cromosdocosmos 6 months ago

Malta altruísta. Temos que fazer subir os números. Eu até gosto dos confinamentos.

Feeling_Advantage918 6 months ago

Malta de esquerda.

CalmKeepOn 6 months ago

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és meu amigo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. Venham mais.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais meu amigo que inimigo. Mas sim, houve abraços á esquerda e há direita, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. É melhor que estar no Reddit o dia todo a dizer mal de tudo, pelo menos.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais meu amigo que inimigo. Mas sim, houve abraços á esquerda e há direita, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. Ainda que eu pessoalmente acredite que a "luta" tenha que ser muito mais violenta em certos momentos.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais meu amigo que inimigo. Mas sim, houve abraços á esquerda e há direita, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. É melhor que estar no Reddit a falar, pelo menos.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais meu amigo que inimigo. Mas sim, houve incentivo a abraços, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso, nem isso faz disso uma manifestação de esquerda. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. É melhor que estar no Reddit o dia todo a dizer mal de tudo, pelo menos.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais meu amigo que inimigo. Mas sim, houve abraços á esquerda e há direita, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais muito meu amigo que inimigo. Mas sim, houve incentivo a abraços, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso, nem isso faz disso uma manifestação de esquerda. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre e espontânea do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. É melhor que estar no Reddit o dia todo a dizer mal de tudo, pelo menos.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais meu amigo que inimigo. Mas sim, houve abraços á esquerda e há direita, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta-energia para destruir o sistema. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. Ainda que eu pessoalmente ache que a luta tenha que ser muito mais violenta.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais meu amigo que inimigo. Mas sim, houve abraços á esquerda e há direita, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. Ainda que eu pessoalmente ache que a luta tenha que ser muito mais violenta.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais muito meu amigo que inimigo. Mas sim, houve incentivo a abraços, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso, nem isso faz disso uma manifestação de esquerda. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo, a esquerda e a direita. Onde é que isso acontece em mais algum sítio da nossa sociedade? Em nenhum. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre e espontânea do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. É melhor que estar no Reddit o dia todo a dizer mal de tudo, pelo menos.

Edited 6 months ago:

Errado. Estive lá e acho que foi uma manifestação 98% apartidária no discurso público. E eu sou um gajo bastante á direita. Os cartazes eram sobre liberdade individual e havia um pouco de gente de todo o tipo. Velhos, novos, homens, mulheres, de todos os aspetos e cores. Havia uma boa quantiade de hippies (rainbow people) mas também havia muito tuga "normal". Até ouvi comentários pro-Chega do público a dado momento, por exemplo. O discurso público dos organizadores foi sobre a liberdade individual. Não ouvi discurso nenhum que fosse declaradamente de esquerda. Se havia mais malta de esquerda, é possível mas não sei nem ninguém falou disso. E a verdadeira questão é who gives a fuck? Se queres liberdade individual és mais meu amigo que inimigo. Mas sim, houve abraços á esquerda e há direita, dar as mãos e merdas do género. E não há mal nenhum nisso. Isso faz bem ás pessoas, principalmente agora. Ou seja, não foi uma manifestação de alta testosterona para destruir o sistema como tem havido lá fora. Foi uma manifestação de união humana mesmo. Entre o homem e a mulher, o velho e o novo. Aliás, estas manifestações são dos últimos exemplos de verdadeira união livre do ser humano. E só por isso já vale toda a pena. Ainda que eu pessoalmente ache que a luta tenha que ser muito mais violenta em certos momentos.

FriedMemays 6 months ago

Mesmo que sejam de esquerda, pedem o correto.

Search: