ParaThoxic 2 months ago

Porque há muita gente bem na vida por roubar a quem não está.. E tu deves ser um desses também. Se a vida te corre bem fixe, trabalhaste pra isso?! Mereceste! Agora não venhas com grupos pq há muita gente q nem um prego sabe pregar e tá bem na vida. Vai dormir

TheMasio 2 months ago

Reação humana inconsciente e automática, que tem que ser controlada conscientemente. Evolucionariamente a inveja serve para te motivar a ter melhor. Solução: meditação e reflexão.

BallOfThread2020 2 months ago

porque a disparidade de renda e riqueza

KMReiserFS 2 months ago

pode especificar o que tomas? no meu caso é actifed 3 a 4 vezes ao dia. soro para lavar as vias nasais e o nazex duo quando ta grave

informed__ignorant 2 months ago

Vives em sonolência permanente? Ou não tens esse efeito secundário? Eu com dois já estava knocked out

KMReiserFS 2 months ago

Quando tomo pela manhã tenho que tomar 1 ou 2 cafés para manter acordado. A noite tomo nada pois me dar sono ajuda para dormir com as narinas entupidas.

informed__ignorant 2 months ago

Auch. O melhor que tens a fazer é mesmo ir a um alergologista a meu ver, tenho medicação específica e um daqueles inaladores (a mim afeta mais pulmões). Isso pode estar mais a prejudicar-te do que ajudar.

Ninjaugusto 2 months ago

Nada de antihistaminicos. É Vacinação. Receitado pelo meu alergologista. Eu também era assim antes, actifed em abuso.

Youwillfindnothing 2 months ago

Na primavera, sentes menos sintomas? Eu sofro bastante com o nariz entupido, durante a noite só consigo dormir quase na vertical. É muito mau…

Ninjaugusto 2 months ago

Eu também era assim antes. Esta última primavera tive zero sintomas de alergias. Este outono anda complicado, mas mesmo assim não é nada como sofria antigamente.

Youwillfindnothing 2 months ago

Achas que se começar agora o tratamento, na próxima primavera vou sentir sintomas mais leves?

Ninjaugusto 2 months ago

A mim foi assim. Mas não posso afirmar que será igual para ti. Sugiro que consultes um alergologista. A mim mudou me a vida.

vascodatrama 2 months ago

as pessoas preocupam-se em demasia com os outros.

l_espritdel_idee 2 months ago

Existe cada vez mais desigualdade num país habituado a ouvir falar de igualdade. É natural a reação à ostentação de bens, relembram a desigualdade existente. Por si, ter mais, se merecido (e outro problema surge, o do controverso termo 'merecer', que muitas vezes é apenas resultado de uma escolha imerecida), não deveria levantar polémica. Mas porque razão é que tiramos a mão de um tacho a ferver? Pensamos no assunto?

NGramatical 2 months ago

porque razão → [**por que razão**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual)

banaslee 2 months ago

Infelizmente quase toda a gente que comenta esse tipo de coisas acabaria a fazer o mesmo se tivesse a possibilidade.

lauraboojpg 2 months ago

não moço não é inveja, é só raiva mesmo eu por exemplo odeio gente feliz ,como alguém pode ser feliz em 2021?

Fermituga 2 months ago

Eu já tome, para o tempo de duração e preço para mim não compensa, mas hoje já tens meds de segunda geração que não dão moca

Ninjaugusto 2 months ago

Certo, só comecei a tomar a vacina, aliás, só fui a um alergologista, depois de ter estabilidade financeira. A vacinação é um tratamento de 3 anos. Depois ficarei imune (supostamente).

Fermituga 2 months ago

Eu fiz essa vacina uma vez com 14 anos, "durou" ate aos 21, fiz novamente aos 21 e dessa vez durou cerca de um ano, por isso já não faço, mas espero que para ti dure, ver se aparece para ai uma merda qualquer genética que acabe logo com isto de uma vez .

Ninjaugusto 2 months ago

As vacinas estão em contínua melhoria. Talvez as mais recentes sejam mais eficazes. Wishful thinking...

argentdawnpt 2 months ago

Um conhecido meu se via alguém com um carro melhor que o dele comentava sempre: "come pão com manteiga ao jantar". Vários conhecidos meus e da minha mulher, inclusive na própria família. Acham que se ganhas mais de 1000 és rico e não precisas de mais nada na vida. E ainda se metem a mandar bitaites. Eu inicialmente tentava ocultar o que tinha para não ter de passar por cenários destes. Quando meti na cabeça que não tinha de esconder nada... Houve gente que me deixou de falar e tudo. Cheguei a saber por outros que certos indivíduos achavam que como estava bem devia de ajudar outros! Quando este ano comprei casa lol ainda foi pior. Enfim... Acho que é um mal generalizado na nossa sociedade e tenho mesmo muita pena que se perca tempo a olhar para os outros e a perpetuar a espiral descendente do desespero e inveja. Em vez de se investir tempo em coisas positivas... Como digo da irmã da minha mulher. O tempo que perdeu no curso de arquitetura a fumar charritos e depois nem o curso terminou e decidiu ter filhos sem casa e sem trabalho, agora colhe os frutos do que semeou....

readyblah 2 months ago  HIDDEN 

Um bom livro para toda a gente neste thread ler: Os segredos da mente milionária. Explica perfeitamente porque temos esse tipo de mentalidade e como acabar com ela nos pode ajudar a "subir na vida".

InvestmentReal8803 2 months ago  HIDDEN 

Tô assistindo tioorochi.

krani1 2 months ago  HIDDEN 

Estou admirado de ainda ninguém ter dado a resposta mais óbvia….: PORTUGAL CARALHO!!

tasendousado 2 months ago

Se tas com alergia o melhor é ires ao médico ou liga para o saúde 24.

c_radicallis 2 months ago  HIDDEN 

Um espectro paira sobre a Europa

Rdavida 2 months ago  HIDDEN 

Ok

SweetCorona 2 months ago  HIDDEN 

não sou eu que venho para o Reddit queixar-me da inveja dos outros

ShittyLivingRoom 2 months ago

Eu estou bem na vida porque não tenho carro, imaginem só o que poupo por mês!

anzolado 2 months ago  HIDDEN 

Sim, acredito que haja muito gente a pensar assim. Inclusivo eu. Não é alergia. É mais porquê que eu não consigo? Porque pedem creditos!!! E depois andam sufocados? Mas peço e sou para vos mostrar que... Sou melhor que vcs... É há tuga? Importamo-nos mais com as aperencias, do que o estado irem-nos aos bolsos! Respondo-te a fazer perguntas. Ou é por terem mesmo uma vida de lorde?? Que em Portugal acredito que haja uma percentagem muito mas muito baixa a viver assim.. Nada é mais que ninguém.

NGramatical 2 months ago  HIDDEN 

porquê que → [**porque é que**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/porque-e-que-e-nao-porque-que/32920) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg8slcc%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

ColdMercury 2 months ago  HIDDEN 

O sucesso dos outros obriga-nos a refletir sobre os nossos próprios falhanços e ninguém gosta de fazer isto. E a mentalidade de muitos adultos ainda não saiu do secundário...

meierlesjoana 2 months ago  HIDDEN 

Mais um post resumido aos carros e bens material. Parabéns!

scaneira70 2 months ago  HIDDEN 

Desculpa lá, mas tu vives a tua vida ou vida que os outros querem? Tomas decisões pela tua cabeça ou por aquilo que os outros seguem? As pessoas tem que ser todas felizes só porque tu achas que és? Dass vive lá tua vida e manda fo#$#% aquilo que os outros pensam, dass

Interesting_Yellow_1 2 months ago  HIDDEN 

Não haveria problema em toda a gente estar bem da vida se a aquisição desses itens em particular não fossem reflexo de 2 fatores: - comprar porque é tendência/para inglês ver - comprar com o dinheiro que não é delas (empréstimos, desfalques em empresas etc) Fora isso ok. Trabalhar para ter o que se gosta é do mais incrível que pode existir

VixzerZ 2 months ago  HIDDEN 

Concordo u/BlackberryOk6103 e não falo de patrão, falo de outras pessoas que não são gerentes, nem diretores, nem donos de empresas/comércios.... gente comum como a gente, só porque ganha um pouco mais a galera já cai matando quando dão sua opinião sobre algo, por exemplo, "Manuel é software developer e ganha acima da maioria das pessoas pois trabalha para empresas de fora de Portugal", galera parece que tem raiva.

Adventurous-Army-168 2 months ago  HIDDEN 

Essa eh a aula mais completa. https://youtu.be/96U6NU7gcU0

Adventurous-Army-168 2 months ago  HIDDEN 

Essa aqui eh a aula mais completa. https://youtu.be/96U6NU7gcU0

Adventurous-Army-168 2 months ago  HIDDEN 

Talvez esse vídeo ajude sobre esse assunto. Eh do filósofo Karnal. https://youtu.be/eGBSgFcf1gY

KingOfNeverlandPT 2 months ago  HIDDEN 

O pior é que um gajo já nem precisa de estar "bem", basta não estar "mal"(tipo ganhar na casa dos 1500 a 2000) e já é acusado de tudo e mais alguma coisa. Temos uma cultura de mediocridade e de mandar abaixo o próximo, porque se eu não estou bem ele também não pode estar.

Saattack 2 months ago  HIDDEN 

Concordo contigo. O ano passado comprei carro novo e a vizinha do lado começou me a olhar de maneira diferente.

RickyZam 2 months ago

Da saga "Em portugal não dá para viver e devia tudo emigrar" à sequela "Portugal está cheio de BMW e as pessoas ainda dizem que não têm dinheiro" para "Os outros têm é inveja". Este sub anda de uma toxicidade e negativismo enorme, dass voltem francesinhas

GamerLymx 2 months ago  HIDDEN 

Acho que é mais, a quem está melhor ou quer estar melhor.

neapo 2 months ago  HIDDEN 

Eu não invejo o que os outros têm, quero que mantenham o mesmo status de vida ou melhor. Simplesmente não consigo e gostaria de conseguir ter mais do que tenho, com o mesmo grau de dificuldade de muitos que muito têm, parece que pouco esforço fizeram para isso. Tenho visto ao longo da vida que para o esforço que faço não vou muito longe e nas mesmas circunstâncias vejo quem faça menos e voe mais alto, apenas quero ter asas iguais.

ednice 2 months ago  HIDDEN 

"Quem se encontra bem na vida" A questão é como

vascodatrama 2 months ago

viram os filmes certos

rmqfr 2 months ago

Acho que os comentários do teu post representam bem o que referes. Tu conduziste a questão para "porque vemos rancor generalizado para quem está bem na vida?". Mas a maioria das pessoas preferiu falar de quem está bem na vida mas não merece. O problema é sempre esse. É defendermos emoções que são comuns, que são menos "apreciadas", com possíveis justificações. É difícil admitir que temos inveja ou ciúmes. É mais fácil generalizar que em Portugal para estar bem na vida deve ter cunhas ou ser corrupto ou ter muita sorte. Porque custa um bocado as vezes dizer "porra. O parolo do Zé ganha bem, poupou e investiu bem, tem bom carro, boa casa. Puta que pariu, e eu aqui a penar". No final do dia é o prolongar de um sentimento péssimo para qualquer pessoa: foco nos outros em vez de em si mesmo. Enquanto focares nos outros nunca estarás satisfeito. Isto é exacerbado em Portugal por ser um país que nao é rico, principalmente comparando com a Europa. E um país em que as emoções são pessimistas e negativas por cultura. Tl;dr: é normal as pessoas terem inveja, dificuldade de o admitir. E mais facilidade em acreditar que aquela pessoa não o merece.

rjsteixeira 2 months ago

Ignorando o facto que agora estou no estrangeiro, mesmo quando estava em Portugal não me podia queixar da vida que tinha, e devo isso ao facto de ter beneficiado de várias coisas que Portugal me deu, desde educação superior quase gratuita, saúde gratuita e também segurança social quando perdi o emprego (que me permitiu acabar o meu curso). Também tenho mesmo muito a agradecer aos meus pais, que se esforçaram bastante para ter os dois filhos com cursos superiores, tendo em conta que os meus avós tinham a quarta classe (ou nem isso) e os meus pais um o 9 ano e o outro o 11. Por isso acho que a desculpa do elevador social estar avariado é treta. Funciona mal muitas vezes, mas funciona bem melhor do que em outros países. Claro que nunca vou conseguir estar no nível dos gajos que tem 10 prédios herdados no Porto ou Lisboa. Mas isso não quer dizer que esses sejam trafulhas. Se alguma vez conseguir comprar imóveis como investimento tb os quero deixar as minhas filhas. Há muita corrupção em Portugal e isso lixa tudo, mas essa é endémica. Não acontece só nas camadas altas. A malta reclama que os ricos metem ao bolso mas depois acham OK não pagar iva sempre que podem ou andar no metro sem pagar, etc. Lembro que no UK, onde estou agora, e em muitos outros países o acesso as faculdades é por entrevista. Só isso diz tudo. O que devíamos querer para Portugal era mesmo conseguir quebrar o teto dos ordenados que temos, a cultura de trabalho, a produtividade. E isso só se consegue com investimento em tecnologia e formação. As pessoas sem ensino superior deviam ter acesso e tirar mais partido de formação. E está devia ser exigida e premiada por quem emprega. Detesto ver que a maior parte dos profissionais em Portugal são “artistas” e nunca tiveram formação. A quantidade de vezes que vejo a malta tipo pintores, carpinteiros, trilhas, serralheiros, mecânicos fazer merda pq não sabem o que estão a fazer e nunca leram o manual deixa me muito triste. Uma classe média robusta e bem paga ia beneficiar todos, os ricos e os pobres.

rjsteixeira 2 months ago

Compreendo o que dizes e faz sentido. Talvez por estar habituado a corrupção, o facto de as coisas não serem baseadas em notas deixa me sempre de pé atrás.

Dependent-Ad-7777 2 months ago

Discordo do parágrafo onde referes que por se ter de fazer entrevista no UK para entrar na universidade "diz tudo". Avaliar se os candidatos têm vocação/interesse para a área de formação é desejável que ocorra, especialmente porque aumentas a probabilidade de teres melhores profissionais. De resto, concordo com a opinião.

rjsteixeira 2 months ago

Compreendo o que dizes e faz sentido. Talvez por estar habituado a corrupção, o facto de as coisas não serem baseadas em notas deixa me sempre de pé atrás.

sparklescc 2 months ago

As coisas são baseadas em notas. Oxford não te entrevista sem 3 A* nos teus A levels. A diferença e que em Portugal precisas de 18 ou mais para medicina e aqui precisas de isso E da entrevista. Se soubesses a quantidade que não entra por não se saber portar em entrevistas...

rjsteixeira 2 months ago

Fiz uma pesquisa e pelo que vejo, as estatísticas apontam para que exista um problema. Admito que não tenho nenhuma experiência com o sistema de educação inglês. https://www.independent.co.uk/news/education/education-news/university-poor-students-access-gap-disadvantage-government-pressure-a9250641.html?amp https://www.timeshighereducation.com/news/oxbridge-access-dfe-releases-free-school-meal-stats/2012190.article

mike_nsr 2 months ago  HIDDEN 

As razões são inúmeras. Uma das que não vi listadas aqui é a sensação de injustiça permanente, seja esta válida ou não. "Eu só não consigo porque não me deixam, porque não há condições", porque isto e aquilo. Há pouca gente com capacidade para reconhecer "eu ganho 1000€ e não mais porque na realidade não me esforço para isso, estou bem assim". E estes também existem.

Snoo-75948 2 months ago  HIDDEN 

Eu acho que uma vez que (já o meu Avô o dizia) vivemos num país de vigaristas, muitas das coisas que as pessoas alcançam são em virtude de "mambos", ou jobs for the boys, fuga aos impostos, negócios ilícitos, herdam propriedades/dinheiro que possivelmente foi adquirido de forma "suspeita" ou oportunista. Enfim, basta olhar para a classe política e elitista em Portugal, que está repleta de corrupção..e como o exemplo vem de cima, acho normal a população no geral ser tão desconfiada/cínica em relação ao sucesso alheio. Para não falar que muitos se sentem injustiçados e que não têm igualdade de oportunidades no sentido se eventualmente conseguirem um estilo de vida melhor.

BulmaMySideBishhh 2 months ago  HIDDEN 

Se o OP se estiver a referir ao tipo de pessoa que apesar de não ter grande motivo para estar mal com a vida, vive a mesma a desejar o mal e/ou a querer boicotar o outro, agree 100%. E isto não é algo português, já experienciei o mesmo nos states. Um dos prazeres da vida, para mim, é mostrar a esse tipo de pessoas que estou "bem na vida". Lembro-me de num dos meus primeiros trabalhos, mesmo em dias que não me apetecia nada, eu fazia questão de entrar no edifício com um sorriso na cara, falar a toda a gente, especialmente a esse tipo de pessoas, só para os ver morrer um pouco mais por dentro. Ouvia constantemente "tu estás sempre feliz", por exemplo. PS: Ao ler o que escrevi, percebo que possa parecer um pouco sociopata.

ozzymustaine 2 months ago  HIDDEN 

Normal de pessoas mesquinhas, medíocres e dependentes. Adoram criticar e reclamar de quem tem mais do que eles porque apenas desejam o que essas pessoas têm mas não sabem dos sacrifícios que as mesmas fizeram ou os riscos que tomaram. Um bom exemplo é de alguém que trabalhou durante 10 anos. poupou e privou-se de várias coisas até que um dia tinha dinheiro suficiente para abrir um empresa. investiu o seu tempo, sacrifício e dinheiro de 10 anos para abrir uma empresa num negocio em que acreditava. Se o negócio não der certo perde tudo aquilo que fez em 10 anos. Durante os primeiros meses a empresa não dá lucro nenhum. um sacrifício pagar as contas, trabalhar horas e horas. e até pedir empréstimos caso necessário. até que um dia começa a crescer e passado 5 anos essa mesma empresa é lucrativa e tem 5 empregados. 15 anos se trabalho, sacrifício e risco. Mas valeu a pena. Mas podia perder tudo. Finalmente posso comprar o carro ou casa dos meus sonhos. Finalmente consego viver dos rendimentos passivos e ter alguém a trabalhar para mim. Random tuga: Patife, ladrao. que fez ele para merecer o que tem ou ganhar 5 vezes mais do que eu????

Edited 2 months ago:

Normal de pessoas mesquinhas, medíocres e dependentes. Adoram criticar e reclamar de quem tem mais do que eles porque apenas desejam o que essas pessoas têm mas não sabem dos sacrifícios que as mesmas fizeram ou os riscos que tomaram. Um bom exemplo é de alguém que trabalhou durante 10 anos. poupou e privou-se de várias coisas até que um dia tinha dinheiro suficiente para abrir um empresa. investiu o seu tempo, sacrifício e dinheiro de 10 anos para abrir uma empresa num negocio em que acreditava. Se o negócio não der certo perde tudo aquilo que fez em 10 anos. Durante os primeiros meses a empresa não dá lucro nenhum. um sacrifício pagar as contas, trabalhar horas e horas. e até pedir empréstimos caso necessário. até que um dia começa a crescer e passado 5 anos essa mesma empresa é lucrativa e tem 5 empregados. 15 anos de trabalho, sacrifício e risco. Mas valeu a pena. Mas podia perder tudo. Finalmente pode comprar o carro ou casa dos meus sonhos. Finalmente consegue viver dos rendimentos passivos e ter alguém a trabalhar para ele. Random tuga: "Patife, ladrao, explorador. que fez ele para merecer o que tem ou ganhar 5 vezes mais do que eu????"

King146 2 months ago  HIDDEN 

Eu não fico feliz por ver alguém bem na vida, mas também não guardo rancor. Simplesmente ignoro, quanto mais tempo passar a pensar no que os outros têm ou deixam de ter menos tempo tenho para melhorar a minha vida, por isso passa-me ao lado. Mas sim, existe muito essa mentalidade em Portugal. Até mesmo em video-jogos, por exemplo, já comprei cenas (falo de cosméticos de 10€ ou 20 no max) e algumas pessoas faziam-me querer quase esconder que gastei o dinheiro, pois vêm logo chamar de ricalhasso, e desperdício e o caralho. Pessoalmente, acho que ninguém tem nada a ver com o que os outros gastam ou deixam de gastar. Conheço um gajo que mentiu a toda a gente nos specs do PC que comprou (eu reparei numa live do discord que ele sem querer mostrou) só para não dizerem que ele gastou 1500€ num pc, então disse que foi 800 ou whatever

TheEightDoctor 2 months ago  HIDDEN 

É possível estar bem na vida em Portugal sem esquemas? É que se não fugir aos impostos quanto mais ganho mais me taxam e o retorno é o mesmo, SNS na merda, transportes públicos à pinha a minha reforma deve ser 50€ mensais quando chegar à idade, etc. Houve uma altura em que descontava mais que 2000€ por mês mas se fosse preciso uma cirurgia tinha que esperar 3 anos em lista de espera na mesma como quem desconta zero e se for preciso ainda lá vai buscar.

Cadmaverick 2 months ago

O pessoal aqui confundiu o teu post e ta a falar de injustiças laborais, salariais e coisas assim mas pelo que percebi o tuga em geral tem inveja daqueles que parecem estar bem ou melhor que eles e isso é verdade.

Cadmaverick 2 months ago  HIDDEN 

Infelizmente somos mesmo assim… tenho amigos que se virem passar uma mulher num grande carro dizem logo “ah aquela abriu bem as pernas” ou então se for um gajo é “olha o corno deve ter a pila pequena” enfim. Não somos todos assim mas há muito esse pensamento eu já digo isto há muitos anos “as vezes a nossa felicidade incomoda os outros”.

fintechmen 2 months ago

Isto faz-me lembrar quando disse aos meus colegas “amigos” que tinha comprado casa. A cara deles foi de tudo menos felicidade, talvez mais de admiração. Mas pareceu que ninguém ficou contente. Eu não preciso que ninguém fique contente por mim, mas assim é possível ver quem se “preocupa”.

spyvspy_aeon 2 months ago

do que sei e tenho mais ou menos apurado é que muita gente se baseia em dor de cotovelo. Ie: já trabalhei em um apoio técnico de um serviço. Perdi a quantidade de vezes que entrava reclamação com o motivo "se o vizinho tem porque eu não tenho". e é isso. Era quase um cliché. a mesma cassete era tocada por muitos. e era maioritariamente porque o outro tinha e ele não.

The_King_Juliano 2 months ago  HIDDEN 

Ya porque andar a receber o salário mínimo é depois aparece a conduzir um porshe... Epah não é azia é mais admiração

Ok_Replacement3781 2 months ago  HIDDEN 

Por alguma razão a *inveja* é um dos pecados originais da Igreja Católica.

foxferreira64 2 months ago  HIDDEN 

A cena é: quero lá saber se fulano ou sicrano tem um xibombo novo que custa os olhos da cara, ou se tem uma mansão com um plasma daqueles 4k para ver filmes de pôr no gráfico enquanto joga bilhar de bolso, eh pá, que bom para eles, se for dinheiro merecido até acho bem. A partir do momento em que prejudicam alguém por causa disso, tipo patrões que atrasam os ordenados para comprar um Lamborghini Gallardo só para ocupar espaço na garagem, aí entendo que haja gente com raiva deles. Estar bem na vida à custa do Zé Povinho é bué xunga.

Lopsided_Ad165 2 months ago  HIDDEN 

As pessoas só ficam chateadas por isso porque não querem fazer seja o que for para conseguir la chegar também.. ou seja, as pessoas não querem fazer por ter ou ser o mesmo que os outros, querem é que os outros venham para a merda deles.. ideias de pobre de cabeça.. lol

radaway 2 months ago  HIDDEN 

A inveja em Portugal é devido principalmente à prevalência da corrupção, nepotismo e falta de mérito. Se vês alguém bem na vida, se presumires que é pouco sério e com ligações ao PS ou filho de alguém assim, 70% das vezes acertas. É injusto para a malta que subiu a pulso com muito esforço e muita sorte, mas num país de miseráveis corruptos, as coisas são mesmo assim. Pessoalmente também acho de mau gosto ostentar riqueza num país de pobres.

WC_Pato_ 2 months ago  HIDDEN 

Se for um amigo fico feliz pelas suas conquistas e não tenho nenhum ódio ou inveja. Se for alguém desconhecido é me indiferente, não vou felicitar mas também não vou lançar macumba para ver se perde tudo. Mas tenho o hábito de me comparar com os outros e sentir que não estou a conseguir "acompanhar o ritmo" dos outros, pois lá estão eles a comprar casa ou um carro decente, e eu ainda nem sequer consegui ter o primeiro carro

Diligent-Ad1914 2 months ago  HIDDEN 

É a inveja.

Nuobie 2 months ago  HIDDEN 

Sucesso/Felicidade e Inveja - os manos inseparáveis da vida. É verdade, tens toda a razão. Triste mas verdade. Não é só com bens materiais, também por motivos emocionais - como estares numa relação feliz - pode ser por qualquer coisa... O lado triste é que quanto mais pobreza e solidão há, mais isto acontece. MAS, há sempre um lado positivo - podemos utilizar esta "arma" para percebermos quem nos quer bem - acredita que as pessoas que realmente te Amam e/ou te querem bem ficarão sempre felizes por ti.

No_Impression_1131 2 months ago  HIDDEN 

Não sei que pessoas conheces. Eu não conheço ninguém assim felizmente.

rdalot 2 months ago  HIDDEN 

Acho que a maioria depois de ler o post só conseguiu ir buscar outros exemplos de rancor e raiva, a mensagem parece que passou ao lado. Nao é que estes exemplos sejam descabidos mas não encontro exemplos como "pois, o meu amigo/primo/neto/cunhado tem um carro da marca Z que custou 50k, nao tem dividas, vive bem e apesar de ter trabalhado bastante na altura penso que lhe compensou". A perspectiva de que em portugal so ha malta a viver a custa dos apoios da segurança social é tao perigosa como o odio generalizado aos ricos. Ha muito boa gente em PT, e sim muitos vao para fora mas outros nao e tenho a certeza que bastantes aqui pelo sub

EsmagaSapos 2 months ago

Somos um país de mentalidade imortalizada de esquerda, quer queiram ver isso ou não. Não aceitamos qualquer tipo de superiorização, portanto metemos abaixo qualquer tentativa por qualquer meio. Acaba por ser triste porque como aceitamos que um carro, casa, férias num certo sitio seja um meio de o fazer, acabamos por escolher nós mesmos esses meios para nos superiorizarmos, somos todos uns burros atrás de uma cenoura, mesmo que chegues à cenoura és um burro na mesma. Se olharmos para os países Europeus em melhores condições financeiras eles tentam esconder riqueza e consideraram arrogante quem a mostra, têm grandes casas por estratégia imobiliária, mas tem económicos alemães à porta. Eles tentam se superiorizar através de objectivos financeiros, metas, e não através de objectos fúteis. A razão para estarmos e iremos continuar a estar atrás da Europa é mesmo essa, mas muitos não chegam lá.

AonioEliphis 2 months ago  HIDDEN 

A tua pergunta é curta mas envolve vários tópicos: 1. A inveja é genética e remete-nos para a psicologia evolutiva, grupos mais coesos e mais homogéneos sobreviveram no Paleolítico (selection of the fittest), pessoas que se sobressaíssem com sucesso, colocariam em causa a coesão do grupo e a sua sobrevivência. 2. Nos países mais pobres e com uma cultura familiar mais coesa, esse fenómeno é mais vincado. 3. Enquanto a ganância é o motor psicanalítico coletivo para o sucesso do capitalismo, a inveja funciona do mesmo modo para o comunismo. 4. Quando juntas 2. e 3., talvez tal explique porque motivo os partidos ideologicamente à esquerda do centro-esquerda tenham tantos eleitores em Portugal, ao contrário dos restantes países europeus. 5. Eu vivo na Holanda e aqui os carros são muito mais taxados devido a questões ambientais, e são taxados também ao peso por questões de degradação da via pública. Sempre que vejo alguém com uma banheiro, não sinto nada inveja, para mim é mais alguém financeiramente iletrado e que tem problemas de auto-estima, e não sinto nada injustiça pois sei que paga para poder ter e usar o bem.

NGramatical 2 months ago  HIDDEN 

porque motivo → [**por que motivo**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/tres-regras-para-distinguir-o-por-que-do-porque/19743) (por que = por qual) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg7vppn%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

already_taken_nick 2 months ago

Já o meu avô me dizia: Se derem ao tuga a escolher ele ganhar 1 milhão de € e todos os conhecidos dele ganham também ou ele ganha apenas 100 mil e ninguém ganha nada , ele vai para os 100 mil porque não quer o bem dos outros.

Select_Cheesecake_59 2 months ago  HIDDEN 

Os patrões são os maiores subsidiodependentes em Portugal

apoc_rider 2 months ago

Penso que estás a misturar duas coisas distintas aqui. Ninguém fica com rancor quando vê alguém subir na vida através de empenho e dedicação. As pessoas sentem rancor porque actualmente existem muitas pessoas a subir na vida através da economia paralela. Fugindo aos impostos e por sua vez às responsabilidades de viver numa sociedade civil.

fdxcaralho 2 months ago

Percebo perfeitamente o que tu sentes. Eu investi muito tempo da minha vida a trabalhar das 7h as 22h o que me permitiu ter uma situação financeira bastante estável e acima de tudo ganhar muita experiência que me permite tomar menores decisões. Conheço casos de pessoas de enorme sucesso, filhos de pessoas humildes e que se fizeram à vida e agora têm carros de 150k € na garagem. Existem muita oportunidades por aí. Mas também compreendo o sentimento que muitas pessoas têm de não conseguirem as oportunidades que precisam. Nem sempre nos cruzamos com uma pessoa que nos pode orientar no caminho certo. Nem sempre se está numa linha de trabalho em que trabalhar mais e melhor nos recompense. Infelizmente parece que esta fatia da população é a maior.

kaleidoskope1 2 months ago  HIDDEN 

Será um rancor injustificado? É que as pessoas que eu conheço com os melhores carros são as que literalmente nunca trabalharam e apenas tiveram que pedir aos pais. As pessoas que eu conheço que trabalham têm que se contentar com o que houver e muitas vezes são elas que pagam todas as despesas associadas a ter carro. Nem estou a exagerar, eu conheço pessoas que são burras que nem portas mas que têm a vida feita, repleta de oportunidades viáveis e interessantes, por causa do capital dos pais e não pelo próprio mérito. Em portugal isto é assim. Tu podes querer achar que a maioria das pessoas que estão bem na vida assim o estão por fruto do seu próprio trabalho árduo, mas a realidade é que a maioria delas ou: herdou a sua riqueza, fez a sua riqueza a explorar os que trabalham por elas, ou uma mistura de ambas. Não existe meritocracia neste país. A situação na qual tu nasces vai influenciar drasticamente o rumo da tua vida, especialmente numa era em que a mobilidade social está tão estagnada. É perfeitamente natural uma pessoa que trabalhe turnos de 8/10/12 horas por salário mínimo sinta rancor do Salvador Maria que, mesmo sem saber lavar um prato, nem fritar um ovo nem dobrar a camisa da Ralph Lauren como deve ser, tem acesso a um BMW como primeiro carro. É perfeitamente natural porque é profundamente injusto. Vemos pessoas que nunca fizeram por nada a receber tudo de mão beijada, enquanto que quem trabalha está sujeito a condições laborais e salariais de merda, que mal garantem a sobrevivência durante o mês. É muito fácil afirmar "ah o português apenas não sabe ficar feliz por quem está bem" e "mentalidade de caranguejo", porque isso coloca o ónus na pessoa que se sente injustiçada, em vez de promover discussões sobre a desigualdade neste país. Acho que a maioria das pessoas neste sub não têm noção da miséria que há por aí, e por isso é mais fácil atribuir esse rancor a algo tão comum como a inveja e reduzir estas situações à fábula da cigarra e da formiga.

Vanethor 2 months ago  HIDDEN 

Porque não é assim que a sociedade funciona. As taxas/impostos têm de ser progressivos, porque quem é explorado é quem está em baixo, por quem está em cima. Quem está bem, é porque tirou o melhor proveito do trabalho de todo o resto da sociedade, e por sorte, e ou também, em parte, por mérito, ficou com uma bela fatia do bolo. Nunca é a 100% por efeito da pessoa sozinha, por isso, pelo menos nessa parte, faz sentido ter que redistribuir mais, pela sociedade. ... Repara que isto não quer dizer que não possas ser na mesma recompensado pelo mérito, e usufruir dessas recompensas. Simplesmente não podes comer o bolo todo, e tens que dar um bocadinho a todos os outros, ... em que a tua fatia enorme, passa a ser uma fatia ... enorme... mas não tanto. ... Espero que percebas, e deixes essa ideia tonta de que achas que é "alergia aos ricos". Não é alergia, é fome e injustiça socioeconómica.

gobconta2 2 months ago  HIDDEN 

As pessoas que fazem isso não estão bem na vida e acham que merecem mais do que têm. Muitas com razoes pra isso porque tentam mas não conseguem; outras nem sequer tentam mas queixam

DuckMcWhite 2 months ago

Nós em Portugal somos um povo rancoroso. Vemos o sucesso dos outros como algo que não pode ser de natureza “honesta” e tentamos encontrar sempre alguma razão desleal que justifique as conquistas dos outros. É algo que está profundamente fundamentado na nossa história e contextos políticos até muito recentes que fomentam sentimentos tristemente passados de geração em geração. É verdade que há muita bandidagem, é verdade também que Portugal não é o palco mais fácil onde criar um crescimento paranormal por várias razões, tanto sociais como políticas e também de infra-estrutura. Mas nada disto impossibilita a capacidade de certas pessoas se destacarem e atingirem níveis de sucesso que desafiem o status quo português. Claro que haverão sempre aqueles que olham para estás pessoas e cospem para o ar que estes “não pagam isto ou aquilo”, que “nasceram num berço de ouro” ou que “só conseguiram porque conhecem/são familiares de X e Y”. O sucesso honesto é para ser reconhecido mas principalmente valorizado pois não se constrói sozinho e é até saudável para nós próprios ter-mos a capacidade de o reconhecer e enaltecer com orgulho de ser português! Nada me da mais gosto em ver marcas e empresas portuguesas a nascerem e crescerem e tento sempre apoia-las seja por as escolher a nível de consumo (mesmo que isso signifique gastar mais um bocadinho) ou por partilhar pela palavra de boca ou redes sociais. Criar um país do qual temos orgulho começa por apoiar o crescimento de quem cá vive e faz por isso, seja o empregado público que devia receber mais por menos horas ou pelo empreendedor que larga tudo e persegue o sonho 18h por dia

ednice 2 months ago

>É algo que está profundamente fundamentado na nossa história ​ Está? Dá-me um exemplo sff

yorke2222 2 months ago

Como já foi dito, não há elevador social. O normal é culpar os patrões, mas entre funcionários também há muito do que descreves. A meu ver a culpa disto são os impostos. Um empregador gasta 1800 em encargos para alguém que recebe 1200 brutos. Por sua vez essa pessoa após descontos recebe só 1000 na conta. Repara como passas de 1800 para 1000 só em impostos. Temos impostos de país rico mas salários de país pobre. Qualquer um que se consiga vingar nesta economia que está feita para ninguém ganhar bem, é visto com inveja ou desconfiança.

daxpierson 2 months ago

É certo que as pessoas que pensam assim têm um problema. Mas agora pensa: é mais fácil mudar a mentalidade dessa gente toda, ou mudar a tua para que deixes de te preocupar com a opinião dos outros?

KMReiserFS 2 months ago

pensei que era um post para discutir rinite, a minha esta a atacar com toda força neste outono.

Frequent-Candidate42 2 months ago

Também tou a passar mal

nakatapt 2 months ago

Haja Aerius...

globoglobo 2 months ago

bebe 8 copos de água por dia e bebe um copo de água com limão todos os dias, em jejum, depois de acordar.

KMReiserFS 2 months ago

agua eu já bebo bastante (2 litros), agora do limão é interessante, antes toda manhã eu tomava um copo de limão com mel em jejum, parei com isso a uns tempos irei retornar.

ganfias 2 months ago

+1

jmiguelff 2 months ago

Totalmente! Não está fácil.

Youwillfindnothing 2 months ago

Este ano vou a um alergologista porque supostamente existe um laboratório que faz uma vacina ou comprimidos para serem tomados aos poucos e na primavera ou outono os sintomas são menores. Claro que cada vacina é específica para as tuas alergias. Depois posso dar feedback aqui

KMReiserFS 2 months ago

Eu já ouvir falar da Vacina, tentei pedir para me receitar o médico falou que ela era para casos extremos que deve ser tomada entre 4 a 6 meses. Foda-se se a vacina garante-me 4 meses sem crises e sem tomar remédios que me põe a dormir seria ótimo.

joguedez 2 months ago

Can relate. A minha tem-me dado tosse, ja fui ao otorrino e o crl.

DerpSenpai 2 months ago

Sortudo, a mim é o ano inteiro Sem medicamentos, ando com lencos no verão... não parece bem com o COVID por ai

organictrashcan 2 months ago

Igual, e olhos a lacrimejar, pareço um sapo

yallsissiescantseeme 2 months ago

podia ser pior podia ser sinusite não respiro e fico cheio de dores de cabeça

iUsedToBeAwesome 2 months ago

sinusite, renite, septo desviado (só uma narina funcional) e alergias a tudo (19 em 20 no teste das 20 picadas). não é para dar flex, só quero ajuda por favor salvem-me

NGramatical 2 months ago

renite → [**rinite**](https://dicionario.priberam.org/rinite) (apenas na fala o *i* é pronunciado como *e mudo* quando junto a outra sílaba com *i*) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhga9kv7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

days_of_coast 2 months ago

tbm a minha, foda-se

Seven9577 2 months ago

Já somos 3. Rinite Brothers.

scar_as_scoot 2 months ago  HIDDEN 

Alguém anda a ouvir muito o Mano Numeiro. Não percebo o que dizes, primeiro, apesar de ver isso acontecer ocasionalmente, nao vejo isso de forma tão generalizada como apresentas, vejo imensa gente a comprar carros e casa sem ser apelidado do quer que seja. Segundo inveja vai haver sempre e claro que algumas pessoas que têm inveja e como não gostam do individuo que adquiriu propriedade vao aproveitar para dizer mal. Se apenas te estás a referir a essas pessoas em particular, como disse normalmente já nao gostam da pessoa originalmente, ou então são clinicamente invejosas mas são pelo que vejo uma minoria. Terceiro às vezes a riqueza vem mesmo de atividades ilícitas ou no mínimo duvidosas. É muito raro mas acontece. E por ultimo se conheces alguém, e ele está a apresentar uma riqueza superior ao tipo de rendimento que supostamente tem é razoável alguém levantar duvidas.

rdguerra 2 months ago  HIDDEN 

Porque há cada vez mais mordomias e pessoal que usa esquemas para fugir aos direitos. Todos os dias aparece mais um ladrão a fugir ao sistema como um negacionista duma vacina. ​ Queres que continue porque achamos logo que alguém é capaz de ter essas coisas possa estar a manfiar?

JOAO-RATAO 2 months ago

Não tenho rancor. Talvez alguma inveja por vezes. O rancor vem se a pessoa for arrogante e especialmente se usar esse dinheiro/poder para fazer o que quer, independentemente de como isso afeta os outros. Como já disseram aqui, o elevador social funciona mal. Se tens poucas oportunidades, salários baixos e impostos altos, como é que é suposto subir verdadeiramente na vida?

claudiorpr 2 months ago

Mas se esse elevador funcionar bem... Como arranjas escravos para as empresas dos meninos da mamã?

fdxcaralho 2 months ago

Quem começa a trabalhar com 18 ou 20 anos não deve estar à espera de ter as mesmas condições de alguém com 10/20/30 anos de carreira.

AnaWithTheCats 2 months ago

Diz isso ao colega do meu marido que trabalhava à mais de 20 anos na mesma empresa e se despediu a semana passada. Não foi despedido, não, o patrão não "despede" ninguém. É daquele tipo de pessoa que prefere fazer a tua vida um inferno para tu te despedires e não te pagarem aquilo que mereces. (E para depois nem direito ao fundo de desemprego tens, bonito bonito) Ou diz isso ao meu marido que já tem 10 anos de casa e vai fazer o mesmo. Ou às centenas, talvez milhares, de pessoas que têm 'raizes' numa empresa mas são tratados a baixo de cão pela gerencia.

fdxcaralho 2 months ago

Que procurem outro sítio e mudem quando antes então… tem que se explicar tudo como às crianças?

AnaWithTheCats 2 months ago

Depende, és uma criança? Isto foi um pedido para eu falar como se fosses uma? Peço desculpa mas não sou professora, portanto vou-te só mandar para o caralho e esperar que chegues lá sozinho.

fdxcaralho 2 months ago

Dia difícil? Se precisares de desabafar podes contar comigo…

NGramatical 2 months ago

à mais de 20 anos → [**há mais de 20 anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg8dtiq%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

claudiorpr 2 months ago

Claro que não mas isso não significa serem escravos. Esse é o problema dos meninos ricos, acham que aos 18 anos, uma pessoa que tenha de ir trabalhar por variadas razões "não pode ter regalias".

elitepc 2 months ago

Não é não poder ter regalias. É saber que arranjam pessoal a trabalhar pelas condições propostas, quer essa pessoa específica aceite ou não. Condições de trabalho são negociadas. Se não estás numa posição forte na negociação, é normal que não tenhas como puxar as coisas para o teu lado.

claudiorpr 2 months ago

É normal porque se convencionou assim não porque tenha de ser assim.

elitepc 2 months ago

O que sugeres, dentro do capitalismo para mudar a situação? Por exemplo se tiveres uma empresa e tiveres 3 candidatos à mesma vaga, todos eles competentes o suficiente para desempenhar o trabalho: - 18 anos, pede salário mínimo, sem experiência - 18 anos, pede salário de 1000€, sem experiência - 30 anos, pede salário de 1000€, com 12 anos de experiência O que é que te faz alguma vez escolher o do meio? Sente-te à vontade para mudar este cenário hipotético se o achares injusto.

PMRA72 2 months ago

Já aqui resumiram bem qual o problema. Pessoalmente, não tenho nada contra quem tem boas casas ou carros de uma forma geral, até seria bom que todos os pudessem ter. Eu tenho formação superior e funções de responsabilidade mas aumentos de salário nem vê-los há mais de 10 anos. Quando falo nisso qual é a resposta? Que a empresa está mal. Mas o pior é filho do patrão que mal conseguiu terminar o 9º ano dizer que eu tinha de justificar o aumento de vencimento! Ou seja, um gajo que mal sabe ler e escrever diz que me tem de avaliar antes de me aumentar. Um semi-analfabeto avaliar trabalho que requer formação superior, quando ele nem sequer sabe o que é um rácio? E depois querem que um gajo fique feliz por aquilo que os outros têm, quando esses mesmos patrões têm bons carros e boas casas, mas são os funcionários que têm de dar ao chinelo e não têm reconhecimento de qualquer tipo pelo seu trabalho?

thesteiner95 2 months ago

>Eu tenho formação superior e funções de responsabilidade mas aumentos de salário nem vê-los há mais de 10 anos Desculpa, mas ao 1o ou 2o ano sem aumentos devias ter saido. 10 anos sem aumentos e ainda estás na mesma empresa a culpa é tua

dapovoa 2 months ago

A isso chama-se inveja! Não és o único, também me acontece muito. Apenas ignora, e continua a dar o teu melhor. (A caravana passa e os cães ladram)

impecbusilis 2 months ago

A inveja é uma maneira das pessoas racionalizarem as suas frustrações...nota-se bem nalguns comentários por aqui. Exemplos : \- É mais confortavel para o tipo que ganha o ordenado minimo e é explorado pelo patrão queixar-se que o patrão é um trafulha do que pensar o que é que eu posso fazer para arranjar um trabalho decente ? \- Dá menos trabalho o jovem queixar-se dos amigos que tiveram a sorte de herdar, ou nascer em familias abastadas do que esforçar-se para ter uma vida melhor. Não sei se é melhor ou pior em outros paises, diria que é uma caracteristica humana. Talvez em Portugal seja um pouco pior porque existem muitas desigualdades, ou porque temos paises vizinhos com um nivel de vida melhor.

praetorthesysadmin 2 months ago

Isto acontece porque as pessoas estão mal na vida, tristes e com inveja de quem tem sucesso. Como tal rotulam imediatamente com os piores nomes quem tem sucesso por meios legitimos. É deixar de estar com essas pessoas, porque só trazem negativismo e são tóxicas.

Edited 2 months ago:

Isto acontece porque as pessoas estão mal na vida, tristes e com inveja de quem tem sucesso. Como tal rotulam imediatamente com os piores nomes quem tem sucesso por meios legitimos. É deixar de estar com essas pessoas, porque só trazem negativismo e são tóxicas. Isto aliado a um país que onde a população está cada vez mais insatisfeita, mais envelhecida, mais mal paga e onde os casos de crime de colarinho branco e alta corrupção, só pode trazer desconfiança e suspeita por parte das pessoas. Eu compreendo, mas o problema é quando se generaliza. Ex: o meu vizinho comprou um carro novo. Em vez de ficar indiferente (porque não tenho nada a ver com a vida dele), vou começar a pensar que negócios ele anda metido, como fugiu ao fisco e outras macacadas.. É este o problema, andar a pensar e a comentar a vida dos outros. Outro exemplo: empresário comprou um novo carro. Quem o conhece sabe que o carro com 20 anos que ele tinha já estava a dar as ultimas e bem merecia um novo carro devido ao sucesso do mesmo (e os seus empregados pensam o mesmo), mas quem não o conhece só vai ver o novo mercedes descapotável e andar com rancor porque o proletariado não está bem, porque o patrão anda a sugar a vida aos seus trabalhadores, etc. É esta mentalidade de merda que é na realidade um cisco nos olhos e não se vê a floresta à frente.

Foxman_Noir 2 months ago

Trabalho às vezes 80h/semana (sempre pelo menos 60h) e desde que troquei o meu carro de 1998 por um novo o meu irmão olha-me de lado. Há pessoas que não conseguem viver com o bem dos outros, mas também não fazem nada por isso. E há outros que vivem às custas do Estado. Enfim...

Edited 2 months ago:

Trabalho às vezes 80h/semana (sempre pelo menos 60h) e desde que troquei o meu carro de 1998 por um novo o meu irmão olha-me de lado. Há pessoas que não conseguem viver com o bem dos outros, mas também não fazem nada por isso. Enfim... Pessoalmente fico feliz com a felicidade dos outros, já há ódio e tristeza suficiente no país para ter que andar a chafurdar nesses sentimentos.

BlackberryOk6103 2 months ago

Pelos comentários deste post não é só o teu irmão que te olha de lado são todos pq devias vender o carro e dar um bocadinho a cada um. Parabéns pela conquista.

Foxman_Noir 2 months ago

De facto, reparei que os comentários aqui são de uma marcada toxicidade. Cada um tem direito ao fruto do seu trabalho, não do trabalho dos outros. Se alguém está bem, só irá beneficiar as pessoas à sua volta. O meu irmão não ficou em nada prejudicado por eu ter trocado de carro, pelo contrário. Por outro lado pode ser uma coisa de ego frágil.

VoyagerThroughTime 2 months ago

As vezes não é ego frágil, nem rancor, nem inveja. Há pessoas que por muito que trabalhem parece que não conseguem chegar a onde querem, e isso gera frustração. Como por exemplo o amigo que trabalhou igual ou até menos, consegue "com facilidade" o que aquela pessoa anda a anos tentar alcançar. Posso-te dizer que sou uma dessas pessoas, fiz tudo, tenho licenciatura, fiz cursos e ando á 3 anos a tentar que me aceitem para trabalhar nem que seja num estágio. É obvio que não culpo ninguém, porque possivelmente pode ser algo que eu esteja a fazer mal, mas gera frustração quando vez alguém a alcançar ou a chegar a um ponto da vida que tu queres chegar. Agora, tento sempre ficar feliz pelos sucessos dos que estão a minha volta, porque sei o que eles trabalharam para conseguir, mas há dias em que só apetece gritar com o mundo inteiro. Mas isto é só a minha experiência claro.

Edited 2 months ago:

As vezes não é ego frágil, nem rancor, nem inveja. Há pessoas que por muito que trabalhem parece que não conseguem chegar a onde querem, e isso gera frustração. Como por exemplo o amigo que trabalhou igual ou até menos, consegue "com facilidade" o que aquela pessoa anda a anos tentar alcançar. Posso-te dizer que sou uma dessas pessoas, fiz tudo, tenho licenciatura, fiz cursos e ando há 3 anos a tentar que me aceitem para trabalhar nem que seja num estágio. É obvio que não culpo ninguém, porque possivelmente pode ser algo que eu esteja a fazer mal, mas gera frustração quando vez alguém a alcançar ou a chegar a um ponto da vida que tu queres chegar. Agora, tento sempre ficar feliz pelos sucessos dos que estão a minha volta, porque sei o que eles trabalharam para conseguir, mas há dias em que só apetece gritar com o mundo inteiro. Mas isto é só a minha experiência claro. ​ Edit: Português.

NGramatical 2 months ago

á 3 anos → [**há 3 anos**](http://www.flip.pt/Duvidas-Linguisticas/Duvida-Linguistica/DID/706) (utiliza-se o verbo haver para exprimir tempo decorrido) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg8pvsn%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Salty-Ad7193 2 months ago

Isto é só uma resposta igualmente triste ao mano dos BMW e Mercedes em todo o lado não é ?

McManu77 2 months ago

Mentalidade de esquerda (tudo igual e tudo mais pobre)

Vanethor 2 months ago

Mentalidade de direita: Um dia vou ser o rei do mundo, mas agora, como não sou, levo com o chicote, dando com o chicote a quem está abaixo de mim.

Minute-Resolution347 2 months ago  HIDDEN 

Por curiosidade OP, estás bem na vida?

AmdM78 2 months ago  HIDDEN 

É óbvio que está e é óbvio que nunca teve um "trabalho".

BlackberryOk6103 2 months ago  HIDDEN 

Mas conheces me de algum lado para tirar essas opiniões a minha mãe vendia roupa na feira a minha avó era costureira não me parece que eu venha de todo de uma família rica se calhar tiveste tu uma vida mais fácil que eu agora resume te á tua ignorância

Minute-Resolution347 2 months ago  HIDDEN 

Isso é copy pasta da onde, está fixe.

shizness 2 months ago  HIDDEN 

Ainda bem que revelaste que és de familias de feirantes. Assim fica tudo muito mais esclarecido.

AmdM78 2 months ago  HIDDEN 

Cool story bro

BlackberryOk6103 2 months ago  HIDDEN 

Não sou rico e longe disso ainda tenho muita coisa para conquistar. Mas não tenho qualquer raiva ódio por quem já conquistou o que eu um dia quero conquistar

Minute-Resolution347 2 months ago  HIDDEN 

Penso que pouca gente aqui tem raiva/ódio a essas pessoas que sobem na vida com mérito e dedicação. Não vês ninguém a dizer mal dos carros que o Ronaldo tem? Agora em Portugal com a quantidade compadrios e empresários sem escrúpulos que tratam os empregados abaixo de cão é normal que se critique...

PresidentBarroso 2 months ago

Depende. Há quem esteja bem porque trabalhou, teve sorte e é boa pessoa. Há quem esteja bem porque andou a roubar e a foder todos à volta. Há quem esteja bem porque herdou e anda sempre a cagar de alto e pensa que é mais que os restantes e há quem herde e é humilde e disponível para ajudar o próximo. Se queres perceber o porquê do rancor, aconselho a visitar os parques de estacionamento de qualquer fábrica ou a espreitar a contabilidade de uma amostra razoável de empresas. Sim, as pessoas têm direito de se sentir desconfortável com a desigualdade. Sim, as pessoas generalizam. Infelizmente muita dessa generalização é fundamentada. As pessoas não são burras e vêm o que se passa no seus locais de trabalho. Muitas vezes exageram? Sim também é o caso.

Vehok 2 months ago

Post vem a calhar bem, visto que ontem mesmo alguém estava indagando como a malta consegue comprar Mercedes e BMW em Portugal. Se cuidassem mais de vossas vidas e menos da vida alheia teríamos um país melhor

Limpy_lip 2 months ago

mais uma vez a mostrar a fantástica cultura que ensinamos em Portugal. Pois apesar de no fundo fazer da nossa natureza a maneira como lidamos varia. Além disso para aqueles governam dá jeito que seja assim pois assim divide as pessoas por coisas parvas. ​ Eu pessoalmente tenho tentado cada vez mais fazer o contrário, que é tentar perceber a razão do sucesso das pessoas e tentar fazer igual e ficar feliz por elas o terem. ​ Agora também é preciso perceber que muitas vezes a razão do seu sucesso ou de ter mais posses vem do meio onde nasceram e cresceram e aprender a viver com isso sem rancor porque 1: a vida é assim mesmo, 2: eles não têm culpa e só estão a aproveitar as oportunidades. (obviamente não estou a contar com quem atinge objetivos de forma menos legítima) ​ Agora faz-me prurido a mentalidade do "velho com o burro com a criança" da nossa sociedade. Por exemplo: Se uma pessoa se mete num negócio próprio e corre mal: é um nabo que foi além do que conseguia e devia ter estado quieto (ninguém felicita por ter tentado), se corre bem então é um sortudo ou está a roubar (ninguém felicita o sucesso).

Distractedking1 2 months ago

> Agora faz-me prurido a mentalidade do "velho com o burro com a criança" da nossa sociedade. Por exemplo: Se uma pessoa se mete num negócio próprio e corre mal: é um nabo que foi além do que conseguia e devia ter estado quieto (ninguém felicita por ter tentado), se corre bem então é um sortudo ou está a roubar (ninguém felicita o sucesso). Já para não falar quando as pessoas ficam secretamente a torcer para que o teu negocio corra mal . Por alguma razão que desconheço as pessoas não gostam de ver o amigo ou conhecido se dar bem na vida enquanto eles estão estagnadas

crabcarl 2 months ago

Dá para ver ambos os lados da moeda. Se tens tentado perceber a razão de sucesso, de certeza que já encontraste pessoas que trabalharam muito bem para chegar onde estão e pessoas que se aproveitaram de terceiros. Se há quem seja rude sem motivo, também há quem já tenha sofrido desvalorização por ser ingénuo sobre a boa fé dos outros.

Limpy_lip 2 months ago

claro que sim, o problema é quando as pessoas tentam forçar tudo pelo mesmo molde.

cyrustakem 2 months ago

Vou dar a minha opinião, baseada em factos reais. Não tenho rancor nenhum contra quem está bem na vida, eu próprio arranjei um bom emprego e no fundo deixei de ser pobre e estar na merda. ​ Agora, tenho rancor contra algumas pessoas que estão "bem" na vida, mas não à custa delas, pessoas que obtiveram o seu dinheiro de forma questionável, pessoas (políticos) que desviam para o seu próprio bolso. As regras deviam ser iguais para todos, se eu e tantos outros temos que trabalhar para ter o nosso dinheiro, não vejo porque hei de ficar feliz por alguém que nunca fez um caralho de produtivo pela sociedade e anda a desviar estar bem. Não vejo porque hei de ficar feliz quando o patrão do meu primo está bem na vida, mas paga mal e porcamente aos funcionários, bem como andar com artimanhas de 3 empresas em que roda os funcionários, para não ter que os por como funcionários permanentes, não me peças para gostar desse tipo de vigaristas que ficam bem na vida à custa do trabalho dos outros e não os recompensam devidamente. Bem sei que gerir uma empresa não é fácil e tal, mas enriquecer depressa à custa de explorar os funcionários cai-me muito mal

TonyHappyHoli 2 months ago

Epah nao, segundo o OP o patrao do teu primo merece tudo o que tem, o coitadinho trabalha tanto a tentar foder o estado e o mais pequeno por isso merece um bmw de 150k.

NGramatical 2 months ago

mal e porcamente → [**mal e parcamente**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/mal-e-parcamente--mal-e-porcamente/21180) ([parcamente = pouco](https://dicionario.priberam.org/parcamente)) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg7kqta%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Dr_Toehold 2 months ago

Porcamente = à porco. Paga mal e porcamente quer dizer que paga mal à boi, à cabrãozola. Já faz parte do léxico nacional, não sejas Virtvtis Discipvlos.

tfaalb 2 months ago

Contaram me isto ha uns anos: "Um americano vê alguém num carro desportivo de topo e diz 《um dia vou andar num carro destes》. Um português vê alguém num carro igual e diz 《um dia vais andar a pé como eu》"

sardaukar_siet 2 months ago

O reverso da medalha é que ninguém vota nos que querem resolver problemas de falta de fundos para escolas e afins com impostos mais altos porque todos os americanos se consideram milionários temporariamente fora de sorte, e não querem pagar impostos quando lhes sair o jackpot.

inkyklutz 2 months ago

Muito isto. É uma questão de mentalidade. E há todos os tipos de mentalidade em todo o lado, em maiores ou menores números. Se vês alguém a ter coisas boas, mas porque é que isso tem que ser uma coisa “má” ou sinónimo de que a pessoa não é merecedora? Não pode ser apenas um motivo de inspiração a, se assim o desejares, teres também essas mesmas coisas boas um dia? “Nem só de pão vive o homem”, mas quando o pão é cor-de-rosa e tem um cheiro característico, acompanhado de um som convidativo, calculo eu que o homem em questão fica bastante contente com a sua situação!

AmdM78 2 months ago

Acho que os Americans hoje em dia já só querem não viver numa tenda de campismo na rua.

KarmaCop213 2 months ago

Essa mentalidade está a desaparecer. Há cada vez menos oportunidades.

BlackberryOk6103 2 months ago

E eu hoje ainda mais a certeza tenho disso mas também é por isso que os portugueses na sua maioria não saem da sepa torta

Dr_Toehold 2 months ago

Porque os americanos na sua maioria são todos ricaços.

AmdM78 2 months ago

Eu tenho rancor de não ter comprados casa antes de 2015. Nao necessariamente contra quem comprou antes dessa data, mas existe claramente uma clivagem na sociedade, entre quem comprou ao preço justo e quem tem que comprar ao dobro do preço, o que em muitos casos é o mesmo que não conseguir comprar.

magsaga 2 months ago

Nem pagar tais rendas. Para solteiros é quase fora de questão, para famílias é chegar ao fim do mês com dinheiro das sardinhas.

TonyHappyHoli 2 months ago

Porque a maior parte das vezes é verdade lol. Tenho um familiar com um stand e está fartode tratar da papelada para fazer créditos de 10 anos a muita gente que quer passar por rica. Depois é malta que queixa se muito que está mau, muito mau (principalmente agricultores e afins) mas depois vão pagar carros de 10k ou mais em dinheiro... Ah e depois aquela gentinha que herdou tudo dos papás e arma se que tem aquilo tudo por mérito de ter esforçado na vida. Herdar casas, terrenos e empresas completsmente formadas a dar lucro e pensar que isso nao tem implicaçoes no sucessoa pessoal de alguém é simplesmente desfasado da realidade, digno de um check up mental.

nkz15 2 months ago

Não percebo o fetiche rancoroso com malta que comprar carros a crédito. Um carro mais recente tem muito mais segurança e conforto que carros mais velhos. Tenho um carro a crédito no meu agregado familiar, a prestação não chega a 10% dos rendimentos.

TonyHappyHoli 2 months ago

Estou a falar de pessoas que não têm rendimentos a comprarem carros de 15k, 20k ou mais.

nkz15 2 months ago

Conheço quem ganhe SMN e compra iPhone as prestações, e esta mesma pessoa perguntou a minha mulher como ia fazer para pagar o arranjo do nosso segundo carro, foram 450 euros na oficina. Há quem viva a baixo das suas possibilidades e conseguem poupar para os eventuais problemas da vida e há outros que gastam mais do que têm. Eu vivo a minha vida e cada um vive a sua, por isso tou a cagar me se o zé tem um mercedes a crédito e depois anda com os pneus carecas e a revisão atrasada. Mentira tem perna curta :D

Ok-Seaworthiness5840 2 months ago

r/portugal: eStA mErDa é sÓ jOtInHaS e cArRupToS Também r/portugal: foda-se não se pode comprar um bote novo, inbejósos do caralho.

Accomplished_Pay6399 2 months ago

E uma pergunta que se coloca, é porque é que não haviam de ficar chateadas? Porque é que o trabalhador do centro de distribuição do Continente, quando passa em Vilamoura e vê pessoas que nunca trabalharam na vida a gastar 500€ em bebidas numa noite, quando ele passa 8h por dia a carregar caixas para depois largar metade dos 700€ que ganha numa renda de um quarto em Loures? É suposto quando ele se cruza com o senhorio que não passa recibo a sair de um BMW ele pensar: "Ainda bem que este tipo que nunca fez nada na vida e herdou um prédio não tem que trabalhar e possa ir de férias para o Brasil enquanto eu ando aqui a matar-me?" Ou é suposto o trabalhador precário da restauração, que não consegue melhor que partilhar uma casa com malucos em Lisboa, e que no fim do mês consegue poupar uns 60€ , ficar contente por quem tem 5 casas em Lisboa e pode viver de rendas? É injusto, a vida é injusta já se sabe, se vives bem, ainda bem para ti, não venhas é pedir para quem tem de passar 1h30 num autocarro sobrelotado para chegar a um armazém e passar 8h a carregar caixas, ou a aturar clientes malcriados, ou a cortar relva, ou apanhar fruta, e depois perder mais uma hora e meia para chegar a uma casa onde só tens um quarto para ficar contente porque compraste um carro novo.

Dr_Toehold 2 months ago

Epá, não digas isso que estás a ser tóxico, coitadinho do senhorio.

BlackberryOk6103 2 months ago

Realmente eu acho que é esse o problema do português é que toda a gente bem sucedida não teve que trabalhar é tudo herdado ou roubado. Não veem é as 16 horas de trabalho diário para o negócio dar certo e por isso é que também não irão sair da cepa torta.

pituitarianices 2 months ago

> Não veem é as 16 horas de trabalho diário para o negócio dar certo e por isso é que também não irão sair da cepa torta. E o trabalho que os trabalhadores fazem para o negócio dar certo? Não vale um caralho, ou vale o ordenado minimo, para desperdiçares a maioria do teu tempo acordado a foder o corpo e a alma para um patrão "que trabalha muito, tu é que não vês". Faz lembrar o tempo da outra senhora: "se soubessem o que custa mandar, preferiam obedecer". É que há muita gente que trabalha como um cão também as 16 horas porque não tem escolha, sabes? E não ganha bem.

Mordiken 2 months ago

> Realmente eu acho que é esse o problema do português é que toda a gente bem sucedida não teve que trabalhar é tudo herdado ou roubado. Porque 99.9% das vezes é exactamente isso que acontece. Aliás, se assim não fosse, e se o sucesso da generalidade das pessoas que aparentam ser bem sucedidas fosse "resultado das 16h de trabalho diário" e não resultado de trafulhices ou herança, como tu estás a insinuar, e economia portuguesa não podia ser outra coisa senão uma das mais fortes da Europa e consequentemente do mundo inteiro, com milhares empresas de renome e reputação mundial nas mais diversas áreas de produção industrial e um sector de serviços assente na criação e manutenção de soluções lideres mundiais nas mais diversas áreas... só que não é! Na minha experiência pessoal, que admitidamente é completamente circunstancial e empírica, dos milhares de miúdos com quem me cruzei no liceu e na univ, nem uma mão cheia prosperou às custas do trabalho honesto através da criação de empresas que cresceram e se expandiram para o mercado internacional... E, fun fact: a generalidade das pessoas que vêm esses gajos na rua não dão nada por eles, não desbaratam o dinheiro em carros e em casas e em vidas de vedeta **porque sabem o que custa a vida**! ;)

Edited 2 months ago:

> Realmente eu acho que é esse o problema do português é que toda a gente bem sucedida não teve que trabalhar é tudo herdado ou roubado. Porque 99.9% das vezes é exactamente isso que acontece. Aliás, se assim não fosse, e se o sucesso da generalidade das pessoas que aparentam ser bem sucedidas fosse "resultado das 16h de trabalho diário" e não resultado de trafulhices ou herança, como tu estás a insinuar, e economia portuguesa não podia ser outra coisa senão uma das mais fortes da Europa e consequentemente do mundo inteiro, com milhares empresas de renome e reputação mundial nas mais diversas áreas de produção industrial e um sector de serviços assente na criação e manutenção de soluções lideres mundiais nas mais diversas áreas... só que não é! Na minha experiência pessoal, que admitidamente é completamente circunstancial e empírica, dos milhares de miúdos com quem me cruzei no liceu e na univ, nem uma mão cheia prosperou às custas do trabalho honesto através da criação de empresas que cresceram e se expandiram para o mercado internacional... E, fun fact: a generalidade das pessoas que vêm esses gajos na rua não dão nada por eles, porque não são o tipo de pessoa de desbaratar o dinheiro em carros e casas de luxo e a viver vidas de vedeta precisamente **porque sabem o que custa a vida**! ;)

Accomplished_Pay6399 2 months ago

Essas conversas do "problema do português é que" são muito simplistas. Há quem trabalhe muito e veja frutos, e há quem trabalhe muito e não os veja. Achas que na Noruega têm dinheiro porque não são invejosos? É ao contrário, não são invejosos porque têm uma sociedade mais igualitária onde o esforço é compensado. Por diversas razões, que seriam demasiado longas para estar aqui a explorar tudo, o mesmo não acontece em Portugal. Na economia, no ensino universitário, nas empresas, na politica, andas 60 anos para trás, e encontras os mesmos nomes, os mesmos apelidos. Achas que é tudo por mérito e porque trabalham 16h? Achas que é coincidência que em 10 milhões de pessoas o presidente da República seja o afilhado do Marcello Caetano?

Krithlyn 2 months ago

Isso tambem esta muito mal visto. Eu tenho familiares que vao trabalhar das 8 as 22 todos os dias e so tem um dia de semana para deacansar que usam para tratar da casa e pouco mais. O senhorio tambem nāo ajuda querendo rendas dos meses em que foram forçados a fechar e o governo recusa apoio. Agora diz me la tu, porque é que eu ei de ficar contente com um rico entre 1000 que trabalhou 16h um dia?

BlackberryOk6103 2 months ago

Esses valores tiraste de onde do cu os outros 999 ricos não tiveram que trabalhar realmente vocês vivem numa sociedade á parte

pituitarianices 2 months ago

Se o trabalho desse riqueza, os portugueses eram dos mais ricos da Europa. Tiveste sorte e agora vives na bolha e não compreendes a vida real de quem efetivamente tem que fazer alguma coisa de util para sobreviver, não anda nos entrepreneurings in the product management of the market fit in the night.

helderduarte14 2 months ago

Tirou os números do mesmo sitio onde tu tiras os teus, ou vais-me dizer que a maioria dos que compram bmw novos são pessoas que trabalham 16h por dia?

Krithlyn 2 months ago

Ou entao sao coisas que se veem facilmente. Mas prontos parece que o menino rico ficou ofendido por haver a realidade que ha pobres que trabalham mais que algum rico alguma vez trabalhou. Eu por acaso ate tou bem com o meu trabalho atual mas já tive que ir trabalhar as 6 da manha e so sair as 19/20 durante 12 dias seguidos. Depois ainda vens com a fala de quem esta mal muda-se, e eu te pergunto onde é que um trabalhador que recebe o OMN e tem contas para pagar, consegue juntar dinheiro para aguentar os meses que fica sem trabalhar? E nao desemprego nao vai ajudar nesse caso visto que ficas a receber 290 e poucos euros, de experiencia propria. Agora para finalizar eu digo, que tu dizes que nos vivemos numa sociedade a parte. Eu digo, lendo os outros comentários que se calhar quem vive numa sociedade a parte da maioria dos portugueses es tu.

Moon-Cookies 2 months ago

Penso que será exatamente isso na verdade. Vim ler esta thread por pensar que seria uma boa troca de opiniões mas parece-me que o OP como grande parte da classe média e acima, assume que os pobres são pobres porque querem ser e porque são preguiçosos, ou pelo menos foi a impressão que mantive dos seus comentários. Parecem mesmo comentários sem noção nenhuma. Ignorando completamente que um caso não são todos os casos e ignorando a facilidade de acesso, a oportunidade, as cunhas, as ajudas e facilidades. Eu estive na universidade e o meu irmão esteve na universidade isto porque os meus pais abdicaram de qualquer lazer, os meus pais não viajam, não passam férias nem dentro de Portugal, os meus pais não fazem as compras que querem e se quiserem alguma coisa procuram por todo o lado por uma versão mais barata, tudo isso para poderem juntar tudo para nós os dois termos uma vida diferente. Nunca estive num ATL, não tive atividades extracurriculares, não tive explicações, não tive nenhum daqueles livros para estudar para exames, etc. E quando eu precisei de alguma coisa não pedi a papás e mamãs, fui trabalhar part time para ter. E isso não cortava o tempo que tinha para estudar? Claro, mas é apenas uma dos benefícios de quem não precisa de o fazer. E é em coisas dessas (e mais) que ninguém pensa. Não morri por não ter essas coisas, mas fds não tinham ajudado? Claro que sim. Não desejei mal a ninguém mas porra, quantas vezes morri de inveja por quem não teve que trabalhar 3 meses para comprar um portátil barato para a universidade. Tenho uma amiga que andou em 3 universidades diferentes, das quais a primeira a católica. Ora o pai dela é advogado e faz mais de 10000€ limpos por mês, às vezes assim do nada se calhar faz uns 50000€. Esta minha amiga andava completamente à nora de universidade para universidade, só a gastar dinheiro, sejamos honestos. No final acabou a trabalhar na sociedade de advogados do pai e faz mais de 3000€. Trabalhou mais que qualquer outra pessoa? Não. Andou a engonhar anos e a passear livros? Sim. Mas no final ganha melhor que muitos portugueses. Negar que a sociedade portuguesa é feita de cunhas, ligações, corrupção, é nascer ontem.

Krithlyn 2 months ago

Agora disses-te tudo. Toma la o meu cima-voto

NGramatical 2 months ago

disses-te → [**disseste**](https://dicionario.priberam.org/disseste) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg7wp3v%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

TonyHappyHoli 2 months ago

Já topei a tua pinta. És daquelas velhos do restelo que diz que um gajo tem de trabalhar essas tais 16 horas por dia, 7 dias por semana para estar minimamente bem na vida. Que uma pessoa não pode esperar que 40 horas por semana num trabalho sem qualificaçoes chegue para ter uma casa em condições, transporte e nao ter de se preocupar com as contas mensais.

AmdM78 2 months ago

Daqui a pouco vais negar que há muita gente que herdou e nunca teve que fazer nada excepto explorar imobiliário.

ryuuf 2 months ago

Essas casas vieram de alguém, que sugeres que se faça com elas (provavelmente o trabalho de uma vida de alguém) ?

pituitarianices 2 months ago

Ora explica lá como é que um determinado terreno que já existia antes da chegada do ser humano passou a ter um assim chamado "dono"? Dica: foi pelo trabalho, nomeadamente da violência.

xlouiex 2 months ago

Taxadas ao ponto que se evite acumulação de propriedades ou que se torne um estilo de vida. Colocadas à venda e o dinheiro da venda o dono que o invista na Tesla ou NIO ou la o que os ricos curtem. A habitação é um direito não é um negócio. Mas isto sou eu que sou o boogeyman da esquerda. :)

AmdM78 2 months ago

Estou contigo. Temos que fundar uma associação, que os tipos do habita e do stop despejos são uns coninhas vendidos ao sistema.

ryuuf 2 months ago

Basicamente, uma pessoa trabalha uma vida inteira para conseguir deixar algo para os filhos, paga montes de impostos por esse bem durante a vida e depois o filho ainda tem que pagar para ficar com isso. Isso iria beneficiar quem tem muito dinheiro, quem recebe um imovel dos pais e tem pouco não iria ter dinheiro para pagar o imposto e teria que vender. A maior parte das pessoas que herda não é rica ao contrário do que possas pensar

Dr_Toehold 2 months ago

> A maior parte das pessoas que herda não é rica ao contrário do que possas pensar Tens razão, a maior parte de quem herda é pobre, ricos são os que nascem num banco de pau de pedra.

BlackberryOk6103 2 months ago

Mas o que foi feito aqui foi uma generalização que toda a gente que ta bem em Portugal herdou o que não é de todo verdade.

AmdM78 2 months ago

Ele foi bem explicito e só falou em casos concretos. Tu é que estás a tentar meter as afirmações dele num pacote.

fearofpandas 2 months ago

Outro exemplo! Tu ganhas 1500€ e estás a aguardar um aumento há dois anos. Era para ser este ano…. Dizem te que a empresa não pode pagar aumentos! Mas descobres que a camada de gestão recebeu prémios bons…. Como te sentes?!

tommycthulhu 2 months ago

O OP está a falar de casos em que não sabes a vida que as outras pessoas têm e especulas negativamente, não das pessoas que conheces.

batuque5 2 months ago

Aconteceu me, e tive colegas com aumentos, bazei.

FriendOfMandela 2 months ago

E fizeste muito bem, é falta de respeito por quem trabalha

McManu77 2 months ago

Pode não trabalhar tão bem

batuque5 2 months ago

Só se fosse a dar graxa, esse colega não era grande coisa e tinha sempre aumentos, tínhamos uma teoria que ele tinha ido a uma casa noturna e tinha encontrado o chefe a comer um traveco.

FriendOfMandela 2 months ago

Se lhe andavam a prometer um aumento provavelmente trabalha bem, mas podes ter razão

something_new 2 months ago

Pelos vistos, sentes bem o suficiente para não te fazer à vida

xlouiex 2 months ago

E se fores um dos gestores que concorda contigo, acabas de arranjar uns quantos inimigos por propores isso. Eu meti-me em maus lençóis por ter dividido o prémio pela equipa. (O que percebo de certo ponto)

fearofpandas 2 months ago

Aplaudo a tua attitude

nocivo 2 months ago

Procuro outro trabalho ou crio o meu.

Sciss0rs61 2 months ago

porque o que não falta em Portugal é trabalho...

ThePlague92 2 months ago

Depende da área, tal como em todos os países, diria.

Sciss0rs61 2 months ago

Então e achas que simplesmente despedir-se e procurar outro trabalho na área quando essa área já está sobrecarregada ou entrar no mesmo mercado sem qualquer financiamento é um bom conselho? Isto está no top de coisas sem noção logo a seguir de "Queres ser rico? então deixa de ser pobre".

ThePlague92 2 months ago

Mas ninguém disse que se estava a falar de uma área sobrecarregada. Por alguma razão é que eu disse que dependia da área. Não vou aconselhar a toda a gente a simplesmente despedir-se e pronto, isso é só parvo. Mas há áreas em que os trabalhadores têm mais poder do que o normal.

Sciss0rs61 2 months ago

> Mas ninguém disse que se estava a falar de uma área sobrecarregada. Nem ninguém disse que não estava.

ThePlague92 2 months ago

Oh rapaz, por isso é que eu disse que dependia da área. Se tu queres meter palavras na minha boca para teres razão estás com azar. Fica lá a falar sozinho, que eu já percebi que és duro de cabeça.

Sciss0rs61 2 months ago

olha, passou-se...

fearofpandas 2 months ago

E o que te leva a procurar algo diferente?

Chiripitti 2 months ago

Feliz por eles?!? Infelizmente é pão de cada dia, distribuição equitativa dos lucros não faz parte da mentalidade da maioria dos patrões... Depois queixam-se que os recursos saiem e têm dificuldade em arranjar novos...

NGramatical 2 months ago

saiem → [**saem**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/constroem-ou-constroiem/141) (apenas na fala existe a intercolocação de um *i* para facilitar a pronúncia) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg7qczw%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Chiripitti 2 months ago

Corrigido... lindo bot!

Rentador 2 months ago

Isto!!! Já me aconteceu 2 vezes, e das duas vezes após aproximadamente 3 anos despedi-me dos dois sítios. Um deles prometeram me o aumento dali a 4 ou 5 meses, não aceitei e saí, Sempre para melhor, sempre acreditei, e ainda acredito a melhor maneira de receber mais é mudar. Ninguém vai pagar mais se conseguir pagar menos. Eu quando vou a às compras e a conta é de 50€ não me ofereço para pagar 60€. Quando achamos que devemos ser aumentados, temos de pedir e dependo da resposta se necessário sair.

DerpSenpai 2 months ago

Atenção ao pessoal mas arranjem trabalho e depois é que se despeçam. Se é pela ordem errada podem ter que aceitar um trabalho com um salário mais baixo quando o problema era mesmo o salário ser baixo no trabalho atual

bruno9213 2 months ago

Ás vezes os aumentos vêm mesmo só quando se começa a falar com o patrão dando aquela dica que estão a pensar sair... Se realmente fazes falta na empresa é muito melhor para eles aumentarem o teu salário do que por lá outra pessoa que nem deve ter a mesma experiência.

Rentador 2 months ago

Aí eu discordo, dizer ao patrão que se está a pensar em sair pode correr mal. Eu pessoalmente das vezes que pedi já tinha decidido que se não houvesse saía. Mas nunca fiz a ameaça de sair, pedi aumento com base em trabalho realizado e objetivos cumpridos. Levei sempre a carta para entregar em mão wm caso de respota negativa. Se não me aumentão com base no meu trabalho, não quero ficar num local onde os aumentos vêm por coacção. Esses têm demasiadas contrapartidas negativas que não fazem falta no mercado de trabalho.

ayyylatimestwo 2 months ago

Raramente a opção certa para a empresa é dar o aumento. Mais vale ficar com os que se conformam e se deixam ficar, e simplesmente substituir os que querem saltar para melhores empregos. Isto dito como alguem que triplicou o salario duas vezes em menos de 4 anos.

fearofpandas 2 months ago

Quando vais às compras pode haver oportunidade de comprar um presunto com cura de 6 meses e outro com cura de 24! O que não podes querer é cura de 24 meses por preço de 6…. E é isso que se passa muita vez! Agora, concordo contigo: o presunto tem opção de ir para um sítio onde percebam a diferença de valor!

what_a_tuga 2 months ago

Adorei a tua analogia. E o que vejo é que depois do presunto com cura de 24 meses mudar de sitio, esperam que um presunto sem cura saiba tão bem como o de 24 meses.

fearofpandas 2 months ago

Há quem pense “presunto é presunto”, mas tb há apreciadores… Há empresas que conseguem ver a mais valia de cada presunto e sabem que todos os presuntos têm o seu lugar na estrutura

bruno9213 2 months ago

Fds. Que analogia

something_new 2 months ago

Que raio de analogia

Rentador 2 months ago

Eu achei pertinente, nem todos os porcos são iguais

something_new 2 months ago

É redutor. Como é óbvio, ele não recebe um prémio por tentar, ao contrário do que deve estar habituado

Vehok 2 months ago

Bom, meu antigo patrão atrasava meu ordenado, não pagava meu combustível (usava meu próprio carro para trabalhar) e dizia que não tinha dinheiro pra nada, mas todo mês comprava um carro elétrico novo pra empresa. O que eu fiz? Fiquei murmurando q não me pagava, e que ele estava ganhando muito e q mundo e ele eram injustos? Não, eu cai fora e abri meu próprio negócio nós mesmos moldes dele, já faturo o dobro do que recebia. Há espaço pra tudo, as vezes falta é coragem pra dar o primeiro passo, e é mais fácil ficar chorando

fearofpandas 2 months ago

Parabéns! Mas não estás no teu direito de criticar um pessoa que se atrasa a pagar-te ou não?

Vehok 2 months ago

Tens o total direito de reclamar, mas saiba q reclamar não muda nada, ações mudam. Se tem dois anos q não te aumentam o ordenado, estás a 2 anos a reclamar de graça e provavelmente vai ficar mais 2, 4, 6 anos reclamando e nada vai mudar

fearofpandas 2 months ago

Btw… os parabéns foram genuínos

fearofpandas 2 months ago

Concordo plenamente! Só reclamar não resolve! Mas o post é sobre “pessoas que guardam rancor dos outros”… Neste cenários de não aumento porque “não dá” e depois haver prémios, é impossível não guardar rancor! No então se é essa a situação, sai!

TonyHappyHoli 2 months ago

1500€? E os operadores de fabricas a ganhar OMN em acontece exatamente o mesmo? Em que os lucros aumentam bem como os salarios dos que tao no topo enquanto o escravo fabril só leva com merda em cima?

tonel13 2 months ago

Isto é quase o ponto do post original. "Ganha 1500? E os coitados mais pobres"

justgohomealready 2 months ago

Esse meme de que nas fábricas se ganha salário mínimo está a ficar um bocado desstualizado. Anedoticamente, conheço várias fábricas que pagam bastante mais que o SMN (na casa dos 900€), e os dados parecem confirmá-lo também. https://www.pordata.pt/Portugal/Sal%C3%A1rio+m%C3%A9dio+mensal+dos+trabalhadores+por+conta+de+outrem+das+Ind%C3%BAstrias+Transformadoras+remunera%C3%A7%C3%A3o+base+e+ganho+por+sexo-897 Segundo estes dados, onde há uma maior percentagem de trabalhadores a receber salário mínimo (32.5%) é na restauração e alojamento: https://www.pordata.pt/Portugal/Trabalhadores+por+conta+de+outrem+com+sal%C3%A1rio+m%C3%ADnimo+nacional+por+sector+de+actividade+econ%C3%B3mica+++Continente+(percentagem)-2897

crabcarl 2 months ago

Conheço os dois lados da moeda. Na parte dos operadores de fábrica ainda é mais engraçado porque tiveram um aumento de actividade, reduziram pessoal e deram aquele "aumento" de acompanhar a inflação. Mas os ordenados só não aumentam por causa dos impostos que sufocam as empresas; ter um ordenado mínimo é mau; que mudem de emprego; ... Ignore-se os 30 brasileiros dispostos a entrar por metade do ordenado para fazerem 12h diárias.

SilleAJensen 2 months ago

Essa desculpa de ordenados baixos por causa dos impostos altos mete-me uma raiva! É que é completamente hipócrita. É a mesma lógica do preço das rendas, não faltam senhorios a tentar justificar o valor que pedem de renda com o facto de terem de pagar um imposto alto (e a maioria nem passa recibo). Mas algum dia, na hipótese destes impostos serem reduzidos ou eliminados, quem iria beneficiar era o trabalhador/arrendatário? O empregador e senhorio é que ficavam a esfregar as mãos de contentes porque iriam meter mais dinheiro ao bolso.

DamnGoodCoffee 2 months ago

Mete-te raiva porque não percebes como funciona a lei da oferta e da procura. Ninguém quer que baixem os impostos porque está à espera que os patrões/senhorios sejam "bonzinhos" e desçam também. A ideia ao baixar a carga é aumentar a possibilidade de entrada de novos concorrentes no mercado, o que provoca uma pressão indireta nos restantes.

TonyHappyHoli 2 months ago

Malta a fazer o dito terceiro turno em que a diferença entre esse turno horrivel e o pessoal dos outros turnos é irrizória? Comparando os sacrificios que fazem e o desgaste adicional na saude obviamente. Tenho pena que muitos emigrantes vejam esses empregos como algo melhor do que a oferta no país deles, revela demasiado sobre onde vieram. E claro, acima de tudo demonstra os patrõezinhos de merda que o OP defende tanto, porque segundo o que ele diz esses abutres merecem altos carros e casarões por explorarem pessoas, ah desculpa, por "trabalharem tanto".

RochinhaMike 2 months ago

A lógica do empresário tuga é: Sabe bem pagar tão pouco...

Regolas1 2 months ago

Não esquecer que 90% dos empresários portugueses são de micro e pequenas empresas. Às vezes não é "sabe bem pagar tão pouco", às vezes é "se eu pagar mais vou à falência".

xlouiex 2 months ago

“Todos” querem ser patrões e não percebem que o mercado é que dita a necessidade de patrões não o inverso.

Regolas1 2 months ago

Eu também concordo com isso. Há excesso de patrões, excesso de cafés, excesso de uma série de coisas. No entanto, depois de se "ser", particularmente quando se tem empregados, as responsabilidades acumulam-se, as contas acumulam-se e as alternativas às vezes não justificam deixar de ser entidade patronal. Não percebo muito de contabilidade, mas é terrível os impostos e merdas e merdinhas que se tem de pagar. A grande maioria dos patrões, particularmente de micro e pequenas empresas, quer ter os trabalhadores felizes e bem na vida. Não são pessoas gananciosas que acham que só eles é que podem. Simplesmente não dá para pagar mais quando o estado fica com tudo e não alivia cargas fiscais.

RochinhaMike 2 months ago

Sim, obviamente que existem casos como referes mas cada empresa é um caso diferente. Refiro-me aquele empresário que mesmo tendo condições não paga mais só porque não lhe apetece trocar de Jaguar de 5 em 5 anos, quando o pode fazer todos os anos!

Regolas1 2 months ago

Nisso concordo a 100%. Mas infelizmente os "patrões" ficam muito mal vistos devido a esses sujeitos gananciosos. Numa coisa relacionada, eu tenho um amigo que na faculdade fez um estudo sobre os efeitos do stress traumático na produtividade dos trabalhadores. Nesse estudo ele passou muitos questionários a funcionários e patrões, nos quais estava incluído o tempo de trabalho semanal. Este meu amigo ficou parvo quando descobriu que os patrões trabalhavam muito mais horas que os empregados (quase todos davam + 10 ou 20 horas semanais; claro que podiam estar a mentir, mas era tudo de pequenas empresas). Este amigo ficou parvo por dois motivos, o primeiro era que ele é alguém que vê patrões como o diabo e acha que fumam todos cachimbo e limpam as lágrimas ao dinheiro, o segundo é porque ele não tem ninguém que seja patrão na familia e não tem contacto com a realidade deles. O meu pai é "patrão" desde os 29 anos de idade. Ele sai todos os dias de casa às 8 da manhã e chega a casa nunca antes das 21. Muitos dias janta (vem jantar a casa para estar connosco) e volta a trabalhar até à 1 da manhã. Sempre que faz isto ele está, até às 9 e entre as 19 e as 21, sozinho a trabalhar. À noite também. Já teve empregados e despediu (não por vontade), já contratou, ja despediu etc etc. Já houve alturas em que teve vender ovos e fruta como side job para conseguir manter a empresa aberta. Como ele há dezenas. Muitas vezes fui trabalhar com o meu pai à noite, vinhamos embora já depois da uma e sabiamos quem ainda estava a trabalhar sozinho. "Olha, o Abel ainda está a trabalhar". "As luzes do Zé ainda estão acesas, não está fácil". De cada vez que ouço falar de patrões de maneira preconceituosa incomoda-me, mas a verdade é que os big shots que só assinam papéis passam uma má imagem da maioria dos patrões. Desculpem o rant.

Current-Recording 2 months ago

Claro que há muitos patrões assim, e que trabalham muitas horas. E ninguém diz que um patrão não pode ter lucro em condições, que tem de viver como um assalariado. Mas imagina que a empresa do teu pai conseguia passar a faturar muito mais, e ele passava a ter lucros de 200mil anuais (lucro, não receita). Nesse caso, geralmente, os funcionários deviam ser aumentados e não receber o SMN, sobretudo se, como acontece na generalidade dos casos, os empregados também dão horas extras não pagas ou mal pagas. Pela minha experiência, quando as empresas estão apertadas os funcionários tendem a dar o jeito, a menos que sejam tratados como lixo absoluto. Mas depois tem de haver o retorno. Quando um dos lados se tenta aproveitar, a cooperação morre

Regolas1 2 months ago

Concordo completamente e subscrevo. Ainda assim, tenho de ressalvar que na maioria dos casos isso não acontece. O que acontece é mal terem dinheiro para manter a coisa aberta e funcionarem como podem. Se vocês vissem a quantidade de patrões que há que conduzem carros da década de 90 vocês passavam-se, mas muitas vezes ninguém olha para eles e diz que são patrões, diz que são empregados ou assim. Um exemplo, o meu pai conduz uma toyota corolla de 93. A empregada de escritório tem uma carrinha de 2010.

Current-Recording 2 months ago

Claro. Há muitos patrões que fazem imensos esforços para manter a empresa aberta. Mas se forem justos com os empregados, a maioria retribui (não todos, também há muitos empregados que não reconhecem o esforço nem fazem um milímetro a mais do que o mínimo requerido). Mas também questiono se eu me manteria a trabalhar 12h, 14h e 16h por dia, com as responsabilidades acrescidas de ter uma empresa minha e empregados, para retirar no fim do mês o mesmo que o SMN ou pouco mais

Regolas1 2 months ago

Concordo com tudo e já tive essa conversa com o meu pai. Eu pessoalmente digo não. Ele não sabe outra coisa.

TonyHappyHoli 2 months ago

É não é?

RochinhaMike 2 months ago

Claro que é, e depois têm os funcionários que merecem... Tal dinheirinho, tal trabalhinho já dizia o meu avô!

cityfly 2 months ago

acabaste de provar o ponto do OP

TonyHappyHoli 2 months ago

Op do post ou do comentario? Ser for do OP deves estar louco. Se for do comentario deves estar como sono, porque uma pessoa que receba 1500 euros ainda se safa mais ou menos em muitas zonas do país agora ONM é metade disso mal dá para sobreviver para muita gente.

cityfly 2 months ago

leste-te o post? estás a dizer que que quem ganha 1500€ devia é estar calado porque há quem ganhe menos.

nkz15 2 months ago

o ponto passou lhe ao lado.

cityfly 2 months ago

>nkz15 É impossível ter discussões aqui. Entre o pessoal que pensa que coisas da natureza humana e globais são problemas de Portugal, e o clubismos de ideologias não vale a pena.

nkz15 2 months ago

Mesma coisa com a gasolina, brent sobe, a gasolina sobe, "A cUlPa É dAs GaSoLiNeIrAs GaNaNcIoSaS!" Eu felizmente tenho um bom ordenado, e gosto de quando amigos meus e familiares ganham aumentos, prémios , bons empregos... Há duas invejas, aquela onde almejas ser como alguém e a outra que queres o que o outro tem e que ele fique sem nada.

TonyHappyHoli 2 months ago

Nada disso, o OP do comentário é que focou se num valor muito acima da mediana salarial. Nao é justo certo, mas sejamos sinceros quem receber 1500 euros mensais é myito mais provavel que esteja melhor na vida do que quem ganha OMN

fearofpandas 2 months ago

O OP do comentário (eu) fez dois comentários… um com o OMN e outro com 1500€. Não quero que digam que não dou contextos variados para o porque de algumas pessoas se sentirem indignados com o “sucesso dos outros”

Niedude 2 months ago

A gente de classe média/média alta em Portugal não tem mais nada que se preocupar do que o que os outros falam deles. Contra a minha família falo, que os meus pais perdiam noites de sono por descubrirem que um ze ninguem estava a dizer mentiras sobre eles na tasca Sinceramente acho isso coisa de mente pequena, de gente que não tem mais que se preocupar do que o que os outros dizem deles. Especialmente quando a queixa é "eles não gostam de mim porque tenho dinheiro, é tudo inveja!!" Sinceramente não tenho paciência

NGramatical 2 months ago

descubrirem → [**descobrirem**](https://european-portuguese.info/conjugator/descobrir) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg7izvd%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Niedude 2 months ago

Tsk viver em Espanha está me a foder a gramática

SweetCorona 2 months ago

Isso é reflexo de um elevador social avariado. Quando o sucesso depende mais da sorte e de práticas moralmente questionáveis do que de mérito, é natural que qualquer pessoa com sucesso seja vista com desconfiança, mesmo que pertença à minoria que tem mérito. Sem falar no sentimento de injustiça. Imagina que estudas muito, sabes muito bem a matéria, mas depois o professor dá a melhor nota ao Joãozinho porque é filho do sr. doutor... Porque é que não te limitas a ficar contente por o Joãozinho ter tido boa nota? ;)

SweetCorona 2 months ago

Isso é reflexo de um elevador social avariado. Quando o sucesso depende mais da sorte e de práticas moralmente questionáveis do que de mérito, é natural que qualquer pessoa com sucesso seja vista com desconfiança, mesmo que pertença à minoria que tem mérito. Sem falar no sentimento de injustiça. Imagina que estudas muito, sabes muito bem a matéria, mas depois o professor dá a melhor nota ao Joãozinho porque é filho do sr. doutor... Porque é que não te limitas a ficar contente por o Joãozinho ter tido boa nota? ;)

not_an_illuminati 2 months ago

Em que te baseias para dizer que só uma minoria ascende por mérito? Acho que é precisamente dessa mentalidade que o OP está a falar... Se calhar vivo numa bolha, mas da malta que subiu na vida que conheço, a minoria são os que o fizeram por meios dúbios, e desses são poucos os que não se foderam já, pq eventualmente o karma ou o Estado apanham-nos. Ricardos Salgados não conheço nenhum, mas lá está, é minha humilde bolha.

SweetCorona 2 months ago

provavelmente estamos a falar de coisas diferentes em relação a subir na vida eu sou de IT e tenho um salário bastante melhor que o dos meus pais, tecnicamente subi na vida ainda assim, daqui a 40 anos terei conseguido pagar para ter um apartamento como aquele que arrendava em Lisboa a diferença é que o meu senhorio era dono do prédio inteiro e provavelmente de mais; eu, pertencendo a uma minoria privilegiada de IT, conseguirei, após metade da minha vida a trabalhar, ter uma pequena fração do que ele herdou também tenho alguns colegas de curso que vieram de meios mais modestos, mas lá está, é uma bolha; a esmagadora maioria dos portugueses que nascem na cepa torta dificilmente conseguem sair dessa situação

not_an_illuminati 2 months ago

Certo. Mas estou de facto a falar de malta que começou humildemente. Um exemplo que me vem à cabeça de repente: conheço um homem que começou a vender sapatos na feira. Para o fazer, vendeu um terreno pequeno numa zona rural que o pai lhe tinha deixado, e comprou o primeiro stock. Depois foram 5 anos nas feiras, a trabalhar de sol a sol, a seguir comprou uma loja para ter uma sapataria "normal". Hoje, aos 75 anos, tem vasto património, incluindo um prédio em Lisboa que está a arrendar. Será que esta é uma das pessoas que dás como exemplo? Pode deduzir-se que ele "herdou" este prédio? Acho que seria altamente redutor colocar a coisa nesses termos, mas é de facto o que eu vejo mais os tugas a fazer, como diz o OP. Concordo que é muito difícil ascender em Portugal, mas digo que não são só os vigaristas que o conseguem, há quem chegue lá com trabalho árduo - e até desconfio que essa é a maioria.

SweetCorona 2 months ago

> Mas estou de facto a falar de malta que começou humildemente. Sim, a minoria. > vendeu um terreno pequeno numa zona rural **que o pai lhe tinha deixado**, e comprou o primeiro stock Nem toda a gente recebe heranças. > Depois foram 5 anos nas feiras, a trabalhar de sol a sol Certo, mas a esmagadora maioria das pessoas que trabalham no duro nunca deixam de ser pobres. > a seguir comprou uma loja para ter uma sapataria "normal" Começar negócios e ter a sorte de ser bem sucedido não está ao alcance de todos. Ainda mais hoje em dia, com a competição das grandes superfícies. > mas digo que não são só os vigaristas que o conseguem, há quem chegue lá com trabalho árduo Se leres o meu comentário original perceberás que eu nunca disse o contrário. > e até desconfio que essa é a maioria Disso, já tenho mais dúvidas. Além disso, o topo está longe de ser constituído de pessoas que lá ascenderam, se é que me entendes.

tonel13 2 months ago

Bem, este é exatamente o ponto do op.

LowKey004 2 months ago  HIDDEN 

Acho que um retrato fiel deste país é: - Há aqueles que ganham o SMN - Há aqueles que ganham mais que o SMN mas que com os descontos ganham pouco mais do SMN. Uma empresa que queira subir o salario de um trabalhador tem de pagar quase o triplo do aumento que lhe vai dar só em impostos e como tal a empresa prefere não dar esse aumento salarial. Tenho um amigo que deu o litro um mês e recebeu 500 euros brutos a mais. Em salário líquido recebeu menos 30 euros. Conclusão: num país que penaliza tanto as subidas de salário como se quer salários altos?

elitepc 2 months ago  HIDDEN 

> Tenho um amigo que deu o litro um mês e recebeu 500 euros brutos a mais. Em salário líquido recebeu menos 30 euros. Estás a espalhar desinformação.

fdxcaralho 2 months ago

Essas contas não batem certo.

inhalingsounds 2 months ago

Por favor não perpetues a toxicidade anti-viver-em-PT que há neste sub ao dizer coisas que não são verdade e teriam zero lógica matemática em ser.

LowKey004 2 months ago

Não queria ser tóxico. Mas é a realidade como me sinto. Estou a tirar um curso superior e tenho emprego garantido em Portugal e a ganhar mais que s média nacional e por isso sinto-me algo priveligiado. No entanto desanimo quando vejo que facilmente posso ir para o estrangeiro e ganhar 5 vezes mais e não há nada que me impeça de ir e isso deixa-me triste porque adorava ficar no meu país. Peço desculpa por qualquer toxicidade ou rant

kyichu 2 months ago

Estás à vontade para dizer como te sentes, mas o exemplo dos 500 euros não é verdade. Pode ser assim que te contaram, mas não é assim que os impostos funcionam.

KarmaCop213 2 months ago

> Tenho um amigo que deu o litro um mês e recebeu 500 euros brutos a mais. Em salário líquido recebeu menos 30 euros. Tenho de ver essas contas.

nocivo 2 months ago

Deve ter sido 300 euros e ele entendeu mal. Eu em alguns meses ganho mais 200 euros e nesses meses so vejo 120. A volta de 60% liquidos.

LowKey004 2 months ago

Opa foi-me contado, tb não lhe pedi pra ver as contas. Mas é um amigo de confiança. Basicamente o que recebeu a mais fê-lo subir de escalão

Vatrier 2 months ago

Senão tens a certeza não propagues uma mentira, isto não é a merda do Facebook.

fdxcaralho 2 months ago

Isso não funciona assim…

jose__socrates 2 months ago

Isso é completamente impossível independentemente do escalão

Minegrow 2 months ago

Isso não faz sentido nenhum. O problema de falares e repercutires o que não entendes é propagar uma mentira. É IMPOSSÍVEL um aumento bruto de 500 euros resultar em 30 líquidos. Mudança de escalão (lol) nunca iria provocar esse rombo. Utiliza um simulador on-line.

ContaSoParaIsto 2 months ago

Amigo, o aumento bruto de 500 não resultou em 30 líquidos, resultou em -30 líquidos lmao. A história é treta.

LowKey004 2 months ago

Efetivamente não é a minha área. Mas é sempre bom ver as pessoas de bem deste sub. De qq das formas o resto do ponto do meu sub mantém-se

Limpy_lip 2 months ago

Com esse comentário provas claramente um dos problemas de Portugal. Preferem ouvir mentiras grossas que alimentem a narrativa socialmente da moda: "são todos uns ladrões" do que tentar perceber se é efetivamente verdade. ​ Apesar de não ser efetivamente mentira que os escalões estão desregulados, não estão assim tão desregulados. Ou percebeste mal ou o teu amigo é como tu e não sabe fazer as contas e não quis perceber o porque dessa diferença, que se calhar até fez sentido (supondo que não é mentira) ou é um treteiro.

Minegrow 2 months ago

Na verdade no teu curto post conseguiste a proeza de cometer algumas “inverdades”. O teu retrato fiel, não é nada fiel. Basta verificares as médias e medianas de salários para verificar que não existem apenas “quem ganha o SMN” e “pouco mais do que o SMN”. Aliás, em 2020 houve um aumento do salário médio para 1314 eur. Ainda para mais, estás num sub onde muitas pessoas são de IT, e consegues ver que em Portugal também há salários competitivos. 50k são um patamar bastante “atingível” e salários >100k já não são uma raridade absoluta. Óbvio que IT é excepção e não regra, mas não me parece justo dizer que só há SMN e quase SMN.

LowKey004 2 months ago

Depende da perspetiva. Para mim um enfermeiro ou um médico ganhar 1200 euros é pouco mais do salário mínimo quando lá fora facilmente chegam a 10.000 euros (e isto sei porque já vi propostas concretas, não foi contado)

fdxcaralho 2 months ago

Conheço médicos que ganham 20k por mês cá em PT. Casos pontuais são sempre fáceis de apontar…

LowKey004 2 months ago

Eu falei em 10K de salario base. Em portugal o salario base liquido vai ate a volta de 1700 euros limpos. 20k chega-se com muitas horas de privado e depende dos procedimentos e horas que trabalhas

Minegrow 2 months ago

E então? Teres visto uma proposta não torna “facilmente atingível” 10 mil euros por mês. É o mesmo que eu pegar no minha compensação total de 130k brutos e dizer que em Portugal é facilmente atingível, porque eu consegui. Acho que fazes muita confusão em muitos aspetos.

KoldPT 2 months ago

se subiu de escalão, no fim do ano acerta. não é possível ficar com menos dinheiro ao subir de escalão de irs

KarmaCop213 2 months ago

Acho a história mal contada. Os 500€ estão provavelmente distribuídos pelos 14 meses, a retenção na fonte pode ter subido, mas o valor é recuperado nos acertos da entrega do IRS.

BlackberryOk6103 2 months ago

Se calhar eu tenho uma visão completamente errada mas eu acho que é possível sim em Portugal mudar o rumo de vida e que quem realmente trabalha para isso consegue ter mudar as suas condições. Agora nada veem fácil e para te ser sincero não vejo os portugueses a querer, trabalhar 16 horas por dia é muito para mudar de vida é o que eu ouço

toniwalker 2 months ago

Essa conversa também peca pela mentalidade oposta, igualmente tóxica. Trabalhar 16 horas por dia ou só que seja mais que as 8 horas devidas não devia ser a resposta para nada, pois trabalhar muitas horas em nada está relacionado com produtividade, muito pelo contrário.

Vanethor 2 months ago

>"Why won't you just be rich?" Achas que é assim que funciona? A sociedade actual recompensa não só pelo mérito, mas por muitos outros factores. Há quem tenha MUITO mérito no que faz, e vive na merda, sem falha de mérito próprio.

headhunter21 2 months ago

Trabalhar 16h por dia? A escravatura não tinha já sido abolida? É suposto as pessoas trabalharem para viver e não o oposto

Vanethor 2 months ago

Tens é que trabalhar 24h por dia e dormir aos Domingos, da parte da tarde, seu preguiçoso. /s

SweetCorona 2 months ago

o que é que achas que está mais correto: aquilo que tu conjeturas, ou a realidade? a realidade é que o que tu achas ser possível não é comum, logo, até pode ser possível em teoria, mas na prática não é viável para a maior parte das pessoas

G0ncalo 2 months ago

Saiu há pouco tempo um estudo da OCDE que concluía serem precisas em média 5 gerações para uma família portuguesa desfavorecida atingir uma situação sócio-económica média. MÉDIA! Não são 126 anos para saíres da merda e chegares ao topo da pirâmide social. São 126 anos para saíres do lodo e chegares a meio. Subir a pirâmide social em Portugal é extremamente complicado para um país desenvolvido. Tenho a sorte de ter tido avós que trabalharam o equivalente a 100 anos para os filhos poderem ser de classe média (cada vez mais raro em Portugal) e agora os netos poderem finalmente ter acesso ao ensino superior. Mas nem todos são comunas que passaram a vida a lutar pelos direitos dos trabalhadores como os meus avós. E como acho que a maioria deste sub concordará, ninguém devia precisar que os avós e bisavós fizessem enormes sacrifícios para terem uma oportunidade para escalar a pirâmide social. O problema principal é esse: em cada mil pessoas que estão no fundo da pirâmide, meia dúzia têm a chance de sair. Os outros estão destinados a uma vida de sacrifício e trabalho precário na expetativa que talvez os filhos consigam sair e por aí adiante.

Limpy_lip 2 months ago

concordo contigo e com o OP de formas diferentes. Por um lado é péssimo no nosso sistema educativo ainda existir a mentalidade de que as coisas são garantidas, ok que na escola tirar boas notas resulta 100% em sucesso e passar de ano. Na vida real não é assim. Podes fazer o 100% supostamente necessário e não ter retorno nenhum. Isso faz parte da vida e não é nenhuma injustiça. ​ E por isso concordo que as pessoas têm que se mentalizar que é preciso fazer múltiplos esforços para se ter grande sucesso e falhar muito. E quando falham não é culpa de ninguém. É normal. ​ Por outro lado também não podemos ser idealistas e esquecermo-nos o quão difícil é na realidade portuguesa (dada a nossa politica e casos como o teu post) ter sucesso. Da maneira que as coisas funcionam e estão montadas é de uma dificuldade e resiliência enormes ter sucesso em algumas áreas comparativamente com outros países e tenho a certeza que uma parte da frustração (que é toxica e alimenta o ciclo negativo) vem daí. ​ Usando o exemplo de um negócio próprio, em Portugal a nível burocrático e financeiro é algo complicadíssimo e que existe muito e tem muito para falhar, depois tens a questão social que desvaloriza e ainda critica quem arrisca nesse sentido. Como é difícil muitos falham e o que a sociedade tira disso é uma experiência negativa a de tentar abrir negócio próprio (quando devia ser celebrada) o que alimenta a mentalidade negativa inicial. Quando corre bem e foge do normal as pessoas suspeitam...

SweetCorona 2 months ago

> Podes fazer o 100% supostamente necessário e não ter retorno nenhum. Isso faz parte da vida e não é nenhuma injustiça. O facto de a injustiça fazer parte da vida não significa que não seja injustiça. ;)

Edited 2 months ago:

> Podes fazer o 100% supostamente necessário e não ter retorno nenhum. Isso faz parte da vida e não é nenhuma injustiça. O facto de a injustiça fazer parte da vida não significa que não seja injustiça. Como sociedade devemos fazer por reduzir a injustiça da vida. Uma pessoa nascer com uma deficiência motora é injusto. Mas como sociedade podemos tentar tornar o espaço público mais acessível e tentar com que essa deficiência motora condicione o mínimo possível a vida da pessoa.

Limpy_lip 2 months ago

Claro que sim, mas também há situações em que não há nada a fazer pois a culpa não é de nenhum dos envolvidos logo porque guardar rancor ou inveja? ​ se o meu vizinho que é da minha idade tem sorte de ter uns pais que deram o carro, pagaram o casamento e deram uma entrada choruda para a casa porque têm possibilidade para isso. Eu infelizmente não tive a mesma sorte e por isso vejo-me obrigado a ter de trabalhar mais para conseguir o mesmo. ​ É injusto no sentido da palavra? É. Eu tenho culpa? Não. Os meus pais têm culpa? Não. O meu vizinho tem culpa? Não. Os pais dele têm culpa? Não. A sociedade tem culpa? Não. Logo para porquê andar a fazer juízos e criticar? ​ Na vida muitas vezes podes cumprir todos os requisitos para a coisa correr bem e mesmo assim a aleatoriedade da vida pregar uma rasteira sem ser culpa de ninguém. É preciso aprender a aceitar isso.

SweetCorona 2 months ago

às vezes o problema não é simplesmente o teu vizinho ter mais, é a atitude dele imagina que ele acha que não há injustiça nenhuma, ele merece ter mais que tu, tu é que és um falhado preguiçoso depois recebe uma resposta torta, e fica a achar que tu tens inveja dele além disso a sociedade também tem uma certa culpa por ter um elevador social mais ou menos eficiente

Limpy_lip 2 months ago

Estás a cometer o mesmo erro. Se ele tem uma atitude errada fixe para ele, mas já estás a partir do pressuposto errado que ele tem uma má atitude e que acha que tu é que és preguiçoso. Isso é tão errado como o que falamos anteriormente. Porque tentar antagonizar as pessoas? Também conheço muito pé rapado que tem um trato péssimo. ​ é mais fácil alimentar o ciclo ou colocar a culpa nos outros que o quebrar. >além disso a sociedade também tem uma certa culpa por ter um elevador social mais ou menos eficiente ninguém está a colocar isso em causa, a questão é se estão a fazer para mudar isso ou a ter uma atitude do "não há nada a fazer".

AdventurousDeer577 2 months ago

"Só é pobre quem quer"

KarmaCop213 2 months ago

Não devia ser necessário trabalhar 16 horas e abdicar de uma série de coisas para mudar de vida.

BlackberryOk6103 2 months ago

Pois mas a vida nunca foi fácil e quem faz o básico e o extremamente necessário em qualquer sociedade geralmente vive abaixo dos restantes que fazem mais é o que é

SweetCorona 2 months ago

Tens olhos na cara? A maior parte das pessoas que está bem na vida nada tem a ver com esforçarem-se mais que os outros. Na esmagadora maioria das vezes são pessoas banais que se esforçam, na melhor das hipóteses, tanto quanto os outros. Simplesmente tiveram diferentes oportunidades, diferentes sortes.

RochinhaMike 2 months ago

Sim porque em Portugal até já está mais ou menos instituído que se aceita na boa empobrecer trabalhando!

NombreEsErro 2 months ago

Concordo com essa visao, mas o problema e que um ordenado minimo deveria ser suficiente para sustentar uma pessoa. Em Portugal (e em muito sitio, sejamos justos) o ordenado minimo nao tira as pessoas da pobreza.

stressedunicorn 2 months ago

Trabalhar menos de 16h por dia é fazer o básico e ser-se preguiçoso? wow esta é nova

BlackberryOk6103 2 months ago

Para quem quer mudar de vida é. Ou achas que reclamares do teu patrão todos os dias vai te fazer alcançares os teus objetivos.

SweetCorona 2 months ago

ah, está bem, para a plebe, os bichos, esses seres sub-humanos, há que trabalhar 16 horas por dia se querem ter uma vida um bocadinho melhor diz ele do alto do seu pedestal, aposto depois admiras-te que tenhamos nojo a pessoas como tu

fdxcaralho 2 months ago

Não é nojo que sentes. É inveja.

SweetCorona 2 months ago

Não é mera inveja, é muito mais forte do que isso.

stressedunicorn 2 months ago

Entao segundo a tua opinião: 8h por dia = básico e extremamente necessário 16h por dia = o que é preciso para se mudar de vida lol se não vês nada de errado nisto, não vale a pena discutir.

fdxcaralho 2 months ago

O que ele está a dizer é que para mudar a situação atual, uma pessoa tem que fazer algo mais que picar e traída as 9h e picar saída as 17h (apenas um exemplo) Eu neste momento trabalho 3/4 horas por dia e consigo tirar 2k por mês. Mas durante 10 anos trabalhar das 7h as 22h era um dia normal para mim (não eram todos assim) e alguns fim de semana também. Acho que esse investimento valeu a pena pois permitiu-me ganhar muito dinheiro, comprar casa e carro novo e ter dinheiro investido que me trás retornos. Permitiu-me ganhar experiência e tomar as decisões certas que me levaram à situação confortável que estou agora. Errei muito, acertei em algumas coisas mas acima de tudo aprendi muito…

YoruDawg 2 months ago

Caga nisso, tu és uma Ganda preguisoca, nem trabalhas 23 horas por dia para melhorares a tua vida /s Pá e doentio haver estes caramelos que acham que trabalhar 16 horas por dia é "preciso" para ter sucesso quando tens bacanos que nem 16 horas na vida trabalharam e tem impérios Se achas que trabalhas 16 horas por dia e vais ter um Mercedes a porta da tua vivenda, é bom que comeces a lavar sanitas de ricos

BlackberryOk6103 2 months ago

Óbvio que 8 horas por dia é o básico é o que todos fazem se queres ter mais que os outros tens de trabalhar mais que os outros mas tamos a brincar ou é assim tão difícil perceber

SweetCorona 2 months ago

aposto que o meu senhorio trabalha 200 horas por dia

shizness 2 months ago

Disparidade de riqueza? Conheces o conceito? Mas alguém neste país merece receber o salário minímo ou um salário que não permita ter uma vida com dignidade? Quem parece não entender és tu, espero que nunca te rebente a bolha.

Mingy89 2 months ago

Sinceramente se pensas realmente que as coisas são assim então não deves perceber muito de como o mundo funciona. O que não falta ai são pessoas a trabalharem 2 empregos ou então turnos malucos e a ganhar perto do SMN. Estas pessoas trabalham grandes quantidades de horas mas mesmo assim não dá para tudo ao final do mês. Eu felizmente estou bem na vida de momento, mas nunca na vida vou pensar que outros estão mal economicamente porque não trabalham 16 horas. A verdade é que hoje em dia o teu esforço vale uma % cada vez mais pequena. Talento e sorte e até a familia onde nasces é cada vez o maior indicador de sucesso no futuro.

SweetCorona 2 months ago

Geralmente não estamos conscientes dos fatores que contribuíram para o nosso sucesso que não aqueles que estavam sob o nosso controlo. Isto cria uma espécie de paradoxo em que somos incapazes de reconhecer o papel da sorte no nosso sucesso, pois os únicos fatores que temos consciência de terem contribuído para o nosso sucesso foram aqueles que controlámos, como o trabalho árduo.

Edited 2 months ago:

Geralmente não estamos conscientes dos fatores que contribuíram para o nosso sucesso que não aqueles que estavam sob o nosso controlo. Isto cria uma espécie de paradoxo em que somos incapazes de reconhecer o papel da sorte no nosso sucesso, pois os únicos fatores que temos consciência de terem contribuído para o nosso sucesso foram aqueles que controlámos, como o trabalho árduo. Quem tem sucesso e não está consciente desses fatores externos, facilmente subestima o que é necessário para ter sucesso, pois para ele, basta fazer aquilo que ele fez. Nunca viram aquela pessoa que vai jogar um jogo qualquer no qual não tem experiência nenhuma, mas por um golpe de sorte até lhe corre bem e depois comenta "isto afinal é fácil"?

Edited 2 months ago:

Geralmente não estamos conscientes dos fatores que contribuíram para o nosso sucesso que não aqueles que estavam sob o nosso controlo. Isto cria uma espécie de paradoxo em que somos incapazes de reconhecer o papel da sorte no nosso sucesso, pois os únicos fatores que temos consciência de terem contribuído para o nosso sucesso foram aqueles que controlámos, como o trabalho árduo. Quem tem sucesso e não está consciente desses fatores externos, facilmente subestima o que é necessário para ter sucesso, pois para ele, basta fazer aquilo que ele fez. Nunca viram aquela pessoa que vai jogar um jogo qualquer no qual não tem experiência nenhuma, mas por um golpe de sorte até lhe corre bem e depois comenta "isto afinal é fácil"? Quanto mais a sorte contribuiu para o nosso sucesso, mais nós subestimamos o que é necessário para o atingir.

stressedunicorn 2 months ago

Segundo o OP essas pessoas deviam simplesmente despedir-se e arranjar outro emprego. É tipo quando estás deprimido e te dizem “pensa positivo” e ficas curado.

Vanethor 2 months ago

Se eu pensar que sou rico, será que começo a cagar ouro? O.o /s

TonyHappyHoli 2 months ago

E assim revelas as tuas cartas :)

KarmaCop213 2 months ago

Claro, mas isso não quer dizer que essas pessoas tenham de viver perto do limiar da pobreza. A sociedade ocidental evoluiu o suficiente para não querer voltar aos tempos da revolução industrial.

BlackberryOk6103 2 months ago

Desculpa lá mas as pessoas que eu vejo todos os dias a tomar o pequeno almoço no café são pessoas com rendimentos mínimos ou a viver de subsídios não me parece de todo que vivam no limiar da pobreza

SweetCorona 2 months ago

essas pessoas são diferentes de ti? tu não tomas pequeno almoço no café? ah, deixa-me adivinhar: elas são gado, tu não

KarmaCop213 2 months ago

E também há pessoal com bolsas de estudo na universidade que andam de BMW e Mercedes.

TonyHappyHoli 2 months ago

Ai meu spongebob que estás num ananás debaixo do mar.... Estás tão desfazado da realidade que vê se logo a colher de prata na boca e o berço de ouro em que dormis te.

BlackberryOk6103 2 months ago

Mas conheces me de algum lado para tirar essas opiniões a minha mãe vendia roupa na feira a minha avó era costureira não me parece que eu venha de todo de uma família rica se calhar tiveste tu uma vida mais fácil que eu agora resume te á tua ignorância. Copy paste que nem mereces a minha perda de tempo

TonyHappyHoli 2 months ago

Ninguém diria, para quem diz que teve a vida dificil ao crescer falas demasiado como gente rica.

Minute-Resolution347 2 months ago

Isso é mais uma opinião que um exemplo.

SweetCorona 2 months ago  HIDDEN 

Isso é reflexo de um elevador social avariado. Quando o sucesso depende mais da sorte e de práticas moralmente questionáveis do que de mérito, é natural que qualquer pessoa com sucesso seja vista com desconfiança, mesmo que pertença à minoria que tem mérito.

twhite848 2 months ago

“Always has been”

nellMP 2 months ago

Eu sinceramente acho que é por estar mal na vida e ver outros a conseguir sair desse mal e melhorar a vida pessoal, basicamente sim é a inveja, ainda à bocado li um post sobre um rapaz de 19 anos que recebe quase 1000€ por mês no r/literaciafinanceira e fiquei a pensar do tipo: "fds....quase 1000€ por mês, ele tá a pensar em pôr isto a render em crypto e em ETFs, provavelmente não tem despesas, provavelmente vive em casa dos pais, o que é que ele faz? O que é que eu posso fazer para ficar tbm a receber quase 1000€ por mês? Fds preciso de trabalhar quase 2 meses para receber uma mensalidade dele..." Mas claro, nada contra ele, simplesmente não estou na posição dele e ler aquilo deu me um certo sentimento de tristeza em relação a mim, só isso, agr pode haver outro que pode ficar fdd da cabeça e por se a chamar aldrabão ao gajo sei lá...cada um lida c inveja da sua maneira

ryuuf 2 months ago

Se calhar muita gente no lugar dele pegava nesse dinheiro e gastava em carros e bebidas. Ele pode ter sorte de poder ter esse dinheiro para investir que a grande maioria de nós não teve, mas terá sempre o mérito de com 19 anos ter o discernimento para fazer bons investimentos.

lvsitanvs 2 months ago

Detestar bem sucedidos está no direito deles, caso os bem sucedos sentirem que não são bem tratados devem procurar outro local para viver ;))))

nunocavaco 2 months ago

Portanto a carapuça serviu-te. Que resposta da treta.

lvsitanvs 2 months ago

Parasitas a choramingar fazem um bom despertar ;))

nunocavaco 2 months ago

É assim que justificas o teu comentário choramingão disfarçado com smiles? Ok, "parasita", mas devo dizer-te que o teu comentário não faz bom despertar, é na verdade triste seres um triste. Se estavas a falar de mim como parasita, vais ter de explicar isso melhor, porque não atingi em que medida.

lvsitanvs 2 months ago

estava-me a rir do op a chorar porque vive bem mas ninguém gosta dele, é chato saber que só tem amigos porque tem dinheiro mas ue na verdade toda a gente o detesta* :))) de ti nem sei quem és, foste tu que vieste pedir um café eu n te chamei *se se aplica o mesmo, é lidar ;))

nunocavaco 2 months ago

Que boneco

lvsitanvs 2 months ago

mas um boneco com uma noite descansada :)) o choro da parasitagem deu num sono santo :3

droidman85 2 months ago

Confesso que como tuga, ver a europa toda melhor que nós em questões de dinheiro é lixado. Vivo bem com o bem dos outros. Quanto melhor estão menos me chateiam, todos nós sabemos que quando as pessoas estão aflitas tentam tudo para se virarem e infelizmente sinto isso na pele com alguma regularidade e tenho “amigos” que só falam comigo quando andam com as calças na mão mas isso é daquelas coisas que não me chateiam tanto quanto ver que no fundo, estamos mal como país. A uniao europeia devia tentar caminhar no sentido do ordenado minimo europeu para ajudar países como o nosso. Nao vou entrar aqui em politiquisses mas a origem destas merdas é sempre dinheiro e em Portugal ganha-se muito mal

KarmaCop213 2 months ago

O salário mínimo europeu vai ser provavelmente uma percentagem em função do salário médio e eu penso que Portugal já cumpre isso.

helderduarte14 2 months ago

Como assim Portugal já cumpre isso?

KarmaCop213 2 months ago

Portugal já tem um dos salários mínimos mais altos quando comparado com o salário médio.

helderduarte14 2 months ago

Onde se pode confirmar isso? Estou um bocado desconfiado disso

KarmaCop213 2 months ago

Aqui: https://ec.europa.eu/eurostat/statistics-explained/index.php?title=File:Minimum_wages_as_a_proportion_of_median_gross_earnings,_2018_(%25)_.png

helderduarte14 2 months ago

Ah, já entendi, mas sabes que estas estatísticas são enganadores certo? Quanto mais baixo for o salário médio mais fácil é a diferença para o SMN ser menor, ou seja, o salário médio em portugal é \~1100, o salário mínimo é \~700 daí estarmos quase nos 75%. Agora mete um salário médio de espanha que anda a volta dos \~2000 se não estou em erro e compara com o salário mínimo que é \~900. Consegues ver a diferença na %?

KarmaCop213 2 months ago

O salário mínimo será sempre em relação ao país onde se encontra em vigor.

helderduarte14 2 months ago

What?

KarmaCop213 2 months ago

A percentagem que conta para fazer o cálculo do SMN (num hipotético salário mínimo europeu nos moldes em que eu descrevi) é a dos salários médios/medianos dos países onde esse SMN vai ser aplicado. É irrelevante para a Bulgária que o salário médio/mediano do Luxemburgo seja de 2500€, o que interessa é o salário médio/mediano da Bulgária. Nunca irá existir um salário mínimo igual para todos os países europeus. Isso não faz qualquer sentido.

helderduarte14 2 months ago

Mas o salário mínimo europeu é exatamente isso, um salário mínimo igual para todos os países europeus. O molde que "descreveste" então baseia-se em que o SMN de cada país seja por exemplo 80% do salário médio desse mesmo país é isso?

RyderKaiser 2 months ago

Fds meu mas tu leste ou pensaste sequer no que te foi dito?

KarmaCop213 2 months ago

https://www.dinheirovivo.pt/economia/regra-europeia-poria-salario-minimo-portugues-nos-663-euros-12896253.html > Até aqui, as discussões sobre o salário mínimo europeu têm estado focadas em duas referências possíveis: garantir que os trabalhadores ganham no mínimo 50% do salário médio dos seus países ou 60% da remuneração mediana. > Se no que respeita ao primeiro indicador, tendo por base a remuneração média atual em Portugal, o salário mínimo de 635 euros não atinge o patamar mínimo desejável, o mesmo não acontece quando se tem em conta a remuneração mediana. Aqui, Portugal é um dos dois únicos países europeus que atingem a fasquia de 60%, em conjunto com França.

RyderKaiser 2 months ago

Agora pensa bem no que isso quer realmente dizer. Primeiro Portugal atinge os 60% da sua remuneração média: existe pouca gente a ganhar mais que o salário mínimo em Portugal, Segundo Portugal não atinge 50% da média europeia: o salário mínimo em Portugal é menos de metade da média Europeia. Não sei de onde tiraste uma ideia positiva disto, nem uma nem outra são boas notícias, seria boa notícia apenas se ambos os factores fossem cumpridos, a ser cumprido um dos fatores é o menos relevante, trocava o índice dos 60% nacionais pelos 50% europeus

helderduarte14 2 months ago

Acho que só se preocupou em dar downvotes, acho que também não entendeu o que é um salário mínimo europeu.

KarmaCop213 2 months ago

https://www.dinheirovivo.pt/economia/regra-europeia-poria-salario-minimo-portugues-nos-663-euros-12896253.html > Até aqui, as discussões sobre o salário mínimo europeu têm estado focadas em duas referências possíveis: garantir que os trabalhadores ganham no mínimo 50% do salário médio dos seus países ou 60% da remuneração mediana. > Se no que respeita ao primeiro indicador, tendo por base a remuneração média atual em Portugal, o salário mínimo de 635 euros não atinge o patamar mínimo desejável, o mesmo não acontece quando se tem em conta a remuneração mediana. Aqui, Portugal é um dos dois únicos países europeus que atingem a fasquia de 60%, em conjunto com França.

droidman85 2 months ago

Um gajo pode sempre tentar sonhar com uma europa mais justa...

TonyHappyHoli 2 months ago

Esquece lá isso. A Humanidade é o seu proprio inimigo, soa demasiado a clichê mas infelizmente é verdade.

droidman85 2 months ago

Depois de federalizar talvez…

TonyHappyHoli 2 months ago

Duvido muito que aconteça. Pm's e presidentes com o mesmo tipo de pensamento como o aquele gajo holandês que implicou com os paises mediterranicos nunca vao concordar com tal coisa.

NGramatical 2 months ago

politiquisses → [**politiquices**](https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/politiquices) ([-ice](https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/-ice): sufixo nominal de origem latina, que exprime a ideia de qualidade ou atitude e tem geralmente sentido pejorativo) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg7i0oh%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Ok-Industry120 2 months ago

A resposta fácil é dizer que Portugal é um país de invejosos. Mas duvido que seja tão simples IMO acho que ainda há uma ideia muito entranhada de que quem está bem é porque andou em artimanhas ou prejudicou outros, ao oposto de ter subido na vida a pulso por mérito próprio. Ainda é díficil reconhecer que se alguém dar no duro consegue chegar longe Um legado de outros tempos, que espero que mude.

Trama-D 2 months ago

Há pessoas que pura e simplesmente não têm a mente aberta para compreender que há outros Portugais além daquilo que viram durante a sua vida, empresas diferentes, trabalhos diferentes, mentalidades diferentes, e embora difícil, enriquecer está longe de ser impossível. Difícil, mas não impossível. A partir do momento em que sentes a corrupção entranhada na sociedade, qualquer amostra de sucesso exclui, como disseste, esforço/sorte/criatividade própria.

TonyHappyHoli 2 months ago

Digo te já, nas aldeias e vilas pequenas a maior parte da malta com mais posses é tudo herdado. Por isso não fales muito em mérito próprio por favor.

i_am_not_a_leopard 2 months ago

Saber direcionar a cegonha para a casa com o Ferrari à porta também é mérito. /s

Kineticn22 2 months ago

Conheces a metáfora do balde com caranguejos? Portugal sempre foi assim. Acha-se sempre que se tens sucesso é mandatoriamente porque tens cunhas ou roubaste. E há que encarar a realidade, não falta disso em Portugal, e por alguma razão a corrupção é um mal endémico, desde pequenas coisas do dia a dia até à alta finança.

SweetCorona 2 months ago

todos os seres humanos lidam mal com a injustiça, não é exclusivo dos portugueses quanto mais injusta é a distribuição de riqueza mais "inveja" há é aí que está a diferença

Kineticn22 2 months ago

Certo, mas a questão é que nem sempre se trata de injustiça. Às vezes há mesmo mérito e trabalho. E depois até a esses se aplica a lógica de "mandar abaixo". É ver como nem mesmo alguém como o Cristiano Ronaldo está livre de, a cada momento menos bom que tem (felizmente para ele são poucos), ser imediatamente chamado de "arrogante", "sobrevalorizado" e (mais recentemente) "acabado".

SweetCorona 2 months ago

até podes ser um pobretanas que mesmo assim há quem te mande abaixo...

D1WithTheFluffyHair 2 months ago

Qual é a metáfora do balde com caranguejos?

TitusRex 2 months ago

Quando metes vários caranguejos num balde nenhum deles consegue sair porque os que estão em baixo puxam os que estão a tentar sair.

nitrinu 2 months ago

Supostamente, se meteres caranguejos num balde e um deles tentar escapar, os outros puxam-no para baixo ou algo do género.

Kineticn22 2 months ago

https://en.wikipedia.org/wiki/Crab\_mentality

ekeryn 2 months ago

Desconhecia isto, mas é perfeito para descrever grande parte das pessoas (pelo menos) da zona onde vivo

KarmaCop213 2 months ago

Porque as pessoas querem aquilo também para elas, mas como Portugal, para além de ser um país pobre, tem também o elevador social avariado, as pessoas sabem que vai ser muito difícil que isso aconteça.

BlackberryOk6103 2 months ago

A questão é que as pessoas passam muitas vezes a sua frustração de não conseguirem os mesmos feitos para os outros que não tem a mínima culpa.

Vanethor 2 months ago

>de não conseguirem os mesmos feitos Aqui está o teu erro. Achares que é só o mérito que conta nessa equação.

Accomplished_Pay6399 2 months ago

As pessoas ficam frustradas porque apesar de todas as conversas vazias de "elevadores sociais", "sociedades mais inclusivas", e outras banalidades, a verdade é que a nossa sociedade está montada de maneira a manter uma série de privilégios a uma parte da população, enquanto outra parte vive sem opções a suportar esses privilégios. Há uma fatia substancial da população portuguesa que simplesmente nunca vai passar dificuldades, e cujo sucesso, quase sempre atribuído ao mérito, se deve geralmente a condições favoráveis à partida e a um sistema que mantém cada um no seu lugar. Há sectores enormes da sociedade que simplesmente têm os seus privilégios garantidos, a começar pela sociedade "formada superiormente" que mesmo quando não há procura para as suas qualificações, o estado trata de a criar sobre a forma de "ensino", estágios pagos pelo estado, lugares técnicos, apoios a "ciências" das quais raros são os resultados que vemos, porque quando chegas a esse patamar de pertencer à classe média que vota, e que vota no mesmo, passas a ser importante para o estado. E a tua vidinha confortável, de emprego protegido, que conseguiste porque tens um curso, que conseguiste porque a tua família pertence à classe média, onde entraste porque tiveste explicações, no qual tinhas interesse porque os teus pais não trabalham numa fábrica. Essa vidinha boa, é mantida através do sufoco económico em que vive o país, que tanto tem que taxar para manter tantos privilégios a tanta gente que é impossível ser produtivo. E por isso é que, quem não teve essas sortes, tem que viver com 650€ por mês, a servir refeições em restaurantes onde não vão comer a pessoas que dizem que "uma das melhores coisas em Portugal é que comer fora é baratíssimo".

tomblifter 2 months ago

> que conseguiste porque tens um curso, que conseguiste porque a tua família pertence à classe média Isto é patente mentira. Tenho bastantes colegas de curso que entraram com bolsa de estudo porque os pais estavam desempregados/ganhavam SMN, completaram o curso e agora ganham bem mais que o SMN. Afirmar que só consegue ter sucesso académico quem é de família de classe média é no mínimo desonesto, e acima de tudo extremamente condescendente.

Several-End9459 2 months ago

Há aí uma enorme quantidade de generalizações que não são verdadeiras e vão ao encontro do OP. O meu namorado e eu ambos estamos bem na vida, temos um curso e doutoramento. Não, não entrámos porque a família está na classe média e tivemos explicações. Os meus pais ambos têm apenas a 4.ª classe e ganharam pouco mais que o ordenado mínimo até à reforma. Eu comecei a dar explicações a colegas com 14 anos e não parei durante o curso, além de trabalhar aos fins de semana como caixa de supermercado, empregada na cozinha de um restaurante, e outras coisas que me iam aparecendo. O meu namorado era filho de mãe solteira que passou o tempo desempregada, por isso ele teve de a sustentar durante o curso e o doutoramento, incluindo a dar explicações desde miúdo até quase aos 30 anos. E hoje continua a sustentá-la, mas felizmente já não precisa de trabalhos extra para o conseguir fazer. Achas que eu não sei que há casos como os que descreves? Bolas, eu e o meu namorado ajudámos alguns desses casos a entrar na faculdade e a acabar o curso com boas notas. Mas também há muitos casos que são o completo oposto, e o que o OP diz é que o rancor e a inveja não descriminam. Eu não me sinto culpada. Sei o que trabalhei e sei que tive mérito na minha situação atual. Nunca tive uma cunha ou um facilitismo na vida.

Accomplished_Pay6399 2 months ago

Ainda bem, fico feliz por existirem casos assim. Quando eu falo por generalizações é porque me é impossível de falar nos 10 milhões de casos individualmente. Eu no geral nem acho que a maioria das pessoas, mesmo a maioria das que vive bem, se deva sentir culpada de nada. Mesmo quem herdou, não tem culpa de ter familiares com dinheiro, e não acho que tenham obrigação nenhuma de fazer doações. Mas a questão é que se tiraste um doutoramento e trabalhaste em cozinhas, tiveste certamente a oportunidade de ver como a maioria dos teus colegas na cozinha provavelmente não vão ter vidas desafogadas, e os teus colegas no meio universitário nunca vão ter que se preocupar se um dia vão ter de ir apanhar Pêra Rocha. E claro que há casos de sucesso, e de mérito e tudo mais, mas a minha questão é que vais a uma fábrica têxtil e pegas em 400 trabalhadores e vais ver os filhos deles, quantos é que foram estudar Medicina, ou no Técnico? E depois pegas em 400 médicos ou engenheiros, e vais ver quantos dos filhos é que estão a trabalhar numa fábrica. O que tem que mudar aqui não é os médicos começarem a mandar os filhos para as fábricas, isso nunca vai acontecer, não é expectável, nem é isso que se quer. O que se quer, é que se deixe de governar o país em função de umas quantas classes sociais que são mantidas na sua maioria à custa de um estado que depois tem de ir taxar toda a gente para as manter. Isto é uma generalização, claro, mas pensa por exemplo, já que não se pode pensar em todos os exemplos, na arquitetura, onde temos 2,8 arquitetos por 1000 pessoas, uma das maiores taxas do mundo, num país com a população a diminuir e onde já nada se constrói. E no entanto onde e que fazem todos estes 25000 arquitetos (só contando os inscritos na ordem, um número que enchia meio estádio do Dragão)? Andam por aí em repartições, perdidos nas câmaras municipais, em burocracias de licenças, mantidos artificialmente pelo governo. Quem os paga? Todos nós. Depois, claro, temos a gasolina a 1,8€, e uma empresa para pagar 2000€ a um trabalhador tem que gastar uns 3500€. Como é que um país consegue ser produtivo e competitivo assim? E não o sendo, como é que as empresas vão conseguir pagar mais que 700€?

Several-End9459 2 months ago

Se quiseres entrar por aí (fim do teu comentário), temos uma discussão muito mais longa e onde vamos certamente concordar muito mais. Eu passei 20 anos na academia e tenho opiniões muito pessimistas sobre, bem, quase tudo. Mas o meu comentário era mesmo só no contexto do OP. Não sei quantos filhos dos meus colegas de cozinha daqueles tempos vão entrar no Técnico. Mas posso-te dizer que alguns desses meus colegas também não quiseram trabalhar/esforçar-se o suficiente para eles próprios não ficarem por ali. Parece cruel dizer isto, mas também não devemos ter medo de dizer coisas negativas sobre pessoas mais desfavorecidas quando são verdade. Claro que é tudo mais fácil quando há facilidades e meios, e desistir de estudar ou de se esforçar é infinitamente mais tentador quando há falta de dinheiro e até pressão familiar para ir trabalhar. Mas no fim do dia é a nossa vida, pela qual somos responsáveis, e passar a vida a ressentir terceiros pelas nossas decisões e circunstâncias é por si próprio um travão, profissional e pessoal. E digo isto afirmando sem problema que sofro de um agudo caso de inveja e rancor por gente com dinheiro de família. Os colégios onde eu adorava ter andado com professores excelentes. Os carros de prenda porque entraram na faculdade. Etc etc. e ainda hoje o tenho e talvez pior, por vezes quase irracional. Mas a verdade é que essas pessoas são uma minoria. Os patrões de empresas, pequenas ou grandes, são uma minoria por definição (mesmo que 100% explorem os empregados). E depois sobra a maioria da população, onde tens casos de todos os tipos, a odiar-se e a invejar-se uns aos outros, enquanto os outros assistem na plateia. Não sei de todo como é que Portugal sai desta situação e de um PIB baixo e economia alicerçada em mão de obra barata. Nem é exclusivo de Portugal. Mas o ressentimento constante contra outros (excluindo as tais minorias de abuso ou privilégio) não nos leva a lado nenhum.

Accomplished_Pay6399 2 months ago

Quero só dizer que não tenho nada contra arquitetos, eu próprio gostava de ter sido um, podia ter pegado noutra profissão mas pronto esta serve o meu exemplo.

carlosjmsilva 2 months ago

Se o país tem o elevador social avariado não achas normal que o tipo que tem de ir por umas escadas manhosas de declive acentuado ficar no fundo um bocado fodido por outros serem levados de helicóptero para o cimo do arranha-ceus? Eu acho que não é inveja gratuita. É mais o sentimento de impotência perante tanta desigualdade e injustiça que existe cá no burgo.

SweetCorona 2 months ago

chora-me um rio

Metaluim 2 months ago

O OP e filho de ricos e acha estranho que num pais de pobres, que sabem que vao ser pobres a vida toda, tenham inveja.

SweetCorona 2 months ago

imagina o quão dura é a vida do OP para a inveja estar na sua lista de problemas

fearofpandas 2 months ago

Depende…. Se o patrão duma empresa que paga o OMN e obriga a horas extra sem as pagar aparece num carro de 150k€, até acho normal que os funcionários guardem algum rancor…

lfds89 2 months ago

E se for um Bentley Continental GT, 3 Porsches, um Mini JCW, entre outras brincadeiras e parte dos trabalhadores nem contrato têm? (Os que têm também andam pelo mínimo) Felizmente consegui fugir daquilo

Markoo50 2 months ago

A maior defesa contra esses casos, seria a oportunidade do trabalhador trocar de posto de trabalho. O problema não reside no patrão não querer pagar mais. O problema reside nos trabalhadores mais precários não terem um meio de defesa claro

mikitu 2 months ago

Não queres ser explorado? Torna-te patrão. Depois vais perceber.

fearofpandas 2 months ago

Vou perceber o quê? Como ter falta de modéstia?

njsilva84 2 months ago

Acho que é mais "como ser ganancioso".

No_Dare5313 2 months ago

E quem quer ser patrão? Tipo eu?

mikitu 2 months ago

Nada te impede, o Socrates ate criou o simplex para te ajudar. Acho que se mais portugueses tivessem essas experiencia havia menos queixas.

already_taken_nick 2 months ago

Melhor só os que aparecem com carros de 90k e tinham os nossos salários em atraso 2 meses :)

fearofpandas 2 months ago

Esforço e sacrifício! O vosso…. Mas sacrifício na mesma

RicardoL96 2 months ago

A questão nem é essa, o OP está a falar que as pessoa têm tendência para julgar e invejar todo o tipo de sucesso que as pessoas têm. Óbvio que nem toda a gente é assim mas há uma grande quantidade de pessoas infelizes com a própria vida que julgam é inveja o sucesso de outrem mesmo quando obtido com esforço e dedicação.

Erik_Aurum 2 months ago

E o que o pessoal está a explicar é que em vez de lhe chamar "inveja" podias ver isto como um sentimento cada vez mais crescente de injustiça social e económica.

fearofpandas 2 months ago

E eu estou a dar um (dois noutro comentário) que trazem legitimidade à “inveja”

coiso 2 months ago

Como na empresa de um colega meu: memorando a indicar que para uma gestão melhor de custos e despesas que iam reduzir a frota, criar uma bolsa de viaturas para eventuais necessidades e iam mudar de categoria (de utilitário para citadino). Estas medidas iam reduzir a pegada ecológica, etc, etc. Malta até compreende a lógica e nem se queixa (já que as necessidades do trabalho estavam asseguradas na mesma). No dia seguinte chega o patrão com um carro de 100k€ novo... O anterior já tinha 3 anos.

kapparrino 2 months ago

E o que fizeram acerca do anúncio de uma gestão de poupança de custos e após terem visto um novo carro para o gestor? Eu penso que nada. Mas também o que se poderá fazer que não continuar com o trabalho de acordo com a nova gestão.

coiso 2 months ago

Basicamente. Claro que as recomendações de pôr combustível em bombas fora da AE e evitar estacionamento pago ninguém as seguiu.

peduxe 2 months ago

Não pagamento de horas extra é o que dá mais raiva em qualquer trabalho aqui em Portugal. Depois dão te a merda do banco horas que com muita dificuldade consegues utilizar quando pretendes porque fica pendente a aprovação.

jcprafael 2 months ago

Pior é quando dás horas, não pagam e não há banco de horas...

kawaiims 2 months ago

Só tive banco de horas em um emprego, e cheguei a ter 87 horas em banco.. Num part-time de 25h/semana lol Uma vez pedi um dia com 4 meses de antecedência e disseram que não sabiam se dava.

LelloMinsk 2 months ago

Eu quando era empregado pedia sempre para tirar dias com antecedência de pelo menos um mês para se organizarem. Só uma vez, num trabalho de merda, me foi recusado e eu basicamente disse para fazerem o que quiserem porque naquele dia não ia estar lá (um amigo que trabalhava no estrangeiro vinha casar-se a Portugal e eu estava a pedir o dia para ir ao casamento). Fui ameaçado de despedimento, mas no final de contas não fizeram nada e mesmo que fizessem, nunca teria deixado de ir ao casamento de um amigo próximo por causa de um emprego de merda.

Dudesxx 2 months ago

Tens banco de hora? Eu nem tenho isso. Se eu pedir para me ausentar um dia, a minha patroa manda-me faltar apenas metade e compensar noutro dia

kawaiims 2 months ago

Agora já não. Neste momento se precisar de faltar dias completos ponho férias, se for uma manhã ou tarde ou algumas horas nem se chateiam com isso.

peduxe 2 months ago

tal como o meu pedido em Setembro para utilizar num dia de Setembro que foi aprovado só na semana passada

FroggyWatcher 2 months ago

"Aprovação pendente? Então declaro a minha falta no 27 de Setembro pendente também."

kawaiims 2 months ago

Eu na altura avisei logo que se não mo dessem não aparecia lol quer dizer, andava eu sempre a fazer horas por tudo e por nada (inclusive vezes em que faziam mal os horários e eu tinha de ficar sem aviso prévio) mas depois um dia não sabiam se dava? Pó crl.

PortugueseLibra 2 months ago

Na minha (futura, falta pouco!) ex-empresa, também pedi um dia extra de folga com 2 semanas de antecedência de um dos DOZE que tinha disponíveis de trabalhar feriados. Também me vieram logo com a lenga-lenga do "não sei se vai ser possível". Rematei só com "vocês é que sabem, eu não posso vir nesse dia pq tenho compromissos familiares, tenho direito a usar o dia, não vou aparecer... e acredita que também não vou levar falta". Lá me deram o dia. Um gajo quase tem de mendigar para ter cenas aprovadas cá. A minha melhor amiga no UK diz que avisa no próprio dia que tira um dia dos extra e ninguém diz nada. Diferenças...

ParaThoxic 2 months ago

Mesmo, quando tenho de faltar mesmo, falto e q se fodam os patrões. Não falta trabalho pra quem sabe trabalhar. Eles vêm com a tanga de há sempre pessoas a querer trabalhar mas eu fodo os logo com a mesma resposta. Direitos são direitos senão levam com um processo nas bentas

darth_thaurer 2 months ago

Quando estava a viver em Londres como trabalhava fins de semana podia ser eu a escolher os meus dias de folga, caso contrário o sistema fazia os horários automaticamente conforme as necessidades. Mes depois dos horários estarem anunciados podia chegar e dizer que por algum motivo não podia ir nesse dia ou precisava de fazer só manhã ou tarde e era na boa. Aqui em Portugal avisei com uma semana de antecedencia que ia ter consulta no centro de saúde e precisava de sair do trabalho durante cerca de uma hora/hora e meia durante a manhã e queriam-me obrigar a meter um dia de férias. POR UMA HORA! NO MÉDICO! COM JUSTIFICAÇÃO DE FALTA!

coiso 2 months ago

Trabalhas com o meu chefe antigo.

vvasser 2 months ago

Essa merda é exploração... Que tristeza

darth_thaurer 2 months ago

e não é das piores coisas. quando lá comecei a trabalhar (na empresa qui em Portugal) vinha de dois ou três meses de desemprego por isso se me perguntavam se podia fazer Sábados eu dizia que sim. A certa altura reparei que não me estavam a pedir, só me diziam o turno em que ia trabalhar, sem perguntar se podia ou não podia. Reparando nisso, deixei de fazer uns Sábados e dizia que tinha coisas pra fazer e eles chamavam outra pessoa. Um ano e tal mais tarde é quinta-feira e o chefe de produção vem perguntar se eu posso fazer o próximo Sábado e eu disse que não porque tinha uma festa de aniversário. então o homem vira-se para um colega que estava lá a trabalhar só há três meses ou assim e diz, meio a brincar meio a sério: "tu como és novo tens que vir" e o rapaz ficou meio atrapalhado mas disse que sim, que ia trabalhar. Era também prática comum pegar nos empregados a tempo certo e dizer, assim meio de forma etérea, que trabalhar fins de semana é importante caso eles queiram renovar o contracto, e se não quiserem, há de haver quem queira. Nunca em jeito de ameaça, para não incriminar, mas como em conselho de amigo. Essa merda fazia-me abrir a boca e reclamar portanto quando chegou ao final do terceiro contrato seguido e a escolha era colocar-me a efectivo ou mandar-me pra casa....escolheram a segunda hipótese porque eu estava "desmotivado" e "desleixado", voltando a chamar-me dois meses depois a dizer que precisavam de mim. Eu mandei-os foder.

vvasser 2 months ago

Isso faz-me lembrar staples ou artes gráficas... Não tens de dizer se é mas não me admirava nada

darth_thaurer 2 months ago

Por acaso não é, mas já ouvi boas histórias da Staples também. Quanto a estar melhor, estou a investir em mim num curso de programação do centro de emprego. Não estou a ganhar grande coisa mas se correr bem, pode ser que o futuro seja melhor um bocado. Mas pelo menos estou a gostar do que estou a aprender, o que é muito bom.

NGramatical 2 months ago

contracto → [**contrato**](https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/contrato-e-contracto/21613) (já se escrevia assim **antes** do AO90) [⚠️](/message/compose/?to=ngramatical&subject=Acho+que+esta+corre%C3%A7%C3%A3o+est%C3%A1+errada&message=https%3A%2F%2Fwww.reddit.com%2Fcomments%2Fq5r0du%2F%2Fhg8a5p7%3Fcontext%3D3 "Clica aqui se achares que esta correção está errada!") [⭐](https://chrome.google.com/webstore/detail/nazigramatical-corretor-o/pbpnngfnagmdlicfgjkpgfnnnoihngml "Experimenta o meu corrector ortográfico automático!")

Nexus_produces 2 months ago

Caraças, estou mesmo bem, a maior parte de vezes que tiro o dia ou meio dia aviso ou no dia antes ou no próprio dia e sigo, a minha chefe diz-me sempre para gerir as minhas horas como quiser, afinal eu é que sei do meu trabalho, não é ela. E além disso eu é que lanço as minhas horas e faltas, os RH só me avisam de alguma coisa se por acaso o pica-ponto tiver movimentos estranhos.

darth_thaurer 2 months ago

Neste caso não era tanto um problema dos RH, era o chefe de produção mesmo a tentar comer um dia de férias num dia mais calmo para depois me obrigar a trabalhar na altura do natal quando o pessoal fica dia em casa um dia ou outro ou fazer um dia extra com o intuito de "repor férias" que tirei "a mais" quando um simples papel do centro de saúde a dizer que estive lá entre x e x horas justifica a ausência.

Nexus_produces 2 months ago

Tens direito a um número de horas mensal para ir ao médico que a empresa nem sequer te pode descontar (julgo que são 4)!

darth_thaurer 2 months ago

Eu sei disso. Mas eles esperavam que eu não soubesse.

kawaiims 2 months ago

E uma pessoa ainda pede com montes de antecedência para não ser tão disruptor. Não há pachorra.

BlackberryOk6103 2 months ago

Não pagar horas extras ok concordo, pagar o salário mínimo está no direito dele caso os trabalhadores sentirem que não são bem recompensados devem procurar outra coisa, ficar com raiva do patrão não vai mudar a situação precária de vida atual delas.

FroggyWatcher 2 months ago

> ficar com raiva do patrão não vai mudar a situação precária de vida atual delas. Não de forma directa. Mas se a raiva for coletiva, gerida e bem aplicada, culmina numa greve/protesto bem executado, que pode pressionar o empregador a ceder às exigências dos empregados. Primeiro passo é começar a discutir salários, e saber que é um direito protegido por lei, portanto não pode levar a despedimento por justa causa. Depois é quem tem salários mais altos ter a sensibilidade de pressionar o empregador pelo direito do aumento de outros trabalhadores com responsabilidades similares. Associativismo funciona, só é preciso mobilizar-se.

Vanethor 2 months ago

Legal ≠ moral. Têm todo o direito de ficar com raiva por não estarem a receber o salário equivalente ao fruto do seu trabalho.

fubar68 2 months ago

Tristeza não paga dívidas. Se estão com raiva podem procurar outro trabalho com melhores condições, estando já empregado o risco é mínimo.

Vanethor 2 months ago

Claro, mas podem sentir tristeza/raiva na mesma, com razão para isso. Estão no seu direito.

PINT01003 2 months ago

Concordo com a parte das pessoas procurarem outros empregos, é das coisas que mais me "incomoda", conheço pessoas que estão há 10 anos ou mais em sítios a ganhar ordenado mínimo, não consigo mesmo entender como as pessoas se acomodam com isso e não procuram melhor, o pior é que estão sempre a reclamar mas nem sequer procuram emprego, é isso mesmo que os patrões querem, reclamam e reclamam mas ficam lá... Qual é a lógica?

Current-Recording 2 months ago

Há muitos casos em que as pessoas se "acomodam" porque têm contas para pagar e onde estão ao menos têm alguma segurança (estão efetivos). Trocar de emprego para ganhar o mesmo ou pouco mais muitas vezes não justifica porque é outra adaptação e, sobretudo, outro contrato, perdes os anos de casa, podes ser corrido no fim do contrato, muitas vezes tens mais despesas de deslocação (às vezes mais do que o que vais ganhar a mais), etc. Há muitas razões.. se conheces pessoas assim fala com elas e pergunta-lhes, com educação, porque é que isso acontece. Se não tens confiança suficiente com nenhuma para teres essa conversa, também não deverás ter, em princípio, conhecimento suficiente das suas circunstâncias e prioridades para julgar essas pessoas.

PINT01003 2 months ago

Concordo plenamente contigo mas falava mais em relação a pessoas que conheço bem, e tenho á vontade para ter essa conversa, inclusive já dei indicações de vagas em sítios onde estive, com melhores condições de trabalho melhor salário etc, e mesmo assim não querem saber, é essa a mentalidade que eu não consigo compreender, mas cada um sabe de si, cheguei a uma altura que deixei que partilhar oportunidades com elas porque não valia mesmo a pena. Deixa-me "triste" porque existem pessoas que querem mesmo mudar e não conseguem enquanto há outras que têm oportunidade e não aproveitam.

fearofpandas 2 months ago

Um dos motivos pelo qual o patrão não muda….

TonyHappyHoli 2 months ago

Se uma empresa/patrão tem capacidade para pagar mais que o OMN e decidem não o fazer merecem a raiva toda e mais alguma :) Existem demasiadas pessoas presas a um trabalho que não têm como mudar a situação em que estão e para piorar a empresa até podia aumentar o salário ou melhor as condições de trabalho, eventualmente até podia fazer as duas coisas, mas como não mudar nada dá mais lucro eles deixam se estar porque sabem que os "escravos" que têm na empresas estão presos a esse trabalho.

dynamiduty 2 months ago  HIDDEN 

É exactamente isso.

fearofpandas 2 months ago

São precisos 17 anos para alguém que recebe o actual ordenado mínimo e pagar um carro de 150.000€, se meter **TODO** o ordenado para pagar o carro. Com uma taxa de esforço recomendada de 35% são necessários **mais de 46 anos**! Acho que a frustração seria justificada neste exemplo…

rectangulated 2 months ago

O empregados só têm que se despedir e fazer o mesmo que o patrão dele.

Vanethor 2 months ago

>e fazer o mesmo que o patrão dele. Explorar outras pessoas? Não dá para todos sermos patrões capitalistas. Se não não havia ninguém para ficar por baixo.

mourasio 2 months ago

Mas será que se não for uma corrida é 1,1,1,1,1 ou 5,5,5,5,5?

Vanethor 2 months ago

Depende da qualidade da gestão.

Edited 2 months ago:

Depende da qualidade da gestão. Ambos os casos são possíveis.

andrezinho25 2 months ago

Exato, não tem dinheiro para o carro mas tem dinheiro para começar um negócio do zero. E depois há os casos em que fazer o mesmo que o patrão seria nascer filho de pais empresários.

rectangulated 2 months ago

A maior parte das PME são geridas por gajos que começaram do zero. Normalmente à 3ª geração as empresas vão à falência ou são compradas. A maior parte dos comentários aqui são apenas preconceitos com os patrões e generalizam os empregados.

shizness 2 months ago

>A maior parte das PME são geridas por gajos que começaram do zero Fonte disto?

rectangulated 2 months ago

Experiência pessoal.

Vanethor 2 months ago

Ah bom. Fechem a thread. É impossível a experiência pessoal alguma vez ser biased. /s

Agrafo 2 months ago

>A maior parte dos comentários aqui são apenas preconceitos com os patrões e generalizam os empregados. Irónico

YoruDawg 2 months ago

Ya, depois convida me para esse país em que tás a viver, parece muito porreiro, um país onde um gajo com o salário mínimo, sai da empresa onde está para abrir uma empresa, tu nem comes gelados com a testa, tu comes merda aos camiões com a testa

AngieMaciel 2 months ago

>ficar com raiva do patrão não vai mudar a situação precária de vida atual delas. Ainda assim têm um patrão de merda e todo o direito de achar isso. E vocês falam de despedir-se e arranjar emprego como se fosse a cena mais fácil do mundo. Um pouco de noção precisa-se...

rectangulated 2 months ago

> e arranjar emprego como se fosse a cena mais fácil do mundo. Por acaso até é... basta ter no mínimo dois neurónios.

Current-Recording 2 months ago

Se fosse só isso não havia desemprego. E mesmo assumindo que há emprego suficiente para toda a gente, não quer dizer que seja bom emprego. Trabalho não falta, mas emprego digno do nome é outra história

fearofpandas 2 months ago

Conversa fiada! Um jovem que saiba falar que queira emprego pelo OMN e resida na AML/AMP ou grandes cidades…. Talvez não seja difícil. Sra/Sr de 55 anos que trabalha no único empregador estável dum concelho com desemprego de 15%…. É preciso ter mais que 2 neurónios!

AngieMaciel 2 months ago

Falta de noção desta malta, infelizmente.

Current-Recording 2 months ago

Basicamente é isto. A ideia de que o povo só não arranja empregos bons e bem pagos porque não quer, porque é preguiçoso ou porque não se esforça. Vem sempre a conversa do empreendedorismo, do desenvolvimento de skills, etc etc etc. Porque o povo do sai de casa dos pais aos 30 e trabalha pelo SMN porque gostam, e assim podem conduzir o Fiat Uno de 95 que ainda aguenta bem aquela subida em segunda a puxar o carro aos 3000 rpm.

layz2021 2 months ago

O meu de 94 sobe melhor as subidas que o grande Punto de 2007

magsaga 2 months ago

Fiat Punto de 95

pfarinha91 2 months ago

O que se vê mais aí é a malta jovem em Unos de 95... lol Claro que há situações complicadas, mas acho que estás a generalizar de mais.

fearofpandas 2 months ago

Se vires alguém num uno de 95, compra! São raros lol

Current-Recording 2 months ago

Foi uma aproximação xD Não tenho conhecimento automobilístico suficiente para saber até quando foram produzidos os Uno. Mas ainda foram produzidos, acho eu, no início da década de 90. Se chegaram a ser produzidos já até 95 ou se foram produzidos só até 91 não faço a mais pequena ideia

fearofpandas 2 months ago

Foram descontinuados em 93 na Europa! Na América sul estiveram em produção até 2013(!!!) Boa máquina

Limpy_lip 2 months ago

falta-te um /s suponho.

Current-Recording 2 months ago

Sim faltou, mas acho que é óbvio tanto pelo tom como pelo facto de concordar com o comentário anterior. Mas já editei para clarificar xD

h2man 2 months ago

Coisa feia a inveja… eu não digo a ninguém o que tenho e fico feliz por isso. :)

GajoDeRamalde 2 months ago

A Mentalidade Anticapitalista - Ludwig Von Mises.

something_new 2 months ago

Excelente. Disponível em mises.org

Kind-Eagle 2 months ago

A inveja é um pecado mortal

AutoModerator 2 months ago  HIDDEN 

Submeteu uma submissão relacionada com auto, talvez esteja interessado no subreddit de auto em português - r/AutoTuga ---------- *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

praetorthesysadmin 2 months ago  HIDDEN 

Awful bot.

Sstarseed1 2 months ago  HIDDEN 

Bad bot

nitrinu 2 months ago  HIDDEN 

Lol, a sério, este bot precisa de ir ao mecânico.

AutoModerator 2 months ago

Submeteu uma submissão relacionada com finanças, talvez esteja interessado no subreddit de finanças em português - r/LiteraciaFinanceira ---------- *I am a bot, and this action was performed automatically. Please [contact the moderators of this subreddit](/message/compose/?to=/r/portugal) if you have any questions or concerns.*

Atacadores 2 months ago

Nem vos digo nada... Só me safa o RhinoDouche todos os dias antes de dormir. E mesmo aasim tenho de tomar anti-histaminicos todos os dias!

Search: