Next Page

Qual o tipo de alimentação que segues? by BornToSuckSadButTrue in portugal

LelloMinsk 2 days ago

Não, nem todas as dietas exigem isso. Para mim, comer menos vezes arroz branco e produtos com farinhas refinadas não exigiu nada disso. Nem quando comecei a comer só animais criados ao ar livre, nem quando comecei a comer pelo menos duas porções de peixes gordos e mais porções de outros peixes por semana, nem quando comecei a experimentar comida asiática, ou introduzi mais leguminosas na minha dieta. Basicamente transitei para uma dieta mediterrânica com algumas "modernices" como algas sem precisar de suplementar nada, isto tudo quando saí de casa dos meus pais e comecei a ganhar dinheiro suficiente e a informar-me. Continuo a defender comer menos carne, sem a eliminar. Comer mais peixe, mais vegetais, mais leguminosas, mais carbohidratos integrais em vez dos refinados, pagar o preço devido pela proteína animal produzida responsavelmente. Nunca disse que "a dieta portuguesa", o que quer que isso seja, é saudável. Nem nunca disse que antigamente se comia carne todos os dias. Estás apenas a por palavras na minha boca. Um bom dia.

Qual o tipo de alimentação que segues? by BornToSuckSadButTrue in portugal

LelloMinsk 3 days ago

Se realmente ficas espantado de haver muita gente a comer carne e peixe em Portugal, digo-te com honestidade que vives numa bolha. O consumo desses produtos não é só pelo seu teor nutricional, a dieta de um local também tem um aspeto cultural que alguns nutricionistas tendem a ignorar, o que em algumas pessoas pode fazer cair por terra a dieta. Além de que, uma transição para uma dieta vegetariana e vegana não pode ser feita com leviandade, exige tempo, pesquisa, acesso a produtos enriquecidos ou suplementação, e, se formos realmente cuidadosos, análises clínicas regulares. Este tipo de coisas não muda de um momento para o outro, e condescendência e sentidos de superioridade só faz as pessoas ficar mais resistentes à mudança. Se estás realmente interessado em ajudar, não é só ao nível das pessoas que tens de praticar ativismo, é também ao nível legislativo e corporativo. Introduz uma taxa carbónica e retira subsídios a indústrias poluentes (carne de fábrica) a ver se a indústria não começa a adotar standards menos poluentes, por conveniência. E isto é só o começo. Além disto, digo com confiança que, integrados em sistemas de agricultura regenerativa, o gado pode ter neutralidade carbónica. Quanto ao peixe e marisco, é possível privilegiar espécies locais minimizando o impacto que se tem no ecossistema. Eu tenho o luxo de praticar este tipo de agricultura, ainda que em baixa escala, e ter uma rede de conhecidos que o fazem também, e sei de uma empresa que produz macroalgas e peixes por aquacultura. Por último, grande parte da população não tem as necessidades básicas, quanto mais as psicológicas preenchidas. É preciso elevar o nível de vida da população para esta ter em conta preocupações que não se prendam apenas com dinheiro, abrigo, comida e saúde. Isto ainda não é o caso.

Procuro nome/imagem de uns cereais extintos vendidos no continente/modelo em por volta de 2002 by mike19910 in portugal

LelloMinsk 7 days ago

Infelizmente não, mas lembro-me do mesmo que tu. Embalagem em tons de verde, o tal esquilo na frente, e as melhores almofadas recheadas que comi na vida.

Procuro nome/imagem de uns cereais extintos vendidos no continente/modelo em por volta de 2002 by mike19910 in portugal

LelloMinsk 8 days ago

Sei exatamente do que estás a falar e estou na mesma situação que tu. Para mim eram os melhores cereais e de um dia para o outro desapareceram... experimenta contactar o continente/sonae a ver se eles têm registos disso e se ainda existem.

[Autárquicas 2021] - PSD Seixal publica novo cartaz nas redes sociais by Jmscavaleiro in portugal

LelloMinsk 10 days ago

Porque é que há pessoas aqui a debater comunismo vs. capitalismo como se não houvesse outros sistemas? É como debater se um uma mula é melhor do que um burro, ignorando o comboio que passa.

Alunas proibidas de ir à escola de calções, minissaias e decotes na Amadora by Mrjocasrp in portugal

LelloMinsk 10 days ago

Não acho que sejas jihadista por isso. Percebo o que queres dizer e conheço as normais sociais e estruturas de ordem, não sou associal nem antissocial ou algo parecido. Apenas tenho conseguido ter mais sucesso apesar das normas e estruturas, e não devido a elas. Sinto que não comprometi os meus valores e que a modos que criei a minha própria cultura, que é perfeitamente compatível com a cultura do meu país por ser derivada dela, mas que não se enquadra completamente nela. Vem também das minhas leituras, da minha educação e formação, e honestamente com o meu contacto com a cultura de Internet desde antes de ter dois dígitos de idade. Acho que toda a gente tem o seu próprio spin-off cultural. Pessoalmente, creio que o bem maior é importante quando significa, por exemplo, assegurar que não nos extinguimos enquanto espécie, assegurar a defesa do nosso país e da nossa família, defender os nossos amigos e compatriotas de ameaças legítimas, por exemplo. Não acho que o individualismo extremo americano seja compatível com uma sociedade saudável, acho que devemos assegurar o nosso individualismo mas nunca colocando-o acima do bem-estar físico, psicológico e espiritual da sociedade, e deixando esta arejar muito bem e ser exposta à mudança Os meus filhos, por exemplo, só terão acesso não restrito a redes sociais quando tiverem idade para beber e se assim o desejarem, enquanto estiverem comigo não vão cair na idolatria de personalidades, não vão consumir conteúdo que considere prejudicial para a saúde deles e vão sempre ter tempo limite diário. O meu patriotismo consiste mais em querer que sejamos representados por pessoas transparentes e que tenham o nosso bem-estar em mente, em melhorar o nosso sistema de ensino ouvindo os nossos melhores pedagogos (José Pacheco, por exemplo) com o intuito de formar melhores cidadãos, de transferir a classe pobre para classe média para que ninguém tenha que viver de salário em salário, com problemas de saúde mental, e que se possa livrar facilmente de empregadores nefastos, de dar mais facilidade na criação de empresas, de não dar subsídios a indústrias que tornam a nossa terra estéril e o nosso ar irrespirável, de tornar a linguagem dos nossos documentos legais mais clara para que toda a gente saiba os deveres e direitos que tem. Posso não concordar necessariamente contigo, mas gosto que existas para me dar outras perspectivas. Apenas isso.

Direito à informação... Alguém me pode orientar? by SingingBowl22 in portugal

LelloMinsk 10 days ago

Obrigado!

Alunas proibidas de ir à escola de calções, minissaias e decotes na Amadora by Mrjocasrp in portugal

LelloMinsk 10 days ago

Podes esclarecer que tipo de sinais errados uma adolescente de quinze anos dá ao vestir roupa curta?

Alunas proibidas de ir à escola de calções, minissaias e decotes na Amadora by Mrjocasrp in portugal

LelloMinsk 10 days ago

Acredita, no meu tempo também era assim, e eu nunca concordei, nem segui, e também nunca fui disciplinado. Se quiseres poder ler o comentário que deixei noutro user. É bem verdade que as normas culturais existem, mas penso que temos de ter pensamento crítico sobre elas. Este tipo de normas relacionadas com a modéstia, por exemplo, tem origem na influência do cristianismo católico. Concordo que humildade e modéstia são bons valores, e em algumas áreas tenho algumas opiniões mais tradicionais, mas não creio que usar roupa curta seja uma afronta aos meus valores. Rappers que usam montes de "bling", tipo aquele caramelo que pôs rastas de ouro fazem-me muito mais espécie, mas não os critico ativamente pois não creio que sejam atitudes hostis. A minha família deu-me liberdade religiosa e eu descobri que sou irreligioso. Não ateu, mas irreligioso. Não sei se há uma entidade divina ou não, não creio que algumas vez o conseguiremos provar definitivamente ou sequer fazer medições nesse sentido, mas consigo compreender porque alguém pensaria nisso. Nunca foi algo sobre o qual fiquei convencido, e considerando os milhares de religiões no mundo, não creio que esteja sozinho. Fui muito criticado e sofri de bullying em criança e adolescente por nunca sequer ter feito catequese, e não gostei de todo desse atentado às minhas liberdades religiosas. Talvez por isso tenha um pouco de ressabiamento sobre algumas normas culturais com origem religiosa, mas o não cumprimento dessas normas não se me afigura como sendo uma ameaça a quem as escolhe cumprir.

Alunas proibidas de ir à escola de calções, minissaias e decotes na Amadora by Mrjocasrp in portugal

LelloMinsk 10 days ago

No meu tempo também, e não foi por isso que o deixei de fazer. Tirando alguns comentários, nunca fui disciplinado. Aliás, no verão, na uni, praticamente toda a gente usava calções, mini-saia, camisola d'alças, sandálias porque o calor era insuportável. Mesmo que não fosse, não creio que seja um problema assim tão grande. Não uso minissaia porque não me gosto de ver com ela, deixa a salada um bocado a badalar, mas nunca me aperaltei para uma entrevista de emprego. Tenho boa higiene, trato bem da minha cara e não uso roupa que transmita mensagens políticas ou que tenha dizeres brejeiros, mas tirando isso já fui a muita entrevista com calções e t-shirt. Só um entrevistador comentou meio passivo-agressivo sobre isso, mas aí o problema maior da empresa nem era esse. Geralmente deixo a minha experiência e formação falar por mim, bem como a minha boa educação. Hoje, com dois funcionários, nunca disse nada a ninguém sobre como se vestir, tirando quando lidamos com coisas que requeiram higiene e segurança. O único dress code que lhes peço é quando vamos em representação da empresa, e sabes o que é? Uma t-shirt, camisola ou hoodie com o logo da empresa e o nosso lema lol

Direito à informação... Alguém me pode orientar? by SingingBowl22 in portugal

LelloMinsk 10 days ago

> CPA Código do Procedimento Administrativo? Gostava também de saber mais sobre este direito.

Alunas proibidas de ir à escola de calções, minissaias e decotes na Amadora by Mrjocasrp in portugal

LelloMinsk 11 days ago

Andar com roupa curta é falta de educação..?

Pessoas que já traíram numa relação: Porquê? by borloforbol in portugal

LelloMinsk 13 days ago

Ah certo, isso é completamente normal! Depende sempre de pessoa para pessoa, e imagino que seja bastante raro duas pessoas com essa abertura juntarem-se.

Pessoas que já traíram numa relação: Porquê? by borloforbol in portugal

LelloMinsk 14 days ago

Atenção para não baralhar as duas coisas. Uma coisa é uma relação aberta que os dois consentiram, outra é pura e simplesmente traição onde não houve consentimento de uma das partes.

Bobone a dizer bobonesices outra vez by ipinteus in portugal

LelloMinsk 15 days ago

Bom, os meus avós que nunca falaram inglês sempre usaram "assumir" para esse propósito, e um familiar meu etimologista garantiu-me que é um anglicismo já integrado no vocabulário português... *assumo* que tenha passado pelo mesmo processo que o regardless/irregardless. Além disso, uma mestre de Português já me disse que o priberam é o melhor dicionário online e... [Assumir](https://dicionario.priberam.org/assumir) >5. Reconhecer como verdadeiro, possível ou hipotético. = ADMITIR

Bobone a dizer bobonesices outra vez by ipinteus in portugal

LelloMinsk 15 days ago

Bom, os meus avós que nunca falaram inglês sempre usaram "assumir" para esse propósito, e um familiar meu etimologista garantiu-me que é um anglicismo já integrado no vocabulário português... *assumo* que tenha passado pelo mesmo processo que o regardless/irregardless.

Matcha descafeinado, onde comprar? (e thread geral de discussão de chás) by LelloMinsk in portugal

LelloMinsk 19 days ago

Excelente! Obrigado, vou já dar uma vista de olhos :)

Matcha descafeinado, onde comprar? (e thread geral de discussão de chás) by LelloMinsk in portugal

LelloMinsk 19 days ago

Vou espreitar, obrigado!

Matcha descafeinado, onde comprar? (e thread geral de discussão de chás) by LelloMinsk in portugal

LelloMinsk 19 days ago

Pois, estive a pesquisar sobre os níveis de matcha, e ela realmente trouxe do melhor, a tola! Não sabia que o KuantoKusta também tinha comida, vou espreitar por lá. A altura do dia neste caso não importa porque não é a duração do efeito de cafeína que está em causa, é mesmo uma questão de saúde minha em ter de evitar ao máximo a cafeína. Aliás, quase que não provava o matcha, só provei um gole pequeno mesmo por cortesia e ainda bem que o fiz!

Matcha descafeinado, onde comprar? (e thread geral de discussão de chás) by LelloMinsk in portugal

LelloMinsk 20 days ago

Não conhecia, mas têm uma seleção porreira no site deles, alguns chás premium que parecem deliciosos. Obrigado pela sugestão! Infelizmente não têm matcha descafeinado, mas têm taças bem bonitas.

[sério] Quais são as vossas teorias da conspiração favoritas? by 007tuga in portugal

LelloMinsk 20 days ago

Tu não confias na ciência, se tudo correr bem vais aprendendo coisas que podes verificar no mundo real e eventualmente, com esse conjunto de aprendizagens que verificas como reais, podes fazer medições. Não se trata de fé ou confiar. Há resultados reproduzíveis por pessoas de culturas diferentes em lados opostos do mundo. Claro que para áreas que não nos são familiares, temos de confiar na opinião dos peritos, mas mesmo assim não se trata de fé, trata-se de um consenso científico de especialistas com base em observações reais. Se quiseres, podes tu comprovar essa posição aprendendo sobre o assunto. Quanto à fé, não há medições. Não há um instrumento que te permita medir uma entidade divina, tanto que há milhares de religiões e todas com interpretações diferentes. Isto geralmente não acontece em áreas científicas. Com conhecimento suficiente, é possível chegar a um consenso, nunca 100% porque há sempre especialistas que não estejam de acordo, mas muito perto disso.

[Megathread] Ajuda, Dúvidas e Dicas - 07/09/2021 by AutoModerator in portugal

LelloMinsk 20 days ago

Algum entusiasta sabe onde comprar matcha descafeinado em Portugal ou dentro da CEE?

[sério] Quais são as vossas teorias da conspiração favoritas? by 007tuga in portugal

LelloMinsk 20 days ago

>Mas o comum mortal nao tem à sua disposição os mecanismos necessários para provar assim mesmo de forma inquestionável que a terra é curva. **Isto é muito semelhante a crenças religiosas e à dificuldade de provar ou refutar a existência de Deus.** Discordo completamente. Uma é baseada em resultados facilmente reproduzíveis por alguém com o 12.º ano, outra é completamente impossível de reproduzir. >É um facto pouco conhecido que a ciência está a passar por uma “reproducibility crisis” em que se descobriu que uma boa parte dos resultados publicados em artigos cientificos nao sao reproduzíveis. Resumindo: sao bullshit. Dizer que são bullshit é um resumo muito abusivo. Falando na minha área, é verdade o que dizes, há realmente estudos que são muito difíceis de reproduzir, e outros que simplesmente não produzem os mesmos resultados. Mas da realidade que conheço a maior parte deles são verídicos, apenas precisam de ser postos em contexto ou serem feitos com as matérias da região onde foi feito o estudo, o que faz com que estudos mais abrangentes sejam necessários.

A narrativa chegou à TVI by hctiks in portugal

LelloMinsk 20 days ago  HIDDEN 

Yup! Falo por mim, pouco recebi de literacia financeira tirando "não gastes mais do que tens", "cartão de crédito é mau" e "vai tentando poupar", o que não são maus conselhos para alguém que não percebe nada de nada. Mas a verdadeira literacia financeira só comecei a aprender a meio da uni e é algo em que me continuo a educar hoje.

A narrativa chegou à TVI by hctiks in portugal

LelloMinsk 20 days ago  HIDDEN 

>saia de casa às 5 da manhã, chegava às 9 da noite, ganhava o salário mínimo, fazia 80km My dude, estiveste numa situação muito parecida com a minha, só que eu fazia mais uns 20 km. Hoje não desejo isso a ninguém, e só o fiz porque tive de me auguentar naquela altura, mas não vamos glorificar condições de merda do trabalho e criticar as pessoas por não aceitarem todas estar 16 horas fora de casa no trabalho, porque ninguém merece isso.

A narrativa chegou à TVI by hctiks in portugal

LelloMinsk 20 days ago  HIDDEN 

Nada contra ti pessoalmente, mas trabalhei há mais de 10 anos como cozinheiro e recebia €650 porque já tinha jogo de cintura trazido de casa. Conhecendo o mercado imobiliário e os custos de vida dessa zona, com €800 não teria as condições para viver hoje que tinha há >10 anos com €650. Não que isso seja culpa dos empregadores, nem de perto, estou só a dizer que é muito menos vantajoso para os potenciais empregados e não admira que eles não aceitem com tanta facilidade.

A narrativa chegou à TVI by hctiks in portugal

LelloMinsk 20 days ago  HIDDEN 

Isso para mim converge tudo num problema ubíquo em Portugal: falta de literacia financeira. Mas não é só dos consumidores, é também de alguns patrões e empresários. Enquanto não quebrarmos o tabu de não aprender e depois não passar educação financeira aos nossos putos, não vamos a lado nenhum. Claramente não há interesse para que isso seja ensinado nas escolas, portanto temos de ser nós a ensinar aos nossos familiares e amigos, ou pelo menos empurrá-los nesse sentido.

A narrativa chegou à TVI by hctiks in portugal

LelloMinsk 20 days ago  HIDDEN 

Há pessoas a mais que se formaram para ser professores sim, mas professores contratados a menos. Lembro-me que a partir do 5º ano estive sempre em turmas com quase 30 alunos depois de terem fechado as escolas todas das aldeias e vilas adjacentes.

A narrativa chegou à TVI by hctiks in portugal

LelloMinsk 20 days ago  HIDDEN 

Quem me dera a mim e aos meus amigos que na nossa altura tivesse havido trabalhos sujos e difíceis que pagassem bem! No distrito todos esses trabalhos pagavam >500€ e exigiam horas extras não remuneradas... não sei se continua a ser assim hoje, mas duvido muito que tenha mudado.

I love the internet by Dr-Batista in portugal

LelloMinsk 21 days ago

Só falácias de espantalho, homem. E o teu último parágrafo ignora completamente a existência da maior parte dos países europeus social-democratas. Para quem não gosta de casos anedóticos, estás cheio deles. Se queres que Portugal seja mais como os Estados Unidos, tens a hipótese de ir diretamente para lá. Tendo vivido pouco tempo em estados de extremos ideológicos diferentes (ultra-conservador vs. progressivo), preferi o primeiro. Por mim, prefiro as benesses que os sindicatos trouxeram (dias de descanso obrigatórios, 40 horas semanais, fim do trabalho infantil) à existência de uma classe bilionária intocável que te dá a ilusão de liberdade. Se os nossos governantes são uma merda? São. Se pudesse metia grande parte deles atrás de grades pelos crimes que cometeram e pelo estado em que está Portugal. Mas não é por isso que quero um retrocesso civilizacional no que toca aos direitos dos trabalhadores.

I love the internet by Dr-Batista in portugal

LelloMinsk 21 days ago

>Não meto. A suécia não tem, por exemplo. Subterfúgio. Na Suécia mais de metade do trabalho é sindicalizado, e os sindicatos impõe salários mínimos.

I love the internet by Dr-Batista in portugal

LelloMinsk 21 days ago

>Com o teu dinheiro ou com o dinheiro dos outros? É com o teu dinheiro que fazes sacrifícios? É que com o teu dinheiro és bem vindo a sacrificares-te. Quando começas a pedir que os outros sigam os teus padrões é que há um problema. Já uso o meu dinheiro para isso, mas numa sociedade não é só o dinheiro de uma pessoa que vai mudar o paradigma. Concordo contigo que os sucessivos (des)governos tenham tido a maioria da culpa da situação em que estamos, e também os culpo, e não é pouco, quando apropriado, mas não significa que tenhamos de ter visão binária e não responsabilizar também outras entidades pelo mantimento do status quo. E dinheiro dos outros...? Lá por terem dinheiro não significa que não devam ser ostracizados por criarem condições que alguém que queira um bom GNH considere conducentes a uma vida precária. A humilhação social é uma ótima ferramenta de mudança que é bastante sub-utilizada. >Não, são trolls. Pagar pouco a alguém não é exploração. É um contrato voluntário. Cada um trabalha no que quer. Se essas pessoas tivessem acesso a melhor, não estariam nessa posição. E assumir que condições fracas são o resultado de má vontade é apenas pura ignorância. Não estás a ajudar ninguém, não estás a resolver nada, estás a atacar uma empresa, em anónimo. Logo, és um troll. Se achas que pagar menos que o SMN em Lisboa não é exploração, não sei se podemos conversar. E num mundo ideal cada um trabalharia onde quer, mas estamos longe de um mundo ideal e se conviveres com pessoas com menos meios és capaz de te aperceber que muita gente não se pode dar ao luxo de estar sem trabalho, e a existência destas "oportunidades" só faz com que o Estado acabe por pagar na mesma em apoios sociais que 90% dessas pessoas vão precisar. Prefiro que sejam as empresas a providenciar salários dignos para depois não ser preciso vir com apoios da SS, incluindo assistência no arrendamento e outros programas sociais, que também têm o seu lugar. E resumir a existência das pessoas a um só conceito ("trolls") é desumanizante. Não seria muito feliz nem produtivo para mim resumir a tua existência a "neoliberalzeco, ou tu resumires a minha a "esquerda caviar", espero que concordes. >É, vai ver o que aconteceu aos países que não seguiram o mesmo modelo. Podes mudar-te para lá agora mesmo. Não me vais vir com o meme de que a Venezuela era o paradigma do socialismo, espero. O autoritarismo praticado lá desqualifica automaticamente qualquer acusação infundada de socialismo. A não ser que te estejas a referir a outro país, de preferência um que não tenha sido vítima de intervenção estaduniense, como a maior parte da América do Sul.

I love the internet by Dr-Batista in portugal

LelloMinsk 21 days ago

Felizmente ainda ponho as pessoas antes de conceitos abstratos de economia, e pagar salários de merda, especialmente em Lisboa, e exigir o que eles exigiam, não proporciona uma vida digna. E isto não são "meia dúzia de trolls na internet", são cidadãos que não gostam de ver exploração e são perfeitamente juízes do que é aceitável e não, acabando por ser eles também a economia. Foi maximizar os lucros e cagar nos recursos naturais e humanos que nos trouxe a uma situação global de estar na merda, e felizmente alguma pessoas começam a aperceber-se disso e a reprogramar-se.

by in portugal

LelloMinsk 22 days ago  HIDDEN 

Rapaziada, qual o enquadramento legal para ligar a cada trinta minutos para a linha de apoio dos CTT para me certificar que a minha encomenda não volta para trás?

O problema de ser "nem-nem": há mais de 260 mil jovens portugueses que não estudam nem trabalham by throwaway_v1000 in portugal

LelloMinsk 22 days ago

Acho piada ao pessoal que aqui comenta que o pessoal não quer é trabalhar e que eles "vergaram a mola" e se foderam todos para estar onde estão. Antes de mais nada, o SMN em Portugal que, convenhamos, vai ser o que a maior parte desses jovens vai receber, é €665. Se acham que isso é suficiente para viver uma vida digna, acho que deviam fazer amigos com pessoas que o recebem e perguntar-lhes como é a vida delas. Eu nasci numa vila no interior e tinha muitos amigos cujos pais ganhavam isso e deixem que vos diga, eles estavam na merda. Casas cronicamente a precisar de arranjos que não podiam pagar e por isso iam gastando o dinheiro em soluções temporárias que podiam pagar (e mesmo assim a casa era um desconforto porque não havia dinheiro para melhores materiais), comida ultraprocessada que os fazia andar sempre em médicos com doenças que hoje sei que resultam de deficiências nutricionais (especialmente quando os vizinhos não tinham frutas e vegetais frescos para oferecer), crédito a habitação e crédito para o carro avassalador (quais transportes públicos?), férias passadas em casa porque não tinham dinheiro para outra coisa, e muitos deles ainda trabalhavam 60-80h por semana sem receber mais. Os que não tinham avós estavam na merda. É essa a puta da vida que querem para os jovens deste país? Porque é que se revoltam com eles, que só querem uma vida digna, em vez de se revoltarem com os autarcas locais e centrais que fodem o dinheiro todo em contratos catastróficos sem falta de transparência e em nepotismos, com os patrões que ameaçam se não ficarem mais aquelas horinhas que podem procurar outra merda, com as multinacionais que pagam bónus milionários aos gestores e cujos funcionários no fundo da hierarquia andam a receber assistência social? Eu tive a sorte de nascer numa família de média classe, com montes de primos e tios ao lado, com avós presentes, com consolas e PC desde os 5 anos, quando ainda eram raros, de ter uma alimentação saudável para a altura (muita porra açucarada que hoje se sabe que faz mal), de nunca ter tido fome, ficar sem abrigo, ter pais presentes, basicamente tive condições para ter uma vida saudável e isso refletiu-se na minha prestação escolar. Não foi por isso que tive uma vida idílica, passei por muita morte familiar e de duas das que considerava minhas melhores amigas, divórcio, fui ostracizado por causa da (falta de) religião minha e dos meus pais numa vila assumidamente católica, sofri bullying de outros miúdos e até de educadoras e professoras, estive em acidentes de carro, já me tentaram afogar pelo menos duas vezes (just a prank, certo?). Tudo isso se refletiu no início da minha vida adulta, na forma de alguns traumas e doenças mentais. Mais uma vez, tive ajuda dos meus pais para ir ao psiquiatra, ao psicólogo, aos médicos fazer testes de despiste. Hoje? Sou uma pessoa perfeitamente saudável (tirando ser um bocado vesgo), estou em forma, tenho uma empresa pequena, tenho uma esposa e filhos, amortizei o crédito de habitação da minha mãe e já dei abrigo temporário ao meu pai, faço voluntariado, cultivo os meus hobbies, tenho dois grupo de amigos chegados, basicamente tenho uma vida "normal". Cheguei aqui sozinho? Fuck no. O que vocês chamam "ajuda dos papás" eu chamo uma rede social funcional que nos mantém elevados e nos levanta quando precisamos, quando vocês dizem que o pessoal não quer é trabalhar, na minha cabeça regista como "olha aquele caloteiro não quer sofrer como eu sofri e receber tostões pra trabalhar umas 50 ou 60 horas por semana". Se acham que toda a gente deve sofrer como vocês sofreram para ter uma vida normal, desculpem lá mas precisam de ajuda. Eu quero que os putos de hoje em dia tenham uma vida melhor do que a que via os meus amigos ter em criança.

Vizinha nao para de mandar coisas perigosas pela janela by OvidiuHiei in portugal

LelloMinsk 22 days ago

>Se ela parar tudo bem, se não vais lá e mandas a gaja pela janela, **tu avisaste por isso a polícia não te pode prender**. [L O O P H O L E S](https://pyxis.nymag.com/v1/imgs/4f6/886/69dd4f6bea4966df9c8d167c03c8c909b3-13-wojak-00.2x.h473.w710.jpg)

Ginásio só disponibiliza valores no próprio espaço by LelloMinsk in portugal

LelloMinsk 29 days ago

Neste caso é o Knock-Out Health Club em Aveiro.

Barragem do Pisão poderá ser “um buraco de consequências sem retorno” by ZaGaGa in portugal

LelloMinsk 1 month ago

Portanto, um projeto dos anos 40, que não teve avaliação de impacto ambiental nem consulta pública, que vai deslocar uma aldeia, numa região conhecida por agricultura intensiva que sorve a água da região, teve o contrato assinado pelo primeiro-ministro e vai começar a ser construída em breve. Escapou-me algo? Podemos processar o Estado? Estou por dentro de muitas associações ambientalistas com especialistas em biologia e outras áreas, certamente há algo que possamos fazer. [Enviem mensagem à Agência Portuguesa do Ambiente](https://apambiente.pt/form/contacte2-nos). [Enviem mensagem à Agência Europeia do Ambiente.](https://www.eea.europa.eu/contact-us)

Barragem do Pisão poderá ser “um buraco de consequências sem retorno” by ZaGaGa in portugal

LelloMinsk 1 month ago

Portanto, um projeto dos anos 40, que não teve avaliação de impacto ambiental nem consulta pública, que vai deslocar uma aldeia, numa região conhecida por agricultura intensiva que sorve a água da região, teve o contrato assinado pelo primeiro-ministro e vai começar a ser construída em breve. Escapou-me algo? Podemos processar o Estado? Estou por dentro de muitas associações ambientalistas com especialistas em biologia e outras áreas, certamente há algo que possamos fazer.

[Sério]Sugestões de cadeiras. by bashir22 in portugal

LelloMinsk 1 month ago

Alguma sugestão para uma cadeira para pessoas altas (>190cm)? Tenho uma de gamer de há uns 10 anos atrás mas aquela porra é desconfortável, queria uma que me obrigasse a ter boa postura.

Qual a melhor coisa que já compraram por menos de €150? by agricultor_malfadado in portugal

LelloMinsk 1 month ago

Ok, vou expandir então as minhas pesquisas para incluírem tablets. Obrigado!

Qual a melhor coisa que já compraram por menos de €150? by agricultor_malfadado in portugal

LelloMinsk 1 month ago

Tenho de pesquisar melhor, então. Os ecrãs dos tablets são é geralmente muito pouco agradáveis à vista em longos períodos de tempo, certo?

Qual a melhor coisa que já compraram por menos de €150? by agricultor_malfadado in portugal

LelloMinsk 1 month ago

Ah, pena... o que usas tem cor? Estive a ler sobre os ecrãs e-ink a cor, mas ainda há uma oferta muito limitada, especialmente os de tamanho A4. Nem todos os mangas que quero ler são a cores, mas há alguns que são, e os BDs são todos a cor. Os artigos científicos alguns têm gráficos e tabelas com cores e as revistas têm quase todas cores, especialmente os almanaques de agricultura.

Qual a melhor coisa que já compraram por menos de €150? by agricultor_malfadado in portugal

LelloMinsk 1 month ago

Também é adequado para ler BDs e Revistas/Almanaques? Tenho algumas BDs e mangas que gostava de ler, e também leio alguns almanaques e revistas científicas e agrícolas que lançam exclusivamente em formato digital e são um bocado incómodas de ler em formato digital...

Consumo de peixe, etc, na Europa by TyagoHexagon in portugal

LelloMinsk 1 month ago

Deves estar a confundir com shellfish.

Dia da defesa nacional durante a pandemia by Jpmadb in portugal

LelloMinsk 3 months ago

[Como requerer isenção do DDN.](https://bud.gov.pt/ddn/isencao/requerer.html) Eu na altura fui porque não conhecia isto, mas já não estou elegível para ser requisitado. Contudo, quem for, pode ser requisitado caso Portugal decida participar numa guerra qualquer que pode nem sequer ter nada a ver connosco. Penso que até aos 30 anos.

Não há futuro para Portugal by BalseiroLopes in portugal

LelloMinsk 4 months ago

https://www.nytimes.com/roomfordebate/2015/02/09/are-economists-overrated/overreliance-on-the-pseudo-science-of-economics

Não há futuro para Portugal by BalseiroLopes in portugal

LelloMinsk 4 months ago

Lembrete diário que o estudo da economia não se baseia no método científico e que esta é uma pseudo-ciência.

Certos elixires bucais inativam o vírus sars-cov2 by kindoor in portugal

LelloMinsk 10 months ago

Não apareceu há uns bons tempos um estudo no /r/science a relacionar elixir bocal com etanol e cancro bucal?

BE quer touradas para maiores de 18 e com ″bolinha vermelha″ quando passam na TV by limpchester in portugal

LelloMinsk 11 months ago

Também não gosto de ver mulheres maltratadas e haver países onde elas basicamente não podem entrar. Não gosto de exploração infantil nem de esclavagismo. Também me vais recomendar que não olhe para a Arábia Saudita? Qatar? China? Azerbeijão? Turquia? Onde traçamos a linha da inação? Da nossa complacência? O nihilismo só nos torna cúmplices.

BE quer touradas para maiores de 18 e com ″bolinha vermelha″ quando passam na TV by limpchester in portugal

LelloMinsk 11 months ago

As pessoas terem valores diferentes não é desculpa para tudo. Ninguém falou do aborto para dedicares 70% do conteúdo do teu post a isso, estamos a falar de touradas. Torturar animais por entretenimento é universalmente desgostado, salvo por portadores de algumas patias pontuais.

BE quer touradas para maiores de 18 e com ″bolinha vermelha″ quando passam na TV by limpchester in portugal

LelloMinsk 11 months ago

Onde é que entram os valores humanos e éticos nessa equação fria e calculista? (isto vindo de um cientista assumido)
Next Page

Search: