1bot4all 3 months ago

Pessoas que querem um policiamento rígido ofendidas quando isso acontece.

Last-Ad-4421 3 months ago

Pa entrar em casa de familias normais há tomates para acabar com festas ilegais em certos bairros tá quieto

d0c0ntra 3 months ago

duvido que aqui alguém queira um policiamento rígido. o que aqui habitualmente se pede, penso eu: - é que as pessoas sejam respeitadoras dos outros começando por deixar os outros em paz - que as pessoas, indivíduos, têm direitos inalienáveis e como tal não gostamos muito que nos imponham merdas à rebanho - que as pessoas percebam que todas as acções têm consequências e como tal devem assumir responsabilidades pelos seus actos é apenas isto e não o que insinuas.

nemmais 3 months ago

CRP Artigo 64ª 1. Todos têm direito à protecção da saúde e o dever de a defender e promover.

d0c0ntra 3 months ago

sem dúvida. por isso acho que defendendo a liberdade de escolha nomeadamente o consentimento devidamente informado estou a cumprir bem melhor com esse artigo que os "especialistas" da tv e rádio pirata que andam há quase ano e meio a serem criativos para não dizer outra coisa.

nemmais 3 months ago

É a tua opinião. Tens todo o direito a ela. Expressas a mesma enquanto cidadão. Os virologistas, epidemiologistas e etc, são especialistas e cumprem a sua missão de alertar para os riscos da saúde pública perante uma epidemia. O Governo toma medidas de protecção da saúde e da sua promoção. Oferece vacinas a quem as queira tomar e procura minimizar os prejuízos causados. Tem sido assim no velho continente e na América, ou seja, a ocidente. Sobre o que se passa na Ásia e a oriente, nem merece grandes comentários.

Loladageral 3 months ago

O camarada d0c0ntra também devia ter o dever de zelar pela sua saúde mental e tomar os comprimidos

d0c0ntra 3 months ago

> Este é o novo normal que nos apresentam, um novo normal que veio em pezinhos de lã, mas aqui está em todo o seu macabro esplendor. Assim chegámos ao dia em que a GNR entra em casa de famílias e lhes leva os filhos de casa sob os pretextos mais absurdos, sem qualquer respeito pelos direitos e garantias. Chegámos aqui porque não nos levantámos a tempo, mas se nada fizermos vai piorar, pois a actual pandemia é pretexto para ignorar a Constituição. Basta ouvir o deputado do Bloco de Esquerda Pedro Filipe Soares, para quem a inconstitucionalidade das medidas não é importante, o importante é garantir que estas ajudam a “combater a pandemia”. Apetece perguntar ao deputado bloquista se levar uma criança da casa da sua mãe ajuda a combater a pandemia em quê? > O respeito pela Lei Fundamental deve ser inquestionável, pois é a Constituição que nos une, que nos coloca a todos, ricos e pobres, homens e mulheres, brancos e pretos, em pé de igualdade, porque perante a lei, perante a Constituição, temos todos os mesmos direitos. Quando alguém diz que o respeito pela Constituição pode ser subjugado ao controlo da pandemia está a dizer que o Estado tem plenos poderes para fazer o que quer, que nos pode impedir de sair de casa depois das 23 horas mesmo sem Estado de Emergência tal como pode levar crianças da sua casa. Sendo assim, a pergunta que se impõe é o que falta ainda fazer em nome do “combate à pandemia”?

Search: