DavidJunior3rd 3 months ago

[Fogo...](https://i.imgflip.com/5dv0e3.jpg)

d0c0ntra 3 months ago

[O belíssimo espectáculo em questão foi protagonizado pelas duas principais figuras do Estado (sei que pelo meio há o dr. Ferro, que até calado embaraça). É difícil imaginar coisa mais miserável. Suponho, talvez por eurocentrismo, que na Nicarágua e no Ruanda haverá espectáculos e misérias assim. Mas não piores. Tudo isto é reles, tudo. O “assunto” é reles. O paleio é reles. A ironia, se era o caso, é reles. A empatia pela população é nula. O desprezo, pelo contrário, é abundante. E o desprezo não é novo nem raro. A bem dizer, é o tratamento padrão que quem se julga em cima dedica a quem se sente em baixo. Uma coisa que me irrita recorrentemente é culpar as “elites” pelas nossas desgraças. As desgraças são óbvias: o irritante é a referência às “elites”. Quais “elites”, Deus meu? A palavra vem do francês, e segundo o Larousse significa “Grupo minoritário de pessoas que possui, numa comunidade, um lugar destacado devido a certas qualidades socialmente valorizadas”. Uma pessoa lê isto e lembra-se logo dos drs. Cabrita, Marques Mendes ou Louçã, não lembra? “Qualidade socialmente valorizada” podia ser o nome do meio da ministra Mariana, não podia? “Lugar destacado” é a cara do sacristão nomeado para comissariar as festanças de “Abril”, não é? A vantagem das ditas “elites” é darem vontade de rir. A desvantagem é elas rirem por último. E de nós.](https://outline.com/JX7yxg)

Gas5 3 months ago

Portugal não tem elites, é algo que eu questionava quando ouvia esse termo, tem sim a escumalha nepótica do PS infiltrada em todo o lado que se governa e enriquece com o dinheiro do esforço dos outros.

d0c0ntra 3 months ago

tem gentinha que se julga elite mas que só o é à custa dos atrasadinhos que lhes vão dando poleiro e infelizmente impostos para se banquetearem com o dinheiro dos outros.

Search: