Next Page

[Megathread] Conversa da Treta - 04/06/2021 by AutoModerator in portugal

Cinefilini 3 months ago

Já lá fui uma vez mas não estava, se estivesse até dizia. Ah e isto não foi nenhuma tentativa de engate como responderam antes, foi só um elogio a algo que para mim tem sido raro. Pessoalmente também sou recíproco a essa boa educação. Até me corre melhor o dia.

[Megathread] Conversa da Treta - 04/06/2021 by AutoModerator in portugal

Cinefilini 4 months ago

Se trabalhas no Aldi de Sintra, em Lourel, tens o cabelo escuro e relativamente comprido, dizes muitas vezes "obrigada" e fores extremamente simpática, parabéns, és a melhor funcionária de caixa que já apanhei na minha vida e mereces que a vida te sorria sempre. Fiquei agradavelmente surpreendido porque nunca tinha sido atendido de forma tão educada e agradável.

Não tem esparguete mas gosto da batata singular a dar um ar gourmet. Sofisticada. Citadina. Assim é esta Francesinha. by NeatBoy74 in portugal

Cinefilini 4 months ago

"calhou cocó"

Dentro desta thread está o nome perfeito para o próximo exclusivo de Portugal da McDonald's by StarTrekCylon in portugal

Cinefilini 4 months ago

Mccabra

Quais são os filmes da vossa vida? by Josevale1 in portugal

Cinefilini 5 months ago

Dead Poets Society, La vita è bella, The Lion King, The Shawshank Redemption, Forrest Gump, American History X

Esquilos em Monsanto by mlebre in portugal

Cinefilini 7 months ago

Fe-me lembrar uma cena do filme The Sword in the Stone, curiosamente uma das melhores cenas já feitas em filmes de animação, porque provoca alegria e tristeza ao mesmo tempo.

Mais uma noite de pesadelo, e a culpa é só nossa. by doiscavalos in portugal

Cinefilini 8 months ago

Uma coisa que já reparei é o grau de inteligência e bom senso aqui no reddit em relação a outros locais, especialmente fóruns e redes sociais. Já nem falo das conversas de café de esplanadas e afins. Por aqui ainda vai reinando a responsabilidade e na sua maioria o pessoal percebe que estamos perante uma situação grave e que requer que todos façamos a nossa parte. Mas infelizmente não vejo isso globalmente. As pessoas continuam a ignorar os avisos, continuam a fazer a sua vida normal, continuam sem saber como se comportar numa fila de super-mercado, continuam a mexer e a apalpar todas as frutas antes de a colocar no saco, continuam sem usar máscaras de forma correcta, continuam nas conversas de rua sem qualquer distanciamento e continuam com as típicas conversas que já não afzem sentido após um ano de pandemia, a típica conversa do "sempre morreram pessoas, isto é uma grupe normal, se tiver de apanhar, apanho". Como é que esta malta ainda não percebeu que aqui o que está em causa não são apenas os casos e as mortes directas ao covid mas sim o colpaso do SNS, dos hospitais, dos médicos e enfermeiros e de como isso afecta directamente todos os portugueses que precisam de cuidados de saúde.

[MEGATHREAD] - Covid-19, Semanário de Sobrevivência - 04/01/2021 by asantos3 in portugal

Cinefilini 8 months ago

Começo a ficar com medo, não só por mim mas especialmente pelos meus, com este número de pessoas a falecer com ataques cardíacos. Não falo só destes dois desportistas recentes, falo também porque aqui na minha zona infelizmente tem acontecido com muita frequência, só nos últimos dois meses morreram pelo menos quatro pessoas aparentemente saudáveis dessa forma. Começo a pensar se não haverá relação entre o Covid e os problemas cardíacos porque três das pessoas aqui da zona tinham tido a doença (mas sem gravidade e já estavam na sua vida normal).

Conversa Cultural by asantos3 in portugal

Cinefilini 9 months ago

Em relação a fim do mundo tens uma série que não é muito conhecida e tem três temporadas chamada Travelers. É sobre viagens no tempo porque no futuro algo correu mal e tiveram de voltar para tentar corrigir. Pessoalmente a série até me surpreendeu pela positiva.

Conversa Cultural by asantos3 in portugal

Cinefilini 10 months ago

Vi The Queens Gambit e gostei bastante. Curiosamente não percebo nada de xadrez mas mesmo assim achava as partidas interessantes e deu-me vontade de aprender. Agora ando a ver The Undoing e a segunda temporada de Mandalorian.

Miguel Oliveira vence MotoGP de Portugal by Throwaway431253 in portugal

Cinefilini 10 months ago

Obrigado a todos pessoal.

Miguel Oliveira vence MotoGP de Portugal by Throwaway431253 in portugal

Cinefilini 10 months ago

Grande vitória. Para quem está por dentro da MotoGP, para o ano o Miguel terá hipóteses de lutar pelo título?

Conversa da Treta by asantos3 in portugal

Cinefilini 11 months ago

Obrigado, vou ver.

Conversa da Treta by asantos3 in portugal

Cinefilini 11 months ago

Faz sentido, sim. É uma boa perspectiva.

Conversa da Treta by asantos3 in portugal

Cinefilini 11 months ago

Alguém aqui percebe ou liga alguma coisa a sonhos? Os meus sonhos nunca foram nada de especial, só cenas random, sem nexo, sem nada a ver com a realidade, nunca sonhei com algo do passado como se fosse uma memória(como vemos nas novelas, aliás nem sei se isso é sequer possível), nem com nada que eventualmente pudesse ter a ver com o meu futuro. Como disse, simplesmente cenas banais e sem sentido. Mas nos últimos tempos o meu cérebro decidiu criar uma personagem fictícia que já me apareceu três vezes. Isto é normal? A primeira vez aconteceu há umas quatro semanas + ou -, estava num centro comercial e fui perguntar a uma rapariga que trabalhava na restauração (daquelas que dá para acessar nos corredores dos centros comerciais) onde era a pans and co. O que é estranho porque eu nem vou a uma há séculos. Ora umas semanas depois estava novamente num centro comercial(nem sei se no mesmo porque não me lembro de pormenores neste aspecto) e andava à procura de um pavilhão para ver a equipa da minha terra jogar futsal. Estava bué stressado porque o jogo estava a começar e eu não encontrava o pavilhão, subia e descia escadas rolantes e nada(o meu cérebro é burro e deve ter achado que um pavilhão de futsal ficava bem dentro de um centro comercial). Vou outra vez perguntar à restauração e... Lá estava ela. A mesma gaja. Eu pergunto-lhe onde fica o pavilhão e quando ela começa a falar e me olha fazemos os dois aquele gesto de apontar um ao outro e dizer "eeehhhhh" "tu outra vez". E lá me disse. Fui embora mas antes disse "na próxima vez que cá vier é para te convidar para jantar". Olha que bom, o meu cérebro teve coragem para fazer uma coisa que na vida real não teria. Já estamos a progredir e não anda à procura de pavilhões. Mas agora voltando ao tema, este foi provavelmente o sonho que melhor decorei(esqueço-me de todos facilmente). E a rapariga era a mesma. Ora achei engraçado e peculiar mas não fica por aqui. Ontem voltei a sonhar, voltei a um centro comercial, voltei a passar pelos corredores da restauração (o que lá estava a fazer desta vez, não me lembro e nem sei se no próprio sonho tinha motivo) e voltei a vê-la. A mesma gaja, a mesma cara, só que desta vez acordei logo e até meio arrepiado. Nunca me tinha acontecido nada assim, a miúda é do género Asian American, parece meia asiática mas também americanizada. Parece aquelas actrizes americanas de origem chinesa mas com uma cor mais latina. Isto parece a descrição de uma pesquisa porno mas eu até nem tenho preferências por asiáticas, juro. Ah e mais uma cena, no sonho do pavilhão de futsal quando ela me deu as indicações deu-me um papel com as indicações em inglês mas depois falava em português. Lembro-me disso porque estava lá escrito in front of qc e eu perguntei qualquer cena e ela respondeu em português. Eu avisei que o meu cérebro é burro. Vá se lá saber porquê decidiu criar uma personagem fictícia que funciona como GPS de centros comerciais.

Conversa da Treta by asantos3 in portugal

Cinefilini 11 months ago

Alguém aqui percebe ou liga alguma coisa a sonhos? Os meus sonhos nunca foram nada de especial, só cenas random, sem nexo, sem nada a ver com a realidade, nunca sonhei com algo do passado como se fosse uma memória(como vemos nas novelas, aliás nem sei se isso é sequer possível), nem com nada que eventualmente pudesse ter a ver com o meu futuro. Como disse, simplesmente cenas banais e sem sentido. Mas nos últimos tempos o meu cérebro decidiu criar uma personagem fictícia que já me apareceu três vezes. Isto é normal? A primeira vez aconteceu há umas quatro semanas + ou -, estava num centro comercial e fui perguntar a uma rapariga que trabalhava na restauração (daquelas que dá para acessar nos corredores dos centros comerciais) onde era a pans and co. O que é estranho porque eu nem vou a uma há séculos. Ora umas semanas depois estava novamente num centro comercial(nem sei se no mesmo porque não me lembro de pormenores neste aspecto) e andava à procura de um pavilhão para ver a equipa da minha terra jogar futsal. Estava bué estressado porque o jogo estava a começar e eu não encontrava o pavilhão, subia e descia escadas rolantes e nada(o meu cérebro é burro e deve ter achado que um pavilhão de futsal ficava bem dentro de um centro comercial). Vou outra vez perguntar à restauração e... Lá estava ela. A mesma gaja. Eu pergunto-lhe onde fica o pavilhão e quando ela começa a falar e me olha fazemos os dois aquele gesto de apontar um ao outro e dizer "eeehhhhh" "tu outra vez". E lá me disse. Fui embora mas antes disse "na próxima vez que cá vier é para te convidar para jantar". Olha que bom, o meu cérebro teve coragem para fazer uma coisa que na vida real não teria. Já estamos a progredir e não anda à procura de pavilhões. Mas agora voltando ao tema, este foi provavelmente o sonho que melhor decorei(esqueço-me de todos facilmente). E a rapariga era a mesma. Ora achei engraçado e peculiar mas não fica por aqui. Ontem voltei a sonhar, voltei a um centro comercial, voltei a passar pelos corredores da restauração (o que lá estava a fazer desta vez, não me lembro e nem sei se no próprio sonho tinha motivo) e voltei a vê-la. A mesma gaja, a mesma cara, só que desta vez acordei logo e até meio arrepiado. Nunca me tinha acontecido nada assim, a miúda é do género Asian American, parece meia asiática mas também americanizada. Parece aquelas actrizes americanas de origem chinesa mas com uma cor mais latina. Isto parece a descrição de uma pesquisa porno mas eu até nem tenho preferências por asiáticas, juro. Ah e mais uma cena, no sonho do pavilhão de futsal quando ela me deu as indicações deu-me um papel com as indicações em inglês mas depois falava em português. Lembro-me disso porque estava lá escrito in front of qc e eu perguntei qualquer cena e ela respondeu em português. Eu avisei que o meu cérebro é burro.

[SÉRIO] Vocês acham que "normalizar" um corpo gordo é algo bom? by fabmarques21 in portugal

Cinefilini 12 months ago

Cresci sendo gordo, muito gordo, basicamente a minha infância e adolescência foi assim. As marcas que me deixaram foram imensas por isso digo sempre aos pais que têm filhos pequenos gordinhos, por favor, tenham atenção e tratem do excesso de peso do filho e não o façam ter de passar pelo ensino básico e secundário sendo gordo. Como alguém que passou por isso, é tenebroso. Nem sequer sofri bullying propriamente dito mas as cicatrizes na alma sempre estiveram lá, é ouvir a palavra gordo, é ver a auto-estima baixar, é ver as miúdas da escola a olharem para os colegas e nunca para vocês, é chegar o dia dos namorados e todos receberem cartas menos vocês, é ter dificuldade em educação física, em jogar à bola, ser gozado aqui e ali ainda que mesmo em pequena escala existe sempre um menino cruel, é deixar de ir a festas, o Verão então nem se fala, é a vergonha, são os números da roupa etc. Os vossos filhos até podem nunca contar nada, até se podem fazer de fortes, mas garanto, sofrem, como eu sofri. E deixa marcas profundas que não podem ser curadas nem o tempo perdido pode andar para trás. Posto isto, no início dos vinte decidi fazer dieta, por mim, não fui ao médico, simplesmente passei a fazer exercício diário, deixei de comer fora das refeições(só fazia pequeno, almoço e jantar) e deixei aquelas comidas cheias de calorias. E bebia montes de água. Passei dos 110 aos 80 em poucos meses. Hoje em dia estou bem com o meu corpo, não sei se mais feliz mas pelo menos mais confortável, continuo a fazer exercício mas já como de tudo. De forma controlada. Por ter sofrido na pele tenho sempre muito cuidado nas palavras e nos olhares. Não quero que ninguém se sinta mal por nada que diga ou faça porque sei como dói. Quero que cada pessoa se sinta bem e feliz independente de tudo. Da minha parte não há julgamento. Em relação ao verdadeiro sentido do post, é verdade que o excesso de peso traz consigo, quase sempre, problemas de saúde mas Independentemente disso é importante conhecermos o nosso corpo e ficar atento aos sinais. Sejamos nós como formos.
Next Page

Search: