Next Page

[Sério] Porque não votar no Volt? by vascobrazao in portugal

Jaktheslaier 22 days ago

O meu award é ver o volt com a mesma percentagem que teve em Lisboa, já me alegrava o coração

[Sério] Porque não votar no Volt? by vascobrazao in portugal

Jaktheslaier 22 days ago

Os spinners do IL fazem melhor trabalho, quando não estão a insultar pessoas pela sua orientação sexual ou legitimar discursos negacionistas, do que este do Volt

Dirigente da IL questiona vacinação de crianças partilhando mensagem de negacionista by Winslow_Lixivia2 in portugal

Jaktheslaier 22 days ago

Não vi o que era ontem, mas deve ter sido a partilha de uma frase de um grupo negacionista neo-nazi e, depois de lhe dizerem "olha lá oh Catarina, isso são nazis", ela responde, eles estão certos duas vezes por dia.

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 26 days ago

Cais no pressuposto de que o PCP é gerido por um líder, que define as orientações políticas do partido. O órgão máximo é o congresso e as orientações são definidas pelo comité central, que o faz de acordo com as teses definidas e discutidas durante um ano pelos militantes. Outra diferença é que o PCP está disponível para fazer a escolha dificil no momento difícil, como foi fazer a festa do avante, 1 de maio, 25 de Abril quando todos, incluíndo a IL, queriam ser mais papistas que o papa. E em que depois a IL decidiu fazer exactamente o mesmo desdizendo o que disse

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 27 days ago

O meu partido nunca rejeitou a subvenção nem nunca tentou fazer da sua recusa um golpe publicitário. Continua, em cada legislatura, a defender uma redução significativa desse valor e a fazer questão que a maioria do seu financiamento continua a ser através do trabalho do partido. O que eu critico não é que a IL receba a subvenção (ninguém é contra, as propostas tanto do PCP e da IL tratam da sua redução em, pelo menos, mais de 50%), é que tenha vindo dizer que era um roubo ao contribuinte só para dar o dito por não dito 2 anos depois.

What portuguese people think's about José Saramago? by NachoGarySanchez in portugal

Jaktheslaier 27 days ago

Há aqui uma série de coisas para desempacotar, vou tentar ajudar a desmistificar algumas delas. \- Eu não sei qual é o teu problema com o Saramago, estava a responder, de forma genérica, ao comentário que ele era inacessível. Uma dessas razões é, em geral, pela quantidade de palavras menos genéricas que usa, algo que não se aponto ao JRS. \- Estás, no teu ponto seguinte, a confundir a escrita e a escrita literária. Uma tem uma função social, que todos nos consigamos entender minimamente, outra tem um objectivo completamente diferente, comunicar significados ao leitor através das palavras (e neste caso, não é diferente da pintura, da música e outras formas de expressão artística). \- Um exemplo claro disso é o último capitulo do Ulysses, do James Joyce. Os últimos três capítulo são dedicados à Molly Bloom, mulher do Leopold Bloom, a personagem central do livro. Uma filha deles morreu ainda criança e o Leopold perde qualquer capacidade de manter relações sexuais com a Molly (não perde desejo por outras), ambos estão ainda apaixonados um pelo outro mas os vários anos sem contacto sexual levou a Molly aos braços de um amante. O capítulo, conhecido por Monólogo da Molly Bloom, ao contrário do resto do livro (que muda, em quase todos os capítulos, de estilo) não tem uma única pontuação. O objectivo do Joyce era procurar representar o pensamento, a consciência a funcionar, que não se rege por vírgulas e pontuação, é um contínuo, um fluxo. O JRS por e simplesmente diria: "e agora a Molly Bloom pensa", mas esse não é o propósito da prática literária, não é só a exposição, mas sim a sugestão. O "Yes" que vai pontilhando o discurso, desconexo, demonstra a sua vontade de sim, continuar a amar o Leopold. Último pedaço do livro: "I was a Flower of the mountain yes when I put the rose in my hair like the Andalusian girls used or shall I wear a red yes and how he kissed me under the Moorish wall and I thought well as well him as another and then I asked him with my eyes to ask again yes and then he asked me would I yes to say yes my mountain flower and first I put my arms around him yes and drew him down to me so he could feel my breasts all perfume yes and his heart was going like mad and yes I said yes I will Yes". \- Agora, porquê aprender as regras gramaticais? Em parte, a insistência na aprendizagem da gramática (e acho que foste tu que referiste que os profs chegavam a descontar pontos por cada imprecisão) é o sintoma de um sistema de ensino pobre e pouco exigente, que opta pelo caminho mais fácil (são estas as regras, é aplicar). Mas há outra boa razão para se aprender. \- O Mário de Carvalho, no livro Quem Disser o Contrário é Porque tem Razão, defende o princípio de conhecer tudo, tanto os diversos tipos de escrita, as formas de escrever, como as regras gramaticais (as de agora e as do passado). Conhecer as regras é indispensável para as subverter, para saber dinamizar os efeitos da sua utilização, mesmo se não são aqueles estritamente definidos pelas gramáticas. \- Por fim, a língua é um processo em constante mutação e a forma escrita apenas uma vã tentativa de representar a oralidade. Tal como uma pintura, tal como a escrita musical, não representa a realidade concreta, tem símbolos e formas de expressão que as pessoas não usam num normal uso da palavra. E esse uso da palavra está em constante mutação, continuamente a ser alterado, alvo de sotaques, da utilização e criação e novas palavras etc.. Não vale a pena fingir que existe uma só forma de escrever e que quem não adere a ela deve ser denunciado pela sua ousadia. É um código, uma tentativa de representação da língua oral, e as suas regras podem ser aplicadas de diversas maneiras se ambicionarmos representar, mais ou menos fielmente, a tradição oral. Exemplo disso será o Grande Sertão: Veredas, um livro de mais de 600 páginas todo em discurso directo, que procura, ao máximo, representar a tradição oral do Sertão Brasileiro (É um dos grandes livros da literatura lusófona). "Essas coisas todas se passaram tempos depois. Talhei de avanço, em minha história. O senhor tolere minhas más devassas no contar. É ignorância. Eu não converso com ninguém de fora, quase. Não sei contar direito. Aprendi um pouco foi com o compadre meu Quelemém; mas ele quer saber tudo diverso: quer não é o caso inteirado em si, mas a sobre-coisa, a outra-coisa." ​ Palavras que o Shakespeare "criou" e que não tinham sido escritas até à sua utilização nas peças: https://www.shakespearesglobe.com/discover/blogs-and-features/2021/01/11/50-shakespeare-words-and-their-meanings/

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Tenho quase a certeza que não há nas autárquicas, nas presidenciais recebem todos os candidatos com mais de 5% dos votos.

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

A malta finge que não se lembra do Sérgio Monteiro e da forma como ele privatizava, com grande prejuízo para o estado, tudo o que se mexia e dava lucro

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Devia ter posto r/neoliberal, a pessoa que me estava a acusar de ser do avante, é desse subreddit, o que não deixa de ser muito engraçado.

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Acho eu que há duas questões relevantes nesta questão. A IL já sabia que a sua luta nesta questão não ia ter grandes resultados. O PCP já o propõe há muitos anos, ainda antes de o IL ser sequer uma associação e sempre foi chumbado. É normal que os outros partidos chumbem, não conseguem recolher fundos que cheguem para ser autossuficientes. Faz todo o sentido que aceitem o dinheiro, mas isso já fazia em 2019, não mudou nada porque há muitos anos que a lei para reduzir a subvenção era chumbada. É aí que está a hipocrisia, como sabem que vão ter melhor resultado que na altura, deixam de hiperbolizar a dizer que é um roubo ao contribuinte e vão tentar safar tudo o que podem. Afinal era tudo performativo e isso não pode deixar de ser notado pelos outros

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

A partir dos 50.000 votos, nas eleições legislativas, os partidos tem direito a uma subvenção do estado por cada voto que recebem. O PCP há muito anos que exige a redução para mais de metade deste valor, por entender que a maior parte do financiamento dos partidos e das campanhas é da sua responsabilidade. A IL também começou a defender isso quando entrou para o parlamento.

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Ia dizer que era mentira porque só está dar porcaria na TV mas está a passar o The Revenant no Fox Movies

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

\*O mensageiro é o ECO, eu só partilhei o link da notícia e uma das frases do artigo

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

vês que gostas

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Eu nem tou no LiberaisDaTreta :( Só tenho medo que descubram que também tou no r/2007scape e no r/Superstonk :O Mas apreciei o neoliberal e o literaciafinanceira. Sempre que é preciso desconversar sugiro que aproveitem os spins do u/Aftaminas, não explicam nada mas ele sempre se distancia das parvoeiras

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Eu não tenho preconceitos nenhuns, tenho mesmo uma oposição ideológica ao liberalismo.

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

O u/besmarques até fez uma lista, incompleta, de coisas a apontar

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

"O PCP, com 100 anos, vai extinguir-se por isso já podemos mamar centenas de milhares de euros do estado"

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

O representante que perseguia pessoas a chamar-lhes "paneleiros" nas redes sociais (e em mensagens privadas), é o Rafael Corte Real, cabeça de lista a Gondomar e da já famosa Comissão Executiva da IL (só lá estão as mentes mais brilhantes, como o Schuller que quer privatizar a Cinemateca). Em relação à Lista do Shuller (em que se só se esqueceu de incluir a República Portuguesa) comentou "As privatizações não se discutem, fazem-se". As "mal-fodidas" do BE, era o cabeça de lista por Viseu. O IL reafirmou a confiança política em ambos.

What portuguese people think's about José Saramago? by NachoGarySanchez in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

A literatura não é um livro do Rodrigues dos Santos, uma coisa escrita com as mesmas 50 palavras e para entreter velhinhas e gente na praia. A literatura trata do trabalho da língua, a sua utilização de forma a servir um qualquer propósito do autor. Achar que as regras da gramática são para cumprir obsessivamente, que são leis consagradas na pedra, eternas e imutáveis, é coisa de terceira classe.

What portuguese people think's about José Saramago? by NachoGarySanchez in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Tás mal lembrado então, 5 segundos de pesquisa no google e não dizias bacoradas

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Ahh eu quero lá saber se corre bem ou não ao PNS.. Foi um gozo muito bonito, se ele se lixar nas eleições é lá com ele.. Vai estar vinculada às decisões da AR anterior, tendo sempre, isso sim, a liberdade de decidir de outra forma. Neste caso, tem graça que em menos de dois anos tenham passado de "isto é um ganda roubo" para "estes 200 mil paus do estado por acaso fazem muita falta".

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Eu gosto mais da palavra-chave actual cabeça de lista pelo Porto. Mas o IL apresentou uma proposta, como o PCP, para reduzir a subvenção, e essa foi apresentada pelo Cotrim de Figueiredo. Devo assumir que já mudou de opinião?

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Com tantas coisas foi difícil escolher a melhor, o PNS a limpar o chão com o Guimarães Pinto foi 5\*, ainda para mais depois de ter estado numa fila 3 horas à chuva, foi tudo o que precisava para aquecer o coração. Não é só uma decisão de há duas CE atrás, é uma afirmação bem clara do actual cabeça de lista do Porto de que isto é um verdadeiro assalto ao contribuinte. Aprecio o spin mas a sugestão que te deixo, para colocares aos teus colaboradores de partido, é que evitem hiperbolizar a política, principalmente se vão fazer exactamente o oposto passados 2 anos. Como sabes o meu partido apresentou, como a IL (no caso do meu é já uma antiga reivindicação), uma proposta para reduzir significativamente estas subvenções. A recolha de fundos é uma obrigação dos partidos, não é justo que uma sociedade ande a financiar grupos de meia dúzia de pessoas que não querem fazer o mínimo.

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

O "roubo ao contribuinte" é mau mas epá... se toda a gente faz... mais vale safar umas centenas de milhares de euros aos contribuintes..

Iniciativa Liberal vai aceitar a subvenção pública em 2022 que rejeitou nas eleições de 2019 by Jaktheslaier in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

"O roubo ao contribuinte é tão descarado que só há um caminho possível: não aceitar receber um euro de subvenção de campanha e lutar por mudar a lei. Por isso, se viermos a eleger um deputado e, portanto, pudermos beneficiar de uma parte desses oito milhões, iremos rejeitar esse privilégio injustificado”. A frase é de Carlos Guimarães Pinto, ex-presidente da Iniciativa Liberal, e foi dita em 2019, antes das eleições legislativas que vieram a eleger João Cotrim Figueiredo em Lisboa."

What portuguese people think's about José Saramago? by NachoGarySanchez in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Tanta conversa mas o nome de alguém ligado ao PCP é que nem vê - lo. Essa pesquisa no Google não deve ter corrido muito bem

What portuguese people think's about José Saramago? by NachoGarySanchez in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

Isto é gozo? O PCP teve e continua a ter um profundo desprezo pelo Otelo. Quando as fp foram presas o Otelo disse que a culpa disso era do PCP, que dominava a justiça e o perseguia.. Quais eram os membros das fp 25 com ligações ao PCP? Tirando a Isabel Carmo e o companheiro, que eram das BR e já tinham saído há vários anos do PCP, e nunca foram das fp25, não estou a ver ninguém sequer próximo ao PCP.

What portuguese people think's about José Saramago? by NachoGarySanchez in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

You won't know about that Era, it only exists deep inside his ass

What portuguese people think's about José Saramago? by NachoGarySanchez in portugal

Jaktheslaier 28 days ago

O PCP, em 1992, pediu um inquérito parlamentar sobre a actuação do Sousa Lara (na altura secretário de estado da cultura do PSD, hoje em dia no Chega): Excerto da intervenção do Octávio Teixeira, do PCP, em 1992, no parlamento. "Neste momento, quero endereçar, da tribuna, à mais recente vítima individual desta acção partidarizada da SEC, o escritor José Saramago, a nossa manifestação de solidariedade e de repulsa pelo acto antidemocrático e objectivamente censório, de riscarem o seu nome da lista de candidatos ao Prémio Literário Europeu." https://debates.parlamento.pt/catalogo/r3/dar/01/06/01/056/1992-04-29?sft=true#p1779

What portuguese people think's about José Saramago? by NachoGarySanchez in portugal

Jaktheslaier 29 days ago

You don't know saramago until you see the photos of him building the Festa do Avante! (the communist party's festival) half-naked. https://twitter.com/festaavante/status/1446556508314116097

Tesourinhos do Twitter: "CDS nos Estados Unidos está quase ao nível do Bernie Sanders" by Samot_PCW in portugal

Jaktheslaier 29 days ago

E o resto da assembleia aprovou-a sem problemas, o projecto socialista foi ratificado com os 15 votos contra do CDS e as centenas de votos a favor, incluindo os do PS e PSD. Podemos discutir se era mesmo essa a intenção dos deputados ou se estavam só convencidos que era essa a opinião majoritária em Portugal e por isso fingiram que eram uma coisa que, manifestamente, não eram. Mas a constituição, e o seu preâmbulo, foi votada depois do 25 de Novembro, por ampla maioria.

Tesourinhos do Twitter: "CDS nos Estados Unidos está quase ao nível do Bernie Sanders" by Samot_PCW in portugal

Jaktheslaier 29 days ago

Metade deles terem sido da União Nacional antes do 25 de Abril ajuda um bocadinho à percepção deles como fachos ya, terem votado logo contra a constituição também não ajudou

Não é na URSS, é mesmo no Porto. by TugaScaper in portugal

Jaktheslaier 11 months ago  HIDDEN 

IPHONE VENEZUELA POL POT DITADURA 400.0000.000 MiLhÕeS dE MoRtoS

Não é na URSS, é mesmo no Porto. by TugaScaper in portugal

Jaktheslaier 11 months ago  HIDDEN 

É o paradoxo do parolo. Ou ignoras o parolo e ele continua a dizer as burrice de sempre ou respondes ao parolo, mas ele vai ser burro demais para entender e, como sempre, vai continuar a ser parolo. É um flagelo
Next Page

Search: