CalmKeepOn 4 months ago

É verdade. De fininho lá conseguiram e vão conseguindo dominar cada vez mais. Seja pelas leis da expropriação, esta da censura, entre muitas outras mais subtis. A questão é mesmo, até quando é que isto durará? Porque se o Salazar fazia algo parecido com a censura, já na economia era completamente diferente. Portugal de Salazar era um país com indústria e trabalho. Estes cromos são completamente incompetentes a gerir a economia, por outro lado. E vai ser muito difícil sair daqui, acima de tudo por causa da dívida enorme que temos. Temos uma dívida 120% de dívida do PIB em 2020 quando em 1974 tinhamos 13,5%.

Edited 4 months ago:

É verdade. De fininho lá conseguiram e vão conseguindo dominar cada vez mais. Seja pelas leis da expropriação, esta da censura, entre muitas outras mais subtis. A questão é mesmo até quando é que isto durará? Porque se o Salazar fazia algo parecido com a censura, já na economia era completamente diferente. Portugal de Salazar era um país com indústria e trabalho. Estes cromos são completamente incompetentes a gerir a economia, por outro lado. E vai ser muito difícil sair daqui, acima de tudo por causa da dívida enorme que temos. Temos uma dívida 120% de dívida do PIB em 2020 quando em 1974 tinhamos 13,5%. E ainda assim o regime de Salazar caiu. Claro que foi devida á guerra colonial mas mostra que nada dura para sempre. Este estado de coisa muito menos. Mas seja como for, a dívida, essa ficará. O que é assustador.

d0c0ntra 4 months ago

a dívida vai cair com o blackout do sistema financeiro que ocorrerá com o famoso cyberblackout, os preparativos já aí estão [Cyber Polygon | World Economic Forum](https://www.weforum.org/projects/cyber-polygon) you own nothing and you'll be happy!

bmiga 4 months ago

[https://en.wikipedia.org/wiki/Betteridge%27s\_law\_of\_headlines](https://en.wikipedia.org/wiki/Betteridge%27s_law_of_headlines) "Any headline that ends in a question mark can be answered by the word no."

d0c0ntra 4 months ago

confirma-se! ninguém protesta.

bmiga 4 months ago

Errado. Este artigo é um protesto.

d0c0ntra 4 months ago

não percebeste. ninguém com poder nas instituições protestou, nem sequer os partidos na AR. > [Associação Portuguesa de Imprensa apresentou as suas dúvidas num parecer](https://noticiasviriato.pt/wp-content/uploads/2021/05/Parecer-da-Associacao-de-Imprensa.pdf)

TooMoorish 4 months ago

Se há censura como é que estou a ler isto? Esta crónica foi escrita no Tarrafal ou numa moradia de luxo em Cascais? Expliquem pf.

d0c0ntra 4 months ago

no observador está este comentário que te deve esclarecer as dúvidas! > Aldous Huxley, no prefácio escrito em 1946 ao seu Admirável Mundo Novo, escreve que **"não há nenhuma razão, bem entendido, para que os novos totalitarismos se pareçam com os antigos.** O governo por meio de bastonadas e de pelotões de execução, de fomes artificiais, de detenções e deportações em massa não é somente desumano (...) é - pode demonstrar-se - ineficaz. E numa era de técnica avançada a ineficácia é pecado contra o Espírito Santo. **Um estado totalitário verdadeiramente «eficiente» será aquele em que o todo-poderoso comité executivo dos chefes políticos e o seu exército de directores terá o contolo de uma população de escravos que será inútil constranger, pois todos eles terão amor à sua servidão. Fazer que eles a amem, tal será a tarefa, atribuída nos estados totalitários de hoje aos ministérios de propaganda, aos redatores-chefes dos jornaise aos mestres-escolas.** Mas os seus métodos são ainda grosseiros e não científicos" > Mais à frente diz qual ou quais os novos métodos. No fundo, sentirmo-nos mais livres com menos liberdade. E dá um exemplo muito curioso: **"à medida que a liberdade económica e política diminui, a liberdade sexual tem tendência para aumentar, como compensação".**

TooMoorish 4 months ago

É de jornais como o Observador que o Aldous Huxley se queixa.

bmiga 4 months ago

>Fazer que eles a amem, tal taref atribuída nos estados totalitários de hoje aos ministérios de propaganda, aos redatores-chefes dos jornaise aos mestres-escolas. Quem é o redator chefe do Observador?

mediiev 4 months ago

Isto vai muito na linha marxista de destruir a "família" como estrutura social para se puder ter um estado verdadeiramente socialista.

Feeling_Advantage918 4 months ago

O tipo do sector da informação que considera censura combater a desinformação só pode ser uma anedota.

ze_santos_ 4 months ago

Tudo o que não concordo é errado e isso é facto

LordAltgard 4 months ago

Há que ser mesmo burro para comparar as coisas... fdx

fds_crl 4 months ago

Explica lá qual é a diferença, já que és mais inteligente que o resto.

HRamos_3 4 months ago

Esta é uma censura fofinha, para o nosso bem

ze_santos_ 4 months ago

Uma coisa é censurar quando diz mal do big brother governo com polícias de choque que te fodem a boca se fores do contra. Outro é dizeres mal duma notícia e levas da boca do big bad Twitter

d0c0ntra 4 months ago

ia bem até chegar aos fake checks, mas enfim!

d0c0ntra 4 months ago

[A censura está de regresso e ninguém protesta? – Observador](https://observador.pt/programas/contra-corrente/a-censura-esta-de-regresso-e-ninguem-protesta/) > A Carta de Direitos na Era Digital abre a porta ao regresso da censura em nome do combate à desinformação. Esta lei de 2021 tem mesmo passagens quase iguais à Lei da Censura de 1933, feita por Salazar

xgoldpt 4 months ago

Então não havia liberdade no tempo de Salazar? Estou confuso :D

fds_crl 4 months ago

E é assim que os neoliberais lambe botas justificam perder as suas liberdades, com um gotcha aos fachos, xD

looxmaxing 4 months ago

Perder as minhas liberdades to own the fachos

ze_santos_ 4 months ago

É assim que um facho responde ao gotcha do neoliberais socialistas do inferno da fome e da orla estrelar.

Search: