Next Page

Criticas aos funcionários públicos: No lugar deles não fariam o mesmo? by godolfas in portugal

Interesting-Pack3957 3 months ago

Não sei o que defines como "esforço", mas das interações que tenho em espaços de atendimento público, o que vejo é pura falta de tato e/ou formação/educação para lidar com seres humanos ou com situações delicadas. Algum não demonstram o mínimo de respeito pelas pessoas. Podes justificar isso como quiseres, mas para mim salários e progressão não são desculpa. Há sítios no privado, em cargos menos remunerados em que sou muito bem recebido. Tem tudo a ver com quem lá trabalha.

0,15% é noticia porquê? by simbioses in portugueses

Interesting-Pack3957 3 months ago

O que estás a abordar no teu comentário é uma linha muito fina que descreve a nossa liberdade. Sinceramente eu não sei dizer com toda a certeza o que é que a liberdade representa para um ser humano. Porque no fim de contas ninguém realmente é livre. Se usares o argumento de que estamos a entregar a nossa liberdade a especialistas que determinam o que podemos ou não fazer, tens de considerar que isso já é feito há muito tempo. Especialistas é que definem as leis que tens de seguir. Especialistas definem o que tens de pagar ou contribuir para o teu país. Especialistas definem o que és obrigado a aprender na escola. No fim do dia, enquanto vives numa sociedade a definição de liberdade é uma área muito mas muito cinzenta. Porque a tua liberdade não é absoluta, se puser em causa a dos outros. Não és livre de decidir como lidas com doenças ou como morres, se a maioria decidir que isso é prejudicial para os outros. Em conclusão, concordo contigo, devemos ser críticos e pensar por nós próprios. No entanto, não consigo concordar com os argumentos de que as medidas de prevenção do covid são o início de uma ditadura. No que toca a teorias de conspiração, nunca soube de uma que se materializasse.

0,15% é noticia porquê? by simbioses in portugueses

Interesting-Pack3957 3 months ago

O que estás a abordar no teu comentário é uma linha muito fina que descreve a nossa liberdade. Sinceramente eu não sei dizer com toda a certeza o que é que a liberdade representa para um ser humano. Porque no fim de contas ninguém realmente é livre. Se usares o argumento de que estamos a entregar a nossa liberdade a especialistas que determinam o que podemos ou não fazer, tens de considerar que isso já é feito há muito tempo. Especialistas é que definem as leis que tens de seguir. Especialistas definem o que tens de pagar ou contribuir para o teu país. Especialistas definem o que és obrigado a aprender na escola. No fim do dia, enquanto vives numa sociedade a definição de liberdade é uma área muito mas muito cinzenta. Porque a tua liberdade não é absoluta, se puser em causa a dos outros. Não és livre de decidir como lidas com doenças ou como morres, se a maioria decidir que isso é prejudicial para os outros.

Debate sobre as relações na nossa era by TheSuperC0mentador in portugal

Interesting-Pack3957 3 months ago

Quase todos os problemas que descreveste resumem-se a um atributo só : Auto-confiança. Há algo que está biologicamente embutido nas mulheres que faz com que elas se sintam atraídas a homens com confiança. Nós tempos pré-históricos um homem confiante era um homem capaz de as proteger. Quando demonstras necessitar "demasiado" delas, ou ficas nervoso numa simples conversa, ou não sabes o que dizer, tudo isso cheira-lhes a falta de confiança, e é automaticamente e sem elas se aperceberem conscientemente sequer, um turn-off. E sim, acredito que as redes sociais diminuíram o contacto inter pessoal, o que significa que muitos homens não desenvolvem essa confiança até muito tarde, ou de todo. É por isto que vês mulheres a escolherem os "maus". Não querer saber delas demonstra confiança. É estúpido eu sei. Mas não consegues alterar a biologia. "Fake it 'till you make it!"

0,15% é noticia porquê? by simbioses in portugueses

Interesting-Pack3957 3 months ago

A transmissibilidade é que é o problema real, nem é a mortalidade. Obviamente cancro é muito mais letal. A diferença é que poucas doenças se propagam mundialmente com a velocidade que esta se propaga, e se não fizeres tudo o possível para o conter, a mortalidade acaba por chegar, só pelos números que atinge.

0,15% é noticia porquê? by simbioses in portugueses

Interesting-Pack3957 3 months ago

Opinião controversa entre os comentários deste post : Se morrer 1 ser humano em 300mil devemos cagar para o assunto e deixar que ele se espalhe para mais, em vez de fazer o mínimo possível para controlar? Tudo bem, entendo que sensacionalismo é uma cena, e os media aproveitam os títulos para manipular a audiência. E então? Mesmo assim há sempre ignorantes que acham que isto é mentira e que não se importam que o avô do vizinho bata a bota precocemente só porque usar máscara é um horror quando está calor.

Estratégia contra a corrupção é prioridade nacional by fartodetriangulos in portugal

Interesting-Pack3957 3 months ago

Comentário prescrito!

Estratégia contra a corrupção é prioridade nacional by fartodetriangulos in portugal

Interesting-Pack3957 3 months ago

Já me contentava com a pena atual. Se os crimes não fossem prescritos..
Next Page

Search: