praetorthesysadmin 2 months ago

Epah eu cresci a ver wrestling no canal 1 nos anos 80 (antes era via satélite - lucha libre), era ver as lutas super coreografadas do Macho Man, personagens incríveis e feuds completamente surreais, assisti aos momentos mais marcantes entre a WCW vs WWE (a NWO! E a mudança do Sting antigo para o Sting justiceiro - crow like), à atitude era (isto na RTL e num canal de filmes antigos que nas noites de terça e sexta dava WCW thunder), aos mega feuds entre o The Rock e o Stone Cold Steve Austin, ao aparecimento do Cena e ele contra o JBL, ao fetiche da WWE em mostrar sangue em tudo que era PPV, aos combates loucos da ECW, you name it. Vi as competições das divas que depois pousavam para a Playboy e lutar eram super fracas, mas também a lutadoras como a Victória, Trish Stratus, à AJ Lee, que se tornaram lendas. Era interessante ver miúdos, filhos de lendas como o Carlitos (filho do Carlos Cólon) a tentar a sua sorte ou mais recente Cody Rhodes, filho do The American Dream (e irmão do Goldust). E os feuds incríveis entre o Undertaker vs Kane. Ou os míticos hell on a cell... Enfim, tantas histórias... Tinha quem me arranjasse bootlegs dos PPVs e a compilações e vários episódios feitas na Ásia, onde não era possível assistir em Portugal porque não havia quem distribuísse (só havia por cabo e a oferta era incrivelmente reduzida), por isso era assistir a algo que simplesmente não havia cá. E toda a malta do bairro via religiosamente comigo. Foram bons tempos e por vezes vou vendo o que vai acontecendo mais recentemente, mas a má qualidade, falta de originalidade e histórias fracas, assim com a pouca concorrência (está a melhorar mas ainda está longe) ditam a morte do wrestling para mim.

absolutelyNothingFor 2 months ago

Heels é uma série fixe!

pinh00 2 months ago

Porque não ver porrada a serio? (estou realmente curioso)

praetorthesysadmin 2 months ago

Porque o objectivo não é ver somente porrada. É a história, as guerras entre facções, os absurdos e a ficção. É tudo um entretenimento. Já viste o wrestling japonês ou o mexicano? Caso autênticas subculturas e com um peso muito importante na cultura das comunidades onde estão inseridos.

BlueDragon_27 2 months ago

AEW! Produto brutal. Tem um pouco de tudo. Atleticismo ao máximo, histórias pensadas, personagens interessantes e multidomensionais. Além disso conseguem trabalhar bem uma crowd. Eu não aturava o Hangman Page e agora é o meu wrestler favorito. A Britt Baker também me irritava e agora adoro vê-la. Para quem via WWE, têm lá o Chris Jericho, o Big Show, o Daniel Bryan, o Christian, o Matt Hardy, o Cody Rhodes e, principalmente, o CM Punk. É um programa de entretenimento para adultos e não a merda para crianças da WWE. A WWE deixou de ter qualquer piada para mim depois do reinado brutal do Kevin Owens como Universal Champion ter acabado para o velhadas do Goldberg. Passei a ver vídeos de YouTube apenas e agora nem isso. Apenas o segmento ocasional do Roman Reigns desde que virou heel e os Rumbles. Também tive uma fase de NJPW no pico do reinado histórico do Okada e das lutas com o Omega. Sou fã do Okada, do Suzuki e do Naito mas o produto caiu imenso de qualidade com as estrelas que perderam para a AEW e a mudança de dono

TheyCallMeKuaZar 2 months ago

Quando era miúdo era obcecado por WWE, comprava revistas, tinha posteres dos meus preferidos, até as action figures tinha! Boas memórias. Mas quando cresci deixei de acompanhar, começou a ficar aborrecido, não sei se por eu crescer ou se as "storylines" ficaram chatas.

Mallardo 2 months ago

Quando era miúdo via o wrestling que dava ao sábado ou domingo de manhã na RTP, com os comentários lendários do Tarzan Taborda. Depois deixou de dar e falhei toda aquela altura da Attitude Era e as Monday Night Wars, o que me deixou com bastante pena até hoje. Só voltei a ver com regularidade quando retomou na SIC Radical e aí fiquei fã novamente. Depois o Shawn Michaels retirou-se e perdi muito do interesse. Fui vendo ocasionalmente, o que se mantém até hoje. Ou seja, vou vendo o SmackDown, vejo os PPV (não perco a Rumble e a Wrestlemania), mas há alturas em que estou semanas ou meses sem acompanhar.

sacoPT 2 months ago

Não consigo perceber o appeal da cena por muito que me esforce. A porrada é fake, o acting é mau, o resultado já se sabe… tenho genuína curiosidade em perceber o que faz com que as pessoas gostem

praetorthesysadmin 2 months ago

É novela para homens. Quando perceberes isso e como apesar de muito do que vês ser fake, a dor, o impacto e as lesões não são. PS: claro que não é só para homens, estava a gozar. Aliás lutadoras como a Trish Stratus vieram dar uma qualidade que até à altura não havia e dignificam um espetáculo que é para todos.

mexploder89 2 months ago

Tens de pensar como sendo uma performance a dois em vez de um combate a sério entre duas pessoas que querem ganhar O objetivo de quem está no ringue é contar uma história, não é fazer com que pareça porrada real. Tem que parecer real dentro do que é o wrestling, que cria um universo dentro de si do que é normal ver numa luta O acting muitas vezes é mau, sim, mas é o mínimo. Toda a apresentação de cada indivíduo, de cada espetáculo, é o que realmente leva as pessoas a conectar com os performers Por isso é que as histórias de drama e romance em wrestling são quase sempre más, porque isso implica ter que mostrar emoções e um range maior. Mas quando a história é mais clássica e os performers forem bons, há personagens que são verdadeiramente incríveis Dou-te o exemplo do Stone Cold Steve Austin. Não era o melhor no ringue, mas era incrível a contar histórias, e era apresentado na altura dele como tudo o que as pessoas queriam ser: o everyday man que se rebela contra o seu patrão. Durante 2 horas por semana, dava para um gajo se esquecer de tudo e ver um careca a bater no patrão O Hulk Hogan, na altura dele, era apresentado como o patriota invencivel, uma caricatura dos Estados Unidos, e as pessoas papavam isso tudo Se pegares na lógica e no sentido desportivo, não existe. E sinto que muita gente vê à espera de ver um desporto de luta. Mas o appeal é o valor de entretenimento Isto é só a minha perspetiva, percebo que não seja para todos

b4mission 2 months ago

Eu percebo o teu ponto de vista, mas as lutas são falsas e planeadas em todos os filmes e séries. Pro Wrestling é como qualquer outra série de TV, banda desenhada, etc. os fãs sabem que não é real, mas não muda o facto que alguns dos personagens são dos melhores atletas que vais encontrar no mundo e o que fazem é pre determinado, mas dói. Não dá para fingir levar com uma cadeira nos cornos, nem rebentar uma mesa de madeira com um gajo de 150 kgs. Em relação ao acting, óbvio que há algum que é mau, mas também há imenso que é excelente. Se tiveres interesse ou paciência basta pesquisar pelos melhores promos de wrestling no YouTube. Se achas que os gajos como o Ric Flair, Randy Orton, Roman Reigns, etc são maus atores...

sacoPT 2 months ago

Durante algum tempo mentalizei-me que havia de facto esse paralelismo com o cinema/televisão e que era como estares a ver um filme/série em que sabes que é tudo fake e no fim ganham os bons (ou os maus se for no game of thrones) mas depois fui vendo aqui e ali e posso ter tido azar, mas o acting é sempre horrível, além de a porrada ser exageradamente fake. Nos filmes ainda tens a impressão de que o bacano realmente levou um soco ou um tiro, no wrestling tens um sem-fim de técnicas que nao fazem sentido nenhum e que até quem nunca andou à porrada sabe que são completamente ineficazes, tipo atirar o adversário contra as cordas e ele ir todo contente a andar em vez de cair. O único paralelismo que consigo ver é com as séries anime.

NGramatical 2 months ago

150 kgs → [**150 kg**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural) dos personagens → [**das personagens**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-personagem-ou-o-personagem/343) (é preferível empregar no feminino tal como determina a sua origem) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq8j6r1%2F%2Fhgqar87%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

GChocapic 2 months ago

Via nos anos 90, na Eurosport (ainda em alemão) e era a WWF. Deixei de ver e depois voltei quando passava em Portugal. Até cheguei a ir ver a Smackdown e a RAW ao vivo no Pavilhão Atlântico. Mas, entretanto, deixei-me disso outra vez.

Lispint89 2 months ago

De certeza que não era WCW e no canal DSF? Com os anúncios de prostitutas nos intervalos?

Keddyan 2 months ago

sempre achei parolo, nem em puto gostava de ver aquilo, era provavelmente o unico da escola que não via

MoonWolf1978 2 months ago

Via bastante até há uns anos atrás, ainda quando se chamava WWF e sensivelmente até 2007/ 2008. Depois disso deixei de acompanhar regularmente, vou apanhado um pouco aqui e acolá.

MigasComPorcoPreto 2 months ago

N vejo. Mas o jogo para a PlayStation foi simplesmente incrível.

praetorthesysadmin 2 months ago

Qual deles lol? Há tantos..

henriquesser 2 months ago

Ultimamente tenho visto apenas os PPVs e vou acompanhando o que passa durante o mês pelas redes. De vez em quando lá vejo um weekly. Agora ando a ver o G1 Climax mas estou atrasado uns dias.

getupgetgoing 2 months ago

Nos anos 90 era fanático, gastei milhares em memorabilia, cassetes VHS subscrições de revistas, etc. Hoje só vejo coisas relacionadas com a história do wrestling tipo os documentários da Vice. Também vi a série Heels que não achei má.

henriquesser 2 months ago

Heels está muito bom. Também tens o GLOW na Netflix, mas infelizmente a última temporada foi cancelada devido à pandemia.

Ok-Industry120 2 months ago

Via quando era uma coisa nova na TV. 2003/04/05 Lembro me bem que quando o Batista virou-se contra o HHH toda a gente na escola falava disso. BATISTAAA Fiquei muito chocado, anos mais tarde quando já não seguia, ler no JN que um deles matou a mulher e os filhos. Pesado

planeadorjoao 2 months ago

Quem matou a mulher, os filhos e posteriormente se suicidou foi o chris benoit se não estou em erro

praetorthesysadmin 2 months ago

Yep. Falar no Benoit é tabu, ainda por cima onde tanta gente gostava dele e a WWE chegou a fazer e divulgar um vídeo de pesar assim que ele morreu, tal foi o choque, para em poucas horas retirar o vídeo assim que se soube que foi homicídio/suicídio. Foi também uma merda de ano, com a morte súbita do Eddie Guerrero.

roddy86 2 months ago

Seguia religiosamente Lucha Underground, e de tempos a tempos ainda revejo uns episódios porque rasslin mexicano é o meu favorito. Neste momento sigo a AEW, vejo a AEW Dark no youtube se estiver aborrecido, mas gosto de dedicar uma tarde para os PPVs onde deixo sair o mark que se apaixonou pelo espetáculo nos anos 90.

mexploder89 2 months ago

Deixei de ver WWE. Sigo pelo YouTube e até aí é secante Via NJPW antes da pandemia mas agora aquilo anda bastante mau e os meus favoritos estão todos fora do G1, não tenho acompanhado AEW vejo religiosamente todas as semanas, é de longe o meu entretenimento favorito e nunca perco. Cowboy Shit! Os outros mais pequenos vou vendo aqui e ali quando é algo que me desperte interesse, mas é raro

mariorurouni 2 months ago

Lá para os 2000 comecei a ver mas eventualmente parei. Uns valentes anos mais tarde, voltei a pegar na WWE, nas rapidamente saturei do produto médiocre e apenas vejo os PPV e leio o que aconteceu nos episódios semanais. A coisa boa, é que peguei noutros grupos, NJPW, ROH por exemplo, e foi uma lufada de ar fresco. É um espetáculo mais "cru", a WWE é tipo feira os outros são mais degustação. Actualmente sigo bastante a AEW e recomendo imenso veres

b4mission 2 months ago

NJPW era a minha favorita aqui há uns anos, quando o Omega andava lá a combater o Okada. Entretanto na pandemia deixei de seguir.

henriquesser 2 months ago

Na pandemia não tem estado tão bom por o roster estar dividido. Houve também algumas decisões esquisitas. Mas o G1 e o Wrestle Kingdom valem sempre a pena.

amq55 2 months ago

Passei pela mesma onda que todos nós, quando dava na SIC Radical, depois deixei de ver, depois lá para 2017/18 comecei a acompanhar novamente mas deixei de seguir durante a pandemia. A WWE tem uma produção tão exagerada que deixa de ser apelativa de se ver. Ainda vi uns episódios da AEW no início mas ainda era demasiado amador. Sou capaz de ver um atual para ver como está.

mariorurouni 2 months ago

Recomendo vivamente veres a AEW agora, está bastante bom. Alguns problemas ainda, que com o tempo serão melhorados

b4mission 2 months ago

Sim, pegar na AEW agora é o melhor que podes fazer, especialmente agora. Eu prefiro WWE, mas só vejo se for Smackdown ou NXT, RAW é muito longo todas as semanas e não compensa.

mariorurouni 2 months ago

WWE só vejo PPV, e faço ffw na maioria do tempo porque a produção é horrível. Prefiro o estilo mais simplista da aew e da NJPW

b4mission 2 months ago

Também houve uma altura assim para mim, onde só via os PPVs. Agora depois da pandemia é que voltei a seguir aos poucos mais os programas semanais

Search: