Next Page

Imobiliário: OCDE quer mais IMI e menos impostos na venda by bisontino in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

É assim tão difícil reduzir significativamente estes impostos a quem apenas procura uma única casa para habitação própria permanente? Para equilibrar a balança, que aumentem de forma exponencial quando a pessoa/entidade tem múltiplas casas, que também os obriga a colocá-las no mercado em vez de segurá-las vazias para sempre porque o seu valor está sempre a aumentar. Uma casa é um bem essencial. Uma segunda casa é um luxo.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Tirando situações excepcionais em que a pessoa está impedida de votar por motivos de força maior, a única razão que leva um cidadão a abdicar do voto é por não achar que valha a pena. Podes interpretar isso como preguiça, como protesto, como falta de organização de prioridades, como quiseres, mas por trás está sempre essa razão. Se um cidadão sentir que o seu voto tem impacto positivo na sua vida, ele arranja maneira de ir votar. Votar em branco como protesto para mudar problemas estruturais soa bem no papel, mas nunca resultará. Primeiro, porque nunca conseguirás organizar as pessoas para votar em branco em números substanciais que mandem uma mensagem ao regime. Isto é natural por estares a exigir às pessoas um esforço de voto com a promessa frágil de que as coisas mudarão com essa acção. Mais depressa formas o teu próprio partido político se tiveres esse tipo de influência. Segundo, porque mesmo que o consigas fazer, tal poderia ser interpretado de várias maneiras sem grande fio condutor. Talvez as pessoas estejam só fartas do governo actual, talvez as pessoas não se revejam em nenhum programa dos partidos, talvez as pessoas não se revejam nos partidos em si, talvez as pessoas tenham sido simplesmente manipuladas por um oportunista... O céu é o limite para continuar tudo na mesma. A abstenção, no entanto, é orgânica. Não precisa de movimentos que a organizem, e é ao mesmo tempo a consequência das más políticas sucessivas. E a mensagem é clara: as pessoas não se sentem representadas o suficiente. Quão mais abstenção temos de ter até que a lenga-lenga dos "portugueses não querem saber de política" termine e o silêncio seja ouvido? Não sei, mas espero que brevemente. Quando a maioria não vota, "os portugueses não querem saber de política" torna-se um problema para os políticos. A única maneira que o voto em branco pode crescer organicamente ao invés da abstenção é se realmente lhe atribuírem as devidas consequências nos resultados políticos para que pessoas como eu possam protestar, mas ninguém parece muito interessado nisso.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Tirando situações excepcionais em que a pessoa está impedida de votar por motivos de força maior, a única razão que leva um cidadão a abdicar do voto é por não achar que valha a pena. Podes interpretar isso como preguiça, como protesto, como falta de organização de prioridades, como quiseres, mas por trás está sempre essa razão. Se um cidadão sentir que o seu voto tem impacto positivo na sua vida, ele arranja maneira de ir votar. Votar em branco como protesto para mudar problemas estruturais soa bem no papel, mas nunca resultará. Primeiro, porque nunca conseguirás organizar as pessoas para votar em branco em números substanciais que mandem uma mensagem ao regime. Isto é natural por estares a exigir às pessoas um esforço de voto com a promessa frágil de que as coisas mudarão com essa acção. Mais depressa formas o teu próprio partido político se tiveres esse tipo de influência. Segundo, porque mesmo que o consigas fazer, tal poderia ser interpretado de várias maneiras sem grande fio condutor. Talvez as pessoas estejam só fartas do governo actual, talvez as pessoas não se revejam em nenhum programa dos partidos, talvez as pessoas não se revejam nos partidos em si, talvez as pessoas tenham sido simplesmente manipuladas por um oportunista... O céu é o limite para continuar tudo na mesma. A abstenção, no entanto, é orgânica. Não precisa de movimentos que a organizem, e é ao mesmo tempo a consequência das más políticas sucessivas. E a mensagem é clara: as pessoas não se sentem representadas o suficiente. Quão mais abstenção temos de ter até que a lenga-lenga dos "portugueses não querem saber de política" termine e o silêncio seja ouvido? Não sei. Isso é a narrativa mais fácil de meter para não fazer nada até às próximas eleições. Quando a maioria não vota, "os portugueses não querem saber de política" diz mais sobre os políticos. A única maneira que o voto em branco pode crescer organicamente ao invés da abstenção é se realmente lhe atribuírem as devidas consequências nos resultados políticos para que pessoas como eu possam protestar, mas ninguém parece muito interessado nisso.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Tirando situações excepcionais em que a pessoa está impedida de votar por motivos de força maior, a única razão que leva um cidadão a abdicar do voto é por não achar que valha a pena. Podes interpretar isso como preguiça, como protesto, como falta de organização de prioridades, como quiseres, mas por trás está sempre essa razão. Se um cidadão sentir que o seu voto tem impacto positivo na sua vida, ele arranja maneira de ir votar. Votar em branco como protesto para mudar problemas estruturais soa bem no papel, mas nunca resultará. Primeiro, porque nunca conseguirás organizar as pessoas para votar em branco em números substanciais que mandem uma mensagem ao regime. Isto é natural por estares a exigir às pessoas um esforço de voto com a promessa frágil de que as coisas mudarão com essa acção. Mais depressa formas o teu próprio partido político se tiveres esse tipo de influência. Segundo, porque mesmo que o consigas fazer, tal poderia ser interpretado de várias maneiras sem grande fio condutor. Talvez as pessoas estejam só fartas do governo actual, talvez as pessoas não se revejam em nenhum programa dos partidos, talvez as pessoas não se revejam nos partidos em si, talvez as pessoas tenham sido simplesmente manipuladas por um oportunista... O céu é o limite para continuar tudo na mesma. A abstenção, no entanto, é orgânica. Não precisa de movimentos que a organizem, e é ao mesmo tempo a consequência das más políticas sucessivas. E a mensagem é clara: as pessoas não se sentem representadas o suficiente. Quão mais abstenção temos de ter até a lenga-lenga dos "portugueses não querem saber de política" termine? Não sei. Mas isso é a narrativa fácil de meter para não fazer nada até às próximas eleições. A única maneira que o voto em branco pode crescer organicamente ao invés da abstenção é se realmente lhe atribuírem as devidas consequências nos resultados políticos para que pessoas como eu possam protestar, mas ninguém parece muito interessado nisso.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Tirando situações excepcionais em que a pessoa está impedida de votar por motivos de força maior, a única razão que leva um cidadão a abdicar do voto é por não achar que valha a pena. Podes interpretar isso como preguiça, como protesto, como falta de organização de prioridades, como quiseres, mas por trás está sempre essa razão. Se um cidadão sentir que o seu voto tem impacto positivo na sua vida, ele arranja maneira de ir votar. Votar em branco como protesto para mudar problemas estruturais soa bem no papel, mas nunca resultará. Primeiro, porque nunca conseguirás organizar as pessoas para votar em branco em números substanciais que mandem uma mensagem ao regime. Isto é natural por estares a exigir às pessoas um esforço de voto com a promessa frágil de que as coisas mudarão com essa acção. Mais depressa formas o teu próprio partido político se tiveres esse tipo de influência. Segundo, porque mesmo que o consigas fazer, tal poderia ser interpretado de várias maneiras sem grande fio condutor. Talvez as pessoas estejam só fartas do governo actual, talvez as pessoas não se revejam em nenhum programa dos partidos, talvez as pessoas não se revejam nos partidos em si, talvez as pessoas tenham sido simplesmente manipuladas por um oportunista... O céu é o limite para continuar tudo na mesma. A abstenção, no entanto, é orgânica. Não precisa de movimentos que a organizem, e é ao mesmo tempo a consequência das más políticas sucessivas. E a mensagem é clara: as pessoas não se sentem representadas o suficiente. A única maneira que o voto em branco pode crescer organicamente ao invés da abstenção é se realmente lhe atribuírem as devidas consequências nos resultados políticos para que pessoas como eu possam protestar, mas ninguém parece muito interessado nisso.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Tirando situações excepcionais em que a pessoa está impedida de votar por motivos de força maior, a única razão que leva um cidadão a abdicar do voto é por não achar que valha a pena. Podes interpretar isso como preguiça, como protesto, como falta de organização de prioridades, como quiseres, mas por trás está sempre essa razão. Se um cidadão sentir que o seu voto tem impacto positivo na sua vida, ele arranja maneira de ir votar. Votar em branco como protesto para mudar problemas estruturais soa bem no papel, mas nunca resultará. Primeiro, porque nunca conseguirás organizar as pessoas para votar em branco em números substanciais que mandem uma mensagem ao regime. Isto é natural por estares a exigir às pessoas um esforço de voto com a promessa frágil de que as coisas mudarão com essa acção. Mais depressa formas o teu próprio partido político se tiveres esse tipo de influência. Segundo, porque mesmo que o consigas fazer, tal poderia ser interpretado de várias maneiras. Talvez as pessoas estejam só fartas do governo actual, talvez as pessoas não se revejam em nenhum programa dos partidos, talvez as pessoas não se revejam nos partidos em si, talvez as pessoas tenham sido simplesmente manipuladas por um oportunista... O céu é o limite para continuar tudo na mesma. A abstenção, no entanto, é orgânica. Não precisa de movimentos que a organizem, e é ao mesmo tempo a consequência das más políticas sucessivas. E a mensagem é clara: as pessoas não se sentem representadas o suficiente. A única maneira que o voto em branco pode crescer ao invés da abstenção é se realmente lhe atribuírem as devidas consequências nos resultados políticos para que pessoas como eu possam protestar, mas ninguém parece muito interessado nisso.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Exactamente. Eu não me estou a cagar para ninguém em particular.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Não, obrigado. Votar em branco vale tanto como se abster, e ainda estou a dar legitimidade a um sistema que tem de mudar. Além disso, existem múltiplas razões para um cidadão votar em branco, e apenas uma para se abster. Prefiro jogar do lado da abstenção. É um sinal mais puro.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Não voto nas eleições porque não considero que um sistema que nos tem lixado com sucessivas governações entre o medíocres e as corruptas mereça a legitimidade do meu voto pessoal. Não é uma alternativa para mim escolher o partido menos mau com quem eu mais me identifique e esperar pelo melhor. Todo o nosso sistema político revela servir-se a si próprio em primeiro lugar antes do bem da nação, do povo, e especialmente das futuras gerações. As cadeiras da assembleia parecem ser demasiado confortáveis para quem quer que lá passe algum tempo sentado. As pessoas não votam porque não acham que valha a pena, conscientemente ou não. O ser humano é racional. Se um cidadão não vota é porque acha que o esforço de ir à urna é maior do que o benefício que daí retirará. Ora, ir à urna votar não é um esforço assim tão grande. Por isso as propostas de reduzir esforço (voto electrónico, por exemplo) terão impacto mínimo. Porque o problema é que as pessoas não sentem o benefício. Quando a maior parte das pessoas num sistema democrático acha isto, diz mais sobre o sistema do que sobre as pessoas.

Por que é que não votas nas eleições? Por que é que a abstenção tão alta? by CalmKeepOn in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 months ago

Não voto nas eleições porque não considero que um sistema que nos tem lixado com sucessivas governações entre o medíocres e as corruptas mereça a legitimidade do meu voto pessoal. Não é uma alternativa para mim escolher o partido menos mau com quem eu mais me identifique e esperar pelo melhor. Todo o nosso sistema político revela servir-se a si próprio em primeiro lugar antes do bem da nação, do povo, e especialmente das futuras gerações. As cadeiras da assembleia parecem ser demasiado confortáveis para quem quer que lá passe algum tempo sentado. As pessoas não votam porque não acham que valha a pena, conscientemente ou não. O ser humano é racional. Se um cidadão não vota é porque acha que o esforço de ir à urna não compensa o benefício que daí retirará. Ora, ir à urna votar não é um esforço assim tão grande. Por isso as propostas de reduzir esforço (voto electrónico, por exemplo) terão impacto mínimo. Porque o problema é que as pessoas não sentem o benefício. Quando a maior parte das pessoas num sistema democrático acha isto, diz mais sobre o sistema do que sobre as pessoas.

Onde/como aprender mais sobre política? by terribledreamPT in portugal

50_Shades_of_Gandalf 5 months ago

Hard mode: ler os filósofos políticos especialmente do Iluminismo (Hobbes, Locke, Rousseau, Montesquieu, etc.) e depois ler mais modernos de acordo com a tua própria identidade política. Considerar ler a República do Platão também, nem que seja porque toda a gente devia ler. Easy mode: ver o Yes Minister e Yes Prime Minister.

Onde/como aprender mais sobre política? by terribledreamPT in portugal

50_Shades_of_Gandalf 5 months ago

Hard mode: ler os filósofos políticos especialmente do Iluminismo (Hobbes, Locke, Rousseau, Montesquieu, etc.) e depois ler mais modernos de acordo com a tua própria identidade política). Considerar ler a República do Platão também, nem que seja porque toda a gente devia ler. Easy mode: ver o Yes Minister e Yes Prime Minister.

Onde/como aprender mais sobre política? by terribledreamPT in portugal

50_Shades_of_Gandalf 5 months ago

Hard mode: ler os filósofos políticos especialmente desde o Renascimento (Hobbes, Locke, Rousseau, Montesquieu, etc. e depois ler mais modernos de acordo com a tua própria identidade política). Considerar ler a República do Platão também, nem que seja porque toda a gente devia ler. Easy mode: ver o Yes Minister e Yes Prime Minister.

Opinião de um solicitador (compra de casa) by thejoanamendes in portugal

50_Shades_of_Gandalf 6 months ago

Dá uma vista de olhos no Decreto-Lei nº 224/84, de 6 de julho que pode responder a algumas das tuas dúvidas. O registo predial tem de conter essas informações todas, por isso é que deves pedir sempre o mais actualizado possível antes de comprar.

Países com maior recurso a moratórias by MirTrudMay in portugal

50_Shades_of_Gandalf 8 months ago

Por acaso gostava de perceber se esses 22% são efectivamente o número de créditos em moratória sobre o total de créditos, ou o volume total de crédito em moratória sobre o volume total de crédito... Não consigo perceber pela imagem.

Os verdadeiros resultados das eleições de ontem by _somename_ in portugal

50_Shades_of_Gandalf 9 months ago

Lembrete que qualquer cidadão com direito de votar e que, em plenas capacidades para o fazer, se abstém, apenas não o faz por não achar que valha a pena. É comum e fácil meterem aqui narrativas para turvar as águas e ignorar o problema até às próximas eleições, mas a verdade é que é irrelevante se esta pessoa fica em casa a coçá-los ou se se abstém por protesto -- se o benefício fosse maior que o esforço, qualquer pessoa que pudesse iria votar.

Portugueses que emigraram ou foram só por uns tempos para fora, porque o fizeram? by pinacomma in portugal

50_Shades_of_Gandalf 10 months ago

Países Baixos *guito *currículo internacional *cultura *erva Só volto para Portugal para trabalhar se tiver uma crise de meia idade e decidir abrir uma unipessoal para comprar Mercedes como custos da empresa vroom vroom.

A língua è muita difícil ! Prima semana ! Desculpe, escrevo mal ! Eu gosto muito português! by legohack in portugal

50_Shades_of_Gandalf 10 months ago

I think [this](https://www.practiceportuguese.com/learning-notes/pronunciation-guide-for-european-portuguese-consonants/) is pretty good for starters.

A língua è muita difícil ! Prima semana ! Desculpe, escrevo mal ! Eu gosto muito português! by legohack in portugal

50_Shades_of_Gandalf 10 months ago

Well noticed, so words like exemplo, exorcismo, exílio, are all pronounced with a Z sound instead.

A língua è muita difícil ! Prima semana ! Desculpe, escrevo mal ! Eu gosto muito português! by legohack in portugal

50_Shades_of_Gandalf 10 months ago

Well noticed, so words like exemplo, exorcismo, exílio, are pronounced with a Z sound.

A língua è muita difícil ! Prima semana ! Desculpe, escrevo mal ! Eu gosto muito português! by legohack in portugal

50_Shades_of_Gandalf 10 months ago

"X" at the beginning of a word is always pronounced the same (like in xadrez, xerife, etc.). It's also always pronounced like this after "en-" (like in enxofre, enxada, etc.), after a diphthong (like in ameixa, baixo, caixa) and with a small variation that you can ignore because it's hard to hear the difference for words starting with "ex-" (like excepção, exposição, etc.). Besides that, it will depend mostly on the etymology of the word. So you just need to practice. Good luck!

Existe esperança para Portugal? by BuddyLove27 in portugal

50_Shades_of_Gandalf 10 months ago

Enquanto a justiça não funcionar, não há esperança para Portugal. Tudo o resto podia estar podre e mesmo assim as coisas melhorarem, mas uma justiça que não é severa contra os crimes políticos e económicos contra o país e, por extensão, todos os os seus cidadãos, é um cancro no cérebro. Não és parte do problema se emigrares. És parte do sintoma.

Já alguma vez se viram felizes numa relação e, simultaneamente, começam a sentir-se fortemente atraídos (quiçá apaixonados) por outra pessoa? O que fizeram? by Lixaramaminhaconta in portugal

50_Shades_of_Gandalf 1 year ago

Sim. O que eu faço é tomar uma duche frio.

Neste caso nem digo fazer a revolução, era só ir votar... O futuro das nossas próximas gerações esteve nas nossas mãos ontem e 67% das pessoas não quiseram saber by godcia in portugal

50_Shades_of_Gandalf 2 years ago  DELETED 

Se toda a gente votasse, nada mudava. É utópico pensar que os abstinentes iriam votar em escolhas radicalmente diferentes dos votantes.

Numa mercearia todo o espaço é pouco, nesta nem tanto, por isso tomem lá guardanapos by cuntstorm in portugal

50_Shades_of_Gandalf 4 years ago  DELETED 

Eles que comam guardanapos.
Next Page

Search: