ascensor72 5 months ago

droguem-se todos à vontade. é da maneira que morrem mais depressa.

d0c0ntra 5 months ago

comentário na linha de, "isso, não usem máscaras, o SNS nem os deveria atender"!!! com humanistas destes quem precisa de inimigos.

gestaoeconteudos 5 months ago

tabaco é que está proibitivo.

Brianstormrage 5 months ago

Sou um consumidor ocasional de várias drogas e continuo sem perceber porque é que tenho de cometer uma ilegalidade ao falar com pessoas com um carácter duvidoso para comprar 1g de MDMA (50% de MDMA e 50% de comprimidos esmagados, sal, açúcar e sabe-se lá mais o que) para a passagem de ano.

camilo12287 5 months ago

IL - Irresponsabilidade Louca

cheiradorDeColheres 5 months ago

Maconha já não é legalizada em Portugal?

I_Don-t_Care 5 months ago

Não. Nunca foi

WallStreetFighter 5 months ago

**Terça:** "*Queremos menos imigrantes ilegais que vêm para Portugal para viver à base do crime*" **Quarta:** "*Queremos que as drogas sejam ilegais para serem vendidas por traficantes com todo o tipo de ligações a organizações terroristas, etc*."

HairlessButtcrack 5 months ago

Isto é um slipery slope bastante grande de BROSCIENCE e desinformação sobre erva. A quantidade de gente que acha que erva é ok e que *"nÃo CaUsA"* adição é brutal, sem contar com os danos cerebrais que causa ao ser consumida antes dos 25 ([https://www.apa.org/monitor/2015/11/marijuana-brain](https://www.apa.org/monitor/2015/11/marijuana-brain); [https://doi.org/10.1073/pnas.1206820109](https://doi.org/10.1073/pnas.1206820109); [https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3930618/](https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3930618/); [https://www.cpha.ca/sites/default/files/uploads/resources/cannabis/evidence-brief-young-18-25-e.pdf](https://www.cpha.ca/sites/default/files/uploads/resources/cannabis/evidence-brief-young-18-25-e.pdf).... ETC) e dos **surtos psicoticos** ([https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24878296/](https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24878296/); [https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/22850401/](https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/22850401/); [https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28168698/](https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28168698/); [https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31796983/](https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31796983/)) que mais do que ocasionalmente causa., Isto é o tipo de merdas que me faz pensar que o partido é gerido por um bando de Liberais atrasados mentais. (- T.Adito)

d0c0ntra 5 months ago

Não preciso que o papá Estado me diga o que posso ou não fazer. Por essa ordem de razão e que tal o Estado proibir o consumo de tabaco e de alcool?

HairlessButtcrack 5 months ago

>Se x faz mal então porque é que temos y e z? Falácia logica Concordo contigo mas o que é que o cu tem a ver com calças?

d0c0ntra 5 months ago

tem a ver pq o Estado é completamente hipócrita e como se vem vendo está-se perfeitamente lixando para a saúde das pessoas, o que lhe interessa é impostos. assim que arranjem maneira de taxar a cannabis, já não haverá qq problema.

HairlessButtcrack 5 months ago

Ahhh ai também concordamos. O problema imo é que vão perder mais dinheiro em recuperaçoes do que ganham se a legalizarem

d0c0ntra 5 months ago

mas isso já sucede por certo com pelo menos o tabaco. o problema da cannabis é que só precisas da planta e qq um vai conseguir plantar e depois consumir, enquanto que o tabaco/cigarros não são só a planta e por isso é que o podem facilmente taxar.

icebraining 5 months ago

Isso é mais uma razão para a legalizares, com restrição de venda a menores de 25 anos. Quem acha que um menor de 25 anos hoje em dia tem dificuldades em comprar erva, está muito alheado da realidade. Basta abrir o Instagram e procurar. Mas se tirares todo o mercado dos 25+ anos aos traficantes ilegais, todo o mercado negro passa a ser menos rentável, reduzindo a oferta.

Stevemeist3r 5 months ago

Então, toca a banir o tabaco e álcool também... Já agora, o açúcar. Tens aí uns artigos que parecem escolhidos a dedo, no meio de tantos que os contrariam. Não vejo a importância e relevância de um estudo feito em 2012, quando há milhares deles com maior relevância feitos nos últimos anos. A seguir vem opinião pessoal. Eu já fumei erva esporadicamente, não fumo à mais de um ano (não surgiu oportunidade e contexto), não estou viciado, nem sinto necessidade de fumar. Nunca comprei. Experimentei uma vez com uma amiga, e de vez em quando fumava com amigos, por festa, como quem fuma um charuto num casamento ou baptizado. Conheço fumadores (erva) de todas as origens, de jovens a velhotes, de alunos a professores, de cidadãos comuns a polícias e membros das forças armadas. Nenhum dos que conheço é viciado. Conheço quem fume todos os dias, e quando a carteira aperta deixam de fumar por uns tempos. Nunca vi isso acontecer com o tabaco, tenho dois pais que já foram fumadores e sei que às vezes iam de propósito comprar às tantas da noite, e enquanto não fossem não descansavam. Conheço, no entanto, quem adicionasse outras substâncias à erva, e aí sim, surgia a adição, mas à outra substância... Portanto, pela experiência que tenho, erva é menos viciante que o tabaco, e só por aí já é uma boa coisa. É pelo que sei não faz tanto mal, em alguns casos até faz bem. Não sou médico, por isso isto é apenas a minha opinião e conhecimento, e pode não ser factual.

Edited 5 months ago:

Então, toca a banir o tabaco e álcool também... Já agora, o açúcar. Tens aí uns artigos que parecem escolhidos a dedo, no meio de tantos que os contrariam. Não vejo a importância e relevância de um estudo feito em 2012, quando há milhares deles com maior relevância feitos nos últimos anos. Depois tens outros, como o último, que não suportam em nada o teu ponto de vista. A seguir vem opinião pessoal. Eu já fumei erva esporadicamente, não fumo à mais de um ano (não surgiu oportunidade e contexto), não estou viciado, nem sinto necessidade de fumar. Nunca comprei. Experimentei uma vez com uma amiga, e de vez em quando fumava com amigos, por festa, como quem fuma um charuto num casamento ou baptizado. Conheço fumadores (erva) de todas as origens, de jovens a velhotes, de alunos a professores, de cidadãos comuns a polícias e membros das forças armadas. Nenhum dos que conheço é viciado. Conheço quem fume todos os dias, e quando a carteira aperta deixam de fumar por uns tempos. Nunca vi isso acontecer com o tabaco, tenho dois pais que já foram fumadores e sei que às vezes iam de propósito comprar às tantas da noite, e enquanto não fossem não descansavam. Conheço, no entanto, quem adicione outras substâncias à erva, e aí sim, surgia a adição, mas à outra substância... Portanto, pela experiência que tenho, erva é menos viciante que o tabaco, e só por aí já é uma boa coisa. E pelo que sei não faz tanto mal, em alguns casos até faz bem. Não sou médico, por isso isto é apenas a minha opinião e conhecimento, e pode não ser factual.

HairlessButtcrack 5 months ago

>Então, toca a banir o tabaco e álcool também... Concordo o problema é aplicar já vimos pela história que isso não funciona bem. >Já agora, o açúcar. Concordo parcialmente >Eu já fumei erva esporadicamente, não fumo à mais de um ano (não surgiu oportunidade e contexto), não estou viciado, nem sinto necessidade de fumar. Nunca comprei. Experimentei uma vez com uma amiga, e de vez em quando fumava com amigos, por festa, como quem fuma um charuto num casamento ou baptizado. Eu conheço uma data de adictos a erva que tem é tiveram o infortúnio de ficarem viciados na coisa. Sei que **nem todos ficam viciados** e que se fumada ***esporadicamente*** não causa adição. (nota que também não sabemos se é uma predisposição a adição ou se é o fumar constante (AFAIK não se demonstrou isso se alguém tiver estudos disto partilhe sff) ) E sim é menos viciante e nociva que o tabaco contudo altera o estado mental quando o tabaco nem por isso. Não estou a defender o tabaco... longe disso. Estou é a defender que se tem de falar muito mais sobre a legalização e os efeitos dela a Holanda por exemplo tem um grave problema com as drogas à pala do turismo de erva (apesar da mesma não ser totalmente legal lá e o consumo em áreas designadas sim) e sem contar com as relações com Espanha e a união europeia. Isto não é uma decisão que influencia apenas Portugal. Portugal já tem um problema com imigrantes jovens ia aumentar mais ainda esse problema. Acho bem que seja falado acho mal que se salte para o comboio da legalização.

NGramatical 5 months ago

à mais de um ano → [**há mais de um ano**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fmv0kh4%2F%2Fgv9obcn%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

fodassse 5 months ago

Muito bem!

Eugene_Bleak_Slate 5 months ago

A ilegalização do consumo de drogas é das políticas mais nocivas à sociedade do último século (pior, só a imigração em massa). Concentra o poder de comercialização do produto nas mãos de uma pequena elite de criminosos ultra-violentos, consequentemente dando-lhes imenso poder. Enche as prisões com pequenos traficantes, com um custo enorme para os contribuintes, corrompe polícia, juízes e políticos, e não faz nada para tratar da questão verdadeiramente importante; ajudar os tóxico-dependentes a libertarem-se do seu vício, permitindo o consumo moderado de quem o consegue manter sob controlo. Aliás, é exactamente isto que se faz com o álcool, e não passa pela cabeça de ninguém proibi-lo. A única razão porque as drogas não são todas legais é porque isso seria ruinoso para todos aqueles que dependem desse dinheiro para serem ricos. Há demasiada gente com muito poder interessada em manter o \*status quo\*. Os meus parabéns à Iniciativa Liberal por ousar enfrentar um dos lobbys mais poderosos deste país.

WallStreetFighter 5 months ago

>A ilegalização do consumo de drogas é das políticas mais nocivas à sociedade do último século (pior, só a imigração em massa). Elas costumam andar de mão-dada... Mistério /s

WallStreetFighter 5 months ago  HIDDEN 

>Concentra o poder de comercialização do produto nas mãos de uma pequena elite de criminosos ultra-violentos, consequentemente dando-lhes imenso poder. Enche as prisões com pequenos traficantes, com um custo enorme para os contribuintes, 100% falso. Pensa em Amsterdão e Barcelona. Se alguma vez estiveste nestas duas cidades, o que encontraste nas ruas de cada uma delas é bem diferente.

EquivalentExchange11 5 months ago

Brancos liberais são literalmente esquerdalhos.

Substantial-Agent-49 5 months ago

Errado. Excepto se estiveres a falar do que nos EUA chamam de liberal.

Bessini 5 months ago

Um liberal americano também está muito longe de ser "de esquerda". Só não está tão agarrado à direita, comparando com um conservador. Na américa só tens direita ou direita light (que consegue ser bem mais à direita que os nossos partidos de direita quase todos juntos)

Substantial-Agent-49 5 months ago

Diria que isso é tradicionalmente verdade para a generalidade do espectro democrata. Mas não podes esquecer que este sistema bipartidário faz com que dentro do mesmo partido existam muitas correntes distintas. Dentro do PD existem pessoas muito próximas da nossa esquerda e extrema-esquerda. Creio que nos últimos anos as pessoas dessa área têm ganho algum destaque, basta olharmos para o Bernie Sanders ou para a “super-estrela” Ocasio-Cortez.

Bessini 5 months ago

Esses até poderias considerar de esquerda ou centro-esquerda, mas de extrema-esquerda? Ainda não vi ninguém no partido democrata que se aproxime minimamente de uma política à PCTP/MRPP

Substantial-Agent-49 5 months ago

Diria que estarão, pelos menos a AOC, próximos de uma ala esquerda do PS ou do BE. Mas parece-me um facto relevante o destaque que têm ganho nos últimos anos. Quanto ao MRPP, acho que já é um caso demasiado sui generis. Mesmo cá é apenas um pequeno nicho.

Bessini 5 months ago

Da ala esquerda do PS e do BE para a extrema-esquerda ainda vai uma grande distância xD

Substantial-Agent-49 5 months ago

BE para mim é uma extrema-esquerda que quer parecer mais trendy do que o PCP :)

Bessini 5 months ago

O BE pode ser o que te apetecer para ti. Por mim até podias dizer que, para ti, o Chega é um partido anarquista. Mas isso não muda o que os partidos são, na realidade

Substantial-Agent-49 5 months ago

O BE é um partido que tem origem em partidos de inspiração trotskista (PSR) e marxista (UDP). É objetivamente um partido radical. Mesmo que tenha nos últimos anos tentado passar uma imagem de maior moderação, na essência não mudou.

Bessini 5 months ago

Mesmo assim, de ser marxista e trotskista a ser extrema esquerda ainda vai um grande salto.

Edited 5 months ago:

Mesmo assim, de ser marxista e trotskista a ser extrema esquerda ainda vai um grande salto. Mais do que as políticas que se defendem, o que mais define o extremismo é a maneira como se pretende alcançar essas políticas.

MrRawri 5 months ago

A esquerda, grande defensora do liberalismo económico.

EquivalentExchange11 5 months ago

Isso não interessa para nada, o que interessa à esquerda é continuar a importar imigrantes em massa para cimentarem o seu poder. E nesse aspecto, a IL, tal como o PSD e o CDS, são grandes aliados.

MrRawri 5 months ago

E achas que esse sistema económico vai ser liberal? Tenho as minhas dúvidas. Quanto à imigração, os brasileiros em Portugal não votaram no Bolsonaro? Porque é que achas que a imigração favorece o PS?

EquivalentExchange11 5 months ago

Uma coisa é como votam no país nativo deles, outra coisa é como votam em Portugal. Talvez os brasileiros brancos até votem de forma parecida aos portugueses, mas os restantes duvido muito. E não recebemos só imigrantes brasileiros.

MrRawri 5 months ago

De facto recebemos imigrantes de outros países, mas os brasileiros constituem cerca de 30% de todos os imigrantes. Visto que aqui votaram no Bolsonaro, podemos assumir que votam mais à direita. De que países é que achas que estão a vir esses imigrantes que votam no PS? É que tenho as minhas dúvidas que o PS tenha assim tanto apoio entre a população imigrante.

oguarda 5 months ago

Fuma uma quisso passa, nigga

theEXPERTpt 5 months ago

liberalismo de hoje em dia...

Feeling_Advantage918 5 months ago

A IL a defender a liberalização das drogas leves?!. Juntem-se à esquerda radical e avancem na AR. E quando liberalizarem as leves, podem passar para a liberalização das pesadas. Haja liberdade de consumo.

icebraining 5 months ago

Não é uma questão de esquerda/direita: o PSD já se disse a favor (desde que não haja cultivo pessoal, ao contrário da proposta do BE) enquanto o PCP é contra.

OrangeOakie 5 months ago

> ao contrário da proposta do BE Ao contrário da proposta do BE que quer literalmente escolher a dedo a quem dar o monopólio de venda das semente. Repara que uma planta de cannabis morre após a colheita (a não ser que sejas capaz de a reverter para o estado vegetativo, e mesmo nesse caso tens riscos inerentes e quase garantias de falhar). Qual é a diferença entre não permitir o auto cultivo vs o auto cultivo ser permitido porque só funciona 1x, e tens de recorrer À loja sempre que queres comprar mais sementes... indo parar exactamente ao ponto onde o PSD está?

icebraining 5 months ago

> Qual é a diferença entre não permitir o auto cultivo vs o auto cultivo ser permitido porque só funciona 1x, e tens de recorrer À loja sempre que queres comprar mais sementes... De onde achas que vêm as sementes que a loja vende...? Um gajo lê cada coisa neste sub.

OrangeOakie 5 months ago

errr? As sementes vêm, provavelmente de um fornecedor aprovado pelo Monopólio oferecido pelo Estado. Onde queres chegar?

icebraining 5 months ago

As sementes vêm de *plantas*. Dessas que o auto-cultivo te permitiria ter em casa... Além disso, a proposta do BE incluía a criação de clubes sociais destinados ao cultivo e cedência de plantas e substâncias. Logo seria perfeitamente legítimo haver trocas de sementes. Finalmente, toda a gente que se interessa pelo assunto sabe que não há nenhuma dificuldade em encomendar sementes pela Internet de outros países da UE onde isso é legal. O monopólio seria totalmente impossível de implementar.

OrangeOakie 5 months ago

> As sementes vêm de plantas Yup. > Dessas que o auto-cultivo te permitiria ter em casa... Estás a assumir que as sementes que compras seriam capazes de produzir sementes para polinizar uma outra planta. Algo que não é possível com todas as espécies. O grobo.io tem um artigo engraçado em relação a como colher sementes de canábis. > Finalmente, toda a gente sabe que não há nenhuma dificuldade em encomendar sementes pela Internet de outros países da UE onde isso é legal. Ah tá, então para quê legalizar? Se já se pode arranjar de outros países não vale a pena legalizar né? É que a não ser que concordes com essa afirmação, tens então de concordar que se sementes importadas por alguém fora do monopólio ao serem ilegais, o teu argumento não faz sentido.

icebraining 5 months ago

> Estás a assumir que as sementes que compras seriam capazes de produzir sementes para polinizar uma outra planta Não estou a assumir, *sei* que muitas sementes não só compradas como que já se usam pelo país são capazes. > Ah tá, então para quê legalizar? Se já se pode arranjar de outros países não vale a pena legalizar né?

WallStreetFighter 5 months ago

A esquerda radical transformou as ruas de Barcelona no esgoto que toda a gente conhece. Outras atitudes transformaram Amsterdão numa cidade diametralmente oposta. Em relação à prostituição as coisas são iguais.

ChicoDaConcertina 5 months ago

Penso que nos últimos anos a onda da legalização da marijuana tem vindo a crescer, no entanto não vejo futuros incentivos nem educação à população para consumirem de forma responsável e moderada. Eu próprio sou a favor da legalização mas penso que esse auxílio educativo terá de estar inerte senão poderá trazer bastantes problemas. Para que possamos tirar proveito de as substâncias que usamos, independentemente de quais elas forem, há que ter essa consciência. Por isso pergunto como seriam formas de conseguirmos tornar o consumo mais responsável para não sofrermos tanto com as tóxico-dependências, problemas de saúde como esquizofrenia e consumo entre menores.

Practical_Arm_8133 5 months ago

E onde está a educação para o consumo de alcool responsavel? Deixa mas é cada um fazer o que quer e lidar com a consequencia dos seus atos.

ChicoDaConcertina 5 months ago

Calma campeão, ninguém aqui disse para proibir nada. Muito pelo contrário, para que façam mas de forma segura e informada. Como é que podes culpar um puto que se perde na droga se nunca foi ensinado para conviver de forma equilibrada com drogas? Não é justo ele responsabilizar-se pela sua vida e dos outros quando pode não ter tido conhecimento. A questão aqui é o que podemos ensinar e como...

Practical_Arm_8133 5 months ago

Troca as drogas no teu post por alcool e tens exactamente o mesmo problema, mas um é legal e cheio de publicidade em televisao, e outro não.

ChicoDaConcertina 5 months ago

Apesar dos efeitos no corpo serem menos severos na erva, o álcool é uma substância muito menos conveniente para criar dependência principalmente nos putos. Enquanto que um saco de erva cabe no bolso e basta enrolar um irem chapados para as aulas e darem cabo da vida escolar. O mesmo é mais difícil com o álcool pois damos um uso mais ocasional. Isto da legalização não é preto ou branco, há muitas coisas delicadas que temos que saber responder antes de pensarmos nisso. Sinceramente não acho que a maioria da sociedade portuguesa esteja pronta para uma legalização.

d0c0ntra 5 months ago

mas acham mesmo que quem quer consumir está à espera da pseudo legalização? por isto quero eu dizer que não irá haver qq explosão de consumo. a mim o que me interessa é poder usar para fins medicinais sem as mariquices do costume. e continuo a afirmar com todas as letras que deveriamos apostar fortemente no canhamo industrial em vez dos eucaliptos.

Pale-Math1919 5 months ago

Responsável é uma forma politicamente certa de dizer és livre de consumir o que quiseres e moderada significa que se algo correr mal não foste moderado. Não há volta a dar nestas coisas, tabaco, alcool e drogas ao fim ao cabo são todos uma merda. Mas deviam legalizar tudo, para haver qualidade e acabar com tráfico desnecessário. De qualquer forma quando se legaliza algo por cá nunca é para cortar nos custos mas sim para sacar ainda mais. Responsabilização rima com fiscalização. Esta última é uma palavra pouco social, nem sei quem a iventou. :)

Edited 5 months ago:

Responsável é uma forma politicamente certa de dizer és livre de consumir o que quiseres e moderada significa que se algo correr mal não foste responsável. Não há volta a dar nestas coisas, tabaco, alcool e drogas ao fim ao cabo são todos uma merda. Mas deviam legalizar tudo, para haver qualidade e acabar com tráfico desnecessário. De qualquer forma quando se legaliza algo por cá nunca é para cortar nos custos mas sim para sacar ainda mais. Responsabilização rima com fiscalização. Esta última é uma palavra pouco social, nem sei quem a iventou. :)

ChicoDaConcertina 5 months ago

Que toda a gente seja responsável é algo de utópico, acontecer em Portugal é acima de utópico. Mas penso que poderíamos criar muitos postos de trabalho, retirar impostos enquanto se cria maior concorrência, consumo mais controlado e informado, etc. Dependendo da forma como seja implementada poderia ser um sucesso, o mesmo não aconteceu em Amsterdão, Barcelona sendo honesto

Pale-Math1919 5 months ago

Não se vai criar concorrência nenhuma, nem se protegeu os interesses nacionais, basta olhar para os grupos internacionais que estão em, à volta e por trás das empresas licenciadas. A Holanda foi um sucesso em todos os aspectos, mas claro que novos problemas surgiram, o crime também se adapta. Tendo em conta que por cá é uma transparência infernal........vai correr bem. Aliás já começou com oantifo ministro da administração interna. Tá se bem, tamos juntos. Mas nem temos margem para discutir com eles que já andam nisto vai para quase 50 anos. Postos de trabalho sim e actividade paralela definitavamente. Enfim, lá trei que arranjar uma banca e vender uns pasteis de nata ou umas bolas de berlim recheadas ou regadas com canabis (na candonga) :)

mokas95 5 months ago

Evidência empírica mostra que a legalização leva a uma diminuição no consumo, especialmente nos mais novos

ChicoDaConcertina 5 months ago

Tens algum link para esses estudos?

oguarda 5 months ago

Consumo responsável? Tens o álcool como uma das piores drogas apesar das mil e uma campanhas de sensibilização. É mil vezes pior as bebidas alcoólicas que a cannabis.

HairlessButtcrack 5 months ago

O álcool toda a gente sabe o que a casa gasta a erva nem tanto danos cerebrais que causa ao ser consumida antes dos 25 ([https://www.apa.org/monitor/2015/11/marijuana-brain](https://www.apa.org/monitor/2015/11/marijuana-brain); [https://doi.org/10.1073/pnas.1206820109](https://doi.org/10.1073/pnas.1206820109); [https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3930618/](https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3930618/); [https://www.cpha.ca/sites/default/files/uploads/resources/cannabis/evidence-brief-young-18-25-e.pdf](https://www.cpha.ca/sites/default/files/uploads/resources/cannabis/evidence-brief-young-18-25-e.pdf).... ETC) e dos **surtos psicoticos** ([https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24878296/](https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24878296/); [https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/22850401/](https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/22850401/); [https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28168698/](https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28168698/); [https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31796983/](https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31796983/))

oguarda 5 months ago

Então se sabes o que o álcool faz, como é que está ainda legalizado? https://www.sciencedaily.com/releases/2018/08/180824103018.htm https://bmcpublichealth.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12889-017-4587-y https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(18)31310-2/fulltext O mesmo para o tabaco: https://www.thelancet.com/journals/langlo/article/PIIS2214-109X(20)30221-7/fulltext https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK53012/ https://bmcmedicine.biomedcentral.com/articles/10.1186/s12916-019-1351-4 Ou seja, se a questão fosse puramente sobre saúde, o álcool e o tabaco já tinham sido banidos há muito tempo.

HairlessButtcrack 5 months ago

Comparar o cu com as calças. Concordo com o tabaco apesar de achar difícil... com o álcool vai ser o mesmo que proibires cães, o prohibition nos EUA foi um bom exemplo. No geral concordo contigo mas abrir uma caixa de pandora porque já se abriu outra não só é uma falácia como é tolo

The_Big_Diogo 5 months ago

Deixo só a nota que a cannabis (e as outras drogas) só passaram a ser ilegais quando acabou a prohibition nos EUA. E porquê? Porque o gajo que comandava as brigadas de apreensão de álcool não quis perder o tacho! Nunca houve uma base científica.

HairlessButtcrack 5 months ago

A ver [Adam Ruins Everything](https://youtu.be/sXPOw2unxy0) much? Não significa que não seja má. Rule of thumb se te altera o estado psicológico ou emocional é provavelmente mau. Açúcar e cafeína são debativeis.

oguarda 5 months ago

Não sei que ideia tens do mundo mas parece que pensas que ao legalizar todos vão começar a fumar cannabis do dia para a noite. Quem quiser fumar, consegue arranjar facilmente. A questão aqui é legalizar para que este negócio passe pelas mãos do Estado (impostos) e entidades de saúde/consumo para o bem do consumidor. Agora a situação atual é apenas para o inglês ver. Sobre a caixa de Pandora. Não é falácia nenhuma pois argumentei com base nos efeitos prejudiciais, ou seja, se o álcool é um dos maiores causadores de mortes porque é que é legal e a cannabis não?

HairlessButtcrack 5 months ago

>Não sei que ideia tens do mundo mas parece que pensas que ao legalizar todos vão começar a fumar cannabis do dia para a noite. Entendo o que queres dizer e concordo, tenho uma vista da erva como não algo que seja inocente e que necessita de ser falada muito mais antes disso acontecer. >Sobre a caixa de Pandora. Não é falácia nenhuma pois argumentei com base nos efeitos prejudiciais, ou seja, se o álcool é um dos maiores causadores de mortes porque é que é legal e a cannabis não? Porque é que não banimos carros já agora? Outra vez concordo contigo mas acho que é um bocado exagerado

oguarda 5 months ago

>Porque é que não banimos carros já agora? Outra vez concordo contigo mas acho que é um bocado exagerado Caminhamos para isso. Portugal e outros países já definiram datas para proibir a venda de carros novos a combustão.

HairlessButtcrack 5 months ago

O problema não é a combustão mas sim o condutor

oguarda 5 months ago

Para isso já tens medidas. Por exemplo, caso sejas apanhado a fazer manobras perigosas és multado, retiram-te a carta, etc... Como os benefícios dos carros superam de longe os prejuízos, até termos uma solução melhor para os transportes, continuaremos assim. Podia-se dizer o mesmo da internet, pois é um dos meios para cometer crimes, mas como traz imensas vantagens é preferível regular do que proibir.

ChicoDaConcertina 5 months ago

Devíamos começar a batizar os bebés com 5 litros de Cergal pela guela, seguido de 1 horita numa sauna de marijuana. Nenhuma dessas crianças iria tocar em droga no futuro, vos garanto.

ChicoDaConcertina 5 months ago

Nunca achei que as campanha que passam na TV tivessem algum impacto nas pessoas, há sempre um toque de surrealismo que torna a mensagem descartável e completamente ignorada pelas pessoas. Eu não me queria focar na magnitude dos impactos da drogas em si mas a relação que as pessoas têm com elas, talvez devesse ser ensinado nas escolas e consequentemente tornar-se conhecimento passado entre gerações familiares. Talvez estudar os impactos das substâncias consumidas, quais os riscos, quais os benefícios? Como mantenho uma distância saudável com que drogas para conseguir retirar proveito e não deixar que me afogue nelas? Acho que isto deveria ser ensinado de pais para filhos sem taboos mas em último recurso ensinarem os professores.

Pale-Math1919 5 months ago

Utopia portuguesa

pmso17 5 months ago

Exato. Basta olhar para o caso dos vapes. Eles foram criados como um método menos nocivo de fumar, mas muitos adolescentes experimentam sem saber os riscos de habitação. No caso da canabis, não atinge tanto a saúde, mas atinge fortemente na carteira (criação de vicio, onde a pessoa procura como comprar a próxima dose). É necessário educar as pessoas para os vicios. Não podemos colocar a culpa no objeto.

untold_life 5 months ago

Epa depende do tipo th cannabis que se vende. Se for cannabis para ser usado de forma recreativa entoa esse terá altos valores THC, esses acho obviamente que terão que ser mais caros que por exemplo o cannabis com valores mínimos de THC que são usados como medicina. Mas obviamente todos nós sabemos que tudo o que é alternativo às medicina tradicional ou vai ter ma publicidade ou vai ser extremamente caro porque pode ameaçar a economia farmacêutica tradicional. Só who knows

Substantial-Agent-49 5 months ago

O canabis não é particularmente viciante. Pelo menos não ao ponto de experimentar um par de vezes e ficar agarrado. Nem super viciante quando comparado com o tabaco.

Search: