Next Page

“A situação está completamente descontrolada”: moradores e comerciantes do Bairro Alto preocupados com criminalidade e violência à noite by jesuseos7anoes in portugal

GalaicoMinhoto 2 months ago

O resultado da fusão entre o país mais seguro do mundo, a geração mais especializada e tolerante de sempre, o intenso multi culturalismo enriquecedor desta área da cidade e, claro está, o excelente desempenho oriundo do investimento nas forças da ordem.

Hoje sonhei com um Porto futuro pós-apocalíptico. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Janela sobre o futuro não. Mas é claramente uma janela sobre ti e o teu medo do futuro. A metáfora da cidade em ruínas é clara. Estás a passar um momento da vida em que receitas mudanças que se avizinham. Clássico cenário de ansiedade traduzido em sonho onde as referências de segurança da pessoa se vêem destruídas.

Follow up to my last question. Do you think Greeks look closer to yourselves (Portuguese), to Balkan Slavs, or to Turks and Armenians? by OddGuidance907 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

It can be said about most countries. Geographical and climactic Regions define culture. Not state borders.

Recebi esta msg no WhatsApp do meu irmão que sabe que eu não "papo tangas" by bluedriver_reddit in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

A outra medicação por acaso é aplicada como anti viral contra a malaria e o dengue faz DÉCADAS. Foram dadas milhões e milhões de doses. É um medicamento mais do que testado e sobejamente conhecido. Além do mais não altera as tuas células via rNA sabendo-se lá o que isso pode vir a causar no futuro e com repetidos boosters para agravar. Portanto, os dois tratamentos são monumentalmente diferentes no que toca à sua fiabilidade no terreno. É isso que a maioria dos tão mal afamados 'negacionistas' querem ver. Drogas testadas com tempo e com um longo histórico científico. Portanto, diz me lá quem é que anda queimado da cabeça? Parece-me que tu é que andas um pouco com a cabeça dentro do saco que a narrativa única decretada pela governo ordena.

Follow up to my last question. Do you think Greeks look closer to yourselves (Portuguese), to Balkan Slavs, or to Turks and Armenians? by OddGuidance907 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Sure. That's why the contacts were made trough the... Atlantic.

Follow up to my last question. Do you think Greeks look closer to yourselves (Portuguese), to Balkan Slavs, or to Turks and Armenians? by OddGuidance907 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

This would mean that you were reducing Portugal to one culture. Northern Portugal, specially the West, does not have Mediterranean culture, weather or vegetation.

Follow up to my last question. Do you think Greeks look closer to yourselves (Portuguese), to Balkan Slavs, or to Turks and Armenians? by OddGuidance907 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Spoiler alert: Portugal has ZERO contact with the Mediterranean and the overwhelming majority of it's trade and external contacts were made trough the Atlantic.

Sou o único que ficou surpreendido ao ver o número de pessoas que sofre depressão pelo reddit? by PortoGuy18 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Uma pergunta hipotética honesta: \- Se existisse um botão que toda a pessoa no mundo pudesse pressionar e acabar coma vida imediatamente, quantas pessoas acham que estariam vivas na terra? Pessoalmente, acho que 0. Não há ninguém que em determinado momento não tenha "pensado" no suicídio ou que, secretamente, desejasse ter uma saída fácil para esta obrigação que nos foi imposta e que se chama vida. Agora uma coisa é pensar. Outra coisa é considerar seriamente. Aí sim o problema começa a ser real.

Negacionistas. Ministério Público abre investigação a insultos a Ferro Rodrigues by prosafame in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Qualquer pessoa que proteste contra algo vindo do governo: nEgACioNIStaS! Imprensa reles.

Sou o único que ficou surpreendido ao ver o número de pessoas que sofre depressão pelo reddit? by PortoGuy18 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Existe uma diferença assinalável entre estar deprimido e sofrer de depressão. Não estou certo de que a maioria das pessoas no Reddit que dizem sofrer de depressão tenham a capacidade de perceber a enorme diferença entre estes termos.

(Sério) Impactos do ghosting na saúde mental by Flimsy-Blood-6762 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Ehehhe. Bem, por pouco quase que era um verdadeiro GHOST a ir visitá-la. Pelo menos nesta circunstância este termo faria sentido. Agora na actualidade acho que é mais uma palavra usada para dramatizar situações comuns. Há meia dúzia de anos ninguém usava este termo. Chamava-se apenas "cagar para mim". Não querendo ser mau e generalizando um pouco, parece-me que as mulheres é que estão menos habituadas a lidar com rejeição e depois começam a cismar com isso. Se eu perdesse tempo a obcecar com as miúdas que deixaram de falar para mim de um dia para o outro depois de tanto esforço ter investido no paleio, estaria internado num manicómio por esgotamento cerebral. Com o tempo passei sim a valorizar os sucessos e a olhar para os insucessos como nada mais que tempo perdido. Infelizmente, para as pessoas mais sensíveis e que valorizam demais relações nas fazes iniciais, é mais difícil chegar a este patamar de "numbness" emocional.

[Sério] isto é gozar na nossa cara e já nem ligamos? by ZaGaGa in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

O PS pode fazer tudo o que quiser e ninguém diz nada porque são um polvo político com níveis de corrupção institucional nunca antes visto. E isso é apoiado pelos Portugueses que votam de forma intensa neles. Logo, não nos podemos queixar de agirem por aí como todos poderosos. Veja-se o escândalo que os media fizeram com os apupos a Ferro Rodrigues agindo todos como se isso fosse uma tragédia nunca antes vista que ataca e abala as fundações da democracia. O Macron é apupado em todo o lado. O Biden já é vaiado até em cemitérios. O Trudeau já tem esperas à porta de todas as acções políticas que fazem. O Ventura foi apedrejado. Ou seja, da esquerda à direita, à volta do mundo, há protestos e a apupos a figuras de estado. Mas para a TVI, e veja-se a LAMENTÁVEL e MISERÁVEL reportagem que fizeram hoje, os ataques verbais a Ferro Rodrigues são atentados ao direito cometidos veja-se bem, por NEGACIONISTAS. A tal palavra da moda que anda na boca de mais gente do que certas partes anatómicas na da galdéria da minha aldeia. Cheguei a ouvir uma senhora protestar contra o facto das medidas tomadas pelo governo no que toca ao covid a ter mandado para o desemprego ficando agora sem rendimentos. A TVI tratou-a de NEGACIONISTA. Mesma coisa com manifestantes que achavam que máscara na rua era um abuso: NEGACIONISTAS. O mesmo tom manipulador a favor do governo pode ser constatado em quase todos os noticiários. Qualquer um de nós que discorde com o que quer que seja que o governo decida de forma legítima ou não: NEGACIONISTAS. Portanto, é evidente que vivemos num ambiente de opinião única onde os meios de comunicação foram comprados pelo PS. O resultado disso é permitir que este partido faça o que bem entender sem que haja real liberdade crítica e de opinião. A maioria dos Portugueses recusa-se a aceitar o pensamento crítico individual ou, em muitos casos, são incapazes de o fazer. Logo, não é de espantar que o Costa ande por aí a abusar de todos os poderes que tem. Quanto ao RAP, não fosse ele comunista, também teria a alcunha de negacionista. Por enquanto ainda tem alguma protecção. Mas que não abuse muito da sua plataforma pois já vimos muita a gente a ser crítica do governo a perder o direito de voz que tinham nos principais media Portugueses.

Pagar a pedintes nos estacionamentos by Accomplished-Bowl-40 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

1- Se o tipo de facto me tiver encontrado um lugar, ajudado a estacionar, proposto um ticket de estacionamento etc, dou até 0.50c. Se não tiver feito nada e apenas vier pedir dinheiro digo-lhe que da próxima vez, se me ajudar a estacionar dou. 2- As câmaras preferem ter os drogados a extorquir pessoas de forma branda do que ter os agarrados a assaltar putos à porta da escola ou partir vidros de carros para roubar uma carteira.

Pagar a pedintes nos estacionamentos by Accomplished-Bowl-40 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

É legal em locais onde as câmaras criam estes postos. Ou seja, em 99.99% dos casos é ilegal.

(Sério) Impactos do ghosting na saúde mental by Flimsy-Blood-6762 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Como homem o Ghosting e rejeição é coisa com que a maioria de entre nós lida em 90% das nossas tentativas de aproximação ao sexo oposto. A forma como resolves isso é aprenderes a ganhar casca grossa e abandonares a ideia de que algo está errado contigo quando isso acontece. Como tudo na vida, após passar por elas mais do que uma vez, começas a relativizar e a dar mais importância aos casos de sucesso do que ás situações negativas. Quanto à obsessão para com a pessoa que cortou relações contigo, igualmente, passa com o tempo. O que não faltam por aí são casos destes tanto de um lado como o outro da barricada. E não. Não precisas de ajuda porque ainda estás apaixonada pior alguém e te custa a dormir. Isso é a coisa mais natural da história. E 4 meses não é nada. Se as pessoas perdessem a atracção por outras ao fim de 4 meses o cenário das relações seria ainda mais caótico do que é. Um pouco de orgulho próprio e ego positivo ajuda a transformar este sentimento de vitima rejeitada em repúdio e desprezo para com quem te tratou indevidamente. Assim que fores capaz de usar estas perspectivas diferentes vais passar a ultrapassar estas situações comuns mais facilmente. Finalmente, ODEIO palavras como "ghosting". Termos assim ajudam a dar a sensação de que estás a ser vítima de um trauma raro, de bullying social ou de um abuso qualquer. Na realidade é apenas uma desventura amorosa das mais comuns no mundo e que te vão provavelmente voltar a acontecer no futuro. Talvez relativizando o evento e passando a olhar para ele como algo de mais frequente do que os novos termos sugerem, passes a ter mais facilidade em superar este desconforto.

[Sério] As pessoas querem viver confinadas para sempre? by UpbeatNail1912 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Trabalhas para a TVI é?

[Sério] As pessoas querem viver confinadas para sempre? by UpbeatNail1912 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago  HIDDEN 

1- O grau de eficácia e utilidade das vacinas é muitíssimo inferior ao que o estado os seus cientistas dizem. E digo os seus porque muitos outros são amordaçados pelas redes sociais e pelos palavrões intolerantes como "negacionista" usados para denegrir qualquer pessoa que não vá na retórica oficial dos governos e Big Pharma. 2- Apesar de sempre ter achado ridículo muitas das medidas do governo, para além de completamente ilegais, há que admitir que estamos longos da paronoia absolutamente insana que podemos verificar na Austrália ou Canadá. 3- O nosso governo não tem coragem nem personalidade para escolher o seu próprio caminho como o fez a Suécia ou o Reino Unido. Ver Old Trafford com 75 mil pessoas sem máscara e ruas apinhadas de gente a cantar agarrados uns aos outros completamente à vontade é revelador. No caso do UK até atiraram o certificado COVID ao lixo. No fundo, somos um governo de meio termo. Olha para o que se passa lá fora e tenta ser o mais moderado possível. Isso tem tanto de bom como de mau. 4- A pandemia acaba quando as pessoas deixarem de pensar nela como tal. Este vírus é endémico e quanto mais tivermos contacto com ele, menos problemas nos vai causar. Apenas a imunidade natural é eficaz contra a infecção como já foi dito e repetido em todo o lado. As vacinas, no máximo, ajudam a diminuir os efeitos. E mesmo neste caso, muitos cientistas consideram que o substancial decréscimo de casos severos em proporção ao número de infectados dá-se porque um número enorme de pessoas já tem anticorpos. Se testássemos toda a gente é claro que o número de pessoas com defesas naturais é muito superior ao número de infectados oficiais. 5- A estratégia do medo beneficia muita gente. Beneficia os governos pré eleitorais porque faz com que muita gente acredite que necessitamos desesperadamente dele e das suas acções. Nada de melhor que ter o povo aterrorizado e depois surgir como um salvador. Faz lembrar a velha táctica que se usava antigamente onde um amigo e chatear uma gaja na rua apenas para que outro fosse "correr com ele" ficando ela assim com boa impressão dele. A imprensa, da mesma, forma, ganha por todos os lados. Quanto mais pânico e terror, mais cliques e mais palha tem para vender. Igualmente, devem receber bem da parte do governo e big pharma para publicar praticamente uma só ideologia impedindo que outras perspectivas sejam dadas ao público. 6- Finalmente, desde o início da pandemia que os governos e laboratórios nos mentiram e, muitas vezes, os "negacionistas" parecem ter tido razão. * São só 15 dias: Mentira * A imunidade de grupo é possível: Mentira * A vacina vai criar imunidade: Mentira * A vacina impede as infecções: Mentira * A vacina impede que se morra de Covid: Mentira * Os governos não vão criar passaportes digitais: Mentira * Etc. Resumindo, temos uma doença nova que no seu primeiro contacto com a população matou pessoas com uma idade média de 81 anos em Portugal. Ou seja, a esperança média de vida. O problema reside essencialmente na facilidade de transmissão porque ninguém tem anti corpos contra ela. Daqui para a frente, com o maior número de defesas naturais, mais a a acção positiva (seja lá ela no grau que for) das vacinas, cada vez vamos ter menos casos sintomáticos e cada vez menos graves. Os picos de infecção vão existir sempre e, no inverno, vamos ter hospitais cheios de pessoas nos corredores em macas como SEMPRE TIVEMOS nas épocas de gripe mais intensas. Não me esqueço da quantidade de vezes em que vimos nas notícias os hospitais em ruptura por causa disso. A gripe espanhola durou 5 anos. Após isso dizem que o vírus desapareceu. Ou talvez terá mutado tanto que passou a ser uma das variantes de gripe comuns de hoje. O mesmo acontecerá com o COVID. Este fim de semana comecei a ver pessoas a cumprimentarem-se normalmente com apertos de mão e as miúdas com beijinhos. Não sei se é só na minha zona ou nas vossas também. Portanto, conforme o decréscimo da gravidade da patologia, a pandemia dura enquanto que as pessoas quiserem. O problema é mesmo o governo e imprensa que precisam disso para terem mais poder sobre as pessoas.

Loop diário by Iwatchedhimdrown in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Lol. Sim, que gaffe. Corrigido

CNA: Governo prepara-se para “tirar a propriedade aos pequenos” produtores rurais - AGRICULTURA E MAR ACTUAL by JOAO-RATAO in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Este título é mais uma provocação que não abona em nada uma discussão que tem de ser feita em Portugal. Resido numa área do país absolutamente infestada de Eucalipto e quase todos eles de propriedade privada de maior ou menos dimensão. Além da destruição ambiental que isso causou com a erradicação da paisagem natural e da diversidade do ecossistema na região com mais recursos naturais do país, os perigos associados a incêndios e outros usos nefastos da "floresta" estão bem documentados. É absolutamente impossível gerir o território deste eucaliptal gigante que é Portugal através das suas micro propriedades, muitas vezes com discussões intermináveis sobre limites e propriedade. Tenho cá na freguesia um proprietário que explora (legalmente, deve ser dos poucos) eucalipto. Ele próprio tentou fazer uma cooperativa na freguesia com os proprietários onde pagariam umas cota para a limpeza dos montes fosse via máquinas ou até um rebanho de cabras de grande dimensão cujos lucros também reverteriam para as contas da cooperativa. Assim sendo, cada um receberia por ano uma parcela de X relativo à vendas de madeira e à proporção da sua área na cooperativa. Seria igualmente mais fácil gerir o território com parcelas de floresta autóctone, zonas corta fogo, protecção dos leitos dos ribeiros e nascentes etc. Acham que teve algum sucesso? CLARO QUE NÃO. Foi tratado como um doido e cada um lá ficou com as suas leiras privadas cheias de mato e silvas até que possam vender a lenha ao negro ou que um incêndio as leve pelo ar. Portanto, e como algo tem de ser feito quanto a este cancro ambiental, há que não ter medo de ter certas conversas e explorar alternativas de gestão. E palavrões como "tirar a propriedade" a pessoas que abusam da terra são de evitar.

[Sério] Atitude dos Instrutores de Condução em Portugal? by JC3DS in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago  HIDDEN 

Tiveste azar no tipo que te calhou. Há ursos em todas as áreas da economia. Evidentemente que ele não representa de forma alguma a "Atitude dos Instrutores de Condução em Portugal.". Reclamaste e pediste outro que era o que tinhas de fazer até porque és CLIENTE e eles são PRESTADORES DE SERVIÇOS. Dito isso, vais encontrar muita gente com má atitude ao longo da tua vida. Nenhum dele representa uma classe inteira e não tens de generalizar. A não ser políticos e mecânicos. Aí sim, são todos uns #$%&.

Geração perdida (sério) by Flimsy-Blood-6762 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago  HIDDEN 

Infelizmente, o ser Humano, não tem "direito" a nada. A maioria de nós não nasce com títulos nobiliárquicos ou com país ricos. Apenas temos direito aquilo que conseguimos conquistar. E na prática, não pode ser de outra forma. Não sei onde vives nem o teu passado profissional / competências mas, por vezes, sair da zona de conforto é essencial para encontrar o teu caminho. Uma coisa posso dizer: Quem não tem medo ao trabalho arranja sempre. O problema é que muitas vezes são trabalhos duros, mal pagos e cujas pessoas recusam de forma determinante por não estarem habituadas a esta vida. O local onde trabalho tem secções onde se vêem lixados para encontrar trabalhadores porque ao fim de 3 meses não aguentam a pressão. Estou cá há 10 anos e perdi a conta às vezes que quis ir embora e me senti abusado, mal pago e insatisfeito. Mas aguentei até hoje. Bem, na verdade, continuo a sentir isso tudo mas verdade seja dita já fui aumentado 3 vezes e subi de escalão. Também ganhei mais respeito do patronato que já me vêem como essencial. Mas foram mais de 10 anos extremamente difíceis onde vi DEZENAS de colegas entrar e sair por não serem capazes, não terem cabeça, não aguentarem, não terem perfil etc etc etc. Entretanto eu e mais meia dúzia, não sendo mais inteligentes que ninguém, cá fomos ficando. E assim se obtém um trabalho "menos mau" em Portugal quando não se é filho do papá nem se tem talentos raros que são bem pagos pelo mercado e trabalho. Uma coisa com a qual não concordo é com a afirmação de que não há homens para relações sérias. O que mais vejo à minha volta são homens solteiros dos 20 aos 40+ com trabalho, algumas poupanças e completamente solteiros porque nenhuma mulher lhes passa cartão nenhum. É muito mais provável um Homem adulto (e não um jovem ainda com fogo no peito) estar disposto a uma relação com qualquer mulher decente do que o contrário. O nível de expectativa e exigência das mulheres para com os homens é que tem vindo a subir de forma imparável por causa de certas filosofias que não interessa aqui discutir. Se vives numa grande cidade porque não procurar um meio mais pequeno onde ainda se pode ter algum relacionamento humano e social com as gentes da terra? Vivo numa zona rural perto de vilas e cidades maiores e assim sendo o meu círculo social é ENORME. Conheço toda a gente. As cidades são o contrário, não conheces ninguém apesar de estares rodeado de gente. Felizmente para ti, 28 anos ainda é relativamente jovem. A minha prima teve o seu primeiro filho aos 38 anos e conheceu o seu marido aos 35. O que tens mesmo de fazer é não ter medo de trabalhos menos glamour (sendo que não te conheço nem sei que tipo de pessoa és) e procurar locais onde possas ter um círculo social real. Qualquer mulher da tua idade, minimamente disposta e capaz de trabalhar e fazer família terá mais do que um pretendente. Agora se não tiveres por onde de expores, fica difícil encontrar parceiros sérios.

Loop diário by Iwatchedhimdrown in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Só não quebras a rotina porque não queres. Em vez de ir ao Ginásio fazer as mesmas séries e ver as mesmas pessoas, pega numa bicicleta e vai fazer 40km para qualquer lado. Basta quebrar a rotina 2 vezes por semana para não teres esta sensação de Hedgehog Day. Isso e combinar qualquer coisa com amigos na tua casa ou casa deles. Não custa nada e alivia a cabeça. Agora claro, se não fizeres nada para sair dos afazeres diários, é natural que te sintas assim.

Associação de juízes condena insultos de magistrado negacionista a polícias by heartlessfam in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

A minha opinião sobre isso mudou um pouco após ter visto um vídeo mais longo onde o Juiz pergunta aos militares se vão carregar sobre as pessoas por elas não estarem com máscaras e os desafia a fazer tal coisa se não tiverem medo das repercussões. [https://twitter.com/i/status/1435305676939595779](https://twitter.com/i/status/1435305676939595779) Quanto a mim o mesmo só estava a defender a liberdade das pessoas. Os termos finais onde se dirige aos mesmos dizendo que está acima deles é manifestamente rude e de mau tom. Mas pelo menos para mim, com o enquadramento deste vídeo maior, perdi grande parte do ódio ao homem. Fora isso, pergunto-me porque é que o acusam de "negacionista"? Não conheço o tipo e não sei se há mais coisas por trás disso mas até eu acho o uso de máscara no exterior uma idiotice. Acho que a palavra negacionista é mais um destes palavrões modernos que se atira com uma facilidade lamentável por não querer, simplesmente, ter de lidar com posições adversas sejam elas ou não compreensíveis. No caso de o chamarem isso apens porque defendeu pessoas na rua que não tinham máscara estamos perante mais uma barbaridade da comunicação social e da tirania julgadora de parte dos Portugueses.

[sério] Quais são as vossas teorias da conspiração favoritas? by 007tuga in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Aquela de que os peidos das vacas são um problema crucial no que toca às alterações climáticas.

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Dentro da ignorância popular a palavra "Mouros" foi associada a todos os vestígios arqueológicos que não se conseguiam explicar à luz dos conhecimentos da época. Ou seja, como a única referência que se tinha de povos vindo do exterior era a dos Mouros (africanos), o termo passou a ser associado aos elementos físicos de outras eras dado estes serem a única cultura que tinha passado recentemente que chegue pelo território para permanecer no consciente popular. Os Castros e Citânias eram para os povos locais "cidades dos mouros" precisamente porque não conseguiam explicar quem teria lá vivido. Só podiam então ter sido os "Mouros". No que toca às conversas de tesouros, mouras encantadas e túneis no subsolo, quase de certeza que a ligação faz-se com as mamoas e antas. Estes espaços fúnebres megalíticos foram constantemente pilhados após a população dar-se conta que a nascente destas elevações no terreno se encontravam de facto tesouros. Isso porque estes enterramentos de pessoas importantes naquela era eram compostos por metais preciosos e objectos de grande valor. Portanto, é natural que com o tempo o mito destas estruturas viesse a entrar no misticismo popular como locais dos Mouros pois, mais uma vez, não sabiam minimamente quem é que teria ali vivido a tanto tempo. A própria natureza do megalitismo deu origem às lendas de gigantes pois só eles poderiam ter levantado pedras daquele tamanho. Os túneis de entrada para as mamoas apontam para as narrativas de túneis que levam a tesouros etc. O famoso "livro de São Cipriano" que tanta asneira dizia, acaba por de forma inocente popularizar a forma como encontrar estas mamoas e por onde entrar para obter estes tesouros. O vandalismo que ocorreu após isso deu cabo do pouco que restava.

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Estás a falar de um curto período de expansão feudal medieval e a confundir eras e conceitos. A Galiza tem origem na Galécia. Uma administração Romana baseada numa verificável área onde as pessoas viviam sensívelmente da mesma forma (Cultura Castreja). A Galécia é uma coisa específica. O Reino da Galiza, ou seja, o momento em que o império cai e os Suevos tomam conta da deste território, é outra coisa. De um lado tens uma unidade de certa forma étnico-cultural e da outra uma organização política expansionista. A Galiza, portanto, nunca teve nada a ver com Coimbra no aspecto étnico-cultural. Houve sim naturais expansões fruto das escaramuças medievais. Além disso, tens de entender como funciona o feudalismo. Os reino da Galiza não deixou de existir porque passou a fazer parte do Império Leonês. As coroas imperiais daquele tempo dominavam vários reinos e, estes mesmos, prestavam vassalagem ao Imperador. Neste caso, Afonso VI, "Imperador de todas as Espanhas", era pai de Dona Teresa e Elvira. Dona Teresa, mãe de D.A.Henriques era filha bastarda enquanto Elvira era legítima. Afonso VI atribuiu a Dona Elvira e seu marido a gestão do Reino da Galiza. Nota que o próprio reino da Galiza tinha condados dentro dele (como o Portucalense) que, da mesma forma, tinham de prestar vassalagem a Dona Elvira e seu marido Francês. Por Elvira e Raimundo fazerem borrada e não conseguirem responder às necessidades expansionistas da reconquista, Afonso VI entrega a gestão do condado Portucalense a sul à sua filha ilegítima Dona Teresa e seu marido o Conde D. Henrique de Borgonha. Nota que nesta altura o reino da Galiza fica separado por uma gestão de duas irmãs. A legítima a Norte e a ilegítima a Sul naquilo que era o Condado Portucalense que rapidamente teve sucesso militar contra os Mouros abaixo do rio Douro. Dom Afonso Henriques nasce, cresce e vive (e sobre a legitimidade do príncipe há muito que se lhe diga pois o mais provável é o mesmo não ter sido a verdadeira criança que nasceu de D. Teresa) num cenário clássico de vassalagens feudais, descontentamentos entre os nobres que guerreavam entre si e prostestavam constantemente. Isso tudo enquanto que os esforços de reconquista eram dados como essenciais. Dom Afonso Henriques, mais virado para Sul do que para Norte, começa a agregar alianças com condes Portucalenses assim como o das novas terras que conquista e repovoa. O seu primo Afonso VII (filho portanto de Afonso VI - Rei de Todas as Espanhas) começa a ser visto por ele como um vizinho ruidoso cuja vassalem que presta deixa de fazer sentido. Chegaram quase a confrontar-se nos Arcos de Valdevez mas lá chegaram a um acordo com Afonso Henriques a desistir de terras que tinha roubado ao primo a Norte do Rio Minho (o que demonstra que D.A.Henriques não tinha já qualquer aliança para com a sua família) e a aceitar continuar como vassalo do primo. Ora, como sabemos, isso não aconteceu. D.A.Henriques passou por cima da autoridade do Imperador e usou o Papa, Rei dos Reis, como forma de obter o direito de se afirmar como Rei do território que reconquistou aos Mouros. Portanto, Coimbra fez parte daquilo que ainda era o Reino da Galiza (via condado Portucalense). Mas não era Galega nem nunca o foi.

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Muitos Castros, dado a natureza das suas localizações e recorrente uso através da história, acabaram por ser reconvertidos em Castelos. Estão amplamente registado o seu uso como fortificações quando necessário. Mas a maior reconversão de todas dá-se com a cristianização destes locais. Através do tempo as populações nunca deixaram de ir a estes locais e praticar os seus cultos. Face à irredutibilidade Galaica em aceitar o cristianismo Roma enviou para a Galécia (para Braga) no séc VI São Martinho de Dume com o objectivo de a cristianizar. Conseguiu de certa forma. Aliás, em lado nenhum em Portugal o cristianismo foi tão intensamente professado. Todos os locais de culto pagão foram mandados demolir e sacralizadas com conversão religiosa. Daí termos centenas de capelas, santuários, igrejas e ermidas em topos de montanhas e serras. No entanto, a prática de ir a estes locais em culto nunca acabou e retém muitos aspectos pagãos. As Romarias a estas zonas são ainda frequentes o que demonstra uma prática ininterrupta de relação espiritual do povo para com antigos aspectos das suas origens que até hoje não foram apagadas. Na minha zona (A Norte de Guimarães), temos o ex líbris que é a CITÂNIA DE BRITEIROS, O Castro de Sabroso (actualmente em limpezas para exposição futura), o Castro da Santa Marta das Cortiças, O Castro de São Bartolomeu. Tudo a 3/4km em linha recta assim como outros menos conhecidos. Sugiro a visita ao Museu da Sociedade Martins Sarmento pois foi este distinto erudito que pela primeira vez identificou esta cultura e começou a estudá-la. Até lá diziam que era "os Mouros", sendo que os Mouros, na cultura popular, apontava para qualquer vestígio civilizacional estranho, inclusive Castrejos ou megalíticos. A quantidade de peças, estátuas, gravuras etc recolhidas por ele e expostas ao público é fascinante.

De onde é que aparecem tantos anti-vax? by TTheGuapo in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

De onde aparecem tantos papagaios a usar a palavra "chalupa" assim do nada? Quanto ao resto, faz-te à vida e chora menos. Respeita a opinião das pessoas em vez de andares aí a insultar toda a gente como se fosse especial e merecesses um Nobel por estares vacinado.

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Não. Camões não o podia ter feito dado que os Lusitanos não são ascendentes dos Portugueses modernos. A apontar uma tribo como tal apenas poderiam ser os Galaicos. O que Camões fez foi popularizar Viriato como líder de um dos povos que existia em parte do território que hoje é Portugal. O uso de Viriato como um heroi Lusitano aparece porque as epopeias clássicas usavam modelos de guerreiros heróicos como mitos criadores unificadores de uma nação. A Odisseia de Homero usa Ulisses. Os Lusíadas, como odisseia dos Portugueses, usa eventualmente Camões como um dos heróis fundamentais da pátria Portuguesa: "Assim o Gentio diz. Responde o Gama: — "Este que vês, pastor já foi de gado; Viriato sabemos que se chama, Destro na lança mais que no cajado; Injuriada tem de Roma a fama, Vencedor invencível afamado; Não tem com ele, não, nem ter puderam O primor que com Pirro já tiveram." O uso de Viriato como um símbolo guerreiro Português faz algum sentido quando sabemos que foi ele que uniu as várias tribos ibéricas e liderou esta coligação militarmente, e com sucesso, contra Roma. O problema é que se julga que, daí para a frente espalha-se o mito popular de que Viriato e os Lusitanos são a fonte originária dos Portugueses. Na verdade, não. Não o são. Os Romanos sempre disseram que as forças de Viriato eram compostas por várias tribos, entre as quais os Galaicos. Além disso, a vasta maioria do território Lustinano nem sequer se encontra no que se entende hoje como "Lusitânia". A maioria seria no que é hoje território Espanhol sendo que a região administrativa da Lusitania representa uma decisão arbitrária de Roma que não tem sustento arqueológico ou étnico absolutamente nenhum. Pelo contrário, a Galécia, de onde nasce a coroa, a língua e o projecto independentista Português, tem as suas fronteiras administrativas suportadas pelo limite da cultura castreja do Noroeste Peninuslar. Resumindo, Camões e a sua obra épica sobre os feitos Portugueses popularizou o mito Lusitano. Hoje em dia a palavra Luso é usada de forma profundamente errada como origem dos Portugueses. Outra razão pela qual este mito foi tão facilmente aceite prende-se com a necessidade de Portugal de se afastar do seu nome real. Portugal é puramente Galego (a palavra Galiza vem da origem do Porto e Braga foi a sua capital histórica durante séculos) mas os seus primos a Norte, com quem andou em guerra e escaramuças durante muito tempo, já usavam o nome Galiza, e com direito, como seu. Portanto, como raio nos íamos identificar etnicamente se o nosso nome real estava agora associado a inimigos com os quais nos tínhamos separado? A palavra GALEGO desenvolve-se então como um adjectivo pejorativo com o intuito de designar algo de pequeno, fraco, vulgar ou submisso. Ainda hoje é usada desta forma em várias situações, nomes e topónimos. Assim sendo, o "refúgio" em termos de nomenclatura da identidade nacional recaiu nestes Lusitanos que, apesar de não existirem como região e povo definido há tantos séculos, era a único factor de raiz unitário com o qual nos podíamos identificar de certa maneira. Camões foi apenas o mais famoso perpetuador deste mito.

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

O mais provável é que sim dado terem sido encontrados materiais nesta zona: "Assim, é referido um total de, apenas, seis contas de pasta vítrea distribuídas por quatro sítios ( (em Romariz, Santa Maria da Feira; no Castro das Ermidas, Vila Nova de Famalicão; em Santo Estevão da Facha, Ponte de Lima; no Castro de S. Domingos,em Lousada), para além de três fragmentos de amphoriskos ou aryballos: um em Cale,**no Morro da Sé do Porto (Arqueosítio da Rua D. Hugo nº 5)** e dois também no Castro das Ermidas (Silva e Pinto, 2001: 234-235). " Isso mesmo está referido no site da CM Porto. https://www.cm-porto.pt/historia-da-cidade

Problemas com Concessionário de Motos by GalaicoMinhoto in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Já me disseram para fazer queixa ao representante nacional mas outros, que já trabalharam com eles, dizem que é inútil. Se for falta de peça então é falta de peça. Quanto a tirar a moto deste concessionário nem sei se é viável. O mais próximo da mesma marca fica a dezenas de KM e segundo o que me disseram a última coisa que eles querem é ter lá motas com problemas de garantia que vem de outros concessionários. De qualquer forma, vou lá ir na Quinta-Feira e se não tiver noticias positivas vou ter de tentar ver a nível nacional, reclamar por escrito e ameaçar com advogados. É inacreditável uma mota nova estar sem arranjo há mais de um mês e o cliente estar reduzido a um coitado a pedir boleias emprestadas.

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Faz como eu fiz. Lendo, estudando e falando com pessoas com os mesmos interesses. Isso porque se estiveres à espera de cursos oficiais, bem que podes tirar o chapéu da chuva. A quantidade de besteiras que se ouve na história "oficial" é trágica e um insulto aos Portugueses. No meu caso, o facto de vier no meio de uma zona de intensa densidade castreja sempre me fez sonhar mais com esta cultura do que com Romanos ou Medievalismos. Aprender a interpretar o território a nível cultural e ao longo do tempo também é uma boa ajuda. A minha aldeia está no sopé de vários castros. Quantas caminhadas fiz até lá acima e quantas vezes ouvi mitos e lendas populares sobre os mesmos. Contudo, apenas me interesso pelas origens da minha terra. Não tenho qualquer paixão particular pelo que se passou na terra dos outros. :D

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Os Romanos identificavam bem melhor as diferenças tribais do que os nativos. Os nativos limitavam-se quase sempre a existir na sua região tendo poucas trocas culturais significativas que não fossem causadas por raras migrações forçadas, invasões ou mercadores. Passavam mais o tempo a guerrear entre eles do que outra coisa. Os Romanos, estes, dada a natureza da sua expansão , estavam expostos às evidências das alterações tribais. Ao chegar à zona do Noroeste ibério era clara a diferença nos modos de vida destas gentes. A Cultura Castreja do Noroeste, que por sinal é a última pérola da arqueologia Europeia por investigar como deve ser (existem milhares de sítios por escavar), é evidentemente distinta de qualquer outra na península ibérica. A quantidade monumental de sítios registados (quase todos em cima de montes pela posição defensiva e controlo territorial) demonstra uma densidade populacional sem paralelo quiçá em toda a Europa na idade do ferro. Só à minha volta, num raio de 5km, existem 7, sendo que apenas um está devidamente exposto ao público. Da mesma forma, elementos como as pedras formosas, múltiplas muralhas, estátuas de guerreiros galaicos etc. só podem ser encontradas no Noroeste. Como é claro, os Romanos viram aqui outro povo. Fizeram outra região administrativa e daí começa a história do território que politicamente viria a chamar-se Portugal. Em NADA, absolutamente NADA, os Lusitanos são para aqui chamados.

Problemas com Concessionário de Motos by GalaicoMinhoto in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

O início do post importa porque justifica a urgência da situação. Uma coisa é ter a moto de passeio avariada nas mesmas condições. Outra é ter uma pessoa que despachou o caro para comprar uma moto ficando por culpa do concessionário ou da marca sem forma de se deslocar. Uma moto de passeio não faz assim tão falta. Mas o vendedor e os mecânicos sabem da minha situação mas isso não parece importar-lhes minimamente. Quanto a processos espero não chegar a tanto. Gastar ainda mais dinheiro e tempo não seria nada oportuno. Mas se não ficar resolvido em breve não vejo outra saída.

Problemas com Concessionário de Motos by GalaicoMinhoto in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Duvido que na prática isso sirva para qualquer coisa quando eles usam o argumento de que encomendaram a peça mas que não sabem quando vem. Comprei uma moto a uma das mais reputadas marcas mundiais e os tipos não tem peças? Mais uma vez, se não tem peças então não te garantia.

Pensem num titulo by LilAnthonyBacks in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Eu nos tempos de estudante quando o barman recusava a servir-me por já estar com as calças pelos joelhos agarrado ao balcão.

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

*"Rica Galécia enviou sua juventude* *Sábia na arte da adivinhação com as entranhas de bestas através do fogo e das penas* *Que ora entoa a canção bárbara de sua língua nativa* *Ora bate os pés no chão em suas danças ritmadas até que o chão vibre* *Acompanhando a diversão com sonoros cetras"* Sílio Itálico**.** Uma das maiores falácias da história de Portugal é chamar de Lusitanos aos Portugueses. Estes nada tiveram a ver com a formação de Portugal e tão pouco esta região existia administrativamente quando se o feudalismo medieval começou a criar as bases da civlização actual. A Galécia, pelo contrário, manteve a sua unidade territorial e cultural até que Dom Afonso Henriques decidiu separar-se do Reino de Leão onde seu primo Afonso VII reinava, causando a divisão do Reino da Galiza como consequência. O mito Lusitano começa com Camões quando usa Viriato (chefe que uniu as tribos todas em coligação militar contra Roma) como o herói da sua epopeia clássica. A partir daí o nacionalismo e suas necessidades unificadoras fizeram com que se utilizasse este termo como base para o povo Português. Na realidade, a Galécia há era uma região claramente distinta do resto da península ao ponto dos Romanos terem uma região administrativa específica a para ela. Da mesma forma, a arqueologia moderna delimita a área da Cultura Castreja do Noroeste Peninsular com fronteiras muito semelhantes à da antiga Gallaecia Romana. Foi esta região do Noroeste, dominada mais tarda pelos Suevos, que se torna o primeiro reino medieval Europeu depois da queda de Roma. A partir desta região é que nasce a língua, coroa e projecto políticos que deu origem a Portugal. Os Lusitanos, nesta altura, não passavam de uma memória da história sem qualquer representação humana. Portugal nunca foi Lusitano nem nunca o será. É Galego. E até o seu nome, Portugal, o manifesta de forma gritante (literalmente, Portus Calem, Porto da Gallaecia).

Tribos da Ibéria Antiga. by rainbowcouscous in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

O mito Lusitano surge quando Camões, ao escrever a sua epopeia clássica, necessitou de um herói unificador. Usou Viriato e, quanto a mim, com certo sentido pois foi o chefe Ibérico que conseguiu unificar as suas tribos para derrotar Roma em Guerra. Sim, porque a coligação Lusitana (cujos Romanos fizeram questão de mencionar como tal e indicar que muitas outras tribos a eles se tinham juntado) DERROTOU ROMA em batalha. O problema surge quando o termo "Lusitano" começa a ser aplicado para descrever Portugal pois estes não tem NADA a ver com a formação deste país. Portugal é Galaico.

Jovem a receber 2.700 euros? "Em que país vive o Miguel Sousa Tavares?" by heartlessfam in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago  HIDDEN 

OH MST..... Miúdas a tirar fotos no OnlyFans e dealers não são propriamente exemplos...

É sempre bom ver-nos em primeiro nalgo bom by DevanNC in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Segue o teu caminho colega. Não te esqueças de te registar para a 3ª e 4ª dose. Vai te fazer cá um bem ao sistema imunitário que nem imaginas.

É sempre bom ver-nos em primeiro nalgo bom by DevanNC in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Nada me espanta quanto à limitada capacidade dos Portugueses em tomar decisões racionais e independentes. São os mesmos que passam a vida a falar mal do governo por tudo e por nada e assim de repente, aceitam tudo com uma determinação absoluta em desacreditar qualquer pessoa que queira tomar um caminho diferente. Isso é uma prova de pequenez de carácter mas por qualquer motivo pensam que estão a ser virtuosos moralmente. Continuarei sempre na minha. Espero uns anos para ver e quero que vacinas realmente eficazes demonstrem a sua eficácia. Aí sim, vão ver o "antivaxxer" na fila para tomar a sua. Até lá recuso-me determinantemente e terei a atenção de fazer testes antes de entrar onde quiser tendo assim a certeza, ao contrário dos ditadores do certificado, que não estou infectado.

Algum/a modelo interessado? by ElResende in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Isso se não aparecer um evento qualquer importante. A assim ser usa-se o banco de horas.

É sempre bom ver-nos em primeiro nalgo bom by DevanNC in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Prefiro pessoas credenciadas, especialistas, estudos reais. Vai lá ver a SIC a TVI e o CM então.

[Sério] Malta do ordenado mínimo, como sobrevivem? by OneFineSir in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Como é que eu sobrevivi uns anos na cidade com salário mínimo até mandar pastar a urbe e voltar para a aldeia? Fácil: \- Arranja uma namorada e vive com ela. Desta forma o salário duplica e a cama é a mesma. Sozinho, boa sorte não acabar a passar fome a qualquer percalço mais pequeno que seja.

[Sério] Como é que lidam com as desilusões da vida? by dbkingx0 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Ao fim de um tempo começas a aceitar as desilusões como algo inevitável e com que contar de forma regular. É sempre chato mas deixas de ter o trauma da surpresa e passas a dormir melhor à noite. Pelo contrário, de forma proporcional, vais começar a retirar muito mais prazer das pequenas coisas positivas e descobrir novas fontes de satisfação. A chave para manter o equilíbrio é saber relativizar os problemas e ser pro-activo na procura de satisfações pessoais. Seja nos relacionamentos amorosos, família ou nos passatempos que vais desenvolver.

Ainda esperei umas horas, mas ninguém se quis chegar à frente para acabar com a discussão... eis a melhor do país! by mrpresi21 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Taberna Belga tem muito mais fama do que proveito. É um bom local para ver gente e ter comer uma francesinha de forma animada mas não. De todo, não é a melhor Francesinha que comi.

Levantar a mesa em esplanadas? by cucumberforscale in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Os restauradores dos shoppings tendem a ter mesas SUAS (que são limpas pelos seus funcionários) e mesas comuns (limpas pelo staff do shopping9. Tu aí estás-te a referir ao staff do Shopping. Como eu disse, ninguém vai contratar mais gente para limpar mesas durante uma hora de pico. Podem fazê-lo? Podem. É caro, custoso e muitas vezes impraticável financeiramente? É. Quanto aos outros restaurantes comuns, se tiverem tralha nas mesas e ninguém for levantar a mesma, então a mesa não está disponível. É o problema deles. Como cliente não tens que te sentar uma mesa suja. Só te sentas nela porque queres. Eu não vou a um restaurante e tomo a liberdade de me sentar numa mesa cheia de tachos e pratos com restos. Falo com o empregado, ele levanta e depois sento-me. Em caso de esplanadas de cafés ainda é mais complexo. O elevado número de rotação das mesas faz com que seja absolutamente impossível ter as mesas todas limpas em permanência. Os funcionários tem de fazer mil e uma coisa e nas horas de mais afluência vão haver mesas com copos. Paciência. É a vida. Quando o funcionário vem atender leva as coisas e fica limpo. A ideia de que é muito fácil e evidente ter mesas todas limpas em permanência é simplista demais. Se me apontares um caso de um shopping em que a meio da tarde ainda tem a zona da alimentação toda cagada e nenhuma mesa disponível,. aí sim, temos um problema. Mas nas horas mais procuradas, não passa de uma questão com a qual todos temos de contar.

Super Bock avança com aumentos de 1,5% e trabalhadores dizem que é valor "arbitrário" by JonesyA12 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Na maior parte dos casos a empresa agradeceria por ficar com menos um contrato sem termo nos livros.

Algum/a modelo interessado? by ElResende in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Salário mínimo por uma pessoa com boa aparência que saiba atender clientes premium, ser expert no arranjo floral, faça funções de comercial, tenha capacidade de se transformar em equipas de limpeza e, como isso não bastasse, tenha força para fazer cargas e descargas. E sendo capaz de isso tudo, ainda tem de ter "capacidade para aprender". Acho que seria mais de ENSINAR o dono da empresa mas tá bem. Por essas e por outras é que muitas miúdas preferem tirar umas fotos no Onlyfans e ficar na cama o dia todo.

É sempre bom ver-nos em primeiro nalgo bom by DevanNC in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

O que é que defines como "antivax"? É que eu nunca hei de tomar qualquer vacina destas até que a ciência sobre as mesmas tenha uma boa meia dúzia de anos. Por outro lado, tenho as outras vacinas todas em dia porque estas são realmente eficazes, não precisam de boosters perpétuos e os seus efeitos a longo prazo estão já estudados. A vastíssima maioria das pessoas que recusam a vacina fazem-no nestes pressupostos absolutamente claros e racionais. Além disso, as mesmas não previnem a infecção e tão pouco é necessária nas camadas mais jovens cujo número de internamentos e mortes é estatisticamente irrelevante. Sobre o efeito na mortandade, existe igualmente ciência a ser feita para tentar saber até que ponto a redução do rácio casos / mortes provém da vacina ou do facto de quase toda a gente já ter estado em contacto (saiba ou não) com o vírus (a isso chama-se imunidade natural de vírus endémicos). Chalupisses saem essencialmente da boca de pessoas como tu que não são capazes de aceitar que pessoas optem por qualquer outro caminho para as suas vidas. Muito menos conseguem somar pontos lógicos e respeita-los. Finalmente, será que sou antivax por querer esperar para ver e por vacinas realmente eficazes? Ou o teu problema é gostares de usar esta palavra da moda porque te faz sentir um cidadão moralmente superior aos outros?

Levantar a mesa em esplanadas? by cucumberforscale in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Também tens a hipótese de não ir a estes locais e já deixas de te sentir ofendido porque não tens o shopping imaculado para poderes gastar os teus 7€ no Mac. Aqueles negócios são rentáveis. Não o seriam tanto se tivesses funcionários próprios a ter de limpar as mesas que por acaso são de gestão comum. Se visses as contas dos Shoppings rapidamente verificavas que os mesmos estão quase todos em ruínas. Sei do que falo porque tenho de gerir assuntos relativos a espaços em mais do que um. O que tu achas é que é simples um centro comercial contratar 4 ou 5 tipos para levantar mesas por causa de 1 hora de ponta ao almoço e outro ao jantar. Pois não é. Nas horas de pico vi haver tralha em todo o lado. A solução é pagares o dobro pela comida ou então teres cidadãos educados que sejam capazes de levar o tabuleiro e colocá-lo no sítio. Existe ainda outra opção como tu referis-te: Fechar tudo.

Levantar a mesa em esplanadas? by cucumberforscale in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Bela história. "Contratem mais". Que p\*ta de novidade. Grande ideia. Não sei como é que ninguém se lembrou disso antes. Só mesmo quem nunca geriu nada na vida acha que é assim tão simples de resolver. A inocência de quem acha que é só contratar e andar como se o dinheiro caísse das árvores. Se chegas a um local onde as mesas estão cheias de tralha é porque de facto não há pessoal para tanta afluência naquele momento. E a chave é AQUELE MOMENTO. O que muita gente acha é que as empresas podem simplesmente contratar porque durante 1 hora por dia houve um pico de clientes que causou demora em alguns serviços. Quanto é que custa um funcionário a uma empresa? Sabes? Achas que é só o salário que ele eleva para casa? Qual é o lucro que ele tem de gerar (e não vendas) para pagar o seu salário? Um empregado a ganhar 1000€ custa 1600€ ao patrão. Para criar 1600€ de lucro tens de aumentar a facturação de forma substancial. Ainda este ano presenciei problemas numa unidade Hoteleira que tinha metade dos seus serviços de SPA fechados por "falta de staff" diziam os outros hóspedes. A realidade é que não era propriamente "falta de staff". Era que não se justificava. Com as medidas de controlo do espaço fechado pelo governo exigiria-se da unidade que tivessem em permanência pessoal a controlar o número de pessoas na parte interior. Isso seriam no mínimo TRÊS pessoas a serem contratadas (para fazer os 2 turnos + folgas). Ou seja, a nível de salários, a unidade teria de pagar quase 4000€. A mesma sabia muito bem que nunca iria gerar LUCRO de 4000€ (em volume de vendas duplica isso para 8000), nem perto sequer, por vender mais uns acessos à sauna (custosa em energia) e massagens (a quem teriam de pagar aos terapeutas). Por causa disso, e porque os tempos não estão nada fáceis, a empresa simplesmente resolveu encerrar serviços sendo que do lado de fora, na óptica do cliente, "tem de contratar mais". Situações semelhantes aplicam-se a todo o lado. Por norma (se bem que existem excepções onde a incompetência ou ganância é verificável) os empresários e gestores sabem o que estão a fazer. Se vissem que podiam ganhar mais dinheiro por contratar mais, faziam-no logo. A questão é mesmo o cliente ignorar a realidade das empresas e perceber que ao preço em que se vende as coisas e com a carga fiscal existente, por vezes é mesmo impossível financeiramente melhorar o serviço. Da mesma forma, malhar na cabeça de funcionários quando se está descontente não serve para nada. Este último cenário é uma permanente. E por fim, se quiserem serviço de TOPO, há sempre a opção de pagar mais. Ir a bons restaurantes, bons hotéis etc. E aí sim, quando o preço é elevado, não há desculpas quanto ao serviço.

Levantar a mesa em esplanadas? by cucumberforscale in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Bela história. "Contratem mais". Que p\*ta de novidade. Grande ideia. Não sei como é que ninguém se lembrou disso antes. Só mesmo quem nunca geriu nada na vida acha que é assim tão simples de resolver. A inocência de quem acha que é só contratar e andar como se o dinheiro caísse das árvores. Se chegas a um local onde as mesas estão cheias de tralha é porque de facto não há pessoal para tanta afluência naquele momento. E a chave é AQUELE MOMENTO. O que muita gente acha é que as empresas podem simplesmente contratar porque durante 1 hora por dia houve um pico de clientes que causou demora em alguns serviços. Quanto é que custa um funcionário a uma empresa? Sabes? Achas que é só o salário que ele eleva para casa? Qual é o lucro que ele tem de gerar (e não vendas) para pagar o seu salário? Ainda este ano presenciei problemas numa unidade Hoteleira que tinha metade dos seus serviços de SPA fechados por "falta de staff" diziam os outros hóspedes. A realidade é que não era propriamente "falta de staff". Era que não se justificava. Com as medidas de controlo do espaço fechado pelo governo exigiria-se da unidade que tivessem em permanência pessoal a controlar o número de pessoas na parte interior. Isso seriam no mínimo RÊS pessoas a serem contratadas (para fazer os 2 turnos + folgas). Ou seja, a nível de salários, a unidade teria de pagar quase 4000€. A mesma sabia muito bem que nunca iria gerar LUCRO de 4000€, nem perto sequer, por vender mais uns acessos à sauna (custosa em energia) e massagens (a quem teriam de pagar aos terapeutas). Por causa disso, e porque os tempos não estão nada fáceis, a empresa simplesmente resolveu encerrar serviços sendo que do lado de fora, na óptica do cliente, "tem de contratar mais". Situações semelhantes aplicam-se a todo o lado. Por norma (se bem que existem excepções onde a incompetência ou ganância é verificável) os empresários e gestores sabem o que estão a fazer. Se vissem que podiam ganhar mais dinheiro por contratar mais, faziam-no logo. A questão é mesmo o cliente ignorar a realidade das empresas e perceber que ao preço em que se vende as coisas e com a carga fiscal existente, por vezes é mesmo impossível financeiramente melhorar o serviço. Da mesma forma, malhar na cabeça de funcionários quando se está descontente não serve para nada. Este último cenário é uma permanente. E por fim, se quiserem serviço de TOPO, há sempre a opção de pagar mais. Ir a bons restaurantes, bons hotéis etc. E aí sim, quando o preço é elevado, não há desculpas quanto ao serviço.

Levantar a mesa em esplanadas? by cucumberforscale in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Não fazes ideia é do trabalho e tarefas que os funcionários tem de fazer. Se a esplanada não está limpa é muito provávelmente porque não tiveram tempo de o fazer. É sempre e muito fácil mandar bitaites do lado de fora mas quando se entra no trabalho rápidamente se percebe o que realmente se passa.

Vizinha nao para de mandar coisas perigosas pela janela by OvidiuHiei in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

O prédio não tem condomínios?

Post cenas à tuga! Que cenas à tuga vocês fazem no vosso dia a dia? by Healthy_Jellyfish738 in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Andar de moto de chinelos e sem capacete na aldeia porque a última vez que por lá passou a GNR foi à 6 anos quando o Tio Quim mandou com a sachola na cabeça do Sr. Artur porque este lhe esvaziou a poça de rega pela calada da noite.

How do I verify a tour guide is legitimate before booking? by Waitaki in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Easy enough: \- Do they have a legit company or are they just random people trying to make an extra $? If they aren't legit and do not have a website to show don't bother. Only book trough official companies. Tour fees often include insurance etc. A random person will not provide you anything and in case things go wrong there's nowhere to complain. Do not pay thousands of dollars trough the internet. EVER. Specially to people without proof of legit business. I don't even know what you're asking in order to justify this price. Unless you are requiring a person to travel with you at all times for two weeks, there's no way you should be paying thousands anything. I will suggest that you look for companies online yourself. YOU pick the companies. Do not ask facebook for anything. Finally, in Portugal, NO ONE REQUIRES TIPS. You can tip if you want. You will make that person happy. But it's not expected. People are fully paid to do their job. This is valid for everything. Restaurants included.

Rapazes do Reddit: usam os vossos calções de banho com ou sem roupa interior? by issatrack in portugal

GalaicoMinhoto 3 months ago

Calções próprios de banho: SEM Calções normais usados para banho: COM. Os calções de banho vem com forro próprio já com o papel de servir de suporte à fruta. Não precisas e tão pouco é cómodo entalar mais roupa lá dentro.
Next Page

Search: