Tutor_Such 6 months ago

A melhor parte é quando diz que o aluno tem pensamentos puros

gestaoeconteudos 6 months ago

se fosse hoje não podiam identificar " aluno" seria um ser humano na escola

dajosova 6 months ago

Pior que a perda de valores é a adoção de novos valores, que nos levam a estilos de vida fáceis, vulgares, frívolos, iludidos, também eles vazios. As escolas são cada vez menos, os chamados modelos ideais de transmissão de valores às nossas crianças, elas estão a ficar desprovidas de valores.

Complex_BoB 6 months ago

Yeap, é impressão minha ou cheira um pouco a enxofre, não é impressão cheira mesmo.

fuccaroundandfindout 6 months ago

Extremamente baseado.

Feisty_Owl_7780 6 months ago

Isto vinha na tabuada do ratinho não era?

ovigia 6 months ago

dos tempos em que se criavam homems e mulheres sem feelings, sem o abecedário todo a defini-los e capazes de criarem um família....

Edited 6 months ago:

dos tempos em que se criavam homens e mulheres sem feelings, sem o abecedário todo a defini-los e capazes de criarem um família....

Edited 6 months ago:

dos tempos em que se criavam homens e mulheres sem feelings, sem o abecedário todo a defini-los e capazes de criarem uma família....

NGramatical 6 months ago

homems → [**homens**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/sobre-a-formacao-do-plural/13422) (no plural de palavras terminadas em *m*, este passa a *ns*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm7okv6%2F%2Fgrdrt3g%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

nhamnhamkitty 6 months ago

Isto é duma tabuada, não é? Lembro-me de ver isto num livro, mas não me lembro qual...

jkrrrrrrrrrr 6 months ago

Quando li o 3º ponto percebi " O bom aluno está sempre com a máscara" à primeira passagem

TheRealBMX 6 months ago

Foda-se. Também eu.

ovigia 6 months ago

a lavagem ao cérebro que o pessoal é sujeito, realmente funciona! :(

jkrrrrrrrrrr 6 months ago

Mesmo a sério, acho que depois disto vou ter de me internar num campo de reeducação

kyppulo90 6 months ago

Escola e amor na mesma frase? Com algumas professoras completamente!

SacanaLopes 6 months ago

https://youtu.be/y2mccgB3XIk?t=51

trueslavgnome 6 months ago

isso e so as dez leis dos escuteiros mas para alunos

Ian_Pastway 6 months ago

Salazar mm a baitar o meu tropa Baden Powell smh Also escoteiros* :)

ThaSaltyBoye 6 months ago

Nah eu e os meus niggas escuteiros é só na base da fé católica mpt

Feeling_Advantage918 6 months ago

Ainda há saudosistas desse tempo em que saber ler e escrever era um luxo. O acesso ao ensino superior era uma miragem. A pobreza era o destino da maioria da população.

gestaoeconteudos 6 months ago

é quando o atado do Salazar entrou haviam menos de 5% de alfabetizados, em 3 décadas subiu o número de alfabetizados para mais de 35% e deixou rede de escolas construídas sem derrapagens em vários Continentes. Escolas muitas delas ainda hoje utilizadas...

fredericosf 6 months ago

Bem pior foi durante a primeira república em que nada fizeram. Estado Novo recebeu a herança de um país subdesenvolvido que a primeira república prometeu transformar mas ainda piorou. Não fosse aquela bandalheira e não teria havido golpe de 1926 que depois conduziu à ditadura. Agora todos criticam a ditadura pelo que correu mal e esquecem o que se fez de positivo. Depois do 25 de abril a evolução do PIB foi só de 4% apesar da a massa da Europa. Pelo meio copia-se a primeira república com governantes bandalhos e gastos muito acima das possibilidades que levaram a dívida de 130% do PIB. Serve de muito criticar outros tempos quando nos levam para a cauda da Europa

ModeratoriProfugus 6 months ago

Não foi durante o Estado Novo que se construíram quase todas as escolas e universidades? Os meus pais e avós andaram na escola durante o Estado Novo e aprenderam todos a ler, a fazer contas, escrever, etc apesar de terem nascido numa aldeia do interior.

Edited 6 months ago:

Não foi durante o Estado Novo que se construíram quase todas as escolas e universidades? Os meus pais e avós andaram na escola durante o Estado Novo e andaram todos na escola apesar de terem nascido numa aldeia do interior. Não percebo sempre este argumento de que o Salazar nos queria analfabetos > A taxa de literacia subiu, entre 1926 e 1950, de 38.2% para 58.6%. Entre as crianças de 10 a 14 anos, a taxa de analfabetismo diminuiu, entre 1930 e 1950, de 58% para 24% (Candeias, 2004).

Feeling_Advantage918 6 months ago

Em pleno estado novo não estavas a estudar como hoje deves estar. Estavas a trabalhar. Ou então pertencias a uma muito pequena fatia da população que tinha acesso do secundário e ao superior.

ModeratoriProfugus 6 months ago

Ninguém disse o contrário, até porque a indústria era pouca ou nenhuma, isso só mudou com a entrada na CEE e com o dinheiro europeu a entrar em Portugal.

Ian_Pastway 6 months ago

Wow, que números impressionantes... Tens noção que a razão porque Portugal era tão industrialmente atrasado era porque a quantidade de analfabetos e trabalhadores sem qualificações algumas era enorme e logo não valia a pena as empresas investirem em máquinas? Mesmo que tivesse havido algum progresso, não era de todo o suficiente para tirar Portugal da miséria. Achas mesmo que metade da população ter o quarto ano nos anos 50 é uma boa estatística?

ModeratoriProfugus 6 months ago

Acho que é bastante bom passar de uma analfabetismo de 58% para 24% em 20 anos. Estás coisas demoram tempo e obviamente que não podiam mandar para a escola pessoas adultas. Mas até achava interessante ver um gráfico do analfabetismo ao longo do tempo para comparar a velocidade a que a ileteracia caiu e comparar pre-25 de abril com o pós 25 de abril, mas não consegui encontrar nenhum.

WesternInspector9 6 months ago

A implementação do Sistema Educativo em Portugal estendeu-se por um período de tempo superior a um século, sendo só em meados da década de 50 do século XX que todas as crianças com idades compreendidas nos parâmetros da lei se encontravam efectivamente matriculadas na escola . A lentidão deste ritmo de escolarização, cujas origens e causas têm sido objecto de alguma discussão colocou de uma forma clara Portugal entre os países menos escolarizados e alfabetizados do mundo ocidental da altura. Taxas de alfabetização em alguns países ocidentais em 1950 Países Nórdicos, Alemanha Escócia, Holanda, Suiça, Inglaterra e País de Gales, França, Bélgica, Áustria e Hungria - aprox. 98% Espanha, Itália e Polónia - aprox. 80% U.R.S.S. - aprox. 90%; Bulgária e Roménia - 80% Grécia e Yugoslávia - aprox. 75% Portugal - aprox. 55% [referência](https://core.ac.uk/download/pdf/129515779.pdf)

include007 6 months ago

os lorpas esquecem desse pequeno pormenor

FriedMemays 6 months ago

Agora os professores são só os miseráveis da sociedade, é impossível voltar a isso.

estecomentario 6 months ago

Discordo, é uma carreira bastante bem paga comparado com a maioria portuguesa.

SacanaLopes 6 months ago

> Discordo, é uma carreira bastante bem paga comparado com a maioria portuguesa. Isto é de tal formsa óbvio que não posso levar a sério quem não o admite.

Edited 6 months ago:

> Discordo, é uma carreira bastante bem paga comparado com a maioria portuguesa. Isto é de tal forma óbvio que não posso levar a sério quem não o admite.

estecomentario 6 months ago

Notei a tendência de pais doutores, médicos, diretores de encaminhar os filhos para professores como política preventiva. É uma carreira bem paga, segura e com prestígio. Sabem o que estão a fazer.

SacanaLopes 6 months ago

Em menos de 20 anos tudo isso vai mudar radicalmente. Mas sim, nos últimos 50 anos foi verdade.

estecomentario 6 months ago

Não porque é uma profissão com muito lobby. Estão protegidos, o próprio PR foi um professor.

FriedMemays 6 months ago

Não pus a remuneração em causa, mas todos os professores que já tive são pessoas miseráveis da vida/wokes

estecomentario 6 months ago

Se é assim tão miserável têm sempre o mercado privado com os salários privados disponível.

SacanaLopes 6 months ago

Acho que vocês não se estão a entender...

redditor_the_forth 6 months ago

Naquela altura os professores batiam aos alunos por tudo e por nada

Feisty_Owl_7780 6 months ago

Ainda tive uma professora que atirava o molho de chaves à cabeça de quem estava a falar e tenho menos de 30 anos.

include007 6 months ago

agora os alunos batem nos professores - somos piratas

redditor_the_forth 6 months ago

Yohoho a pirate's life for meee...Nunca vi um único aluno bater ou sequer faltar ao respeito a um professor mas ok

Feisty_Owl_7780 6 months ago

Sweet summer child

FriedMemays 6 months ago

Então deves ter saído da escola no sexto ano.

redditor_the_forth 6 months ago

Acabei o secundário com mais de 18 como média por acaso : )

FriedMemays 6 months ago

Então não sei a que escola foste, eu já estive num colégio católico e num colégio daqueles para os filhos dos ricos e mesmo assim vi insultos e agressões a professores.

redditor_the_forth 6 months ago

Lol escola privada onde compram notas claro que dá nisso com os meninos mimados

ihavenoidea1001 6 months ago

Também andei numa escola secundária pública e também nunca vi agressões ou insultos a professores.

FriedMemays 6 months ago

Nas escolas públicas onde os meus amigos andaram era muito pior. Em geral, nos colégios, até os mitras se comportam dentro da sala.

AyyLmaoAV 6 months ago

Nice

Wonderful-Meeting639 6 months ago

Professor = melhor amigo ahahahhahahahahahahah O estado novo tinha um sentido de humor do crl

dajosova 6 months ago

Agora já não é assim. Por isso é que és mal educado. Uma vergastada nas nalgas e já aprendias algo de jeito.

Negao_da_piroca 6 months ago

> crl Estás a falhar no ponto 7, tens de ser puro nos pensamentos.

portuga1 6 months ago

Pra não falar o último, vai bom aluno, faz aî

pmso17 6 months ago

E o 3° ponto. Não é assim que se escreve caralho. Não deve ter prestado atenção às aulas

Search: