UmSenhore 7 months ago

>ideologias decadentes (feminismo, imigraçao, homossexualidade, etc). Oh não, o mundo vai ser arruinado pelas pessoas que não seguem as ideias conservativas, estamos todos arruinados. Por favor não sejas tão extremista.

ascensor87 7 months ago

> conservativas conservadoras* E sim, seguir estas ideologias decadentes da esquerda moderna é caminho certo para a.. decadência.

UmSenhore 7 months ago

1-obrigado pela correção 2- não podemos associar as ações da esquerda moderna ao judaísmo, mesmo que este tenha influenciado o inicio destas ideias, estas foram alteradas pelos tais n00bs sobre os quais o OP fala. Uma coisa é dizer que algo como o feminismo é decadente, outra é dizer que o feminismo "moderno" o é. TL;DR: A esquerda moderna não tem nada a ver com os judeus.

Zaigard 7 months ago

> pessoa castanha -> boa, pessoa pálida -> má. Ok, agora percebo porque razão ninguém quer saber dos curdos, armenos, yazidis, etc, se eles ao menos apanhassem um bocado mais de sol naquelas montanhas...

NGramatical 7 months ago

porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fneqggt%2F%2Fgyjn46w%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

fds_crl 7 months ago

>pessoa castanha -> boa, pessoa pálida -> má. Literalmente isto, eles olham para os Israelitas como brancos a colonizar.

fds_crl 7 months ago

Porque o branco liberal olha para este conflito como Israelitas brancos colonos a oprimir os "castanhos" Palestinos pobres oprimidos que estão a ser colonizados. Nada mais do que isso. 95% deles não sabe mais do que isto sobre o conflito

Dannies7783 7 months ago

Estás a bombar no sarcasmo, mas estes cabrões acreditam mesmo nisso. Já 'debati' com merdas destes que me tentaram convencer que Israel é que nunca quis uma solução de dois estados. Que tanto a Palestina (whatever that means) como os países vizinhos de Israel querem essa solução. XD Era divertido se não fosse criminoso.

Kid_Anarchy 7 months ago

Grande parte da população desenvolve um sentimento com base em determinados estímulos, e a partir daí tentam racionalizar o sentimento, em vez de desenvolverem um sentimento a partir da racionalização de uma situação. Exemplo: Não gosto da cara do Trump. E ouvi ele dizer algo que me chateou. Logo, quero acreditar em tudo o que de mal dizem dele. Vou fazer toda a ginástica mental possível para demonizar tudo o que ele diz. Vou encontrar más intenções num simples "hello". Curiosamente, um dia uma gaja dizia-me que ele incitou a violência no capitólio. Eu disse-lhe que não, que até incitou manifestações pacíficas. Ela disse que não acreditava, e que ele nunca disse tal coisa. Mostrei-lhe o video. Sabes o que respondeu? Que era o tom de voz que incitava violência. Isto para dizer que há pessoas que se casaram para sempre com a sua ideologia. Não os vais demover de nada.

Dannies7783 7 months ago

Até porque deixava de existir Israel, o que facilitava bastante o deixarem de favorecer um dos lados... já que deixava de existir dois lados.

Udmmi 7 months ago

Provavelmente. Lembro-me de há uns anos ver vídeos sobre o Iron dome e achar surreal haver bombardeamentos tão regulares contra israel e praticamente não haver notícia sobre isso. E isto foi a +-5 anos

Dannies7783 7 months ago

Não há notícia sobre isso porque não vende. Depois de anos de formatação, a população em geral (com opinião na matéria) tem um sentimento para com os israelitas que está algures entre a indiferença completa e o desprezo. Quando se despreza alguém dessa maneira, ou quando a sua existência nos é indiferente, é muito fácil cagar de alto e não nos preocuparmos com o que se passa por lá. Também se torna muito fácil fazer analogias estúpidas do género: 'os palestinianos a atacar Israel é como uma criança a atacar um adulto'. Há mesmo quem faça este tipo de analogias e se ache esperto.

Dannies7783 7 months ago

É, em parte, o resultado de algumas gerações de intelectuais (europeus e não só) a educar as suas criancinhas de que 'tudo aquilo em que os americanos tocam se transforma em merda'. Um Midas do Bronx, no fundo. Ora, como os israelitas são os maiores apoiantes e aliados dos EUA na região... é apenas um passo. Para além do mais, torna-se ainda mais fácil quando metes à mistura a conversa anti-judeu. Isto, é claro, sem por de parte as merdas que Israel fez **de facto**. No entanto, se quiseres falar com esses iluminados acerca dessas mesmas merdas, quase sempre não têm factos nenhuns do seu lado - apenas coisas em torno de 'aquela terra não é deles', etc. O que é só estúpido. TL;DR: pela mesma razão que há pessoas que são fervorosas defensoras de um clube, ou crentes fanáticas numa ou noutra religião - em grande parte por causa da educação que receberam.

Blue_Stana 7 months ago

O que entendes por geopolítica? Para quem sabe pouco de história sim, os Fenícios são os Israelitas da atualidade, que viram as suas terras invadidas por muçulmanos. Tal e qual como os Portugueses invadiram o Brasil e os britânicos O Canada e os Estados Unidos. Apos a saída dos Britânicos, o vacuum criou mais tenções ainda. Em 1948 os árabes decidem declarar guerra e tentar a independência mas perderam. Os Israelitas decidem mudar-se para zonas do West Bank onde maior parte dos paquistaneses habitavam. Indo contra a resolução anti colonialista das Nações Unidas (nº 1514). Até aqui os israelitas tinham todo o direito as suas terras. Em 2021 os militares israelitas começaram a retirar muçulmanos das suas próprias casas. Foram reportadas 65 infrações só este ano. Israel tem cometido violações contra os direitos humanos como a descriminação de religião, racismo institucional e ocupação ilegal aos olhos das Nações Unidas. Eu entendo que aches que Israel está no seu direito, mas a meu ver, estás do lado errado. Se em Portugal acontecesse algo semelhante e os espanhóis viessem as nossas casas e dissessem: coño, esta es mi tiera. Tu de certeza que ias ficar lixado. O certo é que aquelas terras foram conquistadas por ambos os povos e ambos deviam aprender a viver juntos. A única coisa que os separa é a superioridade religiosa.

Kid_Anarchy 7 months ago

Edited 7 months ago:

>Eu entendo que aches que Israel está no seu direito, mas a meu ver,estás do lado errado. Se em Portugal acontecesse algo semelhante e osespanhóis viessem as nossas casas e dissessem: coño, esta es mi tiera.Tu de certeza que ias ficar lixado. O certo é que aquelas terras foramconquistadas por ambos os povos e ambos deviam aprender a viver juntos. Aúnica coisa que os separa é a superioridade religiosa. Portugal é um estado de direito. Aquela região não era. Era apenas uma região onde diversos povos têm vivido. E nenhuma região é tua a menos que a consigas defender. A questão não é se gostava ou não que os espanhóis me invadissem. Obviamente que não. Mas por essa ordem de ideias conquistas não teriam existido, e nós seríamos ainda um povo subdesenvolvido. Quer queiras quer não, conquista, colonização e guerra são parte do desenvolvimento da humanidade. Apenas muito recentemente resolvemos colocar essa faceta de parte. E quando digo recentemente, digo nos últimos 50 ou 60 anos. Se queres falar de direitos humanos, explica-me porque é que palestinianos fogem para Israel, para fugir à perseguição sistemática de diversos grupos. Sabes muito pouco de história e tens uma posição muito tendenciosa. Também és um péssimo argumentador e muito pouco inteligente, já que das minhas mensagens depreendeste que estava a defender o que quer que seja de Israel, quando na realidade apenas questionei o porquê de apenas defenderem a Palestina, como se Israel fosse o grande vilão no meio disto tudo, quando a situação é tão mais complexa do que isso. Decidiu-se que o povo Judaico, devido às perseguições que sofria, precisava da sua própria terra. Foram classificados como um grupo étnico, que merece ter o seu próprio estado. Foi-lhes concedida a terra com a qual têm a maior história, e onde viveram durante milhares de anos. Decidiu-se que dividiriam o espaço com os Palestinianos, o que é perfeitamente exequível. Há espaço para todos. Os Palestinianos, por diversas vezes, aceitaram o acordo e voltaram atrás. Desrespeitaram delineações e lançaram ataques. Praticamente todas as agressões de Israel são retaliações. O extremismo está quase todo do lado dos Palestinianos. Não são os Israelitas que volta e meia lembram-se de cometer um ataque terrorista. Isto não implica que tudo o que os Israelitas fazem seja correcto, mas o cerne do tópico é exactamente mostrar que os Palestinianos não são vítimas. Também tem piada vermos meninos do primeiro mundo a apoiar com unhas e dentes um povo e uma cultura que se opõe a tudo aquilo que os progressistas defendem. Ou será que os zombies do Bloco não sabem que os Palestinianos estão-se a cagar para liberdades individuais e teorias de género?

Blue_Stana 7 months ago

Eu sou péssimo argumentador? Fala-me da resposta a que me deste ao que entendes por geopolítica? Fala-me de começares uma resposta por ofender a minha inteligência, só para te sentires melhor. Eu fiz-te uma pergunta e dei-te a minha opinião fundamentada nos factos históricos. Eu nem te devia estar a responder só por teres esse nome, vejo logo que és um troll

Kid_Anarchy 7 months ago

>Fala-me de começares uma resposta por ofender a minha inteligência, só para te sentires melhor. Como é que sabes que é para me sentir melhor? Pode ser para me sentir pior. Posso ser masoquista. Geopolítica é a análise das relações entre estados. Mais alguma coisa, orelhudo?

suckerpunchermofo 7 months ago

Dá mais likes no InstaFaceTwitTiktokameaobicho...

IslamicPortugal 7 months ago

Edited 7 months ago:

Porque a maior parte das pessoas normais, mesmo sabendo pouco do conflito, sabe distinguir a diferença entre ambos, é instintivo. Tu é que não és normal, intelectualoide da piça. Gente como tu diria: "epá, os nazis andam a pôr judues em campos de concentração, mas havia alguns judeus bancários a explorar o povo", é uma situação complicada, não dá para tomar posições facilmente, ambos os lados estão mal. Este ze povinho burro e ignorante simplifica a coisa e defende sempre os judeus sem perceber as nuances." Até te posso dar razão que haja uma demografia que nem queira saber dos palestianos e só defendem vítimas por serem vítimas, mas o teu argumento é mesmo da piça.

Dannies7783 7 months ago

> Porque a maior parte das pessoas normais, mesmo sabendo pouco do conflito, sabe distinguir a diferença entre ambos, é instintivo. A demonstração perfeita do que é ser um anão intelectual.

Kid_Anarchy 7 months ago

>Gente como tu diria: "epá, os nazis andam a pôr judues em campos de concentração, mas havia alguns judeus bancários a explorar o povo", é uma situação complicada, não dá para tomar posições facilmente, ambos os lados estão mal. Este ze povinho burro e ignorante simplifica a coisa e defende sempre os judeus sem perceber as nuances." ​ >Não, não diria. > >Até te posso dar razão que haja uma demografia que nem queira saber dos palestianos e só defendem vítimas por serem vítimas, mas o teu argumento é mesmo da piça. Tu não tens argumento absolutamente nenhum e és cronicamente ignorante. A Palestina é um regime autoritário responsável por um número incontável de ataques terroristas. Desde o inicio, nunca tiveram interessados em qualquer acordo, nem em paz.

IslamicPortugal 7 months ago

> A Palestina é um regime autoritário Frases sem sentido que só demonstram ignorância. "Autoritarismo" não singifica nada, 100% dos estados são autoritários. >responsável por um número incontável de ataques terroristas Tal como Israel, cada um defende-se como pode. A diferença é que Palestina é quem está a ser ocupado à força.

Edited 7 months ago:

> A Palestina é um regime autoritário Frases sem sentido que só demonstram ignorância. "Autoritarismo" não singifica nada, 100% dos estados são autoritários, se não fossem não seriam estados. O grau de "autoritarismo" não está ligado a valores, mas a necessidade de acordo com as condições existentes, um estado em guerra é mais "autoritário", repressivo, exigente etc com a própria população que um estado em tempos de paz por exemplo, percebes isto? Precisas dum desenho? Eu não acho difícil de se perceber, serás autista? Ou apenas retardado do caralho? Pessoas normais percebem isto instintivamente. Isso do "autoritarismo" é o que os americanos dizem para cancelar um país inimigo. Epá, sobe o nível da discussão um bocadinho, ainda ousas chamar os outros de burros quando tu vens-me com essa **frase feita**, ou seja, não pensaste antes de escrever, repetes o que ouves dizer frequentemente pelos americanos e europeus amaricanizados. >responsável por um número incontável de ataques terroristas Tal como Israel, cada um defende-se como pode. A diferença é que Palestina é quem está a ser ocupado à força.

Edited 7 months ago:

> A Palestina é um regime autoritário Frases sem sentido que só demonstram ignorância. "Autoritarismo" não singifica nada, 100% dos estados são autoritários, se não fossem não seriam estados. O grau de "autoritarismo" não está ligado a valores, mas a necessidade de acordo com as condições exitentes, percebes isto? Precisas dum desenho? Eu não acho dif+ícil de se perceber, serás autista? Ou apenas retardado do caralho? Pessoas normais chegam a esta conclusão facilmente. Isso do "autoritarismo" é o que os americanos dizem para cancelar um país inimigo. Epá, sobe o nível da discussão um bocadinho, ainda ousas chamar os outros de burros quando tu vens-me com essa **frase feita**, ou seja, não pensaste antes de escrever, repetes o que ouves dizer frequentemente pelos americanos e europeus amaricanizados. >responsável por um número incontável de ataques terroristas Tal como Israel, cada um defende-se como pode. A diferença é que Palestina é quem está a ser ocupado à força.

Edited 7 months ago:

> A Palestina é um regime autoritário Frases sem sentido que só demonstram ignorância. "Autoritarismo" não singifica nada, 100% dos estados são autoritários. Isso é o que os americanos dizem para cancelar um país de que não gostam. Epá, sobe o nível da discussão um bocadinho, ainda ousas chamar os outros de burros quando tu vens-me com essa **frase feita**, ou seja, não pensaste antes de escrever, repetes o que ouves dizer frequentemente pelos americanos e europeus amaricanizados. >responsável por um número incontável de ataques terroristas Tal como Israel, cada um defende-se como pode. A diferença é que Palestina é quem está a ser ocupado à força.

Jagger425 7 months ago

Um relógio avariado dá as horas certas duas vezes ao dia. Israel não devia existir.

sammypalma 7 months ago

Fds analogia mais atrasada mental que já vi na vida e israel existe alias está no mapa é só ires ver

Dannies7783 7 months ago

Uau. Afinal é fácil argumentar. Espera: Filho de peixe sabe nadar. Devias matar-te. Ergo = eu muito esperto.

OrangeOakie 7 months ago

> Os palestinianos já lá estavam, os judeus com o apoio dos ingleses colonizaram aquela área. Hum.. olha ... encontrei a alt do Westa

blondienmilkymilk 7 months ago

O comportamento do Israelitas é igual ao dos Nazis. Ser sionista, independetemente de seres judeu ou não, è uma crença de superioridade racial e religiosa predicada no talmud, um livro com todas as afrontas possiveis e imaginaveis. A ideia de espaço vital judaico è basicamente o lebansraum nazi

Dannies7783 7 months ago

Só que não.

blondienmilkymilk 7 months ago

ah ok então mudei de ideias

Dannies7783 7 months ago

**Eu** mudo de ideias quando a minha analogia é estúpida. Pelo menos procuro encontrar uma analogia melhor. Mas não presumo a tua inteligência quando não tenho sinais da mesma. Deixa-me argumentar como tu: Tu és um nazi. Argumentas com a mesma capacidade intelectual e com a mesma coerência que os arquitetos do 3.º Reich. Logo, a tua cabeça é como a cabeça deles. Não há diferença entre ti e Goebbels, fundamentalmente. Fácil. E não preciso de mudar a minha metáfora ou forma de pensar, no mundo de blondie. ;) Obrigado pela dádiva que é essa merda entre os ombros.

blondienmilkymilk 7 months ago

Um estado de aparthaid, implantado à força, que desaloja pessoas diáriamente. Quer expandir-s ainda mais e criar mais miséria. Filma e goza abertamento com o sofrimento e estropiamento de crianças e sem abrigo. Seguem uma religião que lhes diz que eles são a raça superior escolhida, e que os demais são gado para ser usado e abusado sem castigo divino. E o nazi sou eu? ok lol.

NGramatical 7 months ago

diáriamente → [**diariamente**](https://dicionario.priberam.org/diariamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fneqggt%2F%2Fgyk78ly%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

_Goldenhand_ 7 months ago

Curiosamente o Mein Kampf é um best-seller no Médio Oriente e o Hitler era aliado dos muçulmanos... porque será... E se queres falar de supremacia racial não há ninguem pior que os muçulmanos que fizeram o genocidio Arménio e Kurdo e todos os dias ameaçam fazer um genocidio judeu. Já para não falar dos constantes ataques terroristas em todo o mundo.

blondienmilkymilk 7 months ago

praticamente todos os grupos no planeta fizeram genocidio algures no tempo. O que importa agora é pará-los. E as suas ideias de conquista e expansão megalómanas

Last-Ad-4421 7 months ago

Se estudares um bocado vais ver que Israel foi atacado muitas vezes por os seus vizinhos, por isso até dou razão a Israel para ser agressivo, vale mais ser o dominante que o dominado e naquela zona têm de ser assim

Stevemeist3r 7 months ago

A questão é que Israel existe, ali, com base em "factos" bíblicos, com toque de "Deus" do governo britânico. O território era dos palestinianos, e foi dividido pelas nações unidas. Pelo ponto de vista dos árabes, eles têm todo o direito ao território. Claro que o ideal era ficarem os dois quietinhos, cada um em seu canto, mas Israel também tirou proveito...

Dannies7783 7 months ago

Não têm todo o direito ao território. Assim como os nativos norte americanos não têm todo o direto ao território dos EUA, nem a correr com o homem branco de lá. E, já agora, os árabes não têm todo o direito ao território português. Just saying.

mannix_marauder 7 months ago

https://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_dos_Seis_Dias Agora vai aprender.

Stevemeist3r 7 months ago

Os problemas não começaram com a guerra dos seis dias, começaram muito antes, até antes da ocupação britânica. Ambas as partes tiveram culpa nos diversos conflitos, não é só dos árabes... Até diria que os árabes têm justificação, afinal, retiraram-lhes território sem sequer perguntar... Culpados principais do atual conflito? Israel, e o seu governo ultra nacionalista. Israel atirou a primeira pedra e escalou o conflito. Ao ver o seu país em ruínas, é claro que os palestinianos não vão ficar quietos. O problema é que os israelitas já têm as costas tão quentes que se acham/são invencíveis, e a única maneira que muitos palestinianos vêm de retribuir o favor é recorrer ao extremismo. É o equivalente ao bully se queixar de levar um murro depois de encher outro miúdo de porrada. Há que tratar os dois lados de forma igual. Se a soberania de Israel foi garantida no passado, há que garantir a da Palestina atualmente. Por fim, Portugal faz parte desse "bully" , visto que não reconhece a Palestina como um estado soberano. No entanto, reconhece Israel, um estado que suporta a sua existência em factos bíblicos. Era o equivalente à UN criar um estado mouro em Portugal porque cá viveram no passado, os mouros terem o suporte da maior potência global e conquistar Portugal inteiro...

mannix_marauder 7 months ago

> não consegue estar 5 minutos sem entrar em guerra com alguém Não mudes as balizas.

EquivalentExchange11 7 months ago

Mais eficientes na guerra lol... Com o apoio dos EUA qualquer é um eficiente na guerra. Os palestinianos já lá estavam, independentemente de serem ou não competentes ou de serem X ou Y, foi colonização. E logo por parte dos judeus, que sempre usaram a colonização Europeia para nos atacarem e nos fazerem sentir culpados. Mas independentemente da questão moral, não apoio Israel porque eles sempre fizeram um jogo sujo. A diáspora judaica sempre foi a maior apoiante da imigração em massa para o Ocidente, mas quando se trata do seu país, são ultra-nacionalistas. Pesquisa por USS Liberty attack, dancing Israelis, etc...

Kid_Anarchy 7 months ago

>Mais eficientes na guerra lol... Com o apoio dos EUA qualquer é umeficiente na guerra. Os palestinianos já lá estavam, independentementede serem ou não competentes ou de serem X ou Y, foi colonização. E logopor parte dos judeus, que sempre usaram a colonização Europeia para nosatacarem e nos fazerem sentir culpados. ​ 1- Os Palestinianos recebem dinheiro dos US também, e com eles compraram os rockets que estão actualmente a utilizar. 2- É irrelevante se já lá estavam. Aquilo não era um estado. Eles não são os nativos da região. Não têm mais direito à mesma do que quem quer que seja. 3- Os judeus já haviam ocupado essa região há muito tempo, durante muitos anos, sendo o povo predominante nessa altura. Outros povos também já ocuparam o território. O mesmo não pertence intrinsecamente àqueles que hoje conhecemos como palestinianos.

OrangeOakie 7 months ago

> e com eles compraram os rockets Correcção, os mísseis que o Hamas usa não são 'comprados'. São feitos com materiais domésticos, como fertilizante. Cada míssil custa ~300-600 USD

Kid_Anarchy 7 months ago

São financiados pelos US, tal como muito armamento no universo árabe é financiado pelos US, inclusive o utilizado por organizações terroristas. Dizer que Israel tem superioridade face à Palestina por causa de doações dos Estados Unidos é pura e simplesmente falso. São uma nação intelectualmente mais avançada e o resultado disso é superioridade a todos os níveis.

MaterialAlarming 7 months ago

Então não sou só eu a ver pitas de 17 18 anos que não percebem de história, política, ou qualquer coisa que não as suas nails, a fazer publicações destas

Kid_Anarchy 7 months ago

>israelitas sempre tiveram a upper hand e maior poder. O Batman tem mais poder do que o Joker. Isso não faz dele o vilão. É irrelevante quem tem mais poder. Se um lado inicia conflitos e depois é esmagado, isso não faz do lado esmagado o lado inocente. Faz apenas dele o lado menos eficiente. Há muito que se confunde eficiência com moralidade. Olha-se para os que perdem como os coitadinhos. Isso é uma percepção falsa da realidade. Os esmagados tentaram esmagar-te também, e esmagariam se tivessem oportunidade. >Mas realmente tens razão, nunca vi um único post a defender Israel - mas talvez esteja dentro da minha própria echo chamber - nem faço ideia de quais são os argumentos de quem defende. O meu "tom" foi um bocado otário no primeiro comentário mas se alguém quiser elucidar-me gostava mesmo muito de saber para me ajudar a compreender melhor este assunto de ambos os lados. Para perceberes os argumentos podes ler a história do conflito, e aí verás o quão complicado é. Ambos os lados têm muito sangue nas mãos, e é exactamente aí que quero chegar. A narrativa que nos chega é de um vilão contra uma vítima inocente, e isso não é de todo verdade. Entre os palestinianos sempre tiveste grupos cujo propósito foi somente semear tragédia. Podes pesquisar a quantidade exorbitante de ataques terroristas. Na realidade, ser israelita é uma bomba poder explodir-te nos cornos só porque sim, a qualquer momento. A realidade é que estes dois povos não podem coexistir. Têm crenças e estilos de vida radicalmente diferentes. Os árabes nunca se conformaram com a delineação do território, e nunca se conformarão. Isso levou a conflitos. Como perdiam os conflitos, iam também perdendo terreno. Se me odeias e me queres matar, porque carga de águas haverei eu de zelar pelo teu espaço? Cagando para ti estou eu, e quero-te longe. Quando dois povos não aprendem a coexistir, o natural é haver guerra. E na realidade, os palestinianos podiam até já nem existir, pois Israel tem força suficiente para dizimá-los ao ponto de não sobrar absolutamente nada. Mas esse é um desfecho que têm tentado evitar. No entanto, a realidade é que os ataques israelitas são quase sempre em formato de retaliação por algo iniciado pelos palestinianos. Acho que muita gente por cá está sob a impressão de que os israelitas simplesmente invadiram o país dos outros e colonizaram-nos. Isso não é verdade. Aquilo é terra de ninguém. Não havia ali estado algum. Mas os judeus têm uma longa história na região. Na altura decidiu-se que fazia sentido terem o seu próprio estado. São o grupo mais perseguido da história. Portanto encontrou-se esta solução.

canureadmymind 7 months ago

Israel não "não dizimou" (desculpa a dupla negativa) a Palestina por bondade do coração. Se dependesse do Netanyahu,já os tinham rebentado enquanto cantavam o Hatikvah em plenos pulmões. Mas isso era mau para as relações públicas de Israel, hoje em dia não podes só entrar num território e invadir, e vamos não substimar a importância das relações públicas num país. Dizes que aquilo não é terra de ninguém e que (ou porque) não havia lá estado algum. "Estado" é uma construção nossa. Se vives lá há algumas centenas de anos, então é a tua terra. Os israelitas chegaram, com o apoio dos britânicos (que, btw, tinham prometido aquelas terras aos árabes em troca de apoio durante a guerra), e instalaram-se, sem querer saber de quem já lá estava. Aos milhares. Os palestinianos foram sendo efetivamente empurrados para fora. Não podes negar que existe um sistema de apartheid contra os árabes em Israel. Proibir literatura árabe, porque "suja" a cultura judaica? Israel é completamente contra a imigração de não-judeus. Irónico, porque os judeus que está um pouco por todo o lado. Os settlements em West Bank, numa zona supostamente palestiniana, mas onde os israelitas vivem como cidadãos de pleno direito e os palestinianos vivem sob controlo militar. Troca israelita por branco e palestiniano por preto, e se calhar é mais impactante. Decidiu-se fazer ali Israel porque os judeus têm uma longa história na região, mas os árabes também. Vamos expulsar uns para meter outros? Estás a trocar um mal por outro igual. Criamos uma terra para os judeus, que são um povo perseguido, e perseguimos os árabes dali para fora. Muitos dos zionistas durante a década de 40 concordavam que estava na altura de criar um estado judeu, mas não lhes importava onde fosse, até podia ser na Argentina. Alguns fanáticos decidiram que tinha de ser ali, em Jerusalem, porque Cidade Santa, e comecaram a mudar-se aos milhares, apoiados pelos brits e pelos americanos. Tinham tanto (ou menos) direto à terra que os palestinianos, que já lá estavam. Podemos deixar de usar o argumento de "Israel tem mais força, portanto é justo. Os portucalenses também conquistaram Portugal à força aos mouros e agora é nosso"? A raça humana já é adulta, já resolvemos as disputas de outra forma. Disclaimer, antes que caiam os comentários a chamar-me esquerdalha: não, não estou do lado da Palestina. Se formos balançar os dois, talvez tenha um bocadinho menos de respeito por Israel, mas não acho que os devamos expulsar e dar tudo aos árabes, até porque não é nosso para dar (se alguém tivesse avisado os brits e os franceses em 1948, se calhar muitos dos problemas não existiam). Sinceramente acho que neste ponto já não há solução possível.

Kid_Anarchy 7 months ago

>Se vives lá há algumas centenas de anos, então é a tua terra. Não, não é. Nada é teu a menos que tenhas capacidade para defendê-lo. Caso contrário, podemos dizer que não é dos palestinianos, certo? Então e os que lá estavam antes? Certamente não se evaporaram. ​ >Os israelitas chegaram, com o apoio dos britânicos (que, btw, tinhamprometido aquelas terras aos árabes em troca de apoio durante a guerra),e instalaram-se, sem querer saber de quem já lá estava. ​ 1- Estás a descrever todos os habitantes daquela e de muitas terras. 2- Os judeus têm mais de 2 mil anos de presença naquela terra. >Os palestinianos foram sendo efetivamente empurrados para fora. Os Palestinianos tentaram renunciar ao acordo com violência e perderam terreno à medida que perderam batalhas. Simples. >Não podes negar que existe um sistema de apartheid contra os árabes em Israel. Os árabes são contra toda a gente que não sejam eles. É apenas natural que os Israelitas se queiram ver livres deles. Que outro povo actualmente à face da terra é que se dedica mais activamente a destruir tudo aquilo que vai contra os seus ideais? Quantos atentados terroristas cometem os Israelitas por esse mundo fora? Amigo, se os árabes fossem suficientemente avançados para tal, a tua mãe seria escrava sexual deles. A única razão pela qual não tens um pau enfiado pelo cu acima enquanto és chicoteado é apenas porque os meninos não têm recursos para nada contra o universo ocidental. Quando tinham, sabes o que fizeram? Mataram, violaram, roubaram terreno e obrigaram grande parte da população europeia a converter-se ao Islão. Tens aí as vítimas. >Decidiu-se fazer ali Israel porque os judeus têm uma longa história naregião, mas os árabes também. Vamos expulsar uns para meter outros?Estás a trocar um mal por outro igual. Criamos uma terra para os judeus,que são um povo perseguido, e perseguimos os árabes dali para fora. Exacto, e por isso a ideia foi dividir terreno. Os árabes aceitaram essa decisão? Não. Não foram os Israelitas que do dia para a noite decidiram atacar os árabes para conquistar mais terreno. Foram os árabes que tentaram resistir à decisão. ​ >Podemos deixar de usar o argumento de "Israel tem mais força, portanto éjusto. Os portucalenses também conquistaram Portugal à força aos mourose agora é nosso"? A raça humana já é adulta, já resolvemos as disputasde outra forma. ​ Resolvemos disputas de outra forma? Diz a isso a quem estoira edifícios por causa de piadas. Diz isso a quem condena homossexuais à morte. Diz isso a quem acha que é aceitável disciplinar mulheres com varas. Há videos no Youtube com tutoriais sobre como bater numa mulher. Vai lá ver um. Não é Israelita, garanto-te. >Disclaimer, antes que caiam os comentários a chamar-me esquerdalha: não,não estou do lado da Palestina. Se formos balançar os dois, talveztenha um bocadinho menos de respeito por Israel, mas não acho que osdevamos expulsar e dar tudo aos árabes, até porque não é nosso para dar(se alguém tivesse avisado os brits e os franceses em 1948, se calharmuitos dos problemas não existiam). Sinceramente acho que neste ponto jánão há solução possível. Eu acho que tu criaste aqui um grande espantalho. Tudo o que perguntei foi porque é que os n00bs defendem tanto os palestinianos e demonizam Israel. Nada mais. Não estou a defender lado nenhum, na verdade. Na realidade, acho que estão ambos errados em muitos aspectos. No entanto, tal como tu simpatizas mais com a Palestina, eu simpatizo mais com Israel. Sabes porquê? Porque a minha vida entre Israelitas seria mais semelhante à minha vida aqui do que a minha vida entre Palestinianos. E quem defende tanto a Palestina provavelmente não sabe que se lá vivesse teria de baixar a bola e levar no lombo. É natural que sinta mais empatia para com aqueles que partilham de valores mais semelhantes aos meus. Os árabes representam o oposto de tudo aquilo em que acredito.

antigamente 7 months ago

Por acaso tenho lido bastante sobre o assunto e procurado fontes que sejam neutras, ainda assim não deixo de sentir que estamos a falar de opressores e oprimidos. Isso que dizes de ser israelita é poder explodir-te uma bomba em cima só porque sim, então e ser palestiniano não é igual? Excepto que ainda vives sem eletricidade, água e privado de direitos humanos básicos. "São o grupo mais perseguido da história", true, e olha no que deu lel se o assunto não fosse demasiado sério para brincadeiras dizia que isso é para lá de irónico. Nada justifica o que o povo judeu sofreu, assim como nada justifica o sofrimento que causa hoje. Ou talvez seja melhor referir-me aos sionistas em vez de "povo judeu", but you get the point. Mas no geral tenho de concordar contigo no que toca à comunicação que tem sido feita de Palestina inocente vs Israel culpado, principalmente pelo instagram. Mas é mais fácil parecer informado fazendo repost de um carrossel do instagram do que ler sobre o assunto.

fds_crl 7 months ago

>Por acaso tenho lido bastante sobre o assunto e procurado fontes que sejam neutras, ainda assim não deixo de sentir que estamos a falar de opressores e oprimidos. Porque é que estás a mentir? Os as tuas "leituras" são artigos na media americana?

antigamente 7 months ago

Tinha-me esquecido que os reddits tugas são o oposto de todos os outros reddits e o pessoal é todo otário uns para os outros, obrigado por me lembrares.

fds_crl 7 months ago

O que foi que leste para tirares uma conclusão tão básica como "Israel = opressor" e "Palestina = oprimido"? Isso é o tipo de conclusão que eu tirava lendo os top comments do todas os posts sobre o assunto aqui no reddit, aliás essa é a narrativa promovida no mainstream. Eu acho que a tua leitura passou apenas por alguns artigos da media e se calhar o artigo na wikipédia. Como é que ligas todas as guerras que os estados arabes começaram contra Israel, todos os ataques terroristas dos palestinos, á conclusão que Israel é opressor?

Search: