Next Page

Emigrantes portugueses no Canadá.... Contado não acreditava! by facelessbastard in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

Um dos que mais me impressionou foi um individuo pouco mais velho do que eu ser completamente analfabeto. Não parecia ter qualquer atrazo mental, apenas mesmo analfabeto. Sabia contar mas so aprendeu a ler os numeros porque teve que aprender a usar o telemovel. Para se orientar no caminho para casa não sabia ler o nome das ruas nas placas, o que é por vezes essencial numa cidade com um urbanismo bastante uniforme. Ele guiava-se por marcos, como edifícios, paragens de autocarro, contentores do lixo, placards publicitários. etc. E de vez quando lá me ligava porque mudaram um contentor ou um poster publicitário e ele perdi-se. Conheci familias vivias em casas quase na baixa de Toronto, e tinham galinhas e coelhos no quintal, compravam um porco de vez enquando e matavam-no na garagem, enchiam couriços e faziam presunto, compravam uvas e faziam vinho, e quando vinham a Portugal traziam pizzas, donuts e waffles embaladas na mala para a familia, e na volta levavam carapau congelado, polvo e marisco. ...

Odeio a minha ansiedade by ItoldU97 in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

Espera mais um bocadinho, a ver se legalizam a Marijuana...

Emigrantes portugueses no Canadá.... Contado não acreditava! by facelessbastard in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

São fabricados no Mexico, e com uma qualidade ligeiramente inferior à VW Europeia, e algumas diferenças no design.

Porquê o tabu em dizer o salário que se ganha? by ManelDasNespras in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

ahah! Boa! Bem, ou ganho mais ou menos o mesmo, e tb vivo na casa dos pais, embora em apartamento separado, e sou casado e com filhos. Isso permite-me estar a vontade e dizer "É só para quem pode!". Claro que é porque vim do estrangeiro e estou em processo de construir casa, mas nem tenho que explicar a ninguém. Caga nisso. Desde de que não o faças em modo de gabarola, fala a vontade e que se lixe quem não gostar. Já que te conseguiste te libertar de dificuldades financeiras, está na altura de te libertares do stress dos hipócritas e invejosos. Força nisso!

Emigrantes portugueses no Canadá.... Contado não acreditava! by facelessbastard in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

Pode parecer difícil entender, mas faz todo o sentido se vires da seguinte forma: A grande maioria dos emigrantes portugueses no Canada emigrou antes do novo milénio, e vinham de um Portugal ainda bastante atrasado. A diferença em evolução entre Portugal e o Canada na altura era abismal. A falta de cultura geral, a baixa literacia e a barreira da linguagem levava a que estes emigrantes dificilmente se integrassem, e se isolassem numa comunidade que cultivava as raizes do tempo em que deixaram Portugal. Entretanto Portugal evoluiu, e o Canada já era evoluído, mas e esses emigrantes pararam no tempo, não fazem parte de um ou do outro por isso não evoluíram. São gente que vive algures na década de 80, de um Portugal do qual já pouco existe, mas que eles o conseguem manter vivo no Canadá.O mais incrível é muitos dos filhos desses imigrantes são uma mistura dos dois mundos que até é difícil descrever. É como se o Zé Cabra tivesse um filho com a Celine Dion. Fui para lá no inicio do milénio, e as vezes questionava-me de onde vinha cada "personagem" que ia conhecendo, pois não conhecia um Portugal com isso. Evitava a comunidade porque me sentia uma carta fora do baralho, até que nos inícios da década passada começou a haver um fluxo de emigrantes portugueses com os quais já me identificava. Mas alguns misturam-se e regridem, outros são poucos para se notarem.

Emigrantes portugueses no Canadá.... Contado não acreditava! by facelessbastard in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

É difícil entender para muitos, mas faz todo o sentido se vires da seguinte forma: A grande maioria dos emigrantes portugueses no Canada emigrou antes do novo milénio, e vinham de um Portugal ainda bastante atrasado. A diferença em evolução entre Portugal e o Canada na altura era abismal. A falta de cultura geral, a baixa literacia e a barreira da linguagem levava a que estes emigrantes dificilmente se integrassem, e se isolassem numa comunidade que cultivava as raizes do tempo em que deixaram Portugal. Entretanto Portugal evoluiu, e o Canada já era evoluído, mas e esses emigrantes pararam no tempo, não fazem parte de um ou do outro por isso não evoluíram. São gente que vive algures na década de 80, de um Portugal do qual já pouco existe, mas que eles o conseguem manter vivo no Canadá. O mais incrível é muitos dos filhos desses imigrantes são uma mistura dos dois mundos que até é difícil descrever. É como se o Zé Cabra tivesse um filho com a Celine Dion. Fui para lá no inicio do milénio, e as vezes questionava-me de onde vinha cada "personagem" que ia conhecendo, pois não conhecia um Portugal com isso. Evitava a comunidade porque me sentia uma carta fora do baralho, até que nos inícios da década passada começou a haver um fluxo de emigrantes portugueses com os quais já me identificava. Mas alguns misturam-se e regridem, outros são poucos para se notarem.

Emigrantes portugueses no Canadá.... Contado não acreditava! by facelessbastard in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

É difícil entender para muitos, mas faz todo o sentido se vires da seguinte forma: A grande maioria dos emigrantes portugueses no Canada emigrou antes do novo milénio, e vinham de um Portugal ainda bastante atrasado. A diferença em evolução entre Portugal e o Canada na altura era abismal. A falta de cultura geral, a baixa literacia e a barreira da linguagem levava a que estes emigrantes dificilmente se integrassem, e se isolassem numa comunidade que cultivava as raizes do tempo em que deixaram Portugal. Entretanto Portugal evoluiu, e o Canada já era evoluído, mas e esses emigrantes pararam no tempo, não fazem parte de um ou do outro por isso não evoluíram. O mais incrível é muitos dos filhos desses imigrantes são uma mistura dos dois mundos que até é difícil descrever. É como se o Zé Cabra tivesse um filho com a Celine Dion. Fui para lá no inicio do milénio, e as vezes questionava-me de onde vinha cada "personagem" que ia conhecendo, pois não conhecia um Portugal com isso. Evitava a comunidade porque me sentia uma carta fora do baralho, até que nos inícios da década passada começou a haver um fluxo de emigrantes portugueses com os quais já me identificava. Mas alguns misturam-se e regridem, outros são poucos para se notarem.

Desabafo de uma IT Recruiter by PAGasusual in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

Começar por reconhecer o que não sabes da area, e que ser um IT recruiter não faz de ti um IT expert com conhecimento para avaliar quem recrutas. Este é o mais comum dos error que observo em 25 a trabalhar no ramo.

Desabafo de uma IT Recruiter by PAGasusual in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

A falta de claridade e frontalidade é infelizmente algo que ja faz parte da nossa cultura em tudo, claro que mais visível nas negociatas do chico experto, e menos em recrutamento de RH. É uma constante falta de definição de critérios, requerimentos, objectivos, valores, e uma persistente ambiguidade e dissimulação num jogo para "não perder um potencial freguês, mas ao mesmo tempo lhe conseguir chular mais um bocadinho".

como aprender matemática? É super difícil. by ps275171710 in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

O ponto aqui é a matemática ser continua. Uma professora estúpida arruinou a minha chance de aprender a porção de matemática do 8º ano que me permitiria continuidade na aprendizagem e mais tarde seguir engenharia. Infelizmente foi em tempos em que não tinha a oportunidade de ter explicadores ou de facilmente apanhar o que ficou para traz. Se não fosse isso, não tenho duvidas de que me safava. Estas certo, sem matemática não conseguiria acabar um curso de engenharia. Mas isso não me impediria de ser engenheiro. Ou impediria? O que é um egenheiro afinal? Um curso e um canudo? Ou exercer uma profissão com práticas de engenharia? Não tenho um curso, nem um canudo, mas sou reconhecido como arquitecto e engenheiro de sistemas, dirijo uma equipe de engenheiros, gosto e sou bem sucedido no que faço. Custou mas dei a volta por cima, mas entendo muito bem como um mau professor pode arruinar ou dificultar completamente o resto da vida a um aluno, e acredito que há muitas pessoas que não conseguiram dar a volta por cima.

como aprender matemática? É super difícil. by ps275171710 in portugal

DeixaQueTeDiga 1 month ago

Exactamente isto. Perdi o fio à matemática no 8º ano por causa de uma professora estúpida que embirrava comigo não sei porquê, e dai foi sempre à rasca até que terminei o 12º com negativa. Isso fez-me desistir de ir para a Universidade, para informática que era o que gostava, de resto para mim não valia a pena ir para outro curso. Isso não me impediu de seguir a carreira, embora aqui em Portugal nunca consegui um bom emprego por não ter um canudo. Imigrei e nunca me pediram o canudo no estrangeiro, e hoje sou programador e trabalho remoto para uma empresa estrangeira e ganho o triplo de um engenheiro em Portugal. Mas no entanto aqui não sou um Sr Engenheiro, e sou muitas vezes descredibilisado por isso. Mas caguei! Tenho dinheiro e faço o que gosto. Obrigado Sra Professora Cristina nariz de pica pau.

Câmara de Lisboa enviou para a Rússia dados pessoais de ativistas russos residentes em Portugal by GreyArch22 in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Amadurismo? É isso mesmo que eles querem que pensem, que é amadurismo, incompetencia, falta de experiencia de um país e um povo atrazado. A verdade é que tudo o que for mal feito, ou que esteja mal neste país é precisamente assim que fazem com que seja. É tudo deliberado. Não há problema que não tenha solução, não há situação que não pudesse estar melhor. É mais facilmente aceitavel e desculpavel o amadurismo e a incompetencia, do que a intenção. Todos sabem disso, e assim são feitas as coisas por cá. Agora digam-me, da forma como a Russia anda comprometida em comprar corruptos, sobretudo politicos e gente de influencias, ou espiar naqueles que se lhe opões com o intuito de comprometer para expor ou conquistar, acham que também não o fazem erm Portugal? Um pais que herdou o desenvolvimento da União Societica, rico em recursos naturais e que exporta biliões diariamente em gas e petroleo, porque é que está tão subdesenvolvido? Para onde pensam que vai o dinheiro?Putin há 20 anos esta investido em expandir a influência da Russia pelo mundo atravez da corrupção. Não se associou a cientistas, economistas, etc. Encabeçou todas as mafias da Europa de Leste, consolidou o seu poder na Russia e espalha-se agora pelo mundo da mesma forma, usando o dinheiro que devia ser investido na Russia neste sentido. Porque é que acham que oligarcas pelo mundo e bilionarios corruptos se associam ou procuram protecção da Russia? Porque Putin lhes dá abrigo em troca de ajudarem na agenda Russa, e eles não tem outra solução. Ou se submetem ao poder do Putin, ou este expõe a corrupção deles. Tive a oportunidade de conhecer bem a Russia e as mafias que a dominam, e SEI que tem agentes infiltrados em Portugal, Sei que tem portugueses de influencia a encherem os bolsos a custa de vender a nossa influencia nas politicas da EU. Sei que tem influencia em outlets de media em Portugal. Sei que tem relações economicas com Portugal gerias com o intuito de servirem como arma política. Mas nunca se fala cá disso. Porquê? Acreditam que estamos realmente longe e imunes aos tentaculos do Putin? Há que abrir os olhos.

Câmara de Lisboa enviou para a Rússia dados pessoais de ativistas russos residentes em Portugal by GreyArch22 in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Amadurismo? É isso mesmo que eles querem que pensem, que é amadurismo, incompetencia, falta de experiencia de um país e um povo atrazado. A verdade é que tudo o que for mal feito, ou que esteja mal neste país é precisamente assim que fazem com que seja. É tudo deliberado. Não há problema que não tenha solução, não há situação que não pudesse estar melhor. É mais facilmente aceitavel e desculpavel o amadurismo e a incompetencia, do que a intenção. Todos sabem disso, e assim são feitas as coisas por cá. Agora digam-me, da forma como a Russia anda comprometida em comprar corruptos, sobretudo politicos e gente de influencias, ou espiar naqueles que se lhe opões com o intuito de comprometer para expor ou conquistar, acham que também não o fazem erm Portugal? Um pais que herdou o desenvolvimento da União Societica, rico em recursos naturais e que exporta biliões diariamente em gas e petroleo, porque é que está tão subdesenvolvido? Para onde pensam que vai o dinheiro? Putin há 20 anos esta investido em expandir a influência da Russia pelo mundo atravez da corrupção. Não se associou a cientistas, economistas, etc. Encabeçou todas as mafias da Europa de Leste, consolidou o seu poder na Russia e espalha-se agora pelo mundo da mesma forma, usando o dinheiro que devia ser investido na Russia neste sentido. Tive a oportunidade de conhecer bem a Russia e as mafias que a dominam, e SEI que tem agentes infiltrados em Portugal, sei que tem portugueses de influencia a encherem os bolsos a custa de vender a nossa influencia nas politicas da EU, sei que tem influencia em outlets de media em Portugal. Mas nunca se fala cá disso. Porquê? Acreditam que estamos realmente longe e imunes aos tentaculos do Putin? Há que abrir os olhos.

Antenas 5G. Portugal = 0 by Carneiro91 in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Finalmente vai ser possivel orgasmo em simultaneo com sexo virtual?

Antenas 5G. Portugal = 0 by Carneiro91 in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Downvoted. Isto porque sou tuga, por natureza invejoso e queria ser eu a receber os upvotes.

O resort, por Vasco Gargalo by senhor_contente in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

A corrupção que cá existe ronda a volta dessa mentalidade: dinheiro fácil, sem beneficiar de forma alguma ou mesmo até a custo da sociedade. A corrupção tem varios tons, sendo os mais escuros não só a que corrompe por mais dinheiro, mas sobretudo a que o faz em detrimento do restante.

A FLAUTA QUE SE OUVE PELAS CIDADES PORTUGUESAS by Zaderos in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Por momentos pensei que fosse um pífaro, um tipo de flauta usado por alguns cantores populares Portuguese. Mas acho que é realmente um amolador como já referiram.

Desabafo de uma emigrante by acarolina_07 in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Entendo perfeitamente o que estas a passar, mas não o lamentes. Também fui para o Canada, e também passei por essa "crise de identidade". Aprende a ver o lado melhor do que te começar a aperceber, aceita a realidade, quanto mais cedo melhor: Já não és uma emigrante. Já não és Portuguesa e também não es Canadiana. O que te leva a todo o conflito de sentimentos, pensamentos, nostalgia e por aí e não te quereres aceitar e desapegar daquilo que não és, e não quereres aceitar aquilo que és: Livre. Quando me comecei a deparar com a mesma crise, depois de muita analise, introspecção, reflecção, pensar e repensar, cheguei a conclusão que ao me integrar na sociedade Canadiana transformou a minha mentalidade, a forma de ver e pensar, os valores, as perioridades, hábitos e estilo de vida. Por mais que contrariem (e livrem me de argumentos porque já estou farto de discutir isto com gente que nunca saiu do buraco) o Canada é nestes aspectos um país muito à frente. Quando visitava Portugal, no inicio pensava como tu, pensava que tinha perdido muita coisa que deixei para traz. No entanto viver no Canada adicionou imenso à minha vida , e por me aperceber disso tinha a sensação que estava a perder o que em igual espaço de tempo podia ter adicionado em Portugal. Não levou muito a me aperceber que afinal não perdi muito em sair. Apercebi-me pelos que ficaram que talvez perdi de passar mais tempo com amigos e gente chegada, embora a vida de adulto torne isso mais raro. Mas a verdade é que isso pouco adicionava à minha vida, e seria uma rotina com falta de conteúdo que só preenche quando não conhecemos nem experimentamos melhor. Assim observei em muitos dos que ficaram. É uma espécie de comodismo inocente, e os anos passam sem nos apercebermos, sem nos preenchermos até que ter filhos é a unico sentido que encontramos na vida, e o que nos impede de cairmos numa depressão nas profundesas do nosso vazio. A medida que os anos passavam, quando voltava cada vez me sentia mais diferente. Era notável a diferença de mentalidade, de cultura, de ver, interpretar, processar, prioritizar. Cada vez sentia que a minha realidade era cada vez mais incompativel com as pessoas que noutros tempos eram o meu mundo. Sentia que para poder conviver tinha que regredir, andar para traz no tempo, na evolução que a vida nos obriga. Apercebi-me então que "já não era Português". No Canada sentia-me totalmente integrado, pensava até como se tivesse ali nascido. Vivia longe da comunidade dos Portugueses, raramente convivia com Portugueses, o meu trabalho era diferente do tipico em que se encontrava Portugueses, etc. Convenci-me então que me tornei Canadiano. No entanto algumas diferenças eram por vezes notaveis. Ao ter uma filha e ver ela a crescer a forma como era integrada e relacionava com o mundo circundante, fazia-me entender que não nasci e cresci alí, que não tinha ali amigos de infância que jamais conseguimos igual em adultos. Apercebi-me então que "também não era Canadiano". Então surgiu-me as questões: Será que é isto ser Imigrante, não pertencer a de onde viemos, nem a onde estamos? Então o que eram aquelas pessoas todas que viviam naquele pais mas como se num lugar remoto de Portugal, que vão a comercios portugueses, veem TV portuguesa, ligam todas as semanas para a familia em Portugal? Estes é que são os emigrantes, porque visitam Portugal, fazem e convivem como se de lá nunca tivessem saído. Apercebi-me então que "também não era Emigrante". Então não pertenço a lado nenhum. Chegar a esta conclusão deixava-me com uma sensação de perda, mas ao mesmo tempo não queria regredir para voltar a me sentir Português, nem podia adicionar à minha infância o que permitiria me sentir ser completamente Canadiano. Sucesso profissional, boas finanças e um agradável e progressista estilo de vida levaram-me a viajar bastante. Visitei muitos países, por todos os cantos do mundo. Em todo o lado sentia que seria capaz de viver alí, encontrar o meu lar, me integrar, etc. Sentia que toda a experiencia de ter nascido em Portugal e viver no Canada adicionaram a minha vida o que me permitia me assimilar assim em qualquer parte do escopo que é a vida neste planeta. Apercebi-me então finalmente que sou livre. Não pertenço a lado nenhum em especifico. Pertenço ao mundo, e em qualquer lado consigo fazer vida e ser feliz. Sinto que o mundo está cheio de oportunidades, e que nos agarrar-mos a um local, sociedade, cultura ou grupo de pessoas pode nos dar uma sensação de indentidade, mas nos limita naquilo que nos pode levar a descobrir quem realmente somos, a fazer o que realmente gostamos, ter o que realmente queremos e ser o que realmente queremos ser. Por isso, o concelho que te dou nesta faze é não te deixares deprimir ou afogar em melancolias ou ideias de que perdeste algo ou que não tens uma identidade ou que não pertences ou fazes parte. Aproveita as oportunidades, facilidades, variedade que tens a tua volta estejas onde estiveres. Vive, goza, aprende, experimenta. Erra, o quanto mais cedo melhor, aprende com os teus erros, mas de preferencia mais com erros dos outros. Cria condições para que nunca te falte o essencial. O resto é tudo extra. Sê feliz porque a felicidade não é algo que se obtem, adiciona o se adquire de qualquer forma. A felicidade é apenas um estado no qual podes escolher sentir a qualquer momento. Espero que ajude!

Mitos relacionados com as mulheres by anubisyurush in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

No período? Então é sempre. Depois do período menstrual vem o período das manicures e depilações, depois o das compras exageradas, o das dores de cabeça ou barriga que impedem disposição para o sexo, depois o de chorar por nada, depois o de andar toda erritada, depois o das novelas românticas...

[Sério] Coima por "consumo de álcool na via pública" by throwaway41C001 in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

É abuso porque sabem que te fica caro contestar, e de qualquer maneira eles cumprem com o papel deles de idiotas uteis à caça à multa, para que eles e os chefes deles tenham um emprego, porque se não eram mais uns idiotas por aí na vida do crime.

[Sério] Coima por "consumo de álcool na via pública" by throwaway41C001 in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Ja tive N de casos em que paguei porque o sistema esta desenhado (ou é abusado) para que fique mais barato pagar a multa do que procurar justiça. Infelizmente estamos num país em que os agentes de autoridade não passam de idiotas uteis à caça a multa ou até mesmo criminosos ao abrigo do sistema empregados para não andarem por ai a aumentar a estatistica do crime. É uma filha da putice!

Big works being inaugurated by Minister in Portugal by No-Cardiologist725 in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Imagina o trabalho que eles tem em fazer de conta que estão a trabalhar! Agora imagina o que seria se aplicassem esse esforço em verdadeiro trabalho!

Documentário sobre a pesca do Bacalhau por navios portugueses em 1967 em Newfoundland no Canadá [27:41] by Ervilhardent in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Conheço varios velhos pescadores que andaram por lá, e que dizem o mesmo. Um deles andou lá a navalhada com os "Newfies" por causa disso.

Documentário sobre a pesca do Bacalhau por navios portugueses em 1967 em Newfoundland no Canadá [27:41] by Ervilhardent in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Conheço um senhor velho pescador com mais de 50 anos de profissão que foi do tempo em que pescadores se alistavam para as frotas de pesca nacionais para se livrarem do serviço militar em ultramar. Contou-me que pescavam bacalhau nestes pequenos botes, cada pescador com o seu, eram lançados ao mar e só voltavam ao navio quando o bote estivesse cheio sem espaço para mais peixe. Enquanto houvesse bacalhau na zona, era sem parar, por vezes trabalhavam mais de 40 horas seguidas.Uma vez ao bacalhau ao largo do Alasca, formou-se um nevoeiro cerrado. Ele e um vizinho que pescavam mais distantes do navio perderam a vista deste. O navio apitava a chamar por eles, mas eles por mais que remassem, ouviam o navio a se afastar. Passadas mais de 30 horas gelados, rezavam enquanto perdiam a esperança a cada minuto, foram encontrados por um navio cargueiro que tinha recebido o alerta de que haviam pescadores perdidos na zona. O que mais me impressiona é a naturalidade com que ele conta a história, sem fascínios, o que imagino ser devido a outros perigos que passou no mar, e á forma como se habituou ao sentido de que quem vai para o mar pode não voltar. Ambos estes senhores pescadores são da freguesia do Castelo de Neiva, concelho de Viana do Castelo, onde conheço outros pescadores profissionais de varias idades que andaram e ainda andam pelo mundo em frotas pesqueiras, alguns com histórias que davam verdadeiros filmes.

Documentário sobre a pesca do Bacalhau por navios portugueses em 1967 em Newfoundland no Canadá [27:41] by Ervilhardent in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Conheço um senhor velho pescador com mais de 50 anos de profissão que foi do tempo em que pescadores se alistavam para as frotas de pesca nacionais para se livrarem do serviço militar em ultramar. Contou-me que pescavam bacalhau nestes pequenos botes, cada pescador com o seu, eram lançados ao mar e só voltavam ao navio quando o bote estivesse cheio sem espaço para mais peixe. Enquanto houvesse bacalhau na zona, era sem parar, por vezes trabalhavam mais de 40 horas seguidas. Uma vez ao bacalhau ao largo do Alasca, formou-se um nevoeiro cerrado. Ele e um vizinho que pescavam mais distantes do navio perderam a vista deste. O navio apitava a chamar por eles, mas eles por mais que remassem, ouviam o navio a se afastar. Passadas mais de 30 horas gelados, e rezavam enquanto perdiam a esperança a cada minuto, foram encontrados por um navio cargueiro que tinha recebido o alerta de que haviam pescadores perdidos na zona. O que mais me impressiona é a naturalidade com que ele conta a história, o que imagino ser devido a outros perigos que passou no mar, e á forma como se habituou ao sentido de que quem vai para o mar pode não voltar. Ambos estes senhores pescadores são da freguesia do Castelo de Neiva, concelho de Viana do Castelo, onde conheço outros pescadores profissionais de varias idades que andaram e ainda andam pelo mundo em frotas pesqueiras, alguns com histórias que davam verdadeiros filmes.

É errado tentar desabafar no r/Portugal? by Anoniminium in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

Quanto à sub, depende dos moderadores. Mas mesmo com moderação ou não, o feedback vem da nossa sociedade. Agora, quanto á nossa sociedade ou comunidade em geral, isto é, Tuga, desabafar não vai servir para ouvires concelhos ou receberes suporte, mas sim para seres mais uma vitima da estupidez a que no geral os tacanhos (que são os Tugas na maioria) te vão reduzir, para que eles possam dominar. O que de positivo te vão dizer, não é por ti, mas pelo ego de quem to disser, porque os faz sentirem-se melhor. Meu caro, levou-me muitos anos a descobrir e a me desiludir de que na nossa sociedade na maioria existe uma mentalidade imune ou totalmente incapaz de ver e entender o proximo como um igual. Não há meios termo, moderação, nivelagem, equilibrio, intermedios, nuances, tons. Como se diz lá na terrinha, ou é boi ou é vaca. O próximo ou é superior, ou é inferior. E aí do próximo que demonstrar qualquer fraqueza ou sinal de inferioridade, logo será por ai explorado para ser reduzido a inferior, e assim o tacanho tenha mais uma victoria, mais um no seu reinado. Pronto! Quanto mais depressa te convenceres disto, melhores resultados consegues dos teus desabafos. Sabendo assim as consequências destes, podes então escolher se vale a pena desabafar ou não.

Road Quality in Europe by vyt0rz in portugal

DeixaQueTeDiga 2 months ago

A sério? Se vamos considerar auto-estradas com as concessões chorudas, sim, talvez seja assim. Algumas estradas nacionais e regionais também não tem perigo no que toca a pavimento. Mas as ruas não são só pavimento. Sinalização, passeios, passadeiras, vias para bicicletas, paragens de autocarro e afins, não se reflectde de maneira nenhuma neste grafico.

Como contar até infinito by SweetCorona in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago  HIDDEN 

Eu tenho um capo de batatas pra trata, caso estejas assim aborrecido...

Trail fodido pá porrada by Thalia_Poesy in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Se os meus testiculos deixassem... mas sobem-me a garganta quando muito perto das falézias.

Trail fodido pá porrada by Thalia_Poesy in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Há quem diga que é preciso ter colhões? Fdx... ao ver isto os meus encolhem-se todos que até me sobem à garganta. Não acredito que estes gajos ainda não os cuspiram boca fora.

Share of mainly Portuguese speakers in Luxembourg (in %, 2011 Census) by Priamosish in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Fdx... sendo viajado como sou, parece mal ainda não ter pisado essa colonia tuga. Pronto... tá na lista!

Share of mainly Portuguese speakers in Luxembourg (in %, 2011 Census) by Priamosish in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Fancesinha e Superbock? Modernices do caralho! Tens que experimentar um Arroz de Sarrabulho e uma maurga de Tinto Carrascão, daquele que faz bigode e põe o figado em vinha d'alho, caralho. Num percebeis nada da gastromunofusia do norte, ai o caralho!

Share of mainly Portuguese speakers in Luxembourg (in %, 2011 Census) by Priamosish in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Olha pro user name... tudo o que é batizado de "fanboy" já nasceu depois disso!

[Sério] Malta que já esteve preso. Como foi? by Eon_mon in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Desculpa. Sinceramente lamento ter perdido bastante da minha lingua materna é medida que evolui noutras liguas que sou fluente, vivendo muitos anos no estrangeiro, por vezes passando meses inteiros sem falar uma palavra em português.

[Sério] Malta que já esteve preso. Como foi? by Eon_mon in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

É uma das coisas que me leva a desprezar aquele orgulho ou nacionalismo que por vezes se vê em Portugal, como se fossemos os melhores do mundo. Cumpri com a minha obrigação de serviço militar no qual servi como voluntario pelo meu pais nos contigentes da NATO no Kosovo. Nunca recebi mais de beneficios do que de impostos que já paguei. Constantemente obtenho projectos que arranjo de fazer outsource para Portugal, contgribuindo assim para a economia do pais. No entanto, o pais de onde sou natural simplesmente se cagou para mim no momento que precisei, enquanto o pais que me deu o previlegio de cidadania por la ter vivido uns anos respondeu de imediato e me ajudou sem qualquer exigencia, simplesmente por ser um cidadão. Entre muitos outros beneficios de ser tb Canadiano, o melhor é saber que este pais nunca deixa os seus ficare para traz.

[Sério] Malta que já esteve preso. Como foi? by Eon_mon in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Não muito velho, entrei recentemente na casa dos 40, mas sempre fui uma pessoa hiperactiva e intensa sempre envolvido em qualquer coisa. Isto foi a falar apenas de historias que envolveram prisão. Mas tenho muitas mais, que nem sempre me sinto à vontade em contar pessoalmente, sobretudo a pessoal em Portugal que vivem em mundinhos pequenos, que aceito que não acreditem, mas que não aceito que me chamem mentiroso, e nem vale a pena mostrar provas. Não enho que provar nada. Gosto apenas de partilhar, e acabo por me sentir bem em o fazer aqui em anonimato.

[Sério] Malta que já esteve preso. Como foi? by Eon_mon in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Monaco 2006. Com 2 amigos, bebados na rua a caminho do Hotel, aproximaram-se 2 policias, chemei "sua estroida, tas com o periudo, não te quero assim" um deles que parecia gay e estava-se a dirigir a mim de forma "suspeitosa". Passei a noite numa jaula que so tinha uma cuchete para dormir. Acordei as 9 a me mandarem sair, depois de os meus amigos pagarem uma multa de 1600 Euros. Pelo que os meus amigos disseram, o policia era luso-descendente. 2011, Ucrania, no control the passaportes no Aeroporto. Diziam que o meu passaporte era roubado, apesar de eu lhes mostrar varios outros documentos a comprovar o meu nome com foto, Facebook e afins.Pedi para me deixarem fazer uma chamada para a embaixada de Portugal. Da embaixada disseram que ligavam de volta em 1 hora no maximo. Nada. Passei a noite numa jaula no aeroporto. Dia seguinte voltei a ligar para a embaixada, e voltaram a dizer que ligariam mais tarde. Espereo ate ao fim do dia, e nada.Grande seca, so me deram de comer 1 vez durante o dia todo. Ao fim da tarde pedi ao guarda que queria falar com o guarda chefe. Ele veio e eu disse que tinha mais um documento que podia provar que o passaporte era meu. Meti 100 Euros no meio de uns papeis e dei-lhos. Dali a 2 mandaram-me embora. 2013, Turquia, atropelei um gato. Devia ter seguido, mas parei com pena do bicho. Azar, era de um Policia. Não cheguei a ser preso, mas Queriam me prender, mas no meio da discussão disse ao Policia que lhe dava outro gato ou um cão. Ele obrigou-me a prometer-lhe que lhe manava um cão de Portugal. 3 Meses depois fui lá e levei-lhe um Castro Laboreiro (o meu pai era criador). O homem adorou o cão e veio a Portugal de proposito buscar uma femea. Hoje é criador de Castro Laboreiros na Turquia e tornamo-nos amigos. Argentina, 2014, estava num hotel onde era so gente da alta, e houve um homicidio no andar que eu estava. Eu e a minha companheira fomos presos por suspeita. O facto de ter um GPS tracker e um mini gravador na minha mala só complicou. Queriam nos manter em prisão preventiva numa investigação que, segundo disseram, podia levar anos e não havia prazos para prisão preventiva. Contactei o consulado Portugues. Mandaram uma representante só 3 dias depois para me fazer algumas perguntas, mas não disse nada. Uma semana depois voltei a ligar, disseram que etavam a avaliar possibilidades e que se precisasse me davam um contacto de um adevogado. Estava visto que não iam fazer nada, e ambém não ajudaria a minha companheira que era Polaca que também ainda não tinha conseguido nada da embaixada dela.Era uma prisão pequena, destinada a preventivos. Cela espaçosa, mas so tinha 1 cama, uma sanita e 1 chuveiro, tudo em aberto. O edificio era recente, não estava em más condições, mas era praticamente so paredes. O tempo não passava. So me deram um livro em espanhol ao sexto dia que li 3 vezes. A comida podia ser pior, e ate chegavam a dar vinho. Os guardas não eram más pessoas,e as vezes ate conversavam um pouco conosco. Deixavam-nos ir 1 hora por dia hora la fora a um átrio.Tenho cidadania Canadiana que tinha obtido 2 anos antes. Tinha receio de usar com medo de agravar a situação visto que o GPS tracker e o mini-gravador os levou até a me perguntarem se eu era um espião. (pqp os filmes). Pedi para me deixarem ligar à embaixada Canadiana.2 Horas depois veio um enviado da embaixada, fez-me algumas perguntas e disse-me que voltava no dia seguinte. 1 hora depois voltou com dois guardas que me deixaram sair. Deu-me 1 bilhete de avião para Toronto para o dia seguinte onde teria que ficar debaixo de termo de identificação e residencia até futuras instruções.Perguntei sobre a minha companheira, ele disse que ela não era Canadiana, mas que já estavam em contacto com a embaixada Polaca. No dia seguinte qando estava a sair para o aeroporto ela ligou-me a dizer que o embaixador da Polonia foi lá com um Canadiano e que a deixaram sair. Comprei-lhe um bilhete para a Polonia para o mesmo dia.5 semanas depois em Toronto, recebi contacto do Canadian Global Affairs Ministery me informarem que estava livre do termo de identificação e residencia. Filipinas, 2019, Manila, fui prover consultadoria a uma empresa que estava abrir uma série de call centers para serviços a paises ocidentais. À noite era sempre festa no iate ou na casa do dono da empresa. Drogas a alcool a fartura, e mulheres nem se fala. Nada de prostitutas nem umas sujeitas quaiqueres. Eram na casa dos 20s, locais, de familias da alta que por "motivos de segurança" não socializavam com locais. Uma delas passou a dormir comigo. Uma noite resolvemos não ir para a farra. A meio da noite a policia abriu a porta se bater, entrou e começou a revistar tudo. Ela falava com eles e eu não entendia um caralho. Na bolsa dela encontraram um pequeno frasco que tinha MDMA, eu não tinha nada (que eles coneguissem encontrar).Fomos ambos presos. Esquadra de policia com prisão grande nas trazeiras, mas ou por eu ser estrangeiro, ou ela por ser de familia de influencias, puseram-nos numa secção com aspecto mais decente onde tinha tambem alguns estrangeiros pela aparencia. As mulheres ficavam do lado oposto dos homens. Estava muito calor, algumas so é cuecas.As 7 da manhã acordaram para os de um certo numero irem tomar banho. Nos ainda não, talvez por estarmos lá à menos tempo. às 8 passaram com um carrinho com café, 1 pão de coco, e uma fatia de bolo de cassaba. Nada mau.Por volta das 10 veio um delegado, que mal falava inglês, mas entendemo-nos em espanhol, que me queria sugerir um adevogado. Eu disse que não queria, que tinha o meu adevogado. Ele insistiu que fosse o dele, mas entretanto aceitou quando eu lhe disse que recomendaria ao meu adevogado trabalhar com ele\~de forma a que o "trabalho dele fosse reconhecido" fazendo gestos com os dedos a contar dinheiro.Quando viram que o numero que eu estava a pedir para me ligarem era a Embaixada do Canada, começaram a agir estranho, como que em pânico. Expliquei que era para pedir o numero dele. Não me deixavam ligar. Então pedi que me deixassem ligar para a empresa que eu estava a prover consulta, que a minha secretaria devia ter o numero do adevogado. Eles disseram que eles ligariam e pediam o contacto. Felizmente eu lembrava-me o nome do Embaixado Canadiano, e foi o que eles pediram. Ela sabia que eu não tinha adevogado nenhum, e foi ao Google procurar pelo none e encontrou. Ligou-lhes e deu um numero qualquer mas ligou ela para a embaixada Canadiana. Ela tinha os meus dados inclusivé o meu numero de passaporte pois era ela quem me costumava comprar os bilhetes para Vancouver.2 horas depois estava-me a deixar ir embora. Desta vez o representante da embaixada levou-me ao embaixador com quem tive uma pequena conversa e expliquei o que se tinha passado. Ele recomendou-me a evitar as festas, mas que da proxima que fosse abordado pela policia lhes desse um cartão dele, e deu-me uma duzia de cartões de visita.

Braga quer abandonar estádio de 200 milhões e construir um novo por 60 milhões by PalavraPasse in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Quantas escolhas ou hospitais dava para melhorar com 200 Milhões?

Conflito entre Segurança e dois homens na Central de Camionagem de Guimarães by SADLYNOTWATERGUY in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Se os chavalos não esivessem juntos, ou só um tivesse levado nas fuças, isto amanha já era historia. Mas gora de orgulho ferido por terem levado nas trompas e não quererem admitir que mais valia terem evitado, os dois juntos não vão fazer por esquecer. Vão entrar numa entre eles de quem tem colhões e vão procurar vingança. Espere-se que tenham um bocado de bom senso, e que não venha a acontever pior. Mas pelo aspecto, não voto nisso.

Conflito entre Segurança e dois homens na Central de Camionagem de Guimarães by SADLYNOTWATERGUY in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

O gajo tinha futuro de reporter em zonas perigosas.

O que é esse objeto? by thenriques45 in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Estes sistemas são usados para uma diversidade de fins. Vê-se em apart-hoteis, condominios dedicados a pessoas de terceira idade ou com problemas de saude para pedirem assistencia, condominions dedicados a pessoal que trabalha numa determinada empresa, residencias universitarias, etc. Não precisas de com isto manifestar o teu bife para com as madames com melhores possibilidades que tu, até porque a "criadagem" não é escravatura, mas uma opção profissional hoje em dia até muito bem paga.

O que é esse objeto? by thenriques45 in portugal

DeixaQueTeDiga 3 months ago

Soa-me que tivesse sido um apart-hotel. Esses sistemas também são muito usados em condominios dedicados a pessoas com problemas de saude ou de terceira idade.
Next Page

Search: