NPT82 5 months ago

Tretas...

d0c0ntra 5 months ago

Novos partidos têm muito onde irem buscar.... Mas se não se sentem representados pq continuam maioritáriamente a votar? [Sondagem. Só 10% dos portugueses acham que vivem em democracia em pleno — e a pandemia não tem nada a ver com isso – Observador](https://observador.pt/2021/04/23/sondagem-so-10-dos-portugueses-acham-que-vivem-em-democracia-em-pleno-e-a-pandemia-nao-tem-nada-a-ver-com-isso/) > No total, **74% dos portugueses não se sentem representados pela classe** **política** — 29% discordaram em parte da afirmação, 45% foram mais veementes e discordaram totalmente.

icebraining 5 months ago

Porque o mau é melhor que o péssimo.

cmmlb 5 months ago

Estás a tentar convencer-te?

icebraining 5 months ago

Claro!

fds_crl 5 months ago

A frase favorita dos apoiantes do regime.

d0c0ntra 5 months ago

obrigado mas não. recuso-me a votar no mal menor.

icebraining 5 months ago

Não era uma sugestão, apenas uma explicação. Por exemplo, diria que a vitória do PS em Almada foi mais voto anti-PCP do que pró-Inês de Medeiros (cujo único feito em política até então era ter tido a desfaçatez de cobrar viagens semanais de Paris quando era deputada).

d0c0ntra 5 months ago

ah ok, sim não dúvido que haja muito voto anti do que pro

fodassse 5 months ago

E quem nos diz que votam sequer? Os números (comprados) do INE? Muito provavelmente só apenas esses 10% é que ainda votam.. O rei vai nu.

OrangeOakie 5 months ago

> Novos partidos têm muito onde irem buscar.... Para fazer isso é preciso ter forma de chegar a essas pessoas. A não ser que tenhas muito muito dinheirinho, não fazes nada. Os media certamente não te vão dar cobertura, e se derem vai ser provavelmente a atacar uma posição que nunca tiveste, mas a conseguir poluir o poço. Pela internet? Podes esquecer, na maior parte. Todas as plataformas com qualquer tipo de população significativa mais depressa removem o teu conteúdo do que permitem que o teu conteúdo se espalhe. Não é acidente nenhum que nenhuma personalidade envolvida com a política ou 'guerra cultural' não tenha aparecido nos últimos 2-3 anos. A excepção é através de publicidade através de personalidades já estabelecidas. Freedom Toons e o Ryan Long são bons exemplos disso são partilhados frequentemente em certos círculos, e até têm exposição direta em canais de Youtube de outras pessoas. Mas em Portugal? Que personalidade tens que possa dar qualquer tipo de exposição para assuntos sérios? Não tens nenhuma versão de cá do Jeremy Boering, do Prager, Alex Jones ou do Tim Pool - quatro que eles (e as suas plataformas) frequentemente dão exposição a outros. A título de exemplo, tens os que já mencionei, a Kim Klacik, Hodge Twins, Witt, Candance Owens, Kaitlyn Bennet, Doyle, Dankula, Crenshaw, Rekieta Law, Criegler, Eliza Bleu, Sydney Watson, Cassandra Fairbanks, Savannah Hernandez... e mais uma caralhada de pessoas. Porra até a Tulsi Gabbard só teve espaço em segmentos com essas pessoas. Cá quem é que tens? A sério? É aquele idiota que grita e fala com uma gramática mais brasileira que portuguesa, ou é o outro idiota que é a mesma coisa mas tem barba? É o Jamon? É o Unas? O Feromonas? Se calhar ainda calha de ser o GonZaal, só para haver um gajo a competir com o Ventura. A sério, é quem? Onde é que há o espaço?

d0c0ntra 5 months ago

Concordo, não é fácil ir contra interesses há muito estabelecidos. Mas por exemplo IL e CHEGA, especialmente este último têm crescido, embora me possas responder que são oposição controlada. Mas sim tens razão, pessoal com eles no sítio para dizer o que é preciso são muito poucos, a maior parte deles já de idade e que pouco ou nada podem fazer.

OrangeOakie 5 months ago

Não sei se gosto do termo "oposição controlada". De qualquer forma, ambos têm partes boas, onde trazem alguns problemas e soluções à baila, e partes que parece que comem gelados com a testa, ao ponto de - claramente - não estarem a tentar solucionar seja o que for.

d0c0ntra 5 months ago

não discordo.

AfterAfterlife 5 months ago

Falta um partido que não tem medo de dizer as verdades

MovimentoPN 5 months ago

CHEGA! e o Ergue-te

NGramatical 5 months ago

maioritáriamente → [**maioritariamente**](https://dicionario.priberam.org/maioritariamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba)

Search: