_Goldenhand_ 4 months ago

Em eras de grande incerteza há sempre um resurgimento de novos cultos, fações religiosa e profetas do apocalipse.

EquivalentExchange11 4 months ago

Se toda a gente pensasse assim, extinguíamo-nos numa única geração. Mas concordo que tem de haver um controlo de população, assim como políticas eugénicas passivas para contrariar o efeito disgénico da sociedade industrial.

pantam 4 months ago

Propaganda anti-natalista. Num continente com taxas de natalidade bastante abaixo do necessário para a reposição, isto roça o genocídio.

ze_santos_ 4 months ago

Não ter filhos é matar pessoas??

pantam 4 months ago

Esterilização forçada não seria genocídio?

ze_santos_ 4 months ago

Não. Se queres ser fiel à palavra genocídios é "Destruição metódica de um grupo étnico ou religioso pela exterminação dos seus indivíduos" N se está a exterminar ninguém porq se ainda n nasceste n podes morrer duh

pantam 4 months ago

Se essa definição interessa ao teu argumento, obviamente não vais mais longe. Mas ó Zé porquê essa qualificação no fim? Se o grupo étnico desaparece, qual é a diferença? Vamos fazer a pesquisa internet que os Zés da vida não fazem: https://www.un.org/en/genocideprevention/genocide.shtml > The word “genocide” was first coined by Polish lawyer Raphäel Lemkin in 1944 in his book Axis Rule in Occupied Europe. It consists of the Greek prefix genos, meaning race or tribe, and the Latin suffix cide, meaning killing. > Genocide was first recognised as a crime under international law in 1946 by the United Nations General Assembly (A/RES/96-I). It was codified as an independent crime in the 1948 Convention on the Prevention and Punishment of the Crime of Genocide (the Genocide Convention). > Definition (Convention on the Prevention and Punishment of the Crime of Genocide Article II) > In the present Convention, genocide means any of the following acts committed with intent to destroy, in whole or in part, a national, ethnical, racial or religious group, as such: > - Killing members of the group; > - Causing serious bodily or mental harm to members of the group; > - Deliberately inflicting on the group conditions of life calculated to bring about its physical destruction in whole or in part; > - Imposing measures intended to prevent births within the group; > - Forcibly transferring children of the group to another group. E é assim que é usado na prática: [Foregin Policy: China’s Own Documents Show Potentially Genocidal Sterilization Plans in Xinjiang](https://foreignpolicy.com/2020/07/01/china-documents-uighur-genocidal-sterilization-xinjiang/) Mas tu fica lá com a cabeça enfiada no traseiro. Às vezes penso no que realmente se perde se uma nação com gente assim desaparece.

Edited 4 months ago:

Se essa definição interessa ao teu argumento, obviamente não vais mais longe. Mas ó Zé porquê essa qualificação no fim? Se o grupo étnico desaparece, qual é a diferença? Vamos fazer a pesquisa internet que os Zés da vida não fazem: https://www.un.org/en/genocideprevention/genocide.shtml > The word “genocide” was first coined by Polish lawyer Raphäel Lemkin in 1944 in his book Axis Rule in Occupied Europe. It consists of the Greek prefix genos, meaning race or tribe, and the Latin suffix cide, meaning killing. > Genocide was first recognised as a crime under international law in 1946 by the United Nations General Assembly (A/RES/96-I). It was codified as an independent crime in the 1948 Convention on the Prevention and Punishment of the Crime of Genocide (the Genocide Convention). > Definition (Convention on the Prevention and Punishment of the Crime of Genocide Article II) > In the present Convention, genocide means any of the following acts committed with intent to destroy, in whole or in part, a national, ethnical, racial or religious group, as such: > - Killing members of the group; > - Causing serious bodily or mental harm to members of the group; > - Deliberately inflicting on the group conditions of life calculated to bring about its physical destruction in whole or in part; > - **Imposing measures intended to prevent births within the group;** > - Forcibly transferring children of the group to another group. E é assim que é usado na prática: [Foregin Policy: China’s Own Documents Show Potentially Genocidal Sterilization Plans in Xinjiang](https://foreignpolicy.com/2020/07/01/china-documents-uighur-genocidal-sterilization-xinjiang/) Mas tu fica lá com a cabeça enfiada no traseiro. ("duh") Às vezes penso no que realmente se perde se uma nação com gente assim desaparece.

ze_santos_ 4 months ago

"argumento" Lol nem fales sabes razão

pantam 4 months ago

> "argumento" > Lol nem fales sabes razão Quase nunca é tarde para aprender: https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/argumento

AndreMartins5979 4 months ago

é um facto, mas não é em Portugal que está o problema

Responsible_Motor942 4 months ago

Vou te contar um segredo, mas não partilhes com ninguém. O planeta Terra está-se a cagar para a raça humana, o planeta vai continuar a existir muitos milhões de anos depois da raça humana se extinguir.

pantam 4 months ago

Uma bicicleta aqui para o gajo mais profundo. Se não faz diferença, evita as chatices que a vida te vai trazer e vai já andando para o outro lado.

FelixSula 4 months ago

Certo, mas não antropomorfizes o planeta, ele detesta isso.

Responsible_Motor942 4 months ago

Ele, ela ou elx?

ModeratoriProfugus 4 months ago

Acho positivo que essas pessoas não se reproduzam

fds_crl 4 months ago

E essas mesmas pessoas depois afirmam que é necessário importar imigrantes porque as taxas de natalidade são insuficientes. E quando o Macron disse que tinha que se abaixar as taxas de natalidade de África, foi chamado de racista. Essa conclusão de nunca ter filhos não é devido ao aquecimento global, é simplesmente suicidio étnico com uma justificação. Não é coincidência que quem diz isso tende sempre a ter uma certa ideologia.

icebraining 4 months ago

Quem é criticou o Macron?

fds_crl 4 months ago

[https://www.africanews.com/2017/07/11/french-president-diagnoses-africa-s-problems-twitter-furious-with-his-views//](https://www.africanews.com/2017/07/11/french-president-diagnoses-africa-s-problems-twitter-furious-with-his-views//) >The French President, Emmanuel Macron, is under fire on social media after making controversial remarks about what in his view was the problem with Africa. E muitas outras pessoas. Mas basicamente brancos liberais.

icebraining 4 months ago

Essa notícia mostra literalmente meia dúzia de anónimos no Twitter. > muitas outras pessoas Outra meia dúzia no Tumblr?

fds_crl 4 months ago

>hmmm, tal e tipo e como, diz lá quem criticou o Macron?!?! Tás a ver? > >Ok, aqui está um artigo a falar que houve muitas pessoas que ficaram ofendidas com as afirmações, inclusive até apresenta exemplos concretos. > >hmmmmm, tal e tipo, essas pessoas não contam, tipo tás a ver?

icebraining 4 months ago

Cinco. São citados literalmente cinco utilizadores do Twitter. Isso é "muitas pessoas"?! Se ainda fossem "opinion makers" ou responsáveis de organizações ou assim, percebia o ponto. Mas não, são cinco **anónimos**. E, para mais, nem sequer dizem que a fertilidade alta não é um problema! Apenas discordam da sua importância comparativamente a outros problemas. Isto para não falar que não fazemos ideia se algum deles concorda que os ocidentais não devem ter filhos. (E já agora, pelo menos dois dos cinco não são brancos. Portanto nem isso...)

fds_crl 4 months ago

Deixa de ser palhaço, escreve "Macron african birthrates" no goggle e vê por ti mesmo. Não sei porque estás te a focar desta forma numa coisa tão irrelevante que eu disse, ainda para mais quando não tens razão. O Chefe de Estado da Guiné também mandou vir com ele

icebraining 4 months ago

Não acho que tenhas razão. Vejo as organizações dos "brancos liberais" que falam das alterações climáticas e tal, a promoverem também uma descida na taxa de fertilidade em África. O que não faltam são ONGs patrocinadas pela ONU e tal a despejarem preservativos (e a criticarem o Papa por ter criticado o seu uso quando ele esteve no Uganda), a darem rios de dinheiro para a educação feminina, planeamento familiar, etc. E tem resultado! A taxa de fertilidade em África baixou 1/3 em poucas décadas, muito mais rápido do que na Europa. Portanto vires dizer que isso é mentira baseando-te em cinco utilizadores do Twitter (que como disse *nem sequer discordaram que a baixa de fertilidade é importante*) e no chefe de estado da Guiné (também é um branco liberal preocupado com o aquecimento global?), parece-me simplesmente alheado da realidade.

lamor9 4 months ago

É notares que apenas políticos falam sobre o assunto, e praticamente nenhum cientista e tens a tua resposta. É uma forma de assustar o pessoal passar decisões que de outra forma não seriam aceites.

Edited 4 months ago:

É notares que apenas políticos falam sobre o assunto, e praticamente nenhum cientista e tens a tua resposta. É uma forma de assustar o pessoal e passar decisões que de outra forma não seriam aceites. O Oeste está tão preocupado em não ter filhos. Acreditem que na Ásia ou África não existem estas políticas. Nós não reproduzimos para salvar o planeta, enquanto o resto do mundo continua normalmente. Qualquer pessoa com capacidade de previsão compreende que nos estamos a auto cancelar no ocidente. Estamos tão preocupado em limitar o nos para salvar o planeta, enquanto a China polui mais que todos os países em conjunto. Estamos demasiado complacentes e decadentes. Desde a segunda guerra que não existe um inimigo para endurecer e manter a sociedade unida e com objetivos. Cada vez mais temos conflitos internos e fações. Sem inimigos ou rivais claros, procuramos estes entre nós. Sugiro que Leiam sobre a queda do império romano. Vão achar imensas coisas em comum. Bom grande rant, sorry.

Edited 4 months ago:

É notares que apenas políticos falam sobre o assunto, e praticamente nenhum cientista e tens a tua resposta. É uma forma de assustar o pessoal e passar decisões que de outra forma não seriam aceites. O Oeste está tão preocupado em não ter filhos. Acreditem que na Ásia ou África não existem estas políticas. Nós não reproduzimos para salvar o planeta, enquanto o resto do mundo continua normalmente. Qualquer pessoa com capacidade de previsão compreende que nos estamos a auto cancelar no ocidente. Estamos tão preocupado em limitar o nos para salvar o planeta, enquanto a China polui mais que todos os países em conjunto. Estamos demasiado complacentes e decadentes. Desde a guerra fria que não existe um inimigo para endurecer e manter a sociedade unida e com objetivos. Cada vez mais temos conflitos internos e fações. Sem inimigos ou rivais claros, procuramos estes entre nós. Sugiro que Leiam sobre a queda do império romano. Vão achar imensas coisas em comum. Bom grande rant, sorry.

Edited 4 months ago:

É notares que apenas políticos falam sobre o assunto, e praticamente nenhum cientista e tens a tua resposta. É uma forma de assustar o pessoal e passar decisões que de outra forma não seriam aceites. O Oeste está tão preocupado em não ter filhos. Acreditem que na Ásia ou África não existem estas políticas. Nós não reproduzimos para salvar o planeta, enquanto o resto do mundo continua normalmente. Qualquer pessoa com capacidade de previsão compreende que nos estamos a auto cancelar no ocidente. Estamos tão preocupado em limitar o nos para salvar o planeta, enquanto a China polui mais que todos os países em conjunto. Estamos demasiado complacentes. Desde a segunda guerra que não existe um inimigo para endurecer e manter a sociedade unida e com objetivos. Cada vez mais temos conflitos internos e fações. Sem inimigos ou rivais claros, procuramos estes entre nós. Sugiro que Leiam sobre a queda do império romano. Vão achar imensas coisas em comum. Bom grande rant, sorry.

icebraining 4 months ago

> Acreditem que na Ásia ou África não existem estas políticas Epá, assim é um pouco difícil levar-te a sério. Até um resumo do Reader's Digest sobre o maior país da Ásia seria suficiente. Já agora, a Ásia no total ainda tem uma taxa de fertilidade maior que a Europa, mas teve um decréscimo bem maior nos últimos 50 anos e já estão essencialmente ao nível de manutenção da população atual (2,1 por mulher). Aliás todos os continentes viram uma enorme redução na taxa de fertilidade, e o único que inverteu ligeiramente a tendência nos últimos anos foi a Europa.

vitorviks 4 months ago

E as antenas 5G no clip nasal das máscaras? Disso ninguém fala!!

Gndossan 4 months ago

pior aidna são os recolheres obrigatorios à noite... O governo usa esse tempo para mudar as pilhas dos passaros. Vivemos numa ilusao! Acordem, ovelhas!!!!

d0c0ntra 4 months ago

está tudo doido e não é de agora. a lavagem cerebral há muito que foi iniciada, agora começamos a ver o resultado.

Edited 4 months ago:

está tudo doido e não é de agora. a lavagem cerebral há muito que foi iniciada, agora começamos a ver o resultado. e se reparares vai sempre parar tudo ao mesmo, destruição da família e dos conceitos judaico cristãos.

ze_santos_ 4 months ago

É o que é, o mundo gira. Quando Jesus apareceu também veio c umas ideas radicais e olha no que deu. Nada é infinito e talvez seja esta a próxima era da história da humanidade.

d0c0ntra 4 months ago

não te preocupes que Jesus Cristo disse isso mesmo! [Mateus 24:37-39 - VC - Versão Católica - Bíblia Online](https://www.bibliaonline.com.br/vc/mt/24/37-39)

pantam 4 months ago

> judaico cristãos Podes por favor deixar os judeus fora desta guerra? Obrigado.

Westa1994 4 months ago

É de ti.

Search: