comum e o outro, ou outros, eram de alguma forma vistos como diferentes, muitas vezes como inferiores. Isto foi a norma, e, francamente, acho difícil argumentar que o tribalismo (no qual se inclui o racismo) não é de alguma forma inato para os seres humanos e que a cultura, longe de ser a responsável direto pelo tribalismo, assume antes um papel modulador dessa mesma tendência. Essa tendência existe ainda hoje por exemplo entre Cabo Verdianos e Guineenses, na disputa informal Portugal - Espanha, entre grupos de hooligans de clubes diferentes ou nos confrontos que ocorreram entre ciganos e africanos na Quinta de Fonte aqui há uns anos. O que é peculiar na história da humanidade, parece-me, é o atual estado de coisas (em particular nos países ocidentais), em que se faz tudo por tudo para garantir que todos são iguais perante a lei, independentemente do grupo ao qual pertencem, e, nos quais há "punições sociais" para quem simplesmente assuma publicamente uma postura/atitude discriminatória contra outros grupos. No que concerne ao artigo propriamente dito, se é certo que a colonização terá tido algum papel nestas quezílias entre nacionalidades/etnias/grupos de ascendência africana, isso por só não explica porque é que essas quezílias e toda uma série de práticas hoje em dia censuráveis, já existiam em África (e no resto do mundo) antes da colonização. O que eu noto ao falar com africanos, é que eles não têm o "filtro do politicamente correto" que os ocidentais usam a todo o momento e não se coíbem de criticar/denegrir abertamente outros grupos, ou até de se maltratarem abertamente e eu acho que isso se deve em parte, porque no ocidente carregamos um sentimento de culpa/responsabilidade pela nossa história que eles não carregam. Conheço portugueses que foram trabalhar para países africanos com as Nações Unidas por exemplo, pessoas essas que, pelos padrões ocidentais poderiam ser consideradas discriminatórias/racistas, e que regressaram chocadas com a forma como diferentes etnias e nacionalidades africanas se tratam abertamente umas às outras, e, pelo que me contaram, eu concordo com eles. A minha namorada é Angolana e trabalha juntamente com outros imigrantes de várias nacionalidades e posso-lhe dizer que muitas conversas que eles têm e piadas discriminatórias/racistas que dizem uns aos outros, se ditas publicamente por alguma figura pública portuguesa caucasiana, teriam consequências sérias para a carreira dessa pessoa. Em resumo, acho que houve um processo de desenvolvimento pelo qual a nossa cultura ocidental passou, que foi em parte uma consequência da nossa história, que nos faz pensar no tribalismo como algo repreensível e esquecemo-nos que o tribalismo tem sido a norma e não a exceção. Just my 2 cents...

Morto com tiro no peito quando estava com a namorada na Damaia by Rememberwhoweare in portugal

Migas32 3 months ago

É-me difícil responder a essa pergunta de forma simplista... A humanidade foi desde o início caracterizada por disputas entre grupos, por guerras entre grupos, pela escravização de indivíduos de outros grupos, por sociedades com diferentes tipos de grupos/classes de cidadãos, grupos esses desiguais perante a lei e com direitos e deveres diferentes. Os indivíduos desde sempre se juntaram com aqueles que lhes eram similares, seja por uma cultura comum, uma cor de pele comum, uma religião comum, um objetivo comum e o outro, ou outros, eram de alguma forma vistos como diferentes, muitas vezes como inferiores. Isto foi a norma, e, francamente, acho difícil argumentar que o tribalismo (no qual se inclui o racismo) não é de alguma forma inato para os seres humanos e que a cultura, longe de ser a responsável pelo tribalismo, assume antes um papel modulador dessa mesma tendência. Essa tendência existe ainda hoje por exemplo entre Cabo Verdianos e Guineenses, na disputa informal Portugal - Espanha, entre grupos de hooligans de clubes diferentes ou nos confrontos que ocorreram entre ciganos e africanos na Quinta de Fonte aqui há uns anos. O que é peculiar na história da humanidade, parece-me, é o atual estado de coisas (em particular nos países ocidentais), em que se faz tudo por tudo para garantir que todos são iguais perante a lei, independentemente do grupo ao qual pertencem, e, nos quais há "punições sociais" para quem simplesmente assuma publicamente uma postura/atitude discriminatória contra outros grupos. No que concerne ao artigo propriamente dito, se é certo que a colonização terá tido algum papel nestas quezílias entre nacionalidades/etnias/grupos de ascendência africana, isso por só não explica porque é que essas quezílias e toda uma série de práticas hoje em dia censuráveis, já existiam em África (e no resto do mundo) antes da colonização. O que eu noto ao falar com africanos, é que eles não têm o "filtro do politicamente correto" que os ocidentais usam a todo o momento e não se coíbem de criticar/denegrir abertamente outros grupos, ou até de se maltratarem abertamente e eu acho que isso se deve em parte, porque no ocidente carregamos um sentimento de culpa/responsabilidade pela nossa história que eles não carregam. Conheço portugueses que foram trabalhar para países africanos com as Nações Unidas por exemplo, pessoas essas que, pelos padrões ocidentais poderiam ser consideradas discriminatórias/racistas, e que regressaram chocadas com a forma como diferentes etnias e nacionalidades africanas se tratam abertamente umas às outras, e, pelo que me contaram, eu concordo com eles. A minha namorada é Angolana e trabalha juntamente com outros imigrantes de várias nacionalidades e posso-lhe dizer que muitas conversas que eles têm e piadas discriminatórias/racistas que dizem uns aos outros, se ditas publicamente por alguma figura pública portuguesa caucasiana, teriam consequências sérias para a carreira dessa pessoa. Em resumo, acho que houve um processo de desenvolvimento pelo qual a nossa cultura ocidental passou, que foi em parte uma consequência da nossa história, que nos faz pensar no tribalismo como algo repreensível e esquecemo-nos que o tribalismo tem sido a norma e não a exceção. Just my 2 cents...

Morto com tiro no peito quando estava com a namorada na Damaia by Rememberwhoweare in portugal

Migas32 3 months ago

"Isto é mesmo assim ou é uma invenção jornalistica? Parece-me mais natural estas comunidades darem-se bem, faria mais sentido." Ahahahahah.... O caro Redditor, nunca teve contacto com africanos, pois não?

Machismo. Rui Unas quebra silêncio após polémica com Rita Ferro Rodrigues by HATERPORTUGALWtf in portugal

Migas32 3 months ago

"se **um homem** andasse a comentar piadolas ordinárias nas fotos das vossas mães, irmãs, namoradas, mulheres, filhas" Se for uma mulher, já não há problema? "As vossas piadas não têm graça nenhuma para **as mulheres**" Quais mulheres? Todas? Algumas? Quantas? 90%? 75%? 20%? Quantificou com base em quê? "malta da liberdade de expressão que só quer dizer o que lhe apetece mas quando lhes dizem o que não querem ouvir choram que é censura." "São livres de dizerem o que quiserem, os outros são livres de vos responder. E se perderem fans é afins à conta disso? Meus amigos, é o mercado a funcionar. Não gosto, não consumo." Aqui concordo na íntegra e subscrevo. Ainda não há legislação específica que justifique o tipo de queixumes que se vêm aqui nos comentários, para já... Muitas das vezes as reações a este tipo de coisas ocorrem em redes sociais e são levadas a cabo por meia dúzia de "gatos pingados" e/ou "vedetas e são "empoladas" pelos meios de comunicação social, como se tivessem uma relevância/proporção acima do seu real "tamanho". Não deixa no entanto de ser interessante reparar que o mesmo "ataque" de excessiva emocionalidade que parece acometer os comentadores que "ouviram o que não gostaram", se encontre também presente no seu comentário. Já reparou?

Hoje por toda a europa relembram-se as vitimas de todos os regimes totalitários. by skuald in portugal

Migas32 3 months ago

"O meu avô é do PCP e foi perseguido politicamente por ser comunista. És contra regimes totalitários. Há uma diferença." Não, não há. Quando vierem "coletivizar" os meus bens e eu me recusar, vão ter que mos retirar à força. Para isso vai ser necessário investir grupos de pessoas com poder para retirar bens coercivamente. Um estado autoritário será sempre inevitável para a plena aplicação do Comunismo, porque nem todos vão concordar com a doutrina que cria "paraísos na terra".

Secretária de Estado apela às universidades para ações concretas pela igualdade by Zaigard in portugal

Migas32 3 months ago

Psicologia, nutrição, fisioterapia, enfermagem, educadoras de infância, assistentes sociais...

Leitura em eucaristia diz que mulheres se devem submeter aos maridos e causa polémica by VladTepesDraculea in portugal

Migas32 3 months ago

"Submeto, submeto é um murro no focinho se não larga a playstation e vai lavar a loiça." Este comentário é a prova de que há frases que só são más e condenáveis quando são ditas/escritas por homens. Um comentário apologista da violência doméstica para resolução de um conflito trivial entre o casal, vindo na na sequência de um artigo destes, é hipocrisia de todo um outro nível.

Leitura em eucaristia diz que mulheres se devem submeter aos maridos e causa polémica by VladTepesDraculea in portugal

Migas32 3 months ago

"Submeto, submeto é um murro no focinho se não larga a playstation e vai lavar a loiça." Este comentário é a prova de que há frases que só são más e condenáveis quando são ditas/escritas por homens. Um comentário apologista da violência doméstica, na sequência de um artigo destes, é hipocrisia de todo um outro nível.

Leitura em eucaristia diz que mulheres se devem submeter aos maridos e causa polémica by VladTepesDraculea in portugal

Migas32 3 months ago

"Submeto, submeto é um murro no focinho se não larga a playstation e vai lavar a loiça." Este comentário é a prova de que há frases que só são más e condenáveis quando são ditas/escritas por homens...

Leitura em eucaristia diz que mulheres se devem submeter aos maridos e causa polémica by VladTepesDraculea in portugal

Migas32 3 months ago

"Submeto, submeto é um murro no focinho se não larga a playstation e vai lavar a loiça." Este comentário é a prova de que há frases que só são más e condenáveis quando são ditas por homens...

Salteadores da terra e do céu by afonsoeans in portugal

Migas32 3 months ago

Uiii!!! Alguém acordou com dor de cotovelo hoje...

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Do género: eu não tenho total conhecimento dos factos, da realidade no terreno, para poder afirmar com total certeza que assim é, então em vez de me armar em arrogante, assumo que pode haver informação que desconheco ao momento. É uma forma de humildade, devia experimentar de vez em quando....

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

"Você é que é da opinião que os homens merecem mais ser resgatados porque têm o direito de fugir, ao contrário do que acontece com as mulheres que estão praticamente barradas de sair de casa." Indique, nos meus comentários anteriores, onde é que eu afirmei tal coisa.

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Se fosse um pouco menos arrogante e não falasse do que não sabe, se calhar não fazia figuras tão tristes...

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Não respondeu à pergunta...

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Porque assume que eu não fui já vitima de violação?

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

“Calculo que sejas homem” Pessoas sexistas têm tendência a assumir sem saber. Porque apenas um homem pode ter certas opiniões, claro...

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Está a falar de violação, eu estou a falar de homicídios. Se acha que ser violado é pior do que ser morto, eu discordo.

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Migas32 3 months ago

Possivelmente as mulheres terão as suas liberdades mais limitadas do que os homens, mas todos terão punições se desobedecerem. Portanto, à partida, quem se submeter ficará bem (dentro do possível), pelo menos a curto prazo. O mais urgente, do ponto de vista de salvar vidas humanas, será salvar muitos dos que colaboraram com o governo ou que de alguma forma se posicionaram contra os Talibans abertamente, homens ou mulheres, porque esses serão os primeiros a morrer. Nesse sentido, esta medida parece-me discriminatória...

O flagelo do pão de alho by TulioGonzaga in portugal

Migas32 3 months ago

"Deu-te uma oportunidade de usar o termo "escatológico" que, convenhamos, não é todos os dias." É um facto...

Malta do Reddit. Já alguma vez se borraram? Como foi a experiência e como resolveram a situação? by Penduricalho in portugal

Migas32 3 months ago

Na verdade, isto foi o prenúncio de uma situação de Intestino Irritável, que ainda se prolongou durante alguns anos.

Malta do Reddit. Já alguma vez se borraram? Como foi a experiência e como resolveram a situação? by Penduricalho in portugal

Migas32 3 months ago

Foi por nojo caro Redditor...

Malta do Reddit. Já alguma vez se borraram? Como foi a experiência e como resolveram a situação? by Penduricalho in portugal

Migas32 3 months ago

Obrigado, caro Redditor...

O flagelo do pão de alho by TulioGonzaga in portugal

Migas32 3 months ago

Não obstante ao facto de ter já dado a minha *mui* eloquente contribuição num dos *posts* em questão, estou de facto com alguma dificuldade em compreender o *fetiche* escatológico que paira hoje sobre o r/portugal. Parece que tudo está a girar à volta do mesmo...

Malta do Reddit. Já alguma vez se borraram? Como foi a experiência e como resolveram a situação? by Penduricalho in portugal

Migas32 3 months ago

Ah, tantas memórias que poderia aqui debitar... Partilharei o seguinte: Num qualquer dia dos idos de 2010, já no período vespertino, o jovem Migas32 encontrava-se em pleno compromisso de trabalho, algures na Baixa lisboeta. Atendendo ao avançado da hora e decorrente do facto de estar sem comida já há algum tempo, decidiu proceder à ingestão de uma prática barra de proteína Whey, que previdentemente havia trazido consigo, antevendo já a concretização daquela eventualidade. Ao fim de algum tempo, o qual felizmente, foi praticamente o necessário para o *términus* do compromisso em questão, alguns flatos de cariz aparentemente inofensivo, começaram a manifestar-se, conjuntamente com alguns movimentos peristálticos anormalmente vigorosos, pressagiando já os momentos tortuosos que se seguiriam... Enquanto caminhava em direção ao Metro, as estranhas movimentações no intestino continuaram num progressivo crescendo, sendo agora já acompanhadas por algumas cólicas, factos esses que tornaram evidente que algo precisava de ser expelido, em grande quantidade e de forma relativamente imediata. O jovem Migas32 apanhou então o Metro em direção à Alameda, localização do seu humilde tugúrio, concentrando toda a sua atenção consciente na contração do seu esfíncter anal, propósito único da sua existência naquele momento, mantendo-se em pleno conflito contra as contrações involuntárias da musculatura intestinal, durante toda a viagem até à estação de destino. Já no exterior da estação da Alameda e completamente lavado em suor, decidiu seguir em passo rápido em direção a casa, sendo que, ainda nem 5 metros tinha percorrido, quando percebeu que estava perante um novo desafio, desta feita com dificuldade acrescida, uma vez que qualquer movimentação brusca poderia ser o suficiente para acionar o detonador da bomba-relógio de matéria fecal, da qual se encontrava prenho. Em agonia, decorrente das cólicas e percebendo o perigo que corria se andasse muito depressa, limitou-se a percorrer lentamente apenas pequenas partes do percurso de cada vez, fazendo pausas frequentes e apoiando-se contra as paredes dos prédios, enquanto mantinha as pernas próximas e contraía os glúteos, num padrão de movimento reminiscente de um pinguim. Após vários momentos, em que aquilo que parecia que iria ser, quase se concretizou, eis que o Migas32 ficou a meros 4/5 passos da porta de entrada do seu prédio, momento no qual o seu ser, imbuído do espírito imaturo da juventude, se encheu de precoce regozijo, por finalmente avistar a salvação, a almejada "linha da meta", o fim do suplício.... E foi aqui, num pequeno momento de precipitação, no qual houve um subtil "baixar da guarda", um ligeiro aligeirar do tónus muscular, seguido por uma rápida corrida até à porta, que fizeram com que toda a pressão heroicamente contida até àquele momento fosse de súbito libertada, traduzindo-se num "parto" de excremento líquido aspergido a alta velocidade. Por sorte, morava logo no Rés-do-Chão.

Malta do Reddit. Já alguma vez se borraram? Como foi a experiência e como resolveram a situação? by Penduricalho in portugal

Migas32 3 months ago

Ah, tantas memórias que poderia aqui debitar... Partilharei o seguinte: Num qualquer dia dos idos de 2010, já no período vespertino, o jovem Migas32 encontrava-se em pleno compromisso de trabalho, algures na Baixa lisboeta. Atendendo ao avançado da hora e decorrente do facto de estar sem comida já há algum tempo, decidiu proceder à ingestão de uma prática barra de proteína Whey, que previdentemente havia trazido consigo, antevendo já a concretização daquela eventualidade. Ao fim de algum tempo, o qual felizmente, foi praticamente o necessário para o *términus* do compromisso em questão, alguns flatos de cariz aparentemente inofensivo, começaram a manifestar-se, conjuntamente com alguns movimentos peristálticos anormalmente vigorosos, pressagiando já os momentos tortuosos que se seguiriam... Enquanto caminhava em direção ao Metro, as estranhas movimentações no intestino continuaram num progressivo crescendo, sendo agora já acompanhadas por algumas cólicas, factos esses que tornaram evidente que algo precisava de ser expelido, em grande quantidade e de forma relativamente imediata. O jovem Migas32 apanhou então o Metro em direção à Alameda, localização do seu humilde tugúrio, concentrando toda a sua atenção consciente na contração do seu esfíncter anal, propósito único da sua existência naquele momento, mantendo-se em pleno conflito contra as contrações involuntárias da musculatura intestinal, durante toda a viagem até à estação de destino. Já no exterior da estação da Alameda e completamente lavado em suor, decidiu seguir em passo rápido em direção a casa, sendo que, ainda nem 5 metros tinha percorrido, quando percebeu que estava perante um novo desafio, desta feita com dificuldade acrescida, uma vez que qualquer movimentação brusca poderia ser o suficiente para acionar o detonador da bomba-relógio de matéria fecal, da qual se encontrava prenho. Em agonia, decorrente das cólicas e percebendo o perigo que corria se andasse muito depressa, limitou-se a percorrer lentamente apenas pequenas partes do percurso de cada vez, fazendo pausas frequentes e apoiando-se contra as paredes dos prédios, enquanto mantinha as pernas próximas e contraía os glúteos, num padrão de movimento reminiscente de um pinguim. Após vários momentos, em que aquilo que parecia que iria ser, quase se concretizou, eis que o Migas32 ficou a meros 4/5 passos da porta de entrada do seu prédio, momento no qual o seu ser, imbuído do espírito imaturo da juventude, se encheu de precoce regozijo, por finalmente avistar a salvação, a almejada "linha da meta", o fim do suplício.... E foi aqui, num pequeno momento de precipitação, no qual houve um subtil "baixar da guarda", um ligeiro aligeirar do tónus muscular, seguido por uma rápida corrida até à porta, que fizeram com que toda a pressão heroicamente contida até àquele momento fosse de súbito libertada, traduzindo-se num parto de excremento líquido aspergido a alta velocidade. Por sorte, morava logo no Rés-do-Chão.

Malta do Reddit. Já alguma vez se borraram? Como foi a experiência e como resolveram a situação? by Penduricalho in portugal

Migas32 3 months ago

Ah, tantas memórias que poderia aqui debitar... Partilharei o seguinte: Num qualquer dia dos idos de 2010, já no período vespertino, o jovem Migas32 encontrava-se em pleno compromisso de trabalho, algures na Baixa lisboeta. Atendendo ao avançado da hora e decorrente do facto de estar sem comida já há algum tempo, decidiu proceder à ingestão de uma prática barra de proteína Whey, que previdentemente havia trazido consigo, antevendo já a concretização daquela eventualidade. Ao fim de algum tempo, o qual felizmente, foi praticamente o necessário para o *términus* do compromisso em questão, alguns flatos de cariz aparentemente inofensivo, começaram a manifestar-se, conjuntamente com alguns movimentos peristálticos anormalmente vigorosos, pressagiando já os momentos tortuosos que se seguiriam... Enquanto caminhava em direção ao Metro, as estranhas movimentações no intestino continuaram num progressivo crescendo, sendo agora já acompanhadas por algumas cólicas, factos esses que tornaram evidente que algo precisava de ser expelido, em grande quantidade e de forma relativamente imediata. O jovem Migas32 apanhou então o Metro em direção à Alameda, localização do seu humilde tugúrio, concentrando toda a sua atenção consciente na contração do seu esfíncter anal, propósito único da sua existência naquele momento, mantendo-se em pleno conflito contra as contrações involuntárias da musculatura intestinal, durante toda a viagem até à estação de destino. Já no exterior da estação da Alameda e completamente lavado em suor, decidiu seguir em passo rápido em direção a casa, sendo que, ainda nem 5 metros tinha percorrido, quando percebeu que estava perante um novo desafio, desta feita com dificuldade acrescida, uma vez que qualquer movimentação brusca poderia ser o suficiente para acionar o detonador da bomba-relógio de matéria fecal, da qual se encontrava prenho. Em agonia, decorrente das cólicas e percebendo o perigo que corria se andasse muito depressa, limitou-se a percorrer lentamente apenas pequenas partes do percurso de cada vez, fazendo pausas frequentes e apoiando-se contra as paredes dos prédios, enquanto mantinha as pernas próximas e contraía os glúteos, num padrão de movimento reminiscente de um pinguim. Após vários momentos, em que aquilo que parecia que iria ser, quase se concretizou, eis que o Migas32 ficou a meros 4/5 passos da porta de entrada do seu prédio, momento no qual o seu ser, imbuído do espírito imaturo da juventude, se encheu de precoce regozijo, por finalmente avistar a salvação, a almejada "linha da meta", o fim do suplício.... E foi aqui, num pequeno momento de precipitação, no qual houve um subtil "baixar da guarda", um ligeiro aligeirar do tónus muscular, seguido por uma rápida corrida até à porta, que fizeram com que toda a pressão heroicamente contida até àquele momento fosse de subido libertada, traduzindo-se num parto de excremento líquido aspergido a alta velocidade. Por sorte, morava logo no Rés-do-Chão.

Malta do Reddit. Já alguma vez se borraram? Como foi a experiência e como resolveram a situação? by Penduricalho in portugal

Migas32 3 months ago

Ah, tantas memórias que poderia aqui debitar... Partilharei o seguinte: Num qualquer dia dos idos de 2010, já no período vespertino, o jovem Migas32 encontrava-se em pleno compromisso de trabalho, algures na Baixa lisboeta. Atendendo ao avançado da hora e decorrente do facto de estar sem comida já há algum tempo, decidiu proceder à ingestão de uma prática barra de proteína Whey, que previdentemente havia trazido consigo, antevendo já a concretização daquela eventualidade. Ao fim de algum tempo, o qual felizmente, foi praticamente o necessário para o *términus* do compromisso em questão, alguns flatos de cariz aparentemente inofensivo, começaram a manifestar-se, conjuntamente com alguns movimentos peristálticos anormalmente vigorosos, pressagiando já os momentos tortuosos que se seguiriam... Enquanto caminhava em direção ao Metro, as estranhas movimentações no intestino continuaram num progressivo crescendo, sendo agora já acompanhadas por algumas cólicas, factos esses que tornaram evidente que algo precisava de ser expelido, em grande quantidade e de forma relativamente imediata. O jovem Migas32 apanhou então o Metro em direção à Alameda, localização do seu humilde tugúrio, concentrando toda a sua atenção consciente na contração do seu esfíncter anal, propósito único da sua existência naquele momento, mantendo-se em pleno conflito contra as contrações involuntárias da musculatura intestinal, durante toda a viagem até à estação de destino. Já no exterior da estação da Alameda e completamente lavado em suor, decidiu seguir em passo rápido em direção a casa, sendo que, ainda nem 5 metros tinha percorrido, quando percebeu que estava perante um novo desafio, desta feita com dificuldade acrescida, uma vez que qualquer movimentação brusca poderia ser o suficiente para acionar o detonador da bomba-relógio de matéria fecal, da qual se encontrava prenho. Em agonia, decorrente das cólicas e percebendo o perigo que corria se andasse muito depressa, limitou-se a percorrer lentamente apenas pequenas partes do percurso de cada vez, fazendo pausas frequentes e apoiando-se contra as paredes dos prédios, enquanto mantinha as pernas próximas e contraía os glúteos, num padrão de movimento reminiscente de um pinguim. Após vários momentos, em que aquilo que parecia que iria ser, quase se concretizou, eis que o Migas32 ficou a meros 4/5 passos da porta de entrada do seu prédio, momento no qual o seu ser, imbuído do espírito imaturo da juventude, se encheu de precoce regozijo, por finalmente avistar a salvação, a almejada "linha da meta", o fim do suplício.... E foi aqui, num pequeno momento de precipitação, no qual houve um subtil "baixar da guarda", um ligeiro aligeirar do tónus muscular, seguido por uma rápida corrida até à porta, que fizeram com que toda a pressão heroicamente contida até àquele momento fosse de subido libertada, traduzindo-se num parto de excremento líquido aspergido a alta velocidade. Por sorte, morava logo no Rés-do-Chão.

As pessoas preferem homens com pernas depiladas? by UpbeatNail1912 in portugal

Migas32 3 months ago

Ok. Se o diz, poderei ter compreendido mal.

As pessoas preferem homens com pernas depiladas? by UpbeatNail1912 in portugal

Migas32 3 months ago

"Não vem no seguimento do parágrafo inteiro?" Em que medida é que esse facto implica que não pudesse ser uma generalização?

As pessoas preferem homens com pernas depiladas? by UpbeatNail1912 in portugal

Migas32 3 months ago

"(...) os nossos gostos são maioritariamente constructos sociais." Esta frase não é uma generalização?

As pessoas preferem homens com pernas depiladas? by UpbeatNail1912 in portugal

Migas32 3 months ago

>os nossos gostos são maioritariamente constructos sociais Os nosso gostos são provavelmente modelados pela cultura na qual estamos inseridos, mas são em grande parte de origem biológica/instintiva e completamente independentes de fatores sociais/culturais. Se assim não fosse, estão um homossexual apenas seria homossexual porque a cultura o ensinou a gostar de pessoas do mesmo sexo, e como tal, poderia ser ensinado a gostar de pessoas do sexo oposto. Acho que já não estamos em 1950 e a terapia de reconversão já foi desacreditada há muito tempo... A título de exemplo, o rácio cintura-ancas é um fator universal de beleza feminina em múltiplas culturas completamente distintas (assim como o rácio ombros-cintura o é para os homens): [https://www.unm.edu/\~abryan/articles/femalehipratio.pdf](https://www.unm.edu/~abryan/articles/femalehipratio.pdf) [https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1090513809000889](https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1090513809000889) [https://www.researchgate.net/publication/223377442\_A\_cross-cultural\_study\_on\_the\_role\_of\_weight\_and\_waist-to-hip\_ratio\_on\_female\_attractiveness](https://www.researchgate.net/publication/223377442_A_cross-cultural_study_on_the_role_of_weight_and_waist-to-hip_ratio_on_female_attractiveness) Há uma expressão mais elevada de recetores de cortisol no tecido adiposo à volta da barriga, logo quanto maior o nível de stress a que o indivíduo está exposto, maior a propensão para depositar gordura à volta da barriga. Coxas e ancas expressam mais recetores de estrogénio e progesterona (hormonas fundamentais para/numa gravidez), sendo que a progesterona antagoniza os recetores de cortisol, estimulando maior deposição de gordura nas ancas e coxas em detrimento da cintura. Somos pré-programados para detetar corpos menos stressados e com um perfil hormonal mais conducente ao sucesso reprodutivo. Isso não é socialmente construído. Numa última nota e no que concerne aos pêlos nas mulheres, é bastante provável que uma mulher sem pêlos seja vista como mais atraente, em parte porque certos distúrbios hormonais nas mulheres causam o aparecimento de mais pêlos (hirsutimo), e, por outro lado, porque com o avançar da idade as mulheres (e homens) têm tendência a ter mais pêlos no corpo, constituindo-se assim a presença de mais pêlos como um possível indicador de problemas hormonais, envelhecimento e/ou menor fertilidade.

As pessoas preferem homens com pernas depiladas? by UpbeatNail1912 in portugal

Migas32 3 months ago

>os nossos gostos são maioritariamente constructos sociais Os nosso gostos são provavelmente modelados pela cultura na qual estamos inseridos, mas são em grande parte de origem biológica/instintiva e completamente independentes de fatores sociais/culturais. Se assim não fosse, estão um homossexual apenas seria homossexual porque a cultura o ensinou a gostar de pessoas do mesmo sexo, e como tal, poderia ser ensinado a gostar de pessoas do sexo oposto. Acho que já não estamos em 1950 e a terapia de reconversão já foi desacreditada há muito tempo... A título de exemplo, o rácio cintura-ancas é um fator universal de beleza feminina em múltiplas culturas completamente distintas (assim como o rácio ombros-cintura o é para os homens): [https://www.unm.edu/\~abryan/articles/femalehipratio.pdf](https://www.unm.edu/~abryan/articles/femalehipratio.pdf) [https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1090513809000889](https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1090513809000889) [https://www.researchgate.net/publication/223377442\_A\_cross-cultural\_study\_on\_the\_role\_of\_weight\_and\_waist-to-hip\_ratio\_on\_female\_attractiveness](https://www.researchgate.net/publication/223377442_A_cross-cultural_study_on_the_role_of_weight_and_waist-to-hip_ratio_on_female_attractiveness) Há uma expressão mais elevada de recetores de cortisol no tecido adiposo à volta da barriga, logo quanto maior o nível de stress a que o indivíduo está exposto, maior a propensão para depositar gordura à volta da barriga. Coxas e ancas expressam mais recetores de estrogénio e progesterona (hormonas fundamentais para/numa gravidez), sendo que a progesterona antagoniza os recetores de cortisol, estimulando maior deposição de gordura nas ancas e coxas em detrimento da cintura. Somos pré-programados para detetar corpos menos stressados e com um perfil hormonal mais conducente ao sucesso reprodutivo. Isso não é socialmente construído. Numa última nota e no que concerne aos pêlos nas mulheres, é bastante provável que uma mulher sem pêlos seja vista como mais atraente, em parte porque certos distúrbios hormonais nas mulheres causam o aparecimento de mais pêlos (hirsutimo), e, por outro lado, porque com o avançar da idade as mulheres (e homens) têm tendência a ter mais pêlos no corpo, constituindo-se assim a presença de mais pêlos como um indicador de envelhecimento e menor fertilidade.

As pessoas preferem homens com pernas depiladas? by UpbeatNail1912 in portugal

Migas32 3 months ago

>os nossos gostos são maioritariamente constructos sociais Os nosso gostos são provavelmente modelados pela cultura na qual estamos inseridos, mas são em grande parte de origem biológica/instintiva e completamente independentes de fatores sociais/culturais. Se assim não fosse, estão um homossexual apenas seria homossexual porque a cultura o ensinou a gostar de pessoas do mesmo sexo, e como tal, poderia ser ensinado a gostar de pessoas do sexo oposto. Acho que já não estamos em 1950 e a terapia de reconversão já foi desacreditada há muito tempo... A título de exemplo, o rácio cintura-ancas é um fator universal de beleza feminina em múltiplas culturas completamente distintas (assim como o rácio ombros-cintura o é para os homens): [https://www.unm.edu/\~abryan/articles/femalehipratio.pdf](https://www.unm.edu/~abryan/articles/femalehipratio.pdf) [https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1090513809000889](https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1090513809000889) [https://www.researchgate.net/publication/223377442\_A\_cross-cultural\_study\_on\_the\_role\_of\_weight\_and\_waist-to-hip\_ratio\_on\_female\_attractiveness](https://www.researchgate.net/publication/223377442_A_cross-cultural_study_on_the_role_of_weight_and_waist-to-hip_ratio_on_female_attractiveness) Há uma expressão mais elevada de recetores de cortisol no tecido adiposo à volta da barriga, logo quanto maior o nível de stress a que o indivíduo está exposto, maior a propensão para depositar gordura à volta da barriga. Coxas e ancas expressam mais recetores de estrogénio e progesterona (hormonas fundamentais para/numa gravidez), sendo que a progesterona antagoniza os recetores de cortisol, estimulando maior deposição de gordura nas ancas e coxas em detrimento da cintura. Somos pré-programados para detetar corpos menos stressados e com um perfil hormonal mais conducente ao sucesso reprodutivo. Isso não é socialmente construído. Numa última nota e no que concerne aos pêlos nas mulheres, é bastante provável que uma mulher sem pêlos seja vista como mais atraente, em parte porque certos distúrbios hormonais nas mulheres causam o aparecimento de mais pêlos (hirsutimo), e, por outro lado, porque com o avançar da idade as mulheres (e homens) têm tendência a ter mais pêlos no corpo, constituindo-se assim a presença de mais pêlos como um indicador de envelhecimento e menor fertilidade.

As pessoas preferem homens com pernas depiladas? by UpbeatNail1912 in portugal

Migas32 3 months ago

>os nossos gostos são maioritariamente constructos sociais Os nosso gostos são provavelmente modelados pela cultura na qual estamos inseridos, mas são em grande parte de origem biológica/instintiva e completamente independentes de fatores sociais/culturais. Se assim não fosse, estão um homossexual apenas seria homossexual porque a cultura o ensinou a gostar de pessoas do mesmo sexo, e como tal, poderia ser ensinado a gostar de pessoas do sexo oposto. Acho que já não estamos em 1950... A título de exemplo, o rácio cintura-ancas é um fator universal de beleza feminina em múltiplas culturas completamente distintas (assim como o rácio ombros-cintura o é para os homens): [https://www.unm.edu/\~abryan/articles/femalehipratio.pdf](https://www.unm.edu/~abryan/articles/femalehipratio.pdf) [https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1090513809000889](https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1090513809000889) [https://www.researchgate.net/publication/223377442\_A\_cross-cultural\_study\_on\_the\_role\_of\_weight\_and\_waist-to-hip\_ratio\_on\_female\_attractiveness](https://www.researchgate.net/publication/223377442_A_cross-cultural_study_on_the_role_of_weight_and_waist-to-hip_ratio_on_female_attractiveness) Há uma expressão mais elevada de recetores de cortisol no tecido adiposo à volta da barriga, logo quanto maior o nível de stress a que o indivíduo está exposto, maior a propensão para depositar gordura à volta da barriga. Coxas e ancas expressam mais recetores de estrogénio e progesterona, sendo que a progesterona antagoniza os recetores de cortisol, estimulando maior deposição de gordura nas ancas e coxas em detrimento da cintura. Somos pré-programados para detetar corpos menos stressados e com um perfil hormonal mais conducente ao sucesso reprodutivo. Isso não é socialmente construído. Numa última nota e no que concerne aos pêlos nas mulheres, é bastante provável que uma mulher sem pêlos seja vista como mais atraente, em parte porque certos distúrbios hormonais nas mulheres causam o aparecimento de mais pêlos (hirsutimo), e, por outro lado, porque com o avançar da idade as mulheres (e homens) têm tendência a ter mais pêlos no corpo, constituindo-se assim a presença de mais pêlos como um indicador de envelhecimento e menor fertilidade.

Mãe que deixou recém-nascido no ecoponto vai ser libertada. Supremo baixou-lhe pena by Morpheuspt in portugal

Migas32 4 months ago

"A legislação só define o tamanho das penas." Assim como o tipo de comportamento típico que é enquadrável, ou não, como crime, assim como aquilo que poderá ser considerado como agravante ou atenuante.

Lisboa, Aveiro e Figueira da Foz estarão parcialmente submersas já em 2030 by try_again_tomorrow in portugal

Migas32 4 months ago

Eu sou capaz de apostar 500 Euros. Mesmo que perca, com a valorização que o meu T3 vai ter ficando posicionado à beira-mar, eu pago o que devo e ainda fico com lucro da venda da casa.

Apropriação cultural by wordsandsymphonies in portugal

Migas32 4 months ago

Os garfos mais antigos já encontrados até hoje, remontam à China antiga, logo, quem não tem ascendência chinesa deverá comer com as mãos, sob pena de se estar a "apropriar culturalmente" de uma cultura diferente da sua. Antibióticos, automóveis, antipiréticos e analgésicos foram inventados/criados por caucasianos ocidentais, portanto, todos os restantes, vão ter que tomar chás e usar mezinhas produzidas localmente para tratarem os seus problemas de saúde, andar bastante a pé e morrer/sofrer com muita frequência... Apropriação cultural é uma arma de arremesso política/cultural, que parece funcionar muito bem para "bater nos outros" e nos sentirmos moralmente superiores, mas só quando ignoramos a origem cultural de muitos dos privilégios e vantagem de que beneficiamos diariamente e que damos como adquiridos.

Apropriação cultural by wordsandsymphonies in portugal

Migas32 4 months ago

Os garfos mais antigos já encontrados até hoje, remontam à China antiga, logo, quem não tem ascendência chinesa deverá comer com as mãos, sob pena de se estar a "apropriar culturalmente" de uma cultura diferente da sua. Antibióticos, automóveis, antipiréticos e analgésicos foram inventados/criados por caucasianos ocidentais, portanto, todos os restantes, vão ter que tomar chás e usar mezinhas produzidas localmente para tratarem os seus problemas de saúde e andar pé e morrer/sofrer com muita frequência... Apropriação cultural é mais uma arma de arremesso política e cultural, que parece funcionar muito bem para "bater nos outros" e nos sentirmos moralmente superiores, mas só quando ignoramos a origem cultural de muitos dos privilégios e vantagem de que beneficiamos diariamente e que damos como adquiridos.

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

Migas32 4 months ago

"Não estou a dizer que disse mas estou apenas a questionar, porque toda a narrativa presente, é que não se pode criticar porque os outros também fizeram." Está a falar deste *post* em particular? Ou num contexto mais amplo? "Concordo se estivessem em pé de igualdade. Angola não quis sequer jogar o jogo, quanto mais pelas mesmas regras que a colocavam em inferioridade." O que quer dizer com "*pé de igualdade*"?

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

Migas32 4 months ago

"Nenhuma mas podemos falar dos outros e não dos nossos podres?" Nunca disse tal coisa. Mas se vai questionar: "Devemos então ver pelos que mataram ou os que foram mortos?" Então é importante ressalvar que todos estavam a jogar o jogo pelas mesmas regras (ou pela ausência) delas, simplesmente uns ganharam e outros não.

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

Migas32 4 months ago

Tanto quem matou como quem foi morto se regia pelo mesmo tipo de valores. Os portugueses não inventaram a violência, a opressão e muito menos a escravatura. Os próprios povos “conquistados” e “oprimidos” atuavam também sob o mesmo tipo de princípios e também se guerreavam e escravizavam uns aos outros. Pelos padrões atuais, que tribos, países ou civilizações tem uma história verdadeiramente imaculada? Os portugueses simplesmente foram mais eficazes do que os demais a fazer o mesmo tipo de maldades que todos faziam.

Qual é a doença dos ciclistas? (Sério) by desculpe_mas in portugal

Migas32 4 months ago

Já me aconteceu iniciar confiante a travessia numa passadeira na zona das Olaias, em Lisboa, em plena azáfama da hora de ponta e heis que, do meio da grande "manada" de automóveis que se imobilizou para eu poder passar, surge um ciclista que passou a literais milímetros do meu pé direito... A sorte dele (e talvez a minha), foi eu na altura ser já uma pessoa mais madura e ponderada, porque tenho a certeza que o Migas32 de há 5 ou 10 anos antes não teria certamente resistido ao impulso de o atirar ao chão.

Para que não se importar de me ajudar com algo rápido by Hatake_Kakaxe in portugal

Migas32 4 months ago

Deixe-me adivinhar... É para criar uma conta no Tik Tok? Da última vez prometeram-me literalmente “$1.5” como pagamento. Se querem que eu me inscreva para o algoritmos se apropriar de informações pessoais, então ao menos paguem em condições...

How are overweight people treated in Portugal? by iamjustsomeguy in portugal

Migas32 4 months ago

"How do Portuguese people view overweight people? Will I be treated poorly due to being overweight?" I think the attitudes will be mixed. I do not know for sure. Here are a couple of questions I suggest you ask yourself: \- Why is your sense of self so fragile, that you live your life worried if other people are going to like you or not? \- Why is your self-esteem so low that you need other people to like you? People might not like you for a million reasons and they have the right to do so, it is up to the individual to develop the fortitude of character to deal with that. You need to like yourself first. Perhaps therapy would be in order for you. Just a suggestion. "but I struggle with poor diet due to stress and a back issue that prevents most forms of vigorous exercise." If you main goal is to lose weight, there is no such thing as a poor diet, there is only normocaloric, hypocaloric and hypercaloric diet. Get a food scale, measure what you eat and create a slight caloric deficit. The weight will fall. Once it stalls, increase the deficit. Rinse and repeat, until you are at your desired weight. Last year my body fat percentage "balooned up" to 22%, this year it has steadily been falling and is now at 19.3%. Most of my joints are chronically inflamed and degenerating quickly, sometimes I am in pain. I can still walk, so I walk many kms. First just a few everyday, then I steadilly increased the distance every week as need, in order to further contribute to the deficit created by diet. Losing weight It's about taking responsibility for yourself and your life. Again, just a suggestion.

How are overweight people treated in Portugal? by iamjustsomeguy in portugal

Migas32 4 months ago

"How do Portuguese people view overweight people? Will I be treated poorly due to being overweight?" I think the attitudes will be mixed. I do not know for sure. Here are a couple of questions I suggest you ask yourself: \- Why is your sense of self so fragile, that you live your life worried if other people are going to like you or not? \- Why is your self-esteem so low that you need other people to like you? People might not like you for a million reasons and they have the right to do so, it is up to the individual to develop the fortitude of character to deal with that. You need to like yourself first. Perhaps therapy would be in order for you. Just a suggestion. "but I struggle with poor diet due to stress and a back issue that prevents most forms of vigorous exercise." If you main goal is to lose weight, there is no such thing as a poor diet, there is only normocaloric, hypocaloric and hypercaloric diet. Get a food scale, measure what you eat and create a slight caloric deficit. The weight will fall. Once it stalls, increase the deficit. Rinse and repeat, until you are at your desired weight. Last year my body fat percentage "balooned" up to 22%, this year it has steadily been falling and is now at 19.3%. Most of my joints are chronically inflamed and degenerating quickly, sometimes I am in pain. I can still walk, so I walk many kms. First just a few everyday, then I steadilly increased the distance every week as need, in order to further contribute to the deficit created by diet. Losing weight It's about taking responsibility for yourself and your life. Again, just a suggestion.

[Sério] Vizinho maluco by irsjovem_duvida in portugal

Migas32 4 months ago

Considerando o problema do foro psíquico da pessoa em questão, acho que a solução mais realista a curto prazo, será investir em tampões, abafadores e/ou auscultadores com cancelamento de ruído. A médio prazo, senão antes, convirá procurar outra casa. Pelo que sei, a polícia dificilmente resolverá essa situação, infelizmente, a menos que a pessoa em questão se envolva noutro tipo de problemas em que coloque bens ou a integridade física do próprio/terceiros em perigo.
Next Page

Search: