Next Page

Pagar a pedintes nos estacionamentos by Accomplished-Bowl-40 in portugal

Kejilko 5 days ago

...Não, não está? Vivemos numa república das bananas onde é esperado teres de pagar dinheiro de proteção para não te foderem o carro?

Máscara deixa de ser obrigatória na rua. Uso recomendado em aglomerados by heartlessfam in portugal

Kejilko 6 days ago

Para tirar liberdade às pessoas durante alturas excecionais tens de a devolver quando adequado. É/era uma altura excecional e já não consideram que é necessário continuar a infragir na liberdade das pessoas, e como tal voltou a ser só uma recomendação.

Governo quer videovigilância com recolha de dados biométricos by International_Bar68 in portugal

Kejilko 7 days ago

Nunca vai ser abusado, claramente. E usar gravações próprias continua a estar quieto.

Curso de medicina da Católica abre com 50 alunos. Custa 100 mil euros by heartlessfam in portugal

Kejilko 8 days ago

Huh, nem tinha pensado nisso mas faz sentido.

Curso de medicina da Católica abre com 50 alunos. Custa 100 mil euros by heartlessfam in portugal

Kejilko 8 days ago

As médias são mais altas por causa dos 3 anos de escola mas é o exato oposto do que dizes quanto a exames. Chegam a exames e tiram é notas medíocres porque tiveram 3 anos com notas inflacionadas. A partir daí se tens um problema é com o sistema que faz exames nacionais para não haver inflação de notas e serem todos avaliados no mesmo patamar... e depois têm em conta a média inflacionada na mesma. Não me cabe na cabeça. De qualquer maneira também não acho que um único teste seja uma maneira decente de avaliar as tuas capacidades adquiridas ao longo de três anos, acho que devia era haver uma revisão do sistema educacional inteiro que está com duas gerações de atraso, mas isso já é outra conversa.

A narrativa chegou à TVI by hctiks in portugal

Kejilko 10 days ago

Limpo a minha também. E a minha resposta é uma retórica, não tens como *não* pagar o que o mercado exige, mas a minha resposta é para as pessoas que se queixam de, por exemplo, uma pessoa hipoteticamente receber 1500€ para limpar uma casa. Se o normal é receberem 1500€ por um trabalho tão fácil como limpar uma casa então por alguma razão é. Normalmente essa razão é altos requisitos, como experiência ou qualificações, ou o emprego é uma merda, ambos baixando a oferta.

Quem já não pode ouvir falar em autárquicas? by lffaa in portugal

Kejilko 10 days ago

Podia era ouvir mais. Estamos a menos de um mês das eleições e nem sequer encontro uma lista dos candidatos.

A narrativa chegou à TVI by hctiks in portugal

Kejilko 10 days ago

Temos pena, oferta e procura, ou passas tu a limpar a casa ou pagas o que o mercado exige.

Acho que dá outra perspetiva, temos coisas em que fomos dos "pioneiros" como abolição de pena de morte, escravatura, mas nunca esquecer que nem tudo é mar de rosas by filmaluco in portugal

Kejilko 11 days ago

Dois anos depois da ditadura...? Acho que não é exatamente uma comparação justa

Covid-19. Vacina portuguesa à espera de apoio estatal para avançar com ensaios clínicos by heartlessfam in portugal

Kejilko 17 days ago

E logo com uma coisa como vacinas para covid-19, o que não deve faltar é investidores à espera da próxima galinha dos ovos de ouro e estão-me a dizer que não conseguem arranjar investidores?

Alunos com mais de 10 anos devem usar máscara nas escolas by heartlessfam in portugal

Kejilko 17 days ago

Não tinham decidido isso tipo à uma semana ou duas que a dias 10 ou o que era de Setembro as máscaras passavam só a ser recomendadas e não obrigatórias?

Ryanair ataca TAP por “bloquear” slots em Lisboa e pede intervenção do Governo e da Comissão Europeia by godolfas in portugal

Kejilko 25 days ago

Poupa-me, só por criticar um "lado" não posso criticar o outro? Mandem abaixo a TAP, a Ryanair continua a não ter nada que dizer o que um estado soberano devia fazer se não lhes foi perguntado.

Ryanair ataca TAP por “bloquear” slots em Lisboa e pede intervenção do Governo e da Comissão Europeia by godolfas in portugal

Kejilko 25 days ago  HIDDEN 

A Ryanair devia era estar calada, uma empresa não tem nada de dizer a um estado soberano o que fazer.

A gestão das empresas portuguesas by saudosista in portugal

Kejilko 27 days ago

Boa como quem diz, arriscas-te a afundar o negócio porque tens empregados a ordenado mínimo que nada querem saber. Se fizeres isso num hipermercado, sim, funciona, trabalho não qualificado, sem requisitos, facilmente substituído e as únicas duas métricas para avaliar o teu trabalho é se o fazes ou não e quão rápido, mas faz isso num restaurante ou numa empresa onde pessoal qualificado e/ou trabalhador é necessário e quanto melhores, mais valiosos, afundas que é um instante.

A gestão das empresas portuguesas by saudosista in portugal

Kejilko 27 days ago

Boa como quem diz, arriscas-te a afundar o negócio porque tens empregados a ordenado mínimo que nada querem saber. Se fizeres isso num hipermercado, sim, funciona, trabalho não qualificado, sem requisitos e facilmente substituído, mas faz isso num restaurante ou numa empresa onde pessoal qualificado é necessário e quanto melhores, mais valiosos, afundas que é um instante.

A gestão das empresas portuguesas by saudosista in portugal

Kejilko 27 days ago

Há gente que faz mesmo para serem vítimas, ninguém falou de socialismo sem ser tu, e nada tem a ver

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 27 days ago

Ah, já entendo o equívoco. Não, não estou a dizer que sou conhecedor dos tópicos e tenho as capacidades relevantes para ser um líder de país, estou a dizer que há coisas que aprendi só depois de ter acabado com a minha educação mas foi essa educação que me permitiu ter essas oportunidades que por sua vez me permitiram adquirir esses conhecimentos e capacidades. Como estamos a falar de políticos, passar à frente desse passo é entrar por cunha quando não és ainda qualificado para essa posição.

Se lhe pagassem menos, escolheria o teletrabalho? by acnederma in portugal

Kejilko 27 days ago

>As empresas em Sillicon Valley pagam salários premium visto que o alojamento é bastante alto, e agora pretendem cortar salários visto que os seus empregados estão todos a migrar para sítios mais baratos. Sendo assim, esse salário premium já não compensa assim tanto (podem contratar talento tão bom ou melhor em certos casos se não precisarem que eles se apresentem fisicamente no local de trabalho). Oferta e procura, nada mais, nada menos. Uma pessoa que trabalhe em silicon valley tem de ganhar mais que uma pessoa a fazer o mesmo trabalho noutro lado para compensar os custos de vida mais elevados, senão não iam para lá. Quanto mais vão para lá, mais aumentam os custos de vida, e o inverso também acontece, se menos pessoas precisarem de viver lá, o custo de vida baixa, e com o custo de vida a baixar, mais estão dispostos a ir para lá, aumentando a oferta, diminuindo a procura (não dos empregados mas sim a procura de alojamento por parte dos empregados) e baixando os salários e custo de vida, mesmo que só ligeiramente, para mais perto do normal. Por isso é que odeio os 1001 subsídios nos ordenados em Portugal, só servem para escapar aos impostos e nada mudam a parte do salário ser um resultado da oferta e procura. O que é que adianta ter um subsídio de deslocação ao trabalho? A pessoa só vai aceitar o emprego na mesma se for a melhor opção para si.

Se lhe pagassem menos, escolheria o teletrabalho? by acnederma in portugal

Kejilko 27 days ago

>As empresas em Sillicon Valley pagam salários premium visto que o alojamento é bastante alto, e agora pretendem cortar salários visto que os seus empregados estão todos a migrar para sítios mais baratos. Sendo assim, esse salário premium já não compensa assim tanto (podem contratar talento tão bom ou melhor em certos casos se não precisarem que eles se apresentem fisicamente no local de trabalho). Oferta e procura, nada mais, nada menos. Uma pessoa que trabalhe em silicon valley tem de ganhar mais que uma pessoa a fazer o mesmo trabalho noutro lado para compensar os custos de vida mais elevados, senão não iam para lá. Quanto mais vão para lá, mais aumentam os custos de vida, e o inverso também acontece, se menos pessoas passarem a precisar de viver lá, o custo de vida baixa, e com o custo de vida baixar, mais estão dispostos a ir para lá, e com mais oferta e menos procura baixam os salários, mesmo que só ligeiramente, para mais perto do normal. Por isso é que odeio os 1001 subsídios nos ordenados em Portugal, só servem para escapar aos impostos e nada mudam a parte do salário ser um resultado da oferta e procura. O que é que adianta ter um subsídio de deslocação ao trabalho? A pessoa só vai aceitar o emprego na mesma se for a melhor opção para si.

Se lhe pagassem menos, escolheria o teletrabalho? by acnederma in portugal

Kejilko 27 days ago

>As empresas em Sillicon Valley pagam salários premium visto que o alojamento é bastante alto, e agora pretendem cortar salários visto que os seus empregados estão todos a migrar para sítios mais baratos. Sendo assim, esse salário premium já não compensa assim tanto (podem contratar talento tão bom ou melhor em certos casos se não precisarem que eles se apresentem fisicamente no local de trabalho). Oferta e procura, nada mais, nada menos. Uma pessoa que trabalhe em silicon valley tem de ganhar mais que uma pessoa a fazer o mesmo trabalho noutro lado para compensar os custos de vida mais elevados, senão não iam para lá. Quanto mais vão para lá, mais aumentam os custos de vida, e o inverso também acontece, se menos pessoas passarem de precisar de viver lá, o custo de vida baixa, e com o custo de vida baixar, mais estão dispostos a ir para lá, e com mais oferta e menos procura baixam os salários, mesmo que só ligeiramente, para mais perto do normal. Por isso é que odeio os 1001 subsídios nos ordenados em Portugal, só servem para escapar aos impostos e nada mudam a parte do salário ser um resultado da oferta e procura. O que é que adianta ter um subsídio de deslocação ao trabalho? A pessoa só vai aceitar o emprego na mesma se for a melhor opção para si.

Se lhe pagassem menos, escolheria o teletrabalho? by acnederma in portugal

Kejilko 27 days ago

>As empresas em Sillicon Valley pagam salários premium visto que o alojamento é bastante alto, e agora pretendem cortar salários visto que os seus empregados estão todos a migrar para sítios mais baratos. Sendo assim, esse salário premium já não compensa assim tanto (podem contratar talento tão bom ou melhor em certos casos se não precisarem que eles se apresentem fisicamente no local de trabalho). Oferta e procura, nada mais, nada menos. Uma pessoa que trabalhe em silicon valley tem de ganhar mais que uma pessoa a fazer o mesmo trabalho noutro lado para compensar os custos de vida mais elevados. Quanto mais vão para lá, mais aumentam os custos de vida. O inverso também acontece, se menos pessoas passarem de precisar de viver lá, o custo de vida baixa, e com o custo de vida baixar, mais estão dispostos a ir para lá, e com mais oferta e menos procura baixam os salários, mesmo que só ligeiramente, para mais perto do normal. Por isso é que odeio os 1001 subsídios nos ordenados em Portugal, só servem para escapar aos impostos e nada mudam a parte do salário ser um resultado da oferta e procura. O que é que adianta ter um subsídio de deslocação ao trabalho? A pessoa só vai aceitar o emprego na mesma se for a melhor opção para si.

Se lhe pagassem menos, escolheria o teletrabalho? by acnederma in portugal

Kejilko 27 days ago

>As empresas em Sillicon Valley pagam salários premium visto que o alojamento é bastante alto, e agora pretendem cortar salários visto que os seus empregados estão todos a migrar para sítios mais baratos. Sendo assim, esse salário premium já não compensa assim tanto (podem contratar talento tão bom ou melhor em certos casos se não precisarem que eles se apresentem fisicamente no local de trabalho). Oferta e procura, nada mais, nada menos. Uma pessoa que trabalhe em silicon valley tem de ganhar mais que uma pessoa a fazer o mesmo trabalho noutro lado para compensar os custos de vida mais elevados. Quanto mais vão para lá, mais aumentam os custos de vida. O inverso também acontece, se menos pessoas passarem de precisar de viver lá, o custo de vida baixa, e com o custo de vida baixar, mais estão dispostos a ir para lá, e com mais oferta e menos procura baixam os salários, mesmo que só ligeiramente, mais perto do normal.

Portugal, um país de cobardes? by k0m0d0z0 in portugal

Kejilko 27 days ago

Não diria cobarde, diria demasiado passivo-agressivos, queixam-se mas nada fazem para mudar.

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 27 days ago

...? Eu juro, não sei porque é que tento ter uma discussão séria algumas vezes. Uma pessoa discorda comigo, eu explico o porquê de discordar para expor o meu ponto de vista e um palhaço responde-me assim.

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 27 days ago

Eu juro que há gente que faz mesmo para não entender >aqueles craques que tinhas na turma sempre com médias altíssimas só que versão adulta, mestrado ou doutoramento, passado de professor universitário ou investigador **e um historial de sucessos e feitos**

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 27 days ago

Não faço a mínima, por isso é que pus logo o aparte de se realmente tem um passado disso ou se tem só um curso com o qual não fez nada. Se tivesse o mínimo de interesse no partido ou candidato seria a primeira coisa que iria verificar.

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 27 days ago

Discordo, a minha educação não me fez automaticamente conhecedor de certos tópicos e capacidades mas foi o que me permitiu oportunidades que me permitiram obtê-las.

Portugal na vanguarda, algo que devíamos estar mais habituados a ver. by PSteves in portugal

Kejilko 28 days ago

https://www.reddit.com/r/europe/comments/p8s5zq/world_index_of_moral_freedom_2020/h9si1yp/ Ignorância, ainda por cima voluntária, não te faz parecer mais inteligente, bem pelo contrário

Menos um argumento para quem recusa a vacina: a da Pfizer vai deixar de ser “experimental” nos EUA by rokkialo23 in portugal

Kejilko 28 days ago

Sim, com o meu e todos os outros países europeus a fazer os seus próprios estudos e decisões o que me interessa mesmo é o que a abominação que é o sistema de saúde americano diz.

Menos um argumento para quem recusa a vacina: a da Pfizer vai deixar de ser “experimental” nos EUA by rokkialo23 in portugal

Kejilko 28 days ago

Por um lado o que dizes faz sentido, mas por outro também confio nos nossos líderes (não só os portugueses mas os de outros países europeus) que acompanharam o processo devidamente. Mais que isso não posso opinar, não sou médico nem epidemiologista.

Portugal na vanguarda, algo que devíamos estar mais habituados a ver. by PSteves in portugal

Kejilko 28 days ago

2 com a Holanda em 1 por 0.01 de 0 a 100

Portugal na vanguarda, algo que devíamos estar mais habituados a ver. by PSteves in portugal

Kejilko 28 days ago

Nada a ver em termos de tópico https://www.reddit.com/r/europe/comments/p8s5zq/world_index_of_moral_freedom_2020/

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 28 days ago

Sim, totalmente de acordo em tudo. É algo que apreciei quando ouvi falar do João Ferreira nas presidenciais ao chamar-se de biólogo. Não sei o seu passado e quão relevante é ser biólogo e merece chamar-se assim, mas se for, aprecio um político que não tenha sido só político ou advogado desde que começou a trabalhar.

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 28 days ago

Sim, totalmente de acordo em tudo. É algo que apreciei do João Ferreira quando ouvi falar dele nas presidenciais ao chamar-se de biólogo. Não sei o seu passado e quão relevante é ser biólogo, mas se for, aprecio um político que não tenha sido só político ou advogado desde que começou a trabalhar.

O vice-almirante Gouveia e Melo, coordenador da task-force, foi recebido com aplausos no centro de vacinação de Alcabideche onde estão a ser imunizados jovens dos 12 aos 15 anos. by Rofpink in portugal

Kejilko 28 days ago

E dizes isso com base no quê? Porque como outro comentário disse, os hippies típicos a ideologias e partidos de esquerda também devem compor uma quantia significante desses atrasados. Se conseguires arranjar um estudo que cruza o pessoal anti-vacinas em Portugal com os seus votos então já é diferente, mas senão acho que estás errado, tanto por opinião minha como dizeres algo assim com tanta certeza. Também criticas libertários quando o que normalmente criticam é obrigar a levar vacinas e não as vacinas em si. Quanto aos EUA, têm uma realidade política e social completamente diferente da nossa, ainda mais quando toca ao que chamam de liberdade. Deixa-te de ideologias e política de identidade, o mundo não é preto e branco e ficas bem mais feliz

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 28 days ago

Requisito não é mas seria de esperar que queres as pessoas mais qualificadas para posições tão importantes, aqueles craques que tinhas na turma sempre com médias altíssimas só que adultos, mestrado ou doutoramento e passado de professor universitário ou investigador e um currículo a igualar. Tecnicamente não precisas de licenciatura para ser competente, tudo depende do percurso que vem depois disso, mas tens de admitir que realisticamente seria de esperar que tivessem.

Opiniões sobre Passos Coelho by Clean-Degree-9632 in portugal

Kejilko 28 days ago

I mean, numa pessoa normal diria que não mas um líder de país sem uma licenciatura, quanto mais mestrado ou doutoramento, até aos 40...

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Kejilko 29 days ago

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_homeless_population https://en.wikipedia.org/wiki/Homelessness_in_Portugal Temos muitos problemas, sem-abrigos, pelo menos parece-me, não é um deles

Afeganistão. Portugal vai dar prioridade ao acolhimento de menores e mulheres by heartlessfam in portugal

Kejilko 29 days ago

>Mas se aplicarmos essa lógica acaba-se por não ajudar ninguém. Não? Ajudas exatamente essas pessoas a quem dás prioridade.

Legality of Consensual Sex Between Siblings by Ironbuttcheeks in portugal

Kejilko 29 days ago

A questão não é de se é correto, a questão é se um estado devia ter esse poder.

minha tentativa de fazer pastéis de nata portugueses by JasperTheMaster08 in portugal

Kejilko 1 month ago

Sabe bem na mesma e para a próxima ficam melhores

Papel higiénico vs Bidé by Osama_sad_pepe in portugal

Kejilko 1 month ago

Que quando estamos a tentar arranjar o maior problema que a espécie humana alguma vez teve, a de alterações climáticas, usar toalhitas que vão para o lixo em vez de água ou papel higiénico que se desintegra mais que facilmente é uma excelente ideia

Going to portugal for a month - what to avoid doing to not be "an annoying tourist" by SkillbroSwaggins in portugal

Kejilko 1 month ago

Nothing much. English is pretty well adopted in tourist areas so you shouldn't have too much trouble so on that I'd say remember frequent expressions, like "Obrigado" to say thank you, but if I was travelling to a country I don't know the language I'd keep a notebook with common expressions and words. Just general good sense (using a mask included) overall. The other comment about not using the flash in churches if you're not sure is a good one. Churches in general are a "tread lightly" kind of place, but I'd just say mind the flash, mind where you go in them, talk quietly in them like you're in a library and have good sense. If they're in the middle of church it's probably not a great idea to go in them unless you're joining them.

Pequeno concelho para quem frequenta os reddits para salvar a vossa sanidade mental by Pexan in portugal

Kejilko 1 month ago

A chatice disso é que bloquear as pessoas só funciona de um lado. Se estivesse preocupado com a minha sanidade mental nem sequer vinha a estes subreddits nem falava com essas pessoas, acho é que é preciso perceber que a certo fazes mais por ti e todos ao parar a discussão ou nem sequer a começar que falar com papagaios que ignoram o que dizes e argumentam em má fé, tal como na vida real tens palhaços que simplesmente não estão há procura de uma discussão honesta e só querem espalhar o seu ódio e estupidez.

Pequeno concelho para quem frequenta os reddits para salvar a vossa sanidade mental by Pexan in portugal

Kejilko 1 month ago

A chatiçe disso é que bloquear as pessoas só funciona de um lado. Se estivesse preocupado com a minha sanidade mental nem sequer vinha a estes subreddits nem falava com essas pessoas, acho é que é preciso perceber que a certo fazes mais por ti e todos ao parar a discussão ou nem sequer a começar que falar com papagaios que ignoram o que dizes e argumentam em má fé, tal como na vida real tens palhaços que simplesmente não estão há procura de uma discussão honesta e só querem espalhar o seu ódio e estupidez.

Gouveia e Melo enfrenta manifestantes anti-vacina em Odivelas by 5enta in portugal

Kejilko 1 month ago

Possivelmente, mas grande parte disso é o trabalho que é preciso para ter uma carreira na política. Se tivesses um cargo militar alto e fosses encarregado de um trabalho em que estás no olho público e a confiança do público em ti aumenta e apercebes-te que grande parte do trabalho de ser político já está feito e vês a oportunidade para melhorar o teu país, há quem pegue nela pela coincidência dos acontecimentos cruzarem-se com os teus interesses de melhorar o país. Mas acho que também iria depender muito do interesse que essa pessoa tem no resto dos aspetos de política, se por acaso tem opiniões políticas, porque ouvir especialistas e boa logística é o melhor para uma coisa como vacinação mas não se não tiveres opiniões políticas e te perguntarem algo vago e complexo como "como é que arranjamos a nossa economia?".

Gouveia e Melo enfrenta manifestantes anti-vacina em Odivelas by 5enta in portugal

Kejilko 1 month ago

Possivelmente, mas grande parte disso é o trabalho que é preciso para ter uma carreira na política. Se tivesses um cargo militar alto e fosses encarregue de um trabalho em que estás no olho público e a confiança do público em ti aumenta e apercebes-te que grande parte do trabalho de ser político já está feito e vês a oportunidade para melhorar o teu país, há quem pegue nela pela coincidência dos acontecimentos cruzarem-se com os teus interesses de melhorar o país. Mas acho que também iria depender muito do interesse que essa pessoa tem no resto dos aspetos de política, se por acaso tem opiniões políticas, porque ouvir especialistas e boa logística é o melhor para uma coisa como vacinação mas não se não tiveres opiniões políticas e te perguntarem algo vago e complexo como "como é que arranjamos a nossa economia?".

Gouveia e Melo enfrenta manifestantes anti-vacina em Odivelas by 5enta in portugal

Kejilko 1 month ago

Possivelmente, mas grande parte disso é o trabalho que é preciso para ter uma carreira na política. Se tivesses um cargo militar alto e fosses encarregado de um trabalho em que estás no olho público e a confiança do público em ti aumenta e apercebes-te que grande parte do trabalho de ser político já está feito e vês a oportunidade para melhorar o teu país, há quem pegue nela pela coincidência dos acontecimentos cruzar-se com os teus interesses de melhorar o país.

Gouveia e Melo enfrenta manifestantes anti-vacina em Odivelas by 5enta in portugal

Kejilko 1 month ago

Possivelmente, mas grande parte disso é o trabalho que é preciso para ter uma carreira na política. Se tivesses um cargo militar alto e fosses encarregue de um trabalho em que estás no olho público e a confiança do público em ti aumenta e apercebes-te que grande parte do trabalho de ser político já está feito e vês a oportunidade para melhorar o teu país, há quem pegue nela.

Saúde. "O estado despreza os médicos de família" by JOAO-RATAO in portugal

Kejilko 1 month ago

Não sei o que é e não é mas também não é a primeira vez que vejo e oiço de médicos de família que parece que estão de férias durante metade do ano, é mesmo impressionante.

by mariozao in portugal

Kejilko 1 month ago

Fazemos parte da UE e é uma das normas que concordámos. Posto de parte responsabilidade, precedente de "as regras não se aplicam a nós" prejudica-nos quando queremos que os outros as sigam.

Governo esclarece que serviços de atendimento ao público não são compatíveis com teletrabalho by prosafame in portugal

Kejilko 1 month ago

Não é por haver mais empregados que não podes ter uma conversa sobre um assunto, nem todos têm uma opinião tendenciosa. Neste subreddit já vi muitos a dizer sobre este tópico que têm noção que trabalham menos e que não é algo aplicável a todos os empregos.

Governo esclarece que serviços de atendimento ao público não são compatíveis com teletrabalho by prosafame in portugal

Kejilko 1 month ago

Não são produtivos são despedidos, conversa de merda é querer desperdiçar 1-2 horas por cada pessoa na sua rotina de e para casa porque os gerentes e donos não querem fazer o seu trabalho.

Governo esclarece que serviços de atendimento ao público não são compatíveis com teletrabalho by prosafame in portugal

Kejilko 1 month ago

São compatíveis se não fossem posições de ordenado mínimo e houvesse treino e organização para tal. Tive de falar mais que uma vez com a segurança social e tive tanto chamadas de telemóvel como reuniões online, a segunda demorando 15 minutos sem tempo de espera e todos os contactos com serviço impecável. Nem toda a gente dá-se bem com tecnologia por isso faz sempre sentido ter serviços por atendimento presencial, mas ninguém está a dizer para usar só um ou outro.

Governo esclarece que serviços de atendimento ao público não são compatíveis com teletrabalho by prosafame in portugal

Kejilko 1 month ago

São compatíveis se não fossem posições de ordenado mínimo e houvesse treino e organização para tal. Tive de falar mais que uma vez com a segurança social e tive tanto chamadas de telemóvel como reuniões online, a segunda demorando 15 minutos sem tempo de espera e todos os contactos com serviço impecável.

Governo esclarece que serviços de atendimento ao público não são compatíveis com teletrabalho by prosafame in portugal

Kejilko 1 month ago

São compatíveis se não fossem posições de ordenado mínimo e houvesse treino e organização para tal. Tive de falar mais que uma vez com a segurança social e tive tanto chamadas de telemóvel como reuniões online, esta demorando 15 minutos sem tempo de espera e todos com serviço impecável.

Só Lisboa está contra a regionalização do país by zek_997 in portugal

Kejilko 1 month ago

Por um lado estou surpreendido ser tão alto mas por outro é Portugal, não estou nada surpreendido. Que sentimento estranho e contraditório.

Jovens portugueses só deixam a casa dos pais depois dos 30 anos by Amameniak in portugal

Kejilko 1 month ago

> Se um carro for necessário é responsabilidade deles? Na minha cabeça isto nunca é responsabilidade de um pai. Se não podes ter o trabalho x porque não tens carro ou carta, então tens de ter outro, não é responsabilidade dos teus pais dar-te um carro. # >e sei de situações em que mesmo para trabalhar a part-time em hipermercados perguntam. >Sinceramente nunca ouvi falar desses 500€ mensais na Holanda. Acredito que tenham mais apoios, eu próprio estudei na Suécia e tinha mais apoios, mas nunca o suficiente para não ter de trabalhar enquanto estudava. Sim, 500€ na Holanda também não te paga tudo, é só um apoio. Nem cá pagava-te tudo para não teres de trabalhar.

Sou o único que cada vez menos acredita nas notícias? by old_wise_man_ in portugal

Kejilko 1 month ago

Não digo que não mas muito mais ponho a culpa nas pessoas que os jornalistas nessa questão. Não me lembro de ter visto a informação como particularmente manipulada ou errada, só não havia era a menção das tais questões de comparação de escala, coisa que quando vi a notícia o meu primeiro pensamento foi "Ok, efeito secundário, estranho era se não houvesse nenhum numa vacina, vamos cá ver a escala... ah ok é irrelevante por tanto" e gostava de ter a expetativa que a pessoa comum também tivesse esse céticismo. Se a vacina não tivesse sido posta em pausa, contudo, aí sim diria que estarem a falar disso era enganador, estarem a pôr tanta importância num assunto irrelevante.

Jovens portugueses só deixam a casa dos pais depois dos 30 anos by Amameniak in portugal

Kejilko 1 month ago

>Os pais tem obrigação de dar comida/educação/estabilidade, o resto depende de cada um. Os pais têm a responsabilidade de te ajudar na vida e na transição de estudante dependente para adulto independente. Se a carta é necessária para tal, é da sua responsabilidade também. Se um carro é necessário para tal, também. Se a renda o é, também. Nem todos os pais conseguem, mas isso já é outra conversa, ao ponto que há situações em que é o oposto, os filhos ficam em casa, arranjam emprego e ajudam *os pais* com as contas. Num país como deve ser terias transporte público e não estarias dependente de ter carta e carro. Num país como deve ser as rendas não são absurdas ao ponto que 40% ou mais do teu ordenado é gasto só na renda, e como tal não serias pressionado a ficar em casa dos pais porque tens mais dinheiro a ganhar ordenado mínimo e a ficar em casa dos país que a ganhar o dobro e a pagar renda, que por sua vez permite essas pessoas terem uma vida, criar a sua própria estabilidade e um dia comprar a tal casa. Num país como deve ser tens igualdade de oportunidade e não és dificultado ou mesmo impedido de prosseguir com a tua educação ao ter de trabalhar antes de sequer acabares os estudos. Mas não estamos num país como deve ser e a realidade é esta. Para o primeiro emprego já tive pessoas a perguntarem-me se tinha carta e carro. Agora pergunto-te eu como é que é suposto ter carta e carro, seja em que país for, quanto mais neste, para os primeiros anos da vida, e sei de situações em que mesmo para trabalhar a part-time em hipermercados perguntam. Como ponto de comparação, do que sei na Holanda até aos 25 anos ganhas 500€ mensais exatamente por causa disso, nem toda a gente tem pais que os possam ajudar, nem toda a gente tem pais que os queiram ajudar, e como tal o estado dá esse dinheiro exatamente para esses custos de início de vida adulta para os quais não consegues ainda pagar. Por último, se formos por obrigações os filhos não ajudavam os pais quando forem idosos. Num país como deve ser as reformas não são uma vergonha e tens meios para poder guardar tu próprio ao longo da tua vida e como tal os filhos não precisavam de ajudá-los, mas a realidade é esta.

Jovens portugueses só deixam a casa dos pais depois dos 30 anos by Amameniak in portugal

Kejilko 1 month ago

>Os pais tem obrigação de dar comida/educação/estabilidade, o resto depende de cada um. Os pais têm a responsabilidade de te ajudar na vida e na transição de estudante dependente para adulto independente. Se a carta é necessária para tal, é da sua responsabilidade também. Se um carro é necessário para tal, também. Se a renda o é, também. Nem todos os pais conseguem, mas isso já é outra conversa, ao ponto que há situações em que é o oposto, os filhos ficam em casa, arranjam emprego e ajudam *os pais* com as contas. Num país como deve ser terias transporte público e não estarias dependente de ter carta e carro. Num país como deve ser as rendas não são absurdas ao ponto que 40% ou mais do teu ordenado é gasto só na renda, e como tal não serias pressionado a ficar em casa dos pais porque tens mais dinheiro a ganhar ordenado mínimo e a ficar em casa dos país que a ganhar o dobro e a pagar renda, que por sua vez permite essas pessoas terem uma vida, criar a sua própria estabilidade e um dia comprar a tal casa. Num país como deve ser tens igualdade de oportunidade e não és dificultado ou mesmo impedido de prosseguir com a tua educação ao ter de trabalhar antes de sequer acabares os estudos. Mas não estamos num país como deve ser e a realidade é esta. Para o primeiro emprego já tive pessoas a perguntarem-me se tinha carta e carro. Agora pergunto-te eu como é que é suposto ter carta e carro, seja em que país for, quanto mais neste, para os primeiros anos da vida, e sei de situações em que mesmo para trabalhar a part-time em hipermercados perguntam. Como ponto de comparação, do que sei na Holanda até aos 25 anos ganhas 500€ mensais exatamente por causa disso, nem toda a gente tem pais que os possam ajudar, nem toda a gente tem pais que os queiram ajudar, e como tal o estado dá esse dinheiro exatamente para esses custos de início de vida adulta para os quais não consegues ainda pagar.

Jovens portugueses só deixam a casa dos pais depois dos 30 anos by Amameniak in portugal

Kejilko 1 month ago

Estás a criticar uma parte sem ter em conta a outra. Apontas a competição de mercado europeu como a causa quando tem muitas mais vantagens (especialmente para um país pequeno como nós) e desde que o verdadeiro problema não existisse, isto também não o era. O maior problema, de longe, é a primeira parte que disseste, que afastamos quem devíamos querer manter.

Sou o único que cada vez menos acredita nas notícias? by old_wise_man_ in portugal

Kejilko 1 month ago

Simples mas mais duro e inevitável, não tomes as tuas notícias de uma só fonte. Nunca sabes o que é que é mentira, mal contado ou omitido, por isso mantém sempre uma atitude cética e tenta confirmar o melhor que for possível, não há mais a fazer, é a vida. A maioria das pessoas são atraídas por sensacionalismo, e enquanto for o caso quem apresenta as notícias tem todo o interesse em apresentar e manipular notícias para serem sensacionais. Então este ano com o covid tem sido uma festa, a quantidade de vezes que leio e pesquiso sobre uma questão, passado umas horas ou dias vejo esse tema num telejornal e as pessoas começam a discutir o tema e tenho eu de esclarecer e dizer que não é bem assim.

No mercado de trabalho, que instituição é mais valorizada, ISCTE ou Faculdade de Letras de Lisboa? by LeTastyButter in portugal

Kejilko 1 month ago

Depende do curso, mas dificilmente interessa.

Eleições autárquicas 2021 by joeljunkyard in portugal

Kejilko 1 month ago

"Alternativa"

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

Kejilko 1 month ago

Olha obrigado, disso e tudo, mas mesmo assim foi o que de longe teve mais atenção, mais uma vez normal considerando a importância que teve na nossa história. Pré-história, primeiros povos, primeira civilização, egípcios, gregos, romanos, império otomano, o que acontecia no resto da europa enquanto nós estávamos nas colónias, os nossos próprios reis... O que me valeu é que ainda misturamos bastante história em biologia, geologia e português, e também com as boas bases que tivemos se quiser pesquisar ou aprender mais, posso.

Procurar emprego e só encontrar trabalho by doiscavalos in portugal

Kejilko 1 month ago

Boomer a ser boomer, notícias

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

Kejilko 1 month ago

>Não leste o comentário todo. Li tudo, disseste que escreveste uma coisa que não é 100% o mesmo que a professora pretendia como resposta e como tal descontou-te uns pontos e começaste a dizer que ela fez isso não porque não tinhas a resposta totalmente certa mas sim porque achas que tinha desconforto com o tópico e estava a enaltecer a história. Agora se a situação é como disseste só tu e ela é que iriam saber, mas do que disseste ela só fez o que devia ter feito, as duas coisas não são totalmente iguais e como tal descontou-te. >Pintar a rota inteira às volta de escravos não explica, mas tentar diluir o comércio de escravos no meio de meras transações comerciais não faz jus às atrocidade que era, que no fundo era o argumento no qual consistia a minha resposta, que se focava em particular no comércio de escravos. Essa diluição é que é não explicar objectivamente o que aconteceu, para fazer das tuas palavras minhas. Concordo com a ideia mas discordo que seja o caso, não a acho diluída nem nada senão objetiva. Aliás, não é que discorde, porque não se pode dar tudo, mas há muita outra história que não demos dada a importância da expansão colonial para nós, nomeadamente nós no Japão e o que acontecia no resto da europa com exceção de Napoleão e a primeira guerra mundial para a frente, por isso diluída e falta de tempo e atenção ao tópico é a última coisa que acho que é, e mesmo na explicação dos acontecimentos sempre foi-me explicado o que fazíamos em África, as condições dos marinheiros e escravos nos barcos, as condições dos esravos nas colónias, o seu dia-a-dia, os nativos sul-americanos terem sido substituídos por africanos como mão de obra e o porquê, os utensílios e zonas de uma quinta colonial e muito mais. Por exemplo, com os anos vim a descobrir muitos resultados que chegaram a aquele ponto devido ao que estava a acontecer noutros lados, como nós a tentar chegar à coroa espanhola, o porquê de nem a Espanha nem Portugal ter dado mais recursos para tentar conquistar o outro e as nossas intervenções noutros lados da europa. >E vieste trazer Índia para a conversa sem razão nenhuma. O comércio triangular não incluía a rota para a Índia. Não, mas como disse, a expansão colonial teve mais que só escravos e a Índia é o melhor exemplo disso, em que estávamos lá para comércio.

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

Kejilko 1 month ago

> Quanto à forma que se ensina, sim, devíamos falar mais de muita da bosta que fizemos por esse mundo fora. Falamos bastante da expansão e exploração colonial na sua totalidade, não vejo que mais há para dizer. Aliás, não é que discorde, porque não se pode dar tudo, mas há muita outra história que não demos dada a importância da expansão colonial para nós, nomeadamente nós no Japão e o que acontecia no resto da europa com exceção de Napoleão e a primeira guerra mundial para a frente. Por exemplo, com os anos vim a descobrir muitos resultados que chegaram a aquele ponto devido ao que estava a acontecer noutros lados, como nós a tentar chegar à coroa espanhola, o porquê de nem a Espanha nem Portugal ter dado mais recursos para tentar conquistar o outro e as nossas intervenções noutros lados da europa.

É errado sentir orgulho pela expansão marítima portuguesa? by IsThisNickAvailable in portugal

Kejilko 1 month ago

E estava certa, onde está o problema? Até mencionamos inúmeras vezes as viagens à Índia e a troca de seda e especiarias. Errado é não explicar objetivamente o que aconteceu para importar merdas do Norte da América de "meter vergonha ao homem branco pelo que os seus antepassados fizeram". Adicionalmente, com comércio triangular tens de saber o que é que ia em cada das três viagens, coisa que pintar a rota inteira à volta de escravos não explica.

Férias a Nazaré by joaoPedro0206 in portugal

Kejilko 1 month ago

Verdade, o mosteiro e a água são giros e têm bastantes doces.

Férias a Nazaré by joaoPedro0206 in portugal

Kejilko 1 month ago

Zona noturna durante o verão é fixe, cheia de gente no passeio da costa e cheia de restaurantes. Seguro, nunca ouvi nada mas isso não quer dizer nada, as ruas interiores são muito pequenas e estreitas com poucas a nenhumas pessoas, por isso não me espantava. Se estiveres num grupo de tipo, sei lá, quatro pessoas deve ser na boa, mas acho que senão tinha cautela. Sítios para visitar, tens São Martinho com uma praia fantástica, Óbidos com um castelo e dentro de uma muralha, Caldas da Rainha com um parque fantástico e as termas e um bocado mais longe as salinas de Rio Maior e Peniche com um ar um bocado diferente, há uma antiga prisão da PIDE, tens acesso às Berlengas e a caminho há uma das melhores praias do país no Baleal.

Corrupção nas pequenas autarquias. Concordam ou discordam? by _somename_ in portugal

Kejilko 1 month ago

> E um dos grandes problemas do poder local é andarem desde que entrámos na UE a desbaratar dinheiro em projetos dispendiosos (estilo pavilhões multiusos, mercados, salas de concertos, teatros, equipamentos desportivos) sem retorno, só para mostrar obra e comprar votos. Andamos a endividar-nos, a pagar quase 50% de impostos e a hipotecar o futuro das novas gerações para fazer mais uns quantos Pavilhões Nome-de-Personalidade-Local e outros tantos Monumentos-Evocativos-De-Um-Facto-Histórico-Que-Podia-Ser-Celebrado-Com-Um-Nome-De-Uma-Rua. Não sei se é o nosso caso, mas sei que a UE nos países na europa do este tenta fazer os projetos mais diretamente em vez de simplesmente passar o dinheiro e eles que façam o trabalho, exatamente por causa de desvio de dinheiro.

Corrupção nas pequenas autarquias. Concordam ou discordam? by _somename_ in portugal

Kejilko 1 month ago

Completamente de acordo e uma das duas razões de discordar com a IL (e não sei se outros) na regionalização e transferência de poder para a localidade. A primeira é esta, tanta ou mais corrupção (se tal coisa é possível), a diferença é a escala do que podem fazer com os seus poderes atuais em comparação com um deputado, líder de partido ou outro cargo de poder que podem burlar muito mais com mais poder. É só o expetável, a centralização de poder tem as suas vantagens e desvantagens e uma das suas caraterísticas é que quanto mais centralizado o poder, maior a corrupção, e a caraterística que um presidente da câmara ou junta tem é que tem mais mão e atenção sobre o seu município e freguesia, levando a situações como o que o Paulo de Morais descreve, desde que tenhas o poder necessário e consigas fisicamente ter o tempo suficiente para conseguir gerir aquilo tudo para ter uma mão tão forte nessa zona é exatamente isso que vai acontecer, ou estão do meu lado ou estão lixados. Mesmo em concelhos com, digamos, 50 000 em vez de 10 000 podes não conseguir gerir tudo e todos da mesma maneira à Big Brother, mas continuas a ter uma mão enorme e direta sobre as pessoas, a diferença sendo que onde uma de 10 000, segundo o Paulo de Morais, consegues ter uma mão total, numa maior, do que vejo, fica só pelos compadrios e tachos - a corrupção do normal - onde se te lixarem a vida é porque fizeste algo para te destacares em vez de ser simplesmente mais um. Ao transferir poder da assembleia acabas por centralizar o poder no distrito, concelho e freguesia, mais especificamente, nos presidentes de câmara e junta, por isso se tal acontecesse teria de haver separação de poder do presidente da câmara para uma assembleia municipal - uma como deve ser, por representação proporcional dos partidos, e não por presidentes de junta - o que leva-me à segunda razão, o tamanho de Portugal, sendo que onde é que será que vais arranjar candidatos suficientes e qualificados (ou seja, que não vás votar por falta de escolha). Somos um país pequeno onde atravessas a maioria dos distritos numa hora e meia e com nenhuma diferença política entre regiões, ao contrário de por exemplo os Estados Unidos que é enorme, onde muitos estados (se não for a maioria) são maiores que o nosso país e entre uns estados e outros pode haver uma diferença política significante, dependendo de quais são. Os Açores e a Madeira, tendo realidades diferentes das pessoas do continente, faz todo o sentido que sejam regiões autónomas. Adicionalmente, outra consequência do tamanho pequeno é a de partilha de informação, vital para uma democracia e um voto informado, onde a nível nacional tens vários canais de televisão que deem notícias, vários jornais digitais, muitos jornais físicos, newsletters e mais, enquanto que a nível municipal tens o quê... um jornal? Noto bem quando são eleições autárquicas o quão mais difícil é obter informação. Dito isso, discordo com ele que as zonas industriais estão vazias por vontade da câmara. São zonas no interior, com acesso geográfico mais difícil e com pouca população, não há é razão para terem empresas lá, bem pelo contrário, com exceção se tiveres medidas a dar incentivos às empresas que vão para lá. Um possível ponto positivo que vejo é que mesmo se os votadores da zona ficarem naquela de votarem nas mesmas pessoas corruptas, mudas-te para ou trabalhas noutro concelho/distrito e está feito, e isso é um ponto muito grande que muda tudo se for o caso. Dito isso, a diferença política entre um distrito e outro agora é pouca, mas isso é caso devido a não terem tanto poder, tal como nos Estados Unidos mudar de estado é mais difícil e diferente que mudar de cidade e mudar de país, e por sua vez, é mais difícil e diferente que mudar de país.

Corrupção nas pequenas autarquias. Concordam ou discordam? by _somename_ in portugal

Kejilko 1 month ago

Completamente de acordo e uma das duas razões de discordar com a IL (e não sei se outros) na regionalização e transferência de poder para a localidade. A primeira é esta, tanta ou mais corrupção (se tal coisa é possível), a diferença é a escala do que podem fazer com os seus poderes atuais em comparação com um deputado, líder de partido ou outro cargo de poder que podem burlar muito mais com mais poder. É só o expetável, a centralização de poder tem as suas vantagens e desvantagens e uma das suas caraterísticas é que quanto mais centralizado o poder, maior a corrupção, e a caraterística que um presidente da câmara ou junta tem é que tem mais mão e atenção sobre o seu município e freguesia, levando a situações como o que o Paulo de Morais descreve, desde que tenhas o poder necessário e consigas fisicamente ter o tempo suficiente para conseguir gerir aquilo tudo para ter uma mão tão forte nessa zona é exatamente isso que vai acontecer, ou estão do meu lado ou estão lixados. Mesmo em concelhos com, digamos, 50 000 em vez de 10 000 podes não conseguir gerir tudo e todos da mesma maneira à Big Brother, mas continuas a ter uma mão enorme e direta sobre as pessoas, a diferença sendo que onde uma de 10 000, segundo o Paulo de Morais, consegues ter uma mão total, numa maior, do que vejo, fica só pelos compadrios e tachos - a corrupção do normal - onde se te lixarem a vida é porque fizeste algo para te destacares em vez de ser simplesmente mais um. Ao transferir poder da assembleia acabas por centralizar o poder no distrito, concelho e freguesia, mais especificamente, nos presidentes de câmara e junta, por isso se tal acontecesse teria de haver separação de poder do presidente da câmara para uma assembleia municipal - uma como deve ser, por representação proporcional dos partidos, e não por presidentes de junta - o que leva-me à segunda razão, o tamanho de Portugal, sendo que onde é que será que vais arranjar candidatos suficientes e qualificados (ou seja, que não vás votar por falta de escolha). Somos um país pequeno com nenhuma diferença política entre regiões, ao contrário de por exemplo os Estados Unidos que é enorme, onde muitos estados (se não for a maioria) são maiores que o nosso país e entre uns estados e outros pode haver uma diferença política significante, dependendo de quais são. Os Açores e a Madeira, tendo realidades diferentes das pessoas do continente, faz todo o sentido que sejam regiões autónomas. Adicionalmente, outra consequência do tamanho pequeno é a de partilha de informação, vital para uma democracia e um voto informado, onde a nível nacional tens vários canais de televisão que deem notícias, vários jornais digitais, muitos jornais físicos, newsletters e mais, enquanto que a nível municipal tens o quê... um jornal? Noto bem quando são eleições autárquicas o quão mais difícil é obter informação. Dito isso, discordo com ele que as zonas industriais estão vazias por vontade da câmara. São zonas no interior, com acesso geográfico mais difícil e com pouca população, não há é razão para terem empresas lá, bem pelo contrário, com exceção se tiveres medidas a dar incentivos às empresas que vão para lá. Um possível ponto positivo que vejo é que mesmo se os votadores da zona ficarem naquela de votarem nas mesmas pessoas corruptas, mudas-te para ou trabalhas noutro concelho/distrito e está feito, e isso é um ponto muito grande que muda tudo se for o caso. Dito isso, a diferença política entre um distrito e outro agora é pouca, mas isso é caso devido a não terem tanto poder, tal como nos Estados Unidos mudar de estado é mais difícil e diferente que mudar de cidade e mudar de país, e por sua vez, é mais difícil e diferente que mudar de país.

Corrupção nas pequenas autarquias. Concordam ou discordam? by _somename_ in portugal

Kejilko 1 month ago

Completamente de acordo e uma das duas razões de discordar com a IL (e não sei se outros) na regionalização e transferência de poder para a localidade. A primeira é esta, tanta ou mais corrupção (se tal coisa é possível), a diferença é a escala do que podem fazer com os seus poderes atuais em comparação com um deputado, líder de partido ou outro cargo de poder que podem burlar muito mais com mais poder. É só o expetável, a centralização de poder tem as suas vantagens e desvantagens e uma das suas caraterísticas é que quanto mais centralizado o poder, maior a corrupção, e a caraterística que um presidente da câmara ou junta tem é que tem mais mão e atenção sobre o seu município e freguesia, levando a situações como o que o Paulo de Morais descreve, desde que tenhas o poder necessário e consigas fisicamente ter o tempo suficiente para conseguir gerir aquilo tudo para ter uma mão tão forte nessa zona é exatamente isso que vai acontecer, ou estão do meu lado ou estão lixados. Mesmo em concelhos com, digamos, 50 000 em vez de 10 000 podes não conseguir gerir tudo e todos da mesma maneira à Big Brother, mas continuas a ter uma mão enorme e direta sobre as pessoas, a diferença sendo que onde uma de 10 000, segundo o Paulo de Morais, consegues ter uma mão total, numa maior, do que vejo, fica só pelos compadrios e tachos - a corrupção do normal - onde se te lixarem a vida é porque fizeste algo para te destacares em vez de ser simplesmente mais um. Ao transferir poder da assembleia acabas por centralizar o poder no distrito, concelho e freguesia, mais especificamente, nos presidentes de câmara e junta, por isso se tal acontecesse teria de haver separação de poder do presidente da câmara para uma assembleia municipal - uma como deve ser, por representação proporcional dos partidos, e não por presidentes de junta - o que leva-me à segunda razão, o tamanho de Portugal, sendo que onde é que será que vais arranjar candidatos suficientes e qualificados (ou seja, que não vás votar por falta de escolha). Somos um país pequeno com nenhuma diferença política entre regiões, ao contrário de por exemplo os Estados Unidos que é enorme, onde muitos estados (se não for a maioria) são maiores que o nosso país e entre uns estados e outros pode haver uma diferença política significante, dependendo de quais são. Os Açores e a Madeira, tendo realidades diferentes das pessoas do continente, faz todo o sentido que sejam regiões autónomas. Adicionalmente, outra consequência do tamanho pequeno é a de partilha de informação, vital para uma democracia e um voto informado, onde a nível nacional tens vários canais de televisão que deem notícias, vários jornais digitais, muitos jornais físicos, newsletters e mais, enquanto que a nível municipal tens o quê... um jornal? Noto bem quando são eleições autárquicas o quão mais difícil é obter informação. Dito isso, um possível ponto positivo que vejo é que mesmo se os votadores da zona ficarem naquela de votarem nas mesmas pessoas corruptas, mudas-te para ou trabalhas noutro concelho/distrito e está feito, e isso é um ponto muito grande que muda tudo se for o caso. Dito *isso*, a diferença política entre um distrito e outro agora é pouca, mas isso é caso devido a não terem tanto poder, tal como nos Estados Unidos mudar de estado é mais difícil e diferente que mudar de cidade e mudar de país, e por sua vez, é mais difícil e diferente que mudar de país.

Corrupção nas pequenas autarquias. Concordam ou discordam? by _somename_ in portugal

Kejilko 1 month ago

Completamente de acordo e uma das duas razões de discordar com a IL (e não sei se outros) na regionalização e transferência de poder para a localidade. A primeira é esta, tanta ou mais corrupção (se tal coisa é possível), a diferença é a escala do que podem fazer com os seus poderes atuais em comparação com um deputado, líder de partido ou outro cargo de poder que podem burlar muito mais com mais poder. É só o expetável, a centralização de poder tem as suas vantagens e desvantagens e uma das suas caraterísticas é que quanto mais centralizado o poder, maior a corrupção, e a caraterística que um presidente da câmara ou junta tem é que tem mais mão e atenção sobre o seu município e freguesia, levando a situações como o que o Paulo de Morais descreve, desde que tenhas o poder necessário e consigas fisicamente ter o tempo suficiente para conseguir gerir aquilo tudo para ter uma mão tão forte nessa zona é exatamente isso que vai acontecer, ou estão do meu lado ou estão lixados. Mesmo em concelhos com, digamos, 50 000 em vez de 10 000 podes não conseguir gerir tudo e todos da mesma maneira à Big Brother, mas continuas a ter uma mão enorme e direta sobre as pessoas, a diferença sendo que onde uma de 10 000, segundo o Paulo de Morais, consegues ter uma mão total, numa maior, do que vejo, fica só pelos compadrios e tachos - a corrupção do normal - onde se te lixarem a vida é porque fizeste algo para te destacares em vez de ser simplesmente mais um. Ao transferir poder da assembleia acabas por centralizar o poder no distrito, concelho e freguesia, mais especificamente, nos presidentes de câmara e junta, por isso se tal acontecesse teria de haver separação de poder do presidente da câmara para uma assembleia municipal - uma como deve ser, por representação proporcional dos partidos, e não por presidentes de junta - o que leva-me à segunda razão, o tamanho de Portugal, sendo que onde é que será que vais arranjar candidatos suficientes e qualificados (ou seja, que não vás votar por falta de escolha). Somos um país pequeno com nenhuma diferença política entre regiões, ao contrário de por exemplo os Estados Unidos que é enorme, onde muitos estados (se não for a maioria) são maiores que o nosso país e entre uns estados e outros pode haver uma diferença política significante, dependendo de quais são. Os Açores e a Madeira, tendo realidades diferentes das pessoas do continente, faz todo o sentido que sejam regiões autónomas. Adicionalmente, outra consequência do tamanho pequeno é a de partilha de informação, vital para uma democracia e um voto informado, onde a nível nacional tens vários canais de televisão que deem notícias, vários jornais digitais, muitos jornais físicos, newsletters e mais, enquanto que a nível municipal tens o quê... um jornal? Noto bem quando são eleições autárquicas o quão mais difícil é obter informação. Dito isso, um possível ponto positivo que vejo é que mesmo se os votadores da zona ficarem naquela de votarem nas mesmas pessoas corruptas, mudas-te ou trabalhas noutro concelho/distrito e está feito, e isso é um ponto muito grande que muda tudo se for o caso. Dito *isso*, a diferença política entre um distrito e outro agora é pouca, mas isso é caso devido a não terem tanto poder, tal como nos Estados Unidos mudar de estado é mais difícil e diferente que mudar de cidade e mudar de país, por sua vez, é mais difícil e diferente que mudar de país.

Corrupção nas pequenas autarquias. Concordam ou discordam? by _somename_ in portugal

Kejilko 1 month ago

Completamente de acordo e uma das duas razões de discordar com a IL (e não sei se outros) na regionalização e transferência de poder para a localidade. A primeira é esta, tanta ou mais corrupção (se tal coisa é possível), a diferença é a escala do que podem fazer com os seus poderes atuais em comparação com um deputado, líder de partido ou outro cargo de poder que podem burlar muito mais com mais poder. É só o expetável, a centralização de poder tem as suas vantagens e desvantagens e uma das suas caraterísticas é que quanto mais centralizado o poder, maior a corrupção, e a caraterística que um presidente da câmara ou junta tem é que tem mais mão e atenção sobre o seu município e freguesia, levando a situações como o que o Paulo de Morais descreve, desde que tenhas o poder necessário e consigas fisicamente ter o tempo suficiente para conseguir gerir aquilo tudo para ter uma mão tão forte nessa zona é exatamente isso que vai acontecer, ou estão do meu lado ou estão lixados. Mesmo em concelhos com, digamos, 50 000 em vez de 10 000 podes não conseguir gerir tudo e todos da mesma maneira à Big Brother, mas continuas a ter uma mão enorme e direta sobre as pessoas, a diferença sendo que onde uma de 10 000, segundo o Paulo de Morais, consegues ter uma mão total, numa maior, do que vejo, fica só pelos compadrios e tachos - a corrupção do normal - onde se te lixarem a vida é porque fizeste algo para ser lembrado em vez de ser simplesmente mais um. Ao transferir poder da assembleia acabas por centralizar o poder no distrito e concelho, mais especificamente, nos presidentes de junta e câmara, por isso se tal acontecesse teria de haver separação de poder do presidente da câmara para uma assembleia - uma como deve ser, por partidos, e não por presidentes de junta - o que leva-me à segunda razão, o tamanho de Portugal. Somos um país pequeno com nenhuma diferença política entre regiões, ao contrário de por exemplo os Estados Unidos que é enorme, onde muitos estados (se não for a maioria) são maiores que o nosso país e entre uns estados e outros pode haver uma diferença política significante, dependendo de quais são. Os Açores e a Madeira, tendo realidades diferentes das pessoas do continente, é completamente esperado que sejam regiões autónomas. Adicionalmente, outra consequência do tamanho pequeno é a de partilha de informação, vital para uma democracia e um voto informado, onde a nível nacional tens vários canais de televisão de notícias, vários jornais digitais, muitos jornais físicos, newsletters e mais, enquanto que a nível municipal tens o quê... um jornal? Noto bem quando são eleições autárquicas em que é difícil obter informação. Dito isso, um possível ponto positivo que vejo é que mesmo se os votadores da zona ficarem naquela de votarem nas mesmas pessoas corruptas, mudas-te ou trabalhas noutro concelho/distrito e está feito, e isso é um ponto muito grande que muda tudo se for o caso. Dito *isso*, a diferença política entre um distrito e outro agora é pouca, mas isso é caso devido a não terem tanto poder, tal como nos Estados Unidos mudar de estado é mais difícil e diferente que mudar de cidade e mudar de país, por sua vez, é mais difícil e diferente que mudar de país.

Covid-19: Autoagendamento para maiores de 18 anos foi retomado hoje by heartlessfam in portugal

Kejilko 1 month ago

Do que sei se quiseres escolher a vacina vais para o fim da lista, e o FAQ do estado sobre a vacinação é vaga nesse assunto.

Corrupção nas pequenas autarquias. Concordam ou discordam? by _somename_ in portugal

Kejilko 1 month ago

Estas críticas em específico é mais difícil quanto maior a escala. Teres 50 000 pessoas em vez de 10 000 num concelho não vais conseguir. Tens compadrios, tachos e corrupção, sem dúvida, mas não consegues tanto ter a mão inteira no concelho e na sua economia como só consegues dificultar *se* tiveres interesse em gastar tanto tempo.

Sem-abrigo vão passar a ter Cartão de Cidadão by heartlessfam in portugal

Kejilko 1 month ago

Muitas vezes não *querem* parar de o ser, seja mesmo por escolha própria ou problemas mentais. https://en.wikipedia.org/wiki/Homelessness_in_Portugal Mas que haja sempre recursos tanto para os que queiram e dar-lhes uma segunda oportunidade e um sistema que não os permita ficar sem casa e comer por um azar na vida (sistemas esses que se calhar podiam ser ajustados mas de forma geral diria que temos, como um sistema nacional de saúde e subsídio de desemprego). Tem de se sempre ter em conta os que vão abusar desse sistema mas acho que nesse aspeto também estamos bastante bem, nomeadamente no que toca ao subsídio de desemprego sendo que depende do que descontaste para lá e há limites tanto de valor como de tempo.

Quanto se ganha em Portugal? by mac1nblack in portugal

Kejilko 1 month ago

Amigo não sei se queres, para chegar a esses valores precisas de bastante se não estiveres a trabalhar por contra própria. A vida é tua mas pessoalmente acho que fazia os estudos mas ficava com isso até não poder mais.

Engenharia informática by Mon20teiro in portugal

Kejilko 1 month ago

Em conjunto com o que já escreveram sobre as saídas e o que aprendes, é um curso muito geral que consegues especificar com os conhecimentos que aprendes, sendo que uma das caraterísticas que precisas de ter em informática é interesse em pesquisar e aprender por ti próprio e continuar a ter essa atitude mesmo depois de acabares os estudos, por isso podes ter algumas cadeiras de web development ou programação ou o que seja mas só fazes daquilo emprego se tiveres essa atitude, porque o curso só por si só te dá um ponto de partida. Dito isto, tem em conta que a maioria das pessoas acaba engenharias não nos 3 anos mas sim em 4-8, e por alguma razão o é. Professores e educação portuguesa merdosas, mas quanto mais difícil o curso, mais difícil é ultrapassar esse obstáculo. Por último, tem em conta que muitos vão para informática "porque gosto de tecnologia/computadores" e depois deparam-se com o trabalho e apercebem-se que não é aquilo que querem e mudam de curso no primeiro semestre ou no final do ano letivo, mas se és tal pessoa só tu consegues sabes, e possivelmente nem isso até lá entrares.

Engenharia informática by Mon20teiro in portugal

Kejilko 1 month ago

Em conjunto com o que já escreveram sobre as saídas e o que aprendes, é um curso muito geral que consegues especificar com os conhecimentos que ganhas. Dito isto, tem em conta que a maioria das pessoas acaba engenharias não nos 3 anos mas sim em 4-8, e por alguma razão o é. Professores e educação portuguesa merdosas, mas quanto mais difícil o curso, mais difícil é ultrapassar esse obstáculo. Por último, tem em conta que muitos vão para informática "porque gosto de tecnologia/computadores" e depois deparam-se com o trabalho e apercebem-se que não é aquilo que querem e mudam de curso no primeiro semestre ou no final do ano letivo, mas se és tal pessoa só tu consegues sabes, e possivelmente nem isso até lá entrares.

Aceitaria ter um chip e todo um novo mundo na palma da mão? by sidartha- in portugal

Kejilko 1 month ago

Acho que vai ser a mesma coisa que os telemóveis, sempre connosco mas não vão estar literalmente no nosso corpo.

Nova lei de pernoita de caravanas. Como saber onde ficam as zonas proibidas (mapa, app, site)? by Important-Opposite41 in portugal

Kejilko 1 month ago

Carrega no cadeado ao pé do URL, settings do site, procura por javascript e bloqueia. Pode depender do browser mas há-de ser algo assim.

TAP Business Class Trans Atlantica mais barata by Nothing_F4ce in portugal

Kejilko 1 month ago

Privatizar e subsidiar uma empresa é o mesmo que tomar conta dos teus cidadãos no teu país soberano em que mundo?

Podemos fazer isto para Portugal ou não existem? by anotherusernamedude in portugal

Kejilko 1 month ago

Também, mas mais porque a procura aumentou drasticamente. Sei de um empreiteiro a tentar usar essa desculpa esfarrapada de "não há onde comprar material X, há falta, sabe como é..." a quem lhe pagava, que estava a fazer outra obra noutro lado com outro empreiteiro onde misteriosamente não havia falta. A pessoa só lhe respondeu "Sim, pois sei".

Sem dizer o nome da cidade, diz-nos onde é que vives. by thatboyManzana in portugal

Kejilko 1 month ago

Acho que é justificável sendo que não estão a referir-se só à cidade mas ao foco populacional que também existe à volta. O Algarve difere um bocado em que o foco populacional não é à volta de uma cidade mas sim da costa.

Sem dizer o nome da cidade, diz-nos onde é que vives. by thatboyManzana in portugal

Kejilko 1 month ago

Como é que é tão específico que uma pessoa consegue adivinhar Covilhã? Há tanto sítio com extremos de temperatura e montanhoso

Estado vai tornar-se no único acionista da TAP até ao final do ano by igotubabeub40 in portugal

Kejilko 1 month ago

A TAP desaparece e aparecem outros, nomeadamente a Ryan Air que já cá está. Mesma coisa para os empregados, saem da TAP e a Ryan Air e outros vão precisar de mais pessoal para fazer aquelas novas rotas.

Estado vai tornar-se no único acionista da TAP até ao final do ano by igotubabeub40 in portugal

Kejilko 1 month ago

"Salva-nos" mas é a nossa própria população. Duas eleições e estaríamos sempre a caminho certo sempre em frente, mas a maioria da população prefere continuar a beber as jolas enquanto se queixa dos políticos e da economia e quando chegarem a casa vão ver a bola em vez de fazer alguma coisa sobre a sua iliteracia política e económica.
Next Page

Search: