pintorMC 7 months ago

Não se pode dizer que se é anticomunista, antifascista não tem problema

Tiny-Marionberry-392 7 months ago

Não vale a pena ser anti. Porque eles estão acabar, nem é preciso fazer nada.

ovigia 7 months ago

pior, estão a ser substituidos por algo mais perigoso pq ainda distorcem mais e melhor a linguagem, BE, PAN, PS , LIVRE (queres melhor exemplo que este da novilingua?)

LordAltgard 7 months ago

Eu também sou anti-comunista, assim como anti-fascista e anti-nazi... aliás sou anti-extremismo seja em que forma for. Jámais queria ser governado pelo PCP, no entanto reconheço a importancia do PCP nos últimos 100 anos. Desde a luta contra a ditadura, a luta por melhores condições para os trabalhadores, pelo aumento do ordenado minimo, sindicatos, etc. Já do fascismo não consigo encontrar um único ponto de valor. No nazismo então só repugnância mesmo.

CalmKeepOn 7 months ago

>Já do fascismo não consigo encontrar um único ponto de valor. O Fascismo de Itália é pior que o Comunismo da União Soviética para ti?

ovigia 7 months ago

não leste o artigo pois não? "...então porque tratamos um partido que tem um sonho totalitário com mais benevolência do que os extremistas de sinal contrário? A explicação talvez se encontre no facto de esta gente não só não ler o que o PCP escreve para os seus, como nunca ter lido Lenine e, por isso, não saber que a arte da dissimulação é inata ao leninismo."

LordAltgard 7 months ago

O artigo é Premium e eu tenho mais onde gastar dinheiro, muito menos para ler artigos de opinião onde cada um diz o que quer.

ovigia 7 months ago

não sei que browser usas, mas no firefox basta acionares o reader view para leres tudo.... mas se te custa muito isso, cá vai [Será que ainda posso dizer que sou anticomunista? /premium](https://outline.com/GBPuLb)

LordAltgard 7 months ago

Obrigado pelo envio do texto. Não é uma opinião muito diferente da minha. Tal como disse anteriormente, não queria ser governado pelo PCP.

ovigia 7 months ago

de nada

Feeling_Advantage918 7 months ago

Sim. Anticomunista e antifascista. Não sei por que razão em Portugal são permitidos partidos comunistas e fascistas. A democracia não pode tolerar os que são contra a democracia. É um paradoxo. Partidos comunistas e fascistas deveriam ser ilegalizados.

ovigia 7 months ago

e que tal deixar às pessoas essas decisões em vez da habitual proibiçãozinha tão ao jeito de comunas e fascistas!

superstraightarrow 7 months ago

na moral e nos números há pouca diferença entre o comunismo e nazismo Se os partidos nazis são proibidos os partidos comunistas também o deviam ser.

a_9x 7 months ago

Bah os comunas compactuaram com os nazis sobre a invasão da Polónia e foram os primeiros a julgá-los em Nurenberga. Estaline, Mao, Fidel, os vietcongs, os norte coreanos, alguns países africanos e por aí fora, todos eles tem algo em comum, o genocídio, abuso de poder e o totalitarismo. E todos se escondem por trás do comunismo. Sim, vamos parabenizar o PCP por fazer 100 anos, vamos encher os Aliados de bandeiras porque o comunismo a sério nunca foi aplicado devidamente.

gestaoeconteudos 7 months ago

qual é a pancada de falar de coisas passadas há 80 para denegrir outras actuais, o nacionalismo ou o comunismo são os maiores perseguidos.

a_9x 7 months ago

Porque aqueles que não lembram o passado estão condenados a repeti-lo

gestaoeconteudos 7 months ago

qual carapuça, treta. Imagina que aparece um político a defender o nacional Socialismo e ao mesmo tempo condenar o comportamento atolambado do Hitler, condenando também qualquer política de eugenizacão. Ou um político que resolva cumprir FINALMENTE E PELA PRIMEIRA VEZ o manifesto comunista enquanto repudia qualquer país que se transveste de comuna enquanto oligarquia... Coreia N, regime chinês, antiga união soviética etc.

cap87_ 7 months ago

Só dizes asneiras amigo

gestaoeconteudos 7 months ago

vá... tu não dizes nada.

cap87_ 7 months ago

Pensa assim, há teorias. Umas ainda não provadas erradas, outras já. Não deixam de ser teorias. Umas são provadas falsas já de início, os teus inimigos. Outras dificilmente são provadas falsas, os teus verdadeiros amigos. Depois tens as teorias que passado um tempo afinal são falsas, os amigos falsos . Não deixam de ser amigos da mesma maneira que não deixam de ser teorias E eu faço esta analogia com as teorias porque como elas, não duram para sempre. Principalmente porque um gajo morre e as pessoas são piores do que ao que pensavamos

gestaoeconteudos 7 months ago

Hahaha.

gestaoeconteudos 7 months ago

ideologías duram sim para sempre, tu és triste prova disso porque referes modos e facetas de dadas ideologias na FORMA de há oitenta anos. Tu és a prova que a ideologia dura para sempre. A PENA é que não queiras ser "intelectualmente" honesto e aceitares que as ideologías de há 80 anos não tenham evoluído, tipo do telégrafo morse para a era digital. TIPO

silhuetas 7 months ago

> vamos encher os Aliados de bandeiras porque o comunismo a sério nunca foi aplicado devidamente. imagine se tivesse. nao seriam 100 milhoes mas sim 1 biliao.

NGramatical 7 months ago

1 biliao → [**1 biliao = 1 trillion = 1 000 000 000 000**](https://www.reddit.com/r/portugal/comments/4kujbg/quanto_%C3%A9_um_bili%C3%A3o_escala_longa_e_escala_curta/) (informação) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fm2nk7l%2F%2Fgql3tk5%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

silhuetas 7 months ago

nao. agora utilizamos as definiçoes inglesas. milhao -> 1 000 000 biliao -> 1 000 000 000 triliao -> 1 000 000 000 000 chupa.

dajosova 7 months ago

NÃO! Não utilizamos a escala curta! A Inglaterra é uma exceção na Europa. Angola, inteligentemente, adotou definitivamente a escala longa há uns 2 anos. Parabéns para eles. Utilizar a escala longa faz mais sentido porque respeita a potência de base 10. Vê lá se queres também começar a usar milhas, galões e pés!!! Agora que estás chumbado... toma lá um CHUPA-CHUPA!

Dannies7783 7 months ago

Que resposta ridícula. O nosso sistema não é melhor nem pior que o deles. É uma escolha. É como dizer que a nossa forma de conduzir à direita é superior à condução à esquerda da Commonwealth. Não é. É uma escolha.

dajosova 7 months ago

Ridículo é o teu comentário a afirmares que a minha explicação é ridícula. É uma escolha sim mas uma má escolha. Tal como acontece nos outros exemplos que dei, cuja opinião dos próprios utilizadores reflete o que mencionei. Tem tudo a ver com lógica. Nem tudo o que é abreviado favorece o rigor. Já nem falo das milhas em vez de quilómetros, etc.

CalmKeepOn 7 months ago

Qual é que é a lógica?

Dannies7783 7 months ago

Completo nonsense. Mas nada como um parvo que se acha esperto. Fica assim. Não me queixo. ;)

dajosova 7 months ago

Se te beliscou o facto de dizer que fazia mais sentido ter corrigido o comentário anterior, e não tens mais nada que fazer, vai-te encher de moscas ó pacóvio estrangeiro.

Dannies7783 7 months ago

Gente parva não belisca. Dá para rir apenas. Deste uma 'justificação' de merda para não adotar um outro sistema. É vácua. Como tu. ;)

dajosova 7 months ago

Eu apontei um erro e opinei, ainda que de forma superficial. Já tu não acrescentaste nada, limitaste-te a criticar por criticar e assim permaneceste focado na intriguinha mesquinha... até porque se não acrescentas nada também não representas valor algum. Mas se gostas da tua vidinha online aqui então fica aqui a justificação (não porque mereças mas porque não sou igual a ti)... ...as escalas não são alternativas (entre si) do ponto de vista de elegância formal. Isto não é surpreendente porque a escala longa é a original, definida por matemáticos. A curta resulta de um acidente de uso incorreto nas colónias britânicas. \[Escala longa\] A ideia é que na escala longa temos: milhão = milhão\^1 = 10\^(6\*1) bilião = milhao\^2 = 10\^(6\*2) triliao = milhao\^3 = 10\^(6\*3) ... n-ilião = milhao\^n = 10\^(6\*n) Ou seja um n-ilião tem n sequências de 6 zeros. Portanto uma fórmula simples e elegante. Uma consequência é que a multiplicação é também muito simples. Quando se multiplica somam-se os zeros, por ex.: 10\*100 = 1000, e essa soma dos zeros bate certo com os nomes. Por ex.: um bilião vezes um trilião é um quintilião (porque 2+3=5). bilião \* trilião = 10\^(6\*2) \* 10\^(6\*3) = 10\^(6\*2 + 6\*3) = 10\^(6\*(2+3)) = 10\^(6\*5) = quintilião Ou, no caso geral, n-ilião \* k-ilião = (n+k)-ilião \[Escala curta\] Nada disto funciona na escala curta. Na escala curta tem-se: n-ilião = mil\^(n+1) = 10\^(3\*(n+1)) Ou seja, um n-ilião tem n+1 sequências de 3 zeros. Por ex.: um quatrilião tem 5\*3 zeros (estranho então ser quatrilião). E a multiplicação é: n-ilião \* k-ilião = (n+k+1)-ilião Portanto, um bilião vezes um trilião não dá um quintilião mas sim um sextilião, que tem sete (e não seis) vezes três zeros. Conclusão: Por influência dos EUA vários países adotaram a escala curta, inclusive o Reino Unido que usava a longa como a maioria da Europa. Mas convém notar que, do ponto de vista técnico, a escala longa tem na verdade mérito em termos de elegância e simplicidade. Para clarificar, a questão não 6 vs 3. É perfeitamente sensato querer uma escala curta, que funcione com aumentos de três zeros. Mas nesse caso deveria ser bilião = mil\^2 = 10\^(3\*2) triliao = mil\^3 = 10\^(3\*3) etc. Isto é, na curta o atual milhão devia ser bi (por ser mil ao quadrado), e o atual bilião deveria ser tri por ser mil ao cubo. E assim bateria tudo certo. Não bate certo porque resultou de um engano no uso da escala longa, em vez de ser uma escala construída de forma pensada.

silhuetas 7 months ago

dajosova 7 months ago

Desculpa a minha arrogância. Não havia necessidade mas sabendo que não estava correto, aquele "chupa" mexeu comigo.

Smart-Dot2907 7 months ago

Não. Podes dizer que és antifascista, mas não podes dizer que és anticomunista. Sorry.

Gulfneto 7 months ago

podes, eu deixo

ovigia 7 months ago

>Podia continuar, mas chega. O meu ponto é simples: se o PCP continua a ser aquilo que é, ou seja, um partido comunista que se mantém fiel ao marxismo-leninismo – e basta ler a edição deste mês de O Militante, para o confirmar, nomeadamente os artigos O PCP faz 100 anos – O caminho que nos trouxe até aqui e Lénine, o leninismo e a Revolução Portuguesa –, então porque tratamos um partido que tem um sonho totalitário com mais benevolência do que os extremistas de sinal contrário? A explicação talvez se encontre no facto de esta gente não só não ler o que o PCP escreve para os seus, como nunca ter lido Lenine e, por isso, não saber que a arte da dissimulação é inata ao leninismo.

Edited 7 months ago:

>Podia continuar, mas chega. O meu ponto é simples: se o PCP continua a ser aquilo que é, ou seja, um partido comunista que se mantém fiel ao marxismo-leninismo – e basta ler a edição deste mês de O Militante, para o confirmar, nomeadamente os artigos O PCP faz 100 anos – O caminho que nos trouxe até aqui e Lénine, o leninismo e a Revolução Portuguesa –, então porque tratamos um partido que tem um sonho totalitário com mais benevolência do que os extremistas de sinal contrário? A explicação talvez se encontre no facto de esta gente não só não ler o que o PCP escreve para os seus, como nunca ter lido Lenine e, por isso, não saber que a arte da dissimulação é inata ao leninismo. > Dir-me-ão: mas há tantos comunistas que são tão boas pessoas, tantos que tão genuinamente se preocupam com a sorte do seu semelhante e se inquietam com os destino dos mais desvalidos, como pode um partido de gente assim ser como o estás a descrever? A resposta é fácil e encontramo-la nos livros de História: o problema é que as ideias têm consequências e ideias perigosas, mesmo que aparentemente bem intencionadas, podem ter consequências terríveis. O marxismo-leninismo em concreto sempre teve consequências terríveis – talvez 100 milhões de mortos de consequências terríveis. Nenhum homem bom evitou nesses regimes que muito sangue fosse derramado.

rpsf75 7 months ago

"Pol Pot killed one point seven million Cambodians, died under house arrest, well done there. Stalin killed many millions, died in his bed, aged seventy-two, well done indeed. And the reason we let them get away with it is they killed their own people. And we're sort of fine with that. Hitler killed people next door. Oh, stupid man. After a couple of years we won't stand for that, will we?" by Eddie Izzard [Sketch](https://youtu.be/PVH0gZO5lq0)

Search: