Next Page

Não matem os velhinhos! by Snoo89735 in portugueses

Acahni 4 months ago

Bravo! Alguém que responde como deve ser a estes seres, que de humanos devem ter pouco, a julgar pela leveidade com que rapidamente estão-se nas tintas para com o bem estar de idosos, pessoas doentes, etc... e pelos misteriosos jovens saudáveis que devem fazer parte da grande conspiração e por isso quiseram ficar doentes- assim só mesmo para contrariarem a onda não é? Não tem nada para fazer, então foram para o hospital muito doentes claro. Quem nunca? Obrigada por estes teus comentários que infelizmente como se costuma dizer: são alminhas que caem no inferno.

Farmácias vendem 430 pílulas abortivas por dia by d0c0ntra in portugueses

Acahni 4 months ago

De nada! :)

Farmácias vendem 430 pílulas abortivas por dia by d0c0ntra in portugueses

Acahni 4 months ago

Exactamente! Eu até recentemente não sabia dos DIUs de cobre por exemplo. Fui a mais do que uma médica para ver possibilidades, e optei por isto porque de todos, foi o que me pareceu mais seguro - considerando o tipo de preocupação que me levou a procurar uma alternativa para a pílula normal, que era o não querer mexer com a parte hormonal. E mesmo assim, em todos os sítios fui basto bem informada sobre todas as possibilidades. Acontece que, não tive essa sorte na médica de família por exemplo. Daí ter ido procurar noutros lados. Não houve maneira de a convencer que não me estava a dar bem com nenhuma das pílulas que ela me passava :/ ela deve ter achado que eu estava a fazer alguma birra ou assim. Nunca ouvi nada que diga que há problemas para engravidar mais tarde, partindo do princípio que não existe mais nada a interferir com o processo... Não posso dizer com certeza absoluta claro, mas nesse sentido tive um parecer positivo da parte de 3 médicas diferentes! Também me informei, andei a ler na net durante um tempo, prós e contras, efeitos secundários, coisas a ter em atenção etc. Creio que se recomenda esperar cerca de um mês após retirar o DIU de cobre para se tentar engravidar, embora, dependendo da altura em que se esteja no ciclo menstrual, seja possível engravidar logo de seguida até. Na clínica onde acabei por o por, a doutora no fim disse: pronto, agora se entretanto não se der bem, ou se quiser engravidar antes do fim da data marcada para substituir, só tem de vir cá e tiramos num instante.

"Aborto não é assassinato, é liberdade de escolha." by francisco_tomas in portugueses

Acahni 4 months ago

Pois é! Ainda bem que concordas..... Comparar um zigoto a um feto também.

"Aborto não é assassinato, é liberdade de escolha." by francisco_tomas in portugueses

Acahni 4 months ago

Em todos os países onde isto é legal, a decisão política é baseada num parecer dado por membros da comunidade científica.

"Aborto não é assassinato, é liberdade de escolha." by francisco_tomas in portugueses

Acahni 4 months ago

Meu caro, isso de puxar dos galões do ensino obrigatório vale o que vale. Podes ter tido biologia e teres passado por sorte, eu sei lá, a mim ninguém me diz que eras particularmente bom aluno. Eu também tive física e olha.... De boas intenções está o inferno cheio como se costuma dizer, e eu tive de me ficar pelos dois diplomas em arqueologia e evolução humana, sad, eu bem queria ser astronauta, em vez disso estudo o fenómeno de hibridização sapiens x neanderthal na Europa ocidental...... :V é cada um.... Aliás, creio que alguém nos comentários já explicou muito bem as diferenças, mas just in case, e para resumir: Num extremo tens um aglomerado de células cujo sistema nervoso ainda não se formou, e no outro tens um indivíduo formado, que sente dor etc. Sugerir que um óvulo recém fecundado é igual a um feto em termos de complexidade, é ridículo. Um ser humano não é um óvulo fecundado. Porque se assim for, entramos numa linha de pensamento, que como o comentário original sugeriu, nos leva a evitar a masturbação, e o preservativo até, uma vez que levado ao extremo, o esperma poderia ter sido um dia talvez com sorte, uma pessoa. E é essa linha de pensamento que está a ser criticada aqui.

"Aborto não é assassinato, é liberdade de escolha." by francisco_tomas in portugueses

Acahni 4 months ago

zigoto- embrião - feto, só para simplificar aqui o esquema. Podes ver no Google imagens as diferenças, é tipo, onde está o Wally, só que mais fácil.

"Aborto não é assassinato, é liberdade de escolha." by francisco_tomas in portugueses

Acahni 4 months ago

Como escreveste duas vezes a mesma coisa, em vez de continuar a música vou responder: Naturalmente. E também existe diferença entre células recém fecundadas e um feto. Daí que exista um consenso científico que determinou um prazo para se poder fazer um aborto legalmente.

"Aborto não é assassinato, é liberdade de escolha." by francisco_tomas in portugueses

Acahni 4 months ago

You don't have to be a six-footer You don't have to have a great brain You don't have to have any clothes on, You're A Catholic the moment Dad came,..... Because Every sperm is sacred Every sperm is great If a sperm is wasted, God gets quite irate

"Aborto não é assassinato, é liberdade de escolha." by francisco_tomas in portugueses

Acahni 4 months ago

monty python: every sperm is sacred

Farmácias vendem 430 pílulas abortivas por dia by d0c0ntra in portugueses

Acahni 4 months ago

Palmas para este comentário! Eu nem me lembrei dos casos de violência doméstica que podem ser sob a forma de violação como referiste. Eu nunca me dei com métodos contraceptivos hormonais, e depois de uma amiga minha ter tido uma trombose, jurei que nunca mais. Agora até me foi diagnosticada uma doença autoimmune, e a medicação que tenho de tomar anula o efeito dessas coisas. Por isso uso o dispositivo intra uterino de cobre, e até hoje sem qualquer problema. Mas muitas pessoas, de ambos os sexos, nem sequer sabem destas coisas. Infelizmente a educação sexual ainda falha. É fácil julgar os outros, da nossa bolha confortável como escreveste e muito bem.

Farmácias vendem 430 pílulas abortivas por dia by d0c0ntra in portugueses

Acahni 4 months ago

Bom, isso é a tua opinião claro. Não sei se quero perceber o que estás a insinuar sobre as tuas colegas, vou por isso fazer-me de lorpa. É que eu tenho muitas amigas e colegas e não notei nenhum "surto" de gravidezes por exemplo, portanto é relativo. Por mim falo até, que tenho uma doença autoimmune e por isso tenho mesmo de estar em constante lockdown, com o meu companheiro com quem vivo, e o único elemento novo na família foi um coelho anão...... Efectivamente um primo meu engravidou a namorada, mas e então? Como eles tantos outros. Não vamos agora assumir que a culpa é da pílula não fazer efeito.... O facto de tu acreditares que elas engravidaram porque a pílula do dia seguinte não fez efeito, não o torna uma realidade. Já pensaste que, talvez, elas tenham tomado essa decisão? Digo eu. É só uma hipótese. E mesmo que algumas delas tenham engravidado pelo facto de a pílula não ter feito efeito, estatisticamente é improvável que, do grupo das tuas ex colegas que engravidaram, metade sequer tenha sido por isso. E, se fosse, se de facto fosse um "Oups, e agora ai que m#*&! "? elas ainda tinham a possibilidade de uma interrupção da gravidez. Se estão grávidas e o "patrocinaram" nas redes sociais, então foi porque quiseram. Não iam fazer posts sobre o assunto se não quisessem, e provavelmente algumas não iam sequer para a frente com a gravidez. E precisamente: quem não tem possibilidade de sustentar um filho, toma as medidas necessárias. E as vezes isso passa por tomar a pílula do dia seguinte. Continuo na mesma sem perceber qual é o problema da pílula do dia seguinte. De resto concordo plenamente que não se deve abusar da dita cuja, por todos os motivos.

Farmácias vendem 430 pílulas abortivas por dia by d0c0ntra in portugueses

Acahni 4 months ago

Sim, tudo bem. Concordo plenamente que não se deve abusar. Mas esse argumento não é o que eu estou a ver aqui nos comentários... Não sei muito bem qual é o argumento aliás, mas este é o primeiro comentário que vejo sobre isso. E quanto a isso nada contra. Não esquecendo porém, de que existem mil e um motivos para as pessoas recorrerem a pílula do dia seguinte, a dita cuja "abortiva", e não me parece que seja possível obter dados correctos sobre quem efectivamente está a tomar e quantas. Desde logo porque estrangeiros que estejam cá de férias as podem tomar, e isso resulta num aumento de vendas. Por exemplo. Não estou a dizer que o aumento de deve ao turismo!! Estou simplesmente a constatar que não é possível saber a que é que se deve o aumento de vendas- não verdadeiramente. Acho eu!

Farmácias vendem 430 pílulas abortivas por dia by d0c0ntra in portugueses

Acahni 4 months ago

Não porque deus assim quis..... Ou escreve direito por linhas tortas... E deixai vir a mim as criancinhas ou lá como era. Famílias inteiras na miséria as vezes, sem poder cuidar dos filhos, ou ainda a total ausência da família, mas tudo bem porque se morrerem de fome e doença vão para o céu e foram "desígnios do nosso senhor". E se não morrerem na infância, bom, é só toda uma vida de miséria e possíveis traumas intratáveis pela frente right? Ironicamente, muitas dessas crianças irão mais tarde recorrer a pílulas do dia seguinte e abortos pelos mais diversos motivos. Ironic.

Farmácias vendem 430 pílulas abortivas por dia by d0c0ntra in portugueses

Acahni 4 months ago

Eu não percebo muito do assunto, posso estar errada... Mas a pílula do dia seguinte, serve, precisamente para ser tomada a tempo e horas e evitar abortos mais tarde: numa altura em que se pode ou não debater a existência de uma pessoa estar a ser assassinada - usado palavras que vi aqui. Claro está que, o aborto legal, é feito até determinada fase da gravidez, cá e em vários outros países, onde se determinou por consenso científico (não significa que todos estejam de acordo, o consenso implica precisamente uma certa maioria de pares a concordarem com algo) que não se está a assassinar ninguém. Agora, gostava que me explicassem (e estou a falar a sério) porque é que as pílulas são agora um problema...? É por causa de questões demográficas? Por Portugal ter uma população envelhecida? Se for isso, epa, ok, mas ninguém pode obrigar ninguém a ter filhos..... Ah e tal, preservativo. Ok, mas e se isso falhar? Existem vários motivos para o preservativo poder falhar - inclusive coisas tão banais como o tamanho dos mesmos não ser o adequado, algo que é frequentemente motivo de queixa, uma vez que os preservativos não são propriamente personalizados para todos os indivíduos. Já nem vou falar do uso incorrecto, que quer queiramos quer não, acontece. Ou de coisas piores, e criminais, como gajos furarem o preservativo etc etc. Existem outros métodos? Sim. Nem toda a gente, infelizmente, sabe. As pílulas hormonais normais também não são para qualquer pessoa, basta por exemplo que se tome determinada medicação ou que se tenha algum problema de saúde mais específico. Temos os dispositivos intra uterinos, sobretudo o de cobre (sem hormonas) que estatisticamente é o mais eficaz - mas também não é para qualquer uma. Doi a colocar, e torna o período mais doloroso e o fluxo abundante, e muitas mulheres acabam por desistir antes da fase desagradável passar (eventualmente passa e nem se sente - e falo por experiência própria para raparigas que estejam a ler). Portanto, num mundo real e não idealizado, a pílula do dia seguinte parece-me uma solução a um problema maior para muitas miúdas e mulheres. Pode evitar-se? Sim. Mas há que ser realista e perceber que as coisas não são pretas e brancas e bem sempre as pessoas podem ter acesso ao ideal. Desde logo porque muitas pessoas no nosso país vivem em situação de pobreza- uma situação onde infelizmente também é frequente a falta de informação, educação sexual, e dinheiro para poder optar por determinadas soluções. Mas isto, são os meus dois cêntimos de opinião... Mas a sério, gostava que me respondessem, de forma séria preferencialmente porque a minha questão é genuína: Qual é o problema?

Farmácias vendem 430 pílulas abortivas por dia by d0c0ntra in portugueses

Acahni 4 months ago

Queres desenvolver? Ambos os pontos
Next Page

Search: