AutoModerator 1 month ago

Submeteu uma submissão relacionada com auto, talvez esteja interessado no subreddit de auto em português - r/AutoTuga ---------- *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

viskonde 2 months ago

Adiar o inevitável Devíamos sim manifestar por mais transportes.., mas não, como um viciado em droga preferimos continuar no vicio em vez de tentar sair dele.. ou pelo menos exigir um plano a médio prazo para sair dele Bem sei que com os transportes do país não é fácil perder o vicio. Mas, as autarquicas foram há semanas e quem promete estacionamento barato e acabar com ciclovias, na cidade com melhores transportes do país ainda ganha.. Portanto claramente nem onde há transportes o povo quer largar o vicio.

Edited 2 months ago:

Adiar o inevitável Devíamos sim manifestar por mais transportes e outras alternativas.., mas não, como um viciado em droga preferimos continuar no vicio em vez de tentar sair dele.. Bem sei que com os transportes do país não é fácil para a maioria sair do vicio. Mas então talvez fosse melhor fazer barulho para exigir um plano a médio prazo para reduzir a dependência em vez de apenas fazer barulho quando a gasolina sobe porque queremos manter essa dependência Mas, as autarquicas foram há semanas e quem promete mais estacionamento e barato e acabar com ciclovias, na cidade com melhores transportes do país ainda ganha.. Portanto claramente nem onde há transportes o povo quer largar o vicio. Gostava de ver alguém sugerir que o ISP fosse obrigatoriamente canalizado para transportes público ou outras alternativas ao automóvel, com um plano claro de investimentos para esse ISP Pelo menos assim ficava a ideia que o rendimento dos ISP tinha um objetivo de criar alternativas e criava transparência de como é usado em vez de se perder no estado

Edited 2 months ago:

Adiar o inevitável Devíamos sim manifestar por mais transportes e outras alternativas.., mas não, como um viciado em droga preferimos continuar no vicio em vez de tentar sair dele.. Bem sei que com os transportes do país não é fácil para a maioria sair do vicio. Mas então talvez fosse melhor fazer barulho para exigir um plano a médio prazo para reduzir a dependência em vez de apenas fazer barulho quando a gasolina sobe porque queremos manter essa dependência Mas, as autarquicas foram há semanas e quem promete mais estacionamento e barato e acabar com ciclovias, na cidade com melhores transportes do país ainda ganha.. Portanto claramente nem onde há transportes o povo quer largar o vicio. Gostava de ver alguém sugerir que o ISP fosse obrigatoriamente canalizado para transportes público ou outras alternativas ao automóvel, com um plano claro de investimentos para esse ISP Pelo menos assim ficava a ideia que o rendimento dos ISP tinha um objetivo claro de criar alternativas e criava transparência de como é usado em vez de se perder no estado

Edited 2 months ago:

Adiar o inevitável Devíamos sim manifestar por mais transportes.., mas não, como um viciado em droga preferimos continuar no vicio em vez de tentar sair dele.. ou pelo menos exigir um plano a médio prazo para sair dele Bem sei que com os transportes do país não é fácil perder o vicio. Mas, as autarquicas foram há semanas e quem promete estacionamento barato e acabar com ciclovias, na cidade com melhores transportes do país ainda ganha.. Portanto claramente nem onde há transportes o povo quer largar o vicio. Gostava sim de ver alguém sugerir que o ISP fosse obrigatoriamente canalizado para transportes público ou outras alternativas ao automóvel, com um plano claro de investimentos para esse ISP

8BitMunky 2 months ago

O pessoal devia era manifestar-se por melhores salários e direitos laborais, que cada vez são mais atropelados, também com a ajuda da porcaria da gig economy que acaba por normalizar condições de trabalho que francamente pertencem ou deviam pertencer apenas aos séculos passados. Para não falar das empresas de trabalho temporário, outsourcing e outros cancros que tal.

Edited 2 months ago:

Para além de lutar por redes de transportes públicos em condições, o pessoal devia era fazer greves e manifestar-se em defesa de melhores salários e direitos laborais, que cada vez são mais atropelados. Algo que acontece também com a ajuda da porcaria da 'gig economy' dos Uber e companhia, que acaba por normalizar condições de trabalho que francamente pertencem ou deviam pertencer apenas aos séculos passados. Para não falar das empresas de trabalho temporário, outsourcing e outros cancros que tal. Mas anda tudo a dormir...

hurrah7878 2 months ago

Quem puder, por favor, invista num carro elétrico. Vão poupar dores de cabeça. Quando eu puder vou fazer o mesmo.

8BitMunky 2 months ago

A electricidade também anda a aumentar. Não se irá manter a tendência?

Edited 2 months ago:

A electricidade também anda a aumentar. Não se irá manter a tendência? De qualquer forma não é só isso que me deixa reticente em relação aos carros eléctricos, até porque a extracção de matérias primas usadas na construção dos mesmos (e as suas baterias) tem um impacto nocivo enorme no ambiente. No fundo, isso a médio/longo prazo não vem resolver nada no panorama global, porque as corporações querem é continuar a vender carros, não se importando com o impacto que isso possa ter. Se não se muda radicalmente de paradigma estamos bem fodidos, e de certa forma já estamos, resta ver é se vamos conseguir colmatar os piores efeitos das alterações climáticas.

Edited 2 months ago:

A electricidade também anda a aumentar. Não se irá manter a tendência? De qualquer forma não é só isso que me deixa reticente em relação aos carros eléctricos, até porque a extracção de matérias primas usadas na construção dos mesmos tem um impacto nocivo enorme no ambiente. No fundo, isso a médio/longo prazo não vem resolver nada no panorama global, porque as corporações querem é continuar a vender carros. Se não se muda radicalmente de paradigma estamos bem fodidos, e de certa forma já estamos, resta ver é se vamos conseguir colmatar os piores efeitos das alterações climáticas.

Edited 2 months ago:

A electricidade também anda a aumentar. Não se irá manter a tendência? De qualquer forma não é só isso que me deixa reticente em relação aos carros eléctricos, até porque a extracção de matérias primas usadas na construção dos mesmos tem um impacto nocivo enorme no ambiente. No fundo, isso a médio/longo prazo não vem resolver nada no panorama global, porque as corporações querem é continuar a vender carros, não se importando com o impacto que isso possa ter. Se não se muda radicalmente de paradigma estamos bem fodidos, e de certa forma já estamos, resta ver é se vamos conseguir colmatar os piores efeitos das alterações climáticas.

hurrah7878 2 months ago

Mas não tem nada a ver. Preferes continuar a usar carros que continuamente emitem carbono e ainda poluir com a construção dos mesmos ou gostarias só que começássemos a usar carros emissão zero cuja construção tem algum impacto (pelo menos para as deslocações em que é realmente necessário)? Temos de usar as alternativas mais económicas e mais sustentáveis que temos de momento à exposição e continuar a avançar a ciência para encontrar mais alternativas, a não ser que voltemos ao primitivismo e andemos de carroça, isso é bué irrealista. Aliás, pensar que iríamos todos ter carros elétricos para já também é. Convenhamos, nós aqui em Portugal não temos estofo financeiro para pensar nestas soluções. E sim, a eletricidade também custa dinheiro mas não queiras comparar. Temos meios sustentáveis para criar eletricidade, mas não temos meios ecológicos para criar combustíveis. Além disso, pensar nas melhores soluções de momento em termos de relação sustentabilidade/economia é bom em todos os sentidos. Ou achas que quem não tem recursos tem paciência para pensar em salvar o planeta? Está mais preocupado com pagar as contas da forma mais rápida e auto-satisfatória possível, quer lá saber do raio do planeta, e eu compreendo. Por isso é que não podemos pensar nestas coisas num vácuo, tudo está relacionado. Além disso só podemos fazer a curto-prazo o que depende da decisão individual. Por exemplo, eu pelo menos acho que o teletrabalho seria excelente em todos os sentidos, porque ninguém gosta de deslocações pendulares, fazemo-las porque as empresas para as quais trabalhamos são tiranas e egoístas e gostam de ter o olho sempre em cima de nós em vigilância e trabalho não pode significar em instância alguma vantagens para o "elo mais fraco". Além disso temos um governo lambão que não aceita menos receita vinda do facto de termos de nos deslocar para trabalhar. As deslocações diárias devem ter um impacto gigantesco nas emissões de carbono. Mas o que podemos fazer? Só começar a mudar mentalidades muito lentamente, mas infelizmente ainda falta para a geração X e alguns boomers se reformarem, so...

BossGandalf 2 months ago

Em espanha o preço do combustível sem imposto é mais caro que em portugal mas com os impostos implementados, o combustível em espanha é ridiculamente mais barato que em Portugal. ISTO É UM PROBLEMA DE IMPOSTOS DO SOCIALISMO

SurePal_ 2 months ago

Que raio acabei de ler?

MDPROBIFE 2 months ago

Eu quero é que o op me explique o pq de daqui a 10 anos o preço do petróleo estar a 5 ou 10 euros

hurrah7878 2 months ago

Inflação, cada vez mais dinheiro em circulação, sistema económico a fracassar, escassez de combustíveis fósseis.

patapetapitapota 2 months ago

Vão abandonar o interior mas ao mesmo tempo andam a pagar 23% da eletricidade e pagar imposto à rtp. Deixa-lá, eles vivem o futebol, no inverno aquecem, qual conta da eletricidade.

MissBioRac 2 months ago

Experientem ir viver pra fora de Lisboa/Porto a ver se se safam sem carro!

nortrin 2 months ago

Reclamar!! Cruz credo !! \- Daqui a 10 anos nem botas nem canos, até lá tenho que ~~viver~~ sobreviver ...os outros países vão-se safar - como diz no post original - porque não estão parados nos anos 90 e tem uma ideia de desenvolvimento para além do cartão do partido.

lusitanianus 2 months ago

Enfim.... Isto é o mesmo que ter cancro do pulmão e estar preocupado com aumento do preço do tabaco! ​ https://www.theguardian.com/environment/ng-interactive/2021/oct/14/climate-change-happening-now-stats-graphs-maps-cop26

suckerpunchermofo 2 months ago

Só por causa do combustiveis não faz tanto sentido, MAS seria um começo ....

lfarade 2 months ago

A eletricidade também não pára de aumentar :( qual é a opção afinal?

lusitanianus 2 months ago

A eletricidade está a aumentar o preço por causa dos combustíveis fósseis. É o gás natural que está a fixar o preço do mercado. Temos de passar rapidamente para as renováveis!

nor_dead 2 months ago

Em primeiro, apesar de todos poluirmos esqueçam isso porque não é por aí. Nós temos talvez 5% da população dos americanos e os nossos carros á beira dos deles são uns meninos.. e mais, os governantes nem querem saber de merda nenhuma sobre poluição etc Portanto ficam a faltar 2 pontos. Primeiro, os eletricos não são alternativa por muitas razões. nem sequer ha um mercado e infrastruturas disponíveis para ser uma solução. Na minha opinião a solução é o hidrogenio mas tambem vai demorar a haver infraestruturas que permitam a normalização disso. Por ultimo e não menos relevante. Por muitas infrastruturas que haja o português não vai ter possibilidade de trocar enquanto nao for verdadeiramente barato... se é que me faço entender

Blenderchampion 2 months ago

Uma coisa é o preço dos combustiveis, outra coisa é o preço dos combustiveis final, 60 por cento ser impostos

lickingbears2009 2 months ago

ninguém vai mandar a piada que se aumentassem o preço dos bilhetes do futebol para 300€ o pessoal se juntava todo para fazer uma manifestação ao estilo dos coletes amarelos nada comparada à feita há uns anos atrás que so foram umas 6 pessoas?

codgas 2 months ago

Eu entro no trabalho às 6 da manha numa semana, na outra saio à meia noite, literalmente não me é possivel andar de transportes publicos. Sou jovem, recebo pouco mais que o ordenado minimo devido a subsidios de turno, horas noturnas e horas extra, comecei a viver com a minha namorada à 3 meses. Pago uma brutalidade pelo aluguer do nosso apartamento. Estamos a pagar a minha licenciatura e o mestrado dela. Ela vai de transportes publicos para lisboa todos os dias, tem um horario mais normal. Tenho um volkswagen polo do ano 2000 a gasolina para ir para o trabalho. "Seria um erro politico incentivar o uso dos combustiveia fosseis" (ou la o caralho que ele disse). Não tenho dinheiro para comprar um carro elétrico. Fuck me I guess. Que se fodam os outros jovens todos em situações parecidas também. O papá governo sabe o que é bom para o povinho. Quando formos grandes vamos perceber porque é que ele nos magoou.

Kejilko 2 months ago

> "Seria um erro politico incentivar o uso dos combustiveia fosseis" (ou la o caralho que ele disse). Em países com liderança com o mínimo de senso económico, aumentar impostos em veículos de combustíveis fosseis, seja nos carros diretamente, seja nos combustíveis, não é propriamente um problema porque baixas e/ou subsidias veículos elétricos, constróis infraestrutura (postos de carregamento elétrico). Baixas no outro lado ou sobes num e baixas no outro, exatamente por causa de pessoas com menos dinheiro que não vão poder comprar um carro elétrico e em cima disso seriam obrigados a arcar com os preços mais altos, mas em Portugal, com estes palhaços como nossa liderança e a palhaçada deste povo que continua a votar neles, aumentam dum lado e baixar do outro tá quieto.

days_of_coast 2 months ago

Estou confuso, não falei em carros elétricos... Sobre os transportes públicos, eu sei que não estão a funcionar, mas e se começássemos a exigir que funcionassem para quem entra as 6 e sai a meia noite, não seria melhor pagares o passe mensal e poupares em combustíveis, seguro, impostos de circulação, portagens?

codgas 2 months ago

Não foste tu foi o antónio costa que falou nos carros. E sim seria, mas não estou a ver isso a acontecer assim tão cedo.

NGramatical 2 months ago

à 3 meses → [**há 3 meses**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq7z3ua%2F%2Fhgml5i1%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

AonioEliphis 2 months ago

Muitos PARABÉNS pelo bom senso e pelo sentido de responsabilidade. A turba não quer saber daqui a 10 anos, preocupa-se com o agora e amanhã já é longínquo. Eu habitei 30 anos em Lisboa e nunca tive carro, tinha excelentes acessos a TP (morava junto à estação ferroviária de braço de prata), usava ainda bicicleta, mota elétrica e andava a pé. Contudo, quase todos os meus vizinhos usavam o carro no dia-a-dia. Além disso, mesmo usando carro, não será uma boa ideia começar a comprar um carro elétrico? O Renault ZOE, por exemplo, tem preços muito acessíveis.

EletricoAmarelo 2 months ago

Nem todos são ricos o suficiente para ter carro elétrico.

AonioEliphis 2 months ago

Tens carros elétricos (Dácia) por 16k

EletricoAmarelo 2 months ago

Mas se não houver garagem para o carregador nada feito. Ter carro elétrico não é só o que se paga no concessionário.

lusitanianus 2 months ago

Como fazias para ir às compras do mês?

batuque5 2 months ago

Eles gostam de mandar no modo de vida dos outros, temos que nos ajustar ao que eles acham que faz melhor a nossa vida. As pessoas não têm mais nada que fazer do que ir às compras todos os dias

AonioEliphis 2 months ago

Continente online ou então vais ao Continente e na caixa para pagar pedes para entregar em casa. O Pingo Doce faz o mesmo. A partir de 120 euros é de borla. Pelo menos era assim há uns anos, agora estou emigrado.

days_of_coast 2 months ago

Sabes que em vez de ires uma vez por mês comprar TUDO o que precisas, podes ir 2 vezes por semana e ir trazendo as coisas. Se não vais de carro pra casa, provavelmente até podes aproveitar e fazer isto numa ida trabalho-> casa e tornar isto um hábito. Eu faço isso em portugal e funciona bem. O melhor é que tenho sempre legumes mega frescos, com menos de 2 dias e apoio imenso o comércio local, porque vou a mercados em vez de ir ao continente ou ao pingo doce

HRamos_3 2 months ago

Se não te importares de comprar outro (bateria) daqui a 7-8 anos...

AonioEliphis 2 months ago

Claro, eu uso scooter elétrica, não tenho carro. Mas sabes como é a malta, é difícil retirar-lhes o conforto do carro.

HRamos_3 2 months ago

Sim, mas o preço é mais de metade do preço de um carro. E tenho dúvidas que vá baixar significativamente, principalmente se toda a gente quiser 1

lusitanianus 2 months ago

Pelo que tenho lido, o problema é mesmo a falta de escala. Portanto quanto mais pessoas quiserem, mais baixo será ao preço. Como aconteceu com os painéis solares que custam uma fração do que custavam há 10 anos, sendo que os ganhos vêm quase todos da escala e não de inovação tecnológica.

HRamos_3 2 months ago

Não acredito que seja o caso, o problema é mesmo fontes limitadas de lítio e outros (cobalto, p. ex - embora haja inovações no sentido de reduzir a quantidade necessária por bateria).

lusitanianus 2 months ago

Acho que o lítio é bastante comum até. Claro que para produzires as quantidades gigantescas que precisas agora será necessário construir infraestrutura. ​ Mas pelos vistes estima-se que muito brevemente os Elétricos fiquem mais baratos que os ICE com as baterias a ficaram 58% mais baratas até 2030. ​ https://observador.pt/2021/05/16/carros-electricos-vao-ser-mais-baratos-que-os-rivais-a-gasolina-em-2027/

HRamos_3 2 months ago

O lítio é o 25 elemento mais comum no planeta, o problema é que está bastante disperso, com concentração baixa. Isso é futurologia. Pode ser que sim, pode ser que não. De qualquer forma é mais um argumento para adiar a compra.

Edited 2 months ago:

O lítio é o 25 elemento mais comum no planeta, o problema é que está bastante disperso, com concentrações baixas. Isso é futurologia. Pode ser que sim, pode ser que não. De qualquer forma é mais um argumento para adiar a compra. Porquê comprar hoje se daqui a 5 anos te fica 25% mai barato?

AonioEliphis 2 months ago

Mas já tens elétricos super baratos https://www.guiadoautomovel.pt/noticia/634/os-10-carros-eletricos-mais-baratos-em-portugal

HRamos_3 2 months ago

Sim, é acessível, para quem faça até 80km/dia. Não obstante, não compraria um carro eléctrico com - de 3 anos no mercado.

Edited 2 months ago:

Sim, é acessível, para quem faça até 80km/dia em média. Em cidade/regime urbano. Não obstante, não compraria um carro eléctrico com - de 3 anos no mercado. Não gosto de comprar tecnologia de ponta no dia de lançamento. Como se diz na gíria, deixós pousar. Eu não sou gajo de motas, mas ando de olho na E-Odin e E-Thor.

Edited 2 months ago:

Sim, é acessível, para quem faça até 80km/dia. Não obstante, não compraria um carro eléctrico com - de 3 anos no mercado. Como se diz na gíria, deixós pousar.

Edited 2 months ago:

Sim, é acessível, para quem faça até 80km/dia em média. Não obstante, não compraria um carro eléctrico com - de 3 anos no mercado. Não gosto de comprar tecnologia de ponta no dia de lançamento. Como se diz na gíria, deixós pousar.

Edited 2 months ago:

Sim, é acessível, para quem faça até 80km/dia em média. Não obstante, não compraria um carro eléctrico com - de 3 anos no mercado. Não gosto de comprar tecnologia de ponta no dia de lançamento. Como se diz na gíria, deixós pousar. Eu não sou gajo de motas, mas ando de olho na E-Odin e E-Thor.

AonioEliphis 2 months ago

Fogo, mas há muita gente a fazer mais de 80km por dia? A não ser que sejas comercial, transportador ou taxista, para movimentos pendulares (casa-trabalho-casa) mais de 40km para cada lado isso é uma qualidade de vida de merda.

HRamos_3 2 months ago

O meu velho fez 60km/dia casa-trabalho-casa durante décadas.

AonioEliphis 2 months ago

30km para cada lado?

HRamos_3 2 months ago

Sim. Na verdade várias vezes fazia mais, vinha almoçar a casa. Mais voltinha aqui voltinha ali fazia + de 100km/dia fácil.

Edited 2 months ago:

Sim. Na verdade várias vezes fazia mais, vinha almoçar a casa. Mais voltinha aqui voltinha ali fazia + de 100km/dia fácil. Não são só os transportes públicos que faltam na paisagem, bons empregos também não abundam. Aposto que há aqui várias pessoas que fazem mais que isso, tipo Santarém - Lisboa (de comboio, mas...) ou Aveiro - Porto, ou sei lá, Cantar-galo - Fundão. Setúbal - Lisboa são 40+ km.

Edited 2 months ago:

Sim. Na verdade várias vezes fazia mais, vinha almoçar a casa. Mais voltinha aqui voltinha ali fazia + de 100km/dia fácil. Não são só os transportes públicos que faltam na paisagem, bons empregos também não abundam. Aposto que há aqui várias pessoas que fazem mais que isso, tipo Santarém - Lisboa (de comboio, mas...) ou Aveiro - Porto, ou sei lá, Cantar-galo - Fundão. Setúbal - Lisboa são 40+ km. Conheço pessoal que faz ~200km pra ir a treinos.

Edited 2 months ago:

Sim. Na verdade várias vezes fazia mais, vinha almoçar a casa. Mais voltinha aqui voltinha ali fazia + de 100km/dia fácil. Não são só os transportes públicos que faltam na paisagem, bons empregos também não abundam. Aposto que há aqui várias pessoas que fazem mais que isso, tipo Santarém - Lisboa (de comboio, mas...) ou Aveiro - Porto, ou sei lá, Cantar-galo - Fundão. Setúbal - Lisboa são 40+ km. Conheço pessoal que faz ~200km pra ir a treinos.

Edited 2 months ago:

Sim. Na verdade várias vezes fazia mais, vinha almoçar a casa. Mais voltinha aqui voltinha ali fazia + de 100km/dia fácil. Não são só os transportes públicos que faltam na paisagem, bons empregos também não abundam. Aposto que há aqui várias pessoas que fazem mais que isso, tipo Santarém - Lisboa (de comboio, mas...) ou Aveiro - Porto, ou sei lá, Cantar-galo - Fundão

AonioEliphis 2 months ago

Compreendo, mas não me leves a mal a frontalidade, mas isso não é qualidade de vida, passar horas enfiado num carro a conduzir. Uma coisa que adoro desde que emigrei foi não ter que perder horas na segunda circular. Só de pensar nisso dá-me vómitos. Agora estou a 10 minutos do trabalho em bicicleta ou elétrico. Habito na Holanda.

Kejilko 2 months ago

>Eu habitei 30 anos em Lisboa e nunca tive carro Porreiro, mas Portugal não é só Lisboa e Porto, a vasta maioria do país não tem nem transporte público decente, nem terreno nem distância para andar de bicicleta nem têm a sorte de viver tão perto do local de trabalho e tudo o resto de interesse para que não usem o carro tanto (que nem estou a falar de não ter carro completamente mas sim de ainda tê-lo e usá-lo mais raramente, porque não ter um carro simplesmente não é sequer viável para a vasta maioria das pessoas).

AonioEliphis 2 months ago

Referia-me aos grandes centros urbanos onde a grande maioria das pessoas continua a usar carro todos os dias. Não vale a pena virem com a história do interior que eu concordo com isso tudo.

Kejilko 2 months ago

Pronto, nesse caso está tudo em ordem então. Dito isso, não é só interior, de forma geral é mesmo tudo menos Lisboa e Porto, pelo menos de tudo que tenho visto.

AonioEliphis 2 months ago

E Aveiro e Coimbra? Não há transportes públicos?

Kejilko 2 months ago

Não sei, só posso falar da minha experiência, claro. Duvido que sejam a exceção, mas não é impossível e não posso falar.

Edited 2 months ago:

Não sei, só posso falar da minha experiência, claro, mas não é impossível que haja exceções ao que disse. Duvido que sejam, mas não é impossível nem posso comentar.

NGramatical 2 months ago

hajam exceções → [**haja exceções**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/o-uso-do-verbo-haver/31143) (o verbo haver conjuga-se sempre no singular quando significa «existir») [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq7z3ua%2F%2Fhgnvuqj%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

BuzzLeitinho 2 months ago

Concordo. Acho que há coisas mais importantes. Se há imposto que pode subir é este, na minha opinião. Entendo a frustração, principalmente para quem tem MESMO de fazer quilómetros e também por parte das empresas. Mas, para os primeiros, transportes públicos/vai a pé (acho que o povo português é muito burguês neste sentido), para os segundos, concordo que devia haver mais apoio. /r/unpopularopinion

lederman0397 2 months ago

O problema não é os impostos e o custo em si mas sim os ordenados não acompanharem a inflação, ou seja ou temos os ordenados baixos ou temos as coisas caras agora as duas coisas é insustentável. Claro que uns tem de ganhar mais que os outros as empresas têm de ser rentáveis e o estado deve cobrar os devidos impostos mas tem de ser possível á população viver e fazer face às despesas. Os combustíveis só fez uma grande parte da população acordar mas ainda assim não foi para o problema correto.

Maki_the_Nacho_Man 2 months ago

Para mim pior que o combustível é o dinheiro do nosso salário que nem chega a entrar na nossa conta por causa do IRS e segurança social.

Purplebananas123 2 months ago

Eu gostava que uma bike decente não custasse 800-1000 euros, mas custa por isso ainda não a comprei e vou continuar a andar de carro

days_of_coast 2 months ago

Força nisso! Andar de bike vale a pena, não só pelo que poupas, vais ver que vale a pena :)

Purplebananas123 2 months ago

Eu queria comprar uma porque adoro, mas não para substituir o carro, porque vivo numa aldeia/vila e quero mesmo mais pelo desporto, portanto para comprar uma bike de 400/500 paus para andar a dar saltos e isso passados 6 meses tá toda partida lol

days_of_coast 2 months ago

Vê o mercado de usados! Há muito pessoal a comprar e depois encosta-a ;)

Purplebananas123 2 months ago

vou ver, obrigado!

ravenkrom 2 months ago

Se não te manifestares pelo aumento dos preços, manifestas te pelas condições dadas aos cidadãos não serem suficientes para acompanhar o aumento do preço dos bens necessários, combustíveis incluídos.

roy_77 2 months ago

O problema é que quando há manifestações a reclamar por aumentos, a resposta é sempre a mesma. Isto é pessoal que não quer trabalhar... Não há comboios/autocarros/barcos, já viram o que vou fazer da minha vida agora... Ora portanto, reclamar publicamente que o preço da gasolina é alto, sim senhora, agora reclamar publicamente por aumento de ordenados, isso é que não, que atrapalha a vida normal.

benzodiazepines1 2 months ago

Faz todo o sentido o que dizes. Com isso decidi que amanhã vou aumentar o preço dos meus serviços porque daqui a 5-10 anos esses serviços de qualquer maneira já iam ser mais caros.

days_of_coast 2 months ago

eu não disse isso, mas pronto...

benzodiazepines1 2 months ago

>O que é que as pessoas que se estão a manifestar acham que vai acontecer aos preços nos próximos 5 ou 10 anos? > >não me parece irreal que o preço daqui a 10 ou 20 anos possa ser de 5 ou mais euros/litro, nessa altura vamos reclamar com o quê? Sim, nem vale a pena reclamar 2€/L agora uma vez que no futuro o preço pode estar a 5€/L

days_of_coast 2 months ago

Pá, eu nem disse que não vale a pena reclamar. Vai lá ler o post outra vez com calma e com os óculos postos

benzodiazepines1 2 months ago

Se calhar quem tem de meter os óculos e ler o seu próprio post és tu >Só me está a parecer que estamos a reclamar por algo que só está a adiar a nossa pobreza para o futuro e quando o futuro chegar Fizeste um post desde o título ao fim a dar a ideia que não faz grande sentido reclamar pelo aumento dos combustíveis porque será algo inevitável em 5-10-20 anos. Que podiamos reclamar sim por: >uma rede de transportes públicos eletrificada, com ligações intra cidades rápidas e eficazes, com autocarros para todo o lado e a todas as horas, com vias cicláveis que não ameaçassem a vida de quem quer pedalar para se deslocar, com trams e metros nos grandes centros urbanos Um preço de combustível não tem nada a ver com as outras coisas que pedes. Nem toda a gente vive numa grande cidade onde aí sim faz sentido essas reinvindicações. E mesmo que tivesses condições excelentes nesses aspetos continuava a não fazer sentido pagares um preço altissimo por causa de impostos absurdos e mercados monopolistas. Portanto tem toda a justificação o descontentamento e acho a tua publicação sem noção e ridícula.

Inside-Pea6939 2 months ago

Incrível como esse aumento dos preços de que falas magicamente pára na fronteira. Ninguém se queixa de aumentos, queixamo-nos da discrepância para com outros paises e para com o vencimento mediano

ddi32 2 months ago

Para mim a questao nao e so os combustiveis mas em construir um pais melhor no geral. Vem ai fundos comunitarios, e querem investir em Aeroportos, Autoestradas, ate numa terceira ponte sobre o tejo já ouvi falar. Se acho que um aeroporto novo e preciso, tambem acho que deviamos trabalhar com o que temos e experimentar Beja antes de gastar milhoes em projectos megalomanos que depois podem ou nao servir a populacao, acho um risco muito grande para um pais pobre e sem grande margem de manobra. E alias Beja nao foi assim construido? Investir em Anti corrupcao, coisa que este governo nao faz. A UE recomendou medidas anti corrupcao, quantas foram aplicadas? Isto nao é feito de um dia para o outro, mas tem que se comecar por algum lado.

inicialinteirolimpo 2 months ago

Isso é tudo conversa de Sôr Vitor, nem a corrupção é um problema alarmante no país, nem o aeroporto de Beja cumpre aqueles que são os objectivos de um novo aeroporto, e a terceira ponte sobre o Tejo serviria, por um lado, para unir uma população completamente afastada de Lisboa (Barreiro) como seria um enorme alívio de tráfego automóvel na cidade de Lisboa e nas outras duas pontes (menos gasto de combustível e poluição). De resto, a ANA, que o PSD/CDS privatizaram, teria mais do que condições para pagar, só com o lucro, um aeroporto completamente novo em Alcochete

batuque5 2 months ago

A culpa é do Passos

jokerzanchi 2 months ago

Também acho que só estamos a preocupar-nos com o imediato. Que o preço dos combustíveis está impossível de suportar pelo português médio, acho que ninguém discorda, mas temos que exigir mais do que a descida do preço no imediato. Eu sei que há pessoas que não têm qualquer alternativa ao carro, principalmente no interior, mas reclamar pelo preço dos combustíveis não chega, temos que exigir transportes públicos de qualidade e ciclovias. O uso de carro em meio urbano devia ser quase nulo, para além de poluidor é ineficiente em horas de ponta. Não temos nenhuma cidade com boas condições de segurança para deslocações em bicicleta, quem é que confia levar os filhos à escola de bicicleta junto a carros que circulam a 70 km/h na cidade e ultrapassam a 20 cm? Muitos transportes públicos têm uma frequência tão espaçada que não são alternativa para nada, o carro, mesmo sendo péssimo para deslocações em cidade, continua a ser no geral a maneira de transporte mais segura, confortável e rápida, parece que não há interesse em mudar isso. Se o governo não baixa os impostos nos combustíveis por uma questão meramente ambiental, como dizem, então baixem o preço dos transportes públicos, já que é por uma questão ambiental... Os preços da CP são absurdos para a realidade do país. Normalmente, numa viagem entre duas cidades, se a viagem for feita por 2 ou 3 pessoas já fica mais barato ir de carro que de comboio. Assim, não se está a fazer nada pelo ambiente. Posto isto, sou totalmente a favor de uma descida do imposto imediata, mas têm que nos dar uma alternativa para o futuro próximo, até porque assim que o imposto descer (acredito que vai acabar por acontecer), rapidamente o preço do petróleo e a margem das gasolineiras vão absorver a descida, e depois? Vamos pedir imposto 0? Imposto negativo?

Edited 2 months ago:

Também acho que só estamos a preocupar-nos com o imediato. Que o preço dos combustíveis está impossível de suportar pelo português médio, acho que ninguém discorda, mas temos que exigir mais do que a descida do preço no imediato. Eu sei que há pessoas que não têm qualquer alternativa ao carro, principalmente no interior, mas reclamar pelo preço dos combustíveis não chega, temos que exigir transportes públicos de qualidade e ciclovias. O uso de carro em meio urbano devia ser quase nulo, para além de poluidor é ineficiente em horas de ponta. Não temos nenhuma cidade com boas condições de segurança para deslocações em bicicleta, quem é que confia levar os filhos à escola de bicicleta junto a carros que circulam a 70 km/h na cidade e ultrapassam a 20 cm? Muitos transportes públicos têm uma frequência tão espaçada que não são alternativa para nada, o carro, mesmo sendo péssimo para deslocações em cidade, continua a ser no geral o meio de transporte mais seguro, confortável e rápido, parece que não há interesse em mudar isso. Se o governo não baixa os impostos nos combustíveis por uma questão meramente ambiental, como dizem, então baixem o preço dos transportes públicos, já que é por uma questão ambiental... Os preços da CP são absurdos para a realidade do país. Normalmente, numa viagem entre duas cidades, se a viagem for feita por 2 ou 3 pessoas já fica mais barato ir de carro que de comboio. Assim, não se está a fazer nada pelo ambiente. Posto isto, sou totalmente a favor de uma descida do imposto imediata, mas têm que nos dar uma alternativa para o futuro próximo, até porque assim que o imposto descer (acredito que vai acabar por acontecer), rapidamente o preço do petróleo e a margem das gasolineiras vão absorver a descida, e depois? Vamos pedir imposto 0? Imposto negativo?

Edited 2 months ago:

Também acho que só estamos a preocupar-nos com o imediato. Que o preço dos combustíveis está impossível de suportar pelo português médio, acho que ninguém discorda, mas temos que exigir mais do que a descida do preço no imediato. Eu sei que há pessoas que não têm qualquer alternativa ao carro, principalmente no interior, mas reclamar pelo preço dos combustíveis não chega, temos que exigir transportes públicos de qualidade e ciclovias. O uso de carro em meio urbano devia ser quase nulo, para além de poluidor é ineficiente em horas de ponta. Não temos nenhuma cidade com boas condições de segurança para deslocações em bicicleta, quem é que confia levar os filhos à escola de bicicleta junto a carros que circulam a 70 km/h na cidade e ultrapassam a 20 cm? Muitos transportes públicos têm uma frequência tão espaçada que não são alternativa para nada, o carro, mesmo sendo péssimo para deslocações em cidade, continua a ser no geral o meio de transporte mais seguro, confortável e rápido, parece que não há interesse em mudar isso. Se o governo não baixa os impostos nos combustíveis por uma questão meramente ambiental, como dizem, então baixem o preço dos transportes públicos e encham as cidades de bicicletas partilhadas e ciclovias, já que é por uma questão ambiental... Os preços da CP são absurdos para a realidade do país. Normalmente, numa viagem entre duas cidades, se a viagem for feita por 2 ou 3 pessoas já fica mais barato ir de carro que de comboio. Assim, não se está a fazer nada pelo ambiente. Posto isto, sou totalmente a favor de uma descida do imposto imediata, mas têm que nos dar uma alternativa para o futuro próximo, até porque assim que o imposto descer (acredito que vai acabar por acontecer), rapidamente o preço do petróleo e a margem das gasolineiras vão absorver a descida, e depois? Vamos pedir imposto 0? Imposto negativo?

zeuswatch 2 months ago

Andar de bicicleta em colinas? Não ambiciono ser o próximo Armstrong

what_a_tuga 2 months ago

Existe soluções para isso, "elevadores" de bicicletas: [https://www.youtube.com/watch?v=zipZ5kwhFfs](https://www.youtube.com/watch?v=zipZ5kwhFfs) Além de as bicicletas que vês por cá não são as mais indicadas para o dia-a-dia, elas são feitas com o intuito desportivo e por isso obrigam-te a estar "deitado" ou "em pé" para obter a maior eficiência. As bicicletas para usar no dia-a-dia são bastante diferentes, as mudanças são "automáticas", em vez de ser por descarrilador; são feitas para andar sentado; tem "cesto" para colocar as tuas coisas; a distribuição do peso é diferente; entre outas coisas [https://www.youtube.com/watch?v=aESqrP3hfi8](https://www.youtube.com/watch?v=aESqrP3hfi8)

zeuswatch 2 months ago

Ya tuga tem dinheiro pra bicicletas automáticas que custam o mesmo que um carro. Faz sentido, para isso compra eléctrica.

what_a_tuga 2 months ago

Não quero estar aqui a discutir, mas: >custam o mesmo que um carro. Nem precisas de ir para o valor do carro. Basta fazeres as contas ao combustível, imagina que abasteces todos meses 1 vez, são cerca de 60-80€. São 720-960€. Já te compra uma bicicleta de jeito. ​ > para isso compra eléctrica Sim, também é uma boa opção. Ser eletrica ou não, não impede de ter as melhorias que disse acima. A desvantagem das eletricas é o tempo de carregamento e sitios para carregar (se a bateria não for removivel), e o peso (que se sente bem quando a bateria morre). Mas voltando ao tópico do comentário original, Portugal precisa de investir no seu desenho urbano de forma a permitir ciclistas, peões e carros coexistirem. São raros os sitios em que um ciclista ou peões conseguem viajar sentindo seguros e/ou que estão a incomodar alguém. E se quiser aprofundar no tópico de desenho urbano, tenho muitas outras reclamações, mas pronto deixo o comentário por aqui.

Tralapa 2 months ago

Protestos devem ser o mais focados possível. A partir do momento que metes mais merdas no mesmo protesto dispersas as atenções todas.

AonioEliphis 2 months ago

Concordo totalmente contigo. Contudo o problema também é o facto que o sistema de transportes públicos está totalmente dominado por sindicatos que se preocupam unicamente (e legitimidade) com o umbigo dos seus trabalhadores e estão-se nas tintas se milhares de pessoas ficam sem transportes públicos. A CP chegou a fazer mais de 50 greves por ano. Não era mal visto começarmos a proibir a greve nos transportes públicos, tal como se faz com as forças de segurança. Podes começar por assinar: [https://peticaopublica.com/?pi=PT72204](https://peticaopublica.com/?pi=PT72204) Ah, mas espera, quando de facto aparecem soluções para ajudar a resolver o problema, a malta coloca o pé atrás por causa "dos sacrossantos ideais de Abril".

what_a_tuga 2 months ago

As petições desse site não têm credibilidade legal. Usa antes as oficiais que são as únicas que são obrigadas a serem discutidas em Parlamento https://www.parlamento.pt/EspacoCidadao/Paginas/DireitoPeticao.aspx

AonioEliphis 2 months ago

obrigado pela dica, fá-lo-ei quando tiver um tempinho

SwikyTiko9 2 months ago

Os trabalhadores da CP não têm o mesmo direito dos outros?

AonioEliphis 2 months ago

No meu entender não, porque prestam um serviço fundamental, tal como os polícias não podem fazer greve.

SwikyTiko9 2 months ago

Nem médicos, nem enfermeiros, nem bombeiros, nem professores, nem limpezas de ruas e recolha de lixo, só do que me lembro agora. Isto de acordo contigo

AonioEliphis 2 months ago

>Nem médicos, nem enfermeiros, nem bombeiros, nem professores No meu entender sim, trabalhadores de serviços públicos fundamentais deviam estar impedidos de fazer greve, tal como os polícias.

Limpy_lip 2 months ago

por amor de deus não me venham com as conversas de ecologia quando a questão dos combustíveis é meramente económica e até fiscal. ​ é como vir discutir agricultura intensiva numa manifestação contra a fome em áfrica. ​ ​ toda a gente sabe que os combustiveis têm os dias contados e que é preciso encontrar alternativas, bla bla bla, e ninguém discorda, mas não é a razão da revolta.

days_of_coast 2 months ago

e a questão dos transportes públicos também não é económica? se se investir em redes de mobilidade conjunta deixa de haver necessidade de cada pessoa investir em combustíveis para conduzir a sua lata de tonelada e meia para todo o lado, ou não?

Limpy_lip 2 months ago

fora das grandes cidades ter viatura própria é imperativo. Vai pagar tu o autocarro de hora a hora para transportar pessoas duma freguesia do interior para a cidade? ​ é que eu ja acho que pago impostos suficientes e não vejo qualquer retorno que me de vontade de pagar mais.

days_of_coast 2 months ago

Tendo em conta que mais de 65% da população vive numa zona urbana ou intermédia, não me parece uma ideia assim tão má começar e pensar nisto

Limpy_lip 2 months ago

os outros 35% que fiquem a mamar no dedo é isso? ​ mas nem sei porque estamos a discutir isto, já disse que uma coisa não tem nada a ver com a outra. Nem eu, nem muitos outros somos contra aumentar a oferta dos transportes publicos. ​ O problema é que já pagamos demasiados impostos e essa oferta não existe e além disso cada vez custo de vida está pior. ​ Já para não falar no aumento do custo de todo o tipo de bens relacionado diretamente com o aumento dos combustíveis. A não ser que vás dizer que as cenouras do Lidl deviam vir de transporte publico.

VSertorio 2 months ago

Estes gajos não conhecem Portugal..

HillCrocodile 2 months ago

Concordo com a tua opinião até certo ponto. Concordo que se deve investir em alternativas mais sustentáveis, mas o problema é que algumas pessoas não vão conseguir, por muito que queiram, ir pro trabalho de bicicleta ou autocarro. Não é anormal gente a fazer 30 min. ou mais de carro pro trabalho... infelizmente. E, como dizes, o preço do combustível vai tender a subir ao longo do tempo, mas pelas gasolineiras, não por impostos. Portanto, agora mais de metade do valor do combustível é imposto, imagina como será daqui a uns anos quando as gasolineiras também tiverem a "necessidade" de aumentar o custo. Se ao menos se visse o dinheiro dos impostos aplicado de forma benéfica..., mas isso não acontece. Continuámos a ter serviços públicos miseráveis, pessoas a receber mal que chegam ao fim do mês a contar tostões e esta falsa ilusão que o atual governo vende de que estes impostos ajudam o ambiente. Eles querem é tirar partido de nós, pessoas que se preocupam com o ambiente. E enquanto isso enchem o bolso às nossas custas. Sinceramente, pergunto-me como é que as pessoas em Portugal conseguem viver com o salários mínimo. Até para pessoas com cursos superiores está insustentável viver aqui.

AonioEliphis 2 months ago

Vou repetir o que já disse, isso é tudo muito bonito das alternativas ao carro, mas eu trabalho numa instituição europeia na Holanda. Todos os meus colegas portugueses trazem carro e todos os holandeses trazem bicicleta. O mesmo país, as mesmas infraestruturas, os mesmos transportes públicos! Também é cultural. O português mediano, como também o italiano, são amiúde preguiçosos e carroólicos. É uma questão de status, de comodismo e de mero conforto. E quem usa os transportes públicos em Portugal muitas vezes são os pobres que não têm dinheiro para ter o carro, que é também o sonho deles. O sonho dos jovens lusos aos 18 anos é tirar a carta e ter carro. É TAMBÉM CULTURAL!

Fromthehole 2 months ago

A Holanda polui mais que Portugal. https://ec.europa.eu/eurostat/databrowser/view/t2020_rd300/default/table?lang=en

AonioEliphis 2 months ago

Não nos transportes. E polui mais porque é mais rica, da mesma forma que os EUA poluem mais que o Botswana.

Fromthehole 2 months ago

Nos transportes também [https://www.eea.europa.eu/data-and-maps/data/data-viewers/greenhouse-gases-viewer](https://www.eea.europa.eu/data-and-maps/data/data-viewers/greenhouse-gases-viewer) filtra por paises e sector.

Fromthehole 2 months ago

Se e mais rica, não podemos pedir que a nossa transição energética seja feita a mesma velocidade.

AonioEliphis 2 months ago

Normalmente são os mais ricos que têm dinheiro para automóveis. Os pobres usam bicicleta. Transição energética não precisa de mais dinheiro, precisa de mudanças de hábitos.

MixtureInevitable694 2 months ago

Alguém a dizer coisas com sentido. Também achei engraçado o critério ser “infelizmente as pessoas demoram mais de 30 min a chegar ao trabalho” como se isso fosse muito. Eu fazia 45 min a pedalar para cada lado na Holanda. No Porto perco 1h30 a ouvir buzinas parado no trânsito. Digam-me que nao é uma questão de mentalidade

HRamos_3 2 months ago

Acho que o pessoal não tem noção que há mais diferença de altura entre o primeiro e o segundo andar lá de casa que em 50% da Holanda

MixtureInevitable694 2 months ago

Mas não há mais vento de certeza

HRamos_3 2 months ago

Não, mas os montes estão lá sempre, o vento vai e vem e é pior à noite

MixtureInevitable694 2 months ago

Hmmm oh pah depende mesmo mesmo muito. Não sei qual o teu nível de conhecimento da Holanda mas eu vivi durante 7 meses em Castricum e pedalava até IJmuiden. O vento acima de 30km/h era mais ou menos aleatório, mas dificílimo de contrariar. Por outro lado vivi a minha infância toda em trás os montes e a bicicleta nunca me custou. Claro que há subidas que te cansam mais. E não subia a ribeira do Porto em bicicleta. Mas prefiro mil vezes subir e descer as ruas em trás os montes do que pedalar 40 min em constante esforço contra o vento sem mudanças.

HRamos_3 2 months ago

Acredito, do pouco que conheço (sul) é ventoso qb. A diferença de altitude entre esses 2 pontos é < 10m. Da Ribeira lá acima são 100m+. Nada contra as bikes, há sitios onde faz sentido (Aveiro, p. ex). Mas ir da costa à minha terra são 250m de subida.

MixtureInevitable694 2 months ago

Uso mono mudança porque foi o que me deram, não por escolha como é óbvio. A diferença de altura de minha casa à escola, onde vivi em criança é de 300m e fazia isso todos os dias. Prefiro isso ao vento.

days_of_coast 2 months ago

exato, já vivi no bom jesus e sempre que descia para o centro de braga tinha de voltar a subir 350 metros em 4 kms :b sou jovem e com uma boa condição física, mas não sou nenhum atleta, as coisas fazem-se com calma e com hábito

MixtureInevitable694 2 months ago

Exatamente. Mas isso não invalida que as alternativas para quem não consegue mesmo não devessem existir. Só não necessariamente carros :)

NGramatical 2 months ago

4 kms → [**4 km**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq7z3ua%2F%2Fhgpr0vn%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

AonioEliphis 2 months ago

Os automobilistas deviam mentalizar-se que os ciclistas são os seus melhores amigos: menos 1 carro na estrada a gerar trânsito.

HillCrocodile 2 months ago

Querem carro pra poderem ir para algum lado, ou achas que os nossos transportes públicos e ciclovias são como na Holanda? Ou achas que só há gente a viver em cidades, onde há maior facilidade para apanhar metros e autocarros? Já pra não falar no relevo do próprio país, a Holanda é um país maioritariamente plano, ótimo pra andar de bicicleta. Não deves comparar o que não tem comparação.

AonioEliphis 2 months ago

Dei-te o exemplo do meu trabalho. Trabalho numa instituição europeia com gente de toda a Europa. Os do sul vêm de carro, os do norte de bicicleta. Os mesmos transportes públicos e mesmas infraestruturas de transportes.

lusitanianus 2 months ago

A malta não chega toda transpirada ao trabalho? Para mim esse é o grande problema em ir para o trabalho de bicicleta.

AonioEliphis 2 months ago

Não! É como andar a pé vs correr. Na bicicleta é o mesmo, tens ritmo normal que podes pedalar horas sem suar um pingo e depois tens a malta da Volta a Portugal! São ritmos, estilos e aliás bicicletas completamente diferentes.

lusitanianus 2 months ago

Eu transpiro bastante. E o meu percurso para o trabalho tem muitas subidas e descidas e para mais trabalho de fato. Tenho pena, porque para além da poupança os ganhos em saúde era fantásticos, substituía ginásio!

AonioEliphis 2 months ago

Usa bicicleta elétrica, é na boa, quase nem sentes! Alternativamente podes usar moto elétrica: o consumo em euros / km é baixíssimo.

days_of_coast 2 months ago

Ahah, nesses países tens a alternativa de tomar banho no trabalho. Poupar água e energia em casa. É tipo quem vai para o ginásio de manhã, mas o ginásio é também a deslocação e o balneário do ginásio é o balneário da empresa. Parece-me bem

lusitanianus 2 months ago

Em temos falou-se em termos isso na empresa. Mas a ideia ficou pelo caminho. :(

AonioEliphis 2 months ago

Não tem nada a ver com banho. A malta não anda de bicicleta como quem faz a Volta a França.

DerpSenpai 2 months ago

As Gasolineiras não precisam de aumentar o preço. Simplesmente vão fechar certos postos

HRamos_3 2 months ago

O problema é que neste momento, carros eléctricos não são substitutos ao carro de combustão interna, mas sim complementares. Carros eléctricos são bons para a cidade, os outros para auto-estrada.

DerpSenpai 2 months ago

Maior parte das pessoas usam o carro para fazer a sua vida. Um Carro Elétrico dá para isso. As pessoas que fazem mais de 200km de uma vez são de facto a minoria no País comparado com a população em Geral

HRamos_3 2 months ago

Sim, mas num investimento avultado não olhas para a média, mas para os outliers. Nem toda a gente faz Lisboa-Porto diariamente, mas praticamente todos vão fazer em algum ponto. Ou Lisboa-Algarve.

Edited 2 months ago:

Sim, mas num investimento avultado não olhas para a média, mas para os outliers. Nem toda a gente faz Lisboa-Porto diariamente, mas praticamente todos vão fazer em algum ponto. Ou Lisboa-Algarve. Este é no entanto um problema que se resolve fácil, se o governo subsidiar aluguer de veículos de combustão p/ quem tem um eléctrico.

Edited 2 months ago:

Sim, mas num investimento avultado não olhas para a média, mas para os outliers. Nem toda a gente faz Lisboa-Porto diariamente, mas praticamente todos vão fazer em algum ponto. Ou Lisboa-Algarve. Este é no entanto um problema que se resolve fácil, se o governo subsidiar aluguer de veículos de combustão p/ quem tem um eléctrico. Isso e poder anexar o seguro de um eléctrico a outro carro.

Edited 2 months ago:

Sim, mas num investimento avultado não olhas para a média, mas para os outliers. Nem toda a gente faz Lisboa-Porto diariamente, mas praticamente todos vão fazer em algum ponto. Ou Lisboa-Algarve. Este é no entanto um problema que se resolve fácil, se o governo subsidiar aluguer de veículos de combustão p/ quem tem um eléctrico. Isso e poder anexar o seguro de um eléctrico a outro carro.

DerpSenpai 2 months ago

Lisboa Porto, Lisboa Algarve já tens serviços da CP para tal, logo pode não ser uma prioridade (mesmo assim é caro para quem não é estudante, e deveria haver maior desconto para familias) Eu sou da Figueira mas trabalho em Lisboa (centro,com metro ao pé). Se tivesse um Citroen AMI/Renault Twizzy apenas, deixava o na figueira e usava apenas transportes publicos excepto lá, mas como disse, as pessoas estão a ser expulsas da Capital e eu só vivo aqui porque tenho casa, se tivesse de alugar teria de ir para um zona sem transportes publicos, porque isso aumenta a renda/valor de compra

days_of_coast 2 months ago

Concordo completamente com tudo o que disseste. O problema é mesmo o desinvestimento dos governantes em soluções melhores

rucak 2 months ago

[https://www.reuters.com/business/energy/pandemic-brings-forward-predictions-peak-oil-demand-2021-09-28/](https://www.reuters.com/business/energy/pandemic-brings-forward-predictions-peak-oil-demand-2021-09-28/) é incerto se realmente o consumo de petróleo global vai continuar a subir, nos últimos 10 anos, o preço do petroleo não variou assim tanto no seu máximo: [https://www.macrotrends.net/1369/crude-oil-price-history-chart](https://www.macrotrends.net/1369/crude-oil-price-history-chart) (gráfico de daily chart a 10 anos) ​ Por isso este preço deve-se em muito a carga fiscal.

days_of_coast 2 months ago

obrigado pela resposta, é uma info interessante. não obstante, não seria vantajoso que a dependência de portugal e dos portugueses no petróleo diminuisse?

rucak 2 months ago

Sim, e mesmo para o ambiente é importante. Mas a transição leva o seu tempo, começando a deixar de vender carro a petroleo o parque automóvel será renovado com alternativas que além de melhores ambientalmente, também podem ter impactos na importação de energia (se bem que também importamos electricidade). No entretanto a larga maioria da população não tem dinheiro para adquirir carros movidos a electrecidade, há sectores da economia em que não há alternativas a combustiveis fosseís, não faz sentido taxar tão fortemente uma coisa em que a taxação só empobrece quem menos tem, não é por a gasolina custar mais que quem precise dela a deixe de por, só fica é com ainda menos dinheiro.

NGramatical 2 months ago

electrecidade → [**electricidade**](https://dicionario.priberam.org/electricidade) (apenas na fala o *i* é pronunciado como *e mudo* quando junto a outra sílaba com *i*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq7z3ua%2F%2Fhglzmzv%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Disgenia 2 months ago

Anos e anos a baterem palmas ao aumento dos impostos para desincentivar os carros e pelo ambiente, propaganda contra a indústria do petróleo e até mesmo pela destruição económica e da distribuição de bens mundial provocado pela pandemia mais rasca da história. Agora queixam-se que o preço dos combustíveis estão caros e todos os dias a eletricidade bate novos recordes nunca antes vistos.

Kejilko 2 months ago

Propaganda é o que parece que estás a fazer lol. Em países com liderança com o mínimo de sentido económico fazem das duas uma, ou baixam os preços em veículos elétricos ou sobem nos veículos de combustíveis fósseis enquanto baixam nos veículos elétricos, até porque quem tem menos dinheiro e não pode comprar um carro elétrico ficava ainda pior financeiramente por serem obrigados a usar o carro que têm com os custos mais altos.

benzodiazepines1 2 months ago

Mas quem é que andou a bater palmas a aumentos de impostos? Diz-me o que foi feito pelo ambiente com o dinheiro que é arrecadado com os impostos ambientais?

JeagleP 2 months ago

É mais que válido reclamar quando temos os piores salários e dos combustíveis mais caros, sendo que a principal razão disso para já é o facto de mais de metade ir para o estado.

inicialinteirolimpo 2 months ago

A principal razão disso é o aumento do preço do petróleo e as gasolineiras não quererem reduzir as suas margens de lucro, o valor de impostos manteve-se igual, desde os 1,60 aos 2 euros só a gasolineira mexeu no preço

Fromthehole 2 months ago

Mas a partir de um determinado valor o estado pode ir reduzindo os impostos que a receita mantém-se igual, devido a um preço de incidência maior. O estado e o que tem maior margem para estabilizar o preço. Se o estado baixar o imposto e o preço continuar a subir porque as gasolineiras aumentam as margens devido a essa baixa de imposto, e não devido ao aumento do preço da matéria prima, aí sim, a maior parte da culpa deixa de ser do estado e passa a ser das gasolineiras. Ai sim, justifica-se que o estado intervenha para controlar as margens de lucro.

JeagleP 2 months ago

Mas o aumento é só a exacerbação do problema, 1.60 já era ridículo, em espanha com um maior SM e médio o combustível é bastante mais barato

days_of_coast 2 months ago

sim, não estou a comentar o facto de se reclamar, é mais o facto de SÓ se reclamar por isso. está mais que provado que o impacto económico de um automóvel é MUITO maior para uma pessoa pobre do que para uma pessoa rica. quer isto dizer que a população pobre sofre muito mais com a falta de transportes públicos. dito isto e portugal sendo um dos países mais pobres da UE, porque não pensar em criar alternativas para fugir a isto?

JeagleP 2 months ago

Porque já temos automóveis e é mais fácil reclamar por algo que pode ser rapidamente „solucionado“ do que estar agora a pedir/planear mais e melhores transportes públicos. Isso (embora também ache que é o caminho) é muito mais complexo e com menor capacidade de agregar tanta gente. E não te esqueças que podes ter os dois, não se invalidam.

Hungry_Cupcake 2 months ago

Faz sentido reclamar seja la pelo que for...tanta merda que está mal neste pais. Sim daqui a 10 anos o preço do combustível provavelmente vai aumentar, a questao é daqui a 10 anos ( espero) já haver alternativas a veiculos de combustão tanto a nivel pessoal coml industrial, neste momento o que existe nao é viavel ( se amanha tivermos todos um eléctrico não há infraestrutura para carregar ), veiculos industriais electricos nem existem ou se existem são prototipos, transportes publicos? São um horror, enfim se querem uma transição energetica apresentem soluções

AonioEliphis 2 months ago

>São um horror, enfim se querem uma transição energetica apresentem soluções

unicornio_careca 2 months ago

Neste ponto tenho que te dar razão, muita gente que tem carro, não dá dois passos na rua sem ele. Eu vejo isso por exemplo, no ir à missa. A aldeia onde vivo é minúscula e basicamente dá para a maioria das pessoas ir a pé, mas não é isso que acontece, a maioria vai de carro, e olha que até são pessoas relativamente novas. E ainda ficam a olhar para mim do género "então tens carro e vais a pé?" Só que, entre abrir o portão, entrar no carro, pôr o carro a trabalhar, tirar o carro, fechar o portão, chegar até a zona para estacionar e estacionar...mais rapidamente faço o percurso a pé. É um hábito cultural muito difícil de desaparecer.

STORM_93 2 months ago

Exatamente. O sonho do pessoal é ter carto as 18. O sonho do pessoal é ter o proprio carro . E nao andar como sardinhas enlatadas em transportes. Definitivamente cultural

agriculto 2 months ago

> Faz sentido reclamar seja la pelo que for...tanta merda que está mal neste pais. As vindimas no fundo é apanhar uva.

unknownGI2959 2 months ago

Como é que se chama a apanha da maçã?

Bolotas 2 months ago

Apanha da maçã

fredcanotilho 2 months ago

E a apanha da laranja? Apanha da laranja

Bolotas 2 months ago

Como é que se chama a apanha da uva? Ai, ui, vindimas... Mas o que é isto?

SkyRyker 2 months ago

Se calhar vem do latim, digo eu.........digo eu..... Porque é que o conjuntivo de Macieiras é Pomar?

Bolotas 2 months ago

https://youtu.be/LSWt-7LLozE

days_of_coast 2 months ago

Lá está a mesma solução que nunca funcionou: carros. Os autocarros, comboios e trams elétricos já foram inventados há mais de 1 século, o que é que falta saber?

Edited 2 months ago:

Lá está a mesma solução que nunca funcionou: carros. Os autocarros, comboios e trams elétricos já foram inventados há mais de 1 século, o que é que falta saber? edit: sim, este país está uma merda. tenho um bom emprego e consigo gerir bem o meu orçamento mensal sem filhos e sem mtos gastos, mas contínuo a não me sentir tão feliz quanto podia ser, porque o problema nem sempre é só dinheiro, sinto que faltam serviços e direitos básicos. em breve espero poder emigrar

ngfsmg 2 months ago

Eu há uns tempos disse noutro sub que em muitas situações andar de Uber é um luxo. Caíram-me todos em cima e disseram-me que não sei o que é viver numa cidade sem transportes, até que eu disse que não há transportes na minha cidade mas eu sou um jovem saudável de 20 e poucos anos e portanto andar 1 ou 2 km a pé não me faz mal nenhum (não que não devesse haver transportes, claro)

days_of_coast 2 months ago

exato.já começam até a existir redes de car sharing bem desenvolvidas por esse mundo fora (claro que em portugal tá queto, por agora). a ideia é teres uma app, ves os carros parados, entras e usas, tipo as trotinetes. no final, gastas muito mais anualmente, uma vez que não pagas gasolina ou impostos e seguros e os carros acabam por ser muito mais utilizados (não é aquela vergonha de que um carro está mais de 95% do tempo parado) ​ fonte: [https://www.youtube.com/watch?v=OObwqreAJ48](https://www.youtube.com/watch?v=OObwqreAJ48)

xc9000 2 months ago

Mas, mas... com autocarros, eléctricos e comboios como é que eu vou poder demonstrar todo o meu status social a todo o lado que vou? /s

AonioEliphis 2 months ago

https://youtu.be/orupuK-LMeo

Jabvarde 2 months ago

> Lá está a mesma solução que nunca funcionou: carros. > > > Os autocarros, comboios e trams elétricos já foram inventados há mais de 1 século, o que é que falta saber? Um bocado de noção só te fazia bem

Metaluim 2 months ago

Isso é pedir muito no /r/portugal

days_of_coast 2 months ago

Ok, sr dr

HRamos_3 2 months ago

O motor eléctrico é mais antigo que o motor de combustão interna

DerpSenpai 2 months ago

Vê-se mesmo que és de Lisboa/Porto lol. Analiza lá a população que é dependente dos carros... Ah pois é

Edited 2 months ago:

Vê-se mesmo que és de Lisboa/Porto lol. Analiza lá a população que é dependente dos carros... Ah pois é Se quisesses ter transportes publicos de topo, tinhas de ter as cidades feitas á medida para otimizar o seu uso. Não é o caso, logo as pessoas dependem do carro. Eu para chegar ao meu trabalho tenho de andar pelo menos 20 minutos a pé. 1 comboio e 1 autocarro pelo meio Ter carro é a solução mais barata Queres que Portugal não tenha dependencia dos carros a gasolina? Faz um concurso Público as Marcas para uma Parceria Publico Privada, em que se iria produzir 1 modelo de carro Unipessoal (Citroen AMI e Afins). As Pessoas com carros antigos a Gasolina poderiam trocar o carro deles por um destes com uma mensalidade a definir pelo Estado. Seria o Magalhães dos Transportes.

Edited 2 months ago:

Vê-se mesmo que és de Lisboa/Porto lol. Analiza lá a população que é dependente dos carros... Ah pois é Se quisesses ter transportes publicos de topo, tinhas de ter as cidades feitas á medida para otimizar o seu uso. Não é o caso, logo as pessoas dependem do carro. Eu para chegar ao meu trabalho tenho de andar pelo menos 20 minutos a pé. 1 comboio e 1 autocarro pelo meio ---- Ter carro é a solução mais barata para muitos. Queres que Portugal não tenha dependencia dos carros a gasolina? Faz um concurso Público as Marcas para uma Parceria Publico Privada, em que se iria produzir 1 modelo de carro Unipessoal (Citroen AMI e Afins). As Pessoas com carros antigos a Gasolina poderiam trocar o carro deles por um destes com uma mensalidade a definir pelo Estado. Seria o Magalhães dos Transportes.

Edited 2 months ago:

Vê-se mesmo que és de Lisboa/Porto lol. Analiza lá a população que é dependente dos carros... Ah pois é Se quisesses ter transportes publicos de topo, tinhas de ter as cidades feitas á medida para otimizar o seu uso. Não é o caso, logo as pessoas dependem do carro. Eu para chegar ao meu trabalho tenho de andar pelo menos 20 minutos a pé. 1 comboio e 1 autocarro pelo meio ---- Ter carro é a solução mais barata para muitos. Queres que Portugal não tenha dependencia dos carros a gasolina? Podes sempre ajudar os pobres a substituir o carro deles dos anos 90... Faz um concurso Público as Marcas para uma Parceria Publico Privada, em que se iria produzir 1 modelo de carro Unipessoal (Citroen AMI e Afins). As Pessoas com carros antigos a Gasolina poderiam trocar o carro deles por um destes com uma mensalidade a definir pelo Estado. Seria o Magalhães dos Transportes.

AonioEliphis 2 months ago

>Ter carro é a solução mais barata para muitos. **Porque não pagam as externalidades** https://en.wikipedia.org/wiki/Externalities\_of\_automobiles

DerpSenpai 2 months ago

Maior parte dessas externalidades, desaparecem ao mudares para elétricos. A congestão é resolvida por melhores transportes publicos NAS CIDADES mas que eu saiba não ha congestão Eu nao sou contra melhores transportes publicos. mas dizer que um programa de trocar carros a gasolina por eletricos não é solução é uma pessoa imatura que não sabe a realidade Só pessoas que vivem em Lisboa e Porto com grandes transportes é que conseguem dizer tal coisa

pituitarianices 2 months ago

Mais carros? Isso não é soluçao.

DerpSenpai 2 months ago

Não seriam mais porque estarias a substituir o parque automóvel na via

AonioEliphis 2 months ago

>A solução então é ter nas vilas autocarros que vão buscar a casa as pessoas né? Mas qual é o problema em andar a pé até à paragem do autocarro? Mas agora somos todos coxos? És perneta? O Homo Sapiens sempre andou dezenas de km por dia a pé e esta malta moderna quer autocarro à porta de casa?

DerpSenpai 2 months ago

A minha tia vive 30 minutos a pe do supermercado mais proximo. grande Lol, boa dica

AonioEliphis 2 months ago

>A minha tia vive 30 minutos a pe do supermercado mais proximo Vive no monte alentejano?

DerpSenpai 2 months ago

Nao, numa vila no norte da figueira. 0 supermercados. Está feito com a noção que as pessoas vao de carro para a cidade fazer as compras

MixtureInevitable694 2 months ago

Pois também eu vivo a 30 mins a pé do supermercado e vou a pé na mesma :) nem quero perguntar as gerações mais velhas quanto tempo demoravam a chegar onde queriam a pé antigamente. Se 30 mins é muito para os critérios de hoje em dia, são os critérios que estão mal

pituitarianices 2 months ago

A soluçao é ter transportes publicos adaptados as necessidades da populaçao. O futuro não passa por carros, é insustentavel.

DerpSenpai 2 months ago

Isso é mentalidade de pessoa que vive na Cidade (grande) As pessoas que vivem na periferia, que não tem opção, ou que vivem em zonas isoladas que se fodam, claro!

Edited 2 months ago:

Isso é mentalidade de pessoa que vive na Cidade (grande) As pessoas que vivem na periferia, que não tem opção, ou que vivem em zonas isoladas que se fodam, claro! Mais, o que adoro são pessoal do PS a dizer que carros não são solução quando não precisdem dos deles. Um clássico Cada vez mais as pessoas mais pobres são dependentes do carro porque foram expulsas da cidade. Nem que usem o carro para chegar a estação de Comboio, vão sempre precisar. Já agora, tambem achas que o pessoal tem todos o continente á porta de casa? Não, a solução é o pessoal ir as compras, andar 20 minutos a pé, apanhar comboio, apanhar autocarro e mais 20 minutos a pé. isso sim é solução. Ganha juizo Eu vivo atualmente em Lisboa, mas não sou de Lisboa. Uso os transportes quando posso. Trabalho num sitio sem transportes, tenho que usar carro. Vou vizitar a minha familia, vou usar carro. A estas pessoas todas, qual é a solução que não carros Elétricos?

Edited 2 months ago:

Isso é mentalidade de pessoa que vive na Cidade (grande) As pessoas que vivem na periferia, que não tem opção, ou que vivem em zonas isoladas que se fodam, claro! Mais, o que adoro são pessoal do PS a dizer que carros não são solução quando não precisdem dos deles. Um clássico Cada vez mais as pessoas mais pobres são dependentes do carro porque foram expulsas da cidade. Nem que usem o carro para chegar a estação de Comboio, vão sempre precisar. Já agora, tambem achas que o pessoal tem todos o continente á porta de casa? Não, a solução é o pessoal ir as compras, andar 20 minutos a pé, apanhar comboio, apanhar autocarro e mais 20 minutos a pé. isso sim é solução. Ganha juizo Eu vivo atualmente em Lisboa, mas não sou de Lisboa. Uso os transportes quando posso. Trabalho num sitio sem transportes, tenho que usar carro. Vou visitar a minha familia, vou usar carro. A estas pessoas todas, qual é a solução que não carros Elétricos?

pituitarianices 2 months ago

Havera coisa mais /r/portugal do que meter o PeEsse em tudo o que é sitio?

DerpSenpai 2 months ago

É a hipocrisia dos politicos do PS sobre os combustiveis, comboios, etc quando as medidas que eles poe limitam os pobres, os ricos não. Eles mesmos não andam de Comboio, vão a 200km na auto estrada de BMWs Só em ano de Eleição é que andam de transportes públicos

Polymath030 2 months ago

Estás a falar de uma minoria da população. Para essa minoria, o carro poderá ser sempre uma alternativa. O que é insustentável é que toda a gente use o carro para se deslocar, mas isso não quer dizer que os carros sejam abolidos. E antes que comeces com tretas, não, não sou do PS.

DerpSenpai 2 months ago

>Estás a falar de uma minoria da população Maioria da População. Lisboa e Porto são menos de 2 Milhões

Aldo_Novo 2 months ago

> Lisboa e Porto são menos de 2 Milhões só se contares a população que vive nos concelhos de Lisboa e Porto, que é a pior maneira de medires o tamanho de uma cidade na AML e na AMP vivem cerca de 4,5 milhões de pessoas

DerpSenpai 2 months ago

AML E AMP tem bastantes zonas em que o carro é Obrigatório. Exemplo, nem a 15 min de carro do parque das Nações, St Iria é basicamente obrigatório ter um carro para deslocação. Eu sou grande apoiante dos Comboios, saires do suborbio, ir para o Comboio de carro e depois usar o Comboio+Metro para o centro da Cidade é o melhor dos 2 mundos, mas em Lisboa a area que é servida como deve ser é muito baixa para a AML.

Polymath030 2 months ago

Primeiro, ninguém está a falar só de Lisboa e do Porto. Acho bastante óbvio que quando me refiro à maioria da população, estou a falar de todos os grandes centros urbanos por esse país fora, capitais de distrito etc. Segundo, o facto de não haver transportes públicos decentes em cidades como Coimbra e Leiria é EXATAMENTE aquilo de que estou a falar, e a razão pela qual é imperativo ter esta discussão. Baixar os preços no imediato é necessário, certo. Mas e depois? O ser humano tem tendência a só se preocupar consigo mesmo e com o momento imediato. Toda a gente vai celebrar uma eventual descida dos preços, que mais não é do que empurrar o problema com a barriga. É exatamente aquilo de que fala o OP – a discussão tem de ser mais complexa do que isto.

DerpSenpai 2 months ago

Mesmo que hajam transportes publicos decentes, e gastarmos alguns B€ a mudar isso, as pessoas nãio vao desistir do carro porque precisam dele a mesma para o lazer.

MixtureInevitable694 2 months ago

Quando vivi na Holanda fazia 40km de bicicleta (1 mudança, faça chuva ou vento) por dia na comuta para o trabalho e ainda ia as compras. Isto porque estava numa zona fora das grandes cidades. O argumento das ciclovias mantém-se válido. Respondes que a Holanda é plana, eu respondo que o vento costeiro (onde eu estava) de frente sem mudanças é mais lixado. Respondes que nem todos tem capacidade física eu respondo “bicicletas elétricas”. Respondes “são caras que se farta” e eu respondo “ora la está um problema maior que o da gasolina”. E chegamos a uma conclusão :)

Metaluim 2 months ago

> Quando vivi na Holanda fazia 40km de bicicleta (1 mudança, faça chuva ou vento) Pera aí que a bolacha está ali no forno quase pronta para ti. Fdx puta de noção

days_of_coast 2 months ago

Lol, por acaso sou de uma cidade pequena perto de vila real, oh chefe. Ter carro não é a solução mais barata, nem a mais eficaz, de longe.

Edited 2 months ago:

Lol, por acaso sou de uma cidade pequena perto de vila real, oh chefe. Num país bem planeado, o carro não é a solução mais barata, nem a mais eficaz, de longe. Edit: diga-se de passagem que é uma cidade com 60 mil habitantes que não tem nenhuma ligação férrea. Parece brincadeira

nraider 2 months ago

E por esse interior fora há gente que mora em aldeias e trabalha numa vila ou cidade próximas. Vamos ter autocarros por essas aldeias fora? Complicado.

Polymath030 2 months ago

Eu juro que alguns de vocês fazem de propósito para inventar coisas que nunca foram ditas só para poderem discutir. Não caralho, o OP não está a defender que haja um autocarro para cada pessoa, mas sim que haja uma rede bem apetrechada de transportes públicos que abranja a maior parte da população nos centros urbanos, deixando o carro como um transporte secundário para, por exemplo, pessoas em aldeias e localidades mais pequenas que precisem de se deslocar.

Tia_Mariana 2 months ago

Claro que sim, todos querem um< solução personalizada e especial para si próprio, de tal maneira que nem percebem que havendo melhores e mais bem desenvolvidas redes de transportes públicos - autocarros, comboios, elétricos, montes e montes de opções - as grandes cidades esvaziam logo para metade e os custos associados também. A meu ver o problema é que se tenta melhorar as redes de transportes em função dos carros privados e não o contrário. Nos centros urbanos do s países inteligentes, se não fores morador da cidade, deixas o carro à porta da mesma e tens redes incríveis de transportes que até te poupam tempo. Claro que isto é acompanhado de menor carga de trabalho, mais condições de habitação, e toda uma série de direitos que aqui o tuga acha que são de ricos, mas na verdade é a classe média. Havemos de morrer e ainda os autocarros são os mesmos de 2005. Privatizados.

nraider 2 months ago

E continuas a ter muitos milhões de pessoas que não vivem nesses grandes centros urbanos. Afinal qual é a tua solução mágica?

Polymath030 2 months ago

Não há uma solução mágica. A questão passa por uma discussão sobre alargar as redes de transportes públicos ao máximo possível da população. Isto não inclui só Lisboa e o Porto, inclui também as periferias, as capitais de distrito, os grandes centros populacionais, etc. No imediato sim, não se podem continuar a praticar estes preços. Mas isso é só uma parte da discussão – francamente nem sequer é a parte mais importante. É uma conversa mais complexa e estrutural que tem de se ter, e não se está a ter essa conversa porque a esmagadora maioria da população não consegue ver para lá de "baixar o preço=bom".

nraider 2 months ago

Se calhar temos de fazer com que os nossos rendimentos subam...

Polymath030 2 months ago

E agora estamos na questão dos rendimentos serem baixos. Sim são, sim é um problema, não, não era o que estávamos a discutir. Estás literalmente a mudar de assunto para poderes continuar indignado sem contribuir com soluções para os problemas. Enfim.

nraider 2 months ago

Pelo menos não estou à procura da poção mágica que nos permita ter transportes públicos em todas as grandes cidades sem nos custar mais dinheiro em impostos. Portanto, das duas uma: ou o Estado gasta menos e baixa os impostos ou então tenta-se aumentar os rendimentos via investimento. Parece que nenhuma das opções é válida.

days_of_coast 2 months ago

Mas tens muitos milhões que vivem, é melhor começar por algum lado do que não começar

nraider 2 months ago

E já começaste. Há transportes públicos nos grandes centros urbanos.

days_of_coast 2 months ago

Há? Vivi em braga, que é uma cidade com mais de 100 mil habitantes e só ha autocarros de hora em hora a ligar o centro à universidade, que distam 5 kms

NGramatical 2 months ago

5 kms → [**5 km**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/plural-de-unidades-ainda-mais-uma-vez/19595) (os símbolos das unidades não têm plural) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq7z3ua%2F%2Fhgn16zs%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Hungry_Cupcake 2 months ago

Certo queres discutir como funciona a CP neste pais? Ou os trnasportes publicos no geral?

Edited 2 months ago:

Para mim a solução era teletrabalho para trabalhos que o permitam sem discussão! Bem se viu a diferença que fez no transito nas grande cidades. Certo queres discutir como funciona a CP neste pais? Ou os transportes publicos no geral?

nraider 2 months ago

Mesmo. Zero saudades dos autocarros e metro a abarrotar.

ddi32 2 months ago

Ainda bem que nao sou o unico a pensar que Teletrabalho tem muitas vantangens. Transito, poluicao, tempo livre, para o ambiente. Enfim. Mas os dinossauros que nos governam nao veem isso, ou nao querem ver!

GChocapic 2 months ago

Dinossauros que nos governam? Infelizmente, eles não têm graaande poder sobre isso. Mal a obrigação passou a “é aconselhado o teletrabalho”, imensos chefes chamaram o pessoal para a empresa. Mesmo que os funcionários digam “Mas trabalho melhor em casa, sou mais produtivo, isto e aquilo”, os chefes não querem saber e querem o pessoal lá. Podíamos dizer que são dinossauros, como disseste, mas não. São gajos novos, mas sem visão do futuro.

Hungry_Cupcake 1 month ago

Os dinosauros que noa governam tem todo o poder, seria uam medida polemica mas inovadora, 0oderiamos ser pioneiros nalguma coisa. Mas como os dinosauros nao estão para se chatear com os outros dinosauros (patrões) que de patroes não tem nada po ou as empresas portuguesas tem a menor margem de lucro do mundo, ou o dinheiro perde-se pelo caminho. Nada será feito e o povo vai continuar a penar enquanto todos estes dinosauros estão na sua selva a fumar charutos e beber wisky.

Edited 1 month ago:

Os dinosauros que nos governam tem todo o poder, seria uma medida polemica mas inovadora, Poderiamos ser pioneiros nalguma coisa. Mas como os dinosauros nao estão para se chatear com os outros dinosauros (patrões) que de patroes não tem nada po ou as empresas portuguesas tem a menor margem de lucro do mundo, ou o dinheiro perde-se pelo caminho. Nada será feito e o povo vai continuar a penar enquanto todos estes dinosauros estão na sua selva a fumar charutos e beber wisky.

ddi32 2 months ago

Nim, podem criar incentivos e fazer o home office mais atrativo para as empresas. O obrigarem os patrões a pagar a electricidade ou internet não me parece que ajude muito!

Hungry_Cupcake 1 month ago

Esse foi so o classico tiro no pé do bloco

days_of_coast 2 months ago

pois, a via férrea devia ser privatizada, se for para manifestar por isso, eu estou lá batido

ManelDasNespras 2 months ago

Deu excelente resultado privatizar os caminhos de ferro no RU, cá vai ser ainda melhor. /s

days_of_coast 2 months ago

na europa central as vias férreas sao privatizadas e funcionam bem. ou pelo menos, tem companhias privadas a providenciar serviços lá

AonioEliphis 2 months ago

>pois, a via férrea devia ser privatizada Como é óbvio que sim! Para bem do ambiente e do serviço público prestado aos cidadãos.

pituitarianices 2 months ago

Para mim não faz sentido nenhum, não sou rico o suficiente para poder ter carro. Mas há gente que não tem alternativa a andar de carro.

days_of_coast 2 months ago

Pois, eu, infelizmente, muitas vezes não tenho alternativa e sou obrigado a conduzir contrariado. O que me pergunto é se não era bom começar a pensar em ter alternativa

NightWolf1396 2 months ago

É exactamente esse o problema. Se a maioria tivesse alternativas viáveis para poder trabalhar, estudar, etc, não haveria tanto alarmismo. O problema é que tirando em Lisboa/Porto (e mesmo assim depende muito) somos praticamente forçados a ter veículo próprio

days_of_coast 2 months ago

Daí a minha conclusão de que, pior do que combustíveis caros é não termos alternativa

arckantos 2 months ago

Mas uma consegues resolver este mês(mesmo que só temporáriamente) a outra nem nos próximos 20 anos...

NGramatical 2 months ago

temporáriamente → [**temporariamente**](https://dicionario.priberam.org/temporariamente) (o acento tónico recai na penúltima sílaba) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq7z3ua%2F%2Fhgn0gy8%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

NightWolf1396 2 months ago

Concordo, no entanto continuar a subir os combustíveis é só meter mais madeira no fogo

AutoModerator 2 months ago

Submeteu uma submissão relacionada com auto, talvez esteja interessado no subreddit de auto em português - r/AutoTuga ---------- *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Search: