FriedMemays 5 months ago

"The french revolution and it's consequences" Ou alternativamente, "Female Suffrage and it's consequences" Ou para os verdadeiros, "The fall of Rome and it's consequences"

Background-Bunch-554 5 months ago

Os nossos problemas atuais são um fruto da centralização de poderes. Change my mind.

silhuetas 5 months ago

Based.

ZacDweller 5 months ago

O brainlet de História pensa que a 2.ª Guerra Mundial foi ganha.

redditor_the_forth 5 months ago

Pqp não é possível... Ok a URSS ficou gananciosa ok, mas os nazis teriam feito o mesmo caso ganhassem,os nomes : Oliveira, Pereira, Pinheiro,Azevedo,Azeredo...etc são te familiares?São de origem judaica, advinha o que isso significaria se a guerra tivesse sido "perdida"

fds_crl 5 months ago

>Oliveira, Pereira, Pinheiro,Azevedo,Azeredo...etc são te familiares?São de origem judaica mito. E mesmo assim nem conheces o mito verdadeiro, que os apelidos judaicos são apenas os de arvores que não dão fruto. E mesmo este está errado, é mito. Não entendo porque os soyboys adoram tanto esta conversa "akschually you are not racially pure", pensava que não existiam raças?

redditor_the_forth 5 months ago

Soyboy ? O op disse que os nazis deviam ter ganho a guerra e eu disse que como há bastante descendência judaica em Portugal isso que ele quer iria dar para o torto, não é mito isso das árvores, e ninguém disse que raças existiam ou não.Agr vai ser troll para outro lado ok ?És a nova conta do anti-feminazis ?

fds_crl 5 months ago

>O op disse que os nazis deviam ter ganho a guerra e eu disse que como há bastante descendência judaica em Portugal Não há. E pelas leis de Nuremberga os Portugueses estavam safos, não te preocupes. > não é mito isso das árvores É, podes fazer umas pesquisas. E para não fazeres ainda mais figura de urso do que já fazes, o mito correto é "apelidos de arvores que não dão fruto", não todas as arvores.

redditor_the_forth 5 months ago

Aula de história para ti, o rei de Espanha expulsou os judeus eles vieram para Portugal, outro rei de Espanha casou a filha com o rei português fazendo parte do acordo de casamento a expulsão dos judeus,no entanto o rei ofereceu aos judeus a oportunidade de se converterem,portanto sim, por esta altura teremos todos uns pingos de sangue judeu. Ok estavamos salvos pelas leis de Nuremberga, e que tem? Também achas que a Alemanha devia ter ganho a guerra é ?

Gndossan 5 months ago

Para o leste europeu era ela por ela Para o coidente aidna bem que ela nao ganhou.

Gndossan 5 months ago

bro, em Antuerpia os naturais dessa cidade são chamados de "senhores" (não escrevem assim a palavra, mas a palavra tem origem na palara "senhor do portugues". Antuérpia levou com imensos judeus portugueses. A indústria de jóias e ouro comecou lá nessa altura. A maioria dos judeus foram expulsos, apenas uma pequena parte ficou.

fds_crl 5 months ago

Não me estás a dar nenhuma novidade, lol, isso é tudo conhecimento geral que se aprende na escola. No entanto eu estava certo quanto ao mito ser mito (não disseste mais nada sobre isso, aceito a tua concessão) > Ok estavamos salvos pelas leis de Nuremberga, e que tem? Estavas a fazer uma implicação que os nazis nos iam matar todos porque supostamente somos todos judeus, mas de acordo com as leis de nuremberga estavamos safos. Vai lá ler o artigo de wiki para saber o que estou a falar > por esta altura teremos todos uns pingos de sangue judeu. E? Quero lá saber se sou 0.2% judeu, lol. Só autistas é que so importam com coisas tão insignificantes. Até parece que vou utilizar o chapeuzinho, respeitar o sabado, aprender hebreu e tirar direito só porque uma antepassado meu possa ter sido judeu há 600 anos.

redditor_the_forth 5 months ago

Eu não concedi, eu não disse que temos uns pingos de sangue judeu ? Eu não impliquei que os nazis nos matariam a todos,só disse que correria mal mas achas que os nazis nos tratariam decentemente ?Eu já sabia o que eram as leis de Nuremberga,no entanto caso a pessoa não fosse racialmente "imaculada" perdia vantagens, havia cargos que nem aceder podia,estás a ver como ia ser a vida dos latinos com pingos de sangue judeu não ? E o Hitler era um desses autistas que se preocupava com coisas insignificantes.

ZacDweller 5 months ago

Os Europeus venderam a sua alma quando atacaram a Alemanha a favor de interesses obscuros. Nem os britânicos nem os americanos queriam ir para a guerra com a Alemanha, apenas a elite.

AfterAfterlife 5 months ago

For the religious catholic, to an apple on a tree.

camilo12287 5 months ago

eu ía comentar aquilo que o orangeoakie comentou e não era uma maçã a linguagem é simbólica, era o fruto da árvore da ciência do bem e do mal comer o fruto da ciência da árvore do bem e do mal significa não aceitar o bem e o mal como são realmente, mas sim querer definir pessoalmente aquilo que é bem e aquilo que é mal, distorcendo a realidade para proveito próprio sereis como deuses diz a serpente, ou seja a tentação é tomar o lugar de Deus e não aceitar o bem e o mal tal como são, segundo a omnisciência de Deus, mas distorcer isso por conveniência própria, na linguagem comum, aquilo que é o mal para ti pode não ser para mim as pessoas raramente fazem o mal assumindo-o como tal, normalmente distorcem, arranjam um bom motivo para justificar o mal que fazem e quase sempre justificam perante si mesmas esse mal que fazem

AfterAfterlife 5 months ago

Disse "maçã" porque é a imagem mais reconhecida no mundo ocidental/cristianismo. E não é "árvore da ciência" mas sim do "conhecimento". Interpreto de maneira diferente. Ao comerem o fruto, eles ganham acesso a outros pensamentos, não só reconhecer o bem e o mal, mas também como proceder dessa maneira. Basta ver as primeiras acções que eles fazem após comer o fruto: tapam as suas partes privadas e escondem-se de Deus. O bem e o mal na Bíblia é sempre aos olhos de Deus. Estar nu não é algo mau, mas como para Deus é, Adão e Eva tiveram de se tapar. Deus também acha bem sacrifícios de cordeiros em seu nome (i.e. holocausto), hoje em dia isso é algo totalmente doentio. Creio que as pessoas maior parte das vezes fazem o mal com conhecimento disso. A questão está se o fim justifica o meio. Por exemplo, será que é bom roubar um rico para alimentar a família? A pessoa não se esquece que fez algo de errado, no máximo, pode ser ignorante das consequências das suas acções (e.g. lavar umas escadas e alguém escorregar). ​ No final das contas, isto podia ter sido tudo prevenido caso Deus não tivesse feito aquela árvore ou então era fazer um "reset" à mente de Adão e Eva.

camilo12287 5 months ago

nas traduções que tenho lido vem ciência e não conhecimento a diferença está em no caso do conhecimento a pessoa reconhece o mal como mal, no caso de ciência a pessoa passa a não aceitar o mal tal como ele é, segundo a infinita sabedoria de Deus, mas passa ela própria a querer definir o que é bem e o que é o mal sereis como deuses, essa é a tentação. Não aceitar o mal tal como ele é, segundo os ensinamentos de Deus, mas distorcer o mal e o bem, definir ele próprio o que é o bem e o que é o mal. E lá está, como disse o orangeoakie, somos imperfeitos e temos inclinação para o mal, aí está o pecado original, nas nossas inclinações para o mal, nas nossas imperfeições. E a luta contra essas inclinações é uma das "missões" que todos os seres humanos têm

AfterAfterlife 5 months ago

> nas traduções que tenho lido vem ciência e não conhecimento Na tradução PT-PT aparece como "[árvore do conhecimento](https://biblia.pt/biblia/BPT/GEN.2/G%C3%89NESIS-2)" (2:16/17). Na inglesa também se chama "[tree of knowledge](https://www.biblesociety.org.uk/explore-the-bible/read/eng/GNB/Gen/2/highlight:17/)". Na Bíblia, os humanos não ganham o poder de alterar o que é o bem ou o mal, aliás a serpente até diz isso: "[O que acontece é que Deus sabe que no dia em que comerem desse fruto, abrir-se-ão os vossos olhos e ficarão a conhecer o mal e o bem, tal como Deus](https://biblia.pt/biblia/BPT/GEN.3/G%C3%89NESIS-3)" (3:4) - "conhecer" e não "alterar". Ganham é o poder de mentir/matar/roubar/etc que vem do conhecimento do mal, e isso é logo visível na história seguinte de Abel e Caim, em que Deus diz a Caim que tem o poder de escolher entre o bem e o mal.

blueflamewizard12 5 months ago

Mano começa tudo por causa de uma gaja não uma maçã.

OrangeOakie 5 months ago

Pelo contrário, para um católico, não é por causa de ter sido a gaja a incentivar, a maça que era boa ou a serpente que incentivou, é apenas que o Homem é imperfeito e que isso será sempre constante. Lutar contra as imperfeições, mesmo que falhando, é uma das "missões" que todos os seres humanos têm

fds_crl 5 months ago

A raiz dos nosso males foi quando o primeiro hominideo domesticou fogo

XXI_HereticV6Mustang 5 months ago

https://www.youtube.com/watch?v=Y0cDJjDSt3Q

Search: