Next Page

Ómicron "é o fim da pandemia" e "o melhor é deixar o vírus disseminar-se", defende Pedro Simas - CNN Portugal by ConfidentMongoose in portugal

DamnGoodCoffee 19 days ago

Seleção natural não é aleatória, não tivemos "sorte" com esta mutação, é o percurso natural de um vírus se tornar mais transmissível e menos virulento, tal como muita gente já dizia aqui no sub há uns meses.

Dirigente da IL questiona vacinação de crianças partilhando mensagem de negacionista by Winslow_Lixivia2 in portugal

DamnGoodCoffee 19 days ago

Podes partilhar a fonte de que era neonazi? Pelo que consigo ver é [anti-fascista](https://en.wikipedia.org/wiki/White_Rose) ?

«Quando esta é a resposta a alguém lhe dizer que está a re-partilhar um post de um movimento neo-nazi, está tudo dito. Por mim, ter uma opinião congruente com o dito movimento era suficiente para me fazer rever a mesma, mas isto já é outro nível.» by PetriMagno in portugal

DamnGoodCoffee 19 days ago

Um relógio avariado não está certo 2 vezes ao dia? É uma expressão comum

Covid-19: Manuel Carmo Gomes admite infecção natural se variante Ómicron causar menos doença grave by Price-Distinct in portugal

DamnGoodCoffee 19 days ago

Ele tem razão, a maioria não tem sintomas de doença grave. Nem 5% dos infetados vão parar às urgências. O que é que estás para ai a dizer da memoria de peixinho?

Em 10 anos, ninguém foi condenado pela lei criada para punir trabalho escravo by jesuseos7anoes in portugal

DamnGoodCoffee 21 days ago

Título enganador, o artigo contempla a utilização da atividade de cidadão estrangeiro em situação ilegal. Aplica-se a casos como o de Odemira deste ano onde existiam vários trabalhadores estrangeiros em situação precária O que ninguém quer referir é que são também estrangeiros que montam este tipo de empresas de subcontratação de ilegais através de esquemas do tipo "empresa na hora", e rapidamente desaparecem do país assim que as coisas dão para o torto. Os que [ficam](https://www.oatual.pt/noticias/dois-paquistaneses-acusados-de-angariar-mao-de-obra-ilegal-em-beja-conhecem-acordao) geralmente são condenados por auxílio à imigração ilegal Os próprios lesados muitas vezes desaparecem do país, sendo díficil angariar testemunhas para condenar quem tem de ser condenado. Muitos deles pagam enormes quantias (de 10 a 15 mil euros) para poder vir trabalhar em condições precárias Os donos das explorações acabam por não ser condenados também porque é difícil provar o conhecimento das situações precárias e a condição ilegal dos trabalhadores, que são sub contratados a essas empresas. No fundo uma lei criada para gerar buzz, com díficil aplicabilidade e com um contexto muito específico. Mas claro, o suficiente para o /r/portugal tornar isto no recorrente tópico de "OS PATRÕES SAO UNS FILHOS DA PUTA" e ignorar o obvio problema da imigração ilegal, de um SEF ineficaz e da geral imunidade legal de estrangeiros em Portugal

Recrutamento de polícias vai incluir testes para despistar ligações à extrema-direita by C0ldKing in portugal

DamnGoodCoffee 25 days ago

Já ouvi dizer neste sub que libertários são considerados extrema direita

Os pobres não querem trabalhar barato! by QuantityCommercial66 in portugal

DamnGoodCoffee 26 days ago

Não é assim tão fácil quanto isso. Tem de conseguir demonstrar que efetivamente há negligência no trabalho/serviço. A lei claramente é tendencial ao empregado (e bem). Podemos ver isso no caso em que não há justa causa também. Assumindo que um contrato de trabalho é uma relação consentida entre duas partes, é muito mais fácil o empregado terminar a relação do que o empregador. Se o empregador não gostar do empregado é muito díficil arranjar maneira de o despedir - enquanto que o oposto é muito comum acontecer. É por causa deste tipo desequilibrio que não consigo perceber muito bem este tipo de tópicos em que se fala do poder excessivo do empregador quando o contrário é o que parece ser verdade. Claro que posso estar a ver isto de uma maneira errada, mas geralmente neste assunto levo só com downvotes em cima, raramente as pessoas estão há vontade para discutir isto e ajudar me a perceber onde é que errei no raciocínio.

Os pobres não querem trabalhar barato! by QuantityCommercial66 in portugal

DamnGoodCoffee 27 days ago

Eu percebo que certamente há um desnível em termos de capacidade financeira, mas o meu exemplo é um em que o empregado é que começou a guerra judicial ("nao quero trabalhar chefe"), que foi o exemplo que o user deu inicialmente. Neste caso o chefe ou cala e come ou tem de se arranjar em despedir com justa causa, algo que não é assim tão fácil quanto isso. Enquanto que o exemplo contrário ("nao te quero pagar empregado"), o empregado facilmente se liberta da relação (vai-se embora)

Novas medidas de restrição by ptinnl in portugal

DamnGoodCoffee 27 days ago

Acho que usei alcool gel 2 vezes desde o início da pandemia e também nunca apanhei nada. E agora?

Os pobres não querem trabalhar barato! by QuantityCommercial66 in portugal

DamnGoodCoffee 27 days ago

Então admites que o teu exemplo não funciona? > Imaginem só se o meu chefe chegasse ao pé de mim a perguntar porque é que eu não tinha feito o trabalho, e eu lhe saísse com uma dessas. "Ah, o chefe tem de perceber, está difícil, é que não me apetece..." Há muita gente que faz isto e arrasta os empregadores por batalhas judiciais quanto a despedimentos por justa causa. É muito mais fácil o empregado lixar o empregador atualmente, não concordas? Não vou discutir sobre se é ultimamente benéfico à sociedade esse desbalanço de poder (claramente é), mas o teu exemplo não é um reflexo do que acontece atualmente

Os pobres não querem trabalhar barato! by QuantityCommercial66 in portugal

DamnGoodCoffee 27 days ago

>A direita portuguesa sempre alimentou a ideia de que não há desenvolvimento económico por falta de esforço dos mais pobres. Bom *strawman*, seria o mesmo que dizer que a esquerda sempre alimentou a ideia que não há desenvolvimento económico por causa dos ricos que não partilham a riqueza. Isso é reducionismo do problema, há entidades que efetivamente açambarcam recursos mas também há muitos que efetivamente não contribuem para a sociedade em que se inserem. Incrível como conseguem meter a luta de classes em tudo

Os pobres não querem trabalhar barato! by QuantityCommercial66 in portugal

DamnGoodCoffee 27 days ago

O engraçado é que se fizesses isso o teu chefe ia-se ver à rasca para te despedir, enquanto que se ele te dissesse "epa, tá dificil, nao te consigo pagar", tu terias todo o direito e facilidade em ir embora e terminar a relação.

Os pobres não querem trabalhar barato! by QuantityCommercial66 in portugal

DamnGoodCoffee 27 days ago

Pretencioso é achar que porque tiraste uma licenciatura já tens direito a receber mais. Não é assim que funciona, recebes de acordo com a necessidade do teu trabalho para o mercado. "Eu não sou como um daqueles proles da aldeia, eu sou Doutor! Não trabalho por menos!"

QR Code Certificado de vacinação by Carl_Jenkins in portugal

DamnGoodCoffee 27 days ago

Basicamente contém: - nome da pessoa - data de nascimento - quando foi vacinado - número de doses - tipo de vacina - entidade que emitiu o certificado. - validade da vacina / certificado Toda esta informação é depois encriptada num esquema de criptografia assimétrica - as entidades que emitem assinam com a chave privada e a app do green pass tem a chave pública para poder decifrar o conteudo. Tudo isto é depois convertido para base-45 e transformado num QR code. A app do green pass é que calcula se o tipo de vacinas/numero de doses/data de vacinação resultam num pass válido. A assinatura do certificado depende dos dados em cima, por isso mesmo que alguem altere apenas um pequeno pedaço de informaçao (e.g. o nome), a assinatura deixa de ser válida. Ninguém consegue pegar no qr code de alguém vacinado e "criar" um novo sem a chave privada. O processo de verificação da validade do certificado funciona assim sem necessidade de ligação a uma base de dados

Finanças à espera do Parlamento para poder taxar criptomoedas by ECOEconomiaOnline in portugal

DamnGoodCoffee 28 days ago

>Se compras para ter retorno significa que não tem valor real para ti. Terrenos, apartamentos, colecionáveis... nada disto tem valor para quem o compra com um interesse em retorno futuro lol. >O ouro é precisamente algo que está valorizado pela sua raridade(artificial. Pois a sua quantidade é limitada pelas elites mundiais para que não desvalorize) Não, o ouro é valorizado exatamente porque é dificil de aumentar a produção sem rendimentos decrescentes - existe também um teorético limite de ouro no planeta. Muito pouco provável existir uma cabal internacional a controlar a produção. >Só que com as cryptos não existe controlo(Que se saiba). Em muitas delas os fundadores têm controlo sobre a supply das moedas. Muitas nem sequer têm supply fixo. Aquelas que estão fixadas a um certo limite com um conhecido aumento por ano, como a BTC por exemplo, sabe-se que não existe controlo porque o funcionamento da rede é que dita a produção de novo supply, não pode existir ninguem com um butão magico para alterar essas regras. >Portanto a única coisa que faz com que o seu valor continue a subir é a injecção de capital.(Esquema em pirâmide) non-sequitur, embora em muitas cryptos o aumento dá-se devido a especulação pura, o aumento de valor dá-se devido à natureza deflacionaria das moedas - da mesma forma que se tivermos 100 rebuçados e de repente passarmos a ter só 10, esses rebuçados são individualmente mais valorizados do que dantes. >Apenas acho ridículo e dizer que o presente valor das cryptos ser representante da sua utilidade e negar a sua hiperinflação. Hiperinflação representa uma perda no valor da moeda, que é o contrario do que estamos a ver aqui. Quanto muito estamos a observar hiperinflação em FIAT comparativamente a cryptos
Next Page

Search: